Você está na página 1de 3

Tema: Força e Velocidade.

Tempo: 30 a 40 minutos.

Idade: 10 a 20 anos.

Objetivos:

Levar os alunos a compreender como utilizar a força e a velocidade dentro de um exercício físico.

Conteúdo Programático:

Força: Capacidade de um músculo contrair-se contra uma resistência e manter contra ela uma tensão desejada.

Velocidade: Realização de um movimento no menor espaço de tempo. No sentido da física mecânica, defini-se a velocidade como a distância percorrida em uma unidade de tempo.

Metodologia:

Faixas.

Cordas.

Cones

Ação didática:

1º momento: Alongamentos estáticos e dinâmicos, com ênfase no segundo. (5 minutos)

2º momento: Atividades que tenham elementos de força e velocidade. (Tempo total de 31 minutos)

1ª atividade: Dragão de Komodo. (Força concêntrica e velocidade de deslocamento)

Tempo: 5 minutos

O Estudante se posicionará sob o solo somente com mãos e pés apoiados como base, e terá de se locomover até a área delimitada pelos cones e retornar até o ponto de partida. Esse percurso será repetido durante algumas vezes.

Objetivo da atividade: Possibilitar uma maneira variada de utilizar vários grupos musculares do corpo, utilizando assim, sua força para poder se locomover o mais rápido possível, utilizando assim, a sua velocidade.

2ª atividade: Nadando contra a correnteza. (Força dinâmica concêntrica e velocidade de deslocamento)

Tempo: 5 minutos.

Esta atividade será realizada em dupla. Um dos parceiros envolverá parcialmente a cintura do outro com uma faixa ou corda, e se posicionará atrás do mesmo. Quando for dado o sinal o estudante que estiver com a faixa ou corda na cintura, terá que se deslocar e percorrer o percurso que lhe for dado e a sua dupla terá que se projetar para trás gerando assim, uma resistência mecânica, e isso levará o enlaçado a empregar mais potência nos membros inferiores para adquirir mais velocidade para realização do percurso. Ao final do percurso os estudantes trocarão de lugar e tornarão a fazê-lo novamente. Esta atividade se repetirá no mínimo duas vezes para cada aluno.

Objetivo da atividade: Vencer a força mecânica que estar sendo imposta. Tendo assim, que exercer uma determinada força para atingir mais velocidade durante o deslocamento.

3ª Atividade: Parado e rígido como uma montanha. (força isométrica)

Tempo: 5 minutos

Os alunos deverão ficar em uma determinada posição dita pelo professor e manter-se parados até o tempo cronometrado esgotar.

Objetivo da atividade: Trabalhar a força estática através de posições corporais.

4ª Atividade: Circuito Força/Velocidade (Força dinâmica concêntrica e velocidade de deslocamento)

Tempo total: 16 minutos

A turma será dividida em quatro partes equivalentes para poderem fazer a realização do

circuito

1. Explosão e corrida (4 minutos)

O aluno terá que correr até a área delimitada no menor tempo possível. Repetirá esse

exercício até acabar o tempo estimado.

2. Flexões com paradas (4 minutos)

Nessa etapa o aluno deverá fazer cinco flexões de braço e em seguida manter-se estático na mesma posição variando a flexura dos membros superiores com intervalo de 5 segundos durante as variações. Repetirá esse exercício até acabar o tempo estimado.

3. Pulando a corda (4 minutos)

O estudante deverá estar com as pernas fechadas e pular lateralmente a corda de um lado a

outro até chegar ao fim da mesma. Repetirá esse exercício até acabar o tempo estimado.

4. Corrida com pulo (4 minutos)

O estudante com as duas pernas mantidas próximas terá que pular o mais alto possível, e

quando retornar ao solo, deverá correr até chegar ao cone e dar mais um salto com apenas uma das pernas, logo depois, ele fará o mesmo percurso alternando as pernas na hora do segundo pulo. Repetirá esse exercício até acabar o tempo estimado.

Objetivo da atividade: Fazer com que os estudantes possam desenvolver na prática os conceitos de força e velocidade.

3º momento: Volta à calma.

Tempo: 2 minutos.

Nesse momento serão desenvolvidos alongamentos estáticos para relaxamento dos músculos e estabilização corporal.

Avaliação:

Serão feitas perguntas aos estudantes com o objetivo de causar discussões sobre as atividades realizadas.