Você está na página 1de 23
SISTEMA DE ENSINO PRESENCIAL CONECTADO BACHARELADO EM ADMINISTRAÇÃO LUIS EDUARDO SILVA PRATO RELATÓRIO DE ESTÁGIO Uruguaiana

SISTEMA DE ENSINO PRESENCIAL CONECTADO BACHARELADO EM ADMINISTRAÇÃO

LUIS EDUARDO SILVA PRATO

RELATÓRIO DE ESTÁGIO

Uruguaiana

2012

LUIS EDUARDO SILVA PRATO

RELATÓRIO DE ESTÁGIO

Trabalho apresentado ao Curso Superior de Bacharelado em Administração da UNOPAR – Universidade Norte do Paraná, para a disciplina de Estágio Curricular Obrigatório.

Orientador: Luciane Soutello Koetz

Uruguaiana

2012

SUMÁRIO

  • 1 IDENTIFICAÇÃO – RELATÓRIO DE ESTÁGIO

 

3

  • 2 INTRODUÇÃO

4

  • 3 CARACTERIZAÇÃO DA EMPRESA

 

5

  • 4 ADMINISTRAÇÃO GERAL

 

6

  • 5 ADMINISTRAÇÃO MERCADOLÓGICA

....................................................................

9

  • 6 ADMINISTRAÇÃO FINANCEIRA E ORÇAMENTÁRIA

 

10

  • 7 ADMINIsTRAÇÃO DA PRODUÇÃO

 

11

  • 8 ADMINISTRAÇÃO DE MATERIAIS

.........................................................................

12

  • 9 ADMINISTRAÇÃO DE RECURSOS HUMANOS

....................................................

13

  • 10 ADMINISTRAÇÃO DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO

........................................

14

  • 11 ANÁLISE DO AMBIENTE EXTERNO – MICROAMBIENTE

.................................

15

  • 12 ANÁLISE DO AMBIENTE EXTERNO – MACROAMBIENTE

 

16

  • 13 ANÁLISE DO AMBIENTE INTERNO

 

17

  • 14 CONCLUSÃO

.........................................................................................................

20

  • 15 ADMINISTRAÇÃO FINANCEIRA E ORÇAMENTÁRIA

 

21

REFERÊNCIAS..........................................................................................................22

3

1 IDENTIFICAÇÃO – RELATÓRIO DE ESTÁGIO

Eu, acadêmico Luis Eduardo Silva Prato, cursando o 7º semestre do curso de Bacharelado em Administração, no turno da noite, realizarei o Estágio Curricular Obrigatório, na organização Prefeitura Municipal de Uruguaiana, supervisionado pela Srª. Márcia Cadore Borin, com carga horária à ser cumprida de 60h, sendo 40h in loco e 20 horas para elaboração do relatório. O pólo responsável pela supervisão e acompanhamento do estágio será o Pólo Uruguaiana, através do tutor de sala José Eduardo Barbosa Fernandes e do tutor eletrônico Gustavo Lunardelli Trevisan.

4

2 INTRODUÇÃO

Este relatório traz uma descrição do Estágio Curricular Obrigatório, desenvolvido no período de 06 a 23 de abril de 2012 das atividades que serão realizadas na Prefeitura Municipal de Uruguaiana. Através dele teremos uma breve descrição de todas as secretarias e suas atividades e peculiaridades. A realização do estágio proporciona uma excelente vivência do funcionamento prático das disciplinas vistas no curso até o momento no âmbito de uma organização. Diariamente serão vistas, situações reais de funcionamento e do surgimento e resolução de problemas diários, bem o planejamento das atividades realizadas no decurso do estágio. Com um objetivo bem traçado e com foco certo, nos leva a pretensão da descoberta um pouco mais aprofundada dos efeitos de atitudes à serem tomadas por um Bacharel em Administração no serviço público, o qual difere um pouco, em certos pontos, de uma organização privada.

5

3 CARACTERIZAÇÃO DA EMPRESA

A empresa Prefeitura Municipal de Uruguaiana, com razão social de mesmo nome é um órgão executivo municipal, de natureza pública. Sua sede, o Palácio Rio Branco, está localizada à rua XV de Novembro, n.º 1882, bairro Centro, seu ramo de atividade principal é a execução de serviços agregados a atividades principais e/ou secundárias e serviços terceirizados. A data de sua constituição é 24 de fevereiro do ano de 1843 e iniciou as operações em 29 de maio de 1846, seu capital compõe-se da arrecadação pública de impostos e taxas, além de verbas estaduais e federais, específicas para cada necessidade do município. Os limites de abrangência administrativa da Prefeitura Municipal de Uruguaiana são os limites do município de Uruguaiana que fica localizado na micro- região Campanha Ocidental, limitando-se ao norte com o município de Itaqui, ao sul com o município de Barra do Quarai e com a República Oriental do Uruguai, ao leste com os municípios de Alegrete e Quarai e a oeste com a República Argentina. Uruguaiana foi dividida administrativa e judiciariamente do estado através da lei 965/1938, e elevada à categoria de cidade, pela lei 898/1874 em 06 de abril de 1974.

6

4 ADMINISTRAÇÃO GERAL

4.1 ORGANOGRAMA DA EMPRESA – SECRETARIA DE ADMINISTRAÇÃO

6 4 ADMINISTRAÇÃO GERAL 4.1 ORGANOGRAMA DA EMPRESA – SECRETARIA DE ADMINISTRAÇÃO

7

4.2 CARACTERÍSTICAS DA ADMINISTRAÇÃO

A Secretaria Municipal

de Administração é comandada pelo

Secretário Municipal, auxiliado pelos Diretores de Departamentos e pelos Chefes de Setor e de Seção, os quais, por sua vez, são assessorados pelos demais funcionários (servidores) de cada departamento, setor e seção. Os objetivos da Secretaria Municipal de Administração são os

seguintes:

Obter

excelência

no treinamento e capacitação dos

funcionários; Organizar servidores;

e

manter

organizada a vida funcional dos

Receber e dar processamento às petições de servidores ou não;

Fazer o controle geral do patrimônio público municipal;

Fornecer apoio e assistência técnica às demais secretarias na área de informatização;

Executar

os diversos tipos de processos licitatórios

para

efetuar compras de materiais, bem como controlar seu

andamento, fechar contratos e manter atualizados os cadastros de fornecedores;

Realizar lançamentos de proventos e descontos em folha de pagamento dos servidores;

Publicação de editais de concursos públicos, leis e outros atos administrativos referentes à secretaria.

7 4.2 CARACTERÍSTICAS DA ADMINISTRAÇÃO A Secretaria Municipal de Administração é comandada pelo Secretário Municipal, auxiliado

8

9

5 ADMINISTRAÇÃO MERCADOLÓGICA

Como toda empresa pública, a Prefeitura Municipal realiza serviços de benfeitorias e melhorias no município, por esses não cobrando valores, pois esses serviços são financiados pela arrecadação de taxas e impostos, havendo a hipótese de cobrança das contribuições de melhorias que é um tributo referente à obras que venham a agregar valor a certas áreas do município. A divulgação dos atos e ações do município é feita por meio de publicidade em canais de televisão, programas e publicidade em emissoras de rádio, publicidade em jornais de circulação municipal e regional, e também através do site da instituição, que além das notícias de acontecimentos no município, trás informações gerais da administração.

10

6 ADMINISTRAÇÃO FINANCEIRA E ORÇAMENTÁRIA

11

7 ADMINISTRAÇÃO DA PRODUÇÃO

7.1 TECNOLOGIA

Apesar de dia após dia estarem surgindo mais e mais avanços tecnológicos, a instituição ainda não se utiliza das técnicas mais avançadas para execução de seus serviços, pois apesar de ser de suma importância para a eficiência e eficácia dos serviços prestados, aos avanços tecnológicos não são acompanhados, devido a diversos fatores, o principal deles é falta de recursos para realizar esses avanços em todas as áreas de atuação ao mesmo tempo, sendo assim a Prefeitura Municipal, dentro de suas possibilidades, adquire padrões tecnológicos aceitáveis para a plena execução de suas atividades, deixando, porém muito a desejar quando em comparação com empresas privadas que venham a atuar na mesma área de produção de serviços, pois essas empresas por visarem lucratividade devem estar um passo à frente de sua concorrência, enquanto a entidade pública tem o dever de primar pela economicidade do dinheiro público, importando esse fator em mais um grande obstáculo para o avanço tecnológico.

7.2 QUALIDADE

O controle de qualidade dos serviços prestados é feito por equipes especializadas em fiscalizar as obras públicas e também podemos dizer que pela população da cidade, pois o serviço que não estiver de acordo com à necessidade dessa população gerará reclamações e críticas, que acaba influindo ainda mais para a execução com qualidade dos serviços públicos.

12

8 ADMINISTRAÇÃO DE MATERIAIS

13

9 ADMINISTRAÇÃO DE RECURSOS HUMANOS

14

10 ADMINISTRAÇÃO DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO

15

11 ANÁLISE DO AMBIENTE EXTERNO – MICROAMBIENTE

  • 11.1 CLIENTES

Os clientes da instituição, como de qualquer empresa pública são os contribuintes e a população em geral, que se utilizam dos benefícios advindos dos serviços prestados. Por serem serviços de execução pública obtêm-se diversas opiniões a respeito deles, o que nos trás a idéia de que populações mais atendidas tenham maior satisfação que as menos atendidas, ou seja, ao final das contas haverá o grupo dos que estão satisfeitos e o grupo dos não satisfeitos, o que é mais difícil de ser apurado quando se trata de serviço público, até mesmo devido às diferenças políticas existentes. Os “clientes” da instituição “pagam” por esses serviços prestados na forma de taxas e impostos que são os financiadores das obras públicas, em alguns casos ainda, como solicitação de licenças e alvarás, os pagamentos são efetuados através de guia de recolhimento independente para cada ato solicitado.

  • 11.2 CONCORRENTES

A Prefeitura Municipal por ser prestadora de serviços públicos não entra na concorrência dos mercados de serviços, afinal se quer visa lucratividade, sendo assim, não se pode considerar empresa concorrente em qualquer que seja o ramo de atividade.

16

12 ANÁLISE DO AMBIENTE EXTERNO – MACROAMBIENTE

  • 12.1 ASPECTOS DEMOGRÁFICOS

17

  • 13 ANÁLISE DO AMBIENTE INTERNO

13.1 CAPACIDADE

Como já visto anteriormente há na Prefeitura Municipal de Uruguaiana, a Diretoria de Recursos Humanos setor responsável pela contratação de funcionários/servidores seja através de Concurso Público, Contratos Emergenciais ou Livre Nomeação, sendo que por Concursos Públicos são avaliados por provas ou provas e títulos, ainda podem ser contratados também prestadores de serviços técnicos, ou ainda de empresas prestadoras de serviços, estes últimos através de processo licitatório. As rescisões contratuais ocorrem de diferentes formas dependendo do regime pelos quais são regidos os servidores, no caso de servidores contratados estatutários, concursados estatutários e cargos em comissão (livre nomeação) a rescisão é feita na forma de exoneração do cargo público por justa causa ou à pedido, sendo o concursado estável, este só perderá o cargo através de sentença judicial transitada em julgado ou mediante processo administrativo em que lhe seja assegurada ampla defesa, nos casos de contratos há um prazo determinado para seu encerramento e nos cargos em comissão é possível a exoneração a qualquer momento, pois são de livre exoneração. Nos casos de servidores regidos pela CLT, o processo de rescisão segue o mesmo que os servidores estatutários, a diferença é que neste caso a rescisão é feita na forma de rescisão de contrato ou demissão por justa causa ou a pedido.

A Prefeitura Municipal conta atualmente com 2657 servidores ativos, dos quais 1426 são celetistas de provimento efetivo, 771 são estatutários de provimento efetivo, 213 são estatutários de contrato por prazo determinado, 224 são

cargos em comissão estatutários, 02 são de cargo eletivo (prefeito e vice-prefeito) e

  • 21 pensionistas, além de 380 estagiários remunerados. A Prefeitura Municipal se utiliza de técnicas de treinamento para novos servidores, demonstrando o funcionamento do respectivo setor e criando a imagem desse funcionamento para que seja absorvido o maior número de informações possíveis.

18

De acordo com o Estatuto da instituição, a cada dois anos haverá a avaliação dos funcionários efetivos, sendo promovidos os servidores com melhor avaliação de forma intercalada, por antiguidade e por merecimento. Ainda serão feitas avaliações a cada seis meses dos servidores que se encontrarem em estágio probatório, período esse entendido como o anterior à aquisição da estabilidade pelo servidor. O setor de admissões é o responsável pela checagem da documentação apresentada pelos servidores no ato da admissão, que logo são cadastrados no setor de pagamento de pessoal de onde são enviados novamente ao setor de admissões para posterior envio ao setor de controle interno que faz a verificação da documentação do servidor, após isso há o retorno ao setor de admissões para finalmente ser encaminhado ao setor de arquivo de pessoal, onde permanece arquivada para anexação de novos documentos que venham a surgir na vida funcional do servidor. Os valores gastos com aquisição de mobiliário, materiais de escritório e demais materiais são feitos através de processos licitatórios, sempre dentro do planejamento anual e das dotações orçamentárias para cada tipo de aquisição.

A Prefeitura Municipal além de contar com o prédio principal possui diversos outros prédios espalhados pela cidade, dotados de estruturas ideais para execução dos mais variados tipos de trabalhos, possuindo ao todo 15 secretarias, mais a Procuradoria-Geral do Município e Gabinete do Prefeito, além das Subprefeituras nas localidades de Barragem Sanchuri, São Marcos, João Arregui e Plano Alto.

13.2 SERVIÇOS

A execução dos serviços prestados pela Prefeitura Municipal como reparos e instalações de iluminação pública, desobstrução e limpeza de valas e bueiros, patrolamento, revestimento e recapeamento asfáltico, poda de árvores, ensino público infantil e fundamental, consultas médicas, procedimentos cirúrgicos e tratamento de epidemia e endemias, exumações e inumações, assistência social, eventos culturais, segurança pública e guarda de próprios municipais, eventos esportivos, além de serviços de licenciamentos, alvarás e etc.

19

Como já abordado acima os serviços de execução pública dividem as opiniões a respeito da satisfação da população, deixando de uma forma muito imparcial os resultados. As maiores dificuldades na execução desses serviços são às condições climáticas, a deficiência e precariedade dos maquinários e a excessiva necessidade de serviços públicos da população.

  • 13.3 ESTRATÉGIA

As decisões tomadas na Prefeitura Municipal partem do estudo de cada caso pelas Comissões, pelo Secretariado, e pela Assessoria de Gabinete, logo são repassadas as conclusões para o Prefeito Municipal que decidirá pela viabilidade ou não da execução de determinado caso.

  • 13.4 CULTURA

O pensamento da instituição quanto aos serviços prestados é de manter o bem estar da população realizando de forma correta e efetiva sua função pública, quanto aos seus servidores, o pensamento é de valorização do serviço executado e reconhecimento. A missão da instituição é a de promover da melhor forma possível o desenvolvimento do município, através de uma visão de interação direta e harmoniosa entre servidores, administração e população.

20

14 CONCLUSÃO

21

15 ADMINISTRAÇÃO FINANCEIRA E ORÇAMENTÁRIA

22

REFERÊNCIAS

BERTO, André Rogério. Teorias dos jogos. São Paulo: Pearson Prentice Hall,

2009.

PERINI, Luis Cláudio. Administração de sistemas de informação. São Paulo:

Pearson Prentice Hall, 2010.

RAMPAZO, Adriana Vinholi. NONAKA, Henry Tetsuji. Pesquisa em negócios. São Paulo: Pearson Addison Wesley, 2011.

ZANONI, Eliane. BERTO, Janaina Vanzo. Estratégia empresarial. São Paulo:

Pearson Prentice Hall, 2009.