Você está na página 1de 244

CURSO DE PUBLICIDADE E PROPAGANDA

ALCIDES DE ANDRADE FILHO


BRUNO DINIZ BRANDÃO
CARLA ALMEIDA DOS SANTOS
CÍNTIA CATERINE RIBEIRO GABRIEL
DANILO COTRIM OLIVEIRA
DIEGO MARCOS SANTOS SANTIAGO
IGOR MACIEL ARAÚJO LIMA
JULIANO TORQUATO DE OLIVEIRA
LEANDRO MARTINHO REGO NUNES
LEONARDO MUCCINI SILVA
LUCIANA GRAMACHO LIMA
LUÍZ FERNANDO CASTRO GARCIA LANDEIRO
MAGNUM DE ARAÚJO SOUZA
MAIARA ALVIM ANUNCIAÇÃO
THARCIO MAIA SANTOS

Bremen: Aqui é seu lugar

Salvador
2008
ALCIDES DE ANDRADE FILHO
BRUNO DINIZ BRANDÃO
CARLA ALMEIDA DOS SANTOS
CÍNTIA CATERINE RIBEIRO GABRIEL
DANILO COTRIM OLIVEIRA
DIEGO MARCOS SANTOS SANTIAGO
IGOR MACIEL ARAÚJO LIMA
JULIANO TORQUATO DE OLIVEIRA
LEANDRO MARTINHO REGO NUNES
LEONARDO MUCCINI SILVA
LUCIANA GRAMACHO LIMA
LUÍZ FERNANDO CASTRO GARCIA LANDEIRO
MAGNUM DE ARAÚJO SOUZA
MAIARA ALVIM ANUNCIAÇÃO
THARCIO MAIA SANTOS

Bremen: Aqui é seu lugar


Projeto Experimental apresentado ao curso
de Comunicação Social com Habilitação em
Publicidade e Propaganda da FIB como
requisito à obtenção do título de bacharel em
Comunicação Social.

Orientadores:
Prof.: José Américo
Prof.: Noel Mendes
Prof.: Geider Lins
Prof.: Eduardo Andrade
Profª.: Marina Lima
Prof.: Maurício Sarmento

Coordenadora:
Profª.: Apoena Serrat

Salvador
2008
AGRADECIMENTOS

Quando paramos para pensar que um dia fomos crianças e só sonhávamos e


sonhávamos... Hoje, nós vemos que o bom mesmo é REALIZAR.
Durante esse período de elaboração do projeto de conclusão de curso, muitos foram
os responsáveis para a concretização desse sonho. Incentivadores, realmente, não
faltaram.
Primeiramente, agradecemos a Deus, que sempre nos guiou, dando a força e o
equilíbrio necessários. Às nossas famílias, por nos suportarem nesses quatro meses
de loucura e forneceram o maior apoio que poderíamos ter. Aos amigos, que
ajudaram, principalmente, nos momentos de desespero e incentivaram essa
transformação de estudantes em PUBLICITÁRIOS. Aos nossos colegas, pelas
brigas e pelo crescimento coletivo. Aos nossos orientadores, pelas broncas, palavras
de incentivo e por acender a luz nos momentos de maior escuridão. E à FIB, por
acreditar, desde o início, em nosso potencial e fornecer a base para esta realização.

Enfim, MUITO OBRIGADO ainda é pouco para TUDO que, hoje, SOMOS.

Agência JOB – Equipe Bremen


DEDICATÓRIA

Dedicamos este trabalho a todas as pessoas que acreditaram em cada um de nós e


fizeram parte desta caminhada. Em especial, aos nossos familiares e amigos, que
suportaram nossa ausência, torceram pelo nosso sucesso e vibraram com cada
etapa vencida.
“Amanheceu, é hora de voar”
(Mikael Mutti)
SUMÁRIO

1 Introdução ........................................................................................................ 3
2 Análise ambiental ............................................................................................. 4
2.1 Ambiente demográfico................................................................................... 4
2.2 Ambiente sociocultural .................................................................................. 9
2.3 Ambiente Econômico................................................................................... 12
2.4 Ambiente Político Legal ............................................................................... 20
2.5 Ambiente Tecnológico ................................................................................. 30
2.6 Saúde .......................................................................................................... 34
2.7 Ambiente Natural. ........................................................................................ 38
3 Microambiente................................................................................................ 44
3.1 Empresa ...................................................................................................... 44
3.2 Recursos Humanos ..................................................................................... 46
3.3 Mercado ...................................................................................................... 47
3.4 Fornecedores .............................................................................................. 48
3.5 Concorrentes ............................................................................................... 49
3.6 Mix de Marketing ......................................................................................... 53
4.1 Briefing ........................................................................................................... 57
4.2 Problema de pesquisa ................................................................................. 58
4.3 Tipo da Pesquisa ......................................................................................... 58
4.4 Instrumentos de Coletas de Dados ............................................................. 58
4.5 Objetivos: .................................................................................................... 59
4.6 Informações sobre a amostra ...................................................................... 59
4.7 Principais Resultados Coletados ................................................................. 59
4.8 Tabulação .................................................................................................... 60
4.9 Cruzamento ................................................................................................. 78
4 Planejamento de Comunicação ..................................................................... 86
4.1 Análise do cenário atual .............................................................................. 86
4.2 Concessionária Bremen .............................................................................. 86
4.3 Posicionamento ........................................................................................... 87
4.4 Análise de PFOA ......................................................................................... 87
4.5 Fatos relevantes sobre a Bremen................................................................ 89
4.6 Fatos relevantes sobre o Mercado .............................................................. 89
4.7 Concorrência ............................................................................................... 89
4.8 Público-alvo ................................................................................................. 90
4.9 Objetivos de comunicação .......................................................................... 91
4.10 Estratégias de comunicação .................................................................... 91
5 Planejamento de Campanha .......................................................................... 93
5.1 Problema de comunicação .......................................................................... 93
5.2 Perfil da Audiência Alvo ............................................................................... 93
5.3 Benefício Principal ....................................................................................... 93
5.4 Argumento de venda ................................................................................... 93
5.5 Argumento e posicionamento dos concorrentes.......................................... 94
5.6 Tom da Campanha ...................................................................................... 94
5.7 Obrigatoriedades ......................................................................................... 94
5.8 Conceito ...................................................................................................... 95
5.9 Cronograma................................................................................................. 95
5.10 Praça ........................................................................................................ 96
5.11 Período..................................................................................................... 96
6 Planejamento de Promoção ........................................................................... 97
6.1 Público-alvo ................................................................................................. 97
6.2 Perfil ............................................................................................................ 97
6.3 Histórico promocional .................................................................................. 97
6.4 Concorrência direta ..................................................................................... 98
6.5 Ações promocionais .................................................................................... 98
6.6 Feirão Comprou, Ganhou Bremen ............................................................ 101
6.7 Bremen leva você ao GP Brasil de Fórmula 1 ........................................... 104
6.8 Feirão Você de carro novo Bremen ........................................................... 108
6.9 Ação de visibilidade ................................................................................... 110
6.10 Merchandising ........................................................................................ 113
6.11 Cronograma ........................................................................................... 115
6.12 Custos gerais ......................................................................................... 115
7 Relatório de Mídia ........................................................................................ 116
7.1 Introdução ................................................................................................. 116
7.2 Objetivo ..................................................................................................... 116
7.3 Metodologia ............................................................................................... 116
7.4 Indicação ................................................................................................... 116
7.5 Médias Ponderadas................................................................................... 117
7.6 Conclusão ................................................................................................. 125
7.7 Análise da Concorrêcia ............................................................................. 126
7.8 Distribuição da Verba ................................................................................ 128
7.9 Seleção dos Meios .................................................................................... 128
7.10 Meios Não Selecionados........................................................................ 131
7.11 Cobertura Geográfica ............................................................................. 133
7.12 Definição das fases ................................................................................ 134
7.13 Continuidade .......................................................................................... 136
7.14 Visibilidade ............................................................................................. 137
7.15 Planejamento tático ................................................................................ 139
7.16 Tático para cada fase ............................................................................. 214
8 Peças gráficas.............................................................................................. 217
8.1 Fase 1: Promocional I................................................................................ 217
8.2 Fase 2: Vendas I ....................................................................................... 220
8.3 Fase 3 Sustentação I................................................................................. 222
8.4 Fase 4: Promocional II............................................................................... 223
8.5 Fase 5: Vendas II ...................................................................................... 226
8.6 Fase 6: Sustentação II............................................................................... 230
8.7 Fase 7: Vendas III ..................................................................................... 233
8.8 Fase 8: Promocional III .............................................................................. 235
9 Referências .................................................................................................. 238
Anexos.................................................................................................................... 239
3

1 INTRODUÇÃO

O carro sempre foi uma paixão nacional. Não importa o sexo e a classe
social, todo mundo quer um carro. E se já tem, almeja um melhor. Este veículo de
quatro rodas, indiscutivelmente, é o meio de transporte mais desejado. Não é à toa,
que, a cada dia, um novo modelo surge, tentando superar o top de linha do
momento. É totalflex, conversível, 4X4, automático. As marcas não param de
apostar em algo melhor. Afinal, tem público de sobra, pelo menos para desejar.
Para suprir as necessidades do consumidor e das marcas, concessionárias
surgem a todo o momento, na incansável disputa de vendas. Nessa acirrada
concorrência, apareceu a Bremen, para defender a bandeira alemã Volkswagen e
conquistar sua parcela de mercado.
A Bremen, hoje, faz parte do grupo PARVI, que atua em vários estados do
Brasil, e conta com concessionárias, corretoras de seguros, locadoras de veículos e
funilarias. Além de atuar em Pernambuco, ela está presente em Salvador (BA), com
duas unidades: uma loja no Retiro e outra no Costa Azul.
E nesse cenário, a Bremen encontra-se cada vez mais influente na região da
Bahia. Em apenas cinco anos, ela tornou-se líder em vendas de carros da marca
Volkswagen, e, atualmente, detém uma grande fatia de mercado, com participação
de 38% nas vendas, nesta praça.
Mas, em 2008, esta situação sofreu algumas mudanças. Tudo,
principalmente, devido à crise dos Estados Unidos. Com o baque da economia
americana, o mundo foi obrigado a rever sua estrutura comercial. O financiamento,
que é a forma mais procurada para se comprar um carro, virou um vilão na vida das
pessoas, pois as taxas de juros encontram-se totalmente instáveis. E na Bahia, não
é diferente.
Para contornar esta grave situação comercial, causada pela crise americana,
a agência JOB fez um planejamento de comunicação para a concessionária Bremen.
Para iniciar, um estudo foi feito, observando sempre os fatores internos e externos e
a concorrência. Depois, a análise de PFOA para, então, iniciou-se a pesquisa, que
descobriu os principais problemas de comunicação. Com os resultados obtidos, os
planejamentos estratégico, promocional, de campanha e de mídia foram executados.

____________________________________________________________________________________________
FIB - Rua Xingu, nº 179, Jardim Atalaia, Stiep, Salvador – BA.
4

2 ANÁLISE AMBIENTAL

Na construção de uma campanha publicitária em que se espera alcançar


resultados efetivos, sejam eles de qualquer natureza, é necessária a observação
das diversas informações disponíveis pertinentes aos ambientes que seguem.

2.1 Ambiente demográfico

2.1.1 CRESCIMENTO POPULACIONAL

Após análise dos dados disponibilizados no site oficial do IBGE (Instituto


Brasileiro de Geografia e Estatística), no link Brasil em Síntese, foi verificado que a
população brasileira tem 169 799 170 pessoas, registradas no último censo no ano
de 2000, demonstrando um crescimento de aproximadamente 13 milhões de
habitantes em comparação à contagem populacional de 1996. A maior parte está
concentrada na faixa etária entre 0 e 24 anos, a maioria se apresentando entre 15 e
19, o que se deve a alta taxa de natalidade em 1990 e 1995, redução da mortalidade
infantil e, mesmo de forma modesta, a queda do índice de mortalidade. Ter uma
população com perfil jovem é um dado positivo, visto que o Brasil é um país em
desenvolvimento e esta é a idade que gera produtividade nos diversos setores, além
de ser uma fase em que as pessoas se mostram muito consumistas. Por outro lado,
a tendência não é a manutenção desse perfil, isso porque, dentre outros fatores, a
natalidade vem caindo e, futuramente, os brasileiros podem passar pelo mesmo
problema enfrentado por vários países da Europa, o envelhecimento da população.
Um dado curioso é o equilíbrio entre o sexo masculino com 49% e o feminino com
aproximadamente 51%, mesmo as mulheres aparentando ter uma margem maior na
composição populacional.Talvez isso se deva à ascensão delas nos diversos
seguimentos da sociedade. Na Bahia, a quantidade de mulheres supera a dos
homens em 146 184 pessoas.
Na década de oitenta, mais de 30% da população fazia parte da zona rural.
Este percentual caiu sensivelmente, o último censo apontou aproximadamente 19%,
demonstrando a migração das pessoas para as capitais em busca de melhores
condições de vida como emprego, saúde e educação. Mudanças como estas
alteram a dinâmica das grandes cidades que devem se estruturar para receber essa
____________________________________________________________________________________________
FIB - Rua Xingu, nº 179, Jardim Atalaia, Stiep, Salvador – BA.
5

demanda, como transporte, moradia, saneamento, fomentação do comércio, dentre


outros.
Em Salvador, o crescimento populacional no período entre 2000 e 2007 foi
de 449 518 habitantes e, entre 2007 e 2008 o número foi de 56 108 habitantes.
Esses números fazem da capital baiana a terceira cidade mais populosa do Brasil,
ficando atrás apenas das cidades de São Paulo e Rio de Janeiro. Ainda associando
a quantidade de pessoas ao aumento do consumo, atrelado a outras variantes, o
crescimento da frota de carros e o “boom” imobiliário dos últimos anos retratam essa
realidade.

2.1.2 EMPREGO E RENDA

Segundo o IBGE, em 2006, a maioria dos brasileiros vive com renda de um


a dois salários mínimos, representando aproximadamente 30% da população. Em
segundo lugar vem a fatia daqueles que ganham entre meio e um salário mínimo
com 21%. Aqueles que recebem entre dois e três salários totalizam 10%, de três a
cinco, 7%. Esses dados são prejudiciais para o mercado automobilístico do Brasil,
uma vez que a aquisição de um veículo requer um razoável poder aquisitivo.
Reportagem publicada no Site do Instituto em 18 de setembro de 2008
mostra que em 2007 houve um crescimento dos trabalhadores que contribuem para
a previdência, 50,7%, associando esse dado ao crescimento de pessoas
trabalhando com carteira assinada, de 33,8% em 2006 para 35,3% da população
ocupada, que é de 90,8 milhões, 1,6% a mais que o ano antecessor. Todas as
regiões do país compõem esse crescimento, mas o Nordeste se destaca com
elevação de 8,5% acima da média geral que foi de 6,1%. Aumentou também, em
3,2%, o rendimento médio em relação a 2006, totalizando R$956,00, que foi o
melhor índice desde 1999.
Por outro lado o número de trabalho infantil, apesar da redução, ainda
continua alto, com 4,8 milhões de crianças e adolescentes, representando 10,8%
das pessoas entre 5 e17 anos. Através do Pnad 2007, o IBGE aponta o Nordeste
com o maior contingente, em números absolutos, de crianças e adolescentes
trabalhadores, 1,8milhão.

____________________________________________________________________________________________
FIB - Rua Xingu, nº 179, Jardim Atalaia, Stiep, Salvador – BA.
6

(Fonte IBGE)

Esta situação tem reflexos negativos em outros setores da sociedade como


na educação, a taxa de escolarização dessas pessoas caiu 1%, percentual
aparentemente baixo, contudo bastante volumoso em números absolutos.
Entre 2006 e 2007, o índice de desocupados caiu de 8,2 milhões para
8,1milhões, redução de 1,8%, os homens com 6,1% e as mulheres com 10,8%. Já o
total de ocupados demonstrou crescimento em comparação aos mesmos anos. “O
total de ocupados cresceu em todas as regiões, destacando-se a região Centro-
Oeste (4,2%), com reflexo no nível de ocupação dessa região, única a registrar
aumento deste indicador, de 57,8%, em 2006, para 59,1%, em 2007. Nas regiões
Sul (62,4%) e Sudeste (56,1%), não houve alteração no nível de ocupação de um
ano para o outro; enquanto nas regiões Nordeste (55,1%) e Norte (55,5%), a taxa
teve quedas estimadas de 0,6 e 1,1 pontos percentuais, respectivamente”.

____________________________________________________________________________________________
FIB - Rua Xingu, nº 179, Jardim Atalaia, Stiep, Salvador – BA.
7

Site oficial do IBGE em 22 de setembro de 2008


Classificando por faixa etária, a maioria dos ocupados se dá entre 25 e 39
anos com 37,7%, depois de 40 a 59 anos com 34,1%. O crescimento da ocupação
acompanha o aumento da escolarização, entre 2006 e 2007 “as pessoas ocupadas
sem instrução e com menos de 1 ano de estudo e para as parcelas de 1 a 3 anos e
de 4 a 7 anos de estudo, houve reduções (-1,5%, -2,4% e -4,2%, respectivamente).
Já a população ocupada com 8 a 10 anos de estudo cresceu em 5,4%, e aquela
com 11 anos ou mais de estudo registrou aumento de 5,9%.” Contudo, 16,8% da
população ocupada da Região Nordeste não completaram um ano de estudo.

2.1.3 ACESSO AOS SERVIÇOS FUNDAMENTAIS

Dados referentes à população que também são muito interessantes na


construção desse planejamento de campanha é o acesso da população aos serviços
fundamentais. Segundo o IBGE, em 2007 mais da metade (51,3%) dos domicílios do
país tem acesso à rede de esgoto, apontando um crescimento de 2,8% em relação a
2006, já em relação a abastecimento de água o percentual é de 83,3.

____________________________________________________________________________________________
FIB - Rua Xingu, nº 179, Jardim Atalaia, Stiep, Salvador – BA.
8

(fonte IBGE)

A energia elétrica demonstra uma cobertura maior 98,2% dos domicílios.

2.1.4 BENS DURÁVEIS E SERVIÇOS DE ACESSO À COMUNICAÇÃO

Analisando o Nordeste, em 2007, 89,7% dos domicílios possui televisão,


82% rádio, 12,8% máquina de lavar roupas, 6,9% freezer, 77,9% geladeira, 47%
filtro de água, 95,7% fogão, 35,4% telefone celular (superando a média nacional de
31,6%), 59% telefone fixo, 12,2% microcomputador e apenas 8,8% tem acesso à
internet. Dados que evidenciam que na região ainda existe um baixo poder
aquisitivo.

Fonte:
http://www.ibge.gov.br/home/presidencia/noticias/noticia_visualiza.php?id_noticia=1
230&id_pagina=1

http://www.ibge.gov.br/brasil_em_sintese/default.htm ,em 17/09/08, 21:18.

____________________________________________________________________________________________
FIB - Rua Xingu, nº 179, Jardim Atalaia, Stiep, Salvador – BA.
9

2.2 Ambiente sociocultural

2.2.1 NÚMERO DE MULHERES CHEFES DE FAMÍLIA CRESCE NO BRASIL.

Esta situação começou com a 1º e 2ª guerras mundiais, oportunidade em


que as mulheres assumiram o mercado de trabalho enquanto os homens estavam
em batalha. Deixou de atuar somente em casa e as atividades atribuídas à mulher
tem sofrido mudanças. Contudo, ainda sofre discriminação e pré-conceitos.
Segundo IPEA (Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada), o número de
mulheres responsáveis por famílias em todo o Brasil cresceu cerca de nove pontos
percentuais, os números são baseados nas Pnad (Pesquisa Nacional por Amostra
de Domicílios) de 1993 a 2007. Com este crescimento, muitas são arrimos de família
e vem, com esta mudança, o comportamento da nova família. Antigamente a mulher
tinha decisão de compra, mas somente sobre artigos caseiros. Hoje, ela tem poder
de decisão de compra e na própria vida devido ao crescimento de mulheres no
mercado de trabalho. Muito embora se identifique uma tendência de aumento do
número de famílias chefiadas por mulheres, nas zonas rurais as mulheres chefiam
somente 14,6% dos lares, menos da metade dos 31,3% encontrados nas áreas
urbanas. O nível de crescimento, neste caso, foi de 9,6 pontos percentuais em 13
anos, nas áreas rurais foi de somente 3, 2, segundo estudo realizado pelo IPEA.
A mudança é gradativa, o número de famílias chefiadas por homens ainda é
muito maior, apesar de que a maioria das famílias chefiadas por homens tem ajuda
da mulher na renda total.
Acesso em 15/09/2008 http://www1.folha.uol.com.br/folha/cotidiano/ult95u442976.shtml

2.2.2 MULHERES COMPRAM 40% DOS CARROS VENDIDOS

Em decorrência da crescente participação das mulheres no mercado de


trabalho e conquistando sua independência financeira, as mulheres conquistaram
maior poder de compra e decisão, um exemplo de consumo sobre veículos mostra
que a participação das mulheres como consumidoras de automóveis tem crescido
consideravelmente nos últimos anos. Hoje, elas respondem por 40% das compras,
em 1980, eram responsáveis por apenas 18%. Se for acrescentada nesse volume a
parcela que influencia a compra feita pelos homens, o percentual sobe para 70%,
segundo estudo de planejamento e Programas de Marketing e CRM da Volkswagen

____________________________________________________________________________________________
FIB - Rua Xingu, nº 179, Jardim Atalaia, Stiep, Salvador – BA.
10

que constantemente convida esta fatia de consumidor, onde opinam sobre design,
cores e acabamentos.
Segundo IBGE, o número de pessoas economicamente ativas, considerando
o universo de 72 milhões de pessoas, 32 milhões são do sexo feminino. Este
aumento se deve principalmente ao crescimento da mão-de-obra feminina no
mercado de trabalho como citado anteriormente.
As razões de compra entre homens e mulheres são bem diferenciadas:
enquanto os homens são mais emocionais, buscam alto desempenho e "design"
diferenciado, as mulheres prezam pelo espaço interno, funcionalidade e segurança
do veículo.
Outro aspecto que difere os dois públicos, é o cuidado no trânsito. As
mulheres já são quase 50% da clientela das seguradoras devido à cautela na hora
de dirigir. Elas são as provedoras do lar e preocupadas com a família, e a mulher
independente, preocupada com o bem-estar.
Acesso em 15/09/2008
http://www.rodao.com.br/noticia.php?idn=4133

2.2.3 SOLTEIROS E JOVENS

Atualmente os jovens ainda são rotulados perante a sociedade como grupo


sem responsabilidade, drogados, inconseqüentes, revoltados, inexperientes e
violentos. Com isso, cresce a preocupação com a inserção no mercado de trabalho.
Segundo Gabriela Calanzas, uma das responsáveis pela pesquisa Perfil da
Juventude Brasileira, o trabalho é o que mais preocupa o jovem brasileiro em todas
as classes sociais. 52% acreditam que o emprego, além de atender suas
necessidades financeiras, é responsável por seu crescimento e sua independência.
Hoje temos no mercado muitos jovens solteiros representando um
crescimento na sociedade consumista. Pesquisa realizada pela Ipsos Marplan
mapeou as tendências de comportamento dos jovens solteiros, onde a percepção
era de consumo em shoppings, baladas, estádios de futebol etc.
Com quantidade considerável que, de acordo com o censo de 2000 do
IBGE, há quase 53 milhões de pessoas com mais de 18 anos solteiras, ou seja, 30%
da população. Em Salvador chega a 45% da população, Brasília, com 41% dos
solteiros, Belo Horizonte 40% e Fortaleza 38%.

____________________________________________________________________________________________
FIB - Rua Xingu, nº 179, Jardim Atalaia, Stiep, Salvador – BA.
11

Em matéria publicada na página da internet Infomoney, em 13/06/2007, cujo


título: “Carros: com menos crédito e sem dinheiro, jovens preferem usados e motos”.
Fala sobre o pouco acesso dos jovens brasileiros aos recursos financeiros e por isso
tendem a comprar carros usados, já que não tem recursos financeiros. Diferente dos
EUA e na Europa onde os seminovos são menos procurados. Em Portugal, por
exemplo, 20% dos jovens compram carros novos. Segundo o site a venda de usados
no Brasil é quatro vezes maior do que a de novos, já que o crédito ainda é pouco
desenvolvido no país.

2.2.4 BRASILEIROS APAIXONADOS POR CARRO.

Desde a juventude, o amor atrai aos brasileiros que sonham com a compra
do primeiro automóvel, pode ser novo ou seminovo, seja por conforto ou por status,
o automóvel é o presente ou o bem de consumo mais cobiçado pelos brasileiros.
Muitas vezes, são feitos sacrifícios pela aquisição deste bem, muitos financiamentos
são feitos com planos de até 60 parcelas. Em matéria publicada na página da
internet Finanças para todos em 24/01/2008, cujo título: Crônica: Brasileiro e
Automóveis - Amor sobre todos os custos, comenta sobre as variáveis como taxas
de juros, indexação e montante total pago no final do plano. O que importa para
quem consome são os benefícios que o novo bem irá proporcionar. Empresas de
revendas de automóveis aproveitam a oportunidade do amor dos brasileiros e
faturam cada vez mais.
Acesso em 19/09/2008
Finança$ para Todos Crônica Brasileiro e Automóveis - Amor sobre todos os custos.htm
· Acesso em 17/09
http://www.abtbr.org.br/index.php?option=com_content&task=view&id=312&Itemid=2
· http://www.denatran.gov.br/eventos/seminarios/jovem/apresentacoes/CONCEPCOES
_JUVENTUDE.ppt#301,8,Os Jovens e a contemporaneidade
· 2008/05/15 Acesso em 17/09
http://www.agenciafinanceira.iol.pt/noticia.php?id=952450&main_id=
· 13/06/2007 Acesso em 17/09
http://web.infomoney.com.br/templates/news/view.asp?codigo=725979&path=/suasfinanc
as/jovens/lazer/

____________________________________________________________________________________________
FIB - Rua Xingu, nº 179, Jardim Atalaia, Stiep, Salvador – BA.
12

2.3 Ambiente Econômico

2.3.1 ECONOMIA MUNDIAL E BRASILEIRA

Mesmo com as constantes variações da economia mundial, o balanço de


pagamentos (todas as transações do Brasil com o exterior) não apresenta tantos
riscos para a cadeia inflacionária. Mas, as diferenças monetárias, junto ao comércio
exterior, estão gerando desastrosas conseqüências à escala de inflação global.
Segundo o Banco Central, a balança comercial brasileira poderia ser
favorecida pela redução das exportações líquidas, caso segurassem a
desaceleração mundial, que acaba diminuindo a procura por ativos brasileiros e seus
preços.
A crise econômica dos Estados Unidos, as variações dos mercados
financeiros e as conseqüências das variações de preços das commodities podem
prejudicar consideravelmente a situação da economia brasileira.
De acordo com Fundo Monetário Internacional (FMI) ainda há possibilidades
do Brasil ter um crescimento maior que a média mundial, em 2008. Com isso,
surgem grandes expectativas em torno do PIB nacional. Estima-se um aumento de
4,8% neste ano, maior que os 3,7% previstos para a situação global.
A situação norte-americana ocasionou uma queda de 1% em 2008, fazendo
o FMI reduzir a expansão mundial em 0,5%. Através do relatório Perspectiva
Econômica Mundial, o Brasil e a América Latina serão uma das poucas áreas que
não ficarão ameaçadas pela crise dos EUA. O estudo também revela que devido ao
aumento das exportações, espera-se no Brasil um aumento de 4,4% neste ano e
3,6% para o próximo.
Na América do Sul, o país encontra-se com 4,8%, uma boa média para a
região. A Argentina e o Peru lideram com 7% cada, seguidos do Uruguai e
Venezuela com 6% e 5,8% respectivamente. A Colômbia com 4,6%, e o Chile com
4,5%, aparecem com um menor índice de crescimento. Para a economia mundial o
FMI reduziu 0,4% passando de 4,1% para 3,7%.

2.3.2 ARRECADAÇÃO

A arrecadação dos impostos pagos por unidade de acordo com o tipo de


produto aos números de unidades vendidas, nos leva à arrecadação total de

____________________________________________________________________________________________
FIB - Rua Xingu, nº 179, Jardim Atalaia, Stiep, Salvador – BA.
13

impostos diretos pela indústria. Assim, com o aumento do consumo, as empresas


faturam cada vez mais movimentando toda a economia.

2.3.3 INFLAÇÃO

Para surpresa dos economistas e dos brasileiros, a inflação continua a todo


crescendo. Só até o início do segundo semestre ela já superou a previsão, indo para
5%, número superior a meta definida pelo Conselho Monetário Nacional (CMN). A
expectativa para o IPCA (Índice de Preços ao Consumidor Amplo), base fixa para a
meta do índice de inflação, continua subindo.

2.3.4 CÂMBIO E JUROS

Com o forte crescimento da economia nacional e de acordo com as


variações do dólar e transações internacionais, a taxa básica de juros, a Selic,
também ultrapassa as taxas fixadas para 2008. A economia ainda prevê para o
fechamento deste ano uma taxa básica de juros de 14,25% ao ano. Já a taxa de
câmbio, caiu de R$ 1,72 para R$ 1,70 por dólar, como estimativa para o mesmo
período.

2.3.5 PIB

O crescimento da economia brasileira está despertando muitas esperanças


para o mercado financeiro. Durante esse ano, a estimativa para o Produto Interno
Bruto (PIB) já aumentou de 4,66% para 4,69%. No segundo semestre os resultados
positivos só elevaram as expectativas projetando o PIB para 4,80%, até o fim de
2008. Isso revela a riqueza gerada pelo Brasil, que atualmente, vive um bom
momento.

2.3.6 IMPORTAÇÃO X EXPORTAÇÃO

A balança comercial brasileira não está passando por bons momentos. É o


que mostra o Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior. Só no
mês de agosto de 2008, as importações totalizaram US$ 17, 478 bilhões, gerando
uma queda do superávit comercial de 35,9%, em relação ao mesmo mês, no ano
passado. O superávit de US$ 2,269 bilhões na balança comercial deve-se às
importações, que tiveram um crescimento acelerado, muito superior às exportações.

____________________________________________________________________________________________
FIB - Rua Xingu, nº 179, Jardim Atalaia, Stiep, Salvador – BA.
14

Foi um aumento de 51,2% das importações, contra apenas 30,77% das


exportações, comparado ao mês de agosto, em 2007.
Entre janeiro e agosto deste ano, o superávit ficou registrado em US$ 16,907
bilhões, 38,4% a menos que 2007 (US$ 27,46 bilhões). Ainda, até agosto de 2008,
foram acumulados US$ 113,936 bilhões com importações e US$ 130,843 bilhões
com exportações. Isso gera um crescimento diário de 53,8% das importações, contra
apenas 29,3% das exportações do país.
Nesse ritmo, o Banco Central espera, este ano, um superávit comercial de
US$ 25 bilhões, um pouco mais da metade do valor arrecadado nos anos anteriores
(US$ 40,039 bilhões em 2007 e US$ 46,456 bilhões em 2006). O saldo positivo
também será menor em 2008, atingindo US$ 23,5 bilhões.
Um dos principais motivos para acelerado crescimento das importações é a
queda do dólar, que neste ano chegou a atingir o menor valor desde 1999, que
acaba diminuindo o valor dos produtos importados, com a valorização da moeda
brasileira.

2.3.7 SETOR INDUSTRIAL BRASILEIRO

Uma grande aliada da indústria, a tecnologia, avançou significativamente


nos últimos dois anos. Visto que, entre 1996 e 2006, no setor industrial brasileiro, o
uso de recursos naturais predominava o segmento, como mostra o Instituto de
Estudos para o Desenvolvimento Industrial (Iedi) Nesse mesmo período, 51,8% da
produção era predominada por cinco setores: alimentos e bebidas, máquinas e
equipamentos, veículos e carroceria, químico e coque e refino de petróleo. Hoje,
mais de dez anos depois, quatro setores, bebidas e alimentos, químicos, metalurgia
básica e coque, concentram 50,3% do valor de transformação. Hoje, pode-se
perceber que a participação do Brasil no comércio exterior está muito mais ativa e
países como Estados Unidos, China e Argentina, estão criando correntes cada vez
mais dependentes.
Além desse desenvolvimento no setor e dos laços comerciais internacionais,
o aumento do crédito e a expansão do mercado interno estão fortalecendo os
índices de investimentos diversificando suas aplicações antes concentradas no setor
de recursos naturais. Nos setores automotivos, embalagens, construção civil,
calçados, têxtil, os fabricantes voltaram a investir, comprando novas máquinas e

____________________________________________________________________________________________
FIB - Rua Xingu, nº 179, Jardim Atalaia, Stiep, Salvador – BA.
15

equipamentos. Só no período de um ano, entre março de 2007 e março de 2008, o


crescimento foi de 20%.
Com o aumento da produção industrial nos últimos tempos, o Brasil está
apresentando um quadro bastante positivo. Por isso, entre 2008 e 2011, dez dos
principais setores da indústria planejam investir R$ 447 bilhões. Tudo isso para
produzir mais e garantir uma boa posição no comércio internacional. O Banco
Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), em um estudo, aposta
em uma expansão de 12,4% ao ano na cadeia de investimentos industriais. Os
setores investidores que mais se destacaram durante esse período, são os
produtores de commodities – petróleo e gás – (R$ 202,8 bilhões) e a indústria
extrativa mineral (R$ 81,3 bilhões, sendo 90% da Companhia Vale do Rio Doce),
representando 63,6% do total estipulado pelo BNDES. Outros setores que também
farão grandes investimentos são: automotivo (R$ 35 bilhões) e siderurgia (R$ 31,2
bilhões).
Segundo o chefe do departamento da Área de Pesquisa Econômica (APE)
do BNDES, este quadro indica uma grande evolução na economia brasileira com um
possível crescimento anual de 5% ou até mais.

2.3.8 PETRÓLEO

Matéria-prima para inúmeros produtos, como gasolina, óleo diesel,


polímeros plásticos e medicamentos, o petróleo, atualmente é um dos compostos
mais desejados pela economia mundial. No Brasil não é diferente.
Com novos poços produtores o país teve, em junho deste ano, o maior
índice de produção com um recorde de 1,835 milhão de bpd (barris por dia). 4,19% a
mais que o sexto mês de 2007.
Até aí, tudo bem, se não fossem as constantes importações de petróleo e
derivados. Segundo a Secex, o país importou US$ 13,077 bilhões e exportou
somente US$ 8,138 bilhões, apenas no primeiro semestre do ano. Isso gerou um
saldo negativo de US$ 4,939 bilhões (148% a mais que o ano passado) na balança
comercial. Este déficit deve-se, principalmente, a perda do monopólio da Petrobrás,
considerada, relativamente, auto-suficiente. Hoje, refinarias privadas (Ipiranga,
Maguinhos), distribuidoras (Esso, Texaco, Repsol, Atlantic, etc) e indústrias
petroquímicas agem diretamente na briga, pois dependem petróleo e seus derivados
para sobreviver.
____________________________________________________________________________________________
FIB - Rua Xingu, nº 179, Jardim Atalaia, Stiep, Salvador – BA.
16

O Brasil continua sendo um forte nome na produção do composto. Nesse


segundo semestre, três novas plataformas da Petrobrás aumentarão a produção
nacional em 460 mil bpd. Provavelmente, o caminho para se transformar no ‘país do
petróleo’ parece estar diminuindo.

2.3.9 FINANCIAMENTO E LINHAS DE CRÉDITO

Com o constante crescimento da economia internacional, a rotatividade de


capital tornou-se uma obrigação no mercado mundial. Comércio parado significa
deixar o dinheiro parado, “embaixo do colchão”. E sem capital de giro, o mundo não
saiu do lugar. Em contrapartida, grande parte da população encontra-se em
condições totalmente desfavoráveis para movimentar o ciclo econômico.
Para viabilizar oportunidades e não deixar o mercado “parar”, linhas de
crédito e financiamentos são usados como fonte econômica por pessoas e
empresas. Esses recursos financeiros são fornecidos, muitas vezes, pelos bancos e
instituições especializadas na forma de investimentos ou capital de giro para
compras e desenvolvimento de negócios.
A grande procura pela ‘solução dos problemas financeiros’ fez com que o
mercado de crédito se desenvolvesse de uma maneira acelerada, diversificando até
seus produtos. São inúmeras as formas de usá-los: financiamento de veículos,
empréstimo pessoal, crédito imobiliário, crédito industrial, crédito para empresas,
crédito educacional, crédito para aposentados, crédito rural, dentre outras.
Empresas financiadoras se destacam a cada dia no mercado brasileiro.
Afinal, a economia não pode parar. Atualmente, elas são grandes aliados da
população.

2.3.10 BNDES

Um dos grandes responsáveis pelo giro de capital no Brasil, através de


linhas de crédito, o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico (BNDES)
fechou em R$ 12,5 bilhões seu orçamento de financiamento neste ano, que contou
com a captação de recursos no exterior de US$ 1 bilhão. A Instituição contou
também com o retorno de empréstimos, recursos do Fundo de Amparo ao
Trabalhador (FAT) e operações de captação de recursos nos mercados externo e
doméstico de capitais. Isso tudo para garantir o volume de financiamento, procurado
pelo setor privado.
____________________________________________________________________________________________
FIB - Rua Xingu, nº 179, Jardim Atalaia, Stiep, Salvador – BA.
17

2.3.11 CRISE

A crise internacional está reduzindo a procura por crédito no país. Desde o


início de 2008, o volume de dinheiro emprestado vem caindo. O Brasil está já está
sentindo algumas conseqüências com a quebra dos bancos internacionais. O setor
de automóveis é o que está sendo mais afetado. Os prazos para pagamento estão
menores (de 72 para 60 meses, em média) e o uso da linha de crédito para importar
e exportar mercadorias está ficando mais difícil. Além disso, a demanda de carro 0
km está aumentando, por causa dos financiamentos sem entrada e da reduzida taxa
de juros. As empresas também estão mais rigorosas na análise de crédito. Com
isso, o estoque de veículos se eleva e a produção do setor fica prejudicada. São
aproximadamente 400 mil carros sem saída, de acordo com as concessionárias.
Segundo o Instituto de Estudos para Desenvolvimento Industrial (IEDI), já foi
registrada uma queda de 5% na produção deste produto.
Para completar o quadro de empréstimos brasileiro, os bancos estão ficando
muito mais seletivos. Conseqüentemente, o crescimento do crédito começou a cair,
passando de 3% para, apenas 2% ao mês.

2.3.12 CONSUMO NO BRASIL

Em 2008, os resultados dos cálculos do estudo Brasil em Foco – IPC Target


2008 são bastante otimistas. Nesse ano, o consumo dos brasileiros chegará a R$
1,742 trilhão, em termos reais. As despesas das famílias crescerão mais que o PIB
(6,8% contra 4,8%), com um crescimento populacional de 1,2%.
A classe média, somando a B2 e a C1, totaliza um montante de R$ 692,3
bilhões, representando mais de 42% previstos para esse ano. Logo, disputará o
mesmo poder de compra com a classe alta, formada por A1, A2 e B1.
A população urbana está maior e hoje, representa 83,4%, com um consumo
per capita anual de R$ 10.550,00; enquanto que a rural detém um montante avaliado
em R$ 96,1 bilhões.
Apesar do crescimento total, a classe média, em especial, a B2 (rendimento
médio de R$ 2.500,00/mês), que soma 19,4% dos domicílios urbanos, sendo, então,
responsável por 24,6% do consumo do país.
É importante notar que houve uma série de mudanças relacionadas à
economia das regiões brasileiras. Apesar de a região Sudeste apresentar a maior

____________________________________________________________________________________________
FIB - Rua Xingu, nº 179, Jardim Atalaia, Stiep, Salvador – BA.
18

participação no consumo nacional, com 51,8%, foi o Nordeste quem mais cresceu no
Brasil, superando o Sul e passando à segunda posição.
Além disso, mais de 30% do consumo são representados por apenas 15
cidades, entre elas, as principais capitais: São Paulo, Rio de Janeiro, Belo Horizonte,
Salvador, Curitiba, Recife, Porto Alegre e Fortaleza.
Porém, pode-se notar a redução de 5% nos últimos anos (37,4% em 2001
para 32,4% em 2008) no consumo das 27 capitais.
Outro fato interessante levantado foi o uso do dinheiro pelo brasileiro. Os
gastos com manutenção do lar (aluguel, luz-água-gás, impostos, taxas e etc)
totalizam 27,47%, seguidos dos 19,57% relacionados aos alimentos e às bebidas,
7,51% com transporte/veículo, 7,33% com higiene e saúde, 5,25% com vestuários e
calçados, 3,71% com recreação e viagens, 4,14% com móveis e eletrodomésticos,
2,61% com educação, e, por fim, 0,71% com fumo.
Tudo isso confere ao Brasil uma força econômica através da população que
está detendo um grande poder de compra e conquistando a independência
financeira.

2.3.13 SETOR FORMAL X SETOR INFORMAL

De acordo com o CIP (Centro Internacional da Pobreza), o setor informal


retira mais trabalhadores da pobreza do que o formal. Isso porque os empregos, no
setor formal, para os trabalhadores com baixa renda são insuficientes.
Através de uma pesquisa, foi constatado que 6% dos desempregados, 3%
dos trabalhadores pobres do setor informal e 1% dos trabalhadores do setor formal
saem da pobreza de um mês para o outro. Além de que, 85% de trabalhadores
informais que saem da pobreza continuam no setor informal, enquanto que apenas
11% passam a ter um emprego no setor formal. No entanto, os que optam pelo
sistema informal, estão mais vulneráveis a voltar à pobreza, visto que, com o
emprego formal as condições e a estabilidade são melhores.
Segundo o Ministério do Trabalho, com a criação de 202.984 novas vagas
em maio de 2008, atualmente, o número de empregos formais já ultrapassa a marca
de 1 milhão, crescendo 15,11% em relação ao mesmo período do ano anterior.
Nesse ritmo, até o final do ano, teremos mais de 1,8 milhões de vagas no país. Até
então, o setor que mais gerou empregos foi o de serviços, com a criação de 55.361
novos postos. Em seguida vem à agropecuária, com 47.107, e indústria de
____________________________________________________________________________________________
FIB - Rua Xingu, nº 179, Jardim Atalaia, Stiep, Salvador – BA.
19

transformação, com 36.701 postos. Comércio gerou 29.921, e a construção civil, por
sua vez, gerou 28.670 postos.
As cinco regiões do país apresentaram um crescimento no quadro de
empregos formais até o momento, nesse ano. O Sudeste foi a que obteve o maior
saldo, com 140.901 vagas (0,96% a mais que em 2007). Logo depois, veio o Sul
com 23.208 (+ 0,42%), seguido pelas regiões Nordeste (19.117 postos ou +0,46%),
Centro-Oeste (13.462 postos, alta de 0,63%) e Norte (6.286 postos ou altos de
0,51%).

2.3.14 DESEMPREGO

O índice de desemprego está caindo. Nos seis primeiros meses de 2008, o


índice foi de 8,3%, menor nos últimos cinco anos. A participação de trabalhadores
formais (com carteira assinada e funcionários públicos) nas seis principais regiões
metropolitanas do país aumentou 2%, em relação ao ano anterior.
O rendimento médio também cresceu, na média de 1%. No final do primeiro
semestre do ano, o valor do rendimento de R$ 1. 216,50 representou uma evolução
de 1,7%, comparado a 2007. Mas, mesmo assim, estes resultados ainda confirmam
uma desaceleração no crescimento da renda do trabalhador brasileiro, também
causada pelo aumento da inflação.
Se continuar assim, o ano fechará com uma taxa de desemprego,
consideravelmente, menor que 2007, acelerando a economia nacional e
transformando positivamente o poder de compra/mercado da população.
Porém, o que entristece este quadro esperançoso é a grande concentração
da falta de emprego na vida dos jovens, representantes do futuro do Brasil.
O Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (IPEA) constatou que quase
metade da classe desempregada no Brasil é formada por jovens de 15 a 24 anos. A
pesquisa ainda mostra que o desemprego entre os jovens brasileiros de 15 a 24
anos é 3,5 vezes maior que entre os adultos acima de 24 anos. Um dos fatores
responsáveis por esse desastroso quadro é o fato de as empresas optarem sempre
por demitir os trabalhadores mais jovens, que, além do baixo custo, são
considerados menos “essenciais” devido à falta de experiência.

____________________________________________________________________________________________
FIB - Rua Xingu, nº 179, Jardim Atalaia, Stiep, Salvador – BA.
20

2.3.15 SALÁRIO MÍNIMO

O salário é um dos determinantes do poder aquisitivo do homem. No Brasil,


a classe dos assalariados mantém-se ainda mais confiante com o novo aumento do
salário mínimo. Hoje, devido à antecipação da Medida Provisória de reajuste, o valor
é R$415,00 (quatrocentos e quinze reais). Essa mudança foi baseada na inflação
mais a variação do Produto Interno Bruto (PIB) de 2006.
O porcentual para esse aumento foi firmado em acordo com as centrais
sindicais, no ano passado, considerando o correspondente a 3,75% do PIB de 2005,
mais a variação do Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC) de abril de
2007 a fevereiro de 2008, resultando em 8,95%. Assim, com a aplicação dessa
regra, chegou-se a um salário mínimo de, aproximadamente, R$ 413,00, que foi
arredondado para o valor atual pelo próprio presidente.
Mas, apesar do pequeno crescimento, o novo salário mínimo ainda é
insuficiente para cobrir os custos de uma família, como previsto na Constituição, de
acordo com uma pesquisa do Departamento Intersindical de Estatística e Estudos
Socioeconômicos (Dieese). Pelos resultados apresentados, o valor, no início deste
ano, deveria ser de R$ 1.924,59, para haver uma reposição de força de trabalho
signa.
Com a grande desigualdade de classes, e a alta de juros e inflação, o
resultado do aumento do salário não confere mais tanto impacto na redução da
pobreza no país, como era visto há 10 anos. Isso porque, enquanto o salário cresce,
muitos perdem o emprego ou a carteira assinada. Logo, o quadro socioeconômico
nacional segue a lei do equilíbrio, ganhando aqui, perdendo ali.

2.4 Ambiente Político Legal

Este ambiente atua de forma direta em qualquer empresa permitindo uma


visão ampla da falta de uniformidade das leis de comércio internacional que regulem
as relações de troca entre países. Ela é constituída de leis que influenciam e limitam
várias organizações e indivíduos em uma determinada sociedade, existem regras e
regulamentação dos governos que são impostas no mercado, mas, tudo isso não é o
suficiente para que se possa selar uma aliança entre os países, uniformizando
fatores que possam contribuir para os interesses dos mesmos. Este ambiente é

____________________________________________________________________________________________
FIB - Rua Xingu, nº 179, Jardim Atalaia, Stiep, Salvador – BA.
21

constituído por leis, órgãos governamentais, grupos de pressão, órgãos


fiscalizadores e reguladores.

2.4.1 ACORDOS INTERNACIONAIS

Estes acordos fazem parte do ambiente político legal que tem por objetivo
principal garantir os direitos de seguridade social previstos nas legislações de dois
países aos respectivos trabalhadores e dependentes legais, residentes, ou em
trânsito no país. A política externa brasileira ao estar inserida no contexto dos
acordos internacionais tem vários motivos que o levam a firmar este envolvimento
em algumas situações como:

· Elevado volume de comércio exterior;

· Recebimento no País de investimentos externos significativos;

· Acolhimento, no passado, de fluxo migratório intenso.

É natural que com estes acordos sejam celebradas parceria que favoreçam
vários outros interesses que surgem a cada situação. A exemplo da Itália que
mantém um acordo de previdência com vários países, inclusive com o Brasil; os
projetos na área sócio-ambiental que a Organização das Nações Unidas para a
Alimentação e Agricultura firmaram com o governo brasileiro, entre outros acordos.

2.4.2 IMPOSTO SOBRE TRANSAÇÕES INTERNACIONAIS

Os impostos sobre as Transações Internacionais são relevantes em todos os


aspectos, pois enfrentam diversas exigências por parte das autoridades tributárias
em diferentes jurisdições. E os profissionais dedicados à assessoria tributária
internacional precisam estar preparados para auxiliar no entendimento de
regulamentos e outras obrigações fiscais, assim como na busca de alternativas e
soluções viáveis, identificando oportunidades que possam representar melhoria de
desempenho financeiro tais como: investimentos nacionais e internacionais,
operações financeiras e estruturas sofisticadas de participações societárias.

2.4.3 IMPOSTO SOBRE VENDAS

Os impostos sobre vendas são considerados tributos incidentes, e estão


integrados com bases nos cálculos. Os valores das contribuições PIS e COFINS
incidentes sobre a receita de vendas serão debitados em contas próprias de
____________________________________________________________________________________________
FIB - Rua Xingu, nº 179, Jardim Atalaia, Stiep, Salvador – BA.
22

resultado, tendo como contrapartida contas do passivo circulante; o IPI e o ICMS


devem ser deduzidos da receita bruta na determinação da receita líquida de vendas;
a contabilização do ISS – Imposto sobre Serviços de Qualquer Natureza segue o
mesmo procedimento adotado no registro do ICMS sobre vendas, na Demonstração
do Resultado do Exercício (DRE) a conta ISS sobre Venda de Serviços será inserida
como item redutor da Receita Bruta de Vendas de Serviços, obtendo-se, dessa
forma a Receita Líquida de Vendas de Serviços.

2.4.4 POLÍTICA ECONÔMICA

A política econômica está relacionada às medidas adotadas pelo governo


para controle da economia. Isto compreende políticas de tipo macroeconômico que
está associada ao sistema econômico existente, das leis e das instituições do país;
microeconômico e algum setor específico, por estarem ligadas diretamente a um
setor, indústria, produto ou áreas da atividade econômica. Atualmente o mercado,
por estar competitivo e acirrado, tem gerado injustiças sociais, então o governo
possui o seu grau de intervenção, que é reduzir o desemprego, melhorar a qualidade
e o potencial produtivo, proteger o meio ambiente, fomentar o um rápido crescimento
econômico entre outros fatores.
No poder político a importância dos laços comerciais entre os países se faz
necessário a cada momento, a importância dos agentes econômicos, da sua
execução e da confiança na administração. É imprescindível para as relações
comerciais tudo o que pode estar relacionado a câmbio, as taxas alfandegárias e os
problemas da dupla imposição. Um dos casos atuais que se tem refletido na nossa
atualidade é a Dívida Externa Brasileira, que se deu origem no regime militar e
acabou nas últimas décadas recorrendo ao FMI. Isto demonstra a forte relação dos
países com o comércio externo, retratando um grande impacto na economia
nacional através de suas mudanças.

2.4.5 POLÍTICA FISCAL

Está relacionada á arrecadação de impostos e aos gastos. Ou seja, o


governo atua sobre o sistema tributário de forma a alterar as despesas do setor
privado. Com as políticas fiscais, o Governo influencia mudando a maneira que o
governo gasta e coleta dinheiro. As políticas fiscais são ditadas pelo congresso e
pelo Presidente. Estes afetam o nível de demanda da economia e a arrecadação
____________________________________________________________________________________________
FIB - Rua Xingu, nº 179, Jardim Atalaia, Stiep, Salvador – BA.
23

afeta o nível de demanda disponível que os indivíduos poderão destinar para


consumo e poupança. Dado um nível de renda, quanto maior os impostos, menor
será a renda disponível e, portanto o consumo. Os gastos são diretamente um
elemento de demanda; por conseguinte, quanto maior o gasto público, maior a
demanda e maior o produto.
Desta forma a economia apresenta tendência para a queda no nível de
atividade, o Governo pode estimulá-la, cortando impostos e/ou elevados gastos.
Pode ocorrer o inverso, caso o objetivo seja diminuir o nível de atividade. Qualquer
aumento de imposto ou a criação de um novo, somente poderá entrar em vigor no
ano seguinte à sua promulgação.
As ações de política fiscal mais comum em uma recessão são:

· Corte fiscal para negócios e indivíduos. Isto dá às pessoas e corporações


mais dinheiro, o que as motiva a comprar coisas e, assim, aumentar a
demanda;

· Gastos aumentados para estabelecer novos empregos no governo. Isto


aumenta a demanda por trabalho, o que pode diminuir a taxa de desemprego;

· Políticas fiscais automáticas, que agem imediatamente. Uma das políticas


fiscais automáticas mais importantes é o seguro-desemprego. Este sistema
fornece uma receita para as pessoas que estão sem emprego.

Enquanto, a política monetária é de competência do Banco Central, o


responsável pela política fiscal é o Congresso Nacional, que aprova os orçamentos
do governo.

2.4.6 POLÍTICA ORÇAMENTÁRIA

A política orçamentária é usualmente considerada a principal via de


promoção dos interesses eleitorais dos parlamentares, sendo mais importante ainda
do que as políticas aprovadas por meio de legislação ordinária. A comissão de
Orçamento é também vista como principais barganhas políticas no Congresso. As
emendas parlamentares são cruciais em um sistema de trocas de apoio entre
Executivo e os parlamentares interessados em políticas distributivas como forma de

____________________________________________________________________________________________
FIB - Rua Xingu, nº 179, Jardim Atalaia, Stiep, Salvador – BA.
24

garantir reeleição passando a fazer parte do senso comum, tal a ênfase que lhe é
dada pelos analistas políticos, sejam eles jornalistas ou acadêmicos.
A reforma deve ter como objetivos melhorar a qualidade da prestação do
serviço público na perspectiva de quem o usa e possibilitar o aprendizado social de
cidadania. Por sua vez, o objetivo principal da Administração Pública é a promoção
da pessoa humana e do seu desenvolvimento integral em liberdade. Para isso deve
atuar de maneira efetiva para viabilizar e garantir os direitos do cidadão que estão
consagrados na Constituição Federal, pois, a política orçamentária do país destaca
como principais fatores que condicionam seus interesses: o aperfeiçoamento e as
mudanças; os avanços no processo de consolidação da democracia, cuja sociedade
vem exigindo maior transparência e ética na condução da ordem pública e as
transformações provocadas pela adoção de uma economia de cunho neoliberal, cuja
ênfase foi direcionada para o aperto fiscal, controle da inflação e abertura do
mercado.

2.4.7 LEIS TRABALHISTAS

A Consolidação das Leis do Trabalho (CLT) é a principal norma legislativa


brasileira referente ao Direito do trabalho e o Direito processual do trabalho.
O ordenamento jurídico brasileiro soma mais de 175 mil leis, algumas em
conflito com leis posteriores ou com a própria Constituição Federais de 1988, e
outras que foram revogadas, porém, permanecem sendo aplicadas. Esta situação
produz um conjunto de leis contraditórias em benefício dos mais espertos. Nunca,
em qualquer momento da história de qualquer país, a confusão jurídica favoreceu os
injustiçados ou puniu quem explora os trabalhadores.Nesta situação a
sistematização da legislação em vigor é a única saída para impedir a continuidade
normativa das leis já revogadas. Sendo que ao reunir com atualidade as diversas
normas trabalhistas é possível aproximar a população dos seus direitos, evitar a
morosidade da justiça, a aplicação inadequada de penas e, o mais importante, a
impunidade. Sendo, por fim, que ao dar racionalização legislativa ao ordenamento
jurídico é fortalecida a concepção de Estado com a função social.Queremos
acreditar que foi esta razão moral a indutora da tomada de decisão do Legislativo
Federal pela elaboração e aprovação de projetos de consolidação de leis federais.
De qualquer forma a reinstalação do Grupo de Trabalho de Consolidação das Leis -
GTCL significou uma postura suprapartidária pela conclusão deste processo. Ou
____________________________________________________________________________________________
FIB - Rua Xingu, nº 179, Jardim Atalaia, Stiep, Salvador – BA.
25

seja, existe um desejo parlamentar envolvendo a base aliada e a oposição que


permite um ambiente de “prosperidade” no objetivo de consolidar leis. Inexiste
qualquer resistência parlamentar ou pública ao desenvolvimento do calendário de
ações pela conclusão dos trabalhos do GTCL.
De toda legislação referente a um mesmo assunto, de forma sistematizada,
suprimindo dispositivos conflitantes, repetitivos, desatualizados, e procedendo-se a
revogação formal das leis incorporadas, será evitada a confusão de textos
contraditórios e garantida a eliminação de preceitos ultrapassados. Neste momento,
compete ao Grupo de Trabalho de Consolidação das Leis apenas a análise dos
aspectos formais dos projetos de consolidação apresentados à Mesa da Câmara dos
Deputados. Mas quem garante que num ambiente de consenso entre os
parlamentares, e de ausência de participação organizada, a consolidação tome outro
rumo. Não são suficientes os limites da Lei Complementar 95/1998 e dos artigos
212 e 213 do Regimento Interno da Câmara dos Deputados. Somente com um
acompanhamento persistente é que qualquer alteração será identificada, e caso
tenha modificação de teor ou significado, denunciada e impedida de compor a
consolidação da lei. A CUT, diferente de qualquer outra central sindical, tem uma
grande facilidade em apropriar-se da realidade dos fatos transformando-os em
intervenções políticas concretas. Assim, sendo o processo de Consolidação das Leis
é uma realidade irreversível, é urgente a iniciativa por uma leitura técnica da
proposta de consolidação em curso, identificando os riscos de uma retaliação da
estrutura do contrato de trabalho e dos direitos dos trabalhadores.

2.4.8 DIREITO DO CONSUMIDOR

O Direito do consumidor é um ramo novo do direito, entretanto somente a


partir dos anos cinqüenta e sessenta, no âmbito mundial, é que os consumidores
passaram a ganhar proteção contra os abusos sofridos, tornando-se uma
preocupação social, principalmente nos países da América e da Europa Ocidental,
que se destacaram por serem pioneiros na criação de Órgãos de defesa do
consumidor.
Existem, no entanto evidências implícitas da existência de regras entre
consumidores e fornecedores de serviços e produtos em diversos códigos,
constituições e tratados, bem antes da criação do Direito do consumidor. Já no
antigo código de Hammurabi certas regras que, ainda que indiretamente, visavam
____________________________________________________________________________________________
FIB - Rua Xingu, nº 179, Jardim Atalaia, Stiep, Salvador – BA.
26

proteger o consumidor. Assim, por exemplo, a Lei Nº 233 rezava que o arquiteto que
viesse a construir uma casa cujas paredes se revelassem deficientes teria a
obrigação de reconstruí-las ou consolidá-las as suas próprias expensas. As
conseqüências para desabamentos com vitimas fatais eram ainda mais severas; o
empreiteiro, além de ser obrigado a reparar totalmente os danos causados ao dono
da moradia, poderia ser condenado à morte se o acidente vitimasse o chefe de
família. No caso de falecimento do filho do empreendedor da obra a pena de morte
se aplicaria a algum parente do responsável técnico pela obra, e assim por diante.
No Brasil, o Código de Defesa do Consumidor, estabelece normas de
proteção e defesa do consumidor. São direitos básicos do consumidor estabelecidos
pelo artigo 6° da lei n° 8.078, de 11 de Setembro de 1990:
I - a proteção da vida, saúde e segurança contra os riscos provocados por
práticas no fornecimento de produtos e serviços considerados perigosos ou
nocivos;
II - a educação e divulgação sobre o consumo adequado dos produtos e
serviços, asseguradas a liberdade de escolha e a igualdade nas
contratações;
III - a informação adequada e clara sobre os diferentes produtos e serviços,
com especificação correta de quantidade, características, composição,
qualidade e preço, bem como sobre os riscos que apresentem;
IV - a proteção contra a publicidade enganosa e abusiva, métodos
comerciais coercitivos ou desleais, bem como contra práticas e cláusulas
abusivas ou impostas no fornecimento de produtos e serviços;
V - a modificação das cláusulas contratuais que estabeleçam prestações
desproporcionais ou sua revisão em razão de fatos supervenientes que as
tornem excessivamente onerosas;n
VI - a efetiva prevenção e reparação de danos patrimoniais e morais,
individuais, coletivos e difusos;
VII - o acesso aos órgãos judiciários e administrativos com vistas à
prevenção ou reparação de danos patrimoniais e morais, individuais,
coletivos ou difusos, assegurada a proteção Jurídica, administrativa e
técnica aos necessitados;
VIII - a facilitação da defesa de seus direitos, inclusive com a inversão do
ônus da prova, a seu favor, no processo civil, quando, a critério do juiz, for
____________________________________________________________________________________________
FIB - Rua Xingu, nº 179, Jardim Atalaia, Stiep, Salvador – BA.
27

verossímil a alegação ou quando for ele hipossuficiente, segundo as regras


ordinárias de experiências;
IX - (Vetado);
X - a adequada e eficaz prestação dos serviços públicos em geral.
Segundo o Art. 7° da mesma lei, os direitos previstos neste código não
excluem outros decorrentes de tratados ou convenções internacionais de que o
Brasil seja signatário, da legislação interna ordinária, de regulamentos expedidos
pelas autoridades administrativas competentes, bem como dos que derivem dos
princípios gerais do direito, analogia, costumes e eqüidade. Estabelece ainda esse
artigo que tendo mais de um autor a ofensa, todos responderão solidariamente pela
reparação dos danos previstos nas normas de consumo.
O consumidor é garantido contra vícios e fatos de consumo, ou seja, contra
produtos e ou serviços que, ou não funcionam como deveriam, ou provocam dano
ao consumidor ou a outrem quando de sua utilização. A reclamação do consumidor
pode se basear na garantia legal concedida explicitamente pela lei (de trinta ou
noventa dias, a depender do caso), ou na garantia contratual, concedida
facultativamente pelo fornecedor do produto ou serviço, e que geralmente vai de
alguns meses a um ano. Recomenda-se que toda insatisfação na relação de
consumo seja resolvida diretamente entre as partes (no caso, fornecedor e
consumidor); caso não seja possível se chegar a um acordo, há os órgãos
administrativos (PROCON's estaduais e municipais) para o registro da reclamação, e
o Poder Judiciário, último saída para a resolução do conflito.
A defesa do consumidor não se baseia apenas na punição dos que praticam
ilícitos e violam os direitos do consumidor, serve como uma proteção ao consumidor
e também para conscientização dos consumidores de seus direitos e deveres e
conscientização dos fabricantes, fornecedores e prestadores de serviços sobre suas
obrigações demonstrando que agindo corretamente eles respeitam o consumidor e
ampliam seu mercado de consumo contribuindo para o desenvolvimento do país.
Os princípios que regem a defesa do consumidor norteiam-se pela boa-fé do
adquirente e do comerciante, uma vez que a propaganda pode estabelecer os
liames de seu exercício. Caso a propaganda seja enganosa o consumidor tem direito
à justa reparação, da mesma forma que terá direito à venda conforme o anunciado.
A respeito do tema propaganda enganosa, esta se trata de assunto de interesse
público, pertencendo ao ramo dos direitos difusos de caráter meta-individual.
____________________________________________________________________________________________
FIB - Rua Xingu, nº 179, Jardim Atalaia, Stiep, Salvador – BA.
28

2.4.9 IOF E CPMF

O IOF cabe esclarecer, que foi criado para ser um instrumento de


nivelamento do mercado financeiro. Ele evita que ocorra a chamada “ciranda
financeira” de recursos, já que, na maioria das operações sobre as quais incide, sua
alíquota diminui (em alguns casos chegando a zerar) com o aumento da
permanência dos recursos nas aplicações.
É por esta razão que, ao contrário da maioria dos impostos, quem administra
sua alíquota é o poder executivo, por decreto, na figura do ministro da Fazenda. Há,
evidentemente, limites previstos por lei para a manipulação das alíquotas. O IOF
incide sobre as operações de crédito, como financiamentos, operações com títulos e
valores mobiliários, como investimento em fundos, câmbio para exportar produtos e
para serviços e operações de seguro.

2.4.10 A CPMF

(Contribuição Provisória sobre Movimentação Financeira) é uma cobrança


que incide sobre todas as movimentações bancárias, exceto negociação de ações
na Bolsa, saques de aposentadorias, seguro-desemprego, salários e transferências
entre contas-correntes de mesma titularidade. Ela foi aprovada em 1993 e passou a
vigorar no ano seguinte com o nome de IPMF (Imposto Provisório sobre
Movimentação Financeira) --à época, a alíquota era de 0,25% e durou até dezembro
de 1994 quando, como já estava previsto, foi extinto. Dois anos depois, em 1996, o
governo voltou a discutir o assunto, com a intenção de direcionar a arrecadação
desse tributo para a área da saúde. Foi então criada de fato a CPMF, que passou a
vigorar em 1997 com alíquota de 0,2%.
Em junho de 1999, a CPMF foi prorrogada até 2002, sendo que a alíquota
passou a ser de 0,38% --o objetivo da elevação é ajudar nas contas da Previdência
Social. Em 2001, a alíquota caiu para 0,3% mas em março do mesmo ano, voltou a
0,38%. Em 2002 a CPMF foi prorrogada, o que ocorreu novamente em 2004. No
final de 2000, o governo decidiu permitir o cruzamento de informações bancárias
com as declarações de Imposto de Renda dos contribuintes. Assim, caso um
contribuinte tenha declarado ser isento do IR e, ao mesmo tempo, movimentado
milhões em sua conta bancária --o que é possível saber de acordo com o valor de
CPMF paga--, sua declaração tem maior risco de ser colocada na malha fina pela
Receita.
____________________________________________________________________________________________
FIB - Rua Xingu, nº 179, Jardim Atalaia, Stiep, Salvador – BA.
29

2.4.11 IMPOSTO NA CADEIA PRODUTIVA

As Cadeias Produtivas compreendem todas as atividades articuladas desde


a pré-produção até o consumo final de um bem ou serviço. A definição de ações
possibilita o aproveitamento das oportunidades identificadas na formação de
empreendedores e empreendimentos que atendem às deficiências e demandas do
setor cultural. Além disso, pretende suprir carências de informações a respeito do
mercado.
Estas cadeias proporcionam um entendimento mais completo do
comportamento dos seus componentes econômicos e das tendências dos mercados,
descrevendo os segmentos mais importantes e com maiores possibilidades de
competitividade.
O crescimento real de 81,24% na arrecadação do Imposto de Importação e
de 52,53% no IPI - Vinculado, entre o período 1994 e 2001, decorreu da conjugação
de fatores como variação da taxa de câmbio, do volume em dólar das importações
tributadas e das alíquotas médias do Imposto de Importação.
A arrecadação do Imposto de Renda das Pessoas Físicas (IRRF -
Rendimentos do Trabalho, carnê-leão e ajuste anual) apresentou acréscimo real de
53,6% no período compreendido entre 1994 e 2001.
Os principais fatores que concorreram para esse resultado foram:

· Crescimento da massa salarial. De acordo com dados apurados pelo IBGE e


divulgados pela Secretaria de Política Econômica – SPE, a massa salarial
cresceu 53,4% no período de 1995 a 2001;

· Ampliação da base tributária em função do aumento do número de


declarantes que passou de 6,0 milhões, em 1994, para 13,6 milhões, em
2001, o que significa crescimento de 126,6%.

Já a arrecadação do Imposto de Renda das Pessoas Físicas, desagregada


pelo Imposto de Renda Retido na Fonte e pelo pagamento referente ao carnê-leão e
ajuste anual.
Após a implantação do Plano Real, em 1994, o Imposto de Renda das
Pessoas Jurídicas sofreu uma série de alterações em sua legislação, sempre no
sentido da simplificação, racionalidade e inserção do tributo em bases mundiais.

____________________________________________________________________________________________
FIB - Rua Xingu, nº 179, Jardim Atalaia, Stiep, Salvador – BA.
30

Entre as medidas adotadas, foi reduzida a alíquota marginal (padrão +


adicional) de 43% para 25% e, ainda assim, a arrecadação do IRPJ apresentou, em
2001, crescimento real de 34,99% em relação ao ano de 1994.
A arrecadação do IRRF - Rendimentos de Capital apresentou, entre o
período de 1994 e 2001, acréscimo real de 108,85%. Tal resultado decorreu,
especialmente, da alteração na forma de tributação, no final de 1997, do Imposto de
Renda Retido na Fonte sobre os fundos de aplicações financeiras. A tributação
passou a incidir mensalmente para fundos sem prazo de carência e, no vencimento,
para aqueles com prazo de carência definido, enquanto que na situação anterior a
incidência se dava apenas no momento do resgate.

2.5 Ambiente Tecnológico

2.5.1 HISTORIA

Os automóveis antigamente eram charretes puxadas por cavalos ou bois


sem nenhum tipo de conforto. Os primeiros veículos com motor a vapor surgiram em
1769 por Nicolas Cugnot, na França, que tinha o objetivo de poder se locomover de
forma rápida, com um pouco de comodidade e acima de tudo, sem nenhum esforço.
Mas, a rapidez era um pouco mais complicada, pois os veículos na época não
passavam de 3 km/h. Em 1885, Karl Benz, na Alemanha, inventou um motor quatro
tempos e movido a gasolina, foi o “BUM” da época, mas o conforto ainda não tinha
chegado. Quase na mesma época, um europeu, Siegfried Markus, fez uma das mais
significativas invenções de um pequeno carro parecido com os atuais, impulsionado
por um motor quatro tempos. Hoje podemos dizer que passeamos em “limusines”
considerando com os carros antigos.

2.5.2 TECNOLOGIA GPS

Os automóveis desde então, sofreram grande mudanças tecnológicas.


Possuímos carros que podem nos guiar através do GPS (Sistema de
Posicionamento Global) que nada mais é que um sistema de navegação via satélite.
Nos carros mais luxuosos já vem de série e em outro é um sistema opcional. Um
receptor GPS (GPSR) descodifica as transmissões do sinal de código e fase de
múltiplos satélites e calcula a sua posição com base nas distâncias a estes. A
____________________________________________________________________________________________
FIB - Rua Xingu, nº 179, Jardim Atalaia, Stiep, Salvador – BA.
31

posição é dada por latitude, longitude e altitude, coordenadas geodésicas referentes


ao sistema.

2.5.3 BLUETOOTH E USB

Os rádios que antes apenas tocavam AM e FM passaram a tocar CD e


momentos depois migrou para o DVD, passando a ser áudio e vídeo. Mas como a
tecnologia não para. Logo vieram rádios com funções que antes não sonhávamos.
Entrada USB (Universal Serial Bus), esse dispositivo nos possibilita ouvir no rádio
vários álbuns através de um “pen drive”. “Bluetooth” sistema de comunicação sem
fio, que nos possibilita ter acesso ao telefone e utilizar as caixas de auto-falantes
para ouvir e falar, podendo ser ajustados em botões que ficam no volante do
automóvel, possibilitando ao motorista, uma maior comodidade, sem que perca a
atenção na estrada e sem tirar as mãos da direção.

2.5.4 SENSORES

http://www.jornallivre.com.br/162314/o-que-sao-controles-dos-limpadores-de-para-
brisas.html
Sensor de estacionamento - Um acessório indispensável para auxiliar na
hora de estacionar. Ele tem como objetivo ajudar a evitar colisões com outros
veículos ou obstáculos no momento de estacionar o veiculo, detecta
automaticamente obstáculos atrás do veículo em um raio de 2 mts. Ao engatar à ré o
sensor é acionado e alertará o motorista através de avisos sonoros.
Sensor de pára-brisa – detecta a concentração de gotas de água através
de sensores infravermelhos, que esta localizada no retrovisor do veiculo. Esse
sensor emite feixes de luz, que quando seco o infravermelho retorna e não aciona o
limpador. Caso o pára-brisa esteja molhado, as gotas de água refletem a luz
mudando a direção dos feixes, e com isso, aciona o limpador de pára-brisas.

2.5.5 AIRBAG E CINTOS DE SEGURANÇA

Componente de segurança dos carros, que funciona de forma simples:


quando o carro sofre um grande impacto, vários sensores dispostos em partes
estratégicas do veículo (frontal, traseiro, lateral direito, lateral esquerdo, atrás dos
bancos do passageiro e motorista, tipo cortina no forro interno da cabina) são
acionados emitindo sinais para uma unidade de controle que por sua vez checa qual

____________________________________________________________________________________________
FIB - Rua Xingu, nº 179, Jardim Atalaia, Stiep, Salvador – BA.
32

sensor foi atingido e assim aciona o airbag. O cinto de segurança é um dispositivo


de defesa dos ocupantes de um meio de transporte. O mesmo serve para, em caso
de colisão, não permitir a projeção o passageiro para fora do veículo e nem que este
bata a cabeça contra o pára-brisa ou outras partes duras do veículo. Em alguns
carros, com a preocupação em um atropelamento projetou o capô para deformarem,
com a intenção de amortecer o impacto.

2.5.6 BIODIESEL

http://www.biodieselbr.com/biodiesel/biodiesel.htm
Biodiesel é uma alternativa aos combustíveis derivado do petróleo. Pode ser
usado em carros e qualquer outro veículo com motor diesel. Fabricado a partir de
fontes renováveis (girassol, soja, mamona), é um combustível que emite menos
poluente que o diesel. Ainda é precipitado afirmar que o biodiesel é um combustível
mais limpo que o petrodiesel (diesel combustível). "Nas condições brasileiras, o
biodiesel é considerado menos poluente em alguns aspectos, e em outros mais. O
metanol utilizado como reagente para sua produção pode ser um problema, pois
utiliza o gás natural como matéria-prima, que é um combustível não-renovável",
revela o engenheiro químico André Moreira de Camargo. Biodiesel é um
“biocombustível derivado de biomassa renovável para uso em motores a combustão
interna com ignição por compressão ou, conforme regulamento, para geração de
outro tipo de energia, que possa substituir parcial ou totalmente combustíveis de
origem fóssil”

2.5.7 TECNOLOGIA EM INFORMAÇÃO

Hoje as montadoras de veículos trocam informações através do intercâmbio


eletrônico de dados (EDI). O EDI é um sistema operacional que padroniza as
fábricas e as revendedoras e os clientes, possibilitando reduzir custos e tempo.
Estreitam a comunicação entre a montadora os fornecedores solicitando:
necessidade diária de produção, programação de entregas, peças ou material crítico
em atraso, cotação de ofertas, pedido de compras, alteração no pedido de
mercadorias, aviso de modificações técnicas nos desenhos e projetos, aviso de
recebimento, resultado de inspeção, aviso de entregas e/ou embarques, transmissão
de textos pelo correio eletrônico, entre outros. Nas relações entre as montadoras, as
concessionárias e os clientes, o fluxo de informações abarca fundamentalmente
____________________________________________________________________________________________
FIB - Rua Xingu, nº 179, Jardim Atalaia, Stiep, Salvador – BA.
33

dados comerciais relacionados às encomendas e distribuição de veículos, ao


controle de estoques de peças, à determinação das necessidades do consumidor,
aos serviços de venda e pós-venda, à customização do veículo que será produzido,
etc. Este sistema permite registrar, no ato da compra, as características do veículo
encomendado e estabelecer o prazo de entrega. As vendas on-line respondem hoje
por uma expressiva parcela do faturamento da empresa (Gazeta Mercantil 18/07/97)
e são produtos do modelo de produção just-in-time.
A Volkswagen, por exemplo, está na fase de teste final do sistema Vsat,
rede privada de comunicação via satélite, que permitirá ao cliente, eletronicamente,
comprar um veículo ou encontrar uma peça numa das 820 concessionárias
espalhadas pelo país. Essa montadora instalou, em março de 1997, um sistema
eletrônico de compra de peças, permitindo hoje fazer 10 mil cotações de preços em
cerca de 500 fornecedores do Brasil, 90 do MERCOSUL, e centenas de outros
fornecedores mundiais. Segundo o Engº Boschetti, "uma cotação que demorava 80
dias, é feita hoje em 15 dias" (Boschetti, 1997).
O intenso fluxo de informações comerciais impôs a necessidade de
padronização do layout dos documentos utilizados por fornecedores de autopeças e
montadoras, tendo sido criado um padrão ANFAVEA e a adoção da Rede Nacional
de Dados, que passou a utilizar, ainda que não exclusivamente, o STM-400 da
Embratel como meio de comunicação. Atualmente, aproximadamente 1.500
fornecedores comunicam-se com as montadoras por intermédio desse sistema
(ANFAVEA, 1997).

2.5.8 COMBUSTÍVEL

O carro flex é, na realidade, o mesmo carro a gasolina com algumas


mudanças. Além do software do módulo de controle eletrônico para maior
capacidade de processamento e de parâmetros diferenciados para atender a cada
combustível, seja na relação estequiométrica, seja no avanço de ignição, o motor
recebe alterações nos materiais das válvulas e de suas sedes, uma vez que o álcool
não tem as mesmas propriedades lubrificantes da gasolina.
A bomba de combustível, que fica imersa no combustível do tanque, é
projetada para ficar em contato com o álcool. Em alguns casos, como nos Ford
Fiesta e Eco Sport, a válvula termostato é elétrica e tem funcionamento diferenciado

____________________________________________________________________________________________
FIB - Rua Xingu, nº 179, Jardim Atalaia, Stiep, Salvador – BA.
34

segundo o combustível (motor deve funcionar mais quente com álcool, para melhor
aproveitamento da energia do combustível).
Devido à menor evaporação do álcool em relação à gasolina, a partida do
motor frio, com álcool no tanque, em temperatura ambiente inferior a 14° C, é difícil
ou mesmo impossível. Por esse motivo, a exemplo dos carros só a álcool que
existiam antes, há um sistema para tornar possível ligar o motor nessas condições.
Ele consiste num pequeno reservatório de gasolina no compartimento do motor e
uma bomba elétrica. Quando a temperatura baixa de 14° C e o motor estar frio, uma
pequena quantidade de gasolina é introduzida automaticamente no coletor de
admissão, e o motor pode ser posto em funcionamento normalmente.
Alguns avanços vêm sendo feitos nesse campo, e a temperatura-limite de
14° C tende a deixar de ser um paradigma. Recentemente, em junho de 2007, a
General Motors lançou o Corsa 2008 de motor 1,4 litro flex em que a partida a frio
sem o uso de gasolina pode ser feita até 8° C graças uma operação especial do
acelerador eletrônico, independente da operação do motorista.

2.6 Saúde

2.6.1 FABRICANTES DE CARRO ESTABELECEM META PARA REDUÇÃO DE


CO2

Fabricantes de carro na Itália e na Espanha estão mais perto de cumprir


meta para redução de CO2 em 2012, embora nos últimos anos estes progressos
tenham sido maiores para as marcas alemãs, japonesas e americanas.
Atualmente, os carros emitem 160g/km de dióxido de carbono, mas 18
países (os 15 que formam a UE, Hungria, Lituânia e Eslovênia) estam se esforçando
para que em 2012 essa média chegue a 120 gramas.
Segundo estudos realizados pode-se observar que os automóveis europeus
reduziram suas emissões de CO2 em somente 1,7% em 2007, o que lhes obrigará a
um corte adicional de 17% nos próximos quatro anos para conseguir os objetivos.
A melhor situação é da Peugeot- Citroen que apenas precisa de um corte
adicional de 10%, logo depois a Renault 13% e a Fiat 14%.
Os piores resultados são da Honda cujas emissões em 2007 aumentaram
em 1,1% enquanto mais modesto corte foi da Ford em (0,2%).

____________________________________________________________________________________________
FIB - Rua Xingu, nº 179, Jardim Atalaia, Stiep, Salvador – BA.
35

A baixa redução do gás carbônico se da pelo aumento do peso do veiculo


médio que subiu dez quilos, já que os carros mais pesados precisam de mais
combustíveis para se locomover.
Essa iniciativa na união européia deve ser vista no contexto como uma luta
contra as alterações climáticas, contra o efeito estufa e melhoria na eficiência
energética.

2.6.2 TAXA DE MORTALIDADE PROVOCADA POR ACIDENTE DE TRANSITO

O acidente de transito pode ser provocado por pedestres, motoristas,


maquinas ou meio ambiente. O homem, na maioria das vezes, é o principal
componente para ocorrência em acidentes de transito. As causas mais freqüentes
são falhas em desacordo as regras de transito (legislação, inabilitação,
desobediência, inabilitação) condições físicas (sono, fadiga, álcool, drogas) ou
psicológicas (preocupações, desatenção, quadros patológicos).
Os motoristas jovens também colaboram de forma significativa para colisões
a veículos a motor, mundialmente, refletindo em parte uma combinação de
imaturidade com falta de experiência ao dirigir. Alta velocidade, avanço de sinal,
manobras ilegais, droga e álcool são os principais causadores de grandes acidentes.
E o pior de tudo, é que esses jovens em situação de emergência apresentam
bastantes dificuldades em tomada de decisões adequadas.
Também se pode observar que os pluriacidentados, na sociedade, são
pessoas com pouca consciência de cidadania, com tendências anti-sociais e
apresentam experiências escolares negativas.
O uso do álcool e outras drogas têm aumento significativamente quando
relacionamos ao transito. São mais de 26.000 mortes ao ano no Brasil, e mais de
50% de todas que levam a morte no trânsito.

2.6.3 ALCOOLISMO – GRANDE CAUSADOR DE MORTES NO TRÂNSITO.

Podemos chamar de alcoolismo o consumo excessivo e prolongado do


álcool e todas as conseqüências decorrentes. Ele subdividiu-se em dependência,
abstinência, abuso (uso excessivo, porem continuado), intoxicação (embriaguez),
esse ultimo pó maior causador de acidentes no transito. Síndromes de amnésia
(perdas restritas de memória) e distúrbios de ansiedade, de sono, sexuais, etc.

____________________________________________________________________________________________
FIB - Rua Xingu, nº 179, Jardim Atalaia, Stiep, Salvador – BA.
36

As pessoas buscam no álcool dois mecanismos básicos não patológicos: o


reforço positivo e o negativo. No começo o consumo pode ser a busca pelo prazer
que a bebida te proporciona depois quando ela não atinge mais esse prazer que a
bebida te proporciona, ela não consegue mais largar porque começa a necessidade
pelo desprazer e pela dor.
O que acontece quando as pessoas ingerem bebidas alcoólicas além da
conta: começam a ter problemas de equilíbrio, coordenação e juízo, o que explica
porque é tão perigoso beber dirigindo. O álcool afeta diretamente a química do
cérebro alterando os níveis neurotransmissores mensageiros químicos que
transmitem os sinais através do corpo controlando processos como: pensamento,
comportamento e emoções. O álcool aumenta os efeitos do neurotransmissor GABA
(acido grama – aminobutírico) no cérebro, o que provoca os movimentos lentos e a
fala enrolada. Ao mesmo tempo ele inibe o neurotransmissor excitatório glutamato,
suprimindo os efeitos estimulantes e levando a um tipo de retardamento fisiológico.
Alem disso, o álcool ainda aumenta a quantidade de dopamina no sistema nervoso
central, que cria a sensação de prazer.

2.6.4 VIDA SAUDÁVEL NAS EMPRESAS

É preciso investir em auto-estima, qualidade de vida e aumentar a


segurança dos funcionários que prestam serviços em empresas de modo geral.
Desta forma pode-se trabalhar com inclusão social, melhorar a qualidade de vida e
aumentar a segurança das pessoas que fazem parte de um ambiente de trabalho.
A Holcim Brasil, por exemplo, quarta maior empresa fabricante de cimento
no Brasil criou um programa que vai beneficiar a todos os motoristas que trabalham
pelas estradas transportando os seus materiais chamando Blitz da Saúde. O projeto
desenvolve uma parceria com o SESI (Serviço Social de Indústria) e tem como
programação a montagem de grandes tendas nas fabricas onde os motoristas
carregam seus caminhões com profissionais de saúde que realizarão exames e
distribuirão folhetos sobre prevenção de tratamento de problemas como hipertensão,
diabetes, doenças sexualmente transmissíveis.
Os temas vão variar de um mês para outro. Haverá sempre uma hora para
os motoristas receberem massagens rápidas de massoterapeutas, preservativos e
orientação contra o uso do tabaco, álcool e outras drogas, além de exames de
diabetes e acuidade visual.
____________________________________________________________________________________________
FIB - Rua Xingu, nº 179, Jardim Atalaia, Stiep, Salvador – BA.
37

A empresa estima que 2,3 mil profissionais devem participar do programa.


O interessante também é que o projeto tende a crescer para outras
empresas que também trabalham com prestadores de serviços nas estradas de todo
Brasil, pois se pode observar que “houve uma melhoria significativa na qualidade de
vida desses funcionários e uma redução de 2,8% nos acidentes ocasionados pelos
mesmos nas estradas brasileiras” destacou Sergio Carvalho gerente de logística da
Holcim.

2.6.5 LEI SECA

· Números de acidentes fatais caem 8%

Após três meses de aplicação da lei seca no Brasil a Policia Rodoviária


Federal (PRF) afirma a queda de 8% em numero de acidentes fatais. O balanço
entre 20 de junho de 2008 a 20 de setembro de 2008 foi de 33.497 acidentes, 1697
mortes e 18.759 feridos. Enquanto que no mesmo período em 2007, houve 30.835
acidentes, o numero de mortos 1.808 e 18.596 feridos. Ou seja, o numero de mortos
diminuiu. Entretanto, a quantidade de feridos e acidentes aumentou. Autuados em
flagrante temos um total de 2.797 condutores.
Vale ressaltar que a aplicação dessa lei precisa ser de responsabilidade
social entre união, estados, municípios, e, sobretudo, a sociedade. Se um desses
elos se partir, o esforço de todos fica comprometido, conforme afirmou o diretor da
Policia Rodoviária Federal, Helio Cardoso Derente.

2.6.6 DIFICULDADE DE FISCALIZAÇÃO DA LEI SECA NAS CIDADES DO


INTERIOR

A falta de bafômetros, aparelho que mede a quantidade de álcool no sangue,


deixa as cidades do interior com fiscalização precária com relação aplicação da lei
seca. È difícil impedir que a combinação entre ingestão de bebida alcoólica e volante
continue sendo normal. Fica parecendo assim, que a lei só existe para as capitais e
o que faz com que os hábitos no interior permaneçam como antigamente. Os poucos
bafômetros existentes pertencem as policias rodoviárias.
A policia rodoviária espera receber 2 mil novos bafômetros comprados pela
Secretaria Nacional de Antidrogas, pois o ideal é que cada viatura circule com um
aparelho. Hoje, dos 400 postos da PRF, há 500 bafômetros apenas.

____________________________________________________________________________________________
FIB - Rua Xingu, nº 179, Jardim Atalaia, Stiep, Salvador – BA.
38

“A fiscalização mais rigorosa nas estradas e nas cidades do interior


conseguirá diminuir significativamente o índice de acidentes e conseqüentemente a
taxa de mortalidade no país” é o que espera o inspetor Jerry Adriane Dias
Rodrigues, chefe da Divisão de Multas e Penalidades da PFR.

2.7 Ambiente Natural.

2.7.1 ESCASSEZ DE MATÉRIAS-PRIMAS

Existem três formas de o planeta Terra fornecer recursos naturais, que são
os não renováveis, renováveis e infinitos, que está ficando cada vez mais finito.
No caso da água que é considerado um recurso infinito, por exemplo. A
Terra tem 71% da sua superfície coberta de água, contudo menos de 1% de toda
essa água esta disponível para consumo humano. Todo o restante da água ou é
salgada, ou congelada, ou poluída, imprópria para o consumo. Provando que a água
está ficando cada vez menos infinita, e o maior culpado dessa catástrofe é o homem.
Segundo a ONU mais de um bilhão de pessoas em 26 países não tem
acesso a água devida para consumo, e faz uma previsão de que em menos de 20
anos mais de três bilhões em 52 países sofrerão de escassez crônica de água. Isso
sem contar à falta que a água faz a natureza, será é só o homem que precisa deste
bem, ele vai a qualquer lugar atrás de recursos hídricos, canalizações,
transposições, é claro que esta água desviada também faz falta na sua origem.
A China recém país organizador das olimpíadas, é um país a parte, o mais
populoso do mundo. Enfrenta grande crise quando o assunto é água. A China possui
apenas 200 cidades que não sofrem com escassez de água, sendo que o país
possui 500 cidades, isso é devido ao boom populacional e a demanda agroindustrial.
Agora então que a China está em ascensão econômica, e o crescimento vai à contra
mão do ambiental, por mais que seja um país consciente. Fica quase impossível a
preocupação com a preservação ambiental.
O desespero pela água causa também guerras e grandes conflitos entre
nações, na áfrica, por exemplo, o desvio do rio Jordão que nasce no Líbano foi um
dos motivos da guerra entre os que judeus e árabes na década de 60, mas tem um
historia recente de tentativa de desvio no Brasil que logo será comentada.

____________________________________________________________________________________________
FIB - Rua Xingu, nº 179, Jardim Atalaia, Stiep, Salvador – BA.
39

Os países dominantes também sofrem deste mal, a Europa já teve custos


elevados a 8700 milhões de Euros em 2003, e agora sofre com secas e ondas de
calor. E os Estados unidos onde a água escorre das montanhas sofrem do mesmo
mal da China onde cada gota tem dono e a maioria é destinada a demanda
agroindustrial, com redução de ate 70% na cobertura de Sierra Nevada que fornece
a maior parte da água fresca para o norte da Califórnia. Mesmo com estes prejuízos
que são revertidos a economia, os países que mais sofrem são os emergentes,
porque não tem recursos econômicos e conseqüentemente tecnológicos para suprir
sua necessidade natural.
No Brasil surpreendentemente não é diferente. Embora o Brasil seja
privilegiado com o maior volume de água potável do mundo. A distribuição não é
muito justa, já que a maioria da população está concentra da no Sudeste com quase
a metade da população do país enquanto a água esta no norte que não tem nem
10% da população do Brasil e detêm quase 70% da água, em rios como o
Amazonas, o principal rio do Brasil. Mas não pode culpar a mãe natureza pela
distribuição, a mãe fez o favor de distribuir rios por todo país, e a sociedade com sua
ingratidão os poluíram como o rio que cruza o estado de São Paulo.
No nordeste houve uma recente polemica, a transposição do Rio São
Francisco, que é o principal rio da Nordeste, uma guerra política, cultural e
econômica. Apesar de um projeto antigo tanto quanto a seca, e o impasse já foi
resolvido, o exercito já começou desde o final de 2007, coincidentemente depois da
morte do Senador Antonio Carlos Magalhães, que era contra a transposição, é muito
difícil saber ao certo os beneficiados pela transposição, os benefícios, e catástrofes,
sociais e principalmente ambientais, que esta transposição poderá causar.
A indústria automobilística gasta ao menos 1,5 bilhão de litros de água todo
mês, como é a fabrica da Fiat em Minas Gerais que gastava esta quantidade em
540.000 unidades, esta conseguiu a reutilização de 90% deste volume, junto com
este da Fiat, tem também a Ford Bahia, que reduziu de 150 para 78 litros o consumo
por pessoa na fabrica. Apesar dos absurdos gastos de água na indústria como a
automobilística, as empresas estão procurando formas de reduzir o desperdício,
através de tecnologias que utilizam bactérias ao invés de produtos químicos, e
conscientização de funcionários.

____________________________________________________________________________________________
FIB - Rua Xingu, nº 179, Jardim Atalaia, Stiep, Salvador – BA.
40

2.7.2 ALIMENTO

O alimento é a principal matéria prima para qualquer negócio, partindo do


pressuposto que qualquer negócio é formado por pessoas, e pessoas além de beber
tem que se alimentar. Sim, o alimento é uma matéria-prima. E que está em crise
como qualquer outro. Segundo o FMI os preços dos alimentos cresceram 114%
entre 1999 e 2008.
Há muitas causas para esta crise, a renda, por exemplo, principalmente dos
países emergentes que cresceram em taxas elevadas, para entender melhor tem o
exemplo, de novo, da China que consumia 20 quilos de carne na década de 80 e
para 50 quilos em 2007, por pessoa, lembrando que a China é o país mais populoso
do mundo, como alimentar tanta gente. Esta grande demanda faz aumentar os
preços. Oferta e procura.
Outra causa é a produção do etanol. A produção do etanol no EUA é feita
através do milho. O que retirou uma parcela da produção destinada antes somente à
alimentação humana como a ração animal, lembra o 50 quilos de carne consumido
na china, este boi pode ter comido ração de milho, os preços são interligado, se falta
milho falta carne.
No Brasil é diferente, o etanol é feito a partir da cana, que é consumido
também por humano, mas não é como o milho, que faz parte de commodities no
mercado, com preço negociado na Bolsa. Como anunciou a revista Discutindo
geografia de setembro de 08, ”a idéia de que a produção de biocombustíveis passa
necessariamente pela redução da oferta de alimentos pode ser falsa”. Como a
procura de combustíveis é alta os preços também sobem, sendo assim agricultores
preferem plantar a cana, a cultivar alimentos primários, a relação de área destinada
ao etanol ainda é baixa, mas é só uma questão de tempo. Obvio que a questão dos
combustíveis não influencia só no fator de área, mas também nos custos. Grande
parte dos fertilizantes é derivada do petróleo, e transporte. Gerando novamente a
alta nos preços de alimentos, isso sem contar os fatores naturais com; enchentes,
atraso de chuvas entre outras. Batendo na mesma tecla, a quem a produção de
biocombustíveis favorece e a quem a alta do alimento assola.

2.7.3 PETRÓLEO E NOVOS COMBUSTÍVEIS.

O petróleo é a substância que abastece a economia mundial, com reservas


cada vez menores, preços em ascensão descontrolada, chegando a custar 118
____________________________________________________________________________________________
FIB - Rua Xingu, nº 179, Jardim Atalaia, Stiep, Salvador – BA.
41

dólares o barril, um produto que já custou 2,23 dólares em 1970, com quase 40% de
aumento só neste ano. A busca pelo ouro preto já causou muitos danos a
humanidade, começando pelo meio ambiente, a busca insana já causou vários
acidentes, com vazamento do petróleo bruto nos mares, matando dezenas de
milhares de aves, e espécies marinhas. E em terra onde quer que passe oleoduto há
uma grande probabilidade de vazamento, pelo mundo todo. Um vazamento que foi
considerado uma catástrofe ambiental foi do petroleiro Exxon-Valdez em 1989, que
destruiu parte da fauna da costa do Alasca.
No Brasil, a Petrobrás já manchou muito o litoral brasileiro, com danos
irreparáveis, a Baía de Guanabara foi vítima de um acidente, no ano de 2000, onde
vazou cerca de 1,3 milhões de litros de óleo na baia causando grandes danos aos
manguezais, praias e à população de pescadores. Na mesma época o houve uma
degradação em rios da Grande Curitiba, considerado o maior desastre ecológico da
época, com vazamento 4 milhões de litros de petróleo cru na no Rio Iguaçu, que
causou imensuráveis danos a região, por cauda da inadimplência da Petrobrás que
atrasaram na em tomar as primeiras providencias para conter o vazamento.
Desde então a Petrobrás tem investido milhões em pesquisa com Pégaso
(Programa de Excelência em Gestão Ambiental) entre outros programas ambientais.
Há um bom tempo que não se ouve falar de, desde que foram criados tais
programas, eles devem ter conseguido erradicar os vazamentos, ou camuflar, ou
fazer com que parem de falar. Há pouco o CONAR vetou duas campanhas
publicitárias da Petrobrás, que se dizia uma empresa boa ao meio ambiente, o que
não é verde só para começar ela produz o combustível que mais polui a atmosfera, a
campanha foi suspensa graças a uma denuncia do Greenpeace.

2.7.4 BIOCOMBUSTÍVEIS

Devido à escassez do petróleo, grandes corporações petrolíferas têm


desviado sua atenção para alternativas de fontes de energia como o biocombustível.
Trata-se de um combustível extraído de fontes biológicas como cana-de-açúcar,
mamona, milho, e até mesmo lixo. Nos Estados Unidos, mesmo pouco competitivo,
se tornou uma opção dado os altos preços do petróleo, o que colabora com a crise
já citada dos alimentos, a produção retirou uma parcela do produto antes destinada
à alimentação humana ou animal, o que acirrou a disputa por área para milho e soja

____________________________________________________________________________________________
FIB - Rua Xingu, nº 179, Jardim Atalaia, Stiep, Salvador – BA.
42

e intensificou também o aumento do preço do alimento, o mesmo também acontece


na Europa.
No Brasil a Petrobrás vem investindo muito em biocombustíveis, no site da
empresa ela promete investir junto com seus parceiros 3,4 bilhões de dólares na
produção, armazenamento e transporte do combustível até 2012.
Provavelmente este projeto já estaria mais avançado se continuassem com
o mesmo ânimo desde a década de setenta, quando foi iniciado o Pró-álcool, o
projeto foi abandonado pelo Governo, gerando uma grande crise e descrença dos
motoristas brasileiros. Agora com carros biocombustíveis é mais difícil ficar sem
abastecer. Hoje além da opção de abastecer o carro com 100% de álcool, os
motoristas abastecem seus carros com 25% de álcool que já vem adicionada na
gasolina comum. O Brasil é o maior produtor de álcool do mundo, e com custo mais
baixo conhecido. E não é uma commodity agrícola, apesar de gerar concorrência
com a produção de alimento.
Outro biocombustível produzido no Brasil é o Biodiesel. Já é possível
encontrá-lo nos postos do país, sendo adicionados 2% ao diesel puro, o chamado
B2, é uma pequena realidade. E o B5 já está permitido e será iniciada em breve.
Testes já são feitos em 30% de Biodiesel em condições extremas na Amazônia.
O Biodiesel é produzido através de oleaginosas, como algodão, amendoim,
dendê, girassol, mamona e soja, além de gordura animal, e até mesmo óleo de
cozinha usado. Terreno não falta para produção destas, mas volta à discussão sobre
a concorrência da terra com a produção de alimentos, quando o plantio de mamona
ficar mais lucrativo do que o feijão, qual será a conseqüência disso. Uma mega crise
de alimentos, onde todos terão carros abastecidos com a comida que deveria está
no estômago.
Sem dúvidas, este combustível é mais limpo do que o fóssil, “depois se
preocupa com o alimento”. “O biodiesel contribui na redução das emissões de gases
do efeito estufa, de enxofre e de material particulado (fumaça preta)”. E teoricamente
melhora o desempenho do carro, pois tem substancia em potencial que é
lubrificante.
Está surgindo uma nova forma de energia, o hidrogênio. Será a fonte de
energia do futuro próximo, é produzido a partir de fontes renováveis, sem deixar
resíduos poluentes na natureza e apresentar alta eficiência energética, tanto para

____________________________________________________________________________________________
FIB - Rua Xingu, nº 179, Jardim Atalaia, Stiep, Salvador – BA.
43

energia elétrica como para combustível veicular. É ainda novidade, sendo estudada
pelo mundo todo e ainda existem grandes empecilhos.

____________________________________________________________________________________________
FIB - Rua Xingu, nº 179, Jardim Atalaia, Stiep, Salvador – BA.
44

3 MICROAMBIENTE

3.1 Empresa

A BREMEN VEÍCULO LTDA, pertence ao grupo PARVI que possui 92


empresas entre elas concessionárias de varias bandeiras, corretoras de seguros,
locadora de veículos e funilarias que se encontram distribuídas em 9 estados
brasileiros. Além de Pernambuco, o grupo atua também na Bahia, Rio Grande do
Norte, Paraíba, Alagoas, Sergipe, Piauí, Maranhão e amazonas. Com essa
diversidade de empresas, possui cerca de 3.282 funcionários que ajudou o grupo
comercializar no ano de 2007 mais de 73 mil veículos e estima um crescimento de
10% a 20% em 2008.
O grupo atua na vendas de veículos novos e usados, peças, acessórios, e
assistência técnica das bandeiras FIAT, TOYOTA, FORD, MERCEDES, GM,
PEUGEOT, VOLKSWAGEN, HIUNDAY, SUZUKI, MASSEY TRATORES, PENEUS
MICHELIN e MOTOS DAFRA.
O Grupo PARVI teve inicio em 1980, com a abertura das concessionárias
Mercedes-Benz e Toyota em Palmares no interior de Pernambuco. Em 1984 foi
realizada a abertura das concessionárias Mercedes-Benz e Massey Ferguson no
estado de Aracaju. E em 1991 abriu a Fiat Fiori, em Recife, maior concessionária
Fiat da região Norte e Nordeste e hoje o grupo PARVI é composto pelas seguintes
empresas:

· 5 Fiori (Fiat): 1 em Recife, 2 em Salvador e 2 em João Pessoa;

· 2 Pedragon (GM): 2 em Recife;

· 3 Toyolex (Toyota): 2 em Recife e 1 em Caruaru;

· 1 Toyonorte (Toyota): em Natal;

· 1 River Car (Toyota): em Manaus;

· 1 União Veículos (Toyota): em Aracaju;

· 1 Tama (Toyota): em São Luís;

____________________________________________________________________________________________
FIB - Rua Xingu, nº 179, Jardim Atalaia, Stiep, Salvador – BA.
45

· 1 Benárros (Mercedes): em Manaus;

· 4 Mardisa (Mercedes): 1 em São Luís, 1 em Teresina, 1 em Aracaju e 1 em


Palmares;

· 4 Rivoli (Peugeot): 1 em Jabotão dos Guararapes, 1 em São Luís, 1 em


Recife e 1 em Manaus;

· 2 América Veículos (Ford): as duas em Recife

· 6 Bremen (Volkswagen): 3 em Recife, 2 em Salvador e 1 em Feira de


Santana (Princesa)

· 35 Box (Dafra): 10 em Pernambuco, 6 em Paraíba e 19 Bahia

Em 2001, chegou a Salvador, com a abertura de uma filial Fiori que atua
com a bandeira Fiat e 2 anos depois foi inaugurada uma filial Bremen Salvador
concessionária que atua com a bandeira Volkswagen localizada na Av. barros reis,
652, largo do retiro. A Bremen Veículos Ltda., surgiu no dia 07 de março de 2003
após mais de um ano de negociações com a marca de veículos automotivos
Volkswagen e a concessionária Nossaterra. Foi a vigésima sétima concessionária
fundada pelo Grupo PARVI no Norte/ Nordeste e a segunda na praça de Salvador.
Iniciou suas atividades a partir de outubro de 2003 com 98 funcionários
divididos em três setores (vendas, administração e pós-venda), hoje já possui 390
funcionários, 300 na loja do Retiro e 90 na loja do Costa Azul. Atualmente a Bremen
mantém os setores bem definidos como: setor de vendas, entrega, acessórios,
seguro, peças, administrativo, financeiro, recursos humanos, CRM, BDC, SAC, pós-
venda, oficina, funilaria e seminovos.
A Bremen tem pouco mais de 5 anos de inaugurada na cidade de Salvador e
veio com objetivo de incrementar as vendas da marca alemã no estado da Bahia, a
empresa sempre buscou aumentar as suas vendas, tem o hábito de trabalhar na
maioria dos setores com jovens dinâmicos a fim de atender a demanda com
agilidade e bom humor, sempre na intenção de conquistar novos clientes e manter
os antigos.
A Bremen ocupa o primeiro lugar nas vendas no mercado de veículos da
marca Volkswagen na cidade de Salvador, com 38% na participação no mercado,

____________________________________________________________________________________________
FIB - Rua Xingu, nº 179, Jardim Atalaia, Stiep, Salvador – BA.
46

ultrapassando o seu maior concorrente, a Sanave (32%) que possui três lojas e a
Bremen apenas com duas.
Na segunda quinzena de outubro de 2006 a Bremen inaugurou a sua
segunda loja no bairro do Costa Azul, onde o seu publico alvo será os moradores da
própria região, que tem preferências pelos carros não populares. A Bremen tem uma
média de faturamento Anual de aproximadamente R$170.000,000,00 (Cento e
setenta milhões/ano).
A Bremen Salvador em pouco tempo se tornou líder em vendas de veículos
novos e a 3 anos consecutivos é líder de vendas no ranking das concessionárias
que atuam com a bandeira da marca Volkswagen em toda região norte nordeste. O
objetivo é manter a liderança de vendas dos veículos Volkswagen na Bahia tanto
para novos, quanto seminovos, conquistar o entusiasmo do cliente, por meio de
melhoria contínua conseguida pela integridade, trabalho em equipe e inovação,
querem ser valorizados por colaboradores, clientes, parceiros comerciais e
comunidades, revelando um exímio comprometimento com o crescimento e o
desenvolvimento de pessoas.

3.2 Recursos Humanos

A Volkswagen Brasil trata o setor de Recursos Humanos como uma área


estratégica, com amplo poder de decisão e influência sobre o rumo dos negócios.
Pensando desta forma a empresa está empenhada em atrair, reter e desenvolver
pessoas para otimizar desempenho e compromisso.
A tradição da marca é garantir a melhoria da competência profissional de
seus funcionários. Em seus 55 anos de Brasil, a Volkswagen foi pioneira nos
avanços das relações trabalhistas. Possibilitou a criação de uma comissão de
representantes dos trabalhadores em suas fábricas para discutir ações de melhorias,
processos de reestruturação entre outros. Visando satisfazer a necessidade dos
clientes internos e externos à montadora sempre investiu na educação e qualificação
de seus colaborados. A Volkswagen tem como desafio contínuo ser “Best in class”
em tudo que faz.
Com uma parceria que perdura por mais de 30 anos a montadora já formou
cerca de 5 mil jovens e orgulha-se por ter sido pioneira em um convênio firmado com
SENAI (Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial). Só em 2008, cerca de R$ 8
____________________________________________________________________________________________
FIB - Rua Xingu, nº 179, Jardim Atalaia, Stiep, Salvador – BA.
47

milhões foram destinados à educação corporativa, bolsas de estudos e cursos


complementares.
Tudo isso vem se revertendo em prêmios. A Volkswagen foi eleita a Melhor
Empresa do Ano 2008, pela revista “Isto É Dinheiro”, na quinta edição do prêmio “As
500 Melhores Empresas do Brasil”. Divididas em 30 setores econômicos, as
empresas foram classificadas a partir de cinco critérios de gestão: financeira, de
recursos humanos, em inovação e tecnologia, social e de meio ambiente e
governança corporativa. Além do prêmio máximo, a Volkswagen também foi eleita a
“Melhor Empresa do Setor Automotivo” e foi destaque em “Gestão de Recursos
Humanos e Gestão em Inovação Tecnológica” do setor.

3.3 Mercado

As vendas de carros e comerciais leves de janeiro a abril de 2008 fecharam


em torno de 860 mil unidades. Trata-se de 35% a mais em relação ao volume
registrado no primeiro quadrimestre de 2007 (638,6 mil unidades) ou simplesmente
104% a mais sobre janeiro a abril de 2003 (421,5 mil unidades).
O licenciamento de carros e comerciais leves em abril fecharam em 241,7
mil automóveis e comerciais leves. Trata-se do melhor mês de vendas de todos os
tempos do setor automotivo, superando o recorde anterior, em outubro de 2007, com
vendas de 232,8 mil unidades.
Até o dia 29/04/2008 foram emplacados no País 230,2 mil unidades,
segundo dados preliminares do Registro Nacional de Veículos Automotores
(RENAVAM). Com mais 11,5 mil previstos para o dia 30, o total do mês chegaria a
241,7 mil unidades. No ranking de vendas de carros e comerciais leves no primeiro
quadrimestre a liderança foi da Fiat, com 25%. A segunda colocada, a Volkswagen,
teve 22,2%, seguida pela General Motors, com 21,7% e Ford, com 9,2%.
Apesar do esforço das montadoras para atender o elevado consumo do
mercado brasileiro, o prazo para a entrega de carros zero quilômetro continua longo.
A VW, por exemplo, tem 40 dias para entregar o Fox e já estuda usar a fábrica da
Argentina para atender a demanda.
Fonte: Gazeta Mercantil de 04/05/2008
O mercado de Salvador é bastante acirrado, possui cerca de 20
concessionárias com um acumulado de Vendas no Ano, até setembro de 2008 de:
____________________________________________________________________________________________
FIB - Rua Xingu, nº 179, Jardim Atalaia, Stiep, Salvador – BA.
48

Acumulado de Venda - 2008

17,70% 24,50%

14,20%

22,30%
21,30%

FIAT VW GM FORD Outras

(Fonte: icmweb.fiasanet.com.br)

A Bremen tem uma participação de 38% no mercado soteropolitano O


Critério de vendas que a Bremen utiliza é o modelo tradicional de negociação pela
própria concessionária ou através do BDC (Business Development Center), ou
Centro de Desenvolvimento dos Negócios, conhecido também na linguagem
brasileira como “Tele-vendas”. Um novo formato de trabalho, bastante agressivo no
mercado de automóveis.

3.4 Fornecedores

Os Principais fornecedores da Bremen Veículos são:

· Volkswagen do Brasil Ltda. - Veículos Novos e Peças Originais;

· Consumidores que trocam seu veículo seminovo por veículo novo, gerando
estoque de veículos seminovos;

· Fornecedores de Pneus: Pirelli, Good Year, Firestone;

· Fornecedores de Óleo Lubrificantes: Castrol;

Alem desses citados, temos também fornecedores secundários como,


Acessórios, Materiais de limpeza, Materiais para Escritório, e Ferramentas.

____________________________________________________________________________________________
FIB - Rua Xingu, nº 179, Jardim Atalaia, Stiep, Salvador – BA.
49

3.5 Concorrentes

Os concorrentes da Bremen em Salvador são: VW - Sanave, Baviera,


Saveiro. FIAT – Fiori, Cresauto, Americar, Marvel. GM – Grande Bahia, Codisman,
Retirauto, Tratocar. FORD – Indiana, Morena, Revisa. Das concorrentes citadas a
Sanave é a mais antiga com a mesma bandeira, era líder em Salvador e desde 2007
com três pontos de venda, está perdendo a participação para a Bremen, que tem
dois pontos, um a menos que a Sanave. A Bremen fechou o ano de 2007 com 40%
de Participação e a Sanave veio em segundo lugar com 34%. Além desses
concorrentes diretos ainda existem as montadoras de carros importados que a cada
dia vão ganhando uma pequena fatia do mercado, ameaçando a Bremen e as outras
concessionárias que tem grande participação como a FIAT, GM e FORD.
O controle de Vendas é feito através do calculo de carros emplacados no
mês e essa informação é disponibilizada on-line para as concessionárias. Assim
todas têm o controle e acompanhamento mensal e real.

RANKING DOS GRUPOS DE MODELOS DE VEÍCULOS NOVOS MAIS


VENDIDOS

EMPLACADOS EM 2008
Região Nordeste - Estado: Bahia - Segmento: Auto

JAN FEV MAR ABRI MAI JUN JUL AGO SET TOTAL
GOL 918 797 950 1019 804 944 1156 1077 764 8429
PALIO 713 792 770 891 824 848 826 776 597 7037
UNO 826 585 604 726 627 652 848 599 495 5962
CORSA SEDAN 504 453 420 543 486 613 534 504 313 4370
SIENA 372 376 413 506 482 420 474 488 349 3880
CELTA 442 418 446 539 374 435 503 360 234 3751
CORSA 318 315 314 292 263 366 353 264 221 2706
KA 58 178 338 360 380 351 357 295 261 2578
FIESTA 331 216 210 226 207 210 321 296 163 2180
FOX 266 220 241 256 211 218 260 246 189 2107
FIESTA SEDAN 198 120 149 169 149 133 147 128 126 1319

____________________________________________________________________________________________
FIB - Rua Xingu, nº 179, Jardim Atalaia, Stiep, Salvador – BA.
50

JAN FEV MAR ABRI MAI JUN JUL AGO SET TOTAL
PUNTO 123 122 132 143 126 138 175 150 111 1220
PRISMA 142 130 135 177 201 129 125 98 80 1217
CIVIC 113 135 116 157 168 148 135 114 70 1156
CROSS FOX 138 90 95 104 124 103 101 89 68 912
POLO SEDAN 142 111 129 89 110 118 98 65 48 910
PALIO WEEKEND 51 46 88 54 24 152 134 148 124 821
FOCUS 129 76 80 73 75 68 108 109 51 769
COROLLA 70 82 43 95 74 87 119 114 73 757
SANDERO 9 39 72 116 108 116 96 93 96 745
LOGAN 85 51 75 94 85 67 111 85 67 720
IDEA 83 72 84 69 82 66 100 72 59 687
VECTRA 101 104 67 81 79 80 81 54 29 676
ASTRA 68 81 68 79 75 72 75 67 37 622
PARATI 58 51 56 92 156 37 39 47 71 607
C3 61 51 52 81 79 69 73 77 41 584
POLO 93 66 72 56 65 69 76 57 24 578
FIT 53 68 60 86 77 59 83 47 37 570
206 64 41 48 87 79 75 71 25 18 508
STILO 38 43 70 67 49 65 55 70 36 493
FOCUS SEDAN 80 46 54 72 35 41 48 83 29 488
SPACE FOX 88 53 49 54 46 36 62 47 32 467
GOLF 34 31 49 60 55 59 49 64 31 432
MERIVA 36 40 28 49 72 55 53 47 31 411
VECTRA HATCH 26 42 43 50 48 52 46 33 7 347
C4 PALLAS 49 39 38 54 38 35 37 23 23 336
DOBLO 16 20 23 28 37 32 47 43 33 279
FUSION 16 15 22 17 20 28 23 29 24 194
CLIO 44 12 5 12 25 21 17 27 20 183
SENTRA 26 10 24 26 24 20 17 17 15 179
ASTRA SEDAN 33 14 13 23 13 13 23 9 7 148
XSARA PICASSO 15 19 25 23 13 16 15 10 11 147

____________________________________________________________________________________________
FIB - Rua Xingu, nº 179, Jardim Atalaia, Stiep, Salvador – BA.
51

JAN FEV MAR ABRI MAI JUN JUL AGO SET TOTAL
ZAFIRA 16 14 13 10 10 15 22 26 16 142
206SW 26 17 24 23 23 12 14 1 1 141
307 22 7 27 10 8 11 28 13 8 134
PICANTO 2 14 22 23 23 16 15 11 5 131
TIIDA 20 12 10 11 15 19 18 9 10 124
MEGANE 16 7 10 18 17 13 11 13 12 117
CLIO SEDAN 15 9 6 8 11 5 4 35 13 106
207 - - - - - - - 48 31 79
BEETLE 4 9 21 8 8 5 9 7 5 76
BORA 9 3 - 3 8 6 11 14 15 69
307 SEDAN 7 - 6 7 6 5 8 12 5 56
CERATO 3 1 5 5 4 7 6 8 4 43
PT CRUISE 5 3 2 3 7 8 8 3 3 42
C200 3 1 2 9 8 4 3 6 4 40
FIELDER 6 5 6 5 7 4 5 1 - 39
SCENIC 6 6 3 5 6 2 5 2 2 37
AZERA 2 1 4 7 6 6 2 6 3 37
ACCORD 4 2 - 5 5 4 6 2 3 31
JETTA 4 2 3 2 1 4 4 4 4 28
C4 GRAND
PICASSO - - - - 1 4 6 12 3 26
MEGANE GT - 2 3 3 4 5 3 3 1 24
KANGOO 5 5 1 2 1 3 1 3 1 22
MAGENTIS 5 2 2 5 1 1 4 1 - 21
C30 - 3 - 2 - 3 2 10 - 20
207 SW - - - - - - - 15 5 20
A3 4 3 2 3 1 3 1 1 1 19
OMEGA 3 - - 2 1 2 1 2 1 12
CHRYSLER 300C - 1 1 2 2 1 - 3 1 11
CAMRY 1 - - 2 2 1 1 3 - 10
BMW 120 2 1 2 1 1 1 1 1 - 10

____________________________________________________________________________________________
FIB - Rua Xingu, nº 179, Jardim Atalaia, Stiep, Salvador – BA.
52

JAN FEV MAR ABRI MAI JUN JUL AGO SET TOTAL
C4 - - - - - - 4 4 2 10
JETTA VARIANT - - - - 1 4 1 3 - 9
307SW 2 2 - - - 3 1 - - 8
CARENS - - - - - - 5 2 - 7
320 - - - 2 1 3 - 1 - 7
SLK 1 - - - - 1 3 - 2 7
TT 1 1 1 - 1 1 1 - - 6
B 200 - 1 1 2 - - - 1 1 6
M8 2 - 1 - - 2 - - - 5
S40 - 1 1 - - - - 1 1 4
OPIRUS - - - - 2 2 - - - 4
A4 1 - 1 1 - - - - - 3
C280 1 - - 1 - - 1 - - 3
PASSAT 1 - - - - 1 1 - - 3
S80 - 1 - - - 1 1 - - 3
407 - - - - 1 - - 1 1 3
CLS - - - - - - 1 - 1 2
ECLIPSE - - - - - 1 - 1 - 2
M11 - - 1 - - - - 1 - 2
V50 - 1 - - - - 1 - - 2
X-TYPE - - 1 - - - - 1 - 2
C70 - - - - - - - - 1 1
CARNIVAL - 1 - - - - - - - 1
KAUIPE/LUXO - - - - - - - 1 - 1
325 - - 1 - - - - - - 1
Z4 - 1 - - - - - - - 1
Fonte: Fenabrave - www.fenabrave.org.br

____________________________________________________________________________________________
FIB - Rua Xingu, nº 179, Jardim Atalaia, Stiep, Salvador – BA.
53

3.6 Mix de Marketing

3.6.1 PRODUTO:

A Bremen oferece uma variedade de serviços como: Venda de Peças e


Acessórios, Revisões ou Manutenções Programadas, Atendimento diferenciado para
clientes com necessidades especiais, Vendas de Carros Novos e Seminovos,
Serviços de Garantia, CRM, BDC e F&I, além de uma infra-estrutura com ambientes
confortáveis e adequados para cada tipo de Produto citado.
A Bremen disponibiliza em seu pátio os seguintes carros novos:

· Gol · Fox · Saveiro

· Novo Gol · Crossfox · Jetta

· Voyage · Spacefox · Passat

· Pólo Hatch · Golf · New Beetle

· Polo Sedan · Parati

· Bora · Kombi

____________________________________________________________________________________________
FIB - Rua Xingu, nº 179, Jardim Atalaia, Stiep, Salvador – BA.
54

Em relação aos seminovos, além dos modelos citados anteriormente, estão


à venda também outras marcas como FIAT, GM, Ford, Peugeot, entre outros, de
vários modelos e ano diferentes, todos conservados, de modo que o cliente possa
escolher o que mais lhe agrada.

3.6.2 PREÇO:

O preço depende do valor do seu produto do ponto de vista do consumidor.


No caso da Bremen, quando se trata de carros novos, o preço é tabelado pela VW,
tendo uma margem de negociação igual para todas as concessionárias de Salvador.
O preço varia de carros nacionais para importados, em média o carro nacional é
vendido entre R$ 24.900,00 (Vinte e quatro mil e novecentos) a R$ 58.000,00
(Cinqüenta e oito mil reais). Já os importados da marca, variam de R$ 59.000,00
(New Beetle) a R$ 160.000,00 (Passat). Além disso, existe também a venda de
acessórios que agregam no valor final da venda do carro. Seguem alguns exemplos
de preços de peças comercializados em Salvador:
Marca: FIAT
Veículo: Mille Fire Flex 2008
Itens Cresauto Fiori Média
Bomba de Combustível R$ 917,00 R$ 917,00 R$ 917,00
Filtro de Ar R$ 16,95 R$ 16,99 R$ 16,97
Filtro de Combustível R$ 13,64 R$ 18,00 R$ 15,82
Jogo de Velas R$ 50,52 R$ 46,92 R$ 48,72
Correia Dentada R$ 86,00 R$ 86,00 R$ 86,00
Filtro de Oleo R$ 18,00 R$ 17,00 R$ 17,50

Marca: FORD
Veículo: Ford KA Flex 2008
Itens Morena Indiana Média
Bomba de Combustível R$ 500,00 R$ 565,00 R$ 532,50
Filtro de Ar R$ 16,95 R$ 33,60 R$ 25,28
Filtro de Combustível R$ 15,00 R$ 25,00 R$ 20,00
Jogo de Velas R$ 128,00 R$ 76,00 R$ 102,00
Correia Dentada R$ 130,00 R$ 178,00 R$ 154,00

____________________________________________________________________________________________
FIB - Rua Xingu, nº 179, Jardim Atalaia, Stiep, Salvador – BA.
55

Filtro de Oleo R$ 16,00 R$ 24,00 R$ 20,00

Marca: Chevrolet
Veículo: Celta 1.0 Flex 2008
Itens Grande Bahia Retirauto Média
Bomba de Combustível R$ 600,00 R$ 728,00 R$ 664,00
Filtro de Ar R$ 14,70 R$ 14,31 R$ 14,51
Filtro de Combustível R$ 21,00 R$ 10,53 R$ 15,77
Jogo de Velas R$ 46,00 R$ 44,52 R$ 45,26
Correia Dentada R$ 93,00 R$ 70,00 R$ 81,50
Filtro de Oleo R$ 15,00 R$ 15,00 R$ 15,00

Marca: Volkswagen
Veículo: Gol G4 1.0 Flex 2008
Itens Sanave Baviera Bremen Média
Bomba de Combustível R$ 956,00 R$ 944,00 R$956,00 R$952,00
Filtro de Ar R$ 37,53 R$ 24,00 R$24,00 R$28,51
Filtro de Combustível R$ 37,00 R$ 44,18 R$39,90 R$40,36
Jogo de Velas R$ 112,00 R$ 92,36 R$92,36 R$98,90
Correia Dentada R$ 74,68 R$ 74,68 R$74,68 R$74,68
Filtro de Óleo R$ 26,46 R$ 27,00 R$26,00 R$26,30

3.6.3 PRAÇA:

A Bremen possui dois pontos de venda em dois bairros de Salvador. Um


localiza-se na Av. Barros Reis, local de grande concentração de concessionárias e
por ser um bairro mais voltado para o comércio de carro. O segundo ponto fica
localizado no bairro do Costa Azul, onde a estratégia desse ponto é atingir o público
que tem preferência por carros não populares e moradores da região. A localização
da concessionária, dentre outros motivos, promove o status de um excelente
revendedor da marca Volkswagen.

____________________________________________________________________________________________
FIB - Rua Xingu, nº 179, Jardim Atalaia, Stiep, Salvador – BA.
56

3.6.4 PROPAGANDA E PROMOÇÃO

A Bremen utiliza as mídias TV, Rádio e Jornal para divulgação de Feirões e


Ofertas. Além de alguns materiais impressos, e pintados (Pintura nos carros) que
informam e demonstram aos clientes promoções e lançamentos. Estes matérias
além de divulgarem promoções, ajudam os clientes a demonstrarem suas
necessidades e preferências pelo produto de interesse. O meio Rádio também é
bastante utilizado como divulgação institucional do Jingle da Bremen, é através
deste que a marca é fixada na mente do consumidor. A Bremen tem como objetivo
de promoção: Informar, Persuadir, Lembrar e Conquistar.

____________________________________________________________________________________________
FIB - Rua Xingu, nº 179, Jardim Atalaia, Stiep, Salvador – BA.
57

4.1 BRIEFING

A BREMEN VEICULOS LTDA é uma concessionária da marca


VOLKSWAGEN (Fábrica Alemã) que faz parte do Grupo PARVI (www.parvi.com.br).
Grupo este que é o segundo maior Grupo Automotivo do Brasil. Hoje contendo 92
Concessionárias em toda região Norte/Nordeste de todas as Marcas.
A BREMEN Foi inaugurada em Março de 2003, tendo sua Matriz situada em
Recife – Pernambuco. Há cinco anos na capital Baiana, primeiro teve sua sede
situada na Pituba (Antiga Concessionária NOSSATERRA), com o objetivo de
incrementar a participação de mercado da marca nesta praça, mudou de endereço
para em Janeiro de 2004 para a Av. Barros Reis, 652, Retiro. Vendendo carros
novos da marca Volks e Seminovos de todas as marcas. Há dois anos foi
inaugurada a loja BREMEN no bairro do COSTA AZUL, para atender outra fatia do
mercado. Em Junho de 2008 o Grupo PARVI comprou a PRINCESA VEÍCULOS,
concessionária Volkswagen situada na cidade de Feira de Santana, interior da
Bahia, que passará a se chamar BREMEN, trazendo a mesma qualidade de
produtos e serviços da Matriz. Sendo assim a BREMEN na Bahia hoje possui 3
pontos de venda.
A concessionária oferece serviços de manutenção, prevenção, revisão em
geral para os veículos, possui atendimento diferenciado, oficina com todas as peças,
boa estrutura de pós-venda, grande variedade de produtos e serviços, seminovos
com garantia exclusiva e com melhores preços. O faturamento anual da BREMEN
em 2007 foi de R$170.000.000,00 (Cento e setenta milhões) e o investimento em
propaganda foi de R$850.000,00 (0,5%) e a previsão de faturamento para o ano de
2008 é de R$ 200.000.000,00.
Foi criado na empresa o “Código de Conduta”, documento que estabelece os
compromissos e os princípios nos negócios da empresa, frente a seus funcionários,
ao meio ambiente e às comunidades externas.
Com relação à preocupação com o ambiente, as diretrizes envolvem o
respeito aos fatores ambientais, a otimização dos recursos naturais, a consideração
dos impactos gerados pelas instalações e produtos, o uso racional dos bens e a
coleta seletiva de lixo.
A Bremen disponibiliza em seu pátio os seguintes carros novos:

____________________________________________________________________________________________
FIB - Rua Xingu, nº 179, Jardim Atalaia, Stiep, Salvador – BA.
58

· Gol · Fox · Saveiro

· Novo Gol · Crossfox · Jetta

· Spacefox · Passat
· Polo Hatch

· Golf · New Beetle


· Polo Sedan

· Parati
· Bora

Em relação aos seminovos, além dos modelos citados anteriormente, estão


à venda também outras marcas como FIAT, GM, Ford, Peugeot, entre outros, de
vários modelos e ano diferentes, todos conservados, de modo que o cliente possa
escolher o que mais lhe agrada.

4.2 Problema de pesquisa

Surgiu a necessidade de obter informações sobre o público consumidor, o


seu comportamento, saber quais serviços buscam numa concessionária e saber qual
a marca lembrada por este público. Com isso iremos trabalhar o foco do problema.

4.3 Tipo da Pesquisa

A pesquisa foi Conclusiva Descritiva no método Quantitativa, teve amostra


aleatória de 680 questionários aplicados entre homens e mulheres, com faixa etária
acima de 18 anos em diversas localidades da cidade de Salvador, pertencentes às
classes econômicas A, B e C. As entrevistas foram realizadas entre os dias 11 a 14
de Setembro de 2008.

4.4 Instrumentos de Coletas de Dados

· O Questionário foi estruturado com perguntas abertas e fechadas

______________________________________________________________________________________
______
FIB - Rua Xingu, nº 179, Jardim Atalaia, Stiep, Salvador – BA.
59

· Perfil dos pesquisados: Homens e mulheres, com faixa etária acima de 18


anos, pertencentes às classes econômicas A, B e C.

· Perguntas principais: Sobre idade, sexo, renda para identificar o perfil do


consumidor, se possui carro ou se pretende ter para perceber o desejo do
consumidor, os serviços mais utilizados numa concessionária e conhecimento
sobre a Bremen.

· Perguntas complementares:

Qual a influência leva o consumidor na troca do carro, preferência pelo


período e época para troca, qual a marca do veículo para compra, informações
sobre consumo e impacto dos meios de comunicação e promoção de vendas.

4.5 Objetivos:

Primário: Nosso principal objetivo é traçar o perfil dos consumidores de


carros, qual o habito de consumo.
Secundário: depois de encontrar o público-alvo, fazer a análise do mesmo e
perceber suas preferências.

4.6 Informações sobre a amostra

A amostra foi de 680 questionários aplicados entre homens e mulheres, com


faixa etária acima de 18 anos na cidade de Salvador.

4.7 Principais Resultados Coletados

Os principais dados coletados foram: o público-alvo da Bremen, a marca


mais lembrada pelos consumidores e o conhecimento das pessoas sobre a Bremen.

____________________________________________________________________________________________
FIB - Rua Xingu, nº 179, Jardim Atalaia, Stiep, Salvador – BA.
60

4.8 Tabulação

4.8.1 SEXO?

SEXO Freqüência %

MASCULINO 372 55%

FEMININO 308 45%

Total 680 100%

55%
45%

MASCULINO FEMININO

Pode-se observar que a amostra foi aleatória e balanceada havendo um


certo equilíbrio entre os entrevistados com relação a primeira pergunta sobre sexo
masculino e feminino.

4.8.2 QUAL A SUA IDADE?

____________________________________________________________________________________________
FIB - Rua Xingu, nº 179, Jardim Atalaia, Stiep, Salvador – BA.
61

IDADE Frequência %

18 A 25 ANOS 223 33%

26 A 35 ANOS 256 38%

36 A 45 ANOS 85 13%

46 A 55 ANOS 70 10%

56 A 65 ANOS 39 6%

ACIMA DE 66 7 1%

Total 680 100%

QUAL SUA IDADE?


6% 1%
10% 18 A 25 ANOS
33%
26 A 35 ANOS
13% 36 A 45 ANOS
46 A 55 ANOS
56 A 65 ANOS
ACIMA DE 66
37%
A grande maioria dos entrevistados tinha idade entre 18 e 35 anos,
totalizando dentro dos 680 ouvidos um percentual de 70%, enquanto a minoria tinha
idade superior a 66 anos.

4.8.3 NÍVEL DE ESCOLARIDADE

ESCOLARIDADE Frequência %
PRIMÁRIO COMPLETO / GINASIAL INCOMPLETO 14 2%
GINASIAL COMPLETO / COLEGIAL INCOMPLETO 72 11%
COLEGIAL COMPLETO / SUPERIOR INCOMPLETO 342 50%
SUPERIOR COMPLETO 179 26%
PÓS GRADUAÇÃO 73 11%
Total 680 100%

____________________________________________________________________________________________
FIB - Rua Xingu, nº 179, Jardim Atalaia, Stiep, Salvador – BA.
62

NÍVEL DE ESCOLARIDADE
11% 2% 11% PRIMÁRIO COMPLETO /
GINASIAL INCOMPLETO
GINASIAL COMPLETO /
COLEGIAL INCOMPLETO
26% COLEGIAL COMPLETO /
SUPERIOR INCOMPLETO
SUPERIOR COMPLETO

50% PÓS GRADUAÇÃO

Quanto ao grau de escolaridade a maioria dos entrevistados (50%) possui


colegial completo ou nível superior incompleto. Enquanto, em segundo lugar temos o
nível superior completo com 179 entrevistados.

4.8.4 ESTADO CIVIL

ESTADO CIVIL Frequência %

SOLTEIRO 407 59%

CASADO 210 31%

DIVORCIADO 34 5%

VIUVO 12 2%

OUTROS 17 3%

Total 680 100%

____________________________________________________________________________________________
FIB - Rua Xingu, nº 179, Jardim Atalaia, Stiep, Salvador – BA.
63

ESTADO CÍVIL
5% 2%3%
SOLTEIRO
CASADO
31%
DIVORCIADO
59% VIUVO
OUTROS

Por termos constatado na questão acima que a grande maioria dos


entrevistados foi jovem com idade entre 18 e 35 anos, houve uma grande influencia
no estado civil, o que é natural. Solteiros foi equivalente a 407 questionários,
enquanto casados em segundo lugar obteve 207.Os outros estados equivaleram
apenas 10% dos questionários processados.

4.8.5 POSSUI FILHOS

POSSUI FILHOS Freqüência %

SIM 255 38%

NÃO 425 62%

Total 680 100%

____________________________________________________________________________________________
FIB - Rua Xingu, nº 179, Jardim Atalaia, Stiep, Salvador – BA.
64

POSSUI FILHOS
38%
SIM
NÃO
62%

A grande maioria dos entrevistados não possui filhos. Apenas 255 pessoas
responderam que Sim.

4.8.6 QUAL SUA OCUPAÇÃO

OCUPAÇÃO Frequência %
TRABALHA 323 48%
ESTUDA 63 9%
TRABALHA E ESTUDA 244 36%
DESEMPREGADO 3 0%
DONA DE CASA 7 1%
APOSENTADO 34 5%
OUTROS 6 1%
Total 680 100%

____________________________________________________________________________________________
FIB - Rua Xingu, nº 179, Jardim Atalaia, Stiep, Salvador – BA.
65

OCUPAÇÃO
1% 5% 1%
0% TRABALHA
ESTUDA
TRABALHA E ESTUDA
48%
DESEMPREGADO
36% DONA DE CASA
APOSENTADO
OUTROS
9%
A pesquisa aleatória pode-se observar que a maioria dos entrevistados só
trabalha (49%) e logo após vem o grupo do que trabalham e estudam com 36% da
amostra total.

4.8.7 QUAL SUA RENDA FAMILIAR?

RENDA FAMILIAR Frequência %


ATÉ R$ 380,00 8 1%
DE R$ 380,01 A R$ 1.140,00 137 20%
DE R$ 1.140,01 A R$ 2.280,00 167 25%
DE R$ 2.280,01 A R$ 4.180,00 179 27%
DE R$ 4.180,01 A R$ 7.220,00 102 15%
DE R$ 7.220,01 A R$ 11.780,00 50 7%
ACIMA DE R$ 11.780,01 37 5%
Total 680 100%

____________________________________________________________________________________________
FIB - Rua Xingu, nº 179, Jardim Atalaia, Stiep, Salvador – BA.
66

RENDA FAMILIAR
7% 5% 1% A TÉ R$ 380,00
20%
DE R$ 380,01A R$ 1.140,00

15% DE R$ 1.140,01A R$ 2.280,00

DE R$ 2.280,01A R$ 4.180,00

DE R$ 4.180,01A R$ 7.220,00

DE R$ 7.220,01A R$
25% 11.780,00

27% A CIM A DE R$ 11.780,01

A pesquisa possibilitou um levantamento de todas as classes econômicas,


tendo um acréscimo considerável de 2% das pessoas que ganham de R$2.280,01 a
R$ 4.180,00 para quem ganha entre R$ 1.140,01 a R$ 2.280,00. Apenas 8 pessoas
do total da amostra responderam que tem renda familiar ate R$380,00.

4.8.8 FALANDO EM CARRO, QUAL A PRIMEIRA MARCA QUE VOCÊ LEMBRA?

FALANDO EM CARRO, QUAL A PRIMEIRA MARCA


Frequência %
QUE VOCÊ LEMBRA
FIAT 240 34%
CHEVROLET 106 16%
VOLKSWAGEN 176 26%
FORD 100 15%
OUTRAS 58 9%
Total 680 100%

____________________________________________________________________________________________
FIB - Rua Xingu, nº 179, Jardim Atalaia, Stiep, Salvador – BA.
67

PRIMEIRA MARCA QUE


LEMBRA
9%
FIAT
15% 34%
CHEVROLET
VOLKSWAGEN
FORD
OUTRAS
26%
16%
Pode observar que a FIAT é a marca que possui o maior Recall com 240 dos
entrevistados lembrando-se dela em primeiro lugar. Logo após vem a Volks com 176
dos entrevistados. Enquanto a Ford e Chevrolet se matem quase empatadas com
15% e 16% do total da amostra respectivamente.

4.8.9 POSSUI CARRO?

POSSUI CARRO Frequência %

SIM 357 52%

NÃO 323 48%

Total 680 100%

POSSUI CARRO

48% SIM
52% NÃO

____________________________________________________________________________________________
FIB - Rua Xingu, nº 179, Jardim Atalaia, Stiep, Salvador – BA.
68

Uma pesquisa aleatória nos traz questões balanceadas, o que aconteceu


com essa questão onde a diferença de 4% entre quem possui carro para quem não
possui é bastante pequena. A maioria dos entrevistados possui veiculo próprio.

4.8.10 PRETENDE ADQUIRIR UM CARRO?

PRETENDE ADQUIRIR UM CARRO Frequência %


SIM 285 42%
NÃO 38 5%
Total 323 47%
POSSUI CARRO 357 53%
680 100%

PRETENDE ADQUIRIR
UM CARRO
12%

SIM
NÃO

88%
Atendendo ao objeto pesquisado, a pesquisa mostra que 88% dos que não
possuem carro pretendem adquirir um.

4.8.11 QUAL TIPO PRETENDE ADQUIRIR?

QUAL O TIPO QUE PRETENDE ADQUIRIR Frequência %

NOVO 171 25%

SEMI-NOVO 114 17%

____________________________________________________________________________________________
FIB - Rua Xingu, nº 179, Jardim Atalaia, Stiep, Salvador – BA.
69

Total 285 42%

POSSUI CARRO / NÃO PRETENDE ADQUIRIR 395 58%

680 100%

TIPO QUE PRETENDE


ADQUIRIR
40% NOVO

60% SEMI-NOVO

Dos que pretendem adquirir carro 60% dos entrevistados querem um carro
novo enquanto os outros 40% equivalem a 144 entrevistados.

4.8.12 QUAL A MARCA DO VEICULO PRETENDIDO?

QUAL A MARCA DO VEICULO PRETENDIDO Frequência %


FIAT 100 15%
CREVROLET 59 9%
VOLKSWAGEN 71 10%
FORD 38 6%
OUTRAS 17 3%
Total 285 42%
POSSUI CARRO / NÃO PRETENDE ADQUIRIR 395 58%
680 100%

____________________________________________________________________________________________
FIB - Rua Xingu, nº 179, Jardim Atalaia, Stiep, Salvador – BA.
70

MARCA QUE PRETENDE


6%
13% FIAT
35%
CREVROLET
VOLKSWAGEN
FORD
25%
OUTRAS

21%
Assim como o recall mais alto Fiat vem primeiro do que todas as outras com
35% dos entrevistados que pretendem adquirir um carro, logo depois a Volkswagen
com 25% e a Chevrolet com 21%.

4.8.13 QUAL A MARCA DO VEICULO QUE POSSUI?

QUAL A MARCA DO VEICULO QUE POSSUI Frequência %


FIAT 102 15%
CHEVROLET 70 10%
VOLKSWAGEN 73 11%
FORD 56 8%
OUTRAS 50 7%
Total 357 52%
NÃO POSSUI CARRO 323 48%
680 100%

____________________________________________________________________________________________
FIB - Rua Xingu, nº 179, Jardim Atalaia, Stiep, Salvador – BA.
71

MARCA QUE POSSUI


14%
29% FIAT

16% CHEVROLET
VOLKSWAGEN
FORD
OUTRAS
21% 20%

Para aqueles que já possuem veiculo próprio a marca que mais aparece nas
pesquisas também foi Fiat com 102 entrevistados, depois a Volkswagen e a
Chevrolet numa diferença de apenas 3 entrevistados.

4.8.14 O QUE MAIS LHE INFLUENCIA NA ESCOLHA DA CONCESSIONÁRIA?

O QUE MAIS LHE INFLUENCIA NA ESCOLHA DA


Frequência %
CONCESSIONARIA
CONDIÇÕES DE PAGAMENTO / PREÇO 367 54%
ATENDIMENTO 91 13%
SERVIÇO DE PÓS VENDAS 54 8%
MARCA 94 14%
LOCALIZAÇÃO 24 4%
OUTROS MOTIVOS 12 2%
Total 642 95%
NÃO PRETENDE ADQUIRIR CARRO 38 5%
680 100%

____________________________________________________________________________________________
FIB - Rua Xingu, nº 179, Jardim Atalaia, Stiep, Salvador – BA.
72

O QUE MAIS INFLUENCIA NA


ESCOLHA DA CONCESSIONÁRIA
4% 2% CONDIÇÕES DE PAGAMENTO /
15% PREÇO
ATENDIMENTO

SERVIÇO DE PÓS VENDAS


8% 57%
MARCA

LOCALIZAÇÃO
14%
OUTROS MOTIVOS

Condições de pagamento é sem duvida o fator que mais influencia na


escolha das concessionárias dos entrevistados, 367 do valor total da amostra. Em
segundo lugar veio a marca com 15%. E o atendimento logo após com 14%.

4.8.15 QUAL MOTIVO O AJUDA NA ESCOLHA POR DETERMINADO MODELO DE


CARRO?

QUE MOTIVO O AJUDA NA ESCOLHA POR


Frequência %
DETERMINADO MODELO DE CARRO
STATUS 26 4%
INFLUENCIA DE TERCEIROS 16 2%
INFLUENCIA DA MIDIA 11 2%
SUPRIR AS NECESSIDADES BÁSICAS 198 29%
SATISFAÇÃO / CONFORTO 375 55%
OUTROS 16 2%
Total 642 94%
NÃO PRETENDE ADIQUIRIR 38 6%
680 100%

____________________________________________________________________________________________
FIB - Rua Xingu, nº 179, Jardim Atalaia, Stiep, Salvador – BA.
73

AJUDA A ESCOLHER
DETERMINADO MODELO
2% 4% 2% STATUS
2%
INFLUENCIA DE TERCEIROS

31% INFLUENCIA DA MIDIA

SUPRIR AS NECESSIDADES
BÁSICAS
59% SATISFAÇÃO / CONFORTO

OUTROS

Sobre a escolha do carro satisfação e conforto (59%) são os principais


motivos na hora de escolher do modelo, logo depois suprir as necessidades básicas.
Os outros itens deram empatados em 2%, apenas status um pouco mais com 4%
ficando em terceiro lugar.

4.8.16 COM QUE FREQUÊNCIA O SENHOR TROCA DE CARRO?

COM QUE FREQUENCIA O SR. TROCA DE CARRO Frequência %


MENOS DE 1 ANO 10 1%
DE 1 A 2 ANOS 105 15%
DE 3 A 4 ANOS 189 28%
ACIMA DE 4 ANOS 38 6%
NUNCA TROQUEI DE CARRO 300 44%
Total 642 94%
NÃO PRETENDE ADIQUIRIR 38 6%
680 100%

____________________________________________________________________________________________
FIB - Rua Xingu, nº 179, Jardim Atalaia, Stiep, Salvador – BA.
74

FREQUÊNCIA COM QUE TROCA DE


CARRO
2%
16%
MENOS DE 1 ANO
DE 1 A 2 ANOS
47%
DE 3 A 4 ANOS
ACIMA DE 4 ANOS

29% NUNCA TROQUEI DE CARRO

6%
A maioria dos entrevistados informou que nunca havia trocado de carro,
talvez isso se deva a uma grande parte da pesquisa corresponder aos jovens que
acabaram de adquirir um. Logo depois, pode-se observar, que quem possui
automóvel, troca de veículos no prazo de 3 a 4 anos.

4.8.17 QUAL ÉPOCA NORMALMENTE O SENHOR TROCA DE CARRO?

QUAL A EPOCA QUE O SR. NORMALMENTE TROCA


Frequência %
DE CARRO
JANEIRO A MARÇO 114 17%
ABRIL A JUNHO 40 6%
JULHO A SETEMBRO 43 6%
OUTUBRO A DEZEMBRO 141 21%
NÃO TEM EPOCA 304 45%
Total 642 95%
NÃO PRETENDE ADIQUIRIR 38 5%
680 100%

____________________________________________________________________________________________
FIB - Rua Xingu, nº 179, Jardim Atalaia, Stiep, Salvador – BA.
75

EPOCA QUE NORMALMENTE


TROCA DE CARRO
18%

JANEIRO A MARÇO
6%
47% ABRIL A JUNHO
JULHO A SETEMBRO

7% OUTUBRO A DEZEMBRO
NÃO TEM EPOCA

22%

Sobre sazonalidade no setor automobilístico, podemos perceber que a


maioria dos entrevistados informou que não há época certa para trocar de carro.
Enquanto, 22% informaram que trocam de carro de outubro a dezembro, e 18% de
janeiro a março. Os outros meses do ano equivaleram apenas a 13% do total de
questionários aplicados.

4.8.18 QUAL SERVIÇO MAIS UTILIZA NA CONCESSIONÁRIA?

QUAL O SERVIÇO QUE MAIS UTILIZA NA


Frequência %
CONCESSIONÁRIA
COMPRA OU TROCA DE CARRO 151 22%
COMPRA DE PEÇAS OU ACESSÓRIOS 48 7%
REVISÕES 133 20%
FUNILARIA 7 1%
NUNCA UTILIZEI SERVIÇOS NA CONCESSIONARIA 291 43%
OUTROS 12 2%
Total 642 95%
NÃO PRETENDE ADIQUIRIR 38 5%
680 100%

____________________________________________________________________________________________
FIB - Rua Xingu, nº 179, Jardim Atalaia, Stiep, Salvador – BA.
76

QUAL SERVIÇO MAIS UTILIZA NA


CONCESSIONÁRIA
COMPRA OU TROCA DE CARRO
2%
24% COMPRA DE PEÇAS OU
ACESSÓRIOS
REVISÕES
45%
FUNILARIA
7%
NUNCA UTILIZEI SERVIÇOS NA
CONCESSIONARIA
OUTROS
21%
1%
Compra ou troca de carro e revisões estão entre os principais serviços
utilizados nas concessionárias. Entretanto, 45% dos entrevistados destacaram que
nunca utilizaram os serviços das mesmas.

4.8.19 O SENHOR CONHECE A BREMEN?

VOCÊ CONHECE A BREMEN Frequência %


SIM, JA OUVI FALAR 415 61%
SIM, JA UTILIZEI OS SERVIÇOS 68 10%
SIM, CONHEÇO ALGUEM QUE
73 11%
FREQUENTA
NÃO 124 18%
Total 680 100%

____________________________________________________________________________________________
FIB - Rua Xingu, nº 179, Jardim Atalaia, Stiep, Salvador – BA.
77

CONHECE A BREMEN
18% SIM, JA OUVI FALAR

SIM, JA UTILIZEI OS
11% SERVIÇOS
SIM, CONHEÇO ALGUEM
QUE FREQUENTA
61%
10% NÃO

O resultado desse item atendeu ao objeto pesquisado onde 61% dos


entrevistados informaram que conhecem a Bremen. Enquanto, 18%
informou que não conhece.

4.8.20 QUAL A UNIDADE DE MAIS FÁCIL ACESSO?

QUAL UNIDADE QUE O SR. CONSIDERA DE MAIS


Frequência %
FÁCIL ACESSO
RETIRO 198 29%
COSTA AZUL 250 37%
NÃO LEMBRA / NÃO SABE 232 34%
Total 680 100%

UNIDADE DE MAIS FÁCIL


ACESSO
29% RETIRO
34%

COSTA AZUL

NÃO LEMBRA / NÃO SABE


37%

____________________________________________________________________________________________
FIB - Rua Xingu, nº 179, Jardim Atalaia, Stiep, Salvador – BA.
78

250 pessoas informaram que a unidade de mais fácil acesso é a do Costa


Azul e 232 pessoas não lembram ou não sabem o onde se localiza a Bremen, dando
uma diferença em percentual de 3%.

4.8.21 QUAL O TIPO DE PROMOÇÃO MAIS LHE ATRAI?

QUAL O TIPO DE PROMOÇÃO QUE MAIS LHE ATRAI Frequência %


DESCONTOS 549 81%
CUPONS 11 2%
SORTEIOS 34 5%
BRINDES 52 8%
FEIRÃO 34 5%
Total 680 100%
Como era de se esperar, a mecânica de promoção comumente relembrada
pelos consumidores é a de descontos, seguida de brindes.

4.9 Cruzamento

4.9.1 SEXO X PESSOAS QUE POSSUEM CARRO

POSSUI CARRO
SEXO TOTAL
SIM NÃO

MASCULINO 218 154 372

FEMININO 139 169 308

TOTAL 357 323 680

____________________________________________________________________________________________
FIB - Rua Xingu, nº 179, Jardim Atalaia, Stiep, Salvador – BA.
79

POSSUI CARRO
39% MASCULINO

61% FEMININO

NÃO POSSUI CARRO

48% MASCULINO
52%
FEMININO

Os homens são maiores possuidores de carros do que as mulheres.


Entretanto, quando falamos em não possuir veiculo próprio, a disputa é equiparada
ficando a mulher com apenas 4% a mais do que os homens na amostra total de
questionários aplicados.

4.9.2 IDADE X PESSOAS QUE POSSUEM CARRO

POSSUI CARRO
IDADE TOTAL
SIM NÃO
18 A 25 ANOS 73 150 223
26 A 35 ANOS 146 110 256
36 A 45 ANOS 54 31 85
46 A 55 ANOS 49 21 70
56 A 65 ANOS 31 8 39
ACIMA DE 66 4 3 7
TOTAL 357 323 680

____________________________________________________________________________________________
FIB - Rua Xingu, nº 179, Jardim Atalaia, Stiep, Salvador – BA.
80

POSSUI CARRO
9% 1%
20% 18 A 25 ANOS
14% 26 A 35 ANOS
36 A 45 ANOS
46 A 55 ANOS
15% 56 A 65 ANOS
41% ACIMA DE 66

NÃO POSSUI CARRO


7% 2% 1% 18 A 25 ANOS
10%
26 A 35 ANOS
46% 36 A 45 ANOS
46 A 55 ANOS
56 A 65 ANOS
34%
ACIMA DE 66

A pesquisa mostra que 46% dos pesquisados que não possuem carro tem
entre 18 e 25 anos, e representa a maior parte do nosso público alvo primário, que
está entre 18 e 45 anos. Já entre os que possuem carro a maior concentração
encontra-se na faixa etária de 26 a 35.

4.9.3 RENDA X PESSOAS QUE POSSUEM CARRO

POSSUI CARRO
RENDA FAMILIAR TOTAL
SIM NÃO
ATÉ R$ 380,00 2 6 8
DE R$ 380,01 A R$ 1.140,00 33 104 137
DE R$ 1.140,01 A R$ 2.280,00 82 85 167
DE R$ 2.280,01 A R$ 4.180,00 108 71 179

____________________________________________________________________________________________
FIB - Rua Xingu, nº 179, Jardim Atalaia, Stiep, Salvador – BA.
81

DE R$ 4.180,01 A R$ 7.220,00 65 37 102


DE R$ 7.220,01 A R$ 11.780,00 37 13 50
ACIMA DE R$ 11.780,01 30 7 37
TOTAL 357 323 680

POSSUI CARRO A TÉ R$ 380,00

8% 1% 9% DE R$ 380,01A R$ 1.140,00
10%
DE R$ 1.140,01A R$ 2.280,00

23% DE R$ 2.280,01A R$
4.180,00
DE R$ 4.180,01A R$
18% 7.220,00
DE R$ 7.220,01A R$
11.780,00
A CIM A DE R$ 11.780,01
31%
NÃO POSSUI CARRO ATÉ R$ 380,00

4% 2% 2% DE R$ 380,01 A R$ 1.140,00
11%
DE R$ 1.140,01 A R$ 2.280,00
33%
DE R$ 2.280,01 A R$
4.180,00
DE R$ 4.180,01 A R$
7.220,00
22% A pesquisa apontou que quem tem uma renda familiar acima de R$ 1.140,00
DE R$ 7.220,01 A R$
tem maior probabilidade de ter um carro. E que entre 11.780,00
R$2.280,00 a R$4.180,00
ACIMA DE R$ 11.780,01
detém da maior fatia de pessoas que possuem veiculo próprio.
26%

4.9.4 LEMBRANÇA X SEXO

FALANDO EM CARRO, QUAL A PRIMEIRA MARCA QUE


SEXO VOCÊ LEMBRA TOTAL
FIAT CHEVROLET VOLKSWAGEN FORD OUTRAS
MASCULINO 134 67 104 34 33 372
FEMININO 106 39 72 66 25 308
TOTAL 240 106 176 100 58 680
____________________________________________________________________________________________
FIB - Rua Xingu, nº 179, Jardim Atalaia, Stiep, Salvador – BA.
82

MARCA MAIS LEMBRADA


PELO SEXO MASCULINO
9%
9% FIAT
36% CHEVROLET
VOLKSWAGEN
FORD
28%
OUTRAS
18%

MARCA MAIS LEMBRADA


PELO SEXO FEMININO
8%
FIAT
21% 35%
CHEVROLET
VOLKSWAGEN
FORD
OUTRAS
23% 13%

A Fiat é a marca mais lembrada tanto pelos homens como pelas mulheres,
ficando a VOLKSWAGEN em segundo lugar.

4.9.5 PRETENDE ADQUIRIR CARRO X SEXO

PRETENDE ADQUIRIR UM CARRO


SEXO TOTAL
SIM NÃO
MASCULINO 145 15 160
FEMININO 140 23 163
TOTAL 285 38 323

____________________________________________________________________________________________
FIB - Rua Xingu, nº 179, Jardim Atalaia, Stiep, Salvador – BA.
83

PRETENDE ADQUIRIR
CARRO

49% MASCULINO
51% FEMININO

NÃO PRETENDE
ADQUIRIR CARRO
39%
MASCULINO
FEMININO
61%

O primeiro gráfico aponta que o desejo da aquisição de um veículo entre o


homem e a mulher é quase igual, ficando uma diferença de 3% apenas. No segundo
gráfico o público feminino foi superior na falta de interesse na aquisição de um
veículo.

4.9.6 PESSOAS QUE CONHECEM A BREMEN X SEXO

VOCÊ CONHECE A BREMEN


SEXO SIM, CONHEÇO TOTAL
SIM, JA OUVI SIM, JA UTILIZEI
ALGUEM QUE NÃO
FALAR OS SERVIÇOS
FREQUENTA

____________________________________________________________________________________________
FIB - Rua Xingu, nº 179, Jardim Atalaia, Stiep, Salvador – BA.
84

MASCULINO 244 38 39 51 372

FEMININO 171 30 34 73 308

TOTAL 415 68 73 124 680

HOMENS QUE CONHECEM A


BREMEN
SIM, JA OUVI FALAR
14%

10% SIM, JA UTILIZEI OS


SERVIÇOS

SIM, CONHEÇO
10% ALGUEM QUE
66%
FREQUENTA
NÃO

MULHERES QUE CONHECEM


A BREMEN SIM, JA OUVI FALAR
24%
SIM, JA UTILIZEI OS
SERVIÇOS

55% SIM, CONHEÇO


11% ALGUEM QUE
FREQUENTA
10% NÃO

61% dos entrevistados conhecem a Bremen, sendo o universo na sua


maioria constituída por homens.

4.9.7 UNIDADE DE MAIS FÁCIL ACESSO X SEXO

QUAL UNIDADE QUE O SR. CONSIDERA DE MAIS FÁCIL ACESSO TOTAL


SEXO
RETIRO COSTA NÃO LEMBRA / NÃO SABE
____________________________________________________________________________________________
FIB - Rua Xingu, nº 179, Jardim Atalaia, Stiep, Salvador – BA.
85

AZUL
MASCULINO 127 133 112 372
FEMININO 71 117 120 308
TOTAL 198 250 232 680

UNIDADE DE MAIS FÁCIL


ACESSO PARA OS HOMENS
30% RETIRO
34%

COSTA AZUL

NÃO LEMBRA / NÃO


SABE
36%

UNIDADE DE MAIS FÁCIL


ACESSO PARA AS MULHERES
23% RETIRO
39%
COSTA AZUL

NÃO LEMBRA / NÃO


SABE
38%

A Bremen do Costa Azul foi considerada a unidade de mais fácil acesso


tanto para os homens quanto para as mulheres.

____________________________________________________________________________________________
FIB - Rua Xingu, nº 179, Jardim Atalaia, Stiep, Salvador – BA.
86

4 PLANEJAMENTO DE COMUNICAÇÃO

4.1 Análise do cenário atual

Segundo a Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores


(Fenabrave), no período de janeiro a junho de 2008 houve um crescimento de 27,4%
nas vendas em relação ao mesmo período do ano de 2007, já na Bahia a média é
superior, 32,5%. Porém, o mercado baiano já está sofrendo os reflexos da crise
econômica dos Estados Unidos. Os juros aumentaram provocando queda nas
vendas de carros novos e usados, isso porque financiamento é a principal forma de
pagamento escolhida pelos compradores. Esta situação pode, até mesmo, acarretar
uma redução no valor dos automóveis.

4.2 Concessionária Bremen

A Bremen comercializa os seguintes carros novos: Gol, Novo Gol, Pólo


Hatch, Pólo Sedan, Bora, Fox, Crossfox, Spacefox, Golf, Parati, Kombi, Saveiro,
Jetta, Passat, New Beetle. Além disso, a concessionária disponibiliza aos clientes
inúmeros serviços como venda de seminovos de várias marcas, venda de peças e
acessórios, revisões e manutenções programadas, serviços de garantia, CRM, BDC
e F&I. As duas unidades (Retiro e Costa Azul) contam com atendimento
personalizado e diferenciado para clientes com necessidades especiais e uma
grande infra-estrutura para garantir conforto e deixar o cliente à vontade. Com pouco
mais de cinco anos de mercado já conquistou a liderança na venda de veículos
Volkswagen no Nordeste.
Diversos fatores são levados em consideração, em relação aos preços dos
carros. Os preços dos carros nacionais novos variam de R$ 24.900,00 (vinte de
quatro mil e novecentos reais) a R$ 58.000,00 (cinqüenta e oito mil reais). Já os
importados da Volkswagen, custam de R$ 59.000,00 (cinqüenta e nova mil reais) e
R$ 160.000,00 (cento e sessenta mil reais).
Atualmente a Bremen tem uma participação de 38% nas vendas de carro
com a bandeira Volkswagen em Salvador. O critério de vendas utilizado pela
concessionária é o de negociação tradicional pela própria empresa ou pelo BDC
____________________________________________________________________________________________
FIB - Rua Xingu, nº 179, Jardim Atalaia, Stiep, Salvador – BA.
87

(Business Development Center) ou Centro de Desenvolvimento de Negócios (Tele-


vendas) que funciona passivamente, recebendo ligações de clientes ou
prospectando ativamente, ligando para eles.

4.3 Posicionamento

A concessionária Bremen se posiciona como líder no mercado (Nordeste) de


carros populares Volkswagen. Segundo o Marketing da empresa, isso se deve à
qualidade do serviço prestado, o bom atendimento, estoque e estrutura das lojas e a
credibilidade da bandeira que representam.

4.4 Análise de PFOA

4.4.1 POTENCIALIDADES

· A Bremen é líder em vendas de veículos Volkswagen no Nordeste há três


anos consecutivos.

· Tem uma excelente estrutura física e um bom estoque para garantir a pronta
entrega.

· Integra o maior grupo de concessionárias do Norte/Nordeste e segundo no


Brasil.

· Com dois pontos de venda consegue vender mais carros que sua principal
concorrente, Sanave, que tem três.

4.4.2 FRAGILIDADES

· A concessionária vende poucos seminovos;

· Desconhecimento dos endereços das concessionárias Bremen.

· As duas localizações, Retiro e Costa Azul, não estão em pontos estratégicos


da Cidade.

____________________________________________________________________________________________
FIB - Rua Xingu, nº 179, Jardim Atalaia, Stiep, Salvador – BA.
88

4.4.3 OPORTUNIDADES

· A marca Volkswagen tem grande credibilidade entre os consumidores;

· O Gol é o carro mais vendido no ano de 2008, de janeiro a setembro.

· A marca Volkswagen é a segunda marca mais vendida, representando uma


fatia de 22,3%, no mercado de Salvador;

· Aumento do poder aquisitivo da população brasileira;

· Crescimento do número de trabalhadores com carteira assinada na Bahia


(Facilita na aprovação do crédito, além de gerar estabilidade para as
pessoas);

· Facilidade de acesso ao crédito;

· Ascensão das mulheres ao mercado de trabalho (elas representam,


aproximadamente, 40% das vendas do mercado);

· Lançamento de produtos novos como o Novo Gol e Voyage que são carros
bastante competitivos.

4.4.4 AMEAÇAS

· As financeiras estão cada vez mais exigentes em relação à análise de crédito,


dificultando a liberação da compra;

· Alta dos juros proveniente da crise econômica no exterior;

· Os preços das vendas dos carros são tabelados pela própria marca
Volkswagen;

· Queda de 5% na produção do setor industrial automotivo em 2008;

· Quase metade da classe desempregada brasileira é jovem, com idade entre


15 e 24 anos;

· Bandeiras como a Fiat que detém uma considerável fatia do mercado, sendo
um concorrente potencial.

____________________________________________________________________________________________
FIB - Rua Xingu, nº 179, Jardim Atalaia, Stiep, Salvador – BA.
89

4.5 Fatos relevantes sobre a Bremen

· A Bremen é líder em vendas no Nordeste da bandeira Volkswagen;

· Enquanto seu maior concorrente, a Sanave, tem três filiais, a Bremen tem
duas e vende mais.

· Apesar de ser mais nova que seu concorrente, a Bremen superou a Sanave
em vendas e tornou-se líder de mercado.

· A loja do Costa azul tem estratégias diferentes em relação à do Retiro. A idéia


é atingir os moradores das regiões adjacentes é vender os carros mais
luxuosos.

4.6 Fatos relevantes sobre o Mercado

· O mercado vem crescendo em relação ao ano passado, mesmo com o


aumento dos juros.

· A marca que mais vende automóveis na Bahia é a Fiat, porém o carro mais
vendido é o Gol, veículo da Volkswagen que a Bremen dispõe.

· A Volkswagen lançou, nesse ano, dois carros bastante competitivos. O Novo


Gol, carro consagrado por sua robustez e agora vem com um design
avançado e atraente. Resgatou o Voyage, versão sedan do Novo Gol, que irá
alavancar as vendas em todas as concessionárias da marca, visto que esse
modelo é tradicional pela boa imagem que deixou pelos modelos mais
antigos.

4.7 Concorrência

O mercado de veículos na Bahia, e, em especial, em Salvador, encontra-se


cada vez mais concorrido, com o constante surgimento de novas concessionárias.
Pequenas revendas de multimarcas e concessionárias especializadas, de pequeno e
grande porte, disputam a atenção do público para garantir suas vendas.

____________________________________________________________________________________________
FIB - Rua Xingu, nº 179, Jardim Atalaia, Stiep, Salvador – BA.
90

Concorrentes diretos:

· Sanave (VW)

· Baviera (VW)

· Saveiro (VW)

Concorrentes indiretos:

· Fiori (Fiat)

· Cresauto (Fiat)

· América (Fiat)

· Marvel (Fiat)

· Grande Bahia (GM)

· Codisman (GM)

· Retirauto (GM)

· Tratocar (GM)

· Indiana (Ford)

· Morena (Ford)

· Revisa (Ford)

Dentre os concorrentes diretos, a Sanave é uma grande ameaça, pois


revende a mesma marca e ocupa a segunda maior fatia de mercado nas vendas de
veículos Volkswagen na Bahia.
Quanto à concorrência indireta, as concessionárias Fiat são as que mais
disputam o mercado com a Bremen, visto que os veículos da marca estão entre os
mais procurados e consumidos na Bahia.

4.8 Público-alvo

Ambos os sexos de 18 a 60 anos, classes A, B, e C. (Segundo pesquisa de


campo).
____________________________________________________________________________________________
FIB - Rua Xingu, nº 179, Jardim Atalaia, Stiep, Salvador – BA.
91

4.8.1 PERFIL

O público alvo da Bremen tem idade intermediária e poder aquisitivo


razoável, demonstra um perfil voltado para a satisfação e conforto além de priorizar
o suprimento das necessidades básicas, como locomoção diária. O status também
influencia, porém de forma menos intensa que os outros fatores. (Perfil observado
em relatório da pesquisa de campo).

4.9 Objetivos de comunicação

· Estimular a lembrança da localização das concessionárias Bremen;

· Gerar vendas de veículos Volkswagen para que seja possível a manutenção


da liderança;

· Fidelizar os clientes;

· Informar sobre os serviços, estrutura e atendimento.

4.10 Estratégias de comunicação

· Fazer divulgação nos principais veículos de massa a respeito da localização


das concessionárias;

· Divulgar a condição de líder em vendas de veículos Volkswagen no Norte e


Nordeste;

· Desenvolver um cartão de fidelidade para estimular o retorno do cliente após


a primeira compra.

· Fazer ações de merchandising e promoção de vendas;

· Divulgar os lançamentos como Novo Gol e Novo Gol Sedan (Voyage) para
estimular as vendas desses modelos na Bremen;

· Divulgar condições de pagamentos, como parcelas de 60 e 72 meses;

____________________________________________________________________________________________
FIB - Rua Xingu, nº 179, Jardim Atalaia, Stiep, Salvador – BA.
92

· Enfatizar os serviços e valores agregados da concessionária em seus


comerciais.

____________________________________________________________________________________________
FIB - Rua Xingu, nº 179, Jardim Atalaia, Stiep, Salvador – BA.
93

5 PLANEJAMENTO DE CAMPANHA

5.1 Problema de comunicação

Apesar de ser líder em vendas de carros Volkswagen em Salvador, a


Bremen não tem pontos de venda bem localizados e o público tem dificuldade em
lembrar onde achar uma concessionária, portanto esse é um dos problemas que a
campanha deve solucionar. As informações sobre os endereços devem aparecer na
maioria das peças. Outro fator relevante é estimular a lembrança do status de líder
na mente do cliente, isso atribui confiança à marca. Suas vendas precisam ser
mantidas, sobretudo nesse momento de crise econômica, e esse argumento será
importante. A campanha deverá, também, desempenhar ações para fidelização dos
clientes.

5.2 Perfil da Audiência Alvo

As campanhas devem atingir um público de classes A, B e C, de Salvador e


Região Metropolitana moradores de bairros de classe média e, populares com
menor intensidade.

5.3 Benefício Principal

A Bremen oferece uma estrutura confortável e um bom estoque, o que


facilita a venda de pronta entrega. Disponibiliza também profissionais qualificados
que prestam um bom atendimento.

5.4 Argumento de venda

A Bremen é líder em vendas de Volkswagen no Nordeste e tem dois


endereços que garantem comodidade aos clientes.

____________________________________________________________________________________________
FIB - Rua Xingu, nº 179, Jardim Atalaia, Stiep, Salvador – BA.
94

5.5 Argumento e posicionamento dos concorrentes

Concessionária Posicionamento Argumento


Sanave Concessionária de Sua história de liderança
bandeira Volks mais faz dela uma empresa
tradicional na Bahia. confiável, pois já tem sua
marca consolidada.
Saveiro A concessionária Volks na A Saveiro é a
Cidade Baixa concessionária onde o
cliente encontra conforto e
atendimento
personalizado.
Baviera A concessionária Volks Concessionária Volks em
melhor localizada de frente ao Iguatemi.
Salvador.

5.6 Tom da Campanha

A campanha deve utilizar o apelo racional estilo varejista, pois é o segmento


que a Bremen representa. Sempre focando no estímulo à venda.

5.7 Obrigatoriedades

Em todas as peças deve constar a logomarca da Volkswagen, número de


telefone e endereço das concessionárias (Retiro e Costa Azul). Não deve ser
mencionado o nome do grupo Parvi, muito menos fazer associação com a Bremen.
Nos casos em que forem divulgados taxas e planos de pagamento, devem ser
seguidas as orientações do Banco Central e Código de Defesa do Consumidor.
Quando houver preço tabelado ou promocional, mencionar o caráter ilustrativo das
imagens, assim como dar informações quanto às características do automóvel em
questão. Deve constar também a logomarca do IBAMA.

____________________________________________________________________________________________
FIB - Rua Xingu, nº 179, Jardim Atalaia, Stiep, Salvador – BA.
95

5.8 Conceito

Bremen, líder em vendas no Nordeste que tem o maior estoque, variedade e


melhores preços.

5.9 Cronograma

5.9.1 FASES

Período
Fases Jan Fev Marc Abr Mai Jun Julh Ago Set Out Nov Dez
Promoção x x x x
Vendas x x x x x x
Sustentação x x

5.9.1.1 Promoção

Os meses de maio e junho foram escolhidos para promoção com o objetivo


de alavancar vendas, pois o cliente afirma que esse é um período que costuma
apresentar um baixo desempenho por conseqüências do recesso junino. Já
dezembro é o ultimo mês do ano e deve existir um estímulo para a queima do
estoque por conta da mudança no ano de fabricação dos veículos.

5.9.1.2 Vendas

A Bremen é uma empresa de varejo e requer esforços significativos de


vendas, por isso resolvemos distribuir essa fase durante os meses que são fortes
comercialmente para o seguimento. Nesse caso, o mercado está aquecido e surge a
necessidade de estimular o cliente a comprar na Bremen.

5.9.1.3 Sustentação

Essa fase se restringe a dois meses porque o objetivo é manter a lembrança


na mente do cliente, por isso se intercala entre as fases de vendas e promoção. Seu
período é mais curto por não haver um forte apelo de vendas.

____________________________________________________________________________________________
FIB - Rua Xingu, nº 179, Jardim Atalaia, Stiep, Salvador – BA.
96

5.10 Praça

Salvador e Região Metropolitana.

5.11 Período

A campanha ocorrerá durante o ano de 2009,

____________________________________________________________________________________________
FIB - Rua Xingu, nº 179, Jardim Atalaia, Stiep, Salvador – BA.
97

6 PLANEJAMENTO DE PROMOÇÃO

6.1 Público-alvo

Ambos os sexos de 18 a 60 anos, pertencentes às classes A, B, e C.


(Segundo pesquisa de campo).

6.2 Perfil

O público-alvo da Bremen tem idade intermediária, em especial na fase


adulta, e poder aquisitivo razoável, ou seja, concentra-se a partir da classe média.
Demonstra um perfil voltado para a satisfação e o conforto, além de priorizar o
suprimento das necessidades básicas, como locomoção diária. O status também
influencia a decisão de compra, porém de forma menos intensa que os outros
fatores. (Perfil observado em relatório da pesquisa de campo)

6.3 Histórico promocional

A Bremen utiliza, constantemente, as mídias TV, rádio e jornal para divulgar


feirões e ofertas. Além disso, alguns materiais impressos e pintados (pintura nos
carros) informam as promoções e lançamentos, mantendo o recall da marca. Estes
materiais ajudam os clientes a reconhecerem suas necessidades e preferências pelo
produto de interesse. O meio rádio também é bastante utilizado para divulgação
institucional, com jingles; é através deste que a marca é fixada na mente do
consumidor. A comunicação promocional da Bremen tem como principais
características a informação, a lembrança e a conquista.
A concessionária, durante o ano de 2008, utilizou um apelo promocional
baseando-se apenas nos preços e condições facilitadas. Para aumentar as vendas,
foram feitas inúmeras campanhas divulgando fatores como preços, facilidades,
taxas, variedade de veículos e formas de pagamento. E para complementar, vários
feirões atuaram de forma mais direta e agressiva sob o consumidor.

____________________________________________________________________________________________
FIB - Rua Xingu, nº 179, Jardim Atalaia, Stiep, Salvador – BA.
98

6.4 Concorrência direta

O mercado de veículos na Bahia, especialmente, em Salvador, encontra-se


cada vez mais concorrido, com o constante surgimento de novas concessionárias.
Pequenas revendas de multimarcas e concessionárias especializadas, de médio e
grande porte, disputam a atenção do público para conquistar suas vendas.
Concorrentes diretos:
· Sanave (VW)
· Baviera (VW)
· Saveiro (VW)
Dentre os concorrentes diretos, a Sanave é uma grande ameaça, pois
revende a mesma marca e garante a segunda maior fatia de mercado, com
participação ativa em 3 unidades, nas vendas de veículos Volkswagen na Bahia.

6.5 Ações promocionais

6.5.1 CLIENTE FIEL BREMEN

6.5.1.1 Período

De 02 de janeiro a 31 de dezembro de 2009.

6.5.1.2 Definição

Promoção ligada ao recall da marca e à fidelização do cliente, com retorno


de médio e longo prazo. Compras (e trocas) de veículos, serviços, peças e
acessórios são revertidas em bônus. Possui um sistema acumulativo de pontos, que
são convertidos em créditos para compras realizadas nas lojas Bremen, de
Salvador.

____________________________________________________________________________________________
FIB - Rua Xingu, nº 179, Jardim Atalaia, Stiep, Salvador – BA.
99

6.5.1.3 Objetivos

· - Garantir o retorno do cliente à Bremen;


· - Aumentar a rotatividade de clientes nas concessionárias;
· - Fidelizar os clientes;
· - Aumentar o recall da marca;
· - Elevar a participação de mercado da Bremen;
· - Manter a liderança de vendas de veículos Volkswagen na Bahia;
· - Conquistar novos consumidores;
· - Aumentar as vendas de carros, novos e seminovos, e serviços.

6.5.1.4 Tipo de Promoção

Tudo que o cliente investe, volta como ponto, que é trocado por crédito.
Logo, os pontos acumulados podem ser usados como descontos nas compras e
utilização dos serviços na própria concessionária. A pontuação é acumulativa.

6.5.2 DIVULGAÇÃO

· Material de apoio:
Mala direta;
E-mail marketing;
Flyer;
· Merchandising:
Stand;
Promotor;
Brinde;
Software para vt interno;
Terminal de consulta de pontos;
TV LCD 42”;
TV 15”.

6.5.3 MECÂNICA PROMOCIONAL

Todo cliente que realizar compras e/ou serviços nas concessionárias


Bremen, Retiro ou Costa Azul, ao longo do ano de 2009, terá direito ao Cartão
Fidelidade, que será produzido nas próprias lojas, no momento da compra.

____________________________________________________________________________________________
FIB - Rua Xingu, nº 179, Jardim Atalaia, Stiep, Salvador – BA.
100

Para produção do cartão, o vendedor transmitirá os dados do cliente para o


sistema. Logo em seguida, imprimirá o cartão, onde irá constar: o nome do
proprietário do cartão, um código identificador numérico e individual e a tarja
magnética; além das informações gerais, como endereço e telefone da
concessionária. Serão impressos, também, duas vias do termo de responsabilidade.
Neste termo, constarão os seguintes dados do cliente: nome completo, RG, CPF,
endereço, telefone (fixo e celular) para contato e e-mail; dados da empresa: Razão
Social, CNPJ, Inscrição Estadual, endereço e telefone; e o regulamento do cartão. O
cliente terá que assinar as duas vias, uma da empresa e outra do responsável. A
numeração dará acesso ao site www.clientefielbremen.com.br, que disponibilizará
um espaço para consulta de pontos e promoções.

6.5.4 LEGISLAÇÃO – REGULAMENTO DA PROMOÇÃO

A cada R$ 10,00 (dez reais) em compras, o cliente ganhará 1 (um) ponto,


que equivale a R$ 1,00 (um real) em bônus. Os pontos são acumulativos, ou seja,
quanto mais usar o cartão, mais pontos serão acumulados. O valor máximo para
acúmulo é de R$ 1.000,00 (mil reais), no período de 24 (vinte e quatro) meses. Ao
realizar a troca da pontuação, o cliente deverá, obrigatoriamente, utilizar, apenas em
um momento, todo o bônus disponível no cartão. Caso o valor seja menor, o saldo
será zerado, e caso o valor seja maior, será paga a diferença, de acordo com as
condições de pagamento da loja.
A partir do uso do bônus, o cliente volta a acumular pontos, e, novamente,
pode chegar ao máximo de R$1.000,00 (mil reais), no período de 24 (vinte e quatro)
meses.
Apenas serão computadas as notas fiscais adquiridas nas lojas Bremen
Salvador - Retiro ou Costa Azul. É indispensável a apresentação da nota fiscal para
ganhar os pontos, e deve constar no sistema o número da nota, o produto e/ou
serviço e o seu valor.
Os bônus só poderão ser trocados nas unidades da Bremen, em Salvador -
Retiro ou Costa Azul.
O saldo e o extrato do cartão poderão ser consultados no site
www.clientefielbremen.com.br, assim como os valores dos serviços, peças,
acessórios e promoções.

____________________________________________________________________________________________
FIB - Rua Xingu, nº 179, Jardim Atalaia, Stiep, Salvador – BA.
101

6.5.5 JUSTIFICATIVA

A promoção, ao cadastrar (e controlar) os clientes, beneficiando-os com


bônus em compras e serviços, garantirá o retorno das pessoas à loja, a lembrança
dos endereços e uma maior aceitação da marca. Alem de fidelizar o cliente, a
promoção Cliente fiel Bremen busca prospectar novos consumidores potenciais,
agregando valores e vantagens aos produtos e serviços da concessionária, na
Bahia.

6.5.6 CUSTOS

MATERIAL QUANTIDADE PREÇO UNITÁRIO TOTAL


Site 1 R$ 3.000,00 R$ 3.000,00
Cartão 10.000 R$ 2,80 R$ 28.000,00
Stand 2 R$ 640,00 R$ 1.280,00
Impressora de cartão 2 R$ 10.126,80 R$ 20.253,60
Plotagem de stand 2 R$ 492,00 R$ 984,00
Promotor(a) 8 R$ 100,00 R$ 800,00
Flyer 6.000 R$ 0,77 R$ 4.620,00
Farda (promotor) 8 R$ 7,20 R$ 57,60
Chaveiro 5.000 R$ 2,35 R$ 11.750,00
Caneta 5.000 R$ 0,80 R$ 4.000,00
TV LCD 42" 4 R$ 2.366,00 R$ 9.464,00
TV 15" 6 R$ 149,00 R$ 894,00
Terminal de consulta 2 R$ 1.350,00 R$ 2.700,00
Aparelho de DVD 2 R$ 99,00 R$ 198,00
R$ 88.001,20

6.6 Feirão Comprou, Ganhou Bremen

6.6.1 PERÍODO

A promoção acontecerá no 3º final de semana, entre os dias 15 (quinta-feira)


e 20 (terça-feira), do mês de janeiro de 2009.

6.6.2 DEFINIÇÃO

Promoção de curto prazo, com venda direta (vendedor X produto X cliente)


de veículos novos e seminovos do ano anterior (2008), para esvaziar o estoque e
garantir a compra de novos carros da linha 2009. Além de preços reduzidos e
pagamento facilitado, o Feirão Comprou, Ganhou Bremen oferece mais uma
vantagem: a raspadinha, que premia, sem sorteio, o cliente no ato da compra.

____________________________________________________________________________________________
FIB - Rua Xingu, nº 179, Jardim Atalaia, Stiep, Salvador – BA.
102

6.6.3 OBJETIVOS PROMOCIONAIS

· Aumentar a rotatividade de clientes da Bremen;


· Aumentar o recall da marca;
· Conquistar novos consumidores;
· Esvaziar o estoque dos veículos da linha 2008;
· Elevar o market share da concessionária;
· Divulgar a marca;
· Aumentar as vendas de carros novos e seminovos.

6.6.4 TIPO DE PROMOÇÃO

Promoção Compre e Ganhe – Cada carro comprado dá direito a uma


raspadinha, que oferece um prêmio instantâneo.

6.6.5 DIVULGAÇÃO

· Mídia de massa

TV;
Rádio;
Mobiliário urbano.

· Material de apoio:

E-mail marketing;
Flyer.
· Merchandising:
Blimp;
Camisa para vendedor;
Brinde (chaveiro, caneta, squeeze);
Banner;
Display;
Som;
Raspadinha;
Voucher;
Stand.

____________________________________________________________________________________________
FIB - Rua Xingu, nº 179, Jardim Atalaia, Stiep, Salvador – BA.
103

6.6.6 MECÂNICA PROMOCIONAL

Seguindo a linha promocional compre e ganhe, o 1º Feirão de 2009 da


Bremen, depois de divulgado pelos meios de comunicação de massa, será guiado
pelos vendedores/gerentes/promotores. Assim que o cliente chegar à concessionária
Bremen, no Costa Azul, ele será abordado por vendedores e promotores treinados,
que farão o atendimento, tentando fechar a venda. A cada carro vendido, o cliente
ganhará, sem sorteio, uma raspadinha com um prêmio surpresa (ver lista de
prêmios, abaixo) instantâneo. A animação do feirão ficará por conta de promotores,
animadores e de um som. O processo de fechamento da venda segue o padrão da
loja.
Prêmios das raspadinhas:
· Tanque cheio;
· Primeira revisão grátis;
· Som original de fábrica;
· Primeiro alinhamento grátis;
· Descontos na revisão do carro;
· Kit Bremen (camisa, squeeze, chaveiro e boné);
· Película;
· Travas elétricas de fábrica;
· Banco de couro;
· Jogo de roda liga leve aro 15”.

6.6.7 LEGISLAÇÃO – REGULAMENTO DA PROMOÇÃO

Assim como toda promoção com vantagens relacionadas à compra, algumas


restrições e obrigatoriedades devem ser levadas em consideração. Seguindo a
mecânica compre e ganhe, não existem especificações quanto à legislação.
É válido ressaltar que a promoção não é acumulativa. Logo, cada carro
comprado terá direito a uma raspadinha, apenas, independente do valor/marca/tipo
do veículo. A venda estará sujeita à análise de crédito do cliente no momento da
compra.

6.6.8 JUSTIFICATIVA

Devido à crise americana, toda a economia mundial foi abalada. E isso


influenciou também o comércio na Bahia, pois com o poder de compra
____________________________________________________________________________________________
FIB - Rua Xingu, nº 179, Jardim Atalaia, Stiep, Salvador – BA.
104

comprometido, os clientes estão deixando de participar ativamente do comércio,


principalmente o que depende de financiamento. Para combater esse desequilíbrio
comercial, o Feirão Comprou, Ganhou Bremen ajudará a esvaziar o estoque de
carros dos anos anteriores, beneficiando a compra de novos veículos da linha 2009,
para, então, aumentar as vendas durante todo o restante do ano.
Além disso, o Feirão Comprou, Ganhou Bremen será realizado na própria
concessionária, na loja do Costa Azul. Isso fará com que as pessoas fixem mais o
endereço, associando a marca Bremen à unidade Costa Azul.

6.6.9 4.2.9 CUSTOS

MATERIAL QUANTIDADE PREÇO UNITÁRIO TOTAL


Blimp 1 R$ 1.000,00 R$ 1.000,00
Camisa 100 R$ 5,28 R$ 528,00
Stand 2 R$ 640,00 R$ 1.280,00
Banner 10 R$ 12,00 R$ 120,00
Plotagem de stand 2 R$ 492,00 R$ 984,00
Promotor(a) 8 R$ 100,00 R$ 800,00
Flyer 5.000 R$ 0,77 R$ 3.850,00
Chaveiro 100 R$ 2,35 R$ 235,00
Caneta 250 R$ 0,80 R$ 200,00
Farda (promotor) 8 R$ 7,20 R$ 57,60
Squeeze 100 R$ 5,60 R$ 560,00
Boné 100 R$ 4,20 R$ 420,00
Som 1 R$ 600,00 R$ 600,00
Raspadinha 500 R$ 3,10 R$ 1.550,00
Voucher 400 R$ 0,74 R$ 296,00
Programa (sistema) 1 R$ 500,00 R$ 500,00
Tanque cheio; 70 R$ 90,00 R$ 6.300,00
Primeira revisão grátis 50 R$ 190,00 R$ 9.500,00
Som original de fábrica 40 R$ 250,00 R$ 10.000,00
Primeiro alinhamento grátis 50 R$ 180,00 R$ 9.000,00
Descontos na revisão do carro 80 R$ 100,00 R$ 8.000,00
Película 40 R$ 480,00 R$ 19.200,00
Travas elétricas de fábrica 30 R$ 400,00 R$ 12.000,00
Banco de couro 20 R$ 1.200,00 R$ 24.000,00
Jogo de roda liga leve aro 15” 20 R$ 1.200,00 R$ 24.000,00
R$ 134.980,60

6.7 Bremen leva você ao GP Brasil de Fórmula 1

6.7.1 PERÍODO

De 01 de maio a 30 de junho de 2009.

____________________________________________________________________________________________
FIB - Rua Xingu, nº 179, Jardim Atalaia, Stiep, Salvador – BA.
105

6.7.2 DEFINIÇÃO

Promoção de grande visibilidade da marca, com curto prazo, para conquistar


novos clientes, aumentando a rotatividade das concessionárias Bremen e as vendas
diretas, através da divulgação interativa e do sorteio, com sistema eletrônico, de um
grande prêmio.

6.7.3 OBJETIVOS PROMOCIONAIS

· Garantir o retorno do cliente à Bremen;


· Aumentar a rotatividade de clientes na concessionária;
· Fidelizar os clientes;
· Aumentar o recall da marca;
· Conquistar novos clientes;
· Elevar o poder da marca;
· Aumentar as vendas de carros e serviços.

6.7.4 TIPO DE PROMOÇÃO (CRIATIVIDADE E ADEQUAÇÃO)

Promoção com sorteio digital. Para cada compra, de acordo com o valor
estipulado no regulamento, um cupom eletrônico será depositado no cartão
fidelidade. Portanto, quanto maior o número de cupons adquiridos, durante o período
da promoção, mais chances o cliente terá de ganhar o prêmio.

6.7.5 DIVULGAÇÃO

· Mídia de massa:

TV;
Jornal;
Busdoor;
Mobiliario urbano.

· Material de apoio:

Mala Direta;
E-mail marketing;
Flyer.

____________________________________________________________________________________________
FIB - Rua Xingu, nº 179, Jardim Atalaia, Stiep, Salvador – BA.
106

· Merchandising:

Camisa para funcionário;


TV LCD 42”;
Vídeos sobre a promoção;
Ação de merchandising diferencia (conforme planejamento de ação de
PDV);
Ação promocional nas ruas (conforme planejamento de ação de visibilidade);
Brinde (chaveiro, caneta, boné, camisa);
Banner;
Display;
Som;
Móbile.

6.7.6 MECÂNICA PROMOCIONAL

A cada R$ 200,00 (duzentos reais) em compras ou serviços nas


concessionárias Bremen, Retiro e Costa Azul, o cliente receberá um cupom
eletrônico com o número do seu cartão fidelidade, que ficará no sistema das
concessionárias, para concorrer a 8 (oito) pares de ingressos para assistir ao treino
e à corrida de Fórmula 1, em São Paulo, nos dias 17 e 18 de outubro de 2009, com
todas as despesas (especificadas no regulamento da promoção, em anexo) pagas.
Ao efetuar a venda, o funcionário da concessionária levará o cartão do
cliente ao stand para fazer a recarga eletrônica com o número do cupom da
promoção. A numeração e a quantidade de cupons poderão ser consultados pelo
cliente no site www.clientefielbremen.com.br e nos terminais on line, encontrados
nas duas lojas.
O sorteio acontecerá ao vivo, em um evento, aberto para todos os clientes,
promovido e realizado nas próprias lojas Bremen, no dia 04 de julho 2009. Cada
unidade sorteará seus ganhadores, não havendo disputa entre as concessionárias
Retiro e Costa Azul. Os números serão sorteados como no concurso da Mega-Sena.
Os ganhadores terão direito a levar um acompanhante, cada, e ficarão
hospedados no Hotel Transamérica. em São Paulo de 17 a 19 de outubro de 2009.

____________________________________________________________________________________________
FIB - Rua Xingu, nº 179, Jardim Atalaia, Stiep, Salvador – BA.
107

6.7.7 LEGISLAÇÃO – REGULAMENTO DA PROMOÇÃO

Para participar da promoção, que é acumulativa, é indispensável a


apresentação do cartão no momento da compra. Caso contrário, o cliente não terá
direito ao cupom eletrônico. Além disso, deverão constar no sistema todas as
informações da compra: número da nota, valor, especificação do produto/serviço,
nome do vendedor, número do cartão e código do cupom para sorteio.
Haverá um regulamento, em anexo, contendo todas as informações da
promoção.

6.7.8 JUSTIFICATIVA

Nada melhor do que a maior paixão nacional das pistas para conquistar o
cliente Bremen. Foi pensando assim que a Fórmula 1 foi o tema e o destino
escolhidos para ser a principal promoção (e ação de visibilidade) da campanha, no
período em que as vendas caem, consideravelmente.
Associar a Bremen à Fórmula 1 reforça a liderança da Bremen, elevando
ainda mais a lembrança e a participação da marca no mercado baiano.
Por fim, a ação de visibilidade nas ruas, junto aos meios de comunicação de
massa, causará uma grande repercussão e atrairá clientes e novos consumidores
para a concessionária.

6.7.9 CUSTOS

MATERIAL QUANTIDADE PREÇO UNITÁRIO TOTAL


Display vertical 4 R$ 190,00 R$ 760,00
Camisa 100 R$ 5,28 R$ 528,00
Stand 2 R$ 640,00 R$ 1.280,00
Banner 10 R$ 12,00 R$ 120,00
Plotagem de stand 2 R$ 492,00 R$ 984,00
Promotor(a) 8 R$ 100,00 R$ 800,00
Flyer 5.000 R$ 0,77 R$ 3.850,00
Chaveiro 500 R$ 2,35 R$ 1.175,00
Caneta 500 R$ 0,80 R$ 400,00
Móbile 70 R$ 1,40 R$ 98,00
Adesivo de chão 6 R$ 114,00 R$ 684,00
Farda (promotor) 8 R$ 7,20 R$ 57,60
Passagem aérea 16 R$ 418,62 R$ 6.697,92
Translado 8 R$ 150,00 R$ 1.200,00
Hospedagem 8 R$ 320,00 R$ 2.560,00
Ingressos (pacote) 16 R$ 1.910,00 R$ 30.560,00
R$ 51.754,52

____________________________________________________________________________________________
FIB - Rua Xingu, nº 179, Jardim Atalaia, Stiep, Salvador – BA.
108

6.8 Feirão Você de carro novo Bremen

6.8.1 PERÍODO

A promoção acontecerá nos dias 03 (quinta-feira) a 06 (segunda-feira) e 17


(quinta-feira) a 20 (segunda-feira), do mês de dezembro de 2009.

6.8.2 DEFINIÇÃO

Promoção voltada ao aumento das vendas de carros novos e seminovos,


com o intuito de esvaziar o estoque anual dos veículos do ano 2009, fortalecendo a
interação cliente x vendedor e dispondo de facilidades de pagamentos no ato da
compra, com redução de preços e vantagens como tanque cheio e IPVA grátis.

6.8.3 OBJETIVOS PROMOCIONAIS

· Aumentar a rotatividade de clientes da Bremen;


· Aumentar o recall da marca;
· Conquistar novos consumidores;
· Esvaziar o estoque dos veículos da linha 2009;
· Elevar o market share da concessionária;
· Divulgar a marca;
· Aumentar as vendas de carros novos e seminovos.

6.8.4 TIPO DE PROMOÇÃO

Promoção compre e ganhe – para cada carro comprado, o cliente ganha o


IPVA ou o tanque cheio, de acordo com o tipo de veículo.

6.8.5 DIVULGAÇÃO

· Mídia de massa:

Rádio;
Jornal;
Outdoor.

____________________________________________________________________________________________
FIB - Rua Xingu, nº 179, Jardim Atalaia, Stiep, Salvador – BA.
109

· Material de apoio:

E-mail marketing;
Flyer.

· Merchandising

Blimp;
Camisa para vendedor;
Display;
Brinde (chaveiro, caneta, boné, mochila)
Banner;
Som;
Stand.

6.8.6 MECÂNICA PROMOCIONAL

A promoção será realizada no final do ano de 2009, no pátio da loja do


Retiro. O feirão Você de carro novo Bremen oferecerá grandes vantagens para os
clientes que comprarem entre os dias 03 (quinta-feira) a 06 (segunda-feira) e 17
(quinta-feira) a 20 (segunda-feira), do mês de dezembro de 2009. Quem adquirir um
veículo Volkswagen novo, ganhará o IPVA. Caso o cliente opte por um seminovo,
ele sairá da concessionária com o tanque cheio, totalmente gratuito. Além disso,
facilidades nas formas de pagamento, descontos no ato da compra e preços
totalmente reduzidos também farão parte do pacote de benefícios da promoção. A
divulgação ficará por conta da campanha publicitária, a principal responsável por
levar o cliente ao feirão. No local, promotores, animadores, vendedores e materiais
promocionais reforçarão os benefícios da compra no feirão. Logo depois de ser
atendido pelo vendedor e fechar a compra, o cliente ganhará o tanque cheio ou o
IPVA, de acordo com natureza do carro.

6.8.7 LEGISLAÇÃO – REGULAMENTO DA PROMOÇÃO

Toda promoção destinada a vantagens relacionadas à compra deve seguir


algumas restrições e obrigatoriedades. Por se tratar de uma mecânica compre e
ganhe, na há especificações quanto à legislação.

____________________________________________________________________________________________
FIB - Rua Xingu, nº 179, Jardim Atalaia, Stiep, Salvador – BA.
110

As vendas estarão sujeitas à análise de crédito. Para cada compra, apenas


um benefício poderá ser recebido. Sendo assim, a promoção disponibilizará
vantagens como IPVA gratuito na compra de carros novos (Volkswagen) e tanque
cheio para seminovos, independente de modelos, marcas e valores apresentados
durante o feirão.

6.8.8 JUSTIFICATIVA

A procura pelo esvaziamento do estoque, acumulado durante o ano de 2009


é a principal razão para a promoção Você de carro novo Bremen. Pois, é necessário
garantir a compra de veículos Volkswagen da linha 2010 para dispor de novidades e
aumentar as vendas do próximo ano. Outro fator importante é o local onde será
realizada a promoção. A escolha pelo pátio da própria concessionária, no Retiro,
aumentará a visibilidade da Bremen, solucionando um dos principais problemas de
comunicação: associação da marca com os endereços.

6.8.9 CUSTOS

MATERIAL QUANTIDADE PREÇO UNITÁRIO TOTAL


Blimp 1 R$ 1.000,00 R$ 1.000,00
Camisa 100 R$ 5,28 R$ 528,00
Stand 2 R$ 640,00 R$ 1.280,00
Banner 10 R$ 12,00 R$ 120,00
Plotagem de stand 2 R$ 492,00 R$ 984,00
Promotor(a) 8 R$ 100,00 R$ 800,00
Flyer 5.000 R$ 0,77 R$ 3.850,00
Chaveiro 150 R$ 2,35 R$ 352,50
Caneta 250 R$ 0,80 R$ 200,00
Mochila 100 R$ 8,31 R$ 831,00
Boné 100 R$ 4,20 R$ 420,00
Som 1 R$ 600,00 R$ 600,00
Programa (sistema) 1 R$ 500,00 R$ 500,00
Tanque Cheio 100 R$ 100,00 R$ 10.000,00
IPVA Grátis 300 R$ 200,00 R$ 60.000,00
R$ 81.465,50

6.9 Ação de visibilidade

6.9.1 BREMEN LEVA VOCÊ AO GP BRASIL DE FÓRMULA 1

6.9.1.1 Período

07, 08 e 09 de maio de 2009;


____________________________________________________________________________________________
FIB - Rua Xingu, nº 179, Jardim Atalaia, Stiep, Salvador – BA.
111

21, 22 e 23 de maio de 2009;


04, 05 e 06 de junho de 2009;
11.12 e 13 de junho de 2009.

6.9.1.2 Definição

Ação de grande visibilidade da marca, com curto prazo, para aumentar a


rotatividade das concessionárias Bremen e as vendas diretas, através de uma
exclusiva divulgação e do contato interativo com o público-alvo.
A ação busca o apoio da mídia de massa para garantir um resultado mais
imediato, elevando as vendas e conquistando novos clientes. Trata-se de uma ação
conjunta e simultânea: o merchandising nos PDVs e a ação de visibilidade nas ruas,
nas avenidas mais movimentadas da cidade.

6.9.1.3 Objetivos da ação promocional

· Aumentar a visibilidade da promoção;


· Garantir o retorno do cliente à Bremen;
· Aumentar a rotatividade de clientes nas concessionárias;
· Fidelizar os clientes;
· Aumentar o recall da marca;
· Conquistar novos consumidores;
· Aumentar as vendas de carros e serviços.
· Associar a Bremen ao cenário esportivo.

6.9.1.4 Tipo de ação

Ação de visibilidade de rua com a simulação de um Grande Prêmio de


Fórmula 1. Duas equipes móveis ficarão localizadas nas avenidas mais
movimentadas de Salvador para interagir com o público, como se fosse uma corrida.

6.9.1.5 Mecânica da ação promocional

6.9.1.6 Equipe móvel

Nas sinaleiras das avenidas mais movimentadas de Salvador, equipes de


promoção, farão uma simulação de reta de Box de Fórmula 1, da largada até a
chegada, com bandeirada.

____________________________________________________________________________________________
FIB - Rua Xingu, nº 179, Jardim Atalaia, Stiep, Salvador – BA.
112

A ação utilizará 150 metros da avenida, contando da sinaleira até a


bandeirada, e terá duração diária de 4 horas, das 12 às 16h, evitando o horário de
pico (engarrafamento), a partir das 17h30min.
Ao fechar a sinaleira, um promotor de cada lado da rua, exibirá um pirulito de
permanência no Box, como ocorre na Fórmula 1, e permanecera exibindo o mesmo
até a abertura do semáforo. Enquanto isso, 4 promotoras farão a entrega de flyers,
sempre em duplas, para que uma distribua e a outra segure o sombreiro, como,
realmente, acontece na linha de largada, minutos antes de começar a corrida.
Ao abrir a sinaleira, o promotor, responsável pelo pirulito, ergue o mesmo e
conforme os carros vão passando pela avenida, as placas de sinalização de reta dos
Boxs são colocadas nas margens da pista por mais 6 promotores.
No fim da avenida, que simula o final da corrida, dois promotores estarão
com bandeiras quadriculadas sinalizando a chegada dos carros.
Nas avenidas de mão dupla, a ação acontecerá dos dois lados da pista,
aproveitando os dois fluxos.

6.9.1.7 Quantidade de promotores X função

· Sinalizador (01): promotor responsável pelo pirulito de sinalização;


· Sombra (01): promotora responsável por segurar o sombreiro de proteção de
pilotos na largada;
· Assessora (01): promotora responsável por distribuir os flyers;
· Mecânico (06): promotor responsável por segurar as placas de sinalização da
reta de chegada;
· Bandeirinha (01) - Promotora responsável por dar a bandeirada de chegada;

6.9.1.8 Padronização por função

· Sinalizador: macacão, óculos de proteção, luvas e pirulito;


· Sombra: saia curta, camiseta, tênis e sombreiro de 1,60m;
· Panflete:short, camiseta, tênis, viseira e sacola com flyers;
· Mecânico: macacão, óculos de proteção, placa de sinalização e pneus (09);
· Bandeirinha: macacão, viseira, óculos escuro e bandeira.

____________________________________________________________________________________________
FIB - Rua Xingu, nº 179, Jardim Atalaia, Stiep, Salvador – BA.
113

6.9.1.9 Custos

MATERIAL QUANTIDADE PREÇO UNITÁRIO TOTAL


Promotor(a) 20 R$ 150,00 R$ 3.000,00
Flyer 25.000 R$ 0,68 R$ 17.000,00
Bandeira 4 R$ 44,00 R$ 176,00
Sombreiro 4 R$ 84,00 R$ 336,00
Pirulito 4 R$ 28,00 R$ 112,00
Placas de sinalização 12 R$ 14,00 R$ 168,00
Farda (pacote) 20 R$ 150,00 R$ 3.000,00
Tinta (chão) 2 R$ 150,00 R$ 300,00
Pneus 64 R$ 20,00 R$ 1.280,00
R$ 25.372,00

6.10 Merchandising

6.10.1 BREMEN LEVA VOCÊ AO GP BRASIL DE FÓRMULA 1

6.10.1.1 Período

De 02 de maio a 30 de junho de 2009.

6.10.1.2 Definição

A ação de merchandising no PDV da Bremen vai influenciar o cliente,


despertando interesses e vontades, através do universo encantador da Fórmula 1.
Logo, será um forte estímulo para o fechamento da venda imediata. Além disso, as
dúvidas em relação ao produto serão reduzidas e o fluxo de vendas aumentará, em
curto prazo.

____________________________________________________________________________________________
FIB - Rua Xingu, nº 179, Jardim Atalaia, Stiep, Salvador – BA.
114

6.10.1.3 Objetivos da ação de merchandising

· Aumentar a visibilidade da promoção;


· Garantir o retorno do cliente à Bremen;
· Aumentar a rotatividade de clientes na concessionária;
· Influenciar a venda imediata;
· Fidelizar os clientes;
· Aumentar o recall da marca;
· Conquistar novos consumidores;
· Aumentar as vendas de carros e serviços.
· Associar a Bremen ao cenário esportivo;
· Gerar argumentos de vendas.

6.10.1.4 Tipo de ação promocional

Ação de merchandising nas lojas Bremen de Salvador, para simular um Pit Stop de
Fórmula 1. Duas equipes fixas, uma em cada PDV, ficarão caracterizadas e
dispostas ao lado do carro. Tudo isso para interagir com o cliente, ajudar a divulgar a
promoção Bremen leva você ao GP Brasil de Fórmula 1 e influenciar no processo de
venda.

6.10.1.5 Mecânica da ação de merchandising

· Ilha de Fórmula 1

Uma estrutura será montada no centro do show room das concessionárias


Bremen, Retiro e Costa Azul, simulando um Pit Stop de Fórmula 1. Para associar
ainda mais à concessionária, será utilizado o próprio carro da Volkswagen. Dessa
forma, serão divulgados os principais modelos da Volks para despertar o interesse
no cliente e estimular as compras.

____________________________________________________________________________________________
FIB - Rua Xingu, nº 179, Jardim Atalaia, Stiep, Salvador – BA.
115

6.10.1.6 Material utilizado

· Plataforma elevada: fazer a base da simulação;


· Bomba de gasolina: simbolizar o abastecimento;
· Pneus: usar no chão para simular o ambiente;
· Manequim (boneco): segurar o pirulito de sinalização à frente do carro;
· Macaco hidráulico: suspender o carro, como no Pit Stop da Fórmula 1.

6.10.1.7 Custos

MATERIAL QUANTIDADE PREÇO UNITÁRIO TOTAL


Macaco hidráulico 8 R$ 247,00 R$ 1.976,00
Pneu aro 19" 16 R$ 1.048,00 R$ 16.768,00
Pneu p/ guarda corpo 16 R$ 20,00 R$ 320,00
Capa protetora p/ pneu 16 R$ 32,00 R$ 512,00
Bomba de posto 2 R$ 357,00 R$ 714,00
Plataforma 2 R$ 2.000,00 R$ 4.000,00
Manequim (boneco) 2 R$ 323,00 R$ 646,00
Promotor(a) 10 R$ 60,00 R$ 600,00
Sombreiros 2 R$ 114,00 R$ 228,00
Bandeiras 2 R$ 44,00 R$ 88,00
R$ 25.852,00

6.11 Cronograma

Promoções Jan Fev Mar Abr Mai Jun Jul Ago Set Out Nov Dez
Cartão Fidelidade x x x x x x x x x x x x
Comprou, Ganhou Bremen x
Bremen Leva você a F1 x x
Você de carro novo Bremen x

6.12 Custos gerais

Promoções Valor
Cartão Fidelidade R$ 88.001,20
Comprou, Ganhou Bremen R$ 134.980,60
Bremen Leva você a F1 R$ 103.878,52
Você de carro novo Bremen R$ 81.465,50
R$ 408.325,82

____________________________________________________________________________________________
FIB - Rua Xingu, nº 179, Jardim Atalaia, Stiep, Salvador – BA.
116

7 RELATÓRIO DE MÍDIA

7.1 Introdução

A pesquisa de mídia consiste em 04 questões onde foram abordados


assuntos como, a preferência de consumo e o nível de impacto dos meios, de que
forma a população faz uso da internet e a freqüência de consumo dos meios,
apresentaremos a seguir, o objetivo da pesquisa, o método utilizado, a análise e a
conclusão.

7.2 Objetivo

A pesquisa foi aplicada para identificar como o consumidor se comporta


perante aos meios de comunicação.

7.3 Metodologia

A pesquisa foi aleatória e quantitativa, teve amostra de 680 questionários


aplicados entre homens e mulheres, com faixa etária acima de 18 anos em diversas
localidades da cidade de Salvador, pertencentes às classes econômicas A, B e C.
As entrevistas foram realizadas entre os dias 11 a 14 de Setembro de 2008.
Após o cruzamento dos dados coletados entre idade e renda familiar,
chegamos a uma amostra de 296 questionários voltados ao nosso público alvo
primário, homens e mulheres B e C acima de 18 anos.

7.4 Indicação

O questionário (em anexo) composto de 25 questões sendo 4 perguntas


relacionadas ao consumo dos meios pelos entrevistados. Tendo assim a pergunta
de numero 21 falando sobre preferência de consumo dos meios tradicionais, a 22
sobre nível de impacto nas mídias exteriores e a 23 uso da internet pelo consumidor
todas elas calculadas pela media ponderada:

____________________________________________________________________________________________
FIB - Rua Xingu, nº 179, Jardim Atalaia, Stiep, Salvador – BA.
117

Média ponderada = (Nº x1) + (Nº x2) + (Nºx3) + (Nºx4) + (Nº x5) + ( Nº x6)
Total de questionário no target.
Nº = número de entrevistados que responderam aquela determinada
colocação para aquele meio ou utilização de consumo.
Já a questão de nº 24, quando perguntamos sobre freqüência de consumo
dos meios teve seu resultado baseada em porcentagens.

7.5 Médias Ponderadas

7.5.1 1º QUESTÃO: PREFERÊNCIA DE CONSUMO

Media ponderada:
Tv = 151x1+ 14x2+ 6x3+ 100x4+ 17x5+ 8x6 = 2,47
296

HABITOS DE CONSUMO DOS MEIOS - RÁDIO


RESPONDERAM 1 68
RESPONDERAM 2 61
RESPONDERAM 3 35
RESPONDERAM 4 96
RESPONDERAM 5 24
RESPONDERAM 6 12
TOTAL 296
Media ponderada:
Rádio: 68x1+ 61x2+ 35x3+ 96x4+ 24x5+ 12x6 = 2,94
296

HABITOS DE CONSUMO DOS MEIOS - REVISTA


RESPONDERAM 1 39
RESPONDERAM 2 66
RESPONDERAM 3 58
RESPONDERAM 4 56
RESPONDERAM 5 56
RESPONDERAM 6 21
TOTAL 296
Média ponderada:
Revista: 39x1+ 66x2+ 58x3+ 56x4+ 56x5+ 21x6 = 3,29
296

____________________________________________________________________________________________
FIB - Rua Xingu, nº 179, Jardim Atalaia, Stiep, Salvador – BA.
118

HABITOS DE CONSUMO DOS MEIOS - INTERNET


RESPONDERAM 1 18
RESPONDERAM 2 58
RESPONDERAM 3 89
RESPONDERAM 4 19
RESPONDERAM 5 77
RESPONDERAM 6 35
TOTAL 296
Média ponderada:
Revista: 18x1+ 58x2+ 89x3+ 19x4+ 77x5+ 35x6 = 3,62
296
HABITOS DE CONSUMO DOS MEIOS - JORNAL
RESPONDERAM 1 10
RESPONDERAM 2 56
RESPONDERAM 3 79
RESPONDERAM 4 17
RESPONDERAM 5 78
RESPONDERAM 6 56
TOTAL 296
Média ponderada:
Revista: 10x1+ 56x2+ 79x3+ 17x4+ 78x5+ 56x6 = 3,90
296
HABITOS DE CONSUMO DOS MEIOS - CINEMA
RESPONDERAM 1 14
RESPONDERAM 2 41
RESPONDERAM 3 29
RESPONDERAM 4 6
RESPONDERAM 5 44
RESPONDERAM 6 162
TOTAL 296
Média ponderada:
Cinema: 14x1+ 41x2+ 29x3+ 6x4+ 44x5+ 162x6 = 4,73
296

1º TV 2º RÁDIO 3º REVISTA 4° INTERNET 5° JORNAL 6° CINEMA

2,47 2,94 3,29 3,62 3,90 4,73

Sobre a preferência de consumo dos meios, pode-se observar que a TV é o


meio de maior preferência entre os entrevistados e logo após vem o radio com uma
media ponderada 2,94.
____________________________________________________________________________________________
FIB - Rua Xingu, nº 179, Jardim Atalaia, Stiep, Salvador – BA.
119

7.5.2 2ª QUESTÃO: NÍVEL DE IMPACTO

NÍVEL DE IMPACTO - OUTDOOR


RESPONDERAM 1 186
RESPONDERAM 2 16
RESPONDERAM 3 22
RESPONDERAM 4 37
RESPONDERAM 5 35
RESPONDERAM 6 0
TOTAL 296
Média ponderada:
Outdoor: 186x1+ 16x2+ 22x3+ 37x4+ 35x5+ 0x6 = 2,05
296
NÍVEL DE IMPACTO - BUSDOOR
RESPONDERAM 1 66
RESPONDERAM 2 113
RESPONDERAM 3 30
RESPONDERAM 4 31
RESPONDERAM 5 28
RESPONDERAM 6 28
TOTAL 296

Média ponderada:
Busdoor: 66x1+113x2+ 30x3+ 31x4+ 28x5+ 28x6 = 2,75
296
NÍVEL DE IMPACTO - MUPI
RESPONDERAM 1 14
RESPONDERAM 2 68
RESPONDERAM 3 58
RESPONDERAM 4 57
RESPONDERAM 5 41
RESPONDERAM 6 58
TOTAL 296

Média ponderada:
MUPI: 14x1+ 68x2+ 58x3+ 57x4+ 41x5+ 58x6 = 3,73
296
NÍVEL DE IMPACTO - EMPENA
RESPONDERAM 1 19
RESPONDERAM 2 45
RESPONDERAM 3 59
RESPONDERAM 4 81
____________________________________________________________________________________________
FIB - Rua Xingu, nº 179, Jardim Atalaia, Stiep, Salvador – BA.
120

NÍVEL DE IMPACTO - EMPENA


RESPONDERAM 5 40
RESPONDERAM 6 52
TOTAL 296

Média ponderada:
Empena: 19x1+ 45x2+ 59x3+ 81x4+ 40x5+ 52x6 = 3,73
296
NÍVEL DE IMPACTO - ELETROMIDIA
RESPONDERAM 1 9
RESPONDERAM 2 28
RESPONDERAM 3 62
RESPONDERAM 4 55
RESPONDERAM 5 79
RESPONDERAM 6 63
TOTAL 296

Média ponderada:
Eletromídia: 9x1+ 28x2+ 62x3+ 55x4+ 79x5+ 63x6 = 4,20
296

NÍVEL DE IMPACTO – FRONTLIGTH


RESPONDERAM 1 2
RESPONDERAM 2 21
RESPONDERAM 3 74
RESPONDERAM 4 31
RESPONDERAM 5 73
RESPONDERAM 6 95
TOTAL 296
Média ponderada:
Eletromídia: 2x1+ 21x2+ 74x3+ 31x4+ 73x5+ 95x6 = 4,48
296
1° 2° 3° 4° 5° 6°
OUTDOOR BUSDOOR MUPI EMPENA ELETROMIDIA FRONTLIGTH
2,05 2,75 3,73 3,79 4,20 4,48

As mídias exteriores de maior impacto são outdoor e busdoor, enquanto a


empena e o mobiliário urbano tiveram uma disputa acirrada com uma diferença de
apenas 6 décimos no calculo de suas medias.

____________________________________________________________________________________________
FIB - Rua Xingu, nº 179, Jardim Atalaia, Stiep, Salvador – BA.
121

7.5.3 3ª QUESTÃO: USO DA INTERNET

UTILIZAÇÃO DA INTERNET - PESQUISA


RESPONDERAM 1 94
RESPONDERAM 2 55
RESPONDERAM 3 75
RESPONDERAM 4 17
RESPONDERAM 5 39
RESPONDERAM 6 16
TOTAL 296
Média ponderada:
Pesquisa: 94x1+ 55x2+ 75x3+ 17x4+ 39x5+ 16x6 = 2,66
296
UTILIZAÇÃO DA INTERNET - EMAIL CORPORATIVO
RESPONDERAM 1 91
RESPONDERAM 2 57
RESPONDERAM 3 59
RESPONDERAM 4 31
RESPONDERAM 5 51
RESPONDERAM 6 7
TOTAL 296
Média ponderada:
E-mail corporativo: 91x1+ 57x2+ 59x3+ 31x4+ 51x5+ 7x6 = 2,71
296
UTILIZAÇÃO DA INTERNET - SITES RELACIONAMENTO
RESPONDERAM 1 39
RESPONDERAM 2 81
RESPONDERAM 3 52
RESPONDERAM 4 55
RESPONDERAM 5 58
RESPONDERAM 6 11
TOTAL 296
Média ponderada:
Relacionamento: 39x1+ 81x2+ 52x3+ 55x4+ 58x5+ 11x6 = 3,15
296
UTILIZAÇÃO DA INTERNET - DOWNLOADS, GAMES, MUSICAS
RESPONDERAM 1 30
RESPONDERAM 2 31
RESPONDERAM 3 36
RESPONDERAM 4 82
RESPONDERAM 5 72
RESPONDERAM 6 45
TOTAL 296
____________________________________________________________________________________________
FIB - Rua Xingu, nº 179, Jardim Atalaia, Stiep, Salvador – BA.
122

Média ponderada:
Downloads, games e musicas: 30x1+ 31x2+ 36x3+ 82x4+ 72x5+ 45x6 = 3,91
296

UTILIZAÇÃO DA INTERNET - NOTÍCIA


RESPONDERAM 1 22
RESPONDERAM 2 40
RESPONDERAM 3 40
RESPONDERAM 4 58
RESPONDERAM 5 57
RESPONDERAM 6 79
TOTAL 296
Média ponderada:
Notícias: 22x1+ 40x2+ 40x3+ 58x4+ 57x5+ 79x6 = 4,10
296
UTILIZAÇÃO DA INTERNET - COMPRA
RESPONDERAM 1 11
RESPONDERAM 2 32
RESPONDERAM 3 35
RESPONDERAM 4 50
RESPONDERAM 5 30
RESPONDERAM 6 138
TOTAL 296
Média ponderada:
Compra: 11x1+ 32x2+ 35x3+ 50x4+ 30x5+ 138x6 = 4,59
296
1° 2° EMAIL 3° SITES DE 4° 5° 6°
PESQUISA CORPORATIVO RELACIONAMENTOS GAMES NÓTICIA COMPRAS
2,66 2,71 3,15 3,91 4,10 4,59

O uso da internet, em suma, é mais voltado para área de pesquisa, e-mails


corporativos e sites de relacionamentos (Orkut, msn ...), e apesar de todo avanço
tecnológico dos últimos tempos, compras aparece em ultima colocação com a media
ponderada mais alta no valor de 4,59.

____________________________________________________________________________________________
FIB - Rua Xingu, nº 179, Jardim Atalaia, Stiep, Salvador – BA.
123

7.5.4 4ª QUESTÃO: FREQÜÊNCIA DE CONSUMO DOS MEIOS

FREQUÊNCIA DE CONSUMO
0%
- TV -
0% 3%
0% DIÁRIO
22%
1 A 2 VEZES SEMANA
3 A 5 VEZES SEMANA
NUNCA
6% ASSINANTE
MENSAL
69%
ESPORÁDICO

FREQUÊNCIA DE CONSUMO
1%
- INTERNET -
0% 4%
1% DIÁRIO
16% 1 A 2 VEZES SEMANA
3 A 5 VEZES SEMANA
NUNCA
8% ASSINANTE
MENSAL
70%
ESPORÁDICO

____________________________________________________________________________________________
FIB - Rua Xingu, nº 179, Jardim Atalaia, Stiep, Salvador – BA.
124

FREQUÊNCIA DE CONSUMO
1%
- RÁDIO -
0%
4% 7% DIÁRIO
1 A 2 VEZES SEMANA
39%
22% 3 A 5 VEZES SEMANA
NUNCA
ASSINANTE
MENSAL
ESPORÁDICO
27%

FREQUÊNCIA DE CONSUMO
- JORNAL -
17% 21% DIÁRIO
1 A 2 VEZES SEMANA
5%
3 A 5 VEZES SEMANA
NUNCA
6%
ASSINANTE
6%
MENSAL
12% 33% ESPORÁDICO

____________________________________________________________________________________________
FIB - Rua Xingu, nº 179, Jardim Atalaia, Stiep, Salvador – BA.
125

FREQUÊNCIA DE CONSUMO
- REVISTA -
17% 12% DIÁRIO
1 A 2 VEZES SEMANA
9% 3 A 5 VEZES SEMANA
NUNCA
5% ASSINANTE
4% 40% MENSAL
13% ESPORÁDICO

FREQUÊNCIA DE CONSUMO
- CINEMA -
1%
24% DIÁRIO
1 A 2 VEZES SEMANA
42% 3 A 5 VEZES SEMANA
NUNCA
3% ASSINANTE
10% MENSAL
0% ESPORÁDICO
20%
A freqüência dos meios opõe-se com relação a alguns meios à preferência
de consumo, isso pode ser facilmente percebido quando falamos da internet.

7.6 Conclusão

A pesquisa apontou a TV como melhor media ponderada quando tratamos


sobre preferência de consumo, entretanto sua freqüência de consumo diário chegou
a bater menos do que a internet, que por sua vez ficou como a quarta mídia com
relação a sua media ponderada e teve sua freqüência diária em 70%, maior
percentual do que todos os outros meios pesquisados. Já a pergunta sobre para

____________________________________________________________________________________________
FIB - Rua Xingu, nº 179, Jardim Atalaia, Stiep, Salvador – BA.
126

qual finalidade você utiliza a internet trouxe um público alvo que prefere a pesquisa e
os sites de relacionamentos como orkut, msn, a ler noticias e efetuar compras.
A revista obteve uma media ponderada elevada perdendo apenas para TV e
rádio respectivamente quando falamos sobre preferência de consumo, todavia a sua
freqüência diária dentro do target atingiu apenas 12%, perdendo assim apenas para
o meio cinema que obteve a pior media ponderada e uma freqüência diária de
apenas 1%.
O radio perdeu apenas para TV sobre preferência de consumo, tendo sua
media ponderada em 2,94 e uma boa freqüência de consumo com 39% dos
entrevistados no target apontando ele como um meio de consumo diário. Já o Jornal,
acabou ficando em 5º lugar como preferência de consumo ficando apenas na frente
do meio cinema, mas teve sua freqüência de consumo diária e semanal 54% dos
entrevistados, meio que uma antítese o que aconteceu sobre esse meio.
As mídias exteriores que maior impactam dentro do target alcançado são
outdoor, busdoor e o mobiliário urbano, a primeira com a melhor media ponderada
no valor de 2,05 e logo após as outras duas nessa ordem respectivamente. O
frontlight é a mídia exterior que tem menor impacto chegando a ter uma media
ponderada no valor de 4,48.
Em suma, os dados coletados na pesquisa nos deram embasamento para
entendermos as características de consumo do nosso público-alvo e a partir disso
buscarmos selecionar os meios mais adequados para construir o planejamento
estratégico.

7.7 Análise da Concorrêcia

Analisando o mercado automobilístico de uma forma genérica nota-se que a


maioria dos investimentos das MONTADORAS são basicamente em: TV por ser
uma boa e necessária mídia de massa, Jornal por ser uma excelente fonte de
informações, conteúdo e também ser muito utilizado por aspectos culturais, Outdoor
pelo impacto que o mesmo proporciona e Revistas valorizando sempre o
institucional.
Em se tratando de concessionárias os meios mudam principalmente porque
na maioria das vezes em que aparecem é para anunciar promoções. Os mais
utilizados para se mostrar ao público são TV, Rádio, Jornal, e esporadicamente
____________________________________________________________________________________________
FIB - Rua Xingu, nº 179, Jardim Atalaia, Stiep, Salvador – BA.
127

Busdoor e Outdoor. Algumas revendedoras se diferenciam e se destacam na


intensidade que é dada em determinando meio.
Concessionárias da FIAT são representadas pela Fiori, Cresauto, Americar e
Marvel, essas revendedoras além de utilizar bastante o meio TV, apostam também
no jornal como estratégia para atrair vendas, anunciando praticamente todos os
dias, a Fiori principalmente por ser líder do mercado. O rádio também é utilizado pela
mesma com seus conhecidos Jingles “Tá todo mundo vindo para Fiori”.
As concessionárias da Volkswagen em Salvdor (Bremen, Baviera, Sanave, e
Saveiro), por possuírem o veículo popular mais vendido do Brasil, investem mais no
meio TV do que as demais concessionárias, porém deixa um pouco de lado o “mix”
com os outros meios. Em comparação com a FIAT, GM e FORD, as concessionárias
da Volkswagem ficam em último lugar no ranking de veiculações em jornal.
As concessionárias da GM também utilizam bastante o jornal, como as
revendedoras da FIAT, junto com Outdoor e veiculações em TV, é representada pela
Retirauto, Grande Bahia, Tratocar e Codisman. No mercado de Salvador a GM
disputa o segundo lugar em vendas, junto com a Volkswagen. Das quatro
montadoras citadas, a FORD é que tem o menor volume de vendas no mercado da
Bahia. Por isso seu investimento em propaganda é menor do que as demais, é
representada pela Indiana, Morena e Revisa que anunciam bastante em TV,
pouquíssimo em jornal intensificando mais durante os feirões.

____________________________________________________________________________________________
FIB - Rua Xingu, nº 179, Jardim Atalaia, Stiep, Salvador – BA.
128

7.8 Distribuição da Verba

R$ 170.000.000,00

R$ 3.400.000,00 (2%)

R$ 510.000,00 (15%) R$ 2.890.000,00 (85%)

R$ 433.500,00 (15%) R$ 2.456.500,00 (85%)

7.9 Seleção dos Meios

Mídia Básica Mídia Complementar Mídia de Apoio


Rádio Jornal MUPI
TV Busdoor Internet
Outdoor

7.9.1 MEIOS SELECIONADOS

7.9.1.1 Mídia Básicas

· TV

O meio TV foi selecionado como mídia básica devido ao resultado


apresentado com a melhor média ponderada de 2,47, sobre preferência de consumo
mediante a pesquisa aplicada ao perfil do público alvo, por se adequar ao produto
principal da Bremen alinhando imagem, ação e emoção.
____________________________________________________________________________________________
FIB - Rua Xingu, nº 179, Jardim Atalaia, Stiep, Salvador – BA.
129

Será utilizado a fim de alcançar um dos objetivos principais que é alavancar


as vendas, já que estimula o consumo através do elo emocional que proporciona.
Segundo “Mídia Dados 2008”, a classe BC representa 64% dos
consumidores totais deste meio, e sua penetração atinge a 99%, daí o anúncio
constante ente os concorrentes diretos da Bremen.

· Rádio

Através da pesquisa de mercado realizada, podemos observar que para o


público da Bremen, o rádio é o segundo meio de acordo com a preferência de
consumo. Também é um meio utilizado por todos os concorrentes pelo seu baixo
custo e alto nível de fixação, chegando a uma cobertura de 97% na praça de
Salvador, conforme Mídia Dados 2008. A pesquisa também apontou que o público já
ouviu falar da Bremen, porém desconhece a sua localização, com o meio rádio
iremos conseguir através da massificação, aumentar o recall da marca, todos esses
fatores foram bastante relevantes para escolha dessa mídia como mídia básica.

7.9.1.2 Mídias Complementares

· Jornal

O meio jornal já é uma mídia bastante utilizada pelo mercado varejista de


Salvador, em especial o ramo de automóveis com anúncios diários tanto de
montadoras como de concessionárias de diversas marcas, daí essa mídia acabou
ficando como mídia completar, visto que, através de pesquisas podemos concluir
que as montadoras já anunciam no mesmo o ano todo, não precisando a Bremen
uma massificação nessa mídia.
Por participar desse ramo varejista, a Bremen tem necessidade de trabalhar
em seus anúncios as especificações de produto e serviços que por ela são
disponibilizados, característica essa que o jornal atende de forma satisfatória por se
tratar de uma mídia impressa com possibilidade de além da escala de cinza o uso de
cores para chamar ainda mais a atenção do público, mostrando preço, praças que
atua e promoções.
De acordo com mídia dados de 2008, 70% dos consumidores do meio jornal
fazem parte das classes BC e 82% são da faixa etária acima de 18 anos, público

____________________________________________________________________________________________
FIB - Rua Xingu, nº 179, Jardim Atalaia, Stiep, Salvador – BA.
130

esses que compões o público-alvo que a Bremen veículos pretende atingir através
de sua campanha.
Jornal é um dos meio que agrega mais credibilidade, até por se tratar de
uma mídia impressa e local, geralmente é utilizado por um público formador de
opinião e fiel ao meio, pessoas que já tem a cultura de ler o jornal quase que
diariamente, dessa forma demonstrando ser uma ótima opção de mídia para a
concessionária Bremen veículos.

· Outdoor

Escolhido como mídia complementar devido a um dos nossos objetivos ser


aumentar o recall da marca o outdoor foi escolhido por ser a mídia exterior com
maior nível de impacto, obtendo na pesquisa a melhor média ponderada dentro do
nosso target. Sua veiculação em Salvador é bastante favorável devido à grande
quantidade de placas espalhadas por toda cidade, possibilitando assim a veiculação
próxima aos pontos de venda da Bremen.

· Busdoor

Mídia exterior impactante perdendo apenas para outdoor quando comparada


com a média ponderada obtida na pesquisa de mídia. Baixo custo de veiculação e
alto atingimento ao nosso público alvo com uma cobertura de 58% em uma semana,
segundo o Mídia Dados 2008. Ideal para fortalecimento da marca, também utilizada
pelos concorrentes como reforço as campanhas.
Uma excelente mídia local com um visual interessante devido à possibilidade
da utilização de cores nos anúncios, promovendo assim uma boa aceitação do
público. Características bastante interessantes para o nosso produto, já que a todo o
momento os ônibus circulam pela cidade e os anúncios em cores despertam, com
maior facilidade, o interesse dos futuros clientes. Meio de vida curta, ideal para a
fase.

____________________________________________________________________________________________
FIB - Rua Xingu, nº 179, Jardim Atalaia, Stiep, Salvador – BA.
131

7.9.1.3 Mídias de Apoio

· Internet

O meio internet foi escolhido como mídia de apoio porque de acordo com a
pesquisa, a freqüência de consumo diário da internet foi de 70% dentro do publico
alvo.
Outro fator importante é a adequação da internet ao produto, pois podemos
perceber que entre a preferência de consumo na internet o tópico pesquisa foi
apontado como principal podendo assim o internauta interar-se sobre preço, marca,
localização da concessionária e efetivação de compras.
A interatividade da marca Bremen com a Volkswagen, também é outro fator
relevante para escolha deste meio. Utilizando a internet, a Bremen diferencia-se da
concorrência já que os mesmos não têm o costume de anunciar.

· Mobiliário Urbano

Lançamento de produto, fixação de marca e campanhas promocionais são


ideais para anúncios nesse meio. Próximo ao nosso público alvo o mobiliário urbano
possibilita maior detalhamento dos anúncios e é o meio que mais cresce na praça de
Salvador atingindo a população em 52% no período de uma semana conforme Mídia
Dados de 2008.
Sua média ponderada perdeu apenas para outdoor e busdoor baseada na
pesquisa de mídia aplicada, quando se trata de nível de impacto das mídias
exteriores.

7.10 Meios Não Selecionados

· Revista

Geralmente os anúncios são feitos pelas montadoras para lançamento de


produto de produto ou fixação da marca. Alto custo de veiculação por um valor
percebido relativamente baixo se compararmos ao jornal.
Não é ideal para o setor de varejo devido à velocidade nas mudanças das
informações, visto que seus períodos de veiculação são, em sua maioria, semanais,
____________________________________________________________________________________________
FIB - Rua Xingu, nº 179, Jardim Atalaia, Stiep, Salvador – BA.
132

quinzenais ou mensais, além de obtermos poucos exemplares ligados a Praça


Salvador.
Sua maior penetração com 75%, segundo Mídia Dados 2008 está focado na
classe A, a qual segundo pesquisa aplicada não se encaixa no público- alvo da
Bremen.

· Empena

Alto custo dessa mídia a um nível de impacto ao consumidor baixo, segundo


pesquisa de mídia aplicada no target, onde a empena se encontra no ranking em
quarto lugar nas medias ponderada foi um dos fatores importantes para não escolha
desse meio.
A empena também não se adéqua ao setor do varejo pelo longo período de
veiculação. Segundo o mídia dados 2008 sua cobertura em uma semana em
Salvador é apenas de 16% muito abaixo de outras mídias exteriores como o busdoor
que tem uma cobertura de 58%.

· Cinema

Maior penetração na classe A, com 45% segundo mídia dados 2008. Alto
custo de veiculação e poucas opções de escolha na Praça de Salvador.
Mídia pouco utilizada pela concorrência. Baixo nível de impacto no nosso
publico alvo com a pior media ponderada segundo pesquisa de mídia realizada.

· Frontilight

Nível de impacto baixo voltado ao nosso publico alvo com a pior media
ponderada, segundo pesquisa de mídia.
Não é muito utilizada pela concorrência devida também a baixa cobertura
em Salvador que segundo Mídia Dados 2008 corresponde a 19% apenas em uma
semana alem de não ser uma mídia ideal ao setor varejista, caso especifico de
Bremen.
Dificuldades de placas perto do nosso ponto de venda também é outro fator
relevante para não escolha desse e-mail.

____________________________________________________________________________________________
FIB - Rua Xingu, nº 179, Jardim Atalaia, Stiep, Salvador – BA.
133

7.11 Cobertura Geográfica

7.11.1 TV

A comunicação abrangerá a grande Praça de Salvador, através das mídias


de massa. A utilização de meios de ampla cobertura para causar grande impacto. Na
Bahia existem 7 emissoras e 3.263.000,00* domicílios com TV, que corresponde a
86,9%* de posse. Sendo que 921.300* da população soteropolitana possuem
aparelho com TV.

7.11.2 RÁDIO

Na Bahia existem 3.185.000,00* domicílios com Rádio, correspondendo a


81,8%* de posse. São 7 emissoras AM e 14 emissoras FM, sendo que as emissoras
FM, possuem cobertura em ambos os sexos durante 30 dias de 92% enquando as
emissoras AM apenas 40%, segundo o mídia dados 2008.

7.11.3 JORNAL

Salvador possui 3 jornais de maior expressividade, somente um dele é filiado


ao IVC* e também um deles não veicula aos domingos. 31%* da população
soteropolitana consome jornal e o dia de maior circulação é aos domingos com 20%
de consumo*.

7.11.4 OUTDOOR

Não possui extensão, logo não tem cobertura geográfica. Existem 5 (cinco)
exibidoras filiadas a central de outdoor, em 579 locais com o número de 1.233
tabuletas. Segundo o mídia dados 2008.

7.11.5 BUSDOOR

É um meio que possui grande impacto visual, com um custo relativamente


baixo e possibilitando uma alta freqüência. Permitindo a escolha da linha desejada.
Ele também não possui cobertura geográfica.

*
Fonte: Mídia Dados 2008
____________________________________________________________________________________________
FIB - Rua Xingu, nº 179, Jardim Atalaia, Stiep, Salvador – BA.
134

7.12 Definição das fases

A primeira fase, Promocional, tem vida curta. Porém colocada


estrategicamente no mês de janeiro, por ser um mês longo, e que as pessoas tem
interesse em adquirir o nosso produto. A segunda fase, Vendas, é a mais extensa do
planejamento, afinal estamos trabalhando com o segmento de varejo. Esta se
subdivide em três períodos durante o ano mais propícios para atingirmos o nosso
objetivo.
A terceira fase, Sustentação, aparecerá no planejamento no “intervalo” das
fases de vendas I e II, dando suporte às mesmas e fazendo com que o cliente
sempre se lembre da Bremen quando pensar em adquirir qualquer produto da marca
Volkswagen.

7.12.1 FASES

· 1ª Fase: Promocional I

Período: Janeiro/09
Objetivo: Alavancar a venda com queima de estoque 2008.
Meios: TV, rádio e MUPI.
Meio Cobertura Frequência Média Desvio TARPe
TV 85 8 1,43 972
Rádio 56 20 1 1120
* TARPe calculado para a fase.

Apesar de se tatrar de uma fase promocional, que por característica deve


trabalhar com TARPe altos, optamos usar valores baixos, tanto para cobertura
quanto freqüência média, pois a comunicação se prenderá a um evento especifico
(feirão) que acontecerá em apenas um final de semana.
Com isso as veiculações acontecerão em apenas uma semana do mês de
janeiro, em todos os meios selecionados.

· 2ª Fase: Vendas I

Período: Fevereiro a Março/09


Objetivo: Aumentar as vendas.
Meios: TV, Jornal, Outdoor.

____________________________________________________________________________________________
FIB - Rua Xingu, nº 179, Jardim Atalaia, Stiep, Salvador – BA.
135

Meio Cobertura Frequência Média Desvio TARPe


TV 92 12 1,43 1579
Jornal 87 2 1 174
* TARPe calculado para a fase.

· 3ª Fase: Sustentação I

Período: Abril/09
Objetivo: Fidelizar clientes, manutenção da marca e reforçar a localização
das lojas Bremen.
Meios: Rádio, Internet.
Meio Cobertura Frequência Média Desvio TARPe
Rádio 45 14 1 630
* TARPe calculado para a fase.

· 4ª Fase: Promocional II

Período: Maio e Junho/09


Objetivo: Alavancar vendas
Meios: TV, Jornal, Busdoor e MUPI.
Meio Cobertura Frequência Média Desvio TARPe
TV 92 12 1,43 1579
Jornal 87 2 1 174
* TARPe calculado para a fase.

· 5ª Fase: Vendas I I

Período: Julho e Agosto/09


Objetivo: Aumentar as vendas.
Meios: TV, Jornal e Busdoor.
Meio Cobertura Frequência Média Desvio TARPe
TV 91 11 1,43 1431
Jornal 86 2 1 172
* TARPe calculado para a fase.

· 6ª Fase: Sustentação I I

Período: Setembro/09

____________________________________________________________________________________________
FIB - Rua Xingu, nº 179, Jardim Atalaia, Stiep, Salvador – BA.
136

Objetivo: Fidelizar clientes, manutenção da marca, reforçar serviços e


localização das lojas Bremen.
Meios: TV, rádio, outdoor, busdoor.
Meio Cobertura Frequência Média Desvio TARPe
TV 87 8 1,43 995
Rádio 48 21 1 1008
* TARPe calculado para a fase.

· 7ª Fase: Vendas III

Período: Outubro e Novembro /09


Objetivo: Aumentar as vendas e fidelizar os clientes.
Meios: Jornal, Rádio e Outdoor.
Meio Cobertura Frequência Média Desvio TARPe
Jornal 86 2 1 172
Rádio 59 22 1 1298
* TARPe calculado para a fase.

· 8ª Fase: Promocional III

Período: Dezembro/09
Objetivo: Alavancar a venda com queima de estoque 2009.
Meios: Jornal, Rádio, e Outdoor.
Meio Cobertura Frequência Média Desvio TARPe
Rádio 58 22 1 1276
Jornal 86 2 1 172
* TARPe calculado para a fase.

7.13 Continuidade

A continuidade que melhor se adapta a campanha, por ser uma empresa


que seus produtos possuem um consumo horizontal, é pulsação. Essa é a que
melhor atende às necessidades da comunicação do segmento. A pulsação tem a
característica de estar presente na mídia de forma contínua, mas em alguns
momentos apresenta maior volume de mídia.
Um dos fatores que levou a escolha desse tipo de continuidade foi a Bremen
ser uma empresa com alto índice de fidelização, já que quem compra carro volta a
____________________________________________________________________________________________
FIB - Rua Xingu, nº 179, Jardim Atalaia, Stiep, Salvador – BA.
137

fazer serviços e comprar peças. Além desse fator, a concorrência é de grande


importância para a adoção da pulsação, pois há uma grande competitividade desse
segmento no mercado soteropolitano.

7.14 Visibilidade

7.14.1 FEIRÃO BREMEN

A ação acontecerá em de dezembro, onde o objetivo é estimular a queima


do estoque por conta da mudança no ano de fabricação dos veículos. O meio no
qual será trabalhado foi escolhido devido ao seu alto índice de impacto, e seu poder
de fixação durante a ação.

7.14.1.1 Descrição da Ação:

Utilizaremos uma placa de outdoor em sua proporção padrão (9X3 metros),


onde será inserida uma base de sustentação para simulação de um toldo – estrutura
de ferro ou alumínio coberta, geralmente, por lona com o objetivo de proteger da
chuva ou sol. O toldo é um elemento característico dos feirões automobilísticos da
Bahia. As placas serão espalhadas em lugares estratégicos da cidade. Para melhor
esclarecimento, segue imagem ilustrativa:

Figura 1 Outdoor com aplique.


____________________________________________________________________________________________
FIB - Rua Xingu, nº 179, Jardim Atalaia, Stiep, Salvador – BA.
138

7.14.2 VIAGEM DOS SONHOS BREMEN

A ação acontecerá na principal fase promocional que foca uma viagem para
assistir o Grande Prêmio Brasil de Fórmula 1. Para essa divulgação trabalharemos
com Mock up distribuídos em diversos Mobiliários Urbano.

7.14.2.1 Descrição da Ação:

Será criada uma identidade visual em torno da corrida de F1. Desta forma,
iremos substituir os MUPI´s por peças que irão representar situações ocorridas
durante a corrida. Utilizaremos elementos tais como: pneus (formando barreira de
proteção), homem vestindo macacão, placa de aviso de pit-stop, etc. Estarão
dispostos em lugares próximos ao ponto de venda e concorrentes. Para melhor
esclarecimento, segue imagem ilustrativa:

Figura 2 Mock-up

____________________________________________________________________________________________
FIB - Rua Xingu, nº 179, Jardim Atalaia, Stiep, Salvador – BA.
139

7.15 Planejamento tático

7.15.1 PRÉ-SELEÇÃO E SELEÇÃO DOS VEÍCULOS

7.15.1.1 Televisão

· TV Bahia

PROGRAMA HORÁRIO DIA AUDt CUSTO 30" CPP


GLOBO ECOLOGIA 06:55 SAB 2,15 R$ 234,00 R$ 108,84
PEQUENAS EMPRESAS 07:30 DOM 5,65 R$ 618,00 R$ 109,38
APROVADO 08:05 SAB 4,23 R$ 479,00 R$ 113,24
PROGRAMA DO JÔ 00:00 SEG/SEX 0,68 R$ 1.323,00 R$ 1.945,59
BAHIA ESPORTE 09:00 SAB 4,31 R$ 616,00 R$ 142,92
GLOBO RURAL 08:00 DOM 7,02 R$ 1.019,00 R$ 145,16
GLOBO RURAL 06:15 SEG/SEX 2,07 R$ 513,00 R$ 247,83
JORNAL DA MANHÃ 06:30 SEG/SEX 8,16 R$ 1.120,00 R$ 137,25
SESSÃO DE SÁBADO 16:30 SAB 6,61 R$ 1.452,00 R$ 219,67
BOM DIA BRASIL 07:15 SEG/SEX 8,59 R$ 1.517,00 R$ 176,60
MAIS VOCÊ 08:05 SEG/SEX 5,06 R$ 1.177,00 R$ 232,61
CALDEIRÃO DO HUCK 14:30 SAB 6,43 R$ 1.722,00 R$ 267,81
VIDEO SHOW 13:45 SEG/SEX 7,35 R$ 2.175,00 R$ 295,92
VALE A PENA VER DE NOVO 14:35 SEG/SEX 9,04 R$ 1.738,00 R$ 192,26
ZORRA TOTAL 22:05 SAB 12,73 R$ 4.943,00 R$ 388,30
AUTO ESPORTE 09:00 DOM 5,1 R$ 2.029,00 R$ 397,84
MALHAÇÃO 17:35 SEG/SEX 8,67 R$ 2.810,00 R$ 324,11
SUPER CINE 23:10 SAB 6,58 R$ 2.750,00 R$ 417,93
JORNAL DA GLOBO 23:45 SEG/SEX 2,48 R$ 2.156,00 R$ 869,35
TELA QUENTE 22:05 SEG 9,36 R$ 5.361,00 R$ 572,76
CASSETA E PLANETA 22:05 TER 10,16 R$ 8.005,00 R$ 787,89
SHOW DE TERÇA 22:40 TER 7,36 R$ 4.344,00 R$ 590,22
ESPORTE ESPETACULAR 09:30 DOM 4,57 R$ 2.115,00 R$ 462,80
PROFISSÃO REPORTER 23:30 TER 3,41 R$ 2.526,00 R$ 740,76
FUTEBOL 2008 QUA 21:45 QUA 6,64 R$ 5.361,00 R$ 807,38
A GRANDE FAMILIA 22:05 QUI 8,29 R$ 8.746,00 R$ 1.055,01
SHOW DE QUINTA 22:50 QUI 7,86 R$ 3.305,00 R$ 420,48
GLOBO REPORTER 22:05 SEX 12,45 R$ 6.607,00 R$ 530,68
SHOW DE SEXTA 23:10 SEX 6,75 R$ 3.719,00 R$ 550,96
BAHIA MEIO DIA 12:00 SEG/SAB 4,71 R$ 2.150,00 R$ 456,48
GLOBO ESPORTE 12:45 SEG/SAB 4,63 R$ 2.565,00 R$ 554,00
DOMINGÃO DO FAUSTÃO 15:00 DOM 7,21 R$ 4.887,00 R$ 677,81
JORNAL HOJE 13:15 SEG/SAB 4,81 R$ 2.864,00 R$ 595,43

____________________________________________________________________________________________
FIB - Rua Xingu, nº 179, Jardim Atalaia, Stiep, Salvador – BA.
140

PROGRAMA HORÁRIO DIA AUDt CUSTO 30" CPP


FUTEBOL 2008 SAB 16:00 SAB 5,65 R$ 4.398,00 R$ 778,41
NOVELA 18H 18:05 SEG/SAB 11,89 R$ 4.766,00 R$ 400,84
ALTAS HORAS 01:05 SAB 1,25 R$ 1.006,00 R$ 804,80
BA-TV 18:55 SEG/SAB 14,27 R$ 5.982,00 R$ 419,20
NOVELA 19H 19:15 SEG/SAB 13,54 R$ 6.176,00 R$ 456,13
FANTASTICO 20:30 DOM 11,28 R$ 10.179,00 R$ 902,39
JORNAL NACIONAL 20:15 SEG/SAB 16,64 R$ 10.622,00 R$ 638,34
DOMINGO MAIOR 00:40 DOM 2,56 R$ 2.740,00 R$ 1.070,31
REDE BAHIA REVISTA 23:40 DOM 2,28 R$ 2.584,00 R$ 1.133,33
NOVELA 20H 20:55 SEG/SAB 18,01 R$ 10.234,00 R$ 568,24
FUTEBOL 2008 DOM 16:00 DOM 5,65 R$ 4.887,00 R$ 864,96

· TV Itapuan

PROGRAMA HORARIO DIA AUD t CUSTO 30`` CPP


BAHIA NO AR 07:00 SEG / SEX 4,2 R$ 910,00 R$ 216,67
BALANÇO GERAL 12:00 SEG / SEX 4,06 R$ 3.257,00 R$ 802,22
HOJE EM DIA SAB 08:30 SÁB 1,75 R$ 1.324,00 R$ 756,57
DOMINGO ESPETACULAR 17:00 DOM 6,65 R$ 5.607,00 R$ 843,16
NOVELA 2 19:50 SEG / SÁB 7,42 R$ 7.093,00 R$ 955,93
REALITY SHOW IDOLOS 22:00 TER / QUA 3,55 R$ 3.767,00 R$ 1.061,13
FALA BRASIL 07:55 SEG / SEX 2,02 R$ 1.447,00 R$ 716,34
HOJE EM DIA 09:00 SEG / SEX 2,65 R$ 1.324,00 R$ 499,62
FALA BRASIL ESPECIAL 07:30 SÁB 2,05 R$ 1.447,00 R$ 705,85
SE LIGA BOCÃO 13:00 SEG / SEX 4,66 R$ 3.257,00 R$ 698,93
SHOW DO TOM 22:00 SÁB 4,31 R$ 3.928,00 R$ 911,37
PROGRAMA DA TARDE 15:00 SEG / SEX 0,27 R$ 1.159,00 R$ 4.292,59
TUDO É POSSIVEL 12:30 DOM 3,09 R$ 2.899,00 R$ 938,19
NOVELA 1 16:45 SEG / SEX 1,02 R$ 951,00 R$ 932,35
BAHIA RECORD 18:40 SEG / SÁB 7 R$ 2.802,00 R$ 400,29
JORNAL DA RECORD 19:15 SEG / SÁB 3,85 R$ 3.644,00 R$ 946,49
TELA MAXIMA 20:30 DOM 4,55 R$ 4.949,00 R$ 1.087,69
O MELHOR DO BRASIL 15:00 SÁB 2,4 R$ 2.993,00 R$ 1.247,08
NOVELA 3 20:45 SEG / SÁB 7,08 R$ 8.512,00 R$ 1.202,26
CAMERA RECORD 21:45 SEX 3,03 R$ 4.321,00 R$ 1.426,07
SHOW DE HUMOR 23:00 DOM 2,09 R$ 3.928,00 R$ 1.879,43
BOM D + 10:30 SÁB 1,26 R$ 2.802,00 R$ 2.223,81
SUPER TELA 21:45 QUI 2,37 R$ 3.928,00 R$ 1.657,38
REPORTER RECORD 21:45 SEG 1,31 R$ 4.321,00 R$ 3.298,47
SE LIGA BOCÃO ESPECIAL 11:15 SÁB 4,66 R$ 3.257,00 R$ 698,93

· TV Band

PROGRAMA HORÁRIO DIA AUDt CUSTO 30" CPP


____________________________________________________________________________________________
FIB - Rua Xingu, nº 179, Jardim Atalaia, Stiep, Salvador – BA.
141

PROGRAMA HORÁRIO DIA AUDt CUSTO 30" CPP


JORNAL DA NOITE 00:30 SEG/SEX 0,08 R$ 1.490,00 R$ 18.625,00
A NOITE É UMA CRIANÇA 01:15 SEG/SEX 0,08 R$ 1.680,00 R$ 21.000,00
PRIMEIRO JORNAL 08:00 SEG/SEX 0,13 R$ 385,00 R$ 2.961,54
BEM FAMILIA 09:00 SEG/SEX 0,01 R$ 530,00 R$ 53.000,00
JOGO ABERTO 11:30 SEG/SEX 0,19 R$ 1.515,00 R$ 7.973,68
BAHIA URGENTE 12:30 SEG/SEX 0,46 R$ 2.625,00 R$ 5.706,52
PRATO DA CASA 13:45 SEG/SEX 0,37 R$ 1.313,00 R$ 3.548,65
BRASIL URGENTE 18:00 SEG/SEX 0,88 R$ 4.385,00 R$ 4.982,95
BAND CIDADE 18:50 SEG/SEX 1,38 R$ 3.140,00 R$ 2.275,36
JORNAL DA BAND 19:20 SEG/SEX 1,19 R$ 6.870,00 R$ 5.773,11
NOVELA 20:15 SEG/SEX 0,32 R$ 2.915,00 R$ 9.109,38
É O AMOR 22:00 TER 0,53 R$ 3.210,00 R$ 6.056,60
FUTEBOL DA BAND 21:30 QUA 1,15 R$ 5.860,00 R$ 5.095,65
TOP CINE BAND 22:00 QUI 3,08 R$ 3.320,00 R$ 1.077,92
TERRA NATIVA 22:00 SEX 0,32 R$ 3.210,00 R$ 10.031,25
CAMPEONATO ITALIANO 12:00 DOM 1,42 R$ 3.115,00 R$ 2.193,66
QUEM PODE MAIS 14:00 DOM 1,42 R$ 3.760,00 R$ 2.647,89
FUTEBOL DA BAND 15:30 DOM 0,51 R$ 5.860,00 R$ 11.490,20
RAUL GIL TAMANHO FAMILIA 18:00 DOM 1,59 R$ 3.760,00 R$ 2.364,78
FUTEBOL COMPACTO 20:30 DOM 1,26 R$ 5.860,00 R$ 4.650,79
TERCEIRO TEMPO 21:30 DOM 1,49 R$ 3.210,00 R$ 2.154,36
CANAL LIVRE 23:00 DOM 0,31 R$ 930,00 R$ 3.000,00
A NOITE É SUPER CRIANÇA 00:30 SAB 1,35 R$ 1.680,00 R$ 1.244,44
CINE BAND PRIVE 02:30 SAB 1,37 R$ 815,00 R$ 594,89
BAND ESPORTE CLUBE 13:00 SAB 0,85 R$ 2.915,00 R$ 3.429,41
PROGRAMA RAUL GIL 15:15 SAB 1,43 R$ 3.420,00 R$ 2.391,61
NO CORAÇÃO BRASIL 23:30 SAB 1,85 R$ 3.670,00 R$ 1.983,78
CUSTE O QUE CUSTAR 22:15 SEG 1,37 R$ 3.210,00 R$ 2.343,07

· TV Aratu

PROGRAMAS HORARIO DIA AUD t CUSTO 30`` CPP


JORNAL DO SBT MANHA 06:00 SEG / SEX 1,48 264,00 R$ 178,38
CINEMA EM CASA 14:15 SEG / SEX 3,79 694,00 R$ 183,11
CASOS DE FAMILIA 16:00 SEG / SEX 2,68 715,00 R$ 266,79
JORNAL DO SBT NOT 00:00 SEG / SEX 0,84 760,00 R$ 904,76
NA MIRA 07:00 SEG / SEX 2,31 2.200,00 R$ 952,38
SIGA BEM CAMINHONEIRO 08:30 DOM 0,51 257,00 R$ 503,92
BOM DIA CIDADE 07:25 SEG / SEX 1,53 1.100,00 R$ 718,95
NO CAMPO DO 4 11:20 SEG / SEX 1,59 1.100,00 R$ 691,82
QUE VENHA O POVO 11:45 SEG / SEX 3,09 3.740,00 R$ 1.210,36
ARATU NOTÍCIAS - 1ª EDIÇÃO 13:30 SEG / SEX 1,68 1.650,00 R$ 982,14
A HORA DO POVO 14:00 SEG / SEX 3,18 2.200,00 R$ 691,82
PROGRAMA SILVIO SANTOS 14:00 DOM 3,06 2.403,00 R$ 785,29
____________________________________________________________________________________________
FIB - Rua Xingu, nº 179, Jardim Atalaia, Stiep, Salvador – BA.
142

PROGRAMAS HORARIO DIA AUD t CUSTO 30`` CPP


NA MIRA - RESUMO SEMANA 18:30 SÁB 2,58 2.200,00 R$ 852,71
DOMINGO LEGAL 18:30 DOM 3,13 3.058,00 R$ 977,00
OLHA VOCÊ 17:00 SEG / SEX 1,33 715,00 R$ 537,59
ARATU NOTÍCIAS - 2ª EDIÇÃO 18:45 SEG / SEX 1,07 1.650,00 R$ 1.542,06
SERIE - EU, A PATROA E AS CRIANÇAS 18:15 SEG / SÁB 1,09 748,00 R$ 686,24
SBT BRASIL 21:30 SEG / SÁB 0,57 2.980,00 R$ 5.228,07
SE LIGA NO PIDA 12:00 SÁB 1,19 1.650,00 R$ 1.386,55
QUE VENHA O POVO - RESUMO SEMANA 13:30 SÁB 2,63 3.740,00 R$ 1.422,05
PANTANAL 22:00 SEG / SÁB 4,31 7.306,00 R$ 1.695,13
TOPA OU NÃO TOPA 20:00 SEX 0,72 2.401,00 R$ 3.334,72
TELA DE SUCESSOS 23:00 SEX 2,94 2.993,00 R$ 1.018,03
A PRAÇA É NOSSA 19:30 QUI 0,97 2.564,00 R$ 2.643,30
ASTROS 20:00 QUA 1,31 2.444,00 R$ 1.865,65
SUPER NANNY 20:15 SÁB 0,95 2.444,00 R$ 2.572,63
SBT REPORTER 23:30 QUA 0,94 2.401,00 R$ 2.554,26
NADA ALEM DA VERDADE 20:00 TER 0,62 2.401,00 R$ 3.872,58
NORDESTE MAIS 10:00 SÁB 0,79 2.993,00 R$ 3.788,61
CINE ESPETACULAR 23:00 TER 2,87 2.993,00 R$ 1.042,86
HEBE CAMARGO 19:30 SEG 0,4 2.407,00 R$ 6.017,50
SBT REALIDADE 23:00 SEG 0,97 2.401,00 R$ 2.475,26
CINE BELAS ARTES 23:00 SÁB 0,29 2.401,00 R$ 8.279,31

Quantitativo Quali/Quant. Qualitativo

Predominância da maioria dos programas da TV Bahia escolhidos pelo


cunho quantitativo por possuírem o CPP melhor do que as outras três emissoras.
Logo após vem a Aratu que se destacou com programas como Jornal do SBT
Manhã, Cinema em Casa e Casos de Família apresentando também excelentes
CPP´s. A emissora Bandeirante não teve nenhum de seus programas selecionados
por não possuirem uma audiência interessante dentro do nosso target e
consequentemente não alcançar bons CPPs de forma quantitativa. Também não
foram identificados fatores qualitativos que nos levassem a essa determinada
seleção.
Selecionados de forma qualitativa Bahia no ar, Balanço Geral e Aratu
Notícias – 1ª e 2ª edição, por serem de cunho jornalístico e possuírem grande nível
de atenção do telespectador. Novela 2, na TV Itapuan, por atingir a uma fatia do
nosso público-alvo importante no poder de compra e alto desempenho de audiência.
Siga Bem Caminhoneiro pelo enquadramento ao nosso produto. Hoje em Dia Sáb,

____________________________________________________________________________________________
FIB - Rua Xingu, nº 179, Jardim Atalaia, Stiep, Salvador – BA.
143

Domingo Legal pela credibilidade na informação e Domingo Espetacular e Cine


Espetacular pela necessidade de maior cobertura dentro desses horário e bom nível
de audiência que ambos apresentam dentro de suas emissoras.
Vale ressaltar também, alguns programas da emissora Rede Bahia
selecionados quanti. e qualitativamente por possuírem ótimos CPP´s e adequação
ao nosso produto e público-alvo como o programa Auto Esporte, por exemplo.

7.15.1.2 Rádio

VEÍCULO AUDIÊNCIA CUSTO 30`` (FAIXA CPP


HORÁRIA)
PIATÃ FM 3,21 R$ 90,00 R$ 28,04
BAHIA FM 1,62 R$ 60,00 R$ 37,04
ITAPUAN FM 1,43 R$ 80,00 R$ 55,94
GLOBO FM 1,70 R$ 113,00 R$ 66,47
NOVA BRASIL FM 0,83 R$ 104,00 R$ 125,30
ITAPARICA FM 0,23 R$ 35,00 R$ 401,86
BAND NEWS FM 0,36 R$ 84,00 R$ 152,17
A TARDE FM 0,28 R$ 71,76 R$ 233,33
TRANSAMÉRICA 0,43 R$ 172,80 R$ 256,29

Quantitativo Quali/Quant. Qualitativo

As rádios Piatã FM e Bahia FM foram selecinadas pelo critério quantitativo,


pois apresentaram melhores resultados de CPP (custo por ponto). Já a Globo FM
atendeu no criterio qualitativo, pela credibilidade do grupo que pertence e por atingir
uma parcela diferenciada do público, fazendo uma relação com as outras duas
rádios selecionadas.

7.15.1.3 Jornal

VEÍCULO CIRCULAÇÃO CUSTO (CM x COL) CPM


A TARDE 40000 R$ 113,00 R$ 2,83
CORREIO 20000 R$ 91,00 R$ 4,55
TRIBUNA DA BAHIA 10000 R$ 86,00 R$ 8,60

Quantitativo Qualitativo Quali/Quant.

Com uma diferença notória de custo x beneficio, optamos por trabalhar com
dois jornais. O A Tarde quantitativamente por apresentar o melhor CPM (custo por

____________________________________________________________________________________________
FIB - Rua Xingu, nº 179, Jardim Atalaia, Stiep, Salvador – BA.
144

mil), contudo não podemos desconsiderar o carater qualitativo deste veículo. Pois o
jornal A Tarde é hoje considerado o veículo de maior credibilidade na nossa praça.
O Correio da Bahia foi selecionado qualitativamente devido à grande
necessidade desse segmento de mercado na divugação extensa nos meios
impressos.

7.15.1.4 Outdoor

EXIBIDORAS ROTEIRO CUSTO


CEÚ ABERTO (LAURO) NOBRE R$ 1.350,00
MURAL (LAURO) NOBRE R$ 1.600,00
REDE OUTLIGHT NOBRE R$ 2.190,00
PONTO NOBRE R$ 2.210,00
ALINHARES NOBRE R$ 2.260,00
IMAGEM NOBRE R$ 2.300,00
IMPACTO NOBRE R$ 2.310,00
CHAVES NOBRE R$ 2.315,50

Escolhemos a empresa Alinhares para a praça de Salvador por possuir


maior número de placas espalhadas por toda cidade, em pontos estratégicos
possibilitando assim ampla cobertura para nosso cliente. Já para a região
metropolitana selecionamos a empresa Céu Aberto pela relação custo x beneficio.

7.15.1.5 Busdoor

EXIBIDORAS FORMATOS (metros) CUSTO

MURAL 1,80 X 0,50 R$ 290,00


MIDIA BUS 1,80 X 0,50 R$ 320,00
FAST MIDIA 1,80 X 0,50 R$ 270,00

Escolhemos Midia Bus por ser líder de mercado com disponibilidade de veiculação
em 2.300 ônibus.

7.15.1.6 Mobiliário urbano

CUSTO
EXIBIDORA
(face/semana)
CEMUSA R$ 453,33
JCDECAUX R$ 472,50

____________________________________________________________________________________________
FIB - Rua Xingu, nº 179, Jardim Atalaia, Stiep, Salvador – BA.
145

Escolhemos as duas exibidoras de mobiliário urbano, pois cada uma delas


apresenta um roteiro distinto importante para nossa comunicação. A Cemusa mais
voltada para bairros periféricos e próximos a loja da Bremem do Retiro e a
JCDecaux por possuir roteiros em bairros nobres próximos a loja da Bremen Costa
Azul. Logo, teremos uma maior cobertura e um nível de impacto maior em nossas
campanhas.

____________________________________________________________________________________________
FIB - Rua Xingu, nº 179, Jardim Atalaia, Stiep, Salvador – BA.
146

Planilha de Programação de TV
DATA: 12/01 a 14/01 MÊS DE VEICULAÇÃO: janeiro/2009

VEÍCULO DE COMUNICAÇÃO: TV BA CLIENTE: BREMEN

PEÇA TÍTULO FORMATO/DURAÇÃO MATERIAL


A) VT 30"
B)
C)
D)

P Nº de Custo Custo Custo


INSERÇÕES
E
Programas CPP Audiência TARPT
Ç Q S S D S T Q Q S S D S T Q Q S S D S T Q Q S S D S T Q Q S S Inserções Unitário Negociado Total
A 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 31
NOVELA 20H A 1 1 2 568,24 18,01 36 10.234,00 R$ 9.619,96 R$ 19.239,92
BA-TV A 1 1 1 3 419,20 14,27 43 5.982,00 R$ 5.623,08 R$ 16.869,24
JORNAL DA MANHÃ A 1 1 2 137,25 8,16 16 1.120,00 R$ 1.052,80 R$ 2.105,60
MAIS VOCÊ A 1 2 2 5 232,61 5,06 25 1.177,00 R$ 1.094,61 R$ 5.473,05
0 - - 0 - R$ - R$ -
JORNAL DA GLOBO A 2 1 2 5 869,35 2,48 12 2.156,00 R$ 2.026,64 R$ 10.133,20
BOM DIA BRASIL A 1 1 2 176,60 8,59 17 1.517,00 R$ 1.425,98 R$ 2.851,96
FUTEBOL 2008 QUA A 2 2 807,38 6,64 13 5.361,00 R$ 5.361,00 R$ 10.722,00
0 - - 0 - R$ - R$ -
0 - - 0 - R$ - R$ -
TOTAL 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 7 7 7 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 21 - - 163 - R$ 67.394,97
FATURAMENTO DATA DE PAGAMENTO TARPE 972 Valor Bruto R$ 67.394,97
15 dfm 15/02/2009 Valor Líquido R$ 53.915,98
Observações: Comissão de R$ 13.478,99

______________________________________________________________________________________________________________________________________________
FIB - Rua Xingu, nº 179, Jardim Atalaia, Stiep, Salvador – BA.
147

Planilha de Programação de TV
DATA: 15/01 a 19/01 MÊS DE VEICULAÇÃO: janeiro/2009

VEÍCULO DE COMUNICAÇÃO: TV BA CLIENTE: BREMEN

PEÇA TÍTULO FORMATO/DURAÇÃO MATERIAL


A) VT 15"
B)
C)
D)

P Nº de Custo Custo Custo


INSERÇÕES
E
Programas CPP Audiência TARPT
Ç Q S S D S T Q Q S S D S T Q Q S S D S T Q Q S S D S T Q Q S S Inserções Unitário Negociado Total
A 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 31
NOVELA 20H A 1 2 2 2 7 568,24 18,01 126 7.206,75 R$ 6.774,35 R$ 47.420,42
BA-TV A 2 2 2 2 8 419,20 14,27 114 4.212,75 R$ 3.959,99 R$ 31.679,88
JORNAL DA MANHÃ A 2 2 1 5 137,25 8,16 41 526,00 R$ 494,44 R$ 2.472,20
MAIS VOCÊ A 1 1 1 3 232,61 5,06 15 558,00 R$ 518,94 R$ 1.556,82
AUTO ESPORTE A 3 3 397,84 5,10 15 939,50 R$ 883,13 R$ 2.649,39
JORNAL DA GLOBO A 2 2 2 6 869,35 2,48 15 1.486,50 R$ 1.397,31 R$ 8.383,86
BOM DIA BRASIL A 3 2 2 7 176,60 8,59 60 702,50 R$ 660,35 R$ 4.622,45
0 - - 0 - R$ - R$ -
0 - - 0 - R$ - R$ -
DOMINGÃO DO FAUSTÃO A 2 2 677,81 7,21 14 3.441,75 R$ 3.200,83 R$ 6.401,66
TOTAL 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 11 11 4 5 10 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 41 - - 401 - R$ 105.186,67
FATURAMENTO DATA DE PAGAMENTO TARPE 972 Valor Bruto R$ 105.186,67
15 dfm 15/02/2009 Valor Líquido R$ 84.149,34
Observações: Comissão de R$ 21.037,33

______________________________________________________________________________________________________________________________________________
FIB - Rua Xingu, nº 179, Jardim Atalaia, Stiep, Salvador – BA.
148

______________________________________________________________________________________________________________________________________________
FIB - Rua Xingu, nº 179, Jardim Atalaia, Stiep, Salvador – BA.
149

______________________________________________________________________________________________________________________________________________
FIB - Rua Xingu, nº 179, Jardim Atalaia, Stiep, Salvador – BA.
150

______________________________________________________________________________________________________________________________________________
FIB - Rua Xingu, nº 179, Jardim Atalaia, Stiep, Salvador – BA.
151

______________________________________________________________________________________________________________________________________________
FIB - Rua Xingu, nº 179, Jardim Atalaia, Stiep, Salvador – BA.
152

______________________________________________________________________________________________________________________________________________
FIB - Rua Xingu, nº 179, Jardim Atalaia, Stiep, Salvador – BA.
153

______________________________________________________________________________________________________________________________________________
FIB - Rua Xingu, nº 179, Jardim Atalaia, Stiep, Salvador – BA.
154

______________________________________________________________________________________________________________________________________________
FIB - Rua Xingu, nº 179, Jardim Atalaia, Stiep, Salvador – BA.
155

______________________________________________________________________________________________________________________________________________
FIB - Rua Xingu, nº 179, Jardim Atalaia, Stiep, Salvador – BA.
156

______________________________________________________________________________________________________________________________________________
FIB - Rua Xingu, nº 179, Jardim Atalaia, Stiep, Salvador – BA.
157

______________________________________________________________________________________________________________________________________________
FIB - Rua Xingu, nº 179, Jardim Atalaia, Stiep, Salvador – BA.
158

______________________________________________________________________________________________________________________________________________
FIB - Rua Xingu, nº 179, Jardim Atalaia, Stiep, Salvador – BA.
159

______________________________________________________________________________________________________________________________________________
FIB - Rua Xingu, nº 179, Jardim Atalaia, Stiep, Salvador – BA.
160

______________________________________________________________________________________________________________________________________________
FIB - Rua Xingu, nº 179, Jardim Atalaia, Stiep, Salvador – BA.
161

______________________________________________________________________________________________________________________________________________
FIB - Rua Xingu, nº 179, Jardim Atalaia, Stiep, Salvador – BA.
162

______________________________________________________________________________________________________________________________________________
FIB - Rua Xingu, nº 179, Jardim Atalaia, Stiep, Salvador – BA.
163

______________________________________________________________________________________________________________________________________________
FIB - Rua Xingu, nº 179, Jardim Atalaia, Stiep, Salvador – BA.
164

______________________________________________________________________________________________________________________________________________
FIB - Rua Xingu, nº 179, Jardim Atalaia, Stiep, Salvador – BA.
165

______________________________________________________________________________________________________________________________________________
FIB - Rua Xingu, nº 179, Jardim Atalaia, Stiep, Salvador – BA.
166

______________________________________________________________________________________________________________________________________________
FIB - Rua Xingu, nº 179, Jardim Atalaia, Stiep, Salvador – BA.
167

______________________________________________________________________________________________________________________________________________
FIB - Rua Xingu, nº 179, Jardim Atalaia, Stiep, Salvador – BA.
168

______________________________________________________________________________________________________________________________________________
FIB - Rua Xingu, nº 179, Jardim Atalaia, Stiep, Salvador – BA.
169

______________________________________________________________________________________________________________________________________________
FIB - Rua Xingu, nº 179, Jardim Atalaia, Stiep, Salvador – BA.
170

______________________________________________________________________________________________________________________________________________
FIB - Rua Xingu, nº 179, Jardim Atalaia, Stiep, Salvador – BA.
171

______________________________________________________________________________________________________________________________________________
FIB - Rua Xingu, nº 179, Jardim Atalaia, Stiep, Salvador – BA.
172

______________________________________________________________________________________________________________________________________________
FIB - Rua Xingu, nº 179, Jardim Atalaia, Stiep, Salvador – BA.
173

______________________________________________________________________________________________________________________________________________
FIB - Rua Xingu, nº 179, Jardim Atalaia, Stiep, Salvador – BA.
174

______________________________________________________________________________________________________________________________________________
FIB - Rua Xingu, nº 179, Jardim Atalaia, Stiep, Salvador – BA.
175

______________________________________________________________________________________________________________________________________________
FIB - Rua Xingu, nº 179, Jardim Atalaia, Stiep, Salvador – BA.
176

______________________________________________________________________________________________________________________________________________
FIB - Rua Xingu, nº 179, Jardim Atalaia, Stiep, Salvador – BA.
177

______________________________________________________________________________________________________________________________________________
FIB - Rua Xingu, nº 179, Jardim Atalaia, Stiep, Salvador – BA.
178

______________________________________________________________________________________________________________________________________________
FIB - Rua Xingu, nº 179, Jardim Atalaia, Stiep, Salvador – BA.
179

______________________________________________________________________________________________________________________________________________
FIB - Rua Xingu, nº 179, Jardim Atalaia, Stiep, Salvador – BA.
180

______________________________________________________________________________________________________________________________________________
FIB - Rua Xingu, nº 179, Jardim Atalaia, Stiep, Salvador – BA.
181

______________________________________________________________________________________________________________________________________________
FIB - Rua Xingu, nº 179, Jardim Atalaia, Stiep, Salvador – BA.
182

______________________________________________________________________________________________________________________________________________
FIB - Rua Xingu, nº 179, Jardim Atalaia, Stiep, Salvador – BA.
183

______________________________________________________________________________________________________________________________________________
FIB - Rua Xingu, nº 179, Jardim Atalaia, Stiep, Salvador – BA.
184

______________________________________________________________________________________________________________________________________________
FIB - Rua Xingu, nº 179, Jardim Atalaia, Stiep, Salvador – BA.
185

______________________________________________________________________________________________________________________________________________
FIB - Rua Xingu, nº 179, Jardim Atalaia, Stiep, Salvador – BA.
186

______________________________________________________________________________________________________________________________________________
FIB - Rua Xingu, nº 179, Jardim Atalaia, Stiep, Salvador – BA.
187

______________________________________________________________________________________________________________________________________________
FIB - Rua Xingu, nº 179, Jardim Atalaia, Stiep, Salvador – BA.
188

______________________________________________________________________________________________________________________________________________
FIB - Rua Xingu, nº 179, Jardim Atalaia, Stiep, Salvador – BA.
189

Planilha de Programação de Rádio


DATA: 02/12 a 22/12 MÊS DE VEICULAÇÃO: dezembro/2009

VEÍCULO DE COMUNICAÇÃO: BAHIA FM CLIENTE: BREMEN

PEÇA TÍTULO FORMATO/DURAÇÃO MATERIAL


A) SPOT 30"
B)
C)
D)

P Nº de Custo Custo Custo


INSERÇÕES
E
Posição CPP Cobertura TARPT
Ç T Q Q S S D S T Q Q S S D S T Q Q S S D S T Q Q S S D S T Q Q Inserções Unitário Negociado Total
A 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 31
FAIXA HORARIA (06 AS 19H) 9 9 10 10 10 10 10 10 10 10 10 10 10 10 10 10 10 10 10 10 10 208 37,04 1,62 337 60,00 R$ 42,00 R$ 8.736,00
0 R$ -
0 R$ -
TOTAL 0 9 9 10 10 10 10 10 10 10 10 10 10 10 10 10 10 10 10 10 10 10 0 0 0 0 0 0 0 0 0 208 - - 337 - R$ 8.736,00
FATURAMENTO DATA DE PAGAMENTO TARPE 1232 Valor Bruto R$ 8.736,00
Contra o cliente pelo valor bruto 15/01/2010 Valor Líquido R$ 6.988,80
Observações: Comissão de R$ 1.747,20

______________________________________________________________________________________________________________________________________________
FIB - Rua Xingu, nº 179, Jardim Atalaia, Stiep, Salvador – BA.
190

______________________________________________________________________________________________________________________________________________
FIB - Rua Xingu, nº 179, Jardim Atalaia, Stiep, Salvador – BA.
191

______________________________________________________________________________________________________________________________________________
FIB - Rua Xingu, nº 179, Jardim Atalaia, Stiep, Salvador – BA.
192

______________________________________________________________________________________________________________________________________________
FIB - Rua Xingu, nº 179, Jardim Atalaia, Stiep, Salvador – BA.
193

______________________________________________________________________________________________________________________________________________
FIB - Rua Xingu, nº 179, Jardim Atalaia, Stiep, Salvador – BA.
194

______________________________________________________________________________________________________________________________________________
FIB - Rua Xingu, nº 179, Jardim Atalaia, Stiep, Salvador – BA.
195

______________________________________________________________________________________________________________________________________________
FIB - Rua Xingu, nº 179, Jardim Atalaia, Stiep, Salvador – BA.
196

______________________________________________________________________________________________________________________________________________
FIB - Rua Xingu, nº 179, Jardim Atalaia, Stiep, Salvador – BA.
197

______________________________________________________________________________________________________________________________________________
FIB - Rua Xingu, nº 179, Jardim Atalaia, Stiep, Salvador – BA.
198

______________________________________________________________________________________________________________________________________________
FIB - Rua Xingu, nº 179, Jardim Atalaia, Stiep, Salvador – BA.
199

______________________________________________________________________________________________________________________________________________
FIB - Rua Xingu, nº 179, Jardim Atalaia, Stiep, Salvador – BA.
200

______________________________________________________________________________________________________________________________________________
FIB - Rua Xingu, nº 179, Jardim Atalaia, Stiep, Salvador – BA.
201

Planilha de Programação de MUPI


DATA: 15/01 a 21/01 MÊS DE VEICULAÇÃO: janeiro/2009

VEÍCULO DE COMUNICAÇÃO: JCDECAUX CLIENTE: BREMEN

PEÇA TÍTULO FORMATO/DURAÇÃO MATERIAL


A)
B)
C)
D)

P Nº de Custo Custo Custo


INSERÇÕES
E
Posição
Ç Q S S D S T Q Q S S D S T Q Q S S D S T Q Q S S D S T Q Q S S Inserções Unitário Negociado Total
A 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 31
X X X X X X X 200 R$ 472,50 R$ 448,94 R$ 89.788,00
0 R$ -
0 R$ -
TOTAL 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 200 - R$ 89.788,00
FATURAMENTO DATA DE PAGAMENTO Valor Bruto R$ 89.788,00
Contra o cliente pelo valor bruto 13/01/2009 Valor Líquido R$ 71.830,40
Observações: Comissão de Agência R$ 17.957,60

______________________________________________________________________________________________________________________________________________
FIB - Rua Xingu, nº 179, Jardim Atalaia, Stiep, Salvador – BA.
202

Planilha de Programação de MUPI


DATA: 01/05 a 07/05 MÊS DE VEICULAÇÃO: maio/2009

VEÍCULO DE COMUNICAÇÃO: CEMUSA CLIENTE: BREMEN

PEÇA TÍTULO FORMATO/DURAÇÃO MATERIAL


A)
B)
C)
D)

P Nº de Custo Custo Custo


INSERÇÕES
E
Posição
Ç Q S S D S T Q Q S S D S T Q Q S S D S T Q Q S S D S T Q Q S S Inserções Unitário Negociado Total
A 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 31
X X X X X X X 150 R$ 453,33 R$ 317,33 R$ 47.599,50
0 R$ -
0 R$ -
TOTAL 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 150 - R$ 47.599,50
FATURAMENTO DATA DE PAGAMENTO Valor Bruto R$ 47.599,50
Contra o cliente pelo valor bruto 28/05/2009 Valor Líquido R$ 38.079,60
Observações: Comissão de Agência R$ 9.519,90

______________________________________________________________________________________________________________________________________________
FIB - Rua Xingu, nº 179, Jardim Atalaia, Stiep, Salvador – BA.
203

______________________________________________________________________________________________________________________________________________
FIB - Rua Xingu, nº 179, Jardim Atalaia, Stiep, Salvador – BA.
204

______________________________________________________________________________________________________________________________________________
FIB - Rua Xingu, nº 179, Jardim Atalaia, Stiep, Salvador – BA.
205

______________________________________________________________________________________________________________________________________________
FIB - Rua Xingu, nº 179, Jardim Atalaia, Stiep, Salvador – BA.
206

______________________________________________________________________________________________________________________________________________
FIB - Rua Xingu, nº 179, Jardim Atalaia, Stiep, Salvador – BA.
207

______________________________________________________________________________________________________________________________________________
FIB - Rua Xingu, nº 179, Jardim Atalaia, Stiep, Salvador – BA.
208

______________________________________________________________________________________________________________________________________________
FIB - Rua Xingu, nº 179, Jardim Atalaia, Stiep, Salvador – BA.
209

______________________________________________________________________________________________________________________________________________
FIB - Rua Xingu, nº 179, Jardim Atalaia, Stiep, Salvador – BA.
210

______________________________________________________________________________________________________________________________________________
FIB - Rua Xingu, nº 179, Jardim Atalaia, Stiep, Salvador – BA.
211

______________________________________________________________________________________________________________________________________________
FIB - Rua Xingu, nº 179, Jardim Atalaia, Stiep, Salvador – BA.
212

______________________________________________________________________________________________________________________________________________
FIB - Rua Xingu, nº 179, Jardim Atalaia, Stiep, Salvador – BA.
213

______________________________________________________________________________________________________________________________________________
FIB - Rua Xingu, nº 179, Jardim Atalaia, Stiep, Salvador – BA.
214

7.16 Tático para cada fase

7.16.1 FASE 1: PROMOCIONAL I

Anunciaremos nesta fase nas emissoras, TV BAHIA, TV ITAPOAN e TV


ARATU de 12 a 14/01/09 no formato de 30´´ e de 15 a 19/01/09, teremos uma
redução da peça para o formato de 15´´. Totalizando para TV 152 inserções para a
fase.
Já para o meio rádio, veicularemos nas emissoras, PIATÃ FM, GLOBO FM e
BAHIA FM, no período de 12 a 20/01/09, um spot de 30´´ com o total de 458
inserções. Ainda nesta fase teremos o mobiliário urbano representado pela empresa
JCDecaux, no período de 15 a 21/01/09, com 200 faces.

7.16.2 FASE 2: VENDAS I

Anunciaremos nesta fase na emissora, TV BAHIA de 01 a 03/02/09 no


formato de 30´´ e de 04 a 17/02/09 e de 02/03 a 22/03, teremos uma redução da
peça para o formato de 15´´. Na TV ITAPOAN, de 09 a 16/02/09 e de 02 a 21/03 no
formato de 15´´. Na TV ARATU de 04 a 16/02/09, também no formato de 15´´.
Totalizando para TV 256 inserções para a fase.
No Jornal, A TARDE, veicularemos de 04 a 12/02/09, 3 inserções no formato
de ¼ de página.
No Outdoor trabalharemos com duas exibidoras, A.LINHARES (SSA) com
12 placas e CÉU ABERTO (L. de FREITAS) com 8 placas, no período de 31/01 a
13/02/09.

7.16.3 FASE 3: SUSTENTAÇÃO I

Nesta fase veicularemos nas Rádios PIATÃ FM, no período de 12 a


16/04/09, e na GLOBO FM de 02 a 15/04/09. Totalizando 247 inserções.
Também iremos anunciar no meio internet, pela empresa A TARDE ON
LINE, no período de 02 a 16/04/09, no formato Super Banner.

____________________________________________________________________________________________
FIB - Rua Xingu, nº 179, Jardim Atalaia, Stiep, Salvador – BA.
215

7.16.4 FASE 4: PROMOCIONAL II

Anunciaremos nesta fase na emissora, TV BAHIA de 04 a 06/05/09 no


formato de 30´´ e de 07/05 a 14/06/09, teremos uma redução da peça para o formato
de 15´´. Na TV ITAPOAN, de 04 a 06/05/09 no formato de 30´´ e 07 a 28/05/09 e de
01 a 13/06/09 no formato de 15´´. Na TV ARATU de 04 a 06/05/09, no formato de
30´´ e de 07/05 a 14/06/09 no formato de 15´´. Totalizando para TV 271 inserções
para a fase.
No meio Busdoor veicularemos junto à empresa Mídiabus, de 01 a 30/05/09,
no formato traseiro, totalizando 100 placas.
No jornal, trabalharemos com o Jornal A TARDE, no período de 10 a
15/05/09, com 2 inserções no formato ¼ de página. E no jornal CORREIO DA
BAHIA, no período de 12 a 14/05/09, com 2 inserções no formato de ¼ de página.
Ainda nesta fase teremos o mobiliário urbano representado pela empresa CEMUSA,
no período de 01 a 07/05/09, com veiculação de 150 faces.

7.16.5 FASE 5: VENDAS I I

Na 5ª fase, no meio Tv, anunciaremos na TV Bahia de 09 a 11/07 no formato


de 30”, de 12 a 08/08 no formato de 15”. Total de inserções: 134
Na Tv Itapuan anunciaremos no período de 09/07 a 11/07 no formato de 30”, de
12/07 a 31/07 no formato de 15”. Totalizando 182 inserções na fase.
No jornal veicularemos com 02 inserções na A Tarde de 26/07 a 28/07, formato ¼
de página e 02 inserções no Correio de 19/07 a 20/07, formato ¼ de página, ambos
coloridos. Totalizando 04 inserções na fase.
No meio Busdoor veicularemos no período de 01/07 a 30/07, traseiro(1,80x0,50).
Totalizando 100 placas na fase.

7.16.6 FASE 6: SUSTENTAÇÃO I I

Na 6º fase anunciaremos no meio TV, nas emissoras TV Bahia, TV Itapuan


e Tv Band no período de 04/09 a 23/09 e na TV Aratu de 04/09 a 24/09, ambos com
formato de 30”. Totalizando 192 inserções na fase.
No meio rádio veicularemos na rádio Globo FM no período de 04/09 a 24/09,
formato 30”. E na rádio Bahia FM no período de 04/09 a 13/09, formato de 30”.
Totalizando 564 inserções para a fase.

____________________________________________________________________________________________
FIB - Rua Xingu, nº 179, Jardim Atalaia, Stiep, Salvador – BA.
216

Anunciaremos nas exibidoras A Linhares e Céu aberto no período de 12/09


a 25/09, cartaz de 32 folhas, sendo 15 placas na A Linhares e 10 placas na Céu
aberto. Totalizando 25 placas na fase.
No meio Busdoor veicularemos em 50 placas, traseiro, na exibidora Mídia
Bus no período de 01/09 a 30/09.

7.16.7 FASE7: VENDAS III

No jornal veicularemos com 02 inserções na A Tarde de 21/10 a 29/10,


formato ¼ de página e 03 inserções no Correio de 18/10 a 27/10, formato ¼ de
página, ambos coloridos. Totalizando 05 inserções para a fase.
No meio rádio veicularemos na rádio Globo FM no período de 15/10 a 31/10,
de 01/11 a 17/11. Na rádio Bahia FM no período de 01/11 a 17/11 e rádio Piatã FM
de 15/10 a 31/10, ambos com formato de 30”. Totalizando 633 inserções para a
fase.
Anunciaremos na exibidora A Linhares no período de 24/10 a 31/10, de
01/11 a 06/11 cartaz de 32 folhas. Totalizando 08 placas para a fase.

7.16.8 FASE 8: PROMOCIONAL III

No jornal veicularemos na A Tarde de 13/12 a 17/12, formato ¼ de página.


Totalizando 03 inserções para a fase.
No meio rádio veicularemos na rádio Globo FM no período de 01/11 a 17/11,
de 01/12 a 21/12. Na rádio Bahia FM no período de 02/12 a 22/12 e rádio Piatã FM
de 01/12 a 14/12, ambos com formato de 30”. Totalizando 763 inserções para a
fase.
Anunciaremos nas exibidoras A Linhares e Céu aberto no período de 05/12
a 18/12, cartaz de 32 folhas, sendo 13 placas normais e 02 placas com aplique na A
Linhares e 15 placas na Céu aberto. Totalizando 30 placas na fase.

____________________________________________________________________________________________
FIB - Rua Xingu, nº 179, Jardim Atalaia, Stiep, Salvador – BA.
217

8 PEÇAS GRÁFICAS

8.1 Fase 1: Promocional I

VT 30”
Fase1: Promocional 1
Titulo: Feirão comprou ganhou Bremen
Locução Imagem Som Tempo

Feirão comprou ganhou Surge marca do Feirão. Cartela Locutor . 7”


Bremen. De 15 a20 de janeiro animada do período do feirão,
na loja do Costa Azul, você logo após aparece a raspadinha Trilha de axé.
compra seu carro, recebe uma com uma mão e segurando a
raspadinha e ganha um moeda, riscando e aparecendo o
prêmio na hora. Venha premio.
conferir nossas ofertas

Novo Gol modelo 09 por Cartela dos carros. 13”


30.000 com ipva grátis.

Voyage a partir de 29.900

Cross Fox imperdível com ar


de fabrica.

Golf com preço de nota


fiscal de fabrica.
Parati, completa, preço
imperdível.
E toda linha de semi-novos
com garantia Bremen.
Não seja o último a chegar, Cartela da imagem aérea da 6”
venha logo para a Bremen e Bremen
saia ganhando.

Mas não esqueça, somente na Cartela da frente do Costa Azul. 2”


loja do Costa Azul.

-Bremen aqui é o seu lugar Ass: + texto legal 4”


Retiro e Costa Azul 3380-8000

____________________________________________________________________________________________
FIB - Rua Xingu, nº 179, Jardim Atalaia, Stiep, Salvador – BA.
218

Ofertas validas somente Lettering 1”


para linha 2008
VT 15”
Fase1: Promocional 1
Titulo: Feirão comprou ganhou Bremen
Locução Imagem Som Tempo

Atenção! Últimos dias do Informe tela azul e marca da Locutor. 7”


Feirão comprou ganhou Bremen
Bremen, não perca a
oportunidade de comprar seu
carro, receber uma raspadinha
e ganhar um prêmio na hora.

Não seja o último a chegar, 4”


venha logo para a Bremen do
Costa Azul e saia ganhando.

-Bremen aqui é o seu lugar Ass: + texto legal 4”


Retiro e Costa Azul 3380-8000

Spot 30”
Fase1: Promocional 1
Titulo: Feirão comprou ganhou Bremen
Locução Trilha Tempo

Feirão comprou ganhou Locutor . 7”


Bremen. De 15 a 20 de janeiro
na loja do Costa Azul, você Bg: Axé
compra seu carro, recebe uma
raspadinha e ganha um prêmio
na hora. Venha conferir nossas
ofertas

Novo Gol modelo 2009 por 13”


30.000 com ipva grátis.

Voyage a partir de 29.900

Cross Fox imperdível com ar de

____________________________________________________________________________________________
FIB - Rua Xingu, nº 179, Jardim Atalaia, Stiep, Salvador – BA.
219

fabrica.

Golf com preço de nota fiscal


de fabrica.
E toda linha de seminovos
com garantia Bremen.
Não seja o último a chegar, 3”
venha logo para a Bremen e saia
ganhando.

Mas não esqueça! Somente na 2”


loja do Costa Azul.

-Bremen aqui é o seu lugar. Ass: 4”


Retiro e Costa Azul 3380-8000

Ofertas válidas somente para 1”


linha 2008.

Figura 3 MUPI - Promocional I


____________________________________________________________________________________________
FIB - Rua Xingu, nº 179, Jardim Atalaia, Stiep, Salvador – BA.
220

8.2 Fase 2: Vendas I

Vendas I Bremen

EXT. CAFÉ DO TRADE CENTER - DIA

1. dois amigos estão conversando enfrente ao Salvador Trade Center quando um


deles chama a atenção do outro ao tempo em que passa uma loira com muitos
atributos na frente do outdoor com as ofertas da Bremen.

Pedro

- Cara olha, olha aquilo ali, que maravilha!

Junior o apóia dizendo.

Jr.

-ah, ela é tudo de bom, ah lá em casa!

Pedro continua.
Pedro.

- É simplesmente irresistível!

Chega Jorge e diz.

-E ai rapaziada vocês não perdem tempo,


estavam paquerando aquela loira, não foi?

Junior e Pedro estranham.

-Loira? Que loira rapaz? Estávamos


Falando das ofertas da Bremen.

Cartela das oferta.

Locutor
-Gol 2009 apartir de 33.100,00 reais
Fox 2009 com ar de fabrica, de 1 + 36 de 799,00
Golf 2009 com couro grátis.
Cross Fox ar, direção e trava
Apartir de 48.690 reais.
Ninguém resiste as ofertas da Bremen
____________________________________________________________________________________________
FIB - Rua Xingu, nº 179, Jardim Atalaia, Stiep, Salvador – BA.
221

Jorge finaliza.
Jorge.

-Iii, olha o cara aê!

Fecha com a cartela.

Locutor

-Bremen aqui é seu lugar


Retiro e Costa Azul 3380-800.

Figura 4 Jornal - Vendas I

____________________________________________________________________________________________
FIB - Rua Xingu, nº 179, Jardim Atalaia, Stiep, Salvador – BA.
222

Figura 5 Outdoor - Vendas I

8.3 Fase 3 Sustentação I

Spot 30”
Fase 3: Sustentação 1
Você e tudo pra mim
Você é algo assim Som: Musica 6”
É tudo pra mim
É como eu sonhava Baby...
Há cinco anos em Salvador, a Locutor e musica no fundo 17”
Bremen vem representando
com muito estilo uma das
maiores marcas do mundo, a
Volkswagen. Com
atendimento especial, duas
lojas projetadas para oferecer
muito conforto, comodidade e
serviços de qualidade, a
Bremen conquistou a simpatia
e a liderança do mercado.
Mas quem ganha mesmo com
isso, desfrutando um amplo
estoque, variedade e melhores
____________________________________________________________________________________________
FIB - Rua Xingu, nº 179, Jardim Atalaia, Stiep, Salvador – BA.
223

negociações, é você.
Sou feliz agora... Musica Faide up 2”
Bremen, aqui é seu lugar... Locutor. 5”
Retiro e Costa Azul, 3380
8000.

8.4 Fase 4: Promocional II

VT 30”
Fase: Promocional II
Claquete: Ofertas de F1
Imagem Som Tempo

Cartela1: Bremen leva você ao GP Brasil 7”


de fórmula 1.
Placa de tempo com resumo da
mecânica promocional. A cada 200 reais, você ganha 1
cupom e concorre a dois pacotes
para assistir ao GP Brasil.

Aparece o carro, Novo Gol, cai o Confira as ofertas! 5”


pirulito de F1, com as
Som: Efeitos, e som de corrida
informações; nome e opcionais
do carro, vira com o valor, vira de F1 com torcida
taxa de juros. Pirulito levanta e o Locutor estilo Galvão Bueno.
carro sai.
Loc; Novo Gol, 1.0 completo, R$
39.990,00 com taxa de 0,99

Cartela 2: Loc; Fox plus 1.6, 4 portas, 2009, 4”


completo a partir de 35.890,00
Carro chega, desce pirulito com
o nome do carro, o pirulito vira
mostrando o valor, em seguida a
parcela. O pirulito levanta e o
carro sai.

Cartela 3: Loc; Gol trend 4 portas 2009 4”


completo 32.990.
Carro chega, desce pirulito com
o nome do carro, o pirulito vira
mostrando o valor, vira e valor

____________________________________________________________________________________________
FIB - Rua Xingu, nº 179, Jardim Atalaia, Stiep, Salvador – BA.
224

da parcela. O pirulito levanta e o


carro sai.

Cartela 4: Loc; Voyage flex completo, com 4”


preço imperdível.
Placa de tempo que fica ao lado
da pista. Com o nome da
promoção; Bremen leva você ao
GP Brasil de F1

Cartela 7: Som: Torcida Vibrando, Jingle de 6”


Ayrton Senna.
Assinatura com a bandeira da
vitória, com a marca da
Promoção no Podium.
Loc:Bremen aqui é seu lugar.

Retiro e Costa Azul

3338-8000

VT 15”
Fase: Promoção II
Claquete: Ofertas de F1
Imagem Som Tempo

Lettering subindo na tela azul Prezados clientes a Bremen 10”


informa que ainda esta em
tempo de você participar da
promoção Bremen leva você
ao GP Brasil de formula 1. A
cada 200 reais você ganha 1
cupom e concorre a uma
viagem com acompanhante
com tudo pago.

Sobe logo da Bremen junto com Bremen aqui é o seu lugar; 5”


a marca da promoção. retiro e costa azul; 3338-8000

____________________________________________________________________________________________
FIB - Rua Xingu, nº 179, Jardim Atalaia, Stiep, Salvador – BA.
225

Figura 6 Busdoor – Promocional II

Figura 7 Jornal – Promocional II

____________________________________________________________________________________________
FIB - Rua Xingu, nº 179, Jardim Atalaia, Stiep, Salvador – BA.
226

Figura 8 Mock-up Promocional II

8.5 Fase 5: Vendas II

VT 30”
Vendas II
Reporter

____________________________________________________________________________________________
FIB - Rua Xingu, nº 179, Jardim Atalaia, Stiep, Salvador – BA.
227

EXT. REPORTER NO SHOW ROOM DA BREMEN - DIA

1. Repórter localizado no show room da concessionária falando sobre as taxas da


Bremen.

Repórter

- Meu nome e Fabio e estou aqui


diretamente da Bremen onde esta
acontecendo uma super promoção com
preços e taxas imperdíveis. Olha este
Novo Gol de 35.000 por 32.800 mais de
2 mil reais de desconto.

2. Câmera foca no veiculo, mas não consegue filma-lo, pois o carro esta rodeado de
pessoas.

3. Câmera volta para o repórter que anuncia outro carro.

Repórter.

-Cross Fox por apenas 45.000 ou 30% de


entrada e parcelas a partir de 799 reais.

4. Mais uma vez tenta mostrar o carro e não consegue.

5. Câmera volta para o repórter que anuncia outro carro.

Repórter.

-E o grande lançamento! Voyage com


entrada de 30% e parcelas fixas.

6. Câmera volta para os carros e nada.

7. Câmera volta para o reporte que fala.

Repórter.

-Venha logo antes que acabe.

8. Fecha com a cartela.

Locutor

____________________________________________________________________________________________
FIB - Rua Xingu, nº 179, Jardim Atalaia, Stiep, Salvador – BA.
228

Ninguém resiste às ofertas da Bremen.

Retiro e Costa Azul 3380-800

Bremen aqui é seu lugar.

VT 15”
Fase: Vendas II
Claquete: Ofertas de F1
Imagem Som Tempo

Lettering subindo na tela azul Locutor: 10”


A Bremen gostaria de lembrar
aos seus cliente, que a revisão
do seu veiculo para a viagens
de férias é de grande
importância para proteção da
sua família. Pensando nisso a
Bremen esta oferecendo
pacotes especiais na revisão
do seu Volkswagen.
Sobe logo da Bremen. Bremen aqui é o seu lugar; 5”
retiro e costa azul; 3338-8000

Figura 9 Jornal - Vendas II

____________________________________________________________________________________________
FIB - Rua Xingu, nº 179, Jardim Atalaia, Stiep, Salvador – BA.
229

Figura 10 Busdoor - Vendas II

Figura 11 Jornal 2 - Vendas II

Figura 12 Busdoor 2 - Vendas II

____________________________________________________________________________________________
FIB - Rua Xingu, nº 179, Jardim Atalaia, Stiep, Salvador – BA.
230

8.6 Fase 6: Sustentação II

REPENTE BREMEN
Roteiro de Criação
Roteiro de filmagem de Produção

EXT. – FRENTE A BREMEN COSTA AZUL – DIA

· Close seguido de zoom out no pandeiro do Zé Costa, pegando com fundo a


Bremen do Costa Azul. 3”

Zé Costa

-Vou contar, eu vou cantar


Meu amigo eu vou contar...

INT. – LOJA DO COSTA AZUL – DIA

· Close no Zé Costa fazendo embolado em cima do carro. 2”

Zé Costa

...Ta querendo um Volks novo


Bremen Aqui é seu lugar

· PGF no Zé Costa dentro (showrum) da Bremen Costa Azul tocando e cantando.


2”
Zé Costa

-Na Bremen do Costa Azul


Você pode vim comprar...

4. PM no Cliente junto ao carro no pátio, para mostrar o balanço da chave no ritmo


da musica, junto com Zé Costa no pandeiro. 4”
Zé Costa

...Aqui tem seu Volkswagen


já vejo na sua garagem
Carro novo vai entrar

EXT. – LOJA DO RETIRO – DIA


____________________________________________________________________________________________
FIB - Rua Xingu, nº 179, Jardim Atalaia, Stiep, Salvador – BA.
231

· PA no Zé Retiro como fundo o interior da Bremen do Retiro. 2”

Zé Retiro

-Vou contar, eu vou cantar


Venha logo aproveitar

INT. – LOJA DO RETIRO – DIA

· PM do mecânico batucando com as ferramentas como se fosse um triangulo. 3”

Zé Retiro

Oficina de primeira
Bremen Aqui é seu lugar.

· PM de um cliente batucando no painel do carro. 3”

Zé Retiro

To na loja do Retiro
Você vai querer comprar...

· PGF do interior da loja do Retiro sendo apresentado pelo Zé Retiro, que esta em
pé no primeiro plano. 4”

Zé Retiro

...Com grande satisfação


Te apresento meu salão
Bremen aqui é seu lugar.

INT. – LOJA DO RETIRO OU COSTA AZUL – DIA

· Plano Conjunto em Zé Retiro e Zé Costa em uma das Bremens. 3”


Dupla

Vou contar vou cantar


Venha logo comprovar...

10. Ass. 5”

Dupla
____________________________________________________________________________________________
FIB - Rua Xingu, nº 179, Jardim Atalaia, Stiep, Salvador – BA.
232

Melhor taxa da cidade


São duas localidades
com maior vaiedade
Bremen aqui é su lugar.

PGA – Plano gral aberto


PGF – Plano geral fecahado
PA – Plano americano
PM – Plano médio

Jingle 30”
Titulo: Embola Bremen
Zé Costa

Vou contar, eu vou cantar


Meu amigo eu vou contar
Tá querendo um Volks novo
Bremen aqui é seu lugar

Zé Retiro

Vou contar, eu vou cantar


Venha logo aproveitar
Oficina de primeira
Bremen aqui é seu lugar

Zé Costa

Na Bremen do Costa Azul


Você pode vim comprar
Aqui tem seu Volkswagen
Já vejo na sua garagem
Carro novo vai entrar

Zé Retiro

Aqui na loja do retiro


Você vai querer comprar
Com grande satisfação
Te apresento meu salão
Bremen aqui é seu lugar

Dois

Vou contar vou cantar

____________________________________________________________________________________________
FIB - Rua Xingu, nº 179, Jardim Atalaia, Stiep, Salvador – BA.
233

Venha logo comprovar


Melhor taxa da cidade
São duas localidades
Com maior variedade
Bremen aqui é seu lugar.

Figura 13 Outdoor - Sustentação II

Figura 14 Busdoor - Sustentação II

8.7 Fase 7: Vendas III

____________________________________________________________________________________________
FIB - Rua Xingu, nº 179, Jardim Atalaia, Stiep, Salvador – BA.
234

Spot 30”
Vendas 3
Titulo: Compras

Locução Locutor Tempo


Amor, vamos ali fazer umas Som; transito 2”
comprinhas?! Loc: Mulher
Lá vem você com essa mania Loc: Homem 2”
de shopping
Ai amor, para de resmungar. Loc: Mulher 2”
Mas aqui não é o shopping, Loc: Homem 3”
espera um pouco, aqui é a
Bremen.
Mas quem falou em shopping Loc: Mulher 2”
l-Janela: Locutor. 10”
Gol 2009 a partir de
33.100,00 reais
Fox 2009 com ar de fabrica,
de 1 + 36 de 799,00
Golf 2009 com couro grátis.
Cross Fox ar, direção e trava
A partir de 48.690 reais.
Você sabe não é amor, Loc: Mulher 4”
ninguém resiste as ofertas da
Bremen.
Bremen aqui é o seu lugar Locutor 5”
Retiro e Costa Azul 3380-
8000

Figura 15 Outdoor - Vendas III

____________________________________________________________________________________________
FIB - Rua Xingu, nº 179, Jardim Atalaia, Stiep, Salvador – BA.
235

8.8 Fase 8: Promocional III

Spot 30”
Fase8: Promocional 3
Titulo: Feirao Bremen
Som Locução tempo

Locutor, Toni Ávila: A Bremen está queimando seu 10”


apresentando o Feirão. estoque 2009 e você não pode
perder. Além de novos e
seminovos com preços incríveis
você ainda ganha IPVA ou
tanque cheio.

Feirão Bremen você de carro 2”


novo

Gol 09/09 por 30.000 ipva grátis. 9”

Cross fox imperdível com ar de


fabrica.

Golf com preço de nota fiscal de


fabrica.

Vá até a loja do Retiro e saia 4”


dirigindo seu carro novo

Ass: Bremen aqui é o seu lugar 5”


Retiro e Costa Azul 3380-8000

____________________________________________________________________________________________
FIB - Rua Xingu, nº 179, Jardim Atalaia, Stiep, Salvador – BA.
236

Figura 16 Jornal - Promocional III

____________________________________________________________________________________________
FIB - Rua Xingu, nº 179, Jardim Atalaia, Stiep, Salvador – BA.
237

Figura 17 Outdoor com Aplique - Promocional III

____________________________________________________________________________________________
FIB - Rua Xingu, nº 179, Jardim Atalaia, Stiep, Salvador – BA.
238

9 REFERÊNCIAS

Grupo de Mídia de São Paulo. Mídia Dados 2008. Editora Abril. São Paulo, 2008.

____________________________________________________________________________________________
FIB - Rua Xingu, nº 179, Jardim Atalaia, Stiep, Salvador – BA.
239

ANEXOS

____________________________________________________________________________________________
FIB - Rua Xingu, nº 179, Jardim Atalaia, Stiep, Salvador – BA.

Você também pode gostar