Você está na página 1de 3

01/11/2010

CIPA NR-05
CIPA
NR-05
2- QUAL É O SEU OBJETIVO?  Resp.: A CIPA (Comissão Interna de Prevenção de
2- QUAL É O SEU OBJETIVO?
 Resp.: A CIPA (Comissão Interna de
Prevenção de Acidentes), tem como objetivo
a prevenção de acidentes de trabalho e
doenças ocupacionais, decorrente das
condições ambientais do trabalho, de modo
a tornar compatível permanentemente o
trabalho com a prevenção da vida e
preservação da saúde do trabalhador.
3- QUAL A SUA FUNDAMENTAÇÃO LEGAL, ORDINÁRIA E ESPECÍFICA?  § 1º Os representantes dos
3- QUAL A SUA FUNDAMENTAÇÃO
LEGAL, ORDINÁRIA E ESPECÍFICA?
§ 1º Os representantes dos empregadores,
titulares e suplentes, serão por eles
designados.
§
2.º Os representantes dos empregados,
titulares e suplentes, serão eleitos em
escrutínio secreto, do qual participem,
independentemente de filiação sindical,
exclusivamente os empregados
interessados.
§ 3.º O mandato dos membros eleitos da
CIPA terá a duração de 1 (um) ano,
permitida uma reeleição.
1- O QUE É CIPA?  Resp.: A CIPA (Comissão Interna de Prevenção de Acidentes),
1- O QUE É CIPA?
 Resp.: A CIPA (Comissão Interna de
Prevenção de Acidentes), é uma comissão
de empregados eleitos pelos funcionários e
empregados indicados pelo empregador, em
número de acordo com o total de
empregados da empresa, e de seu grau de
risco, em função da atividade econômica.
3- QUAL A SUA FUNDAMENTAÇÃO LEGAL, ORDINÁRIA E ESPECÍFICA?  Resp.: A NR-05: CIPA tem
3- QUAL A SUA FUNDAMENTAÇÃO
LEGAL, ORDINÁRIA E ESPECÍFICA?
 Resp.: A NR-05: CIPA tem a sua existência assegurada, em
termos de legislação ordinária, através dos artigos 163 a 165
da CLT, in verbis:
“Art. 163. Será obrigatório a constituição de Comissão Interna
de Prevenção de Acidentes (CIPA), de conformidade com
instruções expedidas pelo Ministério do Trabalho e Emprego,
nos estabelecimentos ou locais de obras nelas especificadas.”
Parágrafo único: O Ministério do Trabalho e Emprego
regulamentará as atribuições, a composição e o funcionamento
das CIPAs.
 Art. 164. Cada CIPA será composta de representantes da
empresa e dos empregados, de acordo com os critérios que
vierem a ser adotados na regulamentação de que trata o
parágrafo único do artigo anterior.
3- QUAL A SUA FUNDAMENTAÇÃO LEGAL, ORDINÁRIA E ESPECÍFICA?  § 4.º O disposto no
3- QUAL A SUA FUNDAMENTAÇÃO
LEGAL, ORDINÁRIA E ESPECÍFICA?
 § 4.º O disposto no parágrafo anterior não se
aplicará ao membro suplente que, durante o
seu mandato tenha participado de menos da
metade do número de reuniões da CIPA.
§ 5.º O empregador designará, anualmente,
dentre os seus representantes, o Presidente
da CIPA, e os empregados elegerão, dentre
eles, o vice-presidente.

01/11/2010

3- QUAL A SUA FUNDAMENTAÇÃO LEGAL, ORDINÁRIA E ESPECÍFICA?  Art. 165 – Os titulares
3- QUAL A SUA FUNDAMENTAÇÃO
LEGAL, ORDINÁRIA E ESPECÍFICA?
 Art. 165 – Os titulares da representação dos
empregados nas CIPAs não poderão sofrer
despedida arbitrária, entendendo-se como
tal que não se fundar em motivo disciplinar,
técnico, econômico ou financeiro.
Parágrafo único: Ocorrendo a despedida,
caberá ao empregador, em caso de
reclamação à Justiça do trabalho, comprovar
a existência de qualquer dos motivos
mencionados neste artigo, sob pena de ser
condenado a reintegrar o empregado.
4- ATIVIDADES PRINCIPAIS DA CIPA:  O desenvolvimento das ações preventivas por parte da CIPA
4- ATIVIDADES PRINCIPAIS DA CIPA:
O desenvolvimento das ações preventivas por parte
da CIPA consiste, basicamente, em observar e
relatar condições de risco nos ambientes de trabalho
e solicitar medidas para reduzir até eliminar os
riscos existentes e/ou neutralizar os mesmos,
discutir os acidentes ocorridos, solicitando medidas
que previnam acidentes semelhantes e, ainda,
orientar, os demais trabalhadores quanto à
prevenção de acidentes.
6- COMO DEVE PROCEDER A EMPRESA QUE ESTIVER LEGALMENTE DESOBRIGADA DE POSSUIR A CIPA? 
6- COMO DEVE PROCEDER A EMPRESA QUE
ESTIVER LEGALMENTE DESOBRIGADA DE
POSSUIR A CIPA?
 Resp.: Quando o estabelecimento não se enquadrar
no Quadro I da NR – 05, a empresa deverá designar
obrigatoriamente um responsável pelo cumprimento
dos objetivos prevencionistas, ou seja, deverá atuar
como cipeiro, podendo ser adotados mecanismos de
participação dos empregados, através de negociação
coletiva. Importante ressaltar que o dito empregado,
por não ter sido eleito pelos empregados, posto que
livremente indicado pelo empregador, não é
beneficiado pela estabilidade provisória constitucional
de que cogita a alínea “a” do inciso II do artigo 10 do
Ato das Disposições Constitucionais Transitórias da
“Carta Magna”.
4- ATIVIDADES PRINCIPAIS DA CIPA:  Resp.: O objetivo da CIPA, obviamente, é a prevenção
4- ATIVIDADES PRINCIPAIS DA CIPA:
 Resp.: O objetivo da CIPA, obviamente, é a
prevenção de acidentes e doenças ocupacionais, a
exemplo do Serviço Especializado em Engenharia
de Segurança e Medicina do Trabalho – SESMT,
sendo que a diferença básica entre esses dois
órgãos internos da empresa reside no fato de que o
SESMT é composto exclusivamente por
profissionais especialistas em segurança e saúde no
trabalho, enquanto a CIPA é uma comissão
partidária constituída por empregados normalmente
leigos em prevenção de acidentes.
5- QUE EMPRESAS ESTÃO LEGALMENTE OBRIGADAS A ORGANIZAR A CIPA?  Resp.: As empresas privadas,
5- QUE EMPRESAS ESTÃO LEGALMENTE
OBRIGADAS A ORGANIZAR A CIPA?
 Resp.: As empresas privadas, públicas e órgãos
governamentais que possuem empregados devem
constituir CIPA, por estabelecimento, e mantê-la em
regular funcionamento as empresas privadas,
públicas, sociedades de economia mista, órgão da
administração direta e indireta, cooperativas, bem
como outras instruções que admitam trabalhadores
como empregados.
7- É POSSÍVEL A REDUÇÃO DO NÚMERO DA CIPA?  Resp.: Após organizada e protocolizada
7- É POSSÍVEL A REDUÇÃO DO
NÚMERO DA CIPA?
 Resp.: Após organizada e protocolizada na
Delegacia Regional do Trabalho, a CIPA não poderá
ter seu número de representantes reduzido, bem
como não poderá ser desativada pelo empregador
antes do término do mandato de seus membros,
ainda que haja redução do número de empregados
da empresa, salvo no caso de encerramento das
atividades do estabelecimento.

01/11/2010

8- QUAIS AS ATRIBUIÇÕES DA CIPA?  a) identificar os riscos dos locais e os
8- QUAIS AS ATRIBUIÇÕES DA CIPA?
a) identificar os riscos dos locais e os processo de
trabalho e elaborar o mapa de riscos ambientais,
com a participação do maior número de
trabalhadores, com assessoria do Serviço
Especializado em Engenharia de Segurança e em
Medicina do Trabalho – SESMT;
b) elaborar um plano de trabalho que possibilite a
ação preventiva na solução de problemas de
segurança e saúde no trabalho, identificados nos
levantamentos ou inspeções nos diversos setores
da empresa;
8- QUAIS AS ATRIBUIÇÕES DA CIPA?  e) realizar, a cada reunião ordinária mensal, uma
8- QUAIS AS ATRIBUIÇÕES DA CIPA?
e) realizar, a cada reunião ordinária mensal, uma avaliação do
cumprimento das metas propostas fixadas em seu plano de
trabalho, e discutir as situações de risco que foram
identificadas, observar as providências que foram tomadas,
visando a minimização, ou mesmo a neutralização destes;
f) divulgar aos trabalhadores informações relativas à segurança
e saúde no trabalho, através de cursos, cartazes, palestras e
seminários.
g) participar, com o SESMT, das discussões promovidas pelo
empregador, para avaliar os impactos de alterações no
ambiente e processos de trabalho relacionados à segurança e
saúde dos trabalhadores, etc.
10- QUAIS AS ATRIBUIÇÕES DOS EMPREGADOS EM RELAÇÃO A COMISSÃO PREVENCIONISTA?  Resp.: Estipula a
10- QUAIS AS ATRIBUIÇÕES DOS EMPREGADOS
EM RELAÇÃO A COMISSÃO PREVENCIONISTA?
 Resp.: Estipula a atual Quinta norma
regulamentadora que compete aos empregados:
a) participar da eleição de seus representantes;
b) colaborar com a gestão da CIPA;
c) indicar à CIPA, ao SESMT e ao empregador
situação de riscos e apresentação sugestões para
melhoria das condições de trabalho;
d) observar e aplicar no ambiente de trabalho as
recomendações quanto a prevenção de acidentes e
doenças decorrentes do trabalho.
8- QUAIS AS ATRIBUIÇÕES DA CIPA?  c) participar da implementação e do controle da
8- QUAIS AS ATRIBUIÇÕES DA CIPA?
 c) participar da implementação e do controle da qualidade das
medidas de prevenção necessárias, bem como da avaliação
das prioridades de ação tanto prevencionistas , como
intervencionistas nos locais de trabalho;
d) realizar, periodicamente, verificações nos ambientes e
condições de trabalho visando a identificação de situações que
venham a trazer riscos para a segurança e saúde dos
trabalhadores, por caracterizar-se como situações de riscos
passíveis de causar acidentes do trabalho, e ou doenças
ocupacionais;
9- QUAL A ATRIBUIÇÃO ESPECÍFICA DO EMPREGADOR EM RELAÇÃO AO FUNCIONAMENTO DA CIPA?  Resp.:
9- QUAL A ATRIBUIÇÃO ESPECÍFICA DO
EMPREGADOR EM RELAÇÃO AO
FUNCIONAMENTO DA CIPA?
 Resp.: Dispõe a nova NR-05 que compete
ao empregador proporcionar aos membros
da CIPA os meios necessários ao efetivo
desempenho de suas atribuições, garantindo
tempo suficiente para a realização das
tarefas de cipeiros constantes do plano de
trabalho prevencionista.