Você está na página 1de 2

Curso de Especializao em Planejamento, Implementao e Gesto da Educao a Distncia Mdulo I - Fundamentos da EAD Plo: Osasco Nmero do grupo: 20 Nome

do aluno: Vera Cristina Soares Furis Tutor: Helena Lcia de Paula Silva Data: 15/03/2012

NOME: Vera Cristina Soares Furis. PBLICO ALVO: Alunos do curso de Especializao on-line em Direito Urbanstico. RECURSO: Computador ligado web, de onde se acessar a msica (videoclipe), Suburbano, de Rappin Hood, disponvel no stio: http://www.youtube.com/watch? v=wcIWk4bsmi0. ATIVIDADE: Frum de discusso crtico, tomando como base o contedo musical do vdeo acima indicado, bem como bibliografia bsica sugerida, para que o aluno possa compreender e discutir a urbanizao da Cidade de So Paulo como um processo dinmico e em constantes transformaes, advindo de uma conjuntura de fatores sociais, polticos e econmicos inter-relacionados, geralmente excludentes. ASSUNTO: A urbanizao (excludente) da cidade de So Paulo. DESVANTAGENS: Necessidade de uma boa conexo rede. JUSTIFICATIVA: A educao um assunto demasiadamente complexo; discusses sobre sua qualidade, constantes. Ainda mais, no atual contexto que a sociedade se encontra, caracterizada, de um lado pelo progresso tecnolgico e do outro, por imensos nveis de misria. A complexidade das culturas urbanas e os novos valores que a sociedade encarna exigem do professor o despertar de uma conscincia crtica diante do novo e uma reorganizao urgente de sua metodologia de ao.
O avano da tecnocincia e da tecnologia exige uma reciclagem constante de todos ns. O novo emergente e

tudo muito rpido e temos que acompanhar as novas linguagens seno corremos o risco de estarmos pregando no deserto. A filosofia contempornea vem sinalizando as limitaes do nosso saber, mostrando a impossibilidade de alcance de verdades absolutas ou critrios absolutos de racionalidade. O conhecimento como reflexo objetivo da realidade cede lugar atividade de interpretao elaborada no interior de um contexto scio-cultural determinado. (CRESPI, 1999 apud DI FLORA, 1999, p. 44).

Diante desta nova realidade, novos cdigos comucacionais devem ser utilizados (DI FLORA, 1999, p. 45), inclusive na atividade docente. o que se prope na atividade em tela. BIBLIOGRAFIA: DI FLORA, M. C. O novo tempo, os novos atores sociais e a nova evangelizao. In: Mimesis, Bauru, v. 20, n. 1, p. 33-48, 1999. Stios da Internet: http://letras.terra.com.br/rappin-hood/166483/, acessado em 15/03/2012.