Você está na página 1de 12
CAMPUS UBERLÂNDIA

CAMPUS UBERLÂNDIA

CONFORTO DO AMBIENTE CONSTRUÍDO

Prof. Adriana Porto Proença

LISTA DE EXERCÍCIOS – CLIMA E INSOLAÇÃO

1. A pressão atmosférica diminui quando:

a) A altitude aumenta

b) A longitude diminui.

c) A temperatura do ar diminui

d) A altitude diminui

2. Complete corretamente:

Entende –se por

relaciona com a hora do dia é dado de 0 a 90 graus. Por

do sol no plano horizontal do observador e o norte que é sempre contando no sentido horário. E por

o ângulo formado pelo sol e pelo plano horizontal do observador, se

o ângulo formado pela projeção

- o eixo obliquo imaginário que liga os Polos Norte e Sul, tendo uma inclinação de

23o30’

a) Zenite – Azimute solar – Obliqüidade da eclipse.

b) Azimute solar- Zenite – Obliqüidade da eclíptica

c) Altura solar – Azimute solar- Obliqüidade da eclíptica

d) Zenite – Azimute solar- plano da eclipse

3. A variabilidade do balanço radiativo terrestre determina a ocorrência de variações sazonais de

elementos climáticos, como temperatura e precipitação, dentre outros. Tais variações podem ser

acentuadas ou reduzidas através da interação com as atividades antrópicas e seus produtos.

Constituem fenômenos atmosféricos que podem ser modificados pela interação com as atividades

humanas, EXCETO:

a) inversão térmica

b) ilha de calor

c) radiação solar

d) efeito estufa

4.

Observe o esquema abaixo e marque a alternativa incorreta:

Observe o esquema abaixo e marque a alternativa incorreta: a) O ângulo de 23 graus e

a)

O ângulo de 23 graus e 27 minutos é o intervalo entre solstícios e equinócios.

b)

O ângulo de 46 graus e 54 minutos corresponde ao ângulo da eclipitca, plano da órbita solar.

c)

O ângulo de 66 graus e 33 minutos corresponde ao círculos polares desde o equador.

d)

A faixa entre os trópicos é a que recebe maior radiação solar durante o ano.

e)

O ângulo de 46 graus e 54 minutos delimita os vários pontos de nascimento do sol durante o ano.

5.

OBSERVE O MAPA

de nascimento do sol durante o ano. 5. OBSERVE O MAPA LEGENDA 2 - Porto Alegre

LEGENDA

2 - Porto Alegre

15

- Recife

20

- Macapá

Levando-se em conta a localização destas três cidades no mapa, podemos afirmar que os comprimentos das sombras serão tanto maiores quanto maior for o afastamento da cidade em relação ao

a) litoral

b) Equador

c) nível do mar

d) Trópico de Capricórnio

e) Meridiano de Greenwich.

6.

Identifique os itens corretos:

(01) A inclinação do eixo de rotação da Terra em sua órbita em torno do Sol permite que, sazonalmente, um hemisfério receba mais energia que o outro. (02) Quando os raios solares estiverem incidindo perpendicularmente sobre o Trópico de Capricórnio, o hemisfério sul estará entrando no inverno e o hemisfério norte no verão. (04) O movimento de translação da Terra é responsável pela sucessão dos dias e noites, cujas durações não são iguais para uma mesma data em diferentes latitudes, exceto por ocasião dos equinócios.

(08) Os solstícios e equinócios indicam posições da Terra em seu movimento de translação, e assinalam o início das estações do ano.

soma = (

)

7. Existem "ilhas de calor"?

As consideradas "ilhas de calor" estão relacionadas com

a) a inversão térmica, que provoca a superposição do ar frio sobre o ar quente.

b) o aquecimento do tipo frontal, indicando a aproximação de uma frente fria.

c) um microclima urbano, provocado pela elevada concentração de edificações.

d) as chuvas "ácidas", que trazem elementos poluentes concentrados na atmosfera.

e) o efeito estufa, provocado pelo alto índice de dióxido de carbono, tendo a propriedade de absorver o

calor.

8. A figura acima representa um fenômeno climático cada vez mais comum nas áreas centrais das grandes cidades.

cada vez mais comum nas áreas centrais das grandes cidades. Esse fenômeno recebe a seguinte denominação:

Esse fenômeno recebe a seguinte denominação:

a) friagem

b) estiagem

c) ilha de calor

d) inversão térmica

9.

As metrópoles podem ser consideradas como a expressão espacial mais complexa da produção do espaço geográfico no sistema capitalista. Por isso, podem ser vistas, também, como o espaço geográfico onde ocorrem as mais profundas alterações do quadro natural, que provocam uma série de problemas ambientais, como, por exemplo, o efeito estufa, a inversão térmica e a ilha de calor.

No caso específico da ilha de calor, trata-se de um fenômeno que ocorre nos centros urbanos resultante de uma série de fatores, dentre eles:

a) retenção do calor irradiado pela superfície terrestre; impermeabilização dos solos e cobertura vegetal

densa.

b) construção de edifícios; cobertura vegetal densa e emissão de gases pelas indústrias.

c) redução da evaporação e do aquecimento da atmosfera; retirada da cobertura vegetal e dispersão de

poluentes na zona central da cidade.

d) retirada da cobertura vegetal; concentração de edifícios e impermeabilização dos solos.

10. Leia este trecho:

O tempo é uma combinação efêmera (um instante ou alguns dias), porém concreta. É uma realidade na

escala da vida humana e a observação direta permite apreendê-la rapidamente. O clima, pelo contrário, só

é percebido após um estudo paciente e metódico de um longo período de tempo que, segundo a

Organização Meteorológica Mundial - OMM, para o clima atual, deve compreender 30 anos. O clima, como

o tempo, resulta de uma combinação de elementos atmosféricos, mas é a combinação de tendência

dominante e permanente (vale dizer, de elementos generalizáveis) da atmosfera de um lugar. Assim, pode-se dizer que o tempo deste inverno foi relativamente quente, menos seco, em Belo Horizonte (combinação acidental), mas que o clima nessa cidade se caracteriza por invernos frescos, secos,

ensolarados (combinação habitual durante vários séculos e que resulta da repetição de influências dominantes que determinam o tempo nessa cidade). (PEDELABORDE, P. "Introduction a l'étude scientifique du climat". Paris: SEDES, 1970. p. Com base na leitura desse trecho, todas as seguintes conclusões estão corretas, EXCETO a) A confusão entre tempo e clima é comum e, freqüentemente, usa-se o termo clima para denominar estados atmosféricos de curta duração.

b) O autor defende a idéia de que a compreensão do clima, por se constituir ele uma generalização, é

mais difícil que a do tempo.

c) O clima de um lugar é o resultado de fatos atmosféricos, desde que eles se repitam, habitualmente, durante anos.

d) O tempo meteorológico e o clima resultam de combinações de elementos atmosféricos específicos,

diferenciados em sua origem.

11.

A ilha de calor, fenômeno climático típico das grandes aglomerações urbanas, resulta da elevação das temperaturas médias nas áreas urbanizadas das grandes cidades, em comparação com as zonas rurais.NÃO contribui para esse aumento de temperatura a

a) poluição atmosférica.

b) concentração de edifícios.

c) impermeabilização dos solos.

d) construção de áreas de lazer arborizadas.

12. Aquecimento da parte mais baixa da atmosfera, devido principalmente a presença excessiva de CO2, CH4, SO2 e CFCs na atmosfera, que permitem que os raios do Sol aqueçam a Terra, mas impedem que parte desse aquecimento retorne para o espaço, provocando assim, um aumento global da

temperatura da terra

ele, a vida como a conhecemos não poderia existir. Serve para manter o planeta aquecido, e assim, garantir a manutenção da vida. Esse fenômeno climático denomina-se:

Ocorrendo dentro

de uma determinada faixa é de vital importância pois, sem

a) ilha de calor.

b) efeito estufa.

c) inversão térmica.

d) chuva ácida.

13. Em relação aos movimentos da Terra, é correto afirmar que:

(02) Os solstícios correspondem às épocas do ano em que os hemisférios norte e sul da Terra são desigualmente iluminados. (04) No dia 21 de junho o Sol encontra-se sobre o Trópico de Capricórnio.

(08) Os equinócios correspondem às épocas do ano em que os hemisférios norte e sul são igualmente iluminados. (16) No dia 23 de setembro o Sol encontra-se sobre o Trópico de Câncer. (32) O dia 21 de dezembro marca o solstício de verão no hemisfério sul.

Soma = (

)

14. Todas as alternativas apresentam mecanismos responsáveis pelas mudanças das estações ao longo do ano, EXCETO

a) A inclinação do eixo de rotação da Terra determina que, a cada seis meses, um hemisfério esteja mais

exposto ao sol que o outro.

b) As estações são determinadas pela maior ou menor proximidade da Terra ao Sol, distância que, ao

variar ao longo do ano, altera a quantidade de energia solar incidida sobre o planeta.

c)

O Sol, ao atingir seu ponto de maior deslocamento ao Norte - a máxima declinação boreal - determina,

no Hemisfério Sul, dias mais curtos e noites mais longas.

d) Os equinócios ocorrem, respectivamente, quando os hemisférios Norte e Sul são igualmente

iluminados, marcando o início astronômico da primavera e do outono.

e) Os solstícios ocorrem, respectivamente, quando a iluminação é máxima em um hemisfério e mínima no

outro, marcando o início astronômico do verão e do inverno.

15. Apresente os dois fatores que determinam a existência das estações do ano.A posição indicada na figura

a seguir marca, em nosso planeta, o início de uma estação em cada hemisfério.-

planeta, o início de uma estação em cada hemisfério.- Esta estação é a) A primavera no

Esta estação é

a) A primavera no Hemisfério Norte, estando a Terra no equinócio.

b) O outono no Hemisfério Sul, estando a Terra nas proximidades do solstício.

c) O verão meridional, estando a Terra no solstício.

d) O outono setentrional, estando a Terra no equinócio.

e) O verão setentrional, estando a Terra no solstício.

16. As coordenadas geográficas, designadas pelos pares de elementos denominados de latitude e longitude, permitem determinar as posições de pontos na superfície terrestre, onde:

I - a latitude é o arco de equador entre o meridiano de Greenwich e o meridiano do lugar;

II - a longitude é o arco de equador ou de paralelo entre o meridiano de um lugar e o meridiano de

Greenwich;

III - a latitude é altura de um ponto em relação ao nível médio do mar;

IV - a latitude é o arco de um meridiano entre o equador e o paralelo de um lugar;

V - a longitude é a distância entre dois lugares.

a) são corretas as afirmativas I e II.

b) são corretas as afirmativas II e III.

c) são corretas as afirmativas I e III.

d) são corretas as afirmativas II e IV.

e) são corretas as afirmativas IV e V.

17. Sobre o movimento de translação da Terra, é FALSO afirmar:

a) As estações do ano ocorrem em função do movimento de translação e da inclinação de 23°27' do eixo

da Terra em relação ao Sol.

b) O eixo de inclinação da Terra estabelece linhas imaginárias, denominadas Trópico de Câncer, no

hemisfério sul, e Trópico de Capricórnio, no hemisfério norte.

c) Equinócio significa dias e noites iguais e ocorre em março e setembro, determinando,

respectivamente, a primavera e o outono no hemisfério norte.

d) Solstício significa dias e noites extremamente desiguais e ocorre em junho e dezembro, determinando,

respectivamente, o inverno e o verão no hemisfério sul.

e) A zona situada próximo ao Equador quase não apresenta diferenças na inclinação dos raios solares.

18. Ao dividir os 360 graus da esfera terrestre pelas 24 horas de duração do movimento de

, o

resultado é 15 graus. A cada 15 graus que a Terra gira, passa-se uma hora. Assim, cada uma das 24 divisões da Terra corresponde a um

Para que o texto fique ADEQUADAMENTE preenchido, as lacunas devem ser completadas, respectivamente, por:

a)

translação e meridiano

b)

translação e paralelo

c)

rotação e círculo

d)

rotação e fuso horário

19.

Solstícios e equinócios

e fuso horário 19. Solstícios e equinócios Legenda 1 - Trópico de Câncer 2 - Equador

Legenda

1 - Trópico de Câncer

2 - Equador

3 - Trópico de Capricórnio

FONTE: SENE, E.; MOREIRA, J. C., 1998

(adaptação).

A distribuição de energia solar, ou insolação, depende dos movimentos de rotação e translação da Terra. Esses movimentos são os responsáveis pela recepção do calor e, conseqüentemente, pela distribuição da vida em torno do globo. Considerando a importância da insolação e observando a figura anterior, NÃO se pode dizer que:

a) o item A da figura demonstra o equinócio de Primavera no hemisfério Norte ou o equinócio de Outono

no hemisfério Sul.

b) o item B da figura demonstra o solstício de verão no hemisfério Norte ou o solstício de Inverno no

hemisfério Sul, que ocorrem por volta de 21 de junho.

c) a inclinação do eixo de rotação da Terra, em relação à sua trajetória em torno do Sol, é um dos fatos

que determinam a ocorrência das estações do ano.

d) quanto mais nos afastamos do equador, maior a inclinação com que os raios solares incidem na

superfície terrestre e maior, portanto, a área aquecida pela mesma quantidade de energia, o que torna as temperaturas mais baixas.

e) no solstício de Verão, o dia é mais curto e a noite é mais longa; no solstício de Inverno, a noite é mais

curta e o dia é mais longo.

20.

A repetição dos dias e das noites é devido:

a)

ao movimento de translação da Terra.

b)

à imobilidade da Terra em relação ao Sol.

c)

ao movimento de rotação da Terra.

d)

aos eclipses da Lua.

e)

aos movimentos dos planetas em torno do Sol.

21.

Observe o esquema abaixo, assinale a alternativa incorreta:

Observe o esquema abaixo, assinale a alternativa incorreta: a) Na posição 2 têm-se inverno no hemisfério

a)

Na posição 2 têm-se inverno no hemisfério norte.

b)

Na posição 4 temos solstício de verão para Hemisfério Sul e de inverno para Hemisfério Norte.

c)

Na posição 1 e 3 representam os equinócios.

d)

Na posição 4 tem-se verão no Hemisfério sul.

22.

No solstício de verão no hemisfério Sul (21 de dezembro), os raios solares incidem perpendicularmente ao Trópico de Capricórnio. Isso significa que:

a)

o hemisfério Norte está recebendo menor insolação. Por isso, vive a sua estação fria, caracterizada

por dias mais longos e noites mais curtas.

b) o hemisfério Sul está recebendo maior insolação. Por isso, vive a sua estação fria, caracterizada por

dias mais longos e noites mais curtas.

c) o hemisfério Norte está recebendo maior insolação. Por isso, vive a sua estação quente, caracterizada

por dias mais longos e noites mais curtas.

d) o hemisfério Norte está recebendo menor insolação. Por isso, vive a sua estação fria, caracterizada

por dias mais curtos e noites mais longas.

e) os dois hemisférios, Norte e Sul, recebem a mesma insolação. Nessa data os dias e as noites duram

exatamente doze horas em todo o planeta.

23. Responder à questão com base no desenho e nas afirmativas:

-
-

I. Os raios solares estão perpendiculares ao solo, pois o desenho representa um lugar situado na linha do Trópico de Capricórnio, no momento em que inicia o inverno. II. A situação evidenciada no desenho é, provavelmente, de solstício de verão no Hemisfério Norte. III. Esta data corresponde, provavelmente, ao início de verão no Hemisfério Norte, e o local representado está situado em qualquer ponto sobre o Trópico de Câncer. IV. Simultaneamente à situação mostrada no desenho, no Hemisfério Sul, o Sol também está incidindo perpendicularmente, ao meio-dia, em qualquer ponto do Trópico de Capricórnio. V. O desenho não se refere a Porto Alegre, pois nesta latitude não ocorre a incidência perpendicular dos raios solares. A análise do desenho e das afirmativas permite concluir que estão corretas apenas

a) I, II e III

b) I, II e IV

c) I, III, IV e V

d) II, III e V

e) III, IV e V

24. Sobre o sistema de coordenadas geográficas e sua relação com os movimentos terrestres, é INCORRETO afirmar:

a) A Terra possui 24 fusos horários, para um total de 360°de circunferência; assim, cada fuso horário

corresponde a 15°da esfera.

b) As linhas dos Círculos Polares estão nas latitudes de 66°33' e correspondem ao ponto geográfico

onde, pelo menos uma vez ao ano, o Sol não se levanta no horizonte.

c) As linhas dos Trópicos encerram os lugares onde o Sol faz ângulo de 90°com a superfície pelo menos

uma vez por ano, o que explica a abundante energia nesse espaço.

d) A linha do Equador divide a Terra em dois hemisférios iguais, ocidental e oriental, e referencia o ajuste

horário global.

25.

Quando subimos ou descemos uma serra, é comum sentirmos uma sensação estranha nos ouvidos. Isso ocorre por causa da pressão atmosférica que varia com a altitude, a temperatura, a ação dos ventos, entre outros fatores. Diante de tal afirmação, podemos concluir que quanto

a)

menor a altitude menor a pressão.

b)

maior a longitude menor a pressão atmosférica.

c)

maior a altitude menor a pressão

d)

menor a longitude maior pressão atmosférica.

26.

Dê uma breve definição de tempo e clima.

27.

Explique o fenômeno climático que denomina-se ilha de calor.

28.

Quais as principais influências recebidas pelos climas brasileiros?

29.

Indique os fatores que explicam as diferenças de temperatura entre as cidades mencionadas na tabela que se segue:

entre as cidades mencionadas na tabela que se segue: 30. Indique os fatores que fazem do

30.

Indique os fatores que fazem do Brasil um país de clima predominantemente tropical.

31. Cuidado com o que se lê na Internet!!!!"Que espetáculo! Foto do amanhecer na Europa e África, num dia sem nuvens, vista de um satélite em órbita. Observem como as luzes ainda estão acesas em Paris e

Barcelona, no entanto, em Londres, Lisboa e Madri é dia claro. (

)."

entanto, em Londres, Lisboa e Madri é dia claro. ( )." Com base na leitura do

Com base na leitura do texto e na observação da imagem de satélite, IDENTIFIQUE E EXPLIQUE um erro relacionado à variação na luminosidade do planeta, utilizando seus conhecimentos acerca dos movimentos da Terra.

32. Para localizar um ponto em um sistema de coordenadas geográficas não é suficiente indicar os graus

em latitude e longitude. É preciso ainda acrescentar as letras N, S, L e O. Por quê?

33. Por que utilizar a carta solar?

34. Conceitue altura e azimute solar.

35. Faça as anotações dos rumos referentes aos gráficos abaixo:

obs.:aceita-se a variação de 1 grau para mais ou para menos.

anotações dos rumos referentes aos gráficos abaixo: obs.:aceita-se a variação de 1 grau para mais ou
anotações dos rumos referentes aos gráficos abaixo: obs.:aceita-se a variação de 1 grau para mais ou

36. Utilizando a carta solar , avalie os horários de incidência solar de um a parede voltada para:obs.:aceita- se a variação de 30 minutos para mais ou para menos.

No mês de fevereiro e junho:

a) o rumo 45 o NW (Noroeste);

b) o rumo 20 o NE (Nordeste);

No mês de Maio e Dezembro:

c)

o rumo 50 o SE (Sudeste), e,

d)

o rumo 75 o SW (Sudoeste).

37.

Utilizando a carta solar, avalie os horários de incidência solar da fachada para os meses de fevereiro e maio. Latitude de 20°.

obs: aceita-se a variação de 30minutos para mais ou para menos

para os meses de fevereiro e maio. Latitude de 20°. obs: aceita-se a variação de 30minutos
para os meses de fevereiro e maio. Latitude de 20°. obs: aceita-se a variação de 30minutos