Você está na página 1de 4
INSTITUTO SUPERIOR DE ENGENHARIA DE COIMBRA D EPARTAMENTO DE E NGENHARIA E LECTROTÉCNICA Electrotecnia I

INSTITUTO SUPERIOR DE ENGENHARIA DE COIMBRA

DEPARTAMENTO DE ENGENHARIA ELECTROTÉCNICA

Electrotecnia I - Corrente Contínua

FFOOLLHHAA DDEE PPRROOBBLLEEMMAASS NN

ºº

11

Análise de Circuitos Elementos dos Circuitos - Lei de Ohm - Leis de Kirchhoff

1 – Considerar o circuito da figura 1.

a) Qual o número de nós essenciais e de ramos essenciais no circuito?

b) Quais são os componentes que estão em série e em paralelo?

c) Simplificar o circuito.

estão em série e em paralelo? c) Simplificar o circuito. 2 – Considerar os circuitos das
estão em série e em paralelo? c) Simplificar o circuito. 2 – Considerar os circuitos das

2 – Considerar os circuitos das figuras 2 e 3 e calcular a resistência equivalente em relação a AB.

3 – Uma corrente I T divide-se em dois braços paralelos de resistências R 1 e R 2 , respectivamente,

como mostra a figura 4. Deduzir as expressões das correntes I 1 e I 2 , nos braços paralelos (circuito

divisor de corrente).

4 – Aplica-se uma tensão V T aos terminais de duas resistências R 1 e R 2 , como mostra a figura 5.

Deduzir as expressões das tensões V 1 e V 2 aplicadas aos terminais de R 1 e R 2 , respectivamente em

função de V T , bem como a das potências dissipadas por cada resistência em função da potência total fornecida (circuito divisor de tensão).

5 – No circuito da figura 6, a tensão constante V é igual a 45 V. Determinar a corrente, a queda de tensão em cada resistência e a potência associada a cada uma.

a queda de tensão em cada resistência e a potência associada a cada uma. Ano Lectivo
a queda de tensão em cada resistência e a potência associada a cada uma. Ano Lectivo

Ano Lectivo 2012/2013

Folha 1

Pág.: 1 / 4

ISEC – DEE

Electrotecnia 1

6 – Duas fontes de tensão constante V A e V B actuam no mesmo circuito, como mostra a figura 7. Qual a potência fornecida por cada uma? Comentar os resultados.

a potência fornecida por cada uma? Comentar os resultados. 7 – Num circuito, três resistências R

7 – Num circuito, três resistências R 1 , R 2 e R 3 estão em série com uma fonte de tensão V. Sabendo

que a queda de tensão em R 1 é de 20 V, a potência dissipada em R 2 é de 25 W e que R 3 =3 , calcu- lar a tensão V, R 1 e R 2 para uma corrente de 5 A.

8 – O valor da resistência equivalente de R 1 e R 2 (que estão em paralelo) é de 10/3 . A corrente

que atravessa o circuito paralelo divide-se respectivamente entre os dois na proporção de 2 para 1. Determinar R 1 e R 2 nestas condições.

9 – Considerar o circuito da figura 8.

a) Determinar a resistência equivalente das quatro resistências apresentadas na figura.

b) Se for aplicada uma tensão constante de 100 V, que resistência consome maior potência? Qual o seu valor?

10 – Duas fontes de tensão constante actuam no circuito representado na figura 9. Determinar a po-

tência P que cada fonte fornece ao circuito.

11 – A montagem da figura 10 corresponde a 3 lâmpadas com hipótese de ligar (uma, duas ou as

três). Estas são de igual potência, R=300 e alimentadas com V=220 V. Calcular I e P para cada uma das combinações possíveis de ligação das lâmpadas.

uma das combinações possíveis de ligação das lâmpadas. 12 – Sabendo que a corrente na resistência
uma das combinações possíveis de ligação das lâmpadas. 12 – Sabendo que a corrente na resistência

12 – Sabendo que a corrente na resistência de 5 da figura 11 é de 14 A, determinar a tensão cons-

tante V.

13 – Determinar o valor da resistência R da figura 12, admitindo que apresenta uma queda de tensão

de 25 V na mesma.

Ano Lectivo 2012/2013

Folha 1

Pág.: 2 / 4

ISEC – DEE

Electrotecnia 1

14 – Para que valor (em ) deve ser ajustada a resistência variável da figura 13, para que a potência

dissipada na resistência de 5 seja de 20 W?

potência dissipada na resistência de 5  seja de 20 W? 15 – Determinar os valores
potência dissipada na resistência de 5  seja de 20 W? 15 – Determinar os valores

15 – Determinar os valores das fontes de tensão V 1 e V 2 assinaladas na figura 14, de acordo com os

valores fornecidos nessa mesma figura.

16 – Utilizando associações de resistências em série e em paralelo, reduzir a configuração de resis-

tências da figura 15 a uma única resistência equivalente colocada entre:

a) os pontos A e B;

b) os pontos C e D.

17 – Uma resistência de 10 está em série com uma associação paralela de duas resistências de 15 e

5 . Sendo de 6 A a corrente constante na resistência de 5 , qual é a potência dissipada nas três re- sistências?

18 – Qual o valor da corrente fornecida pela fonte de 50 V ao circuito de resistências da figura 16?

fonte de 50 V ao circuito de resistências da figura 16? 19 – Para o circuito

19 – Para o circuito representado na figura 17 calcular através das leis de Kirchhoff:

a) A potência fornecida pelas fontes.

b) Mostrar que a potência fornecida pelas fontes é igual à potência dissipada pelo conjunto de elementos resistivos do circuito.

20 – Para o circuito da figura 18, determinar a queda de tensão em cada uma das resistências (pelas

leis de Kirchhoff).

21 – Para o circuito da figura 19, determinar as correntes I 1 , I 2 e I 3 (pelas leis de Kirchhoff).

Ano Lectivo 2012/2013

Folha 1

Pág.: 3 / 4

ISEC – DEE

Electrotecnia 1

ISEC – DEE Electrotecnia 1 22 – Para o circuito da figura 20, determinar as correntes

22 – Para o circuito da figura 20, determinar as correntes I 1 , I 2 e I 3 (pelas leis de Kirchhoff).

23 – Oito resistências, uma das quais é ajustável, são utilizadas na constituição da rede eléctrica re-

presentada na figura 21. Um amperímetro é ligado entre os pontos A e C. Determinar (pelas leis de

Kirchhoff):

a) O valor de R de modo a ser zero a corrente no ramo AC.

b) A potência dissipada na resistência de 4 nas condições anteriores.

c) As correntes nas duas baterias.

condições anteriores. c) As correntes nas duas baterias. 24 – Considerar o circuito da figura 22.
condições anteriores. c) As correntes nas duas baterias. 24 – Considerar o circuito da figura 22.

24 – Considerar o circuito da figura 22. Utilizando as leis de Kirchhoff:

a) Calcular a corrente que circula na resistência de 5 .

b) Calcular a potência dissipada em cada resistência.

c) Calcular a tensão aos terminais da fonte de corrente V AB .

d) Calcular a potência fornecida por cada fonte.

Ano Lectivo 2012/2013

Folha 1

Pág.: 4 / 4