APRESENTAÇÃO, OBJETIVOS - O QUE PRETENDÍAMOS COM O ENCONTRO Atualmente, sob a responsabilidade da (Rebea), os fóruns vêm se consolidando como um espaço

de destaque que congrega os mais diversos atores e vertentes da Educação Ambiental (EA) e com isso, estamos a caminho do VI Fórum Brasileiro de Educação Ambiental. O encontro "Os olhares da juventude sobre o Tratado de Educação Ambiental para Sociedades Sustentáveis e Responsabilidade Global" surgiu como desdobramento de uma ação nacional da Rebea que propõe a aproximação das redes de EA com a juventude envolvida nas questões ambientais, destacadamente os Coletivos Jovens pelo Meio Ambiente (CJs) atuantes por todo o país. Lançada durante o Encontro Estadual da Juventude pelo Meio Ambiente de Goiás, a ação ganha corpo na região Centro Oeste, através dos Coletivos Jovens de Meio Ambiente do Distrito Federal, de Goiás, do Mato Grosso e do Mato Grosso do Sul. A proposta do encontro "Os olhares da juventude sobre o Tratado de Educação Ambiental para Sociedades Sustentáveis e Responsabilidade Global" foi de realizar um mergulho no Tratado – sua história, processo de construção, conjuntura em que foi gerado, conteúdo, princípios. Configurou-se como um grande evento preparatório para o VI Fórum, de caráter nacional, a partir do qual os movimentos de juventude e as redes de EA poderão realizar encontros regionais disseminando e aprofundando a temática. Pirenópolis funcionou, pois, como um precursor de debates nacionais sobre o Tratado e de eventos em todo o país, como construção coletiva do VI Fórum Brasileiro de Educação Ambiental. OBJETIVOS DO ENCONTRO • Revisitar o Tratado de Educação Ambiental para Sociedades Sustentáveis e Responsabilidade Global. • Contextualizar historicamente o Tratado, analisando a conjuntura política e social em que é gerado. • Ampliar e fomentar a discussão socioambiental da/com/para a juventude, em âmbito nacional, no que se refere à difusão e aplicação do Tratado de Educação Ambiental para Sociedades Sustentáveis e Responsabilidade Global. • Qualificar as juventudes presentes para a construção coletiva do VI Fórum Brasileiro de Educação Ambiental, provocando um processo de capilarização do debate sobre o Tratado.

• Estimular a aproximação dos CJs e demais juventudes com as Redes de EA, que têm no Tratado sua Carta de Princípios, na perspectiva de fortalecimento de CJs e da Rede da Juventude pelo Meio Ambiente e Sustentabilidade (Rejuma). • Produzir um documento-síntese da discussão temática: o Tratado de Educação Ambiental para Sociedades Sustentáveis e Responsabilidade Global sob a ótica da Juventude. Os grupos conversaram sobre o Tratado, refletiram, debateram. Começaram a se delinear as propostas para nosso caminhar adiante. Surgiram questões a serem levadas de volta pra casa, para construção da nossa caminhada rumo ao VI Fórum... e mais além!

Sign up to vote on this title
UsefulNot useful