Você está na página 1de 19

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO

INSTITUTO NACIONAL DE ESTUDOS E PESQUISAS EDUCACIONAIS


Diretoria de Estatísticas e Avaliação da Educação Superior
Avaliação das Condições de Ensino
Instrumento de avaliação para fins de Reconhecimento e Renovação de Rec.
Avaliação cód.: 56341 Processo nº: 20073186-1

Avaliação
Avaliação cód. : 56341
Instrumento : 300 - Instrumento de avaliação para fins de Reconhecimento e
Renovação de Rec.

Instituição :
586 - Universidade Federal do Rio de Janeiro

RIO DE JANEIRO - RJ

Curso(s) / Habilitação(ões) sendo avaliado(s):


85825 - Engenharia Eletrônica e de Computação
RIO DE JANEIRO - RJ
Avaliadores "ad-hoc" : Data Designação
Vicente Ferreira de Lucena Junior 02/07/2008
Ana Paula da Costa Cardoso 02/07/2008

Situação IES: Previsão Realização


Início do preenchimento: 22/04/2008 22/04/2008
Término do preenchimento: 07/05/2008 08/05/2008
Situação Avaliador: Previsão Realização
Início da Avaliação: 02/07/2008
Início da visita: 18/08/2008 18/08/2008
Término da visita: 20/08/2008 20/08/2008
Término da Avaliação: 25/08/2008 25/08/2008

Relatório Concluído em 25 de agosto de 2008às 23:30:01

09 de setembro de 2008. 13:32:02 Página 1 de 19


MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO
INSTITUTO NACIONAL DE ESTUDOS E PESQUISAS EDUCACIONAIS
Diretoria de Estatísticas e Avaliação da Educação Superior
Avaliação das Condições de Ensino
Instrumento de avaliação para fins de Reconhecimento e Renovação de Rec.
Avaliação cód.: 56341 Processo nº: 20073186-1

Breve Contextualização
Instituição
A Universidade Federal do Rio de Janeiro foi criada em 1920, pelo decreto n.º
14.343, de 7 de setembro de 1920, com o nome de Universidade do Rio de Janeiro,
reorganizada pela Lei 452, de 5 de julho de 1937 sobe o nome de Universidade do
Brasil, a qual foi outorgada autonomia pelo Decreto n.º8.393, de 17 de dezembro de
1945, passando a denominar Universidade Federal do Rio de Janeiro pela Lei 4.831, de
5 de novembro de 1965, atualmente constituída de acordo com o plano de
Reestruturação aprovado pelo Decreto 60.455 A de 13 de março de 1967. Localizada à
Rua Avenida Brigadeiro Trompowsky S/N Ilha do Fundão, Cidade Universitário, na
cidade do Rio de Janeiro, no Estado do Rio de Janeiro.
Sua missão consiste em proporcionar à sociedade brasileira os meios para dominar,
ampliar, cultivar, aplicar e difundir o patrimônio universal do saber humano,
capacitando todos os seus integrantes a atuar como força transformadora. Localizada
em uma região rica em indústrias de transformação petroquímica que requer
profissionais experientes em projetar, operar e manter equipamentos e sistemas de
controle.
Em 1920, a UFRJ constituiu-se pela reunião da Faculdade de Medicina, da Escola
Politécnica e da Faculdade de Direito, atualmente possui 139 cursos e
aproximadamente 39 mil alunos. A Politécnica possui 12 cursos de engenharia (
Ambiental, Civil, Computação e Informação, Controle e Automação, Materiais,
Petróleo, Produção, Eletrônica e de Computação, Elétrica, Mecânica, Metalúrgica e
Naval e Oceânica), além dos cursos de pós-graduação Lato Sensu e Stricto Sensu.

Curso
O curso de Engenharia Eletrônica e de Computação, bacharelado, na modalidade
presencial, com carga horária total de 3810 horas, 90 vagas anuais diurnas, em regime
de matrícula semestral, 45 no primeiro semestre e 45 no segundo semestre, está
localizada à Rua Avenida Brigadeiro Trompowsky S/N Ilha do Fundão, Cidade
Universitário, na cidade do Rio de Janeiro.
Em 05 de maio de 1999, o curso de Engenharia Elétrica ênfase Eletrônica sofreu uma
reforma curricular passando a se chamar Engenharia Eletrônica e de Computação,
processo interno 0015069913. Atualmente, o curso possui 35 docentes e 419 discentes
efetivamente matriculados.

Relatório Concluído em 25 de agosto de 2008às 23:30:01

09 de setembro de 2008. 13:32:02 Página 2 de 19


MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO
INSTITUTO NACIONAL DE ESTUDOS E PESQUISAS EDUCACIONAIS
Diretoria de Estatísticas e Avaliação da Educação Superior
Avaliação das Condições de Ensino
Instrumento de avaliação para fins de Reconhecimento e Renovação de Rec.
Avaliação cód.: 56341 Processo nº: 20073186-1

Docentes
Titulação Regime Horas semanais
Nome do Docente Concluído?
de Trabalho de Trabalho
MAURICIO PAMPLONA PIRES Doutor Sim Integral 40
ROSEMARIE BROKER BONE Doutor Sim Integral 40
Sergio Palma Da Justa Medeiros Doutor Sim Parcial 20
GELSON VIEIRA MENDONÇA Doutor Sim Integral 40
Paulo Eduardo Fornasari Farinas Doutor Sim Integral 40
Sergio Lima Netto Doutor Sim Integral 40
Otto Carlos Muniz Bandeira Duarte Doutor Sim Integral 40
MAURICIO AREDES Doutor Sim Integral 40
ANTONIO CARLOS MOREIRAO DE QUEIROZ Doutor Sim Integral 40
JOAREZ BASTOS MONTEIRO Doutor Sim Integral 40
NATHAN BESSA VIANA Doutor Sim Integral 40
EDILBERTO STRAUSS Doutor Sim Integral 40
AMARILDO DA CRUZ FERNANDES Doutor Sim Integral 40
JOSE ORLANDO GOMES Doutor Sim Integral 40
FLAVIO LUIS DE MELLO Doutor Sim Integral 40
DARCY DO NASCIMENTO JR. Doutor Sim Parcial 20
MARCIO NOGUEIRA DE SOUZA Doutor Sim Integral 40
CARLOS FERNANDO TEODOSIO SOARES Doutor Sim Parcial 20
Stenio Dore De Magalhães Doutor Sim Integral 40
Marcelo Martins Werneck Doutor Sim Integral 40
Sandra Filippa Amato Doutor Sim Integral 40
Marcelo Luiz Drumond Lanza Mestre Sim Integral 40
Paulo Carrilho Soares Filho Doutor Sim Integral 40
FERNANDO CESAR LIZARRALDE Doutor Sim Integral 40
JOMAR GOZZI Mestre Sim Integral 40
CARLOS JOSE RIBAS DAVILA Mestre Sim Integral 40

Relatório Concluído em 25 de agosto de 2008às 23:30:01

09 de setembro de 2008. 13:32:02 Página 3 de 19


MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO
INSTITUTO NACIONAL DE ESTUDOS E PESQUISAS EDUCACIONAIS
Diretoria de Estatísticas e Avaliação da Educação Superior
Avaliação das Condições de Ensino
Instrumento de avaliação para fins de Reconhecimento e Renovação de Rec.
Avaliação cód.: 56341 Processo nº: 20073186-1

Titulação Regime Horas semanais


Nome do Docente Concluído?
de Trabalho de Trabalho
Sergio Barbosa Vilas Boas Doutor Sim Integral 40
ANTONIO CLAUDIO GOMEZ DE SOUSA Mestre Sim Integral 40
EDUARDO ANTONIO BARROS DA SILVA Doutor Sim Integral 40
MARCELO BYRRO RIBEIRO Doutor Sim Integral 40
MARCELO DE SOUZA ALVES Doutor Sim Integral 40
HERALDO LUIS SILVEIRA DE ALMEIDA Doutor Sim Integral 40
LUIZ WAGNER PEREIRA BISCAINHO Doutor Sim Integral 40
LEONARDO PEREIRA DA SILVA Graduado Sim Parcial 20
Fernando Rodrigues Lima Doutor Sim Integral 40
LUIS FELIPE MAGALHAES DE MORAES Doutor Sim Integral 40
LUIS HENRIQUE MACIEL KOSMALSKI Doutor Sim Integral 40
COSTA
CARLOS MAGNO SILVA DA CONCEIÇÃO Doutor Sim Parcial 20
MARIANE REMBOLD PETRAGLIA Doutor Sim Integral 40
MARIO VAZ DA SILVA FILHO Doutor Sim Integral 40
ALOYSIO DE CASTRO PINTO PEDROZA Doutor Sim Integral 40
Jose Ferreira De Rezende Doutor Sim Integral 40
JOSE PAULO BRAFMAN Mestre Sim Integral 40
JOSIMAR RIBEIRO DE ALMEIDA Doutor Sim Integral 40
Stenio Wulck Alves De Melo Doutor Sim Integral 40
Yara Do Amaral Coutinho Mestre Sim Integral 40
Renato Flórido Cameira Doutor Sim Integral 40
Sidney Lianza Doutor Sim Integral 40
PAULO SERGIO RAMIREZ DINIZ Doutor Não Integral 40
JOSE ARTHUR DA ROCHA Mestre Sim Integral 40
Thales Terrola E Lopes Doutor Não Parcial 20

Relatório Concluído em 25 de agosto de 2008às 23:30:01

09 de setembro de 2008. 13:32:02 Página 4 de 19


MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO
INSTITUTO NACIONAL DE ESTUDOS E PESQUISAS EDUCACIONAIS
Diretoria de Estatísticas e Avaliação da Educação Superior
Avaliação das Condições de Ensino
Instrumento de avaliação para fins de Reconhecimento e Renovação de Rec.
Avaliação cód.: 56341 Processo nº: 20073186-1

Titulação Regime Horas semanais


Nome do Docente Concluído?
de Trabalho de Trabalho
JOSE GABRIEL RODRIGUEZ CARNEIRO Doutor Sim Integral 40
GOMES
ALEXANDRE VISITAINER PINO Doutor Sim Integral 40
Samuel Anton Senti Doutor Sim Integral 40
Paulo Henrique Porcheto Domingues Doutor Sim Integral 40
ALEXANDRE CARLOS TORT Doutor Sim Integral 40
FERNANDO ANTONIO PINTO BARUQUI Doutor Sim Integral 40
Osvaldo Pereira Filho Mestre Sim Integral 40
NELSON RICARDO DE FREITAS BRAGA Doutor Sim Integral 40
EDUARDO SAN PEDRO SIQUEIRA Mestre Sim Parcial 20
JEAN GUILLAUME EON Doutor Sim Integral 40

Síntese da Avaliação

Relatório Concluído em 25 de agosto de 2008às 23:30:01

09 de setembro de 2008. 13:32:02 Página 5 de 19


MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO
INSTITUTO NACIONAL DE ESTUDOS E PESQUISAS EDUCACIONAIS
Diretoria de Estatísticas e Avaliação da Educação Superior
Avaliação das Condições de Ensino
Instrumento de avaliação para fins de Reconhecimento e Renovação de Rec.
Avaliação cód.: 56341 Processo nº: 20073186-1

Síntese da Avaliação

Avaliação - Avaliação Externa do Curso de Graduação

Condições
Conceito 1
CI 2 3
CR 4
CB 5
CMB

Dimensão - 1 - Organização didático-pedagógico

- Forças:
1) O coordenador é atuante, com dedicação efetiva e formação acadêmica profissional
adequada.
2) Há plena articulação da gestão do curso com a gestão institucional, sendo explicitada
em documentos institucionais e traduzida em práticas consolidadas.
3) Há implementação de todas as políticas institucionais constantes no PDI e no PPI, no
âmbito do curso.
4) A composição e o funcionamento do colegiado de curso são totalmente coerentes com as
políticas constantes dos documentos oficiais da IES (PDI, PPI), existindo plena
articulação com os colegiados superiores da instituição.
5) Há plena articulação entre o PPC e o Projeto Pedagógico Institucional (PPI).
6) Os objetivos do curso são totalmente coerentes com o perfil do egresso e com as
políticas constantes no PDI, PPI, PPC.
7) O perfil do egresso corresponde ao que é projetado no referencial teórico-metodológico
expresso no PPI, PPC e PDI, sendo plenamente coerente com o proposto pelas Diretrizes
Curriculares Nacionais e com as necessidades profissionais e sociais.
8) A inter-relação das unidades de estudo é adequada à concepção e execução do currículo.
9) O corpo docente e o corpo técnico-administrativo são totalmente coerentes com proposta
curricular.
10) Existem mecanismos institucionalizados de acompanhamento e cumprimento das atividades
de estágio, funcionando de forma adequada e com todas as suas práticas
institucionalizadas. Atualmente, o curso possui 108 bolsas/estágios e dois estagiários
trabalhando nos laboratórios da UFRJ.
11) A relação aluno/orientador no estágio é adequada para a orientação de todas as
atividades previstas no PPC.
12) A participação dos alunos nas atividades internas/externas de prática profissional
e/ou estágio está funcionando adequadamente, sendo institucionalizadas e consolidadas.
Onde o aluno tem a oportunidade de participar do programa de Iniciação Científica
Institucional, o PIBIC, bolsas de monitoria oferecidas pela UFRJ, de competições
nacionais e internacionais, e estagiar em empresas conveniadas.
13) A abrangência das atividades e áreas de formação da prática profissional e/ou estágio
é suficiente para dar conta do conjunto de habilidades e competências previstas no
projeto pedagógico do curso.
14) Existem mecanismos adequados e efetivos de acompanhamento e de cumprimento do
trabalho de conclusão de curso com todas as suas práticas institucionalizadas e

Relatório Concluído em 25 de agosto de 2008às 23:30:01

09 de setembro de 2008. 13:32:02 Página 6 de 19


MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO
INSTITUTO NACIONAL DE ESTUDOS E PESQUISAS EDUCACIONAIS
Diretoria de Estatísticas e Avaliação da Educação Superior
Avaliação das Condições de Ensino
Instrumento de avaliação para fins de Reconhecimento e Renovação de Rec.
Avaliação cód.: 56341 Processo nº: 20073186-1

Síntese da Avaliação

implantadas.
15) Existem mecanismos efetivos de acompanhamento e de cumprimento das atividades
complementares (monitoria, iniciação científica e semana da eletrônica), funcionando de
forma adequada e com todas as suas práticas institucionalizadas. No semestre 2008/2 o
curso possui possui 6 monitores.
16) A oferta regular de atividades complementares pela própria IES é suficiente para dar
conta de toda a carga horária.

- Fragilidades:
A CPA está em processo de institucionalização com a criação de uma CPA provisória.

- Recomendações do Avaliador:
Sugere-se a implementação do processo de institucionalização da CPA.

Obs.: O coordenador apresentou a esta comissão os documentos necessários (PPC, PDI, PPI)
e que deveriam estar no formulário eletrônico. O mesmo explicou que não conseguiu
exportar os arquivos porque no momento final ocorreram problemas de comunicação.
Apresentou-nos também um email enviado ao INEP explicando a situação e solicitando
orientações. Portanto, esta comissão efetuou a verificação baseada nos documentos
apresentados.

Condições
Conceito 1
CI 2 3
CR 4
CB 5
CMB

Dimensão - 2 - Corpo docente, corpo discente e corpo técnico-administrativo

- Forças:
1) A formação e experiência profissional dos docentes demonstra competências que os
tornam aptos a atuar na docência em plena conformidade com o projeto pedagógico do curso.
De 35 professores, 31 são de dedicação exclusiva, 28 são doutores, 7 mestres e 9 são
pesquisadores nível 1 do CNPq.
2) As publicações e demais produções científicas e técnicas dos docentes, nos últimos 3
anos, são compatíveis, em quantidade e qualidade, com o perfil do corpo docente e com o
projeto pedagógico do curso.
3) O corpo docente dedica-se ao curso nas atividades de: orientação
didática/pesquisa/estágio/TCC/ aos alunos, participação em reuniões de planejamento,
extensão, e demais atividades previstas no projeto pedagógico do curso.
4) Existem mecanismos efetivos de apoio sistemático à promoção/participação de eventos

Relatório Concluído em 25 de agosto de 2008às 23:30:01

09 de setembro de 2008. 13:32:02 Página 7 de 19


MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO
INSTITUTO NACIONAL DE ESTUDOS E PESQUISAS EDUCACIONAIS
Diretoria de Estatísticas e Avaliação da Educação Superior
Avaliação das Condições de Ensino
Instrumento de avaliação para fins de Reconhecimento e Renovação de Rec.
Avaliação cód.: 56341 Processo nº: 20073186-1

Síntese da Avaliação

internos para os discentes, funcionando de forma adequada e com todas as suas práticas
institucionalizadas.

- Fragilidades:
1) Não existem mecanismos efetivos de nivelamento dos discentes, em conformidade com o
projeto pedagógico do curso. A instituição não prevê no momento mecanismos de nivelamento
porque afirma que o nível de ingressantes é alto suficiente para não necessitar de
nenhuma ação imediata.

- Recomendações do Avaliador:
1) Esta comissão recomenda que mesmo com as argumentações citadas pela IES, seja criado
um mecanismo que possibilite um nivelamento dos alunos ingressantes de forma a
proporcionar um melhor aproveitamento.

Condições
Conceito 1
CI 2 3
CR 4
CB 5
CMB

Dimensão - 3 - Instalações físicas

- Forças:
1) As assinaturas de periódicos impressos foram substituídos por assinatura eletrônica,
senda a consulta feita através do Portal CAPES, EBSCO Online, Ei Engineering
Village/Compendex, SciELO, Biblioteca Virtual (Cd-romPro) e Jornais e revistas. A UFRJ
possui todos os registros da Base de Dados Bibliográficos em um sistema chamado MINERVA
que permite a consulta através da internet.

2) O curso possui 6 tipos de laboratórios (2 de eletrônica, um de sistemas digitais e 3


de computação), 2 anfiteatros, 2 auditórios, e 4 salas, com dimensões, quantidades,
estado de conservação, materiais permanentes e de consumo adequados às exigências da
formação geral/básica (profissionalizante/específica; prática profissional e prestação de
serviços).

3) A Instituição colabora com espaço, materiais, orientação docente para a empresa júnior
que atualmente conta com a participação de 49 alunos de diversos cursos

4) Existem protocolos dos experimentos prevendo procedimentos, equipamentos,


instrumentos, materiais e utilidades plenamente adequados para a orientação das
atividades práticas desenvolvidas nos ambientes/laboratórios de formação. A instituição
preencheu o formulário de forma equivocada.

Relatório Concluído em 25 de agosto de 2008às 23:30:01

09 de setembro de 2008. 13:32:02 Página 8 de 19


MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO
INSTITUTO NACIONAL DE ESTUDOS E PESQUISAS EDUCACIONAIS
Diretoria de Estatísticas e Avaliação da Educação Superior
Avaliação das Condições de Ensino
Instrumento de avaliação para fins de Reconhecimento e Renovação de Rec.
Avaliação cód.: 56341 Processo nº: 20073186-1

Síntese da Avaliação

5) Existe um Comitê de Ética em excelente funcionamento. A instituição preencheu o


formulário de forma equivocada.

- Fragilidades:
Não foram encontrados em sua totalidade os livros de referências das disciplinas.

- Recomendações do Avaliador:
Atualização do acervo bibliográfico

Condições
Conceito 1
CI 2 3
CR 4
CB 5
CMB

Relatório Concluído em 25 de agosto de 2008às 23:30:01

09 de setembro de 2008. 13:32:02 Página 9 de 19


MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO
INSTITUTO NACIONAL DE ESTUDOS E PESQUISAS EDUCACIONAIS
Diretoria de Estatísticas e Avaliação da Educação Superior
Avaliação das Condições de Ensino
Instrumento de avaliação para fins de Reconhecimento e Renovação de Rec.
Avaliação cód.: 56341 Processo nº: 20073186-1

Quadro Resumo
Conceito 1 2 3 4 5
Avaliação Externa do Curso de Graduação
1 - Organização didático-pedagógico
1.1 Administração acadêmica: coordenação do curso
. . . 1.1.1 Atuação do coordenador
. . . 1.1.2 Formação do coordenador
. . . 1.1.3 Experiência do coordenador (acadêmica e
profissional)
. . . 1.1.4 Efetiva dedicação à administração e à condução do
curso
. . . 1.1.5 Articulação da gestão do curso com a gestão
institucional
. . . 1.1.6 Implementação das políticas institucionais
constantes no PDI e no PPI, no âmbito do curso
1.2 - Administração acadêmica: colegiado de curso
. . . 1.2.1 Composição e funcionamento do colegiado de curso
ou equivalente
. . . 1.2.2 Articulação do colegiado do curso com os
colegiados superiores da instituição
1.3 - Projeto Pedagógico do Curso - PPC: concepção do curso
. . . 1.3.1 Articulação do PPC com o Projeto Pedagógico
Institucional - PPI e PDI
. . . 1.3.3 Objetivos do curso*
. . . 1.3.4 Perfil do egresso*
1.4 - Projeto Pedagógico do Curso - PPC: currículo
. . . 1.4.1 Coerência do currículo com os objetivos do curso
. . . 1.4.2 Coerência do currículo com o perfil do egresso
. . . 1.4.3 Coerência do currículo com às Diretrizes
Curriculares Nacionais*
. . . 1.4.4 Adequação da metodologia de ensino à concepção.
. . . 1.4.5 Inter-relação das unidades de estudo na concepção
e execução do currículo
. . . 1.4.6 Dimensionamento da carga horária das unidades de
estudo

Relatório Concluído em 25 de agosto de 2008às 23:30:01

09 de setembro de 2008. 13:32:02 Página 10 de 19


MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO
INSTITUTO NACIONAL DE ESTUDOS E PESQUISAS EDUCACIONAIS
Diretoria de Estatísticas e Avaliação da Educação Superior
Avaliação das Condições de Ensino
Instrumento de avaliação para fins de Reconhecimento e Renovação de Rec.
Avaliação cód.: 56341 Processo nº: 20073186-1

Quadro Resumo
Conceito 1 2 3 4 5
. . . 1.4.7 Adequação e atualização das ementas e programas
das unidades de estudo
. . . 1.4.8 Adequação e atualização da bibliografia
. . . 1.4.9 Coerência do corpo docente e do corpo técnico-
administrativo com a proposta curricular.
. . . 1.4.10 Coerência dos recursos materiais específicos do
curso (laboratórios e instalações específicas, equipamentos e
materiais) com a proposta curricular
. . . 1.4.12. Estratégias de flexibilização curricular
1.5 - Projeto pedagógico do curso - PPC: avaliação
. . . 1.5.1 Coerência dos procedimentos de avaliação dos
processos de ensino e aprendizagem com a concepção do curso
. . . 1.5.2 Articulação da auto-avaliação do curso com a
auto-avaliação institucional
1.6 - Atividades acadêmicas articuladas à formação: prática
profissional e/ou estágio
. . . 1.6.1 Mecanismos efetivos de acompanhamento e de
cumprimento das atividades
. . . 1.6.2 Formas de apresentação dos resultados parciais e
finais
. . . 1.6.3 Relação aluno/orientador
. . . 1.6.4 Participação em atividades internas
. . . 1.6.5 Participação em atividades externas
. . . 1.6.6 Participação em atividades simuladas
. . . 1.6.7 Abrangência das atividades e áreas de formação
. . . 1.6.8 Adequação da carga horária
1.7 Atividades acadêmicas articuladas à formação: trabalho de
conclusão de curso (TCC)
. . . 1.7.1 Mecanismos efetivos de acompanhamento e de
cumprimento do trabalho de conclusão de curso
. . . 1.7.2. Meios de divulgação de trabalhos de
conclusão de curso

Relatório Concluído em 25 de agosto de 2008às 23:30:01

09 de setembro de 2008. 13:32:02 Página 11 de 19


MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO
INSTITUTO NACIONAL DE ESTUDOS E PESQUISAS EDUCACIONAIS
Diretoria de Estatísticas e Avaliação da Educação Superior
Avaliação das Condições de Ensino
Instrumento de avaliação para fins de Reconhecimento e Renovação de Rec.
Avaliação cód.: 56341 Processo nº: 20073186-1

Quadro Resumo
Conceito 1 2 3 4 5
. . . 1.7.3 Relação aluno/professor na orientação de trabalho
de conclusão de curso
1.8 Atividades acadêmicas articuladas à formação: atividades
complementares
. . . 1.8.1 Existência de mecanismos efetivos de planejamento
e acompanhamento das atividades complementares
. . . 1.8.2 Oferta regular de atividades pela própria IES
. . . 1.8.3 Incentivo à realização de atividades fora da IES.
1.9 ENADE
. . . 1.9.1 Diferença de desempenho Questão não se aplica
. . . 1.9.2 Média dos conceitos de todas as participações Questão não se aplica
. . . 1.9.3 Planejamento e execução de ações em função dos
resultados obtidos
2 - Corpo docente, corpo discente e corpo técnico-administrativo
2.1 - Corpo docente: perfil docente
. . . 2.1.1 Formação
. . . 2.1.2 Experiência (acadêmica e profissional)
. . . 2.1.3 Implementação das políticas de capacitação no
âmbito do curso
. . . 2.1.4 Publicações e produções
2.2 - Corpo Docente: atuação nas atividades acadêmicas
. . . 2.2.1 Dedicação ao curso
. . . 2.2.2 Docentes com formação adequada às unidades de
estudo e atividades desenvolvidas no curso
2.3 - Corpo discente: atenção aos discentes
. . . 2.3.1 Apoio à promoção de eventos internos
. . . 2.3.2 - Apoio à participação em eventos
. . . 2.3.3 - Mecanismos de nivelamento
2.4 - Corpo técnico-administrativo: atuação no âmbito do
curso
. . . 2.4.1 Adequação da formação e experiência profissional

Relatório Concluído em 25 de agosto de 2008às 23:30:01

09 de setembro de 2008. 13:32:02 Página 12 de 19


MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO
INSTITUTO NACIONAL DE ESTUDOS E PESQUISAS EDUCACIONAIS
Diretoria de Estatísticas e Avaliação da Educação Superior
Avaliação das Condições de Ensino
Instrumento de avaliação para fins de Reconhecimento e Renovação de Rec.
Avaliação cód.: 56341 Processo nº: 20073186-1

Quadro Resumo
Conceito 1 2 3 4 5
. . . 2.4.2 Adequação da quantidade de profissionais às
necessidades do curso
. . . 2.4.3 Implementação das políticas de capacitação no
âmbito do curso
3 - Instalações físicas
3.1 - Biblioteca: adequação do acervo à proposta do curso
. . . 3.1.1 Livros - formação geral
. . . 3.1.2 Livros - FORMAÇÃO ESPECÍFICA
. . . 3.1.3 Periódicos, bases de dados específicas, jornais e
revistas
. . . 3.1.4 Implementação das políticas institucionais de
atualização do acervo no âmbito do curso
3.2 Instalações especiais e laboratórios específicos:
cenários/ambientes/laboratórios para a formação geral/básica
. . . 3.2.1 - Tipos de ambientes/laboratórios de acordo com a
proposta do curso
. . . 3.2.2 - Quantidade de ambientes/laboratórios de acordo
com a proposta do curso
. . . 3.2.3 Espaço físico (adequação às especificidades,
dimensões, mobiliário, iluminação, etc)
. . . 3.2.4 Equipamentos (tipos, quantidade, e condições de
uso)
. . . 3.2.5 Condições de conservação das instalações
. . . 3.2.6 - Materiais
. . . 3.2.7 Normas e procedimentos de segurança
. . . 3.2.8 Equipamentos de segurança
. . . 3.2.9 Atividades de ensino (planejamento, abrangência
ou áreas de ensino atendidas, qualidade, etc)
. . . 3.2.10 Serviços prestados (planejamento, abrangência ou
áreas de ensino atendidas, qualidade, etc)
. . . 3.2.11 Orientação de alunos
. . . 3.2.12 Protocolos de experimentos
. . . 3.2.13 Comitê de Ética em Pesquisa

Relatório Concluído em 25 de agosto de 2008às 23:30:01

09 de setembro de 2008. 13:32:02 Página 13 de 19


MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO
INSTITUTO NACIONAL DE ESTUDOS E PESQUISAS EDUCACIONAIS
Diretoria de Estatísticas e Avaliação da Educação Superior
Avaliação das Condições de Ensino
Instrumento de avaliação para fins de Reconhecimento e Renovação de Rec.
Avaliação cód.: 56341 Processo nº: 20073186-1

Quadro Resumo
Conceito 1 2 3 4 5
. . . 3.2.14 Implementação das políticas institucionais de
atualização de equipamentos e materiais no âmbito do curso
3.3 Instalações especiais e laboratórios
específicos:cenários/ambientes/laboratórios para a formação
profissionalizante/específica

. . . 3.3.1 Tipos de ambientes/laboratórios de acordo com a


proposta do curso
. . . 3.3.2 Quantidade de ambientes/laboratórios de acordo
com a proposta do curso
. . . 3.3.3 Espaço físico (adequação as especificidades,
dimensões, mobiliário, iluminação etc)
. . . 3.3.4 Equipamentos (tipos, quantidade, e condições de
uso)
. . . 3.3.5 Condições de conservação das instalações
. . . 3.3.6 Materiais
. . . 3.3.7 Normas e procedimentos de segurança
. . . 3.3.8 Equipamentos de segurança
. . . 3.3.9 Atividades de ensino (planejamento, abrangência
ou áreas de ensino atendidas, qualidade etc)
. . . 3.3.10 Serviços prestados (planejamento, abrangência ou
áreas de ensino atendidas, qualidade etc)
. . . 3.3.11 Orientação de alunos
. . . 3.3.12 Protocolos de experimentos
. . . 3.3.13 Comitê de Ética em Pesquisa
. . . 3.3.14 Implementação das políticas institucionais de
atualização de equipamentos e materiais no âmbito do curso
3.4 Instalações especiais e laboratórios específicos:
cenários/ambientes/laboratórios para a prática profissional e
prestação de serviços à comunidade
. . . 3.4.1 Tipos de ambientes/laboratórios de acordo com a
proposta do curso
. . . 3.4.2 Quantidade de ambientes/laboratórios de acordo
com a proposta do curso

Relatório Concluído em 25 de agosto de 2008às 23:30:01

09 de setembro de 2008. 13:32:02 Página 14 de 19


MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO
INSTITUTO NACIONAL DE ESTUDOS E PESQUISAS EDUCACIONAIS
Diretoria de Estatísticas e Avaliação da Educação Superior
Avaliação das Condições de Ensino
Instrumento de avaliação para fins de Reconhecimento e Renovação de Rec.
Avaliação cód.: 56341 Processo nº: 20073186-1

Quadro Resumo
Conceito 1 2 3 4 5
. . . 3.4.3 Espaço físico (adequação às especificidades,
dimensões, mobiliário, iluminação etc)
. . . 3.4.4 Equipamentos (tipos, quantidade, e condições de
uso)
. . . 3.4.5 Condições de conservação das instalações
. . . 3.4.6 Materiais
. . . 3.4.7 Normas e procedimentos de segurança
. . . 3.4.8 Equipamentos de segurança
. . . 3.4.9 Atividades de ensino (planejamento, abrangência
ou áreas de ensino atendidas, qualidade etc)
. . . 3.4.10 Serviços prestados (planejamento, abrangência ou
áreas de ensino atendidas, qualidade etc)
. . . 3.4.11 Orientação de alunos
. . . 3.4.12 Protocolos de experimentos
. . . 3.4.13 Comitê de Ética em Pesquisa
. . . 3.4.14 Implementação das políticas institucionais de
atualização de equipamentos e materiais no âmbito do curso

Relatório Concluído em 25 de agosto de 2008às 23:30:01

09 de setembro de 2008. 13:32:02 Página 15 de 19


MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO
INSTITUTO NACIONAL DE ESTUDOS E PESQUISAS EDUCACIONAIS
Diretoria de Estatísticas e Avaliação da Educação Superior
Avaliação das Condições de Ensino
Instrumento de avaliação para fins de Reconhecimento e Renovação de Rec.
Avaliação cód.: 56341 Processo nº: 20073186-1

Parecer Final

A comissão de avaliação constituída através do Ofício de designação 0078


MEC/INEP/DAES, pelos professores Ana Paula da Costa Cardoso e Vicente
Ferreira de Lucena Junior realizou a avaliação do curso de graduação de
Engenharia Eletrônica e de Computação, bacharelado, na modalidade
presencial com carga horária total de 3810 horas, 90 vagas anuais diurnas,
em regime de matrícula semestral, 45 no primeiro semestre e 45 no segundo
semestre, com integralização mínima de 8 semestres e máxima de 18
semestres, coordenado pelo docente Carlos José Ribas D'Avila (mestre), da
Universidade Federal do Rio de Janeiro, criada pelo decreto n.º 14.343, de
7 de setembro de 1920, com o nome de Universidade do Rio de Janeiro,
reorganizada pela Lei 452, de 5 de julho de 1937 sobe o nome de
Universidade do Brasil, a qual foi outorgada autonomia pelo Decreto
n.º8.393, de 17 de dezembro de 1945, passando a denominar Universidade
Federal do Rio de Janeiro pela Lei 4.831, de 5 de novembro de 1965,
atualmente constituída de acordo com o plano de Reestruturação aprovado
pelo Decreto 60.455 A de 13 de março de 1967, localizada à rua Avenida
Brigadeiro Trompowsky S/N Ilha do Fundão, Cidade Universitário, na cidade
do Rio de Janeiro, no Estado do Rio de Janeiro, para efeitos de
Reconhecimento, na visita in loco realizada no período de 17 a 20 de Agosto
de 2008 , apresenta o seguinte resumo da avaliação qualitativa das três (3)
dimensões avaliadas:

Dimensão 1 - Organização didático-pedagógica:


Há plena articulação da gestão do curso com a gestão institucional, sendo
explicitada em documentos institucionais e traduzida em práticas
consolidadas. O perfil do egresso corresponde ao que é projetado no
referencial teórico-metodológico expresso no PPI, PPC e PDI. O corpo
docente e o corpo técnico-administrativo é totalmente coerente com proposta
curricular. A participação dos alunos nas atividades internas/externas de
prática profissional e/ou estágio está funcionando adequadamente, sendo
institucionalizadas e consolidadas.
Destaca-se que um ponto a ser melhorado diz respeito a auto-avaliação, pois
a CPA está em processo de institucionalização. Contudo existe a aplicação
informal de avaliações conduzidas por docentes.

Dimensão 2 - Corpo docente, corpo discente e técnico-administrativo:

Relatório Concluído em 25 de agosto de 2008às 23:30:01

09 de setembro de 2008. 13:32:02 Página 16 de 19


MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO
INSTITUTO NACIONAL DE ESTUDOS E PESQUISAS EDUCACIONAIS
Diretoria de Estatísticas e Avaliação da Educação Superior
Avaliação das Condições de Ensino
Instrumento de avaliação para fins de Reconhecimento e Renovação de Rec.
Avaliação cód.: 56341 Processo nº: 20073186-1

A formação e a experiência dos docentes demonstram competências que os


tornam aptos a atuar na docência em plena conformidade com o projeto
pedagógico do curso. De 55 professores, 45 são doutores e 10 mestres. As
publicações e produções científicas e técnicas dos docentes, nos últimos 3
anos, são plenamente compatíveis, em quantidade e qualidade, com o perfil
do corpo docente e com o projeto pedagógico do curso.
Não existem mecanismos efetivos de nivelamento dos discentes, o que
configura um ponto a ser melhorado.

Dimensão 3 - Instalações físicas:


As assinaturas de periódicos impressos foram substituídos por assinatura
eletrônica aumentando assim o acesso de estudantes. As instalações físicas
(laboratórios, anfiteatros, auditórios e salas de aula) possuem dimensões,
quantidades, e estado de conservação adequados às exigências da formação
dos alunos. A Instituição colabora com espaço, materiais, orientação
docente para a empresa júnior que atualmente conta com a participação de 49
alunos de diversos cursos (inclusive o que está sendo avaliado). Existem
protocolos dos experimentos prevendo procedimentos, equipamentos,
instrumentos, materiais e utilidades plenamente adequados para a orientação
das atividades práticas.
Não foram encontrados em sua totalidade os livros de referências das
disciplinas.

Considerando, portanto, os referenciais de qualidade dispostos na


legislação vigente, nas orientações do Ministério da Educação, nas
diretrizes da CONAES, e neste instrumento de avaliação, a proposta do curso
de Engenharia Eletrônica e de Computação da UFRJ apresenta um perfil Ótimo.

Relatório Concluído em 25 de agosto de 2008às 23:30:01

09 de setembro de 2008. 13:32:02 Página 17 de 19


MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO
INSTITUTO NACIONAL DE ESTUDOS E PESQUISAS EDUCACIONAIS
Diretoria de Estatísticas e Avaliação da Educação Superior
Avaliação das Condições de Ensino
Instrumento de avaliação para fins de Reconhecimento e Renovação de Rec.
Avaliação cód.: 56341 Processo nº: 20073186-1

Avaliadores
Vicente Ferreira de Lucena Junior
RG:
Data Validação: 25/08/2008 23:30:01
Ana Paula da Costa Cardoso
RG:
Data Validação: 25/08/2008 20:16:09

Relatório Concluído em 25 de agosto de 2008às 23:30:01

09 de setembro de 2008. 13:32:02 Página 18 de 19


MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO
INSTITUTO NACIONAL DE ESTUDOS E PESQUISAS EDUCACIONAIS
Diretoria de Estatísticas e Avaliação da Educação Superior
Avaliação das Condições de Ensino
Instrumento de avaliação para fins de Reconhecimento e Renovação de Rec.
Avaliação cód.: 56341 Processo nº: 20073186-1

Ciente.

Encaminhe-se para as providências.

Em 09/09/2008

Iguatemy Maria de Lucena Martins


Diretora de Avaliação da
Educação Superior

Relatório Concluído em 25 de agosto de 2008às 23:30:01

09 de setembro de 2008. 13:32:02 Página 19 de 19

Você também pode gostar