Aula Extra

Psicologia – STJ
Professor: Alyson Barros www.psicologianova.com.br

Caros alunos! Como é bom estar aqui novamente. É com imenso prazer que edito essa aula extra para vocês. Essa aula está sendo disponibilizada tanto para a turma teórica quanto a de questões e a ideia central aqui é resolver a última prova do STJ. Ela data de 2004 e, como vocês verão, tem alguns assuntos que não nos interessam e mostram um modo um pouco “antigo” da Cespe em abordar conteúdos (textos de jornais, etc.). Mesmo assim, são 100 questões para você se deleitar. Temos alguns informes anteriores e espero que você faça bom proveito dessa aula para “aparar” conhecimentos. Não é uma aula para “ensinar”, mas para testar conhecimentos. Por isso: marque duas horas no cronômetro e desça a caneta nas questões!!! Boa aula!!!

Só é lutador quem sabe lutar consigo mesmo.
Carlos Drummond de Andrade

www.psicologianova.com.br

APROFUNDAMENTO DE COMENTÁRIO Questão 101 da Aula 4 SEGERES - Especialista em Desenvolvimento Humano e Social – 2011 101 (E) Clima organizacional e satisfação no trabalho são fenômenos de natureza afetiva e cognitiva, relacionados ao modo como as pessoas percebem aspectos particulares do trabalho, como as condições de trabalho, as relações interpessoais, a carga de trabalho, entre outros. Comentários: Certamente, há uma dimensão afetiva e cognitiva envolvida em tais processos. Porém, o erro exato da questão está na ideia errônea de que o clima organizacional e a satisfação são “recortes” da realidade e baseados apenas na questão cognitiva/afetiva. Os dois são construções de natureza cognitiva, afetiva e comportamental que são influenciados tanto pelas condições de trabalho, relações interpessoais e carga de trabalho quanto pela relação com o ambiente, higiene, segurança no trabalho, estilo de gestão e de cultura,envolvimento dos trabalhadores, capacitação e trabalho autônomo de grupos, etc. Assim, eu optaria por reescrever a assertiva da seguinte maneira: “Clima organizacional e satisfação no trabalho são fenômenos de natureza afetiva, cognitiva e comportamental, relacionados ao modo como as pessoas percebem aspectos amplos do trabalho, como as condições de trabalho, as relações interpessoais, a carga de trabalho, entre outros.” Um excelente artigo que fala sobre a satisfação no trabalho é o de Martinez e Paraguay. Eis alguns trechos dele: Conceitos de satisfação no trabalho Satisfação no trabalho tem sido definida de diferentes maneiras, dependendo do referencial teórico adotado. As conceituações mais freqüentes referem-se a satisfação no trabalho como sinônimo de motivação, como atitude ou como estado emocional positivo havendo, ainda, os que consideram satisfação e insatisfação como fenômenos distintos, opostos.

www.psicologianova.com.br

Satisfação no trabalho como sinônimo de motivação A confusão entre os termos "motivação" e "satisfação" tem sido considerada como causa de falhas na formulação de hipóteses e na seleção de instrumentos de pesquisas, especialmente naquelas destinadas a correlacionar satisfação no trabalho com produtividade (Pérez Ramos, 1980). A diferença entre motivação e satisfação é claramente assinalada por Steuer (1989), ao explicitar que motivação manifesta a tensão gerada por uma necessidade e satisfação expressa a sensação de atendimento da necessidade. Satisfação no trabalho como atitude Por atitude entende-se a "disposição para atuar e assumir posição perante determinadas situações" (Pérez-Ramos, 1980, p. 22) ou como a combinação de conceitos, informações e emoções que resultam em uma resposta favorável ou desfavorável com respeito a uma pessoa em particular, grupo, idéia, evento ou objeto e que, por serem derivadas de crenças, são poderosas influências sobre o comportamento e a aprendizagem (Campbell, 1999). Portanto, se atitudes são disposições para agir, decorrentes de conceitos, informações e emoções, podemos considerar que algumas atitudes podem ser decorrentes da satisfação no trabalho, mas não a sua definição. Satisfação versus insatisfação no trabalho Satisfação e insatisfação no trabalho são consideradas como os dois extremos de um mesmo fenômeno, sendo freqüentes os estudos que adotam uma medida de satisfação por meio de escalas que vão de um extremo de "muito satisfeito" até o extremo oposto de "muito insatisfeito" (Begley&Czajka, 1993; Elovainio, Kivimäki, Steen &Kalliomäki-Levanto, 2000; O'Driscoll&Beehr, 2000; Wright &Cropanzano, 2000; Zalewska, 1999a). Outros autores optam por adotar a distinção entre satisfação e insatisfação estabelecida na Teoria da Motivação-Higiene, que considera satisfação e insatisfação no trabalho como fenômenos distintos, de natureza diversa, onde a insatisfação é determinada pela carência dos fatores extrínsecos ao trabalho ou "fatores de higiene" (remuneração, supervisão, ambiente de trabalho) e a satisfação é determinada pelos fatores intrínsecos ao trabalho ou "fatores motivadores", relacionados ao conteúdo do trabalho e aos desafios das tarefas (Araújo, 1985; Coda, 1986; Licht, 1990; Paula, 1990; Pérez-Ramos, 1980).

www.psicologianova.com.br

Satisfação no trabalho como estado emocional Satisfação no trabalho é considerada um estado emocional agradável resultante da avaliação que o indivíduo faz de seu trabalho e resulta da percepção da pessoa sobre como este satisfaz ou permite satisfação de seus valores importantes no trabalho (Locke, 1969, 1976). Nesta conceituação, observam-se os dois aspectos considerados como componentes da satisfação no trabalho: (a) um componente cognitivo, que diz respeito ao que o indivíduo pensa e a suas opiniões sobre o trabalho e (b) um componente afetivo ou emocional, que diz respeito a quão bem uma pessoa se sente em relação a um trabalho, sugerindo que a satisfação no trabalho é baseada parcialmente no que o indivíduo pensa e parcialmente no que o indivíduo sente (Wright &Cropanzano, 2000; Zalewska, 1999a). Portanto, satisfação no trabalho também pode ser definida como "um sentimento experienciado pelo trabalhador em resposta à situação total do trabalho" (Harris, 1989, p. 13). A definição de Locke (1969) para insatisfação no trabalho não é a de um fenômeno distinto da satisfação no trabalho, mas a de seu oposto semântico, ambos compondo os dois extremos do mesmo fenômeno. Em outras palavras, "não existe um limite superior de satisfação absoluta, enquanto o limite inferior funde-se de forma indistingüível na insatisfação, a qual não tem limite inferior absoluto" (Fraser, 1983, p. 56). O ambiente psicossocial no trabalho engloba a organização do trabalho e as relações sociais de trabalho. Fatores psicossociais no trabalho são aqueles que se referem à interação entre e no meio ambiente de trabalho, conteúdo do trabalho, condições organizacionais e habilidades do trabalhador, necessidades, cultura, causas extra-trabalho pessoais que podem, por meio de percepções e experiência, influenciar a saúde, o desempenho no trabalho e a satisfação no trabalho (Organização Internacional do Trabalho, 1984).

Fonte: MARTINEZ, Maria Carmen e PARAGUAY, Ana Isabel Bruzzi Bezerra. Satisfação e saúde no trabalho: aspectos conceituais e metodológicos. Cad. psicol.

www.psicologianova.com.br

soc. trab.[online]. 2003, vol.6 [citado 2012-05-01], pp. 59-78 . Disponível em: <http://www.revistasusp.sibi.usp.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S151637172003000200005&lng=pt&nrm=iso>. ISSN 1516-3717.

CORREÇÃO DE COMENTÁRIOS Questões 42, 55 da aula 5 MPU - Analista de Saúde - 2010 42 (E) O paciente é obeso mórbido e isso é um importante fator de risco para o agravamento de sua doença coronariana e, se houver, predominância de gordura visceral, o risco é ainda maior do que se houver predomínio de gordura subcutânea. Comentários: O paciente é obeso mórbido (IMC acima de 40kg/m². Contudo, a alternativa está errada pois a gordura visceral subcutânea representa um maior risco a doença coronariana do que a gordura subcutânea visceral. 55 (C) Em razão da co-ocorrência de variáveis como possível predisposição genética, modelagem parental e fatores socioambientais, é maior a probabilidade de filhos de alcoolistas e de tabagistas desenvolverem a mesma condição de seus pais. Comentários: Sim, está correto, pois a probabilidade de crianças que compartilham o mesmo background cultural que seus pais, percebem seus pais como exemplo a ser seguido, realmente tem uma grande probabilidade para desenvolverem obesidade alcoolismo e tabagismo. 57 (E)Ao ser hospitalizado por adoecimento, o paciente tabagistapode entrar em abstinência em razão das contingências hospitalares, o que é um bom momento para a introdução de técnicas psicológicas e medicamentosas antitabágicas, mas isso é incompatível com o tratamento da doença de base. Comentário antigo: Está incorreto, pois o momento de internação pode ser vivido como forte estresse pela paciente e introduzir tentativa de tratamento via abstinência pode ser mais um fator de estresse para o paciente. O tratamento seria

www.psicologianova.com.br

www. Indiretamente isso é causado pelo contexto hospitalar.br .ineficaz uma vez que a carga emocional seria intensa e não ajudaria o paciente a progredir.psicologianova. Comentário Novo: O paciente tabagista pode entrar em abstinência diretamente pela falta do cigarro. O segundo erro é que as técnicas psicológicas e medicamentosas não são incompatíveis (com raríssimas exceções) com o tratamento da doença base.com.

em países em que o índicede enfrentamento de incertezas é baixo. os membrosda organização devem: identificar os valores e normasvigentes.br . 54( )se o contrato psicológico for mantido.com. tendo planejado umamudança organizacional para atender à venda de livros pelaInternet. identificar novosvalores e normas. 55( )Segundo a pesquisa de Hofstede.psicologianova. o comprometimentono trabalho permanecerá estável. descontínuo ou de segunda ordem. reconhecer a defasagem cultural epreencher as defasagens culturais com os novos valores enormas. 56( )De acordo com a concepção que defende os processos demudança da cultura organizacional. 51( ) a mudança organizacional a ser implementada é de carátertransformacional. 52( ) se forem criadas novas funções na organização.julgue os itens subseqüentes. estabelecer novas diretrizes.Prova: Psicologia/STJ (2004) O proprietário e presidente de uma rede de livrarias. 53( ) as contratações deverão ser feitas com base nas necessidadesorganizacionais e não em cargos/funções específicas. Acerca das variáveis de comportamento macroorganizacional. resolveu adaptarsua organização a essa nova realidade. 57( )Para realizarem a gestão da cultura organizacional conformeas práticas de desenvolvimento organizacional.atento ao crescimento do comércio eletrônico. poispropõe uma modificação radical na organização. os dirigentes devemescolher e definir os fundamentos para a nova culturaorganizacional e eliminar os elementos disfuncionais. seránecessária a realização de uma descrição estratégica decargos ou o mapeamento de competências alinhadas àsestratégias organizacionais. Na situação hipotética acima. as organizaçõestendem a ter papéis e regras detalhados e obediência rígida. www.

www. por hipótese. Julgue os itens a seguir.com. 59( )Em uma organização que possui uma configuração de poderdo tipo arena política. 60( ) O psicólogo deve realizar uma descrição detalhada dasatividades de cada função para subsidiar a estruturação dossistemas de gestão de pessoas. que versam acerca de recrutamento eseleção de pessoal.br . 64( ) O psicólogo deve propor trabalhos complexos edesafiadores. pois eles não são um método eficaz para esse fim. que um psicólogo organizacional tenhasido contratado para estruturar o sistema de gestão de pessoas deuma organização. 66( ) O psicólogo deverá estabelecer o critério de desempenhopara a função. o psicólogo deve estimular açõesorganizacionais que possibilitem a criação de condiçõesfavoráveis para o desempenho.psicologianova.58( )Em organizações em que a base de poder é a competência oua habilidade técnica. 65( ) São técnicas psicológicas válidas: testes de inteligência. 63( ) Para aumentar o comprometimento organizacional afetivodos funcionários. habilidades e atitudes dasfunções na organização é um elemento fundamental para aimplantação de sistemas organizacionais de seleção etreinamento de pessoal.testes de personalidade. os especialistas possuem maiorautonomia e seu trabalho independe da distribuição do poderformal. Considere. a organização serve de instrumentopara o alcance dos objetivos claramente estabelecidos peloinfluenciador ou pelo grupo de influenciadores dominantese que estão fora da organização. bem como o fator de previsão do critério dedesempenho no trabalho. como prediz a teoria deideologia da troca. 62( )A identificação de conhecimentos. julgue os itens quese seguem. Em face dessa consideração. 61( )Questionários não devem ser utilizados para a análise dotrabalho. já que de modo geral as pessoas preferemesse tipo de trabalho. grafologia e provas de aptidão.

Essa rede objetiva prestar serviços de pós-venda para osconsumidores dos produtos da fábrica e. a fábrica procuracapacitar os técnicos das lojas autorizadas. 70( ) Antes da realização da avaliação. como forma de garantira qualidade dos serviços de assistência técnica.br . pior. compatível ou melhor. www. Tendo em vista essasituação. 72( ) Um critério real de avaliação de desempenho é umadefinição do que é um bom desempenho. Considere que uma fábrica de produtos eletrônicos possui umarede de lojas autorizadas de assistência técnica espalhada pelopaís. 74( )Para realizar uma avaliação de necessidades de treinamentoadequada.com. certamente. issoresulta em um melhor funcionamento organizacional. em relação àquele definido nareferida lista. 69( ) Os padrões de desempenho do sistema de avaliação dedesempenho devem estar relacionados com os objetivosestratégicos da organização. a respeito da ação detreinamento de pessoal. Com referência à avaliação de desempenho. 68( )O uso de testes fidedignos em processos de seleção significaque esses testes medem adequadamente o que pretendemmedir. os avaliadores devem sertreinados para evitar o efeito de halo e a leniência. bem como distinguir ostécnicos que necessitam de capacitação. julgue os seguintesitens. poder-se-ia aplicar um modelo de papelocupacional como forma de identificar as competênciasprioritárias a serem treinadas.psicologianova. pois. 71( ) Os formulários de avaliação de desempenho devem serfocalizados em traços ou características individuais para sepromover uma avaliação mais justa dos avaliados. 73( ) Uma escala de avaliação de desempenho do tipo padrãomisto possui uma lista de comportamentos que variam emsua eficiência e exige que o avaliador indique se ocomportamento do avaliado é. julgue os itens seguintes.67( ) O psicólogo deve usar apenas métodos cientificamenteválidos para a seleção de pessoal.

semdefinição de comportamentos esperados dos técnicos ao finaldo treinamento. é necessário dar o treinamentoapenas para aqueles que apresentarem um maior nível deauto-eficácia antes do treinamento.psicologianova.o avaliador poderia comparar a taxa de peças de reposiçãoindevidamente trocadas na rede de lojas autorizadas antes edepois do treinamento. 77( ) Para garantir que os técnicos apliquem no trabalho o queaprenderem no treinamento. 80( ) deve-se investigar se as recompensas organizacionais sãoadequadas ao desempenho dos funcionários. 82( ) deve-se investigar a forma como os objetivos de trabalho sãofixados. em razão de seus funcionáriosestarem desmotivados e insatisfeitos com o trabalho. 83( ) pode-se esperar uma queda na produtividade da áreaconsiderada. Julgue os itens subseqüentes.com. 78( ) Como um indicador de efeito do treinamento na organização. Nessasituação. tendo em vista que esse é umprocesso de transferência vertical somativa. Considere que o diretor da área administrativa de umaorganização procure o setor de gestão de pessoas para solicitaruma intervenção na referida área. www.75( ) Para garantir a aprendizagem dos treinandos. 79( ) deve-se dar um treinamento motivacional para resolver afalta de motivação. o psicólogodeve redigir objetivos genéricos do treinamento. já que as pesquisas indicam que funcionáriosinsatisfeitos com o trabalho são menos produtivos. pois metas difíceis e específicas conduzemgeralmente a desempenho ruim e reduzem a motivação. 76( )Uma estratégia válida para avaliar a aprendizagem dostécnicos em diagnosticar problemas em aparelhos eletrônicosseria pedir para descreverem o processo de identificação dacausa de cada problema.br . 81( ) deve-se investigar se o sistema de recompensas daorganização apresenta eqüidade. que versam acerca de grupos eequipes de trabalho.

84( ) Equipes de trabalho que apresentam melhores resultados dedesempenho tendem a afirmar que possuem o númeroadequado de membros para a realização da tarefa e que estespossuem as habilidades necessárias para cumprir osobjetivos estabelecidos. Acerca das questões de saúde no trabalho. a dois requisitosfundamentais: compatibilidade com as característicasantropométricas dos usuários e adequação às exigências dastarefas a serem executadas nos postos. propagou-se nas organizações aideia de que a principal e mais importante medida corretiva é areconversão de mobiliário. aquisição de postosde trabalho ergonômicos. 87( ) Nos grupos. 86( ) Equipes de trabalho efetivas possuem independência paragerenciar os seus recursos e tomar decisões. Com o crescimento da incidência de casos de LER/DORT. condições e organização do trabalho.psicologianova. 85( ) Para promover a efetividade de equipes de trabalho. da qualidade da respostaemocional e do processo de enfrentamento mobilizados noindivíduo. 91( )Postos de trabalho projetados com critérios ergonômicosdevem responder. Os membros do núcleo central devem deter maispoder por serem mais abertos a mudanças. julgue os itensa seguir. aorganização deve abandonar sistemas de recompensasindividuais e adotar sistemas de recompensas coletivas. julgue os seguintesitens. existem diferenças de poder entre seusmembros.sobretudo nos países ocidentais. principalmente. Quanto aos aspectos de incidência deLER/DORT. www. principalmente. 88( ) A natureza e a severidade do estresse dependem dascaracterísticas da demanda. 89( ) O locus de controle é uma característica pessoal que moderaa relação entre estresse e trabalho.com. 90( )As pesquisas sobre os efeitos dos horários flexíveis detrabalho apontam que essa variável leva a uma maiorsatisfação no trabalho e à redução de sintomas físicos comodores e estômago e de cabeça.br .

os postos de trabalho são tão-somente um dos fatores que podem contribuir para apropagação desses distúrbios.psicologianova.segurança e desempenho eficiente. com tempo exíguo para execução. sobretudo. mesmo quando bem projetado doponto de vista antropométrico. pois só ele poderá confirmar ounão a adequação das soluções que os técnicos venham apropor. pode revelar-sedesconfortável se os fatores organizacionais. 93( )Os aspectos relativos à organização do trabalho —normas. do Ministério do Trabalho e Emprego) — temsua origem em 1986. diminuição de sensibilidade.com.sensação de peso e(ou) fadiga que se manifestam. horários e metas deprodutividade — não têm importância na origem de casos deLER/DORT entre os trabalhadores. comodormência. pelos clientes ou colegas de trabalho. quando esse tempo é imposto por uma máquina. denatureza multicausal. portanto.nos membros superiores. Com base nas temáticas desegurança no trabalho e de saúde ocupacional. Em geral. www. 97( ) Uma das características psicofisiológicas do ser humanoconsiste no fato de que ele tolera mal as tarefasfragmentadas. de modo a proporcionar um máximo de conforto. namedida em que sua avaliação não pode prescindir daexpressão do trabalhador. quando surgiram numerosos casos detenossinovite ocupacional entre digitadores que trabalhavam emempresas de processamento de dados em São Paulo.º 3. piorainda. oser humano prefere impor sua própria cadência ao trabalho. julgue os itens quese seguem.br . pelagerência. 96( ) A noção de conforto merece um destaque especial. forma de controle. formigamento.751/1990. 95( ) Um posto de trabalho. A Norma Regulamentadora 17 — Ergonomia (Portarian. A normavisa estabelecer parâmetros que permitam a adaptação dascondições de trabalho às características psicofisiológicas dostrabalhadores. 94( ) LER/DORT se caracterizam por quadros clínicos infecciososque apresentam uma diversidade de sintomas.92( ) Há um relativo consenso na literatura científica de que agênese e a evolução de LER/DORT são por definição. e. ambientais esociais não forem levados em conta.

br . tabaco. como amigos e parentes. a mudança está acontecendo. é importante que surjamoportunidades para a ocorrência do novo comportamento. Prochaska e DiClemente entre identificaram em cinco tratamento estágios para de abuso mudançacomportamental pacientes desubstâncias e propuseram o modelo transteórico de mudança. desejável e permitido. devido à influência de terceirossignificativos. reforçadorespositivos e treino da autocompetência. referentes ao conceitoe à aplicação dos estágios previstos nesse modelo. Julgue os itens a seguir.A cultura organizacional é um conjunto de elementos queevidenciam as formas típicas de comportamento que caracterizama organização e as bases nas quais esses comportamentos sesustentam. 101( ) Na fase de preparação. 103( ) A pré-contemplação é um estágio no qual a intenção demudança ocorre. o paciente nega a existência de umproblema específico a ser resolvido. 98( ) Os valores da organização referem-se a idealizações acercado que é bom.com. e constituem os pilaressobre os quais a cultura da organização se sustenta. O modelo tem sido utilizado para compreender edescrever mudanças no uso de álcool. 102( ) Durante a contemplação. do manejo do estressee de habilidades para recusa. 100( ) A socialização organizacional é um processo utilizado pelasinstituições para adaptar os funcionários à culturaorganizacional e inseri-los no conjunto de normas ecostumes organizacionais.que a proposta de mudança do paciente seja reforçada e quehaja suporte familiar e social.psicologianova. julgue os itensseguintes. Com referência a esses aspectos. 99( ) Os comportamentos dos fundadores ou pioneiros não sãoessenciais na formação e na consolidação da culturaorganizacional. 104( ) Na fase de ação. embora a decisão de mudar jáesteja tomada. O processoterapêutico deve incluir objetivos alcançáveis. cocaína e nocontrole do peso. O reconhecimento dos estágios permite ao psicólogo adequar aintervenção às respostas do paciente e otimizar o tratamentoproposto motivando seu paciente de acordo com o estágio em quese encontra. www.

mas ressaltando aresponsabilidade que ele tem sobre a situação e sobre suaprópria saúde. Internet: (com <http://www1. irritabilidade. oestágio seguinte é previsível e o anterior é etapa vencida. mas não assegura mudanças na percepção derisco pessoal dos indivíduos. 108( ) Mostrar fotos de impacto em maços de cigarros e proibir ofumo em shoppings e em órgãos públicos são medidas quereforçam negativamente o comportamento de fumar. e nicotina causadependência física ou psíquica.psicologianova. Julgue os itens seguintes.br/folha/cotidiano/ult95u84388. ansiedade. julgue os itens que se seguem arespeito do comportamento de fumar e acerca das técnicas deintervenção para controle do fumo. 109( ) A alta freqüência com que o comportamento de fumar épositivamente reforçado explica a dependência psicológicada nicotina. Paulo publicou. durante a pré-contemplação. Essas imagens seriamacompanhadas de frases de alerta e do aviso: “Este produtocontém mais de 4.com.folha. sintomas depressivose aumento do apetite.700 substâncias tóxicas. Quando o paciente avança um estágio. 110( ) A síndrome de abstinência por interrupção do uso do cigarroinclui sonolência diurna.br . 106( ) Os estágios acontecem em seqüência e os ganhos sãopermanentes. 107( ) Uma campanha como a descrita no texto pode conscientizara população sobre os malefícios do cigarro e produzir umganho positivo. Uma enquete realizada pelaFolha Online sobre as novas imagens apontou a imagem do fetodentro de um vidro (figura acima) como a de maior impacto entreas novas imagens. acerca de teorias da personalidade. éimportante validar a experiência e as dificuldades dopaciente para realizar mudanças. Não existem níveis segurospara consumo dessas substâncias”.uol. Considerando o texto acima. dificuldade para manter aconcentração. A Folha de S.shtml> www. em outubro do anopassado. adaptações). que imagens de advertência de maior impacto seriamimpressas nas embalagens de cigarro.com. segundo opinião de 33% dos votantes.105( ) Na entrevista motivacional.

estadao. discreto e sutil. Paulo mostraque. Matéria publicada pelo jornal Folha de S. na opinião de consultores e especialistas da área.htm>. A respeito desse assunto.111( ) Para William Reich.br/agestado/noticias/2003/fev/21/337. é perguntar diretamente aonegro sobre sua percepção de haver sido discriminado. Quando teve alta.psicologianova.como a exclusão sutil do negro em alguns eventos esituações. apesar das muitas políticasinclusivas atualmente implantadas. 114( ) A discriminação diária e discreta no ambiente de trabalho. 112( ) Sob o enfoque da Gestalt. Ele relatou que ingeriu bebida alcoólicapela primeira vez aos 22 anos de idade e que aos 25 foi internadopor 3 meses após uso excessivo de álcool. O assunto abordado no texto acima tem sido foco de interesse deestudiosos da área de relações humanas que investigam ospadrões de ocorrência e os efeitos adversos da discriminaçãoracial no ambiente de trabalho.com.br . 115( ) A forma mais adequada de investigar a ocorrência deracismo diário. Um homem de 32 anos de idade procurou o serviço depsicologia do órgão em que trabalha buscando tratamento paradependência alcoólica.voltou ao antigo emprego e no primeiro final de semana saiu comos colegas para comemorar www.com. promoções enos programas de treinamento interno. a remoção da couraça do caráter e aconseqüente liberação da libido favorecem o processo deliberação das tensões musculares que bloqueiam asexcitações biológicas. tem efeito mais estressante para a vítima que aexplicitação clara e verbal de racismo. Internet: <http://www. 113( ) A discriminação racial chega a produzir respostas de estressepsicológico e fisiológico nas vítimas. julgueos itens subseqüentes. opreconceito racial resiste nas empresas brasileiras sob a forma dediscriminação contra os negros nas contratações. um dos quatro mecanismosbásicos da neurose é a sublimação. que ocorre quando aenergia libidinosa é direcionada a atividades científicas ou religiosas.

116( ) Mudanças nos hábitos de vida devem ser evitados noprocesso terapêutico para preservar ao máximo a rotina e aestabilidade emocional do paciente.psicologianova. www. Bebeu nesse dia eexperimentou cocaína oferecida por um amigo. associando novamente álcool ecocaína após a decisão de tomar um cálice de champanhe noréveillon. relativos ao atendimento psicológico dessepaciente. Para a maioria deles. 122( ) A agenda social do paciente deve ser limitada e reduzida. são desejáveis para identificar estratégias deenfrentamento positivo. Depois de aproximadamente 2 anos de totalabstinência. otratamento indicado é dentro de seu próprio contexto social. 117( ) A análise funcional desse caso deve incluir a identificaçãodos contextos físico. Considerando o caso hipotético apresentado acima. dessa vez por um ano.o retorno. Foi internado por mais um ano e. 121( )O objetivo do tratamento deve ser abstinência total desde oinício. Após 2 meses deuso intenso de álcool e cocaína associados foi novamenteinternado. passouem um concurso público concorrido e começou a trabalhar comum ótimo salário. ele tomou uma lata de cerveja em duas situaçõessociais.porque as recaídas relatadas ocorreram em eventos sociais. julgue osseguintes itens. ficou sóbrio durante3 anos e recaiu uma terceira vez.Por isso decidiu procurar um médico que indicou Antabuse e oencaminhou para o serviço de psicologia. envolvendo pelo menos o psicólogoe o deinformações necessárias à intervenção. após a alta. ele engajou-se em 3 dias deintensa bebedeira e faltou uma semana ao trabalho. Recaídas significam fracasso e requerem mudança natécnica de intervenção.com.br . Após a segunda situação. Após a alta. Agora estápreocupado com sua posição no serviço e teme perder o emprego. psiquiatra. 118( ) O tratamento com Antabuse (dissulfiran) é uma terapiaaversiva que inibe a resposta de beber pelo processo decondicionamento clássico. emocional e social antes e logo após aocorrência das recaídas. 123( ) A internação para desintoxicação e tratamento é a melhoropção apenas para alguns dos pacientes que fazem usocombinado de álcool e cocaína. 119( 120( ) A entrevista semi-estruturada é inadequada para a coleta )Entrevistas de equipe.

124( ) A família deve ficar afastada do processo terapêutico parapreservar a privacidade do paciente e evitarconstrangimentos que poderiam desencadear uma recaída. 126( ) É possível que exista depressão secundária a outrostranstornos. mas tinha muita dificuldade deconcentração. 125( ) Há indicadores de que a paciente seja portadora detranstorno do pânico com agorafobia. às vezes era agressiva e esqueciacoisas importantes com muita facilidade. o psicólogo deve apresentar a sínteseda avaliação.A funcionária estava muito lenta no trabalho.com. medo deentrar em elevadores e medo de lugares fechados ou muitocheios. chamadaentrevista devolutiva. embora nunca tivesse acontecido nadaem ambientes assim. a agressividade ocasional eo medo de ambientes cheios sugerem que a paciente sejaportadora de fobia social. Disse que estava muito preocupada com seudesempenho no trabalho. mas deve ser evitado o encaminhamento aopsiquiatra para medicação porque os efeitos secundáriosseriam prejudiciais à terapia nesse momento. Os colegas jáestavam impacientes e não mostravam mais solidariedade porquea consideravam irresponsável. o diagnóstico e a forma de tratamento. O chefe de setor encaminhou uma funcionária para oserviço de psicologia e pediu um laudo com avaliação einformação sobre a necessidade e duração de eventual tratamento. www. de25 anos de idade. Geralmente sobrepunhadiferentes atividades que não conseguia concluir e as tarefasacumuladas ficavam cada vez mais aversivas. 130( ) Na primeira entrevista com essa paciente. com saída difícil. 129( ) Os sintomas são de tricotilomania. 128( ) As dificuldades com os colegas. A paciente. 127( ) Há indicadores de que a paciente seja portadora detranstorno do déficit da atenção. ficava ansiosa. referiu medo de sair de casa sozinha.br . julgue os itens seguintes. Considerando esse caso hipotético.psicologianova. a qualidade deixavaa desejar e ela era vista chorando com freqüência.

Julgue os itens a seguir a respeito das entrevistas psicológicas. clara e livre de ambigüidade sobre asquestões por ele solicitadas. a confrontação e o argumentosão essenciais para o alcance dos objetivos. depressão. precisa. 135( ) Quando o psicólogo e o paciente são ambos funcionários deum mesmo órgão. 134( ) A clarificação é útil na primeira entrevista clínica. de conhecimento e acessorestrito ao psicólogo.com. pensamentos suicidas e sobressaltosfreqüentes com recordações vívidas de um seqüestro de que foravítima cinco anos antes. mas revivia com freqüência as cenas nasquais ela fora espancada e desnuda. 138( ) Na entrevista de aconselhamento. Uma paciente de 22 anos de idade foi encaminhada pelopsiquiatra para acompanhamento psicológico.esquecimentos. 136( ) Na entrevista não-diretiva. apesar de precisar delepara a própria manutenção.psicologianova. A paciente não conseguia se lembrar dedetalhes do incidente. o psicólogo deve daralternativas para o paciente considerar. 133( ) Os sintomas sugerem que a paciente seja portadora deestresse póstraumático com obnubilação da consciência. em vez de oferecerorientações para ele seguir. Já pediu diversosafastamentos do trabalho para tratamento de saúde e jáconsiderou pedir demissão do trabalho. www. quando o psicólogo parafraseiaa fala do paciente mostrando sua compreensão do conteúdoapresentado. Considerando esse caso hipotético. Ela referiu insônia. 132( ) O relatório psicológico para o chefe do serviço. o profissional fica impedido de assegurarconfidencialidade ao paciente em uma entrevista de ajuda.br . da mesmaforma que um laudo pericial. deve conter uma narrativadetalhada. ocorre a reformulação-reflexo. julgue o seguinte item. mas éinadequada ao longo do processo terapêutico.131( ) Os nomes dos instrumentos e técnicas utilizadas para aavaliação da paciente não podem ser informados ao chefepor se tratar de material sigiloso. 137( ) Na entrevista motivacional.

emtermos de características demográficas e de interessesclínicos de seus membros. 140( ) De acordo com Carl Rogers. a intervenção pode ocorrer do terapeutapara o paciente e dos pacientes para eles próprios. em grupo. o aperfeiçoamento e a confiança em grupos detreinamento ou de trabalho. 146( ) Sensibilização para o uso de preservativos. 147( )Dinâmicas vivenciais favorecem o desenvolvimento dacooperação. a forma como um indivíduovivencia um fato durante a entrevista centrada no cliente émais importante para o psicólogo que o fato em si. 141( )O grupo terapêutico se beneficia quando é homogêneo. que podemser feitas em grupo e no ambiente de trabalho. a que os membroscostumam se referir ao longo do processo. auto-exame damama e controle da alimentação para pessoas saudáveis sãoexemplos de intervenções secundárias em saúde. 148( )Um dos elementos mais importantes dos grupos vivenciaisé sua tendência formativa. 144( )O tratamento da fobia social. de modoque o psicólogo não é o único agente responsável pelaevolução do processo. Julgue os itens que se seguem referentes a práticaspreventivas e curativas em grupo. 143( )Uma das desvantagens da terapia em grupo é a percepção desolidão e de estranheza durante as sessões.br . redução de tempoe de custos.com. 142( )Nas práticas grupais. mas trabalhosterapêuticos são inviáveis porque as técnicas dessaabordagem não se adéquam ao formato grupal. www. conformea concepção de Carl Rogers para a terapia centrada na pessoa. Trabalhos em grupo podem ser úteis em diferentes situações. é uma opçãoterapêutica adequada e geralmente bem-sucedida. Julgue os itens a seguir acerca dos grupos vivenciais. 145( )Trabalhos preventivos em grupo são bem-sucedidos sob oenfoque comportamental-cognitivo.psicologianova. comganho substancial de benefício para o paciente.139( ) Opiniões que o psicólogo formou por sua experiência acercade grupos sociais favorecem a obtenção de informações nasentrevistas iniciais.

149( ) No grupo vivencial.psicologianova. para leitura e impressão. a evolução acontece de acordo com asrealidades existenciais de cada um dos participantes e dogrupo como um todo.com.br . em sítios oficiais de universidades e de organizações científicas. referente a fontes de recursos paraatuação em psicologia clínica. www. referências e artigos científicos completos. 150( ) Modelos de intervenção. O terapeuta é apenas um facilitador. Julgue o item que se segue. podem ser encontrados na Internet.

pois propõe uma modificação radical na organização. 51(E) a mudança organizacional a ser implementada é de caráter transformacional. resolveu adaptar sua organização a essa nova realidade. Comentários: Coma o quadro abaixo com farinha (é o Best of the Best na área): www. atento ao crescimento do comércio eletrônico. descontínuo ou de segunda ordem.com.psicologianova. tendo planejado uma mudança organizacional para atender à venda de livros pela Internet. Na situação hipotética acima.Questões com Gabarito e Comentadas Prova: Psicologia/STJ (2004) O proprietário e presidente de uma rede de livrarias.br .

psicologianova. o que você irá dizer? Irá dizer que a assertiva está errada! Pois podemos criar funções a partir da identificação de competências www. Repare que a Cespe colocou “ou”. será necessária a realização de uma descrição estratégica de cargos ou o mapeamento de competências alinhadas às estratégias organizacionais.Fonte: http://bdjur. 52(C) se forem criadas novas funções na organização. Comentários: Percepção correta do processo de mudança. a assertiva está errada.jus. Caso a Cespe diga que necessariamente a criação de novas funções dependa da descrição de cargos.stj.br . É preciso planejamento para a criação de novas funções e isso implica na descrição do cargo e/ou mapeamento de competências.br/xmlui/bitstream/handle/2011/24678/Atitudes_Frente_Mu dan%C3%A7a.pdf?sequence=1 Logo. adiciono o “e” pois também é possível.com.

necessárias para preencher o lócus organizacional também (depois descrevemos o cargo). o comprometimento no trabalho permanecerá estável. a satisfação tende a manter-se no mesmo nível e o comprometimento também. Comentários: Em tese sim. Comentários: Hofstede criou um modelo de estudo da cultura humana e seu foco foi tanto a cultura organizacional quanto a nacional. estratégico para lá. 53(C) as contratações deverão ser feitas com base nas necessidades organizacionais e não em cargos/funções específicas. essa mudança organizacional deve ocorrer em função das lacunas ocorridas pela pretensão ao crescimento. deixa o juízo afetado (em tese. Observe que quando solicitamos a criação de novas vagas de trabalho ou de ampliação de responsabilidades do trabalhador. Se o suporte permanece inalterado. Ele relacionou a cultura nacional com o www. as organizações tendem a ter papéis e regras detalhados e obediência rígida. 54(C) se o contrato psicológico for mantido.com. mas lembro que alguns autores usam terminologias diferentes para análise estratégica de cargos e análise de cargos. Sinceramente o modismo de estratégico para cá. Acerca das variáveis de comportamento macroorganizacional. descrição estratégica de cargos e descrição de cargos. Assim. Além disso. 55(E) Segundo a pesquisa de Hofstede. julgue os itens subseqüentes. em países em que o índice de enfrentamento de incertezas é baixo. Comentários: Questão interessante e que complementa a assertiva anterior. não confunda a descrição de cargos com a descrição estratégica de cargos! São conceitos quase que semelhantes. primeiro identificamos as necessidades organizacionais para somente depois identificarmos cargos/funções específicas. Assertiva correta. tudo que se faz numa organização deve ser estratégico).psicologianova. mas a descrição estratégica de cargos tem um viés mais “estratégico”.br .

A dimensão Distância do Poder está diretamente relacionada com a forma encontrada por diferentes sociedades para lidar com a questão fundamental de gerir as desigualdades entre os indivíduos.com. o grandioso é bonito sendo o pequeno deplorável. os membros de uma sociedade são responsáveis pelos que estão à sua volta. Os indivíduos pertencem a uma ou mais comunidades das quais não podem se destacar.psicologianova.modus operandi das organizações de cada país. Feminilidade versus Masculinidade Diz respeito ao grau em que a sociedade encoraja e recompensa comportamentos caracterizados por adjetivos masculinos ou femininos e divisões de papéis por gênero. trazem www. É a medida a partir dos sistemas de valores daqueles que tem menos poder. quanto mais fortemente distintos forem estes papéis. Interessante salientar que. Coletivismo versus Individualismo É a tendência a organização grupal onde identificamos o interesse do grupo sobre o interesse do indivíduo ou vice versa. Quando a distância hierárquica é pequena. o vencedor é exaltado ocorrendo o contrário como o derrotado. ao contrário.br . mais masculina é a sociedade. O grupo protege o interesse dos seus membros e espera destes. Nos interessa saber que ele caracteriza a cultura organizacional por meio de quatro dimensões/escalas: Distância do Poder (distância hierárquica) Reflete o quanto os membros menos poderosos de uma civilização aceitam e esperam distribuição desigual de poder na sociedade. Ele dá uma idéia da discussão na qual as pessoas aceitam a interferência do grupo na determinação de suas vidas. Quando a distância é grande. os funcionários têm mais liberdade com os chefes. os laços entre os indivíduos são poucos firmes: cada um deve ocupar-se de si mesmo e da sua família mais próxima. No coletivismo. No individualismo. para o autor. a liberdade é reduzida (e a desigualdade aumenta). Os valores tradicionais sociais masculinos que predominam na sociedade masculina são: o herói é quem executa e realizar é mais importante do que estar. sua lealdade constante.

de acordo com Hofstede é essencialmente uma experiência subjetiva. existindo uma aversão emocional face às regras formais. no entanto. O chefe “masculino” revela auto-afirmação. A gestão da incerteza faz parte de todas as instituições humanas em todos os países. que culturas masculinas e femininas criam igualmente diferentes modelos de chefe. Toma as suas decisões isoladamente. A incerteza. o chefe é o menos visível. como seres humanos temos a ansiedade de não saber o que irá acontecer no dia de amanhã. só se estabelecem normas em casos de absoluta necessidade. das leis e religiões.br . por meio de inovações tecnológicas. ainda. a assertiva está errada (releia a última frase acima). É o grau em que a sociedade reduz a incerteza pelo uso das invenções sociais face às situações desconhecidas. um sentimento. É a maneira como as sociedades se comportam em relação ao desconhecido. com base em fatos. dada a incerteza do futuro. que controlam as obrigações e os direitos de empregadores e assalariados. e é “agressivo”. Controle da Incerteza Analisa a extensão da ansiedade que as pessoas sentem ao encarar situações inesperadas ou incertas. www. nos países de baixo índice de controle da incerteza. decisão. existem numerosas leis. Destaca-se. formais e informais. Cabe a cada sociedade desenvolver mecanismos para aliviar esta ansiedade. De outro modo.com.psicologianova. Assim. Os dois tipos de cultura exigem. que os chefes sejam pessoas de recursos dotados de uma inteligência e dinamismo acima da média. atua mais por intuição do que por decisão e está habituado a procurar o consenso. O controle da incerteza no local de trabalho. pois.admiração as pessoas que são agressivas enquanto manter e buscar mais qualidade de vida e relacionamento é aspecto secundário. Numa sociedade feminina. mas do que apoiado na decisão grupal. Não tem importância que ele seja ligeiramente machista. nos países de elevado índice de controle da incerteza.

Veja o que um dos maiores expoentes da área diz: Para a compreensão da mudança culturalé útil lembrar dos três elementos que. presentes nos discursos oficiais dos membros da organização. Os dirigentes podem até tentar. O primeiro nível compreende tudo aquilo que é manifestado pelas pessoas e encontrase visível no ambiente organizacional tais como tecnologia. reconhecer a defasagem cultural e preencher as defasagens culturais com os novos valores e normas. horários. Os valores representariam as crenças esposadas. compõem diferentes níveis da cultura organizacional: os artefatos visíveis. políticas.psicologianova. os dirigentes devem escolher e definir os fundamentos para a nova cultura organizacional e eliminar os elementos disfuncionais.56(E) De acordo com a concepção que defende os processos de mudança da cultura organizacional. São os pressupostos básicos que explicam o comportamento real(não o esperado) dos membros de uma organização. Fonte: http://www. de forma imperceptível (inconsciente). segundo Schein (1992).br/GON_AC_21. ou de suas diversas divisões. vocabulário. símbolos. mas é na dinâmica cotidiana que a cultura é mudada e .br . enquanto os pressupostos ou premissas básicas encontram-se tão internalizados que atuam. estabelecer novas diretrizes. Comentários: Assertiva Errada. na comunicação institucional.ponto nevrálgico do erro da questão -é um fenômeno de responsabilidade de todos os níveis. Não podemos pensar em cultura apenas como algo estático e descrito nos manuais dos empregados. os valores e os pressupostos básicos. www. arte e todos os padrões de comportamento (modo de vestir-se. A cultura organizacional está em todas as áreas. departamentos ou outros subgrupos internos que eventualmente existam (subculturas). identificar novos valores e normas.com. Os dois níveis seguintes são menos manifestos.com.pdf 57(C) Para realizarem a gestão da cultura organizacional conforme as práticas de desenvolvimento organizacional. rituais etc). níveis e fluxos. o comportamento das pessoas. direcionando.profjayrfigueiredo. os membros da organização devem: identificar os valores e normas vigentes.

59(E) Em uma organização que possui uma configuração de poder do tipo arena política. O pulo do gato nessa questão é a interpretação. que parecem melhor caracterizar os estados mais comuns de equilíbrio de poder encontrados nas organizações. www.br . os tipos de coalizões interna e externa que eles formam e os objetivos do sistema que resulta. os especialistas possuem maior autonomia e seu trabalho independe da distribuição do poder formal. A essas combinações resultantes é dado o nome de configurações de poder. Esse é o poder de perícia e. que ele considera como tipos puros. independe da distribuição formal de poder. sistema fechado. Comentários: Assertiva correta. seu poder independe da distribuição do poder formal. do cliente e da esposa com TPM. ele é afetado pelo poder do chefe. ele ganha o poder informal em função de sua competência e sua habilidade técnica. O autor identifica seis configurações de poder.psicologianova. a organização serve de instrumento para o alcance dos objetivos claramente estabelecidos pelo influenciador ou pelo grupo de influenciadores dominantes e que estão fora da organização. certo? Mas a Cespe está querendo te dizer que: o especialista não recebe o poder formal. Sabemos que o especialista é afetado pela distribuição de poder na organização. em tese. Questão boa da Cespe. autocracia. combinando de várias maneiras os influenciadores das coalizões interna e externa. os meios do sistema de influência que eles usam. Comentários: A quem recorremos? Quem é o autor favorito da Cespe? Quem? Quem? Quem? Mintzberg!!! As Configurações de Poder Mintzberg (1983) reúne e sintetiza todos os elementos do poder que existem dentro e em torno das organizações.com.Comentários: 58(C) Em organizações em que a base de poder é a competência ou a habilidade técnica. Essas configurações foram assim denominadas:instrumento. correto? Além disso. Assim.

A autocracia persegue e. os empregados ou expressam uma lealdade ao dirigente ou vão embora. . que emana de um influenciador externo com objetivos claros e operacionais. As autocracias tendem a ser: organizações pequenas e pouco visíveis. Essa configuração tende a aparecer em organizações mais estabelecidas. maximiza qualquer objetivo que o dirigente deseje. . focalizado e organizado tipicamente em torno de uma dependência crítica ou de uma prerrogativa legal. organizações novas ou antigas que sejam dirigidas por seus fundadores. Configuração de Poder Instrumento. Configuração de Poder Missionária. meritocracia e arena política. organizações que operam em ambientes simples e dinâmicos. Ela se assemelha à configuração de instrumento.com.missionária. A autocracia também enfrenta uma coalizão externa passiva. que a controla pessoalmente.psicologianova. Configuração de Poder Autocracia. Os empregados são induzidos a contribuir com os seus esforços. Esse tipo de configuração tende a emergir. . se necessário. algumas vezes com líderes fortes ou enfrentando crises severas. A forte www. com trabalhadores sem especialização e influenciadores externos dispersos. tendo pouca oportunidade para atuar nos jogos do poder. Essa forma rígida de controle significa uma ausência virtual de jogos políticos. Configuração de Poder Sistema Fechado. mas desenvolve um tipo bem diferente de coalizão interna. mas a diferença fundamental é que não enfrenta um poder focalizado dentro do seu ambiente. que a sua coalizão externa também é passiva.br . Todo o poder está focalizado no dirigente da organização. . A missionária é tão dominada por uma ideologia. quando a organização vivencia um poder externo. tipicamente as grandes organizações que operam em ambientes simples e estáveis. A organização serve a um influenciador externo dominador (ou a um grupo deles agindo em conjunto). mas um conjunto de influenciadores externos dispersos e desorganizados (coalizão externa passiva).

que é dividida.ela não é. . uma história importante. Todos os esforços são devotados para perseguir o objetivo de preservar. passando a desenvolver fortes tradições em torno de uma missão clara. o qual dura pouco tempo (senão a organização não sobrevive). ou aquela www. o qual requer alto nível de especialização na sua coalizão interna. Configuração de Poder Arena Política. necessário na transição de uma configuração de poder para outra. a sua lealdade à organização é um fator fraco. Algumas arenas políticas são caracterizadas por intenso conflito. Dessa forma. Configuração de Poder Meritocrática. que os seus membros sejam confiáveis para tomar decisões.br . A presença de diferentes tipos de especialistas geralmente propicia boa dose de atividade política. uma vez que todos eles compartilham as mesmas crenças e tradições. embora ela pareça estar dividida. que é politizada. Dificilmente os jogos políticos se desenvolvem nessa configuração. Ela emerge quando uma organização vivencia um desafio à sua ordem de poder existente. A missionária tende a emergir quando a organização vivenciou uma liderança carismática no passado e. Devido ao seu treinamento. quanto na coalizão interna.com. . tanto na coalizão externa. expandir e/ou aperfeiçoar a missão da organização. também. a coalizão externa pode ser mais bem descrita como passiva. A arena política é caracterizada por conflito. Embora a arena política pareça uma disfunção .a harmonia permite melhor que as organizações atinjam as suas missões do que o conflito . talvez. A condição chave que faz surgir a meritocracia é a necessidade de a organização desempenhar um trabalho complexo. A meritocracia focaliza o seu poder sobre os seus especialistas. distinta e atrativa para os seus membros. uma aberração. necessariamente.ideologia serve para amarrar a coalizão interna em torno dos seus objetivos ideológicos e permite. por isso. na verdade.psicologianova. A arena política pode servir como estágio funcional e. desenvolvendo uma coalizão interna profissional. os especialistas possuem muitas oportunidades para a rotatividade e. enquanto outras são caracterizadas por um tipo de conflito mais moderado.

scielo. Em face dessa consideração.. Considere. também. corretamente. ou seja. a assertiva está errada.br .existente entre os seus influenciadores e. Fonte: http://www. As configurações de poder têm de ser vistas como instáveis. pois eles não são um método eficaz para esse fim. está tirando um retrato das competências atuais para fundamentar propostas de mudanças. questionários não servem para nada. quando essas condições as apóiam. Comentários: Certa a afirmativa. e muito. Cada uma permanece estável apenas sob certas condições. A leitura de aura que serve para determinar. 60(C) O psicólogo deve realizar uma descrição detalhada das atividades de cada função para subsidiar a estruturação dos sistemas de gestão de pessoas. Comentários: Não. 61(E) Questionários não devem ser utilizados para a análise do trabalho. que um psicólogo organizacional tenha sido contratado para estruturar o sistema de gestão de pessoas de uma organização.. julgue os itens que se seguem. que a assertiva refere-se. à configuração de poder do tipo instrumental.com. por hipótese. Ops. Os sistemas de poder e de objetivos dentro e em torno das organizações estariam em estado de equilíbrio dinâmico. elas se desestabilizam assim que essas condições se alteram. O que é a análise do trabalho mesmo? Processo racional www.. Assertiva errada! Os questionários servem. Você leu o quadro acima e deduziu.php?pid=S1415- 65551998000300006&script=sci_arttext Assim.br/scielo. para a análise do trabalho. na verdade. Ele está fazendo a descrição de cargos? Não.psicologianova. quando há forças equilibradas e irreconciliáveis dentro da organização.

Atente para as seguintes definições: Teoria de troca social: as ações de cidadania organizacional presentes nas relações entre indivíduos e organização consistem em um processo de troca que se viabiliza em ações sociais. Assim. A percepção de justiça organizacional e. assim como seu comportamento e suas respectivas leis de interação. 63(C) Para aumentar o comprometimento organizacional afetivo dos funcionários. O malgrado CHA (competências/habilidades/atitudes) aparece aqui novamente. de modo a conhecer seus fatores constitutivos imprescindíveis. Comentários: Assertiva certa. etc. 62(C) A identificação de conhecimentos. vale falar que esse modelo ainda é usado hoje em dia. habilidades e atitudes das funções na organização é um elemento fundamental para a implantação de sistemas organizacionais de seleção e treinamento de pessoal.com. A prova é de 2004. a análise do trabalho engloba desde a descrição das funções até a identificação do clima. papéis. suporte. Comentários: Correto.br . como prediz a teoria de ideologia da troca. materiais e/ou econômicas. mesmo assim.psicologianova. o psicólogo deve estimular ações organizacionais que possibilitem a criação de condições favoráveis para o desempenho.utilizado para caracterizar. Teoria da Iniquidade Social: www. consequentemente o comprometimento organizacional (veja que esse depende daquele) está descrita na teoria de ideologia da troca. decompor e interpretar um sistema. mas.

usp.br/Cad-pesq/arquivos/v07-3ART01.fea.ead. Brincadeiras a parte. Comentários: Eu prefiro trabalhos desafiadores quando eu tenho tempo. competência e disposição para alcançar os desafios. não temos um consenso absoluto sobre o que “de modo geral” as pessoas preferem. www.br . inclusive. já que de modo geral as pessoas preferem esse tipo de trabalho. 64(E) O psicólogo deve propor trabalhos complexos e desafiadores.Fonte: http://www. que trabalhos complexos e desafiadores geram mais desmotivação que motivação em si.pdf Ainda podemos ver essa assertiva a partir da teoria de motivação de John Stacy Adams. comparando o seu desempenho e os respectivos benefícios com o desempenho e benefício dos outros em situações idênticas.psicologianova. um psicólogo behaviorista que atribuiu a motivação à comparação social no trabalho. focando a percepção pessoal de cada um sobre a razoabilidade ou justiça referente a um contexto laboral.com. Pode ser.

ainda. Veja o que o papa da psicometria (Pasquali) diz: www.br .com. Esses são os critérios mínimos que um psicólogo deve descrever em um plano de trabalho: o que cada função deve fazer/indicadores e o resultado da integração dessas funções/indicadores. assim como um desenho “torto” de seleção com conceitos validados cientificamente e péssimos selecionados. peça fundamental na seleção. que a entrevista. testes de personalidade. não é uma técnica validada cientificamente! 68(E) O uso de testes fidedignos em processos de seleção significa que esses testes medem adequadamente o que pretendem medir. bem como o fator de previsão do critério de desempenho no trabalho. isso resulta em um melhor funcionamento organizacional. pois. Comentários: A utilização de critérios válidos não garante o ótimo funcionamento organizacional. certamente. grafologia e provas de aptidão. É possível ter toda a seleção baseada em grafologia ou leitura de aura e ter bons resultados. que versam acerca de recrutamento e seleção de pessoal. Comentários: A grafologia não é uma técnica válida (opinião pessoal) nem reconhecida pelo CFP (autoridade de verdade no assunto). Comentários: Correto. Comentários: Reescrevendo: O uso de testes fidedignos válidos em processos de seleção significa que esses testes medem adequadamente o que pretendem medir. 66(C) O psicólogo deverá estabelecer o critério de desempenho para a função.Julgue os itens a seguir.psicologianova. 67(E) O psicólogo deve usar apenas métodos cientificamente válidos para a seleção de pessoal. Destaca-se. 65(E) São técnicas psicológicas válidas: testes de inteligência.

Efeito halo: é a interpretação dos dados do desempenho contaminados por fatores externos (ex. ou com uma forma equivalente. É a brandura. é preciso realizar uma verificação completa e objetiva de sua precisão.html Com referência à avaliação de desempenho. sempre significa estabilidade ou consistência.br/psicologia/os-testes-psicologicos-eas-suas-praticas. Pasquali (2001) considera que o conceito de precisão ou fidedignidade se refere ao quanto o escore obtido no teste se aproxima do escore verdadeiro do sujeito num traço qualquer. A validade é a questão mais importante a ser proposta com relação a qualquer teste psicológico. quando usado em psicometria. os avaliadores devem ser treinados para evitar o efeito de halo e a leniência. costuma-se definir a validade de um teste dizendo que ele é válido se de fato mede o que supostamente deve medir (p. Correto. 69(C) Os padrões de desempenho do sistema de avaliação de desempenho devem estar relacionados com os objetivos estratégicos da organização.com.112). Comentários: Perfeito.) Efeito da leniência: é a “suavidade” na hora de interpretar os dados. Próxima. O termo precisão. Fonte: http://www.br . beleza. etc. quando retestado com o mesmo teste.Validade e Precisão: A avaliação objetiva dos testes psicológicos inclui. benevolência. www.psicologianova. histórico pessoal. Assertiva correta. julgue os seguintes itens.algosobre.com. Precisão do teste é a consistência dos resultados obtidos pelo mesmo indivíduo. em geral. Comentários: Rs. uma vez que. Segundo Pasquali (2001). 70(C) Antes da realização da avaliação. Antes de um teste psicológico ser apresentado para o uso geral. a determinação da sua validade e da sua precisão em situações específicas. apresenta uma verificação direta do teste satisfazer sua função.

O mesmo problema ocorre na definição de indicadores de desempenho (que a assertiva chama de critério real). Comentários: Márcia Cardoso fez um fantástico trabalho em sua especialização em saúde (http://www. 72(E) Um critério real de avaliação de desempenho é uma definição do que é um bom desempenho. Assertiva errada. de forma bem didática. compatível ou melhor.ufrgs. Sugiro que você dê uma rápida lida lá.br/bitstream/handle/10183/12342/000480815.71(E) Os formulários de avaliação de desempenho devem ser focalizados em traços ou características individuais para se promover uma avaliação mais justa dos avaliados. algumas ferramentas de avaliação de desempenho. 73(C) Uma escala de avaliação de desempenho do tipo padrão misto possui uma lista de comportamentos que variam em sua eficiência e exige que o avaliador indique se o comportamento do avaliado é. em relação àquele definido na referida lista. pois estes não definem o que é um bom desempenho. pior.pdf?seq uence=1) e separou.lume. Nos interessa essa parte: www.br . Comentários: Definir o que é um bom desempenho não é um critério real de avaliação de desempenho. Comentários: Avaliação de desempenho deve focar-se em critérios de desempenho e não em critérios pessoais.psicologianova.com. mas um critério abstrato que servirá de guia de comparação.

Tendo em vista essa situação. ainda.br/bitstream/10483/1237/1/2010_LuizaMaiaVargas.br . Essa rede objetiva prestar serviços de pós-venda para os consumidores dos produtos da fábrica e. 75(E) Para garantir a aprendizagem dos treinandos. a fábrica procura capacitar os técnicos das lojas autorizadas. Comentários: É. Comentários: www. como essas competências deverão ser avaliadas. assertiva correta.unb. 74(C) Para realizar uma avaliação de necessidades de treinamento adequada. julgue os itens seguintes.psicologianova.Assim.p df Assertiva correta. sem definição de comportamentos esperados dos técnicos ao final do treinamento. Comentários: A assertiva está correta se interpretarmos (e creio que estamos certos) o “modelo de papel ocupacional” através da “análise do papel ocupacional”. 76(E) Uma estratégia válida para avaliar a aprendizagem dos técnicos em diagnosticar problemas em aparelhos eletrônicos seria pedir para descreverem o processo de identificação da causa de cada problema.bce.com. como forma de garantir a qualidade dos serviços de assistência técnica. o psicólogo deve redigir objetivos genéricos do treinamento. e o olho da rua o espera! O psicólogo deve definir quais competências específicas serão aprendidas pelo treinamento e. a respeito da ação de treinamento de pessoal. É isso que é descrito. ostensivamente. Considere que uma fábrica de produtos eletrônicos possui uma rede de lojas autorizadas de assistência técnica espalhada pelo país. aqui: http://bdm. bem como distinguir os técnicos que necessitam de capacitação. poder-se-ia aplicar um modelo de papel ocupacional como forma de identificar as competências prioritárias a serem treinadas.

78(C) Como um indicador de efeito do treinamento na organização. Nessa situação: 79(E) deve-se dar um treinamento motivacional para resolver a falta de motivação. Assertiva errada. Comentários: Palestra motivacional é um negócio que só serve para psicólogo ganhar dinheiro! Sim. Não te preocupe.br/ojs/index. Advirto que a assertiva está errada.Isso seria útil para manualizar o diagnóstico de problemas.com. a tal da transferência vertical somativa refere-se a avaliação somativa (que ocorre ao final do processo de transferência de conhecimentos e é obtida pela integração dos outros tipos de avaliação e no desenho da aproximação do aprendiz aos objetivos estabelecidos). via de regra.pucrs. é necessário dar o treinamento apenas para aqueles que apresentarem um maior nível de auto-eficácia antes do treinamento. mas a aprendizagem deve ser medida na prática. tendo em vista que esse é um processo de transferência vertical somativa.br . o avaliador poderia comparar a taxa de peças de reposição indevidamente trocadas na rede de lojas autorizadas antes e depois do treinamento. pois para resolver a falta de motivação é necessário identificar os motivos da desmotivação e. Comentários: Treinamento para todos.psicologianova. Comentários: No processo de avaliação de efetividade de treinamento. em razão de seus funcionários estarem desmotivados e insatisfeitos com o trabalho. falo com conhecimento de causa (ô dinheiro fácil). Isso não cai na sua prova. Assertiva errada! 77(E) Para garantir que os técnicos apliquem no trabalho o que aprenderem no treinamento.php/face/article/viewFile/365/268 Considere que o diretor da área administrativa de uma organização procure o setor de gestão de pessoas para solicitar uma intervenção na referida área. encontraremos substratos www. mas se tiver interesse: http://revistaseletronicas.

Assertiva errada. Comentários: Ótimo. 80(C) deve-se investigar se as recompensas organizacionais são adequadas ao desempenho dos funcionários. correto. Conhece alguém que teoriza sobre isso? Stacy Adams! 81(C) deve-se investigar se o sistema de recompensas da organização apresenta eqüidade. Essa é a percepção de equidade. Comentários: Se as metas forem possíveis. www.de trabalho na estrutura organizacional. Julgue os itens subseqüentes. nas relações de trabalho e na vida pessoal do funcionário.com.. que versam acerca de grupos e equipes de trabalho. Que treinamento motivacional que nada. 84(C) Equipes de trabalho que apresentam melhores resultados de desempenho tendem a afirmar que possuem o número adequado de membros para a realização da tarefa e que estes possuem as habilidades necessárias para cumprir os objetivos estabelecidos.. necessariamente.psicologianova. pois metas difíceis e específicas conduzem geralmente a desempenho ruim e reduzem a motivação. 82(E) deve-se investigar a forma como os objetivos de trabalho são fixados. Comentários: Idem ao anterior. 83(E) pode-se esperar uma queda na produtividade da área considerada. já que as pesquisas indicam que funcionários insatisfeitos com o trabalho são menos produtivos. produtivos! Eles estão cobertos de razão. não. Comentários: Opa. Anote isso.br . Olha que legal!!! Posicionamento da Cespe: funcionários motivados não são.

a organização deve abandonar sistemas de recompensas individuais e adotar sistemas de recompensas coletivas.br .psicologianova. “deve” não. julgue os seguintes itens. Esse lócus é o espaço de controle entre o estresse e o trabalho. 89(C) O locus de controle é uma característica pessoal que modera a relação entre estresse e trabalho. Correto. 88(C) A natureza e a severidade do estresse dependem das características da demanda. Equipes com liberdade de trabalho tendem a ser mais efetivas. Comentários: Grifou? Assertiva correta. Comentários: A parte final estragou tudo. 85(E) Para promover a efetividade de equipes de trabalho. Comentários: Opa. Grife isso. Assertiva errada.Comentários: “Tendem”. 86(C) Equipes de trabalho efetivas possuem independência para gerenciar os seus recursos e tomar decisões. nada de regra! “Tendem” pode. Comentários: Correto.com. Os membros do núcleo central devem deter mais poder por serem mais abertos a mudanças. da qualidade da resposta emocional e do processo de enfrentamento mobilizados no indivíduo. Comentários: Correto. www. Acerca das questões de saúde no trabalho. Assertiva errada. existem diferenças de poder entre seus membros. 87(E) Nos grupos. Abertos a mudanças não.

de natureza multicausal.com. forma de controle. As pesquisas atuais relatam que essas variáveis são importantes mas não estão relacionadas (diretamente) com a satisfação no trabalho. principalmente. Grifou? 93(E) Os aspectos relativos à organização do trabalho — normas. condições e organização do trabalho. Comentários: Sem comentários. sobretudo nos países ocidentais. www. Quanto aos aspectos de incidência de LER/DORT. Comentários: Lembram de Herzberg. aquisição de postos de trabalho ergonômicos. Comentários: Correto. a dois requisitos fundamentais: compatibilidade com as características antropométricas dos usuários e adequação às exigências das tarefas a serem executadas nos postos. reduzem a insatisfação apenas. sabe o erro da questão. os postos de trabalho são tão-somente um dos fatores que podem contribuir para a propagação desses distúrbios. Esses são fatores higiênicos. 92(C) Há um relativo consenso na literatura científica de que a gênese e a evolução de LER/DORT são por definição. portanto. Errada. propagou-se nas organizações a ideia de que a principal e mais importante medida corretiva é a reconversão de mobiliário. julgue os itens a seguir. horários e metas de produtividade — não têm importância na origem de casos de LER/DORT entre os trabalhadores. Com o crescimento da incidência de casos de LER/DORT.90(E) As pesquisas sobre os efeitos dos horários flexíveis de trabalho apontam que essa variável leva a uma maior satisfação no trabalho e à redução de sintomas físicos como dores e estômago e de cabeça. 91(C) Postos de trabalho projetados com critérios ergonômicos devem responder. Comentários: Correto: adaptação à pessoa e à função.br .psicologianova. principalmente. Origem multicasual. Se você chegou até aqui.

na medida em que sua avaliação não pode prescindir da expressão do trabalhador. A Norma Regulamentadora 17 — Ergonomia (Portaria n.psicologianova. mesmo quando bem projetado do ponto de vista antropométrico.94(E) LER/DORT se caracterizam por quadros clínicos infecciosos que apresentam uma diversidade de sintomas.751/1990. como dormência. diminuição de sensibilidade. Correta. quando surgiram numerosos casos de tenossinovite ocupacional entre digitadores que trabalhavam em empresas de processamento de dados em São Paulo. Ai ai ai. pode revelar-se desconfortável se os fatores organizacionais. Com base nas temáticas de segurança no trabalho e de saúde ocupacional. pois só ele poderá confirmar ou não a adequação das soluções que os técnicos venham a propor. quando esse tempo é imposto por uma máquina. nos membros superiores. 97(C) Uma das características psicofisiológicas do ser humano consiste no fato de que ele tolera mal as tarefas fragmentadas.br . com tempo exíguo para execução. segurança e desempenho eficiente.com. ambientais e sociais não forem levados em conta.º 3. Próxima. 96(C) A noção de conforto merece um destaque especial. sensação de peso e(ou) fadiga que se manifestam. pior ainda. sobretudo. 95(C) Um posto de trabalho. pela www. Errada. Comentários: Não precisava nem ter lido a Norma Regulamentadora 17 para responder essa. A norma visa estabelecer parâmetros que permitam a adaptação das condições de trabalho às características psicofisiológicas dos trabalhadores. do Ministério do Trabalho e Emprego) — tem sua origem em 1986. julgue os itens que se seguem. de modo a proporcionar um máximo de conforto. Comentários: Inflamatórios (infecciosos não). Comentários: Correto. e. formigamento.

A cultura organizacional é um conjunto de elementos que evidenciam as formas típicas de comportamento que caracterizam a organização e as bases nas quais esses comportamentos se sustentam. Comentários: Grifou? Essa é uma das mais importantes dessa prova. Apenas para ampliar seus conhecimentos faço uma pergunta: qual o outro nome dessa socialização organizacional? Aculturação.com. Em geral. 100(C) A socialização organizacional é um processo utilizado pelas instituições para adaptar os funcionários à cultura organizacional e inseri-los no conjunto de normas e costumes organizacionais. Comentários: Errada. o ser humano prefere impor sua própria cadência ao trabalho. Comentários: Correto.psicologianova. os fundadores colocam seus valores na formação da cultura inicial e são essenciais para a mesma.gerência. pelos clientes ou colegas de trabalho.br . 98(C) Os valores da organização referem-se a idealizações acerca do que é bom. 99(E) Os comportamentos dos fundadores ou pioneiros não são essenciais na formação e na consolidação da cultura organizacional. Comentários: Correta. Correta. julgue os itens seguintes. Com referência a esses aspectos. desejável e permitido. Se liga ai. e constituem os pilares sobre os quais a cultura da organização se sustenta.O reconhecimento dos estágios permite ao psicólogo adequar a intervenção às respostas do paciente e otimizar o www. Prochaska e DiClemente identificaram cinco estágios de mudança comportamental entre pacientes em tratamento para abuso de substâncias e propuseram o modelo transteórico de mudança. Os valores são as bases da cultura.

Julgue os itens a seguir. they often are characterized as noncompliant. Contemplation is the stage in which people areintending to take action in the next 6 months.’’ It is therule of Wall Street: ‘‘When in www. Prescribing a prescription for a statin fora patient in precontemplation is likely to fail and notbe filled. embora a decisão de mudar já esteja tomada. such as the love-hate relationship that addicts canhave with their substance of choice. orthinking about their high-risk behaviors. que a proposta de mudança do paciente seja reforçada e que haja suporte familiar e social. talking. Adianto que você não deve confundir o estágio contemplativo com o da preparação.tratamento proposto motivando seu paciente de acordo com o estágio em que se encontra. tabaco e outras drogas). Seu modelo teórico é bastante utilizado no entendimento da fase de enfrentamento de comportamentos adictos (como álcool. Infact. Or he or she may havetried to change a number of times and has becomedemoralized about the ability to do so. A assertiva está correta. de ler no original a definição dos estágios de acordo com Prochaska (sim. Comentários: Prochaska e DiClemente definiram os “estados motivacionais” dos comportamentos humanos. traditional treatment programs were not readyfor such individuals and were not motivated tomatchtheir needs. tabaco.resistant.br . 101(C) Na fase de preparação. Thisstage is characterized by considerable ambivalence. unmotivated. In other theories. cocaína e no controle do peso. don’t act. referentes ao conceito e à aplicação dos estágios previstos nesse modelo.psicologianova. Individuals inboth categories tend to avoid reading. or not ready for treatment. Temos a sorte. Acompanhe: Precontemplation is the stage in which the individual is not intending to take action in the foreseeable future (usually measured as the next 6 months). The rule ofthumb here is ‘‘when in doubt.The individual may be at this stage because he or sheis uninformed or underinformed about the consequences of a given behavior.com. agora. em inglês). é importante que surjam oportunidades para a ocorrência do novo comportamento. O modelo tem sido utilizado para compreender e descrever mudanças no uso de álcool.

such as participating in a recovery group. it has been estimated thatmaintenance lasts from 6 months to about 5 years.Although the ideal is to be www. Such a person is less tempted torelapse and is increasingly confident that he or shecan sustain the changes made. It is these individuals who should be recruited for action oriented treatment programs.With alcoholism and alcohol abuse.com. Action is a stage in which the individual has madespecific. they justdo it. Nomatter what situation they face. less than 50% ofsmokers in contemplation of intending to quit forgood in the next 6 months will quit for 24 hours inthe next 12 months. Maintenance is a stage in which the individual isworking to prevent relapse but does not need toapply change processes as frequently as one wouldin the action stage. Such a person typically has taken some significant action within the preceding year. they are confidentthey will continue with their healthy behavior andnot relapse to unhealthy alternatives. fewer than 20% of eachgroup had reached the stage of no temptation andtotal self-efficacy. He or she generally has a plan of action. behavior change often has been equatedwith action. only total abstinence counts. With medication compliance. such asalways taking their medication at the same time andsame place—no decisions and no struggle. theirhealthy behavior has become automatic.psicologianova. the criterion isconsistently taking the medication as prescribed.doubt. Because action isobservable.br . Insmoking. actionis only 1 of 6 stages. not all modifications of behavior count as action. whereasothers accept controlled drinking as an effectiveaction. consulting a counselor. many believethat only total abstinence can be effective. buying a self-helpbook. Termination is the stage at which individualshave zero temptation and 100% self-efficacy. It is as if they neveracquired the habit in the first place. overt modifications in his or her behaviorwithin the preceding 6 months. Based on temptationand self-efficacy data. don’t invest!’’Without professional treatment. for example. In this model. Preparation is a stage in which an individual intends to take action in the immediate future (usually measured as the ensuing month). like brushing their teeth. talking to a physician. But in the trans theoretical model. Ideally. or relying on a self-change approach. An individual must attain a criterion that scientists and professionalsagree is sufficient to reduce the risk of disease. In a study of former smokers and alcoholics.

psicologianova. such as maintenance and termination. it is important to recognize that. just as chronic healthbehaviors. o paciente nega a existência de um problema específico a ser resolvido. The stages of change are dynamic variables thatare both stable and changeable. such as smoking and inactivity.curedor totally recovered.com. and the laterstages.for some patients with some barriers.com/content/28/6/845. 102(E) Durante a contemplação. que agora basta de inglês senão vai dar nó no juízo.pdf+html Agora você consegue entender (de verdade) a figura abaixo: Vixe.sagepub.full. a more realistic expectation is a lifetime of maintenance. are themost stable. Effective decision making is an important determiner of how people canprogress through the stages of change. depending inpart on the help they receive. such asprecontemplation and contemplation. Errada www.br . Comentários: Pré-contemplação. The earlier stages. Fonte: http://mdm. in which individualsare very likely to progress or regress. The middle stages of preparation andaction are the most changeable. are bothstable and changeable.

A Folha de S.700 substâncias tóxicas. a mudança está acontecendo. Grife. reforçadores positivos e treino da autocompetência. mas ressaltando a responsabilidade que ele tem sobre a situação e sobre sua própria saúde.com. Próximo.103(E) A pré-contemplação é um estágio no qual a intenção de mudança ocorre.br . que imagens de advertência de maior impacto seriam impressas nas embalagens de cigarro. é importante validar a experiência e as dificuldades do paciente para realizar mudanças. 106(E) Os estágios acontecem em seqüência e os ganhos são permanentes. Assertiva errada. como amigos e parentes. Paulo publicou. Comentários: Perfeito. do manejo do estresse e de habilidades para recusa. Destaco que a entrevista motivacional tem a função de reduzir as ambivalências do paciente para que esse possa assumir responsabilidades. devido à influência de terceiros significativos. Comentários: Correto. 105(C) Na entrevista motivacional. durante a pré-contemplação. em outubro do ano passado. Quando o paciente avança um estágio. e nicotina causa dependência física ou www. Essas imagens seriam acompanhadas de frases de alerta e do aviso: “Este produto contém mais de 4. Comentários: Os estágios podem ser reincidentes. Comentários: Essa assertiva estaria certa se trocássemos “pré-contemplação” por “contemplação”. cíclicos e estágios anteriores podem retornar. 104(C) Na fase de ação. O processo terapêutico deve incluir objetivos alcançáveis.psicologianova. o estágio seguinte é previsível e o anterior é etapa vencida.

Gostei da questão. 107(C) Uma campanha como a descrita no texto pode conscientizar a população sobre os malefícios do cigarro e produzir um ganho positivo. dificuldade para manter a concentração. mas não assegura mudanças na percepção de risco pessoal dos indivíduos. Internet: (com <http://www1.shtml> adaptações). 109(C) A alta freqüência com que o comportamento de fumar é positivamente reforçado explica a dependência psicológica da nicotina. Não existem níveis seguros para consumo dessas substâncias”. ansiedade. irritabilidade. julgue os itens que se seguem a respeito do comportamento de fumar e acerca das técnicas de intervenção para controle do fumo.br/folha/cotidiano/ult95u84388.folha. Uma enquete realizada pela Folha Online sobre as novas imagens apontou a imagem do feto dentro de um vidro (figura acima) como a de maior impacto entre as novas imagens. 110(C)A síndrome de abstinência por interrupção do uso do cigarro inclui sonolência diurna. Comentários: Correto. Considerando o texto acima. Não é possível assegurar a mudança de percepção.br . Comentários: Correto. sintomas depressivos e aumento do apetite.psíquica. Comentários: Correto. segundo opinião de 33% dos votantes. Crianças. não fumem! www.com. 108(E) Mostrar fotos de impacto em maços de cigarros e proibir o fumo em shoppings e em órgãos públicos são medidas que reforçam negativamente o comportamento de fumar.psicologianova. Comentários: Reforçam não.com. Punem.uol. Próxima.

111(C) Para William Reich. que ocorre quando a energia libidinosa é direcionada a atividades científicas ou religiosas. promoções e nos programas de treinamento interno.br . Paulo mostra que. acerca de teorias da personalidade. O assunto abordado no texto acima tem sido foco de interesse de estudiosos da área de relações humanas que investigam os padrões de ocorrência e os efeitos adversos da discriminação racial no ambiente de trabalho. Inúmeros são os estudos que mostram isso. www. Comentários: Perfeito. 113(C) A discriminação racial chega a produzir respostas de estresse psicológico e fisiológico nas vítimas. Comentários: Troque Gestalt por Psicanálise. Comentários: Infelizmente é verdade. o preconceito racial resiste nas empresas brasileiras sob a forma de discriminação contra os negros nas contratações.estadao. um dos quatro mecanismos básicos da neurose é a sublimação.psicologianova.com.htm>. apesar das muitas políticas inclusivas atualmente implantadas.br/agestado/noticias/2003/fev/21/337. Quando tiver tempo.com. A respeito desse assunto. Internet: <http://www. julgue os itens subseqüentes. Reich baseou sua teoria na relação orgônio/couraças/caráter. recomendo estudar mais esse autor. a remoção da couraça do caráter e a conseqüente liberação da libido favorecem o processo deliberação das tensões musculares que bloqueiam as excitações biológicas. 112(E) Sob o enfoque da Gestalt.Julgue os itens seguintes. na opinião de consultores e especialistas da área. Matéria publicada pelo jornal Folha de S.

www. Quando teve alta.com. Considerando o caso hipotético apresentado acima.psicologianova. passou em um concurso público concorrido e começou a trabalhar com um ótimo salário. tem efeito mais estressante para a vítima que a explicitação clara e verbal de racismo.114(C) A discriminação diária e discreta no ambiente de trabalho. Foi internado por mais um ano e. voltou ao antigo emprego e no primeiro final de semana saiu com os colegas para comemorar o retorno. ele engajou-se em 3 dias de intensa bebedeira e faltou uma semana ao trabalho. Depois de aproximadamente 2 anos de total abstinência. Após a alta. Nops. Um homem de 32 anos de idade procurou o serviço de psicologia do órgão em que trabalha buscando tratamento para dependência alcoólica. como a exclusão sutil do negro em alguns eventos e situações. discreto e sutil. julgue os seguintes itens. Comentários: Rs. Comentários: Correto. Após 2 meses de uso intenso de álcool e cocaína associados foi novamente internado. associando novamente álcool e cocaína após a decisão de tomar um cálice de champanhe no réveillon. Bebeu nesse dia e experimentou cocaína oferecida por um amigo. dessa vez por um ano. relativos ao atendimento psicológico desse paciente. após a alta. ele tomou uma lata de cerveja em duas situações sociais.br . próxima. Errada. 115(E) A forma mais adequada de investigar a ocorrência de racismo diário. é perguntar diretamente ao negro sobre sua percepção de haver sido discriminado. Sem dúvida. Após a segunda situação. ficou sóbrio durante 3 anos e recaiu uma terceira vez. Por isso decidiu procurar um médico que indicou Antabuse e o encaminhou para o serviço de psicologia. Agora está preocupado com sua posição no serviço e teme perder o emprego. Ele relatou que ingeriu bebida alcoólica pela primeira vez aos 22 anos de idade e que aos 25 foi internado por 3 meses após uso excessivo de álcool.

psicologianova. emocional e social antes e logo após a ocorrência das recaídas. Comentários: É adequada sim. 118(C) O tratamento com Antabuse (dissulfiran) é uma terapia aversiva que inibe a resposta de beber pelo processo de condicionamento clássico. www. 117(C) A análise funcional desse caso deve incluir a identificação dos contextos físico. Atente para isso. Destaco que não é obrigatória pois podemos usar uma entrevista estruturada. envolvendo pelo menos o psicólogo e o psiquiatra. Comentários: Correto.com.br . Comentários: Perfeito.. não cai na sua prova. Comentários: Recaídas não significam. 120(C) Entrevistas de equipe. necessariamente. Não. Comentários: É preciso gerenciar mudanças. 119(E) A entrevista semi-estruturada é inadequada para a coleta de informações necessárias à intervenção..116(E) Mudanças nos hábitos de vida devem ser evitados no processo terapêutico para preservar ao máximo a rotina e a estabilidade emocional do paciente. Recaídas significam fracasso e requerem mudança na técnica de intervenção. 121(E) O objetivo do tratamento deve ser abstinência total desde o início. fracasso. Errada. são desejáveis para identificar estratégias de enfrentamento positivo. Na maioria dos casos deve-se recomeçar o mesmo tratamento. Antabuse. Comentários: Anta quem? Sim.

o tratamento indicado é dentro de seu próprio contexto social. a família deve participar do processo. porque as recaídas relatadas ocorreram em eventos sociais. com saída difícil. Geralmente sobrepunha diferentes atividades que não conseguia concluir e as tarefas acumuladas ficavam cada vez mais aversivas. Os colegas já estavam www. Disse que estava muito preocupada com seu desempenho no trabalho.psicologianova. Comentários: Na verdade. Para a maioria deles.122(E) A agenda social do paciente deve ser limitada e reduzida. ficava ansiosa. Comentários: Eu tinha um vizinho alcoólatra que tinha um armário empanzinado de cachaça da braba. 124(E) A família deve ficar afastada do processo terapêutico para preservar a privacidade do paciente e evitar constrangimentos que poderiam desencadear uma recaída. embora nunca tivesse acontecido nada em ambientes assim. a qualidade deixava a desejar e ela era vista chorando com freqüência.br . O chefe de setor encaminhou uma funcionária para o serviço de psicologia e pediu um laudo com avaliação e informação sobre a necessidade e duração de eventual tratamento. mas tinha muita dificuldade de concentração. 123(C) A internação para desintoxicação e tratamento é a melhor opção apenas para alguns dos pacientes que fazem uso combinado de álcool e cocaína. referiu medo de sair de casa sozinha. A funcionária estava muito lenta no trabalho. medo de entrar em elevadores e medo de lugares fechados ou muito cheios. às vezes era agressiva e esquecia coisas importantes com muita facilidade. de 25 anos de idade. Errada. Ele se gabava de dizer que não bebia socialmente para não cair em tentação. A paciente. Comentários: Correto.com.

Nenhum indicador disso. 128(E) As dificuldades com os colegas. mas deve ser evitado o encaminhamento ao psiquiatra para medicação porque os efeitos secundários seriam prejudiciais à terapia nesse momento. Assertiva errada. 129(E) Os sintomas são de tricotilomania. www. Comentários: Indícios leves. Nenhum episódio de pânico e apenas indícios de agorafobia.impacientes e não mostravam mais solidariedade porque a consideravam irresponsável. 127(C) Há indicadores de que a paciente seja portadora de transtorno do déficit da atenção. 125(E) Há indicadores de que a paciente seja portadora de transtorno do pânico com agorafobia. Comentários: Assertiva errada.com. Considerando esse caso hipotético. Comentários: Não existem tais indicadores. 126(E) É possível que exista depressão secundária a outros transtornos. Mais uma vez: sem evidências disso. julgue os itens seguintes. Precisamos de mais informações para tal diagnóstico.psicologianova. Comentários: Ah se algum médico lesse isso. mas existem (como as dificuldades de concentração). Comentários: Daqui a pouco vão falar que ela é flamenguista. a agressividade ocasional e o medo de ambientes cheios sugerem que a paciente seja portadora de fobia social. Assertiva errada. Devemos tratar tudo.br .

o diagnóstico e a forma de tratamento. Assertiva errada. de conhecimento e acesso restrito ao psicólogo. Já pediu diversos afastamentos do trabalho para tratamento de saúde e já considerou pedir demissão do trabalho. Vide os documentos oficiais que o CFP preconiza. julgue o seguinte item. Assertiva errada. Considerando esse caso hipotético. mas revivia com freqüência as cenas nas quais ela fora espancada e desnuda. 132(C) O relatório psicológico para o chefe do serviço. apesar de precisar dele para a própria manutenção. 131(E) Os nomes dos instrumentos e técnicas utilizadas para a avaliação da paciente não podem ser informados ao chefe por se tratar de material sigiloso. clara e livre de ambigüidade sobre as questões por ele solicitadas.br . A paciente não conseguia se lembrar de detalhes do incidente. depressão. não há nada que proíba isso. o psicólogo deve apresentar a síntese da avaliação. Comentários: www.130(E) Na primeira entrevista com essa paciente. Comentários: A entrevista devolutiva é a última. Ela referiu insônia. pensamentos suicidas e sobressaltos freqüentes com recordações vívidas de um seqüestro de que fora vítima cinco anos antes.psicologianova. chamada entrevista devolutiva. Comentários: O conteúdo não deve ser exposto. Correto. deve conter uma narrativa detalhada. esquecimentos. Comentários: É um relatório. precisa. 133(E) Os sintomas sugerem que a paciente seja portadora de estresse póstraumático com obnubilação da consciência. mas os nomes dos instrumentos e técnicas podem ser divulgados. da mesma forma que um laudo pericial. Uma paciente de 22 anos de idade foi encaminhada pelo psiquiatra para acompanhamento psicológico.com.

Profissional é profissional até debaixo d’água. Assertiva errada. o psicólogo deve dar alternativas para o paciente considerar. Viva Rogers! 137(E) Na entrevista motivacional. Assertiva errada. a argumentação não é essencial. 134(E) A clarificação é útil na primeira entrevista clínica. Julgue os itens a seguir a respeito das entrevistas psicológicas. o profissional fica impedido de assegurar confidencialidade ao paciente em uma entrevista de ajuda. busca-se reduzir as ambivalências. 138(C) Na entrevista de aconselhamento. Mamão com açúcar. 135(E) Quando o psicólogo e o paciente são ambos funcionários de um mesmo órgão. quando o psicólogo parafraseia a fala do paciente mostrando sua compreensão do conteúdo apresentado. próxima. Comentários: Correto. a confrontação e o argumento são essenciais para o alcance dos objetivos. 136(C) Na entrevista não-diretiva. mas é inadequada ao longo do processo terapêutico.com. Metaforicamente é como se estivesse com a atenção em nível de sonolência (mas sem o cansaço).A obnubilação da consciência é o estado de torpor cotidiano. Comentários: Correto. ocorre a reformulação-reflexo.br . www. Ela não apresenta isso. Comentários: Lembre-se que na entrevista motivacional. Comentários: Negativo. Nesse sentido. em vez de oferecer orientações para ele seguir. Comentários: Nops.psicologianova.

em termos de características demográficas e de interesses clínicos de seus membros. 141(C) O grupo terapêutico se beneficia quando é homogêneo. Rogers falava isso. Não dependam dos psicólogos! 143(E) Uma das desvantagens da terapia em grupo é a percepção de solidão e de estranheza durante as sessões. Não ajuda. Para a entrevista na psicanálise também. Comentários: Complementando: pois o foco é comum e os procedimentos de mobilização também se tornam comuns. Assertiva errada. Comentários: O nome disso é pré-conceito. a intervenção pode ocorrer do terapeuta para o paciente e dos pacientes para eles próprios.com.br . de modo que o psicólogo não é o único agente responsável pela evolução do processo. 140(C) De acordo com Carl Rogers. www. com ganho substancial de benefício para o paciente. 142(C) Nas práticas grupais. Comentários: Ao contrário. Comentários: Correto. Trabalhos em grupo podem ser úteis em diferentes situações. No processo de grupo.139(E) Opiniões que o psicólogo formou por sua experiência acerca de grupos sociais favorecem a obtenção de informações nas entrevistas iniciais. Assertiva correta.psicologianova. redução de tempo e de custos. a forma como um indivíduo vivencia um fato durante a entrevista centrada no cliente é mais importante para o psicólogo que o fato em si. Julgue os itens que se seguem referentes a práticas preventivas e curativas em grupo. as pessoas tendem a se identificar nos problemas alheios e desenvolverem maior empatia. Comentários: Correto. a que os membros costumam se referir ao longo do processo. Errada.

conforme a concepção de Carl Rogers para a terapia centrada na pessoa. Comentários: Correto. auto-exame da mama e controle da alimentação para pessoas saudáveis são exemplos de intervenções secundárias em saúde. Comentários: Funcionam e funcionam muito bem! Assertiva errada.psicologianova. Comentários: Intervenções primárias.144(C) O tratamento da fobia social.com. www. 145(E) Trabalhos preventivos em grupo são bem-sucedidos sob o enfoque comportamental-cognitivo. 146(E) Sensibilização para o uso de preservativos. 148(C) Um dos elementos mais importantes dos grupos vivenciais é sua tendência formativa. em grupo. 147(C) Dinâmicas vivenciais favorecem o desenvolvimento da cooperação. Comentários: Correto. o aperfeiçoamento e a confiança em grupos de treinamento ou de trabalho. Fique atento a isso. é uma opção terapêutica adequada e geralmente bem-sucedida. Comentários: Correto. mas trabalhos terapêuticos são inviáveis porque as técnicas dessa abordagem não se adéquam ao formato grupal.br . que podem ser feitas em grupo e no ambiente de trabalho. Julgue os itens a seguir acerca dos grupos vivenciais.

Nesse mês ainda lançarei um curso de Psicologia Organizacional para concursos. Comentários Finais Foi bom estar com vocês em mais uma aula (matando saudades). podem ser encontrados na Internet. O terapeuta é apenas um facilitador. mande e-mail: psicologiarn@gmail. em sítios oficiais de universidades e de organizações científicas. mas isso será o plano B. Faltam dois dias para a prova e espero que essa aula de hoje seja útil. Será um curso mais aprofundado e a ideia é que você fique calejado(a) de tanta teoria e tanta questão. a evolução acontece de acordo com as realidades existenciais de cada um dos participantes e do grupo como um todo. volte para as nossas aulas. referências e artigos científicos completos. pois sua meta é o STJ! Muita boa sorte e muita paz na prova!!! Alyson Barros Nas grandes batalhas da vida. 150(C) Modelos de intervenção. para leitura e impressão.149(C) No grupo vivencial.com.br .psicologianova. referente a fontes de recursos para atuação em psicologia clínica. Bom. Qualquer dúvida com relação a Rogers.com (respondo mais rápido por esse). Comentários: Correto. Comentários: E ainda diria mais: em aulas preparatórias para concursos! Assertiva correta (mamão com açúcar). o primeiro passo para a vitória é o desejo de vencer! Mahatma Gandhi www. Julgue o item que se segue. Qualquer dúvida.

Sign up to vote on this title
UsefulNot useful