Você está na página 1de 4
Quarta Lista de Exercícios de Arquitetura Naval e Offshore Prof. André Carvalho 1) Um navio

Quarta Lista de Exercícios de Arquitetura Naval e Offshore

Prof. André Carvalho

1)

Um navio com deslocamento de 10000 t tem um GM de 0,5m. Calcular o momento de estabilidade quando ele está adernado 7º45’. R: 674,25

2)

Quando um navio de 12000 t de deslocamento aderna 5,25º seu momento de estabilidade é 300 ton. m. O KG = 7,5m. Achar o valor de cota do metacentro. R: 7,77

3)

Uma embarcação em formato de paralelepípedo retangular tem 55 x 7,5 x 6 metros de dimensões. Ela flutua em águas parelhas com um calado de 4 metros (água salgada). Calcular o momento de estabilidade para bandas de 6º e 25º, sabendo que seu KG = 2,7m. R: 83,4 e 428,3

4)

Determinar o momento de estabilidade para um navio de 10450 t de deslocamento quando aderna 6º, sendo o GM = 0,5m. R: 546,2

5)

Um navio de 12800 t de deslocamento tem KG = 5,6m, KB = 2,75m e KM = 5,9m. Calcular os momentos de estabilidade para 8º e 24º. R: 534,4 e 3187,3

6)

Uma barcaça de forma de caixa desloca 3600 t em água salgada. Sua GM inicial é 0,45m. Sua boca é 15m e flutua num calado sem compasso de 4m. Achar os momentos de estabilidade estática para 3º e 18º de banda. R: 84,8 e 775,9

7)

As curvas de estabilidade estática são uma importante ferramenta para a avaliação da estabilidade de navios. A abscissa e a ordenada utilizada para que essas curvas sejam traçadas, correspondem, respectivamente, ao (à):

(A)

ângulo de inclinação e ao braço de endireitamento.

(B)

momento emborcador e ao ângulo de inclinação.

(C)

calado e à área de linha d’água.

(D)

inércia transversal e ao momento restaurador.

(E)

área seccional e ao calado.

8)

A curva de braços de adriçamento tem as seguintes ordenadas para ângulos de 15º, 30º, 37,5º, 45º, 60º: 0,9m, 1,92m, 2,02m, 1,65m, - 0,075m, respectivamente; Sua altura metacêntrica inicial e de 3,4m. Traças a curva e determinar o ângulo de estabilidade máxima e o limite de estabilidade. 35,5, 59,5

9)

Os GZ de um navio de 10000 t de deslocamento, conforme obtidos no plano de curvas cruzadas cujo KG assumido é de 6 metros são: 0,12m, 0,30m, 0,47m, 0,53m, 0,44m, 0,23m, e -0,06m para bandas de 10º, 20º, 30 º, 40 º, 50 º, 60 º e 70 º respectivamente. Traçar o diagrama de estabilidade estática para o KG= 6,25m e GM = 0,43m. Determinar o GZ máximo, ângulo de inclinação para o máximo GZ e o limite de estabilidade. GZ=0,37, 37,5º, 60,5º

10) Uma situação de estabilidade, na qual K=quilha, G=centro de gravidade, B=centro de empuxo e M=metacentro, é indicada por:

(A) KB > KM

(B) KB > KG

(C) KG > KM

(D) GB > GM

(E) BM > GM

11) Um bloco retangular homogêneo (30m x 7m x 3m) tem a metade da densidade da água na qual está flutuando. Calcule a altura metacêntrica, GM, e o braço de endireitamento, GZ, a 15 graus e 30 graus de inclinação.

12) Tendo o conhecimento de que o movimentando-se um bloco de 8000 kg, 1 metro perpendicularmente ao eixo longitudinal de uma embarcação de deslocamento de 100 t, provoca uma banda de 2 graus, estime a altura metacêntrica inicial desta embarcação. R: 2,29m

13) Afirmações a seguir.

I - Ângulo de emborcamento é o ângulo onde termina a faixa de estabilidade. II - Um navio com o centro de gravidade localizado acima de seu metacentro possui estabilidade. III - A declividade na origem da curva de estabilidade estática (braço de endireitamento em metros x ângulo de inclinação em radianos) de uma embarcação é equivalente à distância em metros de seu centro de gravidade G ao seu metacentro M transversal. Está correto o que se afirma em:

A) I, apenas.

B) I e II, apenas.

C) I e III, apenas.

D) II e III

E) I, II e III.

14)

O navio “Loide México” tem 8200 t de deslocamento e KG = 6,3 m. é necessário aderná-lo 3º para BE e para isso um peso de 15 t deve ser movimentado transversalmente. Determine essa distância, sabendo-se que o KM = 6,5 m.

15)

Sabe-se que a movimentação de um bloco de 1000 t, 2 metros perpendicularmente ao eixo longitudinal de uma embarcação resulta em uma banda de 4 graus. Sendo a embarcação prismática de seção retangular com 10m de boca, 10 metros de calado e deslocamento correspondente a 10000 t, estime a altura do centro de gravidade da embarcação.

16)

O navio “Loide Colômbia” desloca 8200 t, apresentando uma GM de 0,9m. Possui dois tanques laterais com capacidade de 30 t cada um, estando BB cheio e BE vazio. Calcule a banda permanente nesse navio ao serem transferidas 30 t para o tanque de BE, sabendo-se que os centro de gravidade dos tanques estão afastados 3,5 m do plano diametral.

17) Sabe-se que a movimentação de um bloco de 1000 t, 2 metros perpendicularmente ao eixo longitudinal de uma embarcação resulta em uma banda de 4 graus. Sendo a embarcação prismática de seção retangular com 10m de boca, 10m de calado e deslocamento correspondente a 10000 t, estime a altura do centro de gravidade da embarcação. R: 2,97m

18)

Considere um pontão de 12 metros de comprimento e 4 metros de diâmetro, que flutua com calado de 2 metros. A altura do seu centro de gravidade é de 1,5 metros. Pede-se determinar a curva de estabilidade estática.

19)

Sabendo que a estabilidade de um navio é função direta da altura metacêntrica (GM), é correto afirmar que:

a)

Para um mesmo deslocamento, quanto mais alto for o centro de gravidade (CG), menores serão altura metacêntrica (GM) e braço (GZ) e, portanto, menor será o conjugado de endireitamento.

b)

A altura metacêntrica (GM) não depende das posições relativas do centro d carena (CC) e o centro de gravidade (CG).

c)

Com o centro de gravidade (CG) muito alto o navio é muito estável, podendo adormecer na vaga.

d)

Com o centro de gravidade (CG) demasiadamente alto ele se torna um navio duro: seus balanços são muitos violentos, e isto se faz sentir na estrutura do casco e na carga.

e)

Se G coincidir com o ponto M, a altura metacêntrica é zero, o braço de endireitamento é nulo, e o navio fica estável.

20)

Uma embarcação flutua, em águas tranquilas, sem banda, com um deslocamento de 10.000t. Qual será o ângulo de banda (θ) da embarcação, ao deslocar transversalmente por 4 m um equipamento, pesando 50 t, pertencente ao casco sendo que a altura metacêntrica transversal no calado correspondente é igual a 1,0m?

21) Dado um navio cujo deslocamento é de 320 t, qual é a variação do centro de gravidade, em metros, considerando que foi efetuado um deslocamento horizontal de 3m (em uma mesma seção) de um motor de 150 kg?

22) Considere um navio de 2000 tf de deslocamento, flutuando sem banda, quando um peso de 25 tf, localizado a bordo, é movimentado transversalmente de uma distancia de “d” metros. Sabendo-se que, após a movimentação de peso, o navio adquiriu uma banda de 6°, determine o valor da distância “d”, em metros GM=1,5m

23)

As curvas de estabilidade estática são uma importante ferramenta para a avaliação da estabilidade de navios. A abscissa e a ordenada utilizadas para que essas curvas sejam traçadas, correspondem, respectivamente, ao(à):

(A)

ângulo de inclinação e ao braço de endireitamento.

(B)

momento emborcador e ao ângulo de inclinação.

(C) calado e à área de linha d’água.

(D)

inércia transversal e ao momento restaurador.

(E)

área seccional e ao calado.

24) Uma embarcação flutua, em águas tranquilas, sem banda, com um deslocamento de 10.000t. Qual será o ângulo de banda (θ) da embarcação, ao deslocar transversalmente por 4 m um equipamento, pesando 50 t, pertencente ao casco sendo que a altura metacêntrica transversal no calado correspondente é igual a 1,0m.

25) Um navio com deslocamento de 4.000 toneladas foi submetido a um teste de inclinação para determinar a posição vertical do seu centro de gravidade (KG). Durante o teste, um peso de 15 toneladas foi transferido transversalmente 8 metros de bombordo para boreste. O trim e a banda do navio, no início do teste, eram nulos. A posição vertical do metacentro transversal (KM), para a condição de deslocamento, era 5,2 m. Se o pêndulo instalado a bordo para a realização do teste forneceu um ângulo (θ), cuja tangente vale 0,025, a posição vertical do centro de gravidade, após a movimentação do peso, em metros, era igual a?

26) Observe a figura a seguir.

Um navio cuja seção transversal é mostrada na figura 1 desloca 40000 tf. O navio está flutuando sem banda quando um peso de 30 tf é deslocado em seu convés 4m para boreste. O navio assume uma banda de θ graus, vindo a flutuar na condição apresentada na figura 2. Considerando-se que θ é um ângulo muito pequeno, qual o deslocamento do centro de gravidade do navio?

na figura 2. Considerando - se que θ é um ângulo muito pequeno, qual o deslocamento

27) Um navio é inclinado de 20°. Assumindo que é um navio wall-sided(de costados paralelos), calcule seu braço de endireitamento se o GM é de 1,2 metros e BM é de 7,5 metros. O deslocamento do navio é de 6000 toneladas.

28) Quando um navio de 5300 toneladas de deslocamento com um KM = 7,7m é inclinado pela movimentação transversal de uma carga de 10 toneladas por 16 metros, foi notado que o pendulo de 12 m defletiu 33,25 cm. Qual o seu KG e seu ângulo de inclinação?

29) Um navio de 18000 toneladas de deslocamento tem KB = 5,25m, KG = 9,24m e um segundo momento de área referente a linha de centro de 82x10³m 4 . Calcular os braços de endireitamento de 5º em 5º até 20º e esboçar a curva de estabilidade estática até esse ângulo.

30) Considerando uma determinada embarcação com KG = 20 pés, L=100m e deslocamento = 10000 t.

a) Esboce a curva de estabilidade estática da embarcação, considerado as curvas cruzadas de estabilidade abaixo. Explique o procedimento utilizado

b) Estime a altura metacêntrica na condição sem banda e sem trim. Justifique sua resposta.

o procedimento utilizado b) Estime a altura metacêntrica na condição sem banda e sem trim. Justifique