Você está na página 1de 7

Unidade VI- Núcleo Celular

Unidade VI- Núcleo Celular UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA CENTRO DE CIÊNCIAS AGRÁRIAS DEPARTAMENTO DE CIÊNCIAS

UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA CENTRO DE CIÊNCIAS AGRÁRIAS DEPARTAMENTO DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS CURSOS DE:

AGRONOMIA ZOOTECNIA CIÊNCIAS BIOLÓGICAS

Biologia Celular Aula: Núcleo Celular

Professora: Núbia Pereira da Costa

Areia-PB

Maio / 2012

1

1

Unidade VI- Núcleo Celular

Unidade VI- Núcleo Celular CÉLULA – Organização interna NÚMERO APROXIMADO DE ORGANELAS DE UMA CÉLULA NÚCLEO

CÉLULA Organização interna

NÚMERO APROXIMADO DE ORGANELAS DE UMA CÉLULA NÚCLEO 1 unidade. Exceção hemácias mamíferos Dois cartilaginosas e hepáticas CLOROPLASTO 20-50 unid. MITOCÔNDRIAS 500 2.000 unid. RIBOSSOMOS 500.000 unid. PEROXISSOMAS - 70 100 unid. VACÚOLO 1 adultas 2 - NÚCLEO

- Descoberto por Robert Brown, 1833;

- Característica que diferencia células eucarióticas;

- Geralmente é a maior organela da célula;

- Regula todas as funções;

- Importante papel na divisão celular;

- Ocupa 10% volume total da célula;

- Delimitado pela Carioteca ou Envoltório Nuclear;

- Central (animal) e periférico (vegetal).

2.1 Funções do Núcleo na célula

- Armazenar informações genéticas;

- Regular as funções da célula;

- Sintetizar ácidos nucléicos e ribossomos.

2.2 Regiões do Núcleo

- Carioteca, Cariomembrana ou Membrana nuclear;

- Poros;

- Lâmina nuclear;

- Cromossomo ou Cromatina (Fig. 1);

- Nucléolo.

2

2

Unidade VI- Núcleo Celular

Unidade VI- Núcleo Celular CARIOTECA – Duas membranas nucleares e poros. - Membrana externa comunica-se com

CARIOTECA Duas membranas nucleares e poros.

- Membrana externa comunica-se com RE;

- Membrana interna sustentada pela Lâmina nuclear;

- Lâmina nuclear é malha filamentos FORMA;

- Função: Proteção longa e frágeis moléculas DNA.

POROS DO ENVOLTÓRIO NUCLEAR

- De 3.000 a 4.000 na carioteca.

- Proteínas “Nucleoporinas” - Complexo do poro

COMPLEXO DO PORO

Oito colunas proteínas;

- Proteínas de ancoragem;

- Proteínas radiais;

- Fibrilas protéicas.

COMPLEXO DO PORO – Oito colunas proteínas; - Proteínas de ancoragem; - Proteínas radiais; - Fibrilas

3

3

Unidade VI- Núcleo Celular

Unidade VI- Núcleo Celular PROTEÍNA RADIAL DIAFRAGMA COLUNA PROTÉICA PROTEÍNA ANCORAGEM FIBRILA PROTÉICA
PROTEÍNA RADIAL DIAFRAGMA
PROTEÍNA RADIAL
DIAFRAGMA

COLUNA

PROTÉICA

PROTEÍNA

ANCORAGEM

FIBRILA

PROTÉICA

NUCLÉOLOS

- Região mais densa e rica em ácidos nucléicos;

- Tem como função: síntese RNA de DNA;

- Quanto maior nucléolo, maior síntese proteína.

TRANSPORTE ATRAVÉS DAS MEMBRANAS DO NÚCLEO

- Íons e moléculas pequenas PASSIVO

- Grandes moléculas (Proteínas e RNA) - ATIVO

ENTRA NO NÚCLEO:

- Proteínas - regulam atividade dos genes;

- RNA pequeno; Exige peptídeo sinalizador NSL (nuclear signal localization) IMPORTINA

- Gasto GTP

- Como ocorre? SAI DO NÚCLEO:

- Proteínas envelhecidas

Exige

TRANSPORTINA

peptídeo

sinalizador

- Gasto GTP

NES

(nuclear

export

sinal)

EXPORTINA

/

4

4

Unidade VI- Núcleo Celular

Unidade VI- Núcleo Celular - Como ocorre? CROMATINA (Núcleo interfásico) - Retirando o nucléolo, o resto

- Como ocorre?

CROMATINA (Núcleo interfásico)

- Retirando o nucléolo, o resto é cromatina;

- Formada por DNA, RNA e Proteínas;

- Dispersa na INTÉRFASE;

- Organizada na divisão celular CROMOSSOMOS.

TIPOS DE CROMATINA:

- EUCROMATINA Cromossomos descondensados;

- HETEROCROMATINA Cromos. Condensados;

1 cromossomo = 1 molécula DNA longa com GENES;

1 gene = sequência de nucleotídeo;

ESTRUTURA GERAL DOS CROMOSSOMOS

sequência de nucleotídeo; ESTRUTURA GERAL DOS CROMOSSOMOS - O centrômero ou cinetócoro, desempenha papel importante

- O centrômero ou cinetócoro, desempenha papel importante na separação das cromátides irmãs. CLASSIFICAÇÃO DOS CROMOSSOMOS DE ACORDO COM A POSIÇÃO DO CENTRÔMERO

- TELOCÊNTRICO Em uma das extremidades -A

- ACROCÊNTRICO Próximo a extremidades - B

- SUBMETACÊNTRICO Braço mais curto - C

- METACÊNTRICO Central - D

5

5

Unidade VI- Núcleo Celular

Unidade VI- Núcleo Celular Braço curto – p Braço longo – q SEQUÊNCIA DA INFORMAÇÃO GENÉTICA

Braço curto p Braço longo q

Núcleo Celular Braço curto – p Braço longo – q SEQUÊNCIA DA INFORMAÇÃO GENÉTICA DNA (Núcleo

SEQUÊNCIA DA INFORMAÇÃO GENÉTICA

DNA (Núcleo informação genética) RNA (Núcleo transcreve informação e manda para o citoplasma) RNA transporta os aminoácidos determinados pelo mRNA e o RNA ribossômico faz

a ligação dos aminoácidos, formando as proteínas, que está codificada no núcleo.

DNA

formando as proteínas, que está codificada no núcleo. DNA RNA PROTEÍNA ORGANIZAÇÃO DA MOLÉCULA DE DNA

RNA

as proteínas, que está codificada no núcleo. DNA RNA PROTEÍNA ORGANIZAÇÃO DA MOLÉCULA DE DNA PARA

PROTEÍNA

ORGANIZAÇÃO DA MOLÉCULA DE DNA PARA CABER DENTRO DO NÚCLEO

Tamanho DNA varia com a espécie. Ex. DNA humano ~ 2 metros - Como cabe no núcleo com 5μm de diâmetro?!.

- A molécula DNA forma carretel enrolando-se em proteínas (histonas) e formam os NUCLEOSSOMAS.

- Os nucleossomas ficam espaçados por DNA espaçador COLAR DE CONTAS.

- Novos e sucessivos enrolamentos com proteínas chamadas CONDENSINAS.

Originando a HETEROCROMATINA na metáfase.

6

6

Unidade VI- Núcleo Celular

Unidade VI- Núcleo Celular 7
Unidade VI- Núcleo Celular 7
Unidade VI- Núcleo Celular 7

7

7