Você está na página 1de 29
COL É GIO OFICINA 1 ALUNO(A): PROFESSORES: Edson, Fábio Motta, Luís Freitas, Nolinha, Thomaz, Anya

COLÉGIO OFICINA

1
1
COL É GIO OFICINA 1 ALUNO(A): PROFESSORES: Edson, Fábio Motta, Luís Freitas, Nolinha, Thomaz, Anya e
COL É GIO OFICINA 1 ALUNO(A): PROFESSORES: Edson, Fábio Motta, Luís Freitas, Nolinha, Thomaz, Anya e

ALUNO(A):

PROFESSORES: Edson, Fábio Motta, Luís Freitas, Nolinha, Thomaz, Anya e Zé Carlos Bastos

3ª SÉRIE DO ENSINO MÉDIO / PRÉ-VESTIBULAR

DATA:

Nº:

/

/2010

1ª AVALIAÇÃO SEMANAL RESOLUÇÃO DAS QUESTÕES

QUÍMICA – 01 A 15

PARA AS QUESTÕES DE 01 A 15, ASSINALE A ÚNICA ALTERNATIVA CORRETA.

01. Um químico verifica que certa amostra de um sólido é parcialmente solúvel numa certa quantidade de álcool. Empregando grande quantidade de álcool, o químico não consegue dissolver o resíduo. Em vista desses fatos, é correto ele tirar a seguinte conclusão:

a) A amostra é constituída por uma substância pura.

b) A dissolução parcial da amostra indica que ocorreu uma transformação química.

c) A amostra é constituída por uma mistura.

d) A amostra é constituída apenas por duas substâncias puras.

e) Se usasse água em vez de álcool, teria dissolvido toda a amostra.

RESOLUÇÃO

Se a amostra do sólido, mesmo com excesso de álcool se dissolveu apenas parcialmente, tal sólido é formado no mínimo por duas substâncias, uma solúvel e outra insolúvel em álcool. Logo, a amostra é constituída por uma mistura.

Resposta: C

02. A tabela abaixo contém propriedades e características de algumas vitaminas:

Vitamina

Aparência

Temperatura normal de fusão (ºC)

Solubilidade em água a 20 ºC

Principais

A deficiência

fontes

pode causar

       

Cenoura,

 

A

Sólido

amarelo

64

Insolúvel

fígado e

leite

Cegueira

noturna

B-12

Sólido

Decompõe-se, sem sofrer fusão, a 300 ºC

Ligeiramente

Marisco, carne e ovo

Anemia

vermelho

solúvel

 

Sólido

   

Frutas

 

C branco

192

Solúvel

cítricas

Hemorragia

       

Gema de

 

Sólido

ovo,

D branco

85

Insolúvel

salmão e

Raquitismo

leite

85 Insolúvel salmão e Raquitismo leite 2010Salvador/Pré-Vestibular/Ciênc ias
85 Insolúvel salmão e Raquitismo leite 2010Salvador/Pré-Vestibular/Ciênc ias

2010Salvador/Pré-Vestibular/Ciências Naturais/20100323_Primeira Avaliação_Caderno_GABARITO.doc/sps

COL É GIO OFICINA 2 a) A tabela acima fornece apenas pr opriedades físicas das

COLÉGIO OFICINA

2
2
COL É GIO OFICINA 2 a) A tabela acima fornece apenas pr opriedades físicas das vitaminas.
COL É GIO OFICINA 2 a) A tabela acima fornece apenas pr opriedades físicas das vitaminas.

a) A tabela acima fornece apenas propriedades físicas das vitaminas.

b) A 100 ºC e 1 atm, as vitaminas A e B-12 se encontram no estado sólido.

c) Pode-se distinguir qualquer substância pura de qualquer mistura avaliando apenas as suas propriedades organolépticas.

d) A fusão da vitamina C é um fenômeno químico.

e) Na tabela acima as vitaminas foram também caracterizadas através de propriedades organolépticas.

RESOLUÇÃO

a) FALSA – Foram fornecidas também propriedades organolépticas (cores).

b) FALSA – A vitamina A a 1 atm funde a 64 ºC, logo não é sólida a 100 ºC.

c) FALSA – A distinção entre substâncias puras e misturas é feita pela avaliação de suas propriedades físicas.

d) FALSA – A fusão da vitamina C (mudança de estado de agregação) é um fenômeno físico.

e) VERDADEIRA – As cores das vitaminas constituem propriedades organolépticas.

Resposta: E

03. (UFMG-adaptada) Dois béqueres iguais, de capacidade calorífica desprezível, contendo quantidades diferentes de uma substância pura, líquida a 20 ºC, foram aquecidos, sob pressão constante de 1 atm, em uma mesma fonte de calor. A temperatura em cada béquer foi medida em função do tempo de aquecimento, durante 20 minutos. Após esse tempo ambos os béqueres continham expressivas quantidades de líquidos. Os resultados encontrados estão registrados nos gráficos a seguir:

BÉQUER A patamar T A 40 20 5 10 15 20 TEMPERATURA (ºC)
BÉQUER A
patamar
T
A
40
20
5
10
15
20
TEMPERATURA (ºC)
BÉQUER B patamar T A 40 20 5 10 15 20 TEMPERATURA (ºC)
BÉQUER B
patamar
T
A
40
20
5
10
15
20
TEMPERATURA (ºC)

Com base nas informações fornecidas, podemos afirmar:

I. A temperatura de ebulição da substância a 1 atm é igual a 80 ºC.

II. Se a massa do líquido no béquer A for 200g no início do aquecimento, a massa do líquido no béquer B será 300g, também no início do aquecimento.

III. Se o gráfico fosse construído até o tempo em que terminasse a vaporização total do líquido, o patamar no gráfico referente ao béquer A seria menor que o referente ao béquer B.

Está(ão) correta(s) a(s) afirmação(ões):

a) II e III, somente.

b) I, somente.

c) II, somente.

RESOLUÇÃO

d) III, somente e) I, II e III.

I. VERDADEIRA – Pelo gráfico, a ebulição (patamar) ocorre a 80 ºC.

II. VERDADEIRA – Se a massa do líquido em aquecimento aumentou 50 %, seu tempo de aquecimento aumentou na mesma proporção.

III. VERDADEIRA – Como no béquer A há menor quantidade de líquido, o tempo de ebulição seria menor nesse béquer.

Resposta: E

tempo de ebulição seria menor nesse béquer. Resposta: E 2010Salvador/Pré-Vestibular/Ciênc ias
tempo de ebulição seria menor nesse béquer. Resposta: E 2010Salvador/Pré-Vestibular/Ciênc ias

2010Salvador/Pré-Vestibular/Ciências Naturais/20100323_Primeira Avaliação_Caderno_GABARITO.doc/sps

COL É GIO OFICINA 3 04. (UESC-Ba) Propriedades, como ponto de fusão, ponto de ebulição

COLÉGIO OFICINA

3
3
COL É GIO OFICINA 3 04. (UESC-Ba) Propriedades, como ponto de fusão, ponto de ebulição e
COL É GIO OFICINA 3 04. (UESC-Ba) Propriedades, como ponto de fusão, ponto de ebulição e

04. (UESC-Ba) Propriedades, como ponto de fusão, ponto de ebulição e densidade, que são importantes para identificar as substâncias puras e diferenciá-las de misturas, não dependem de quantidade de substâncias, mas tão-somente da sua natureza.

Uma análise dessas informações e do gráfico que representa a curva de aquecimento da solda, material sólido utilizado em componentes e equipamentos eletrônicos, permite concluir

corretamente:

a) A solda é uma mistura porque apresenta temperatura de

fusão constante e temperatura de ebulição variável.

Vapor Líquido 183 Sólido 0 Tempo Temperatura (ºC)
Vapor
Líquido
183
Sólido
0
Tempo
Temperatura (ºC)

b) A vaporização da solda evidencia o equilíbrio físico entre a fase líquida e a fase gasosa em recipiente aberto.

c) A solda é uma substância pura porque apresenta temperatura de ebulição constante.

d) As propriedades, como ponto de fusão e densidade, são denominadas propriedades gerais da matéria.

e) A solda de fios de componentes eletrônicos só é possível quando a temperatura desse material atinge 180 ºC.

RESOLUÇÃO

O gráfico apresentado mostra o comportamento de um sólido até sua transformação em estado gasoso. Tal

amostra tem ponto de ebulição variável, evidenciando tratar-se de uma mistura eutética.

Resposta: A

05. (FUVEST-SP) Em uma indústria, um operário misturou, inadvertidamente, polietileno (PE), policloreto de vinila (PVC) e poliestireno (PS), limpos e moídos. Para recuperar cada um desses polímeros, utilizou o seguinte método de separação: jogou a mistura em um tanque contendo água (densidade = 1,00 g/cm 3 ), separando, então, a fração que flutuou (fração A) daquela que foi ao fundo (fração B). A seguir, recolheu a fração B, secou-a e jogou-a em outro tanque contendo solução salina (densidade = 1,10 g/cm 3 ), separando o material que flutuou (fração C) daquele que afundou (fração D). Dados:

POLÍMERO

DENSIDADE (g/cm 3 ) (ma temperatura de trabalho)

Polietileno (PE) Poliestireno (PS) Policloreto de vinila (PVC)

0,91 a 0,98 1,04 a 1,06 1,35 a 1,42

As frações A, C e D eram, respectivamente:

a)

b)

PE, PS e PVC. PS, PE e PVC.

c) PVC, PS e PE. d) PS, PVC e PE.

e) PE, PVC e PS.

RESOLUÇÃO

Ao adicionar a mistura dos polímeros à água, teremos:

Ao adicionar a mistura dos polímeros à água, teremos: Fração A Água (d = 1,00 g/cm

Fração A

Água (d = 1,00 g/cm 3 )

Fração B

A fração B contém polímeros de densidade maior que a da água: poliestireno e policloreto de vinila.

A fração A contém o polímero de densidade menor que a da água: polietileno.

Ao adicionar a fração B à solução salina de densidade igual a 1,1 g/cm 3 , teremos:

salina de densidade igual a 1,1 g/cm 3 , teremos: 2010Salvador/Pré-Vestibular/Ciênc ias
salina de densidade igual a 1,1 g/cm 3 , teremos: 2010Salvador/Pré-Vestibular/Ciênc ias

2010Salvador/Pré-Vestibular/Ciências Naturais/20100323_Primeira Avaliação_Caderno_GABARITO.doc/sps

COL É GIO OFICINA 4 06. Fração C Solução salina Fração D A fração C

COLÉGIO OFICINA

4
4
COL É GIO OFICINA 4 06. Fração C Solução salina Fração D A fração C ,
COL É GIO OFICINA 4 06. Fração C Solução salina Fração D A fração C ,

06.

COL É GIO OFICINA 4 06. Fração C Solução salina Fração D A fração C ,

Fração C

Solução salina

Fração D

A fração C, que flutua, contém poliestireno, cuja densidade (d = 1,04 g/cm 3 a 1,06 g/cm 3 ) é menor que a da

solução salina.

A fração D, que afunda, contém policloreto de vinila, cuja densidade (d = 1,35 g/cm 3 a 1,42 /cm 3 ) é maior que

a densidade da solução salina.

Resposta: A

Uma solução contendo 14g de cloreto de sódio dissolvidos em 200g de água foi deixada em um frasco aberto,

a 30 ºC. Após algum tempo, começou a cristalizar o sal. Qual a massa mínima e aproximada, em g, de água deve ter evaporado quando se iniciou a cristalização?

Dado: Solubilidade, a 30 ºC, do cloreto de sódio = 35g/100g de água.

a)

20

b) 40

RESOLUÇÃO

c) 80

d) 160

e) 180

A partir do coeficiente de solubilidade do NaCl, dado na questão, calculamos a massa mínima de água a 30 ºC

necessária para dissolver 14g do referido sal. Assim:

35g NaCl –––––––– 100g H 2 O

14g NaCl –––––––

x x = 40g H 2 O

Logo, a cristalização começou a ocorrer após ter evaporado aproximadamente 160g de água (200g – 40g = 160g).

07.

aproximadamente 160g de água (200g – 40g = 160g). 07. A B C Resposta: D Analisando-se

A

aproximadamente 160g de água (200g – 40g = 160g). 07. A B C Resposta: D Analisando-se

B

aproximadamente 160g de água (200g – 40g = 160g). 07. A B C Resposta: D Analisando-se

C

Resposta: D

Analisando-se os três sistemas acima, são feitas as seguintes afirmativas:

I. O sistema A é empregado principalmente na separação de misturas heterogêneas líquido-líquido.

II. Uma mistura de álcool + gasolina pode ser desdobrada em seus constituintes com o uso do sistema B.

III. O sistema C é ideal na separação de misturas azeotrópicas.

IV. Um aparelho destinado a condensar vapores está representado no sistema C.

a condensar vapores está representado no sistema C . 2010Salvador/Pré-Vestibular/Ciênc ias
a condensar vapores está representado no sistema C . 2010Salvador/Pré-Vestibular/Ciênc ias

2010Salvador/Pré-Vestibular/Ciências Naturais/20100323_Primeira Avaliação_Caderno_GABARITO.doc/sps

COL É GIO OFICINA 5 Das afirmativas é(são) correta(s): a) apenas II. d) II e

COLÉGIO OFICINA

5
5
COL É GIO OFICINA 5 Das afirmativas é(são) correta(s): a) apenas II. d) II e IV.
COL É GIO OFICINA 5 Das afirmativas é(são) correta(s): a) apenas II. d) II e IV.

Das afirmativas é(são) correta(s):

a) apenas II.

d) II e IV.

b) apenas IV.

e) II, III e IV.

c) I e II.

RESOLUÇÃO

I. FALSA – A filtração é empregada principalmente na separação de misturas heterogêneas sólido-líquido.

II. FALSA – O funil de decantação é usado no desdobramento de misturas heterogêneas líquido-líquido, como água e gasolina.

III. FALSA – A destilação não separa misturas azeotrópicas (P.E. constante).

IV. VERDADEIRA – O condensador, na destilação, tem essa finalidade.

08.

Resposta: B

(VUNESP-SP) Um sistema heterogêneo, S, é constituído por uma solução colorida e um sólido branco. O sistema foi submetido ao seguinte esquema de separação.

sistema heterogêneo S operação I sólido branco líquido colorido S y operação II sólido colorido
sistema heterogêneo
S
operação I
sólido branco
líquido colorido
S
y
operação II
sólido colorido
líquido incolor
Z
W

Ao se destilar o líquido W, sob pressão constante de 1 atmosfera, verifica-se que sua temperatura de ebulição variou entre 80 e 100 ºC. Indique qual das seguintes afirmações é correta:

a) A operação I é uma destilação simples.

b) A operação II é uma decantação.

c) O líquido colorido Y é uma substância pura.

d) O líquido incolor W é uma substância pura ou uma mistura azeotrópica.

e) O sistema heterogêneo S tem no mínimo, 4 componentes.

RESOLUÇÃO

08. a) FALSA – Destilação simples é usada na separação de sistema homogêneo.

b) FALSA – Decantação é usada na separação de sistemas heterogêneas.

c) FALSA – O líquido Y ao ser submetido a um processo de separação deu origem a um sólido e um líquido; trata-se, portanto de uma mistura.

d) FALSA – O líquido W como não teve ponto de ebulição constante, não pode ser substância pura nem mistura azeotrópica.

e) VERDADEIRA – No mínimo temos:

– sólido branco (substância pura)

– sólido colorido (substância pura).

– líquido incolor (mistura – no mínimo mais duas substâncias)

Resposta: D

(mistura – no mínimo mais duas substâncias) Resposta: D 2010Salvador/Pré-Vestibular/Ciênc ias
(mistura – no mínimo mais duas substâncias) Resposta: D 2010Salvador/Pré-Vestibular/Ciênc ias

2010Salvador/Pré-Vestibular/Ciências Naturais/20100323_Primeira Avaliação_Caderno_GABARITO.doc/sps

COL É GIO OFICINA 6 09. Átomo X Elemento Químico O confronto acima é uma

COLÉGIO OFICINA

6
6
COL É GIO OFICINA 6 09. Átomo X Elemento Químico O confronto acima é uma dúvida
COL É GIO OFICINA 6 09. Átomo X Elemento Químico O confronto acima é uma dúvida

09. Átomo

X Elemento Químico

O confronto acima é uma dúvida muito comum dos estudantes de química. São sinônimos? Ou significam coisas diferentes? Baseado no conhecimento de seus significados identifique a proposição verdadeira.

a) Átomo é uma unidade, formado por um núcleo e uma eletrosfera. Elemento químico é um conjunto de átomos, que apresentam necessariamente mesmas propriedades físicas.

b) Átomos para pertencerem a um mesmo elemento químico, devem apresentar todas as suas propriedades iguais.

mesmas

c) Um

elemento

químico

pode

ser

formado

por

átomos

diferentes,

desde

que

apresentem

propriedades químicas.

d) Átomos de um mesmo elemento, apresentam todos, os mesmos números de prótons e de massa.

e) Átomos quimicamente iguais, porém fisicamente diferentes, pertencem necessariamente a diferentes elementos químicos.

RESOLUÇÃO

Átomo

unidade

X Elemento Químico

conjunto de átomos de mesmo número de prótons e mesmas propriedades químicas

Exemplo: O elemento químico hidrogênio é o conjunto dos átomos

1

1

H

1

2

H

1

3

H

(Isótopos)

Resposta: C

10. Um átomo possui 19 prótons, 20 nêutrons e 10 elétrons. Qual dos seguintes átomos é seu isótono?

a)

21

19

A

b)

20

19

B

c)

38

18

C

d)

58

39

D

e)

39

20

E

RESOLUÇÃO

ISÓTONOS: são átomos de diferentes números de prótons (elementos diferentes), diferentes números de massa, porém com mesmo número de nêutron (N).

Como N = A – p, temos:

A 21 – 19 = 2

B 20 – 19 = 1

C 38 – 18 = 20

D 58 – 39 = 19

E 39 – 20 = 19

Resposta: C

D → 58 – 39 = 19 E → 39 – 20 = 19 Resposta: C
D → 58 – 39 = 19 E → 39 – 20 = 19 Resposta: C

2010Salvador/Pré-Vestibular/Ciências Naturais/20100323_Primeira Avaliação_Caderno_GABARITO.doc/sps

COL É GIO OFICINA 7 11. O ânion NO − 3 é isoeletrônico do íon

COLÉGIO OFICINA

7
7
COL É GIO OFICINA 7 11. O ânion NO − 3 é isoeletrônico do íon X
COL É GIO OFICINA 7 11. O ânion NO − 3 é isoeletrônico do íon X

11.

O ânion

NO

3

é isoeletrônico do íon X 2+ . Logo, o número atômico de X é:

a) 16

d) 34

b) 32

e) 63

c) 33

RESOLUÇÃO

Isoeletrônicas são espécies que apresentam o mesmo número de elétrons. Assim:

N o de elétrons do ânion

Como X 2+ tem 32 elétrons (isoeletrônico de

NO

3

= 7 . 1 + 8 . 3 + 1 = 32.

NO ), então seu número de prótons (N o atômico) será 34.

3

Resposta: D

1

12. (OSEC-SP) Levando em conta a existência dos três isótopos do hidrogênio ( H,

1

2

1

H

e

3 1 H ) e de apenas um

16

isótopo do oxigênio ( O ), número de nêutrons impossível de se encontrar numa molécula de água é:

8

a) 9

d)

12

b) 10

e)

13

c) 11

RESOLUÇÃO

Considerando os isótopos dados, os possíveis números de nêutrons para a água serão:

⎧ 1 1 16 H H O → 8 1 8 1 ⎪ 1 16
1
1
16
H
H
O → 8
1 8
1
1 16
1
H
O → 9
1 H
2
8
1 16
1
H
H
O
→ 10
1
3
8
H
O
2
1
1
16
H
H
O
→ 10
2
2
8
1
1
16
H
H
O
→ 11
2
3
8
1
1
16
H
H
O
→ 12
3
3
8

Resposta: E

8 ⎪ 1 1 16 H H O → 12 ⎩ 3 3 8 Resposta: E
8 ⎪ 1 1 16 H H O → 12 ⎩ 3 3 8 Resposta: E

2010Salvador/Pré-Vestibular/Ciências Naturais/20100323_Primeira Avaliação_Caderno_GABARITO.doc/sps

COL É GIO OFICINA 8 13. Em 1995, terroristas espalharam no metrô de Tóquio um

COLÉGIO OFICINA

8
8
COL É GIO OFICINA 8 13. Em 1995, terroristas espalharam no metrô de Tóquio um agente
COL É GIO OFICINA 8 13. Em 1995, terroristas espalharam no metrô de Tóquio um agente

13.

Em 1995, terroristas espalharam no metrô de Tóquio um agente neurotóxico conhecido como gás sarin, causando a morte de várias pessoas.

F

   
 

|

DADO:

CH 3 – P – OCH (CH 3 ) 2

Massa molar do gás sarin 140g . mol 1

|

|

O

 

(Gás sarin)

O número de átomos de oxigênio contidos em 2,8mg de gás sarin é, aproximadamente:

a)

6 x 10 22

d)

1,2 x 10 19

b)

1,2 x 10 33

e)

2,4 x 10 19

c)

1,6 x 10 18

RESOLUÇÃO

Pelos dados da questão, temos:

140g gás sarin

2,8 x 10 3 g gás sarin

––––––

––––––––

6 x 10 23 moléculas (1 mol)

x

x = 1,2 x 10 19 moléculas

Como cada molécula de gás sarin tem dois átomos de oxigênio, temos:

1 molécula gás sarin

1,2 x 10 19 moléculas gás sarin

––––––

2

átomos oxigênio

––––––

y

y = 2,4 x 10 19 átomos de oxigênio

Resposta: E

y y = 2,4 x 10 1 9 átomos de oxigênio Resposta: E 2010Salvador/Pré-Vestibular/Ciênc ias
y y = 2,4 x 10 1 9 átomos de oxigênio Resposta: E 2010Salvador/Pré-Vestibular/Ciênc ias

2010Salvador/Pré-Vestibular/Ciências Naturais/20100323_Primeira Avaliação_Caderno_GABARITO.doc/sps

COL É GIO OFICINA 9 14. (UESB-BA) A água cobre cerca de 75% da superfície

COLÉGIO OFICINA

9
9
COL É GIO OFICINA 9 14. (UESB-BA) A água cobre cerca de 75% da superfície da
COL É GIO OFICINA 9 14. (UESB-BA) A água cobre cerca de 75% da superfície da

14.

(UESB-BA) A água cobre cerca de 75% da superfície da Terra, sendo um dos responsáveis pelo surgimento da vida orgânica nesse planeta. Sendo sua densidade, 1,0 g/mL, nas CNTP, 90g de água ocupará, em litros, um volume de:

a) 9,0 .

10 2

b) 1,0

c) 18

d) 112

e) 3,01 . 10 24

 

RESOLUÇÃO

 
 

Como a densidade é a razão massa/volume temos:

 
 

d =

m

 

V

 

1 =

90

 

V

 

V = 90mL = 9 x 10 2 L de água.

 
 

Resposta: A

15.

Nas CNTP 400g de um gás XO 3 , ocupa um volume igual a 112L. Logo, a massa atômica de X é:

 

a) 12

b) 16

c) 32

d) 64

e) 80

RESOLUÇÃO

 

A partir dos dados, pode-se calcular a massa molecular de XO 3 . Assim:

 
 

400g XO 3 –––––– 112L (CNTP)

 

x

–––––– 22,4L (CNTP) (1 mol)

 

x = MMg = 80g MM = 80u

 

Logo:

 

XO 3 = 80

 

x

. 1 + 16 . 3 = 80 x = 32

 

Resposta: C

x . 1 + 16 . 3 = 80 ⇒ x = 32   Resposta: C
x . 1 + 16 . 3 = 80 ⇒ x = 32   Resposta: C

2010Salvador/Pré-Vestibular/Ciências Naturais/20100323_Primeira Avaliação_Caderno_GABARITO.doc/sps

COL É GIO OFICINA 10 F ÍSICA – 16 A 30 16. Calibrou-se um termômetro

COLÉGIO OFICINA

10
10
COL É GIO OFICINA 10 F ÍSICA – 16 A 30 16. Calibrou-se um termômetro na
COL É GIO OFICINA 10 F ÍSICA – 16 A 30 16. Calibrou-se um termômetro na

FÍSICA – 16 A 30

16. Calibrou-se um termômetro na escala Celsius, de acordo com o gráfico a seguir.

b

17.

Pode-se então dizer que:

a) a altura da coluna vale 5 cm na ebulição da água.

b) para uma altura de 20 cm, a temperatura será de 10 °C.

c) a altura da coluna de mercúrio será de 10 cm para uma temperatura de 32 °F.

d) teremos uma leitura de 30 °C para uma coluna de 10 cm.

e) n.d.a.

uma leitura de 30 °C para uma coluna de 10 cm. e) n.d.a. RESOLUÇÃO ºC h(m)

RESOLUÇÃO

ºC h(m) 0 5 T h C a –30 0
ºC
h(m)
0
5
T
h
C
a
–30
0

a

T

c

+

30

h

0

=

=

b

0

+

30

5

0

T

C

+

30

6

=

h

O diagrama relaciona as escalas X e Celsius da temperatura.

O diagrama relaciona as escalas X e Celsius da temperatura. A indicação correspondente a 45° C

A indicação correspondente a 45° C na escala X é:

a) 15 b) 30 RESOLUÇÃO ºX ºC 45 90 X 45 –15 0
a) 15
b) 30
RESOLUÇÃO
ºX
ºC
45
90
X
45
–15
0

c) 45

d) 0

e) –15

 

X

+

15

45

0

= 45 + 15 90 − 0 x + 15 = 1 60 2
=
45
+ 15
90
− 0
x
+ 15 =
1
60
2

2X + 30 = 60 2X = 30

X = 15

Resposta: D

Resposta: A

60 2 2X + 30 = 60 2X = 30 X = 15 Resposta: D Resposta:
60 2 2X + 30 = 60 2X = 30 X = 15 Resposta: D Resposta:

2010Salvador/Pré-Vestibular/Ciências Naturais/20100323_Primeira Avaliação_Caderno_GABARITO.doc/sps

COL É GIO OFICINA 11 18. (FAAP-SP) O ponto de gelo e o ponto de

COLÉGIO OFICINA

11
11
COL É GIO OFICINA 11 18. (FAAP-SP) O ponto de gelo e o ponto de vapor
COL É GIO OFICINA 11 18. (FAAP-SP) O ponto de gelo e o ponto de vapor

18. (FAAP-SP) O ponto de gelo e o ponto de vapor numa determinada escala A são dados por 40 ºA e 440 ºA, respectivamente, esses mesmos pontos numa escala B correspondem a 50 ºB e 550 ºB. Que relação existe entre as indicações dessas duas escalas?

4 . t B a) = t A 5 5 . t B b) =
4 .
t
B
a)
=
t A
5
5 .
t
B
b)
=
t A
4
RESOLUÇÃO
ºA
ºB
440
t
A
40

550

T B

50

c) t A = t B

d) t A = t B – 10

t

A

40

t

B

50

=

440

40

550

50

e) t A = t B + 10

t B − 50 = 440 − 40 550 − 50 e) t A = t

t

A

40

t

B

50

=

400 500

5t A – 200 = 4t B – 200

5t A = 4t B

4t B

t A =

5

Resposta: A

19. (ESPM-SP) Em uma escala arbitrária P os pontos de gelo e vapor são respectivamente – 20 ºP e 120 ºP. Qual é a temperatura na escala P que corresponde a 50 ºC?

a) 20 ºP

b) 40 ºP

RESOLUÇÃO ºP ºC 120 100 T P 50 –20 0
RESOLUÇÃO
ºP
ºC
120
100
T
P
50
–20
0
c) 50 ºP e) 80 ºP d) 60 ºP T + 20 50 − 0
c) 50 ºP
e)
80 ºP
d)
60 ºP
T
+ 20
50
− 0
P
=
2T P + 40 = 140
120
+ 20
100
− 0
2T P = 100
T
+ 20
1
P
=
T P = 50ºP
140
2

Resposta: C

20. (E.S.E.F. JUNDIAÍ-SP) Uma escala arbitrária W de temperatura é construída atribuindo os valores 60 ºW e 180 ºW, respectivamente, para as temperaturas de fusão do gelo e ebulição da água, sob pressão normal. Quando um termômetro graduado nessa escala indicar 72 ºW, a temperatura na escala Celsius, em graus, será:

a)

40

b) 36

RESOLUÇÃO

W ºC 180 72 60
W
ºC
180
72
60

100

T

0

C

c) 18

d)

72

60

T

C

0

=

180

60

100

0

12

T

C

C c) 18 d) 72 − 60 T C − 0 = 180 − 60 100

T C = 10ºC

12

e)

10

Resposta: E

100 − 0 12 T C ∴ T C = 10ºC 12 e) 10 Resposta: E
100 − 0 12 T C ∴ T C = 10ºC 12 e) 10 Resposta: E

2010Salvador/Pré-Vestibular/Ciências Naturais/20100323_Primeira Avaliação_Caderno_GABARITO.doc/sps

COL É GIO OFICINA 12 21. (UFSE) A temperatura θ de um corpo sólido de

COLÉGIO OFICINA

12
12
COL É GIO OFICINA 12 21. (UFSE) A temperatura θ de um corpo sólido de massa
COL É GIO OFICINA 12 21. (UFSE) A temperatura θ de um corpo sólido de massa

21. (UFSE) A temperatura θ de um corpo sólido de massa 100g está representada no gráfico, em função do tempo t. Se o calor específico da substância de que o corpo é feito vale 0,80 cal/g . ºC, o número de calorias que o corpo recebeu por mínimo é:

a) 3.2 . 10 2

b) 4,0 . 10 2

c) 4,8 . 10 2

d) 8,0 . 10 2

e) 2,4 . 10 3

RESOLUÇÃO

Q

= m . c . T

Q

= 100 . 0,80 . 30

Q

= 2400 cal em 5 min

em cada minuto

480 cal

θ (ºC) 50 20 0 5 t (min)
θ (ºC)
50
20
0
5
t (min)

Resposta: C

22. (CEETEPS-SP) Dois corpos, A e B têm volumes iguais; a densidade do corpo A é o dobro de B, e o calor

do calor específico de B. Sendo fornecidas quantidades de calor iguais aos dois corpos,

3

específico de A vale 2

eles aumentam variação de temperatura (∆θ), tais que:

 

4

a) ∆θ A = 3 . ∆θ B

d) ∆θ A =

3

.

∆θ B

 

4

b) ∆θ A = ∆θ B

e)

∆θ B =

3

.

∆θ A

c) 3 . ∆θ A = ∆θ B

RESOLUÇÃO

Q A + Q B = 0

m A c A ∆T A + m B c B ∆T B = 0
m A c A ∆T A + m B c B ∆T B = 0
d A V c A ∆T A
+ d B V c B ∆T B = 0
3
2d
∆T A
+ d B c B ∆T B = 0
A 2
3
2.
∆T A = ∆T B
2

T B = 3T A

Resposta: C

2. ∆T A = ∆T B 2 ∆ T B = 3 ∆ T A Resposta:
2. ∆T A = ∆T B 2 ∆ T B = 3 ∆ T A Resposta:

2010Salvador/Pré-Vestibular/Ciências Naturais/20100323_Primeira Avaliação_Caderno_GABARITO.doc/sps

COL É GIO OFICINA 13 23. Três pequenas esferas de cobre, idênticas, são utilizadas em

COLÉGIO OFICINA

13
13
COL É GIO OFICINA 13 23. Três pequenas esferas de cobre, idênticas, são utilizadas em um
COL É GIO OFICINA 13 23. Três pequenas esferas de cobre, idênticas, são utilizadas em um

23. Três pequenas esferas de cobre, idênticas, são utilizadas em um experimento de eletrostática. A primeira, denominada A, está inicialmente eletrizada com carga Q A = +8,0nC; a segunda, denominada B, está inicialmente eletrizada com carga Q B = –12nC; e a terceira, denominada C, está inicialmente eletrizada com carga Q C = –10nC. Em um dado instante, são colocadas em contato entre si as esferas A e B. Após atingido o equilíbrio eletrostático, A e B são separadas uma da outra e, então, são postas em contato as esferas B e C. Ao se atingir o equilíbrio eletrostático entre B e C, a esfera C:

(Dado: carga do elétron = –1,60 × 10 19 C)

a) perdeu a carga elétrica equivalente a 4,0 × 10 10 elétrons.

b) perdeu a carga elétrica equivalente a 2,5 × 10 10 elétrons.

c) ganhou a carga elétrica equivalente a 4,0 × 10 10 elétrons.

d) ganhou a carga elétrica equivalente a 2,5 × 10 10 elétrons.

e) manteve sua carga elétrica inalterada.

RESOLUÇÃO

e) manteve sua carga elétrica inalterada. RESOLUÇÃO 24. Aproximando-se uma barra eletrizada de duas esferas

24. Aproximando-se uma barra eletrizada de duas esferas condutoras, inicialmente descarregadas e encostadas uma na outra, observa-se a distribuição de cargas esquematizada a seguir.

a distribuição de cargas esquematizada a seguir. Em seguida, sem tirar do lugar a barra eletrizada,

Em seguida, sem tirar do lugar a barra eletrizada, afasta-se um pouco uma esfera da outra. Em seguida, sem mexer nas esferas, remove-se a barra, levando-a para muito longe das esferas. Finalmente, afasta-se muito uma esfera da outra. Nessa situação final, a figura que melhor representa a distribuição de cargas nas duas esferas é:

representa a distribuição de cargas nas duas esferas é: 2010Salvador/Pré-Vestibular/Ciênc ias
representa a distribuição de cargas nas duas esferas é: 2010Salvador/Pré-Vestibular/Ciênc ias

2010Salvador/Pré-Vestibular/Ciências Naturais/20100323_Primeira Avaliação_Caderno_GABARITO.doc/sps

COL É GIO OFICINA 14 a) b) c) d) e) RESOLUÇÃO 25. Um objeto metálico

COLÉGIO OFICINA

14
14
COL É GIO OFICINA 14 a) b) c) d) e) RESOLUÇÃO 25. Um objeto metálico carregado
COL É GIO OFICINA 14 a) b) c) d) e) RESOLUÇÃO 25. Um objeto metálico carregado

a)

b)

c)

COL É GIO OFICINA 14 a) b) c) d) e) RESOLUÇÃO 25. Um objeto metálico carregado
COL É GIO OFICINA 14 a) b) c) d) e) RESOLUÇÃO 25. Um objeto metálico carregado
COL É GIO OFICINA 14 a) b) c) d) e) RESOLUÇÃO 25. Um objeto metálico carregado

d)

COL É GIO OFICINA 14 a) b) c) d) e) RESOLUÇÃO 25. Um objeto metálico carregado

e)

COL É GIO OFICINA 14 a) b) c) d) e) RESOLUÇÃO 25. Um objeto metálico carregado

RESOLUÇÃO

COL É GIO OFICINA 14 a) b) c) d) e) RESOLUÇÃO 25. Um objeto metálico carregado

25. Um objeto metálico carregado positivamente, com carga +Q, é aproximado de um eletroscópio de folhas, que foi previamente carregado negativamente com carga igual a –Q.

previamente carregado negativamente com carga igual a –Q. I. À medida que o objeto se aproxima

I. À medida que o objeto se aproxima do eletroscópio, as folhas vão se abrindo além do que já estavam.

II. À medida que o objeto se aproxima, as folhas permanecem como estavam.

III. Se o objeto tocar o terminal externo do eletroscópio, as folhas devem necessariamente se fechar.

Nesse caso, pode-se afirmar que:

necessariamente se fechar. Nesse caso, pode-se afirmar que: 2010Salvador/Pré-Vestibular/Ciênc ias
necessariamente se fechar. Nesse caso, pode-se afirmar que: 2010Salvador/Pré-Vestibular/Ciênc ias

2010Salvador/Pré-Vestibular/Ciências Naturais/20100323_Primeira Avaliação_Caderno_GABARITO.doc/sps

COL É GIO OFICINA 15 a) somente a afirmativa I é correta. b) as afirmativas

COLÉGIO OFICINA

15
15
COL É GIO OFICINA 15 a) somente a afirmativa I é correta. b) as afirmativas II
COL É GIO OFICINA 15 a) somente a afirmativa I é correta. b) as afirmativas II

a) somente a afirmativa I é correta.

b) as afirmativas II e III são corretas.

c) as afirmativas I e III são corretas.

d) somente a afirmativa III é correta.

e) nenhuma das afirmativas é correta.

RESOLUÇÃO

correta. e) nenhuma das afirmativas é correta. RESOLUÇÃO 26. As duas esferas idênticas da figura A

26. As duas esferas idênticas da figura A, uma eletrizada e a outra neutra, foram colocadas em contato e, em seguida, recolocadas em suas posições iniciais, aparecendo entre elas uma força elétrica de repulsão de intensidade F. As esferas estão em equilíbrio na posição indicada na figura B. Sabe-se que a massa de cada esfera vale 10g, o meio é o vácuo (k o = 9 × 10 9 Nm 2 /C 2 ) e g = 10m/s 2 , Determine o módulo da carga de cada esfera, na figura B.

a) 1µC

b) 2µC

c) 3µC

d) 4µC

e) 5µC

RESOLUÇÃO

B . a) 1µC b) 2µC c) 3µC d) 4µC e) 5µC RESOLUÇÃO 2010Salvador/Pré-Vestibular/Ciênc ias
B . a) 1µC b) 2µC c) 3µC d) 4µC e) 5µC RESOLUÇÃO 2010Salvador/Pré-Vestibular/Ciênc ias
B . a) 1µC b) 2µC c) 3µC d) 4µC e) 5µC RESOLUÇÃO 2010Salvador/Pré-Vestibular/Ciênc ias
B . a) 1µC b) 2µC c) 3µC d) 4µC e) 5µC RESOLUÇÃO 2010Salvador/Pré-Vestibular/Ciênc ias
B . a) 1µC b) 2µC c) 3µC d) 4µC e) 5µC RESOLUÇÃO 2010Salvador/Pré-Vestibular/Ciênc ias

2010Salvador/Pré-Vestibular/Ciências Naturais/20100323_Primeira Avaliação_Caderno_GABARITO.doc/sps

COL É GIO OFICINA 16 27. Duas partículas carregadas com cargas positivas, q 1 e

COLÉGIO OFICINA

16
16
COL É GIO OFICINA 16 27. Duas partículas carregadas com cargas positivas, q 1 e q
COL É GIO OFICINA 16 27. Duas partículas carregadas com cargas positivas, q 1 e q

27. Duas partículas carregadas com cargas positivas, q 1 e q 2 = 4q 1 , são fixadas a uma distância d = 90cm uma da outra. Uma terceira partícula com carga negativa q 3 é colocada no ponto P entre q 1 e q 2 , a uma distância x da carga q 1 , conforme mostra a figura abaixo.

x da carga q 1 , conforme mostra a figura abaixo. Sabendo-se que a força resultante

Sabendo-se que a força resultante sobre a carga q 3 é nula, determine o valor de x. Considere que apenas forças elétricas atuam sobre as partículas.

a) 15cm

d) 35cm

b) 25cm

e) 40cm

c) 30cm

RESOLUÇÃO

15cm d) 35cm b) 25cm e) 40cm c) 30cm RESOLUÇÃO 2010Salvador/Pré-Vestibular/Ciênc ias
15cm d) 35cm b) 25cm e) 40cm c) 30cm RESOLUÇÃO 2010Salvador/Pré-Vestibular/Ciênc ias
15cm d) 35cm b) 25cm e) 40cm c) 30cm RESOLUÇÃO 2010Salvador/Pré-Vestibular/Ciênc ias

2010Salvador/Pré-Vestibular/Ciências Naturais/20100323_Primeira Avaliação_Caderno_GABARITO.doc/sps

COL É GIO OFICINA 17 28. O gráfico a seguir mostra a intensidade da força

COLÉGIO OFICINA

17
17
COL É GIO OFICINA 17 28. O gráfico a seguir mostra a intensidade da força eletrostática
COL É GIO OFICINA 17 28. O gráfico a seguir mostra a intensidade da força eletrostática

28. O gráfico a seguir mostra a intensidade da força eletrostática entre duas esferas metálicas A e B muito pequenas, positivamente carregadas com cargas Q A e Q B , em função da distância entre os seus centros. Sabendo-se que Q A = 4Q B determine o valor da carga Q B . Adote a constante eletrostática do meio k = 1 × 10 9 Nm 2 /C 2 .

a) 0,2µC d) 0,8µC b) 0,4µC e) 1,0µC c) 0,6µC RESOLUÇÃO
a) 0,2µC
d) 0,8µC
b) 0,4µC
e) 1,0µC
c) 0,6µC
RESOLUÇÃO

29. A figura mostra a configuração de quatro cargas elétricas puntiformes: q 1 , q 2 , q 3 e q 4 . No ponto P indicado, o campo elétrico tem a seguinte orientação:

a) horizontal, da esquerda para a direita.

b) horizontal, da direita para a esquerda.

c) vertical, de baixo para cima.

d) vertical, de cima para baixo.

e) nenhuma, pois o campo é nulo.

RESOLUÇÃO

para baixo. e) nenhuma, pois o campo é nulo. RESOLUÇÃO 2010Salvador/Pré-Vestibular/Ciênc ias
para baixo. e) nenhuma, pois o campo é nulo. RESOLUÇÃO 2010Salvador/Pré-Vestibular/Ciênc ias
para baixo. e) nenhuma, pois o campo é nulo. RESOLUÇÃO 2010Salvador/Pré-Vestibular/Ciênc ias
para baixo. e) nenhuma, pois o campo é nulo. RESOLUÇÃO 2010Salvador/Pré-Vestibular/Ciênc ias

2010Salvador/Pré-Vestibular/Ciências Naturais/20100323_Primeira Avaliação_Caderno_GABARITO.doc/sps

COL É GIO OFICINA 18 30. Em um experimento, o professor Lúcio observa o m

COLÉGIO OFICINA

18
18
COL É GIO OFICINA 18 30. Em um experimento, o professor Lúcio observa o m ovimento
COL É GIO OFICINA 18 30. Em um experimento, o professor Lúcio observa o m ovimento

30.

Em um experimento, o professor Lúcio observa o movimento de uma gota de óleo, eletricamente carregada, entre duas placas metálicas paralelas, posicionadas horizontalmente. A placa superior tem carga positiva e a inferior, negativa, como representado nesta figura:

e a inferior, negativa, como representado nesta figura: Considere que o campo elétrico entre as placas

Considere que o campo elétrico entre as placas é uniforme e que a gota está apenas sob a ação desse campo e da gravidade. Para um certo valor do campo elétrico, o professor Lúcio observa que a gota cai com velocidade constante.

Com base nessa situação, é correto afirmar que o sinal da carga da gota:

a) é negativo e a resultante das forças sobre a gota não é nula.

b) é positivo e a resultante das forças sobre a gota é nula.

c) é negativo e a resultante das forças sobre a gota é nula.

d) é positivo e a resultante das forças sobre a gota não é nula.

e) por falta de elementos não pode ser determinado.

RESOLUÇÃO

falta de elementos não pode ser determinado. RESOLUÇÃO 2010Salvador/Pré-Vestibular/Ciênc ias
falta de elementos não pode ser determinado. RESOLUÇÃO 2010Salvador/Pré-Vestibular/Ciênc ias
falta de elementos não pode ser determinado. RESOLUÇÃO 2010Salvador/Pré-Vestibular/Ciênc ias

2010Salvador/Pré-Vestibular/Ciências Naturais/20100323_Primeira Avaliação_Caderno_GABARITO.doc/sps

COL É GIO OFICINA 19 B IOLOGIA – 31 A 45 31. O desenvolvimento saudável

COLÉGIO OFICINA

19
19
COL É GIO OFICINA 19 B IOLOGIA – 31 A 45 31. O desenvolvimento saudável de
COL É GIO OFICINA 19 B IOLOGIA – 31 A 45 31. O desenvolvimento saudável de

BIOLOGIA – 31 A 45

31. O desenvolvimento saudável de uma pessoa depende de uma dieta equilibrada, aconselha-se que uma pessoa coma por dia entre 50 a 60% de carboidratos dos quais 15% sejam constituídos por açúcares simples; cerca de 30% de gorduras (triglicerídeos), dos quais menos de 10% deve ser gordura não saturada; e cerca de 12 a 15% de proteínas. Com uma alimentação variada, rica em frutas e vegetais são supridas as necessidades diárias de vitaminas e sais minerais. Em relação aos componentes químicos da célula citados no texto, é INCORRETO afirmar que:

a) os açúcares simples, chamados monossacarídeos, como a celulose, o amido e o glicogênio, encontrados no mel, nas frutas e no leite, têm funções estruturais e enzimáticas.

b) os triglicerídeos são representados pelos óleos e gorduras, presentes nos óleos de girassol, milho, canola e em óleos de peixes como o salmão e o bacalhau e são formados por um glicerol e três ácidos graxos.

c) as proteínas são encontradas em alimentos como carnes, ovos, peixes, leite, feijão, são constituídas por aminoácidos e apresentam funções biológicas diversas.

d) os sais minerais apresentam-se principalmente na forma de íons, atuam em processos como a contração muscular e a manutenção do equilíbrio osmótico.

e) as vitaminas, requeridas em pequenas doses, são alimentos reguladores. Sua falta pode acarretar doenças como a anemia, o escorbuto e o raquitismo.

RESOLUÇÃO

Celulose, Amido e Glicogênio são polissacarídeos, polímeros de carboidratos que podem apresentam funções estruturais e energéticas.

Resposta: A

32. No alvorecer da humanidade, e durante muito tempo da nossa história, as refeições foram literalmente um vale tudo. Pelo fato dos seres humanos terem evoluído num mundo onde a disponibilidade de alimentos era apenas intermitente, a sobrevivência exigiu que tivéssemos a capacidade de armazenar energia para épocas de escassez. O tecido adiposo, familiarmente conhecido como gordura, é o órgão especializado para essa tarefa. Nossa capacidade de armazenar gordura continua essencial à vida e pode permitir que uma pessoa sobreviva à fome por meses. Na história humana recente, contudo, a quantidade de energia acumulada como gordura está aumentando em muitas populações. Obesidade é o nome que damos quando o armazenamento de gordura se aproxima de um nível que compromete a saúde de uma pessoa.

(SCIENTIFIC American. Especial: Alimentos, saúde e nutrição. Out. 2007. p. 46.)

Com base no texto e nos conhecimentos sobre o tema, analise as afirmativas a seguir:

I. Restringir as gorduras insaturadas – encontradas, por exemplo, na carne bovina, nos embutidos, na margarina, assim como nas gorduras de laticínios – diminuem o risco de doença cardíaca coronariana.

II. O glicogênio é uma forma importante de armazenamento de energia, o que se justifica por dois motivos básicos: ele pode fornecer combustível para o metabolismo de carboidrato muito rapidamente, enquanto a mobilização de gordura é lenta; e, talvez o mais importante, o glicogênio pode prover energia sob condições anóxicas.

III. A totalidade de depósitos de gordura em adipócitos é capaz de extensa variação, consequentemente, permitindo mudanças de necessidades do crescimento, reprodução e envelhecimento, assim como flutuações nas circunstâncias ambientais e fisiológicas, tais como a disponibilidade de alimentos e a necessidade do exercício físico.

IV. O tecido adiposo aumenta: pelo aumento do tamanho das células já presentes quando o lipídeo é adicionado, fenômeno este conhecido como hiperplasia; ou pelo aumento do número de células, fenômeno conhecido como hipertrofia.

número de células, fenômeno conhecido como hipertrofia. 2010Salvador/Pré-Vestibular/Ciênc ias
número de células, fenômeno conhecido como hipertrofia. 2010Salvador/Pré-Vestibular/Ciênc ias

2010Salvador/Pré-Vestibular/Ciências Naturais/20100323_Primeira Avaliação_Caderno_GABARITO.doc/sps

COL É GIO OFICINA 20 33. Assinale a alternativa que contém todas as afirmativas corretas:

COLÉGIO OFICINA

20
20
COL É GIO OFICINA 20 33. Assinale a alternativa que contém todas as afirmativas corretas: a)
COL É GIO OFICINA 20 33. Assinale a alternativa que contém todas as afirmativas corretas: a)

33.

Assinale a alternativa que contém todas as afirmativas corretas:

a) I e III.

d) I, II e IV.

b) II e III.

e) I, III e IV.

c) III e IV.

RESOLUÇÃO

O consumo moderado de alimentos fontes de Ácidos Graxos insaturados está relacionado com a diminuição dos

níveis de colesterol circulantes e consequentemente ao menor risco para o aparecimento de doenças cardiovasculares. O termo hiperplasia é usado quando se quer mencionar o aumento do número de células num órgão ou num tecido e hipertrofia aumento do volume celular.

Resposta: B

e hipertrofia aumento do volume celular. Resposta: B “A gordura trans foi para a berlinda. Utilizada

“A gordura trans foi para a berlinda. Utilizada para dar mais sabor, melhorar a consistência e prolongar o prazo de validade de alguns alimentos, ela está na pipoca de microondas, nos salgadinhos de pacote, nos donuts, nos biscoitos, nas bolachas, nos sorvetes, na maioria das margarinas ou dos lanches fast-food. De acordo com um estudo americano, além de sua relação com um aumento nos níveis do colesterol ruim e uma queda nas taxas de colesterol bom, o consumo de trans está associado ao acúmulo de tecidos adiposos no abdômen – o mais nocivo à saúde, por elevar os riscos de infarto, derrame, diabetes e de uma série de outros distúrbios”.

(Revista Veja, 30 de dezembro de 2006)

Assinale a alternativa INCORRETA:

a) O aumento do consumo de ácidos graxos do tipo trans tem contribuido para o aumento da prevalência de doenças coronarianas.

b) A principal maneira de armazenar os lipídeos no tecido adiposo é sob a forma de triglicérides. Podem ser definidos como compostos formados pela união de três ácidos graxos com glicerol.

c) O colesterol é um dos mais importantes esteróides, um componente da membrana plasmática animal e precursor da síntese de hormônios, como progesterona, estrogênio e testosterona.

d) Os triglicerídeos bem como o colesterol são originários unicamente pela ingestão de alimentos, não podendo ser sintetizados pelo organismo.

e) As gorduras trans são muito empregadas pelas indústrias para melhorar a palatabilidade e prolongar a conservação dos alimentos.

RESOLUÇÃO

O colesterol é obtido por meio de síntese celular (colesterol endógeno -70%) e da dieta (colesterol exógeno -

30%). O colesterol endógeno é sintetizado pelo fígado, em um processo regulado por um sistema compen- satório: quanto maior for a ingestão de colesterol vindo dos alimentos, menor é a quantidade sintetizada pelo fígado.

Resposta: D

é a quantidade sintetizada pelo fígado. Resposta: D 2010Salvador/Pré-Vestibular/Ciênc ias
é a quantidade sintetizada pelo fígado. Resposta: D 2010Salvador/Pré-Vestibular/Ciênc ias

2010Salvador/Pré-Vestibular/Ciências Naturais/20100323_Primeira Avaliação_Caderno_GABARITO.doc/sps

COL É GIO OFICINA 21 34. Os avanços da química no século XX foram determ

COLÉGIO OFICINA

21
21
COL É GIO OFICINA 21 34. Os avanços da química no século XX foram determ inantes
COL É GIO OFICINA 21 34. Os avanços da química no século XX foram determ inantes

34. Os avanços da química no século XX foram determinantes para o desenvolvimento da biologia moderna, sendo possível estabelecer-se o funcionamento da célula. Na natureza, são raros os átomos que ocorrem em estado isolado. Na maioria dos casos, eles se combinam formando moléculas, que constituem as substâncias químicas, inclusive as que formam e mantêm os seres vivos.

Leia as afirmativas e assinale as corretas:

I. A vida na terra se baseia essencialmente no elemento Carbono, que constitui a estrutura básica de todas as moléculas orgânicas.

II. Na espécie humana, por exemplo, os íons de Cálcio (Ca 2+ ) participam das reações de coagulação do sangue e da contração muscular, além de serem componentes fundamentais dos ossos.

III. A concentração de íons H + , denominada potencial hidrogeniônico (pH), é o que determina o nível de acidez de um meio.

IV. Os glicídios são moléculas orgânicas constituídas fundamentalmente por átomos de Carbono, Hidrogênio, Oxigênio, Nitrogênio e Enxofre.

V. O ATP (trifosfato de adenosina), a principal substância envolvida nos processos energéticos celulares, também apresenta um glicídio (ribose) em sua composição.

VI. Uma reação química por desidratação ocorre quando uma proteína está sendo produzida, durante a formação das ligações peptídicas entre os aminoácidos.

VII. A dieta precisa conter, necessariamente, os aminoácidos não-essenciais, pois as células humanas não conseguem sintetizar os aminoácidos naturais.

Assinale a alternativa cujas afirmações estão CORRETAS:

a) I, III, V, VI, VII.

b) II, III, IV, V, VI.

c) III, IV, V, VI, VII.

d)

e) II, IV, V, VI, VII.

I, II, III, V, VI.

RESOLUÇÃO

Os glicídios ou carboidratos são compostos bioquímicos (polihidroxialdeídos ou polihi-droxicetonas) constituídos por C, H e O. Os aminoácidos naturais são aqueles sintetizados pelo organismo humano.

35.

Resposta: D

sintetizados pelo organismo humano. 35. Resposta: D O início da estação chuvosa na região oeste do

O início da estação chuvosa na região oeste do Estado no final de novembro não puxou os preços do feijão e carne para baixo, o que atenderia a uma expectativa dos consumidores. Fatores, como a seca prolongada de nove meses — o normal é de seis meses —, o baixo índice pluviométrico na estação chuvosa passada, que levou a perda de até 100% nas lavouras da área dos vales, contribuíram para a redução da oferta. [ ]

Durante 2007, o feijão carioca teve vários aumentos. A saca de 60kg começou o ano custando em torno

Nos supermercados, a média é de R$5,50 o

de R$ 70,00 e entrou o mês de dezembro custando R$ 280,00. [

quilo.

]

(HERMES, 2007. p. 18)

O aumento exagerado do preço do feijão, prato típico na mesa do brasileiro, tornando-o de difícil aquisição

pela população, principalmente às famílias de baixa renda, pode empobrecer a dieta nutricionalmente

de baixa renda, pode empobrecer a dieta nutricionalmente 2010Salvador/Pré-Vestibular/Ciênc ias
de baixa renda, pode empobrecer a dieta nutricionalmente 2010Salvador/Pré-Vestibular/Ciênc ias

2010Salvador/Pré-Vestibular/Ciências Naturais/20100323_Primeira Avaliação_Caderno_GABARITO.doc/sps

COL É GIO OFICINA 22 a) limitando a oferta de um tipo de semente como

COLÉGIO OFICINA

22
22
COL É GIO OFICINA 22 a) limitando a oferta de um tipo de semente como fonte
COL É GIO OFICINA 22 a) limitando a oferta de um tipo de semente como fonte

a) limitando a oferta de um tipo de semente como fonte pura de glicose utilizável facilmente na obtenção de energia.

b) privando o organismo de um alimento, que é uma importante fonte de carboidratos associada, entre outros, a um suprimento de proteínas e minerais.

c) comprometendo a fisiologia intestinal por reduzir, na dieta, suprimento de uma fonte insubstituível de fibras.

d) diminuindo a oferta de fosfolipídios, o que compromete a biossíntese das membranas biológicas.

e) favorecendo a diminuição da resistência do organismo a infecções, reduzindo a oferta da vitamina C.

36.

RESOLUÇÃO

O feijão é uma semente com alto valor nutritivo. É rico em ferro, possui proteínas vegetais e boa quantidade de carboidratos. Na alimentação dos brasileiros, o feijão é a principal fonte de proteína, seguido, em importância, pela carne bovina e pelo arroz.

Resposta: B

Resposta: A

A velocidade de um processo celular foi medida durante 10h. Nesse período, a temperatura foi aumentada gradativamente, passando de 20°C para 40°C. O resultado foi expresso no gráfico abaixo.

para 40°C. O resultado foi expresso no gráfico abaixo. A esse respeito, são feitas as seguintes

A esse respeito, são feitas as seguintes afirmações:

I. A temperatura de aproximadamente 30°C é ótima para as enzimas envolvidas nesse processo.

II. Na temperatura de 40°C, pode ter havido desnaturação completa de todas as enzimas envolvidas.

III. A temperatura é o único fator que interfere na velocidade de ação das enzimas.

Assinale:

a) se somente as afirmativas I e II forem corretas.

b) se somente as afirmativas II e III forem corretas.

c) se todas as afirmativas forem corretas.

d) se somente as afirmativas I e III forem corretas.

e) se somente a afirmativa II for correta.

RESOLUÇÃO

As enzimas são substâncias sensíveis as variações de temperatura e pH. Conforme o gráfico, para essa enzima a temperatura que determina velocidade máxima para a reação é de 30º C, a partir desse ponto essa molécula deverá sofrer desnaturação.

desse ponto essa molécula deverá sofrer desnaturação. 2010Salvador/Pré-Vestibular/Ciênc ias
desse ponto essa molécula deverá sofrer desnaturação. 2010Salvador/Pré-Vestibular/Ciênc ias

2010Salvador/Pré-Vestibular/Ciências Naturais/20100323_Primeira Avaliação_Caderno_GABARITO.doc/sps

COL É GIO OFICINA 23 37. Thomas Robert Malthus (1766-1834) não acreditari a que seus

COLÉGIO OFICINA

23
23
COL É GIO OFICINA 23 37. Thomas Robert Malthus (1766-1834) não acreditari a que seus famosos
COL É GIO OFICINA 23 37. Thomas Robert Malthus (1766-1834) não acreditari a que seus famosos

37.

Thomas Robert Malthus (1766-1834) não acreditaria que seus famosos ensaios — prevendo um mundo faminto, na proporção do crescimento demográfico — pudessem estar tão equivocados e que o caminho do futuro fosse quase na direção inversa de suas previsões.

[

]

Ao longo das últimas duas décadas, o que pesquisadores consideram uma “transição dramática” alterou a

alimentação e a saúde de milhões de pessoas nos países em desenvolvimento. Para maior parte desse bloco, a

obesidade passa a ser uma ameaça à saúde pública maior que a fome. Aí estaria o núcleo de desconcerto de Thomas Malthus.

 

(CAPOZZOU, 2007, p. 06)

 

Embora uma grande parcela da humanidade sobreviva em condições de desnutrição, outra parcela, evidenciando as grandes contradições da sociedade humana, enfrenta o problema da obesidade. Esse aumento da obesidade, em grande parte, deve estar relacionado a mudanças na alimentação sob influências dessa epidemia globalizante.

A análise do problema envolve considerar que

 

a) a manutenção de uma dieta altamente calórica é de importância básica para garantir um estado imunológico saudável.

b) a evolução da obesidade no organismo humano deve conduzir a sociedade a estabelecer parâmetros estéticos.

c) o combate à obesidade pode ser feito com subsídios públicos às academias de ginástica, liberando-se o consumo de alimentos que engordam, sem prejudicar as indústrias de alimentos calóricos.

d) a ingestão habitual de uma dieta rica em bebidas adoçadas, óleos vegetais e gordura animal constitui a base dietética necessária ao homem.

e) o controle da ingestão de gorduras deve prover as necessidades básicas de colesterol para garantir a integridade das membranas biológicas.

 

RESOLUÇÃO

 
 

A

obesidade hoje é considerada uma doença e caracteriza-se pelo excesso de gordura no corpo, representando

um dos grandes problemas de saúde pública no mundo inteiro. O controle dela pode ser feita, por exemplo,

através de um controle nutricional (dieta balanceada) associada a prática de atividade física.

 
 

Resposta: E

38.

O

mundo biológico é uma imensa cooperativa impulsionada pelos pequenos organismos que a inauguraram. A

química primordial permanece em processos vitais, como a fotossíntese, nas enzimas e nas membranas. Mas

as células maiores, dotadas de núcleo, tinham um novo potencial. Elas podiam construir organismos maiores:

e no final podiam se unir para formar complexos de células com funções novas. (FORTEY, 2000, p. 74)

A respeito das consequências desse” novo potencial” presente na evolução das células eucarióticas, pode-se

afirmar:

a) Permitiu o estabelecimento no mundo vivo de reações bioenergéticas de conversão de energia luminosa em química presente na produção de matéria orgânica.

b) Introduziu, nos seres vivos, a capacidade de transferência genética a partir de uma unidade de informação com propriedade autorreplicativa.

c) Capacitou a célula, a partir da presença de um núcleo definido, de um controle genético das reações metabólicas do citoplasma.

d) Desenvolveu uma série de fusões entre células nucleadas, que propiciaram funções até então inexistentes no mundo vivo.

e) Condicionou a formação de organismos mais complexos e mais diversificados morfofisiologicamente.

RESOLUÇÃO

O novo potencial ao qual o texto se refere é a pluricelularidade cujas consequências incluem: maiores diversidade e eficiência metabólicas; ampliação da variedade morfológica; ocupação de novos ambientes.

Resposta: E

morfológica; ocupação de novos ambientes. Resposta: E 2010Salvador/Pré-Vestibular/Ciênc ias
morfológica; ocupação de novos ambientes. Resposta: E 2010Salvador/Pré-Vestibular/Ciênc ias

2010Salvador/Pré-Vestibular/Ciências Naturais/20100323_Primeira Avaliação_Caderno_GABARITO.doc/sps

COL É GIO OFICINA 24 39. Aqueles que apoiavam a ex istência de uma força

COLÉGIO OFICINA

24
24
COL É GIO OFICINA 24 39. Aqueles que apoiavam a ex istência de uma força vital
COL É GIO OFICINA 24 39. Aqueles que apoiavam a ex istência de uma força vital

39. Aqueles que apoiavam a existência de uma força vital tinham visões altamente diversificadas sobre a natureza de tal força. Da metade do século XVIII em diante, o agente vital foi caracterizado com mais frequência como um fluido, em analogia com a gravidade de Newton e com a ideia do calor. “Coisas” que existiam mas não se tocava. No século XIX, a Biogênese vence a guerra contra a Abiogênese travada ao longo de muitos anos de observações, nem sempre tão científicas e de debates, nem sempre tão pacíficos.

A respeito desse tema, é correto afirmar que:

a) A presença de micro-organismo no ar garante a ação da força vital na produção de novos organismos

b) A força vital, tal como a gravidade, poderia ser confirmada através de rigorosos experimentos controlados.

c) Isaac Newton derrotou definitivamente os abiogenistas com a ideia da gravidade.

d) Experimentos controlados demonstraram que as larvas de moscas podem se originar da carne podre.

e) A existência de um ambiente estéril isolado do arcontaminante é uma das condições essenciais para a manutenção de substâncias orgânicas nutritivas livres da ação de micro-organismos.

RESOLUÇÃO

O experimento de Pasteur demonstrou que a vida não pode surgir da matéria bruta e foi o grande responsável pela

derrocada do princípio ativo, derrubando definitivamente a abiogênese.

Resposta: E

Resposta: D

40. Os micro-organismos foram as primeiras formas de vida na Terra. Com eles, iniciava-se a história de sua futura relação com o ser humano. As bactérias foram testemunhas de todas as formas de vida que surgiram a seguir e de muitas que viriam a se extinguir. Surgiram há cerca de quatro bilhões de anos e reinaram absolutas até seiscentos milhões de anos, época em que apareceram outras formas de vida, dessa vez multicelulares.

É

representam as primeiras formas de vida presentes na Terra a

possível identificar como uma característica exclusiva, do padrão organizacional dos organismos que

a) presença de uma membrana lipoproteica, que permite isolar a célula das trocas com o ambiente externo.

b) diversidade de estruturas endomembranosas que desempenham funções específicas no citoplasma celular.

c) presença do material genético restrito a um ambiente próprio e interno devido a existência de uma membrana delimitante.

d) ocorrência de material genético na forma de uma só molécula circular.

e) ocorrência de processos fotoautótrofo de produção de alimento.

RESOLUÇÃO

As primeiras formas de vida eram células de organização mais simples, compatíveis com os atuais procariontes, cujas características exclusivas incluem: um citoplasma sem compartimentos membranosos; uma só molécula de DNA circular, determinando uma divisão sem fases; ausência de carioteca; processos de transcrição e tradução simultâneos.

processos de transcrição e tradução simultâneos. 2010Salvador/Pré-Vestibular/Ciênc ias
processos de transcrição e tradução simultâneos. 2010Salvador/Pré-Vestibular/Ciênc ias

2010Salvador/Pré-Vestibular/Ciências Naturais/20100323_Primeira Avaliação_Caderno_GABARITO.doc/sps

COL É GIO OFICINA 25 Utilize o código abaixo para as questões 41 e 42.

COLÉGIO OFICINA

25
25
COL É GIO OFICINA 25 Utilize o código abaixo para as questões 41 e 42. a)
COL É GIO OFICINA 25 Utilize o código abaixo para as questões 41 e 42. a)

Utilize o código abaixo para as questões 41 e 42.

a) Todas as proposições são corretas.

b) Apenas uma das proposições é correta.

c) Apenas I e II são corretas.

d) Apenas II e III são corretas.

e) Apenas I e III são corretas.

Considerando-se os diversos processos evolutivos envolvidos na geração do eucarionte e da vida multicelular, é possível afirmar:

41. (

)

I.

A pluricelularidade subordinou-se ao desenvolvimento das endomembranas na célula.

II.

A diversificação das funções citoplasmáticas, a partir das endomembranas, foi um dos fatores favoráveis,

para o estabelecimento, com sucesso, dos eucariontes.

III.

O

aumento do genoma representou o suporte genético do processo evolutivo que culminou com a

formação do eucarionte ancestral.

RESOLUÇÃO

I. F

II. V

III. V

O estabelecimento da pluricelularidade resultou da organização eucariótica que possibilitou a especialização

celular, a diversificação de funções, um metabolismo mais eficiente e um comportamento social celular. Para determinar e manter as características da nova célula, houve ampliação do genoma que se traduziu em novas proteínas estruturais e enzimáticas – suporte das funções na estrutura emergente.

 

Resposta: A

42. (

)

I.

A

endossimbiose que originou o cloroplasto antecedeu o processo que originou a mitocôndria ao longo da

formação dos grupos atuais de seres vivos.

II.

A

fotossíntese aeróbia oportunizou a ocupação da terra firme por organismos eucariontes e pluricelulares.

III.

As mitocôndrias surgiram de bactérias autótrofas aeróbias em associação com o eucarionte ancestral.

RESOLUÇÃO

 

I. F

 

II. V

III. F

As mitocôndrias surgiram da simbiose entre o eucarionte em formação e bactérias heterótrofas aeróbias, enquanto os cloroplastos surgiram da associação com as cianobactérias, posteriormente. A fotossíntese aeróbia liberou o oxigênio no ambiente, possibilitando a formação da camada de ozônio e a colonização da terra firme.

Resposta: B

ozônio e a colonização da terra firme. Resposta: B 2010Salvador/Pré-Vestibular/Ciênc ias
ozônio e a colonização da terra firme. Resposta: B 2010Salvador/Pré-Vestibular/Ciênc ias

2010Salvador/Pré-Vestibular/Ciências Naturais/20100323_Primeira Avaliação_Caderno_GABARITO.doc/sps

COL É GIO OFICINA 26 43. Supõe-se que a primeira célula tenha sido originada a

COLÉGIO OFICINA

26
26
COL É GIO OFICINA 26 43. Supõe-se que a primeira célula tenha sido originada a partir
COL É GIO OFICINA 26 43. Supõe-se que a primeira célula tenha sido originada a partir

43. Supõe-se que a primeira célula tenha sido originada a partir da inclusão de uma molécula com características especiais em um compartimento fosfolipídico primordial.

Com relação a essa molécula e suas características, que possibilitaram o surgimento da primeira célula, pode-

se afirmar:

a) Trata-se do DNA, que possui capacidade de agregar-se espontaneamente em meio aquoso e serve de molde para a síntese protéica.

b) Trata-se da molécula de RNA, que, primordialmente, deveria apresentar a capacidade de autoduplicação e ação catalítica em reações químicas.

c) Tratam-se de aminoácidos, devido ao seu potencial de síntese de moléculas orgânicas.

d) Trata-se do DNA, devido aos dois filamentos emparelhados.

e) Tratam-se de glicídios, devido à sua simplicidade bioquímica e estabilidade estrutural.

RESOLUÇÃO

A primeira molécula replicável foi, provavelmente, o RNA, pois é monocatenária e capaz de autocatalisar sua

própria replicação.

Resposta: B Resposta: E
Resposta: B
Resposta: E

44. Utilize o digrama ao lado e o código abaixo:

São corretas apenas as proposições:

a)

I,

II e III

b)

I e II

c)

I e III

d)

II

e III

e)

Uma das proposições

Sobre o processo ilustrado e sua aplicação é correto afirmar:

I. Os genes são restritos a cada tipo celular, tornando-as diferenciadas ao longo da embriogênese.

II. O experimento revela a inexistência de células tronco em organismos adultos.

III. A formação de células diferenciadas resulta da ativação diferencial dos genes que ocasionam transformações anatômicas e fisiológicas para adaptá- las a funções específicas.

RESOLUÇÃO

I. F

A

II. F

III. V

diferenciação celular decorre da ativação diferencial dos

genes ao longo da embriogenese. As células conservam todo o estoque genético do zigoto – a célula tronco primordial que origina todos os tipos celulares do organismo. No adulto são conservados alguns tipos de células- -tronco para a recomposição de tecidos.

de células- -tronco para a recomposição de tecidos. 2010Salvador/Pré-Vestibular/Ciênc ias
de células- -tronco para a recomposição de tecidos. 2010Salvador/Pré-Vestibular/Ciênc ias

2010Salvador/Pré-Vestibular/Ciências Naturais/20100323_Primeira Avaliação_Caderno_GABARITO.doc/sps

COL É GIO OFICINA 27 45. “Vários cientistas, entre os quais J. William Schopf, registraram

COLÉGIO OFICINA

27
27
COL É GIO OFICINA 27 45. “Vários cientistas, entre os quais J. William Schopf, registraram achados
COL É GIO OFICINA 27 45. “Vários cientistas, entre os quais J. William Schopf, registraram achados

45. “Vários cientistas, entre os quais J. William Schopf, registraram achados de microrganismos fósseis isolados

Estudos mais recentes do mesmo autor descrevem o

encontro de micróbios fósseis de 3.465 bilhões [de anos]. Trata-se de impressões filamentosas em rochas sedimentares de micróbios dotados de certa complexidade — fieiras de células que foram classificadas como algas azul-verdes ou cianobactérias que abriram caminho para o pleno desabrochar da vida, até chegar à produção das primeiras algas multicelulares.”

(Reis. In: Folha de S. Paulo, p. 23)

ou em colônias com mais de 3 bilhões de anos. (

)

O estabelecimento das cianobactérias abriu caminho ao pleno desabrochar da vida, porque:

a) constituíram os unicelulares precursores das mitocôndrias.

b) formaram populações que, em constantes relações mutualísticas, criaram a vida heterotrófica.

c) realizaram processos fermentativos altamente rentáveis do ponto de vista energético.

d) possibilitaram a liberação da matéria-prima essencial à formação da camada de ozônio.

e) enriqueceram a Terra com aportes de energia luminosa.

RESOLUÇÃO

A fotossíntese das cianobactérias utiliza a água como doadora de H para a síntese da molécula orgânica. Em

consequência, ocorre liberação de O 2 como resíduo do processo, possibilitando a formação da camada de

ozônio.

Resposta: D

a formação da camada de ozônio. Resposta: D 2010Salvador/Pré-Vestibular/Ciênc ias
a formação da camada de ozônio. Resposta: D 2010Salvador/Pré-Vestibular/Ciênc ias

2010Salvador/Pré-Vestibular/Ciências Naturais/20100323_Primeira Avaliação_Caderno_GABARITO.doc/sps

COL É GIO OFICINA 28 PORTUGUÊS – 01 A 15 INTERPRETAÇÃO DE TEXTOS 01. b)

COLÉGIO OFICINA

28
28
COL É GIO OFICINA 28 PORTUGUÊS – 01 A 15 INTERPRETAÇÃO DE TEXTOS 01. b) um
COL É GIO OFICINA 28 PORTUGUÊS – 01 A 15 INTERPRETAÇÃO DE TEXTOS 01. b) um

PORTUGUÊS – 01 A 15

INTERPRETAÇÃO DE TEXTOS

01. b) um juízo de valor cujo sentido inusitado e surpreendente se revela na última fala do texto.

Comentário:

Releia os dois últimos quadrinhos, pois eles trazem uma opinião sobre a maneira de pensar de homens e mulheres. O final é completa- mente inusitado.

02. c) Conservem-se os pequenos à frente e os grandes logo após.

Comentário:

Em quase todas as alternativas, as palavras sublinhadas são adjetivos. Somente na alterna- tiva c essas palavras foram usadas como substantivos. Observe o uso dos artigos antes delas.

03. d) I, II, III

I. “Deixa eu ver” deveria ser “deixe-me ver”. Não há coloquialismo nos outros quadrinhos.

II. O texto apresenta uma situação de fala, logo há características da língua falada em todas as situações.

III. Observe a expressão corporal e perceba a irritação também na fala.

04. a) analogia sugerida entre Georgiana e a princesa de Gales, as quais, em suas respectivas épocas, brilharam, mas não foram felizes.

Comentário:

Georgiana viveu no século XVIII como se pode comprovar nas linhas 4 e 5 do texto. Diana Spencer foi esposa de Charles, Príncipe

de Gales, filho mais velho e herdeiro da Rainha Elizabeth II. Morreu tragicamente num acidente de carro, em Paris, em setembro de

1997.

05. d) “o casal era podre de rico”.

Comentário:

Como o

texto segue a norma padrão, o

exemplo que se opõe é o da alternativa “d”,

que é coloquial.

06. e) As três alternativas anteriores serão entendidas se os leitores conhecerem os pressupostos e os implícitos textuais.

Comentário:

As alternativas a, b, c, d são corretas, mas incompletas. É realmente preciso entender o duplo sentido de “pagar caro” e o seu uso em uma propaganda para a venda do jornal e o aproveitamento de uma característica reconhe- cida como brasileira, a impunidade. Por isso há necessidade de conhecer os pressupostos e perceber os implícitos.

07. c) incerteza

quanto

ao

destino

humano

na

busca de sentido para a existência.

Comentário:

“Somos nautas em viagem” nos faz perceber que o assunto apresentado tem a ver com o destino humano. As duas últimas estrofes trazem marcas “da busca de sentido para a existência”.

08. d) Atenção

para

as

regiões

afastadas

do

centro político e seus habitantes.

Comentário:

Sabe-se que a obra “Os Sertões” trata de uma região extremamente pobre (sertão nordestino) e do povo excluído que vive nela, atendendo a uma das características marcantes das obras tidas como pré- modernistas. Há um enfoque das classes margina- lizadas. Outros autores também enfocam figuras que transitam à margem dos prestigiados ambientes sociais, como por exemplo, Lima Barreto, que tematiza o suburbano.

como por exemplo, Lima Barreto, que tematiza o suburbano. 2010Salvador/Pré-Vestibular/Ciênc ias
como por exemplo, Lima Barreto, que tematiza o suburbano. 2010Salvador/Pré-Vestibular/Ciênc ias

2010Salvador/Pré-Vestibular/Ciências Naturais/20100323_Primeira Avaliação_Caderno_GABARITO.doc/sps

COL É GIO OFICINA 29 09. c) É dramático, com uma linguagem fortemente poética; Comentário:

COLÉGIO OFICINA

29
29
COL É GIO OFICINA 29 09. c) É dramático, com uma linguagem fortemente poética; Comentário: Percebe-se
COL É GIO OFICINA 29 09. c) É dramático, com uma linguagem fortemente poética; Comentário: Percebe-se

09.

c) É dramático, com uma linguagem fortemente poética;

Comentário:

Percebe-se que o texto pertence ao gênero dramático, pois é a fala do protagonista que nos conduz ao longo da narrativa, que transcorre em sua maior parte como um monólogo. A linguagem pode ser percebida no jogo linguístico que Severino faz em torno de seu próprio nome e na caracterização da terra.

10.

d) apenas I e III.

Comentário:

Percebe-se no poema a influência do cientificismo na poética de Augusto dos Anjos, o que confirma o tom materialista, bem como a ausência de alma ou espírito. Isso também torna falsa a II. Tal materialismo manifesta-se na descrição da origem da vida (substâncias químicas) e na morte depois da qual sobram apenas os cabelos, que tem a substância queratina, dificultadora da decomposição.

11. c)

A

prenúncio do trágico destino de Marramaque.

descrição

da

paisagem

constitui

um

Comentário:

A descrição da tarde como tempestuosa, da noite como pavorosa, bem como a presença da escuridão, de ameaçadoras nuvens, da fraca luz de lampiões e de um vento cortante constroem a densidade narrativa que prenuncia o brutal assassinato de Marramaque.

12. (FBDC 2007.1)

b) na ironia.

Comentário:

Uma vez que a ironia consiste na denúncia de um problema, de um olhar duro sobre a realidade, percebe-se que os trechos destacados são profundamente irônicos. Em I, o narrador apresenta como motivo principal para que “Negrinha” vivesse escondida, um “gosto pessoal” da patroa, objetivando criticar a violência presente no racismo e na discriminação. Em II, a crítica faz-se pelo fato de as atitudes da patroa dizerem sobre ela exatamente o oposto da fala do reverendo. O Pré- -modernismo faz uma denúncia das mazelas sociais.

13. e) não era visto, de fato, com legitimidade, pois se valia de Negrinha para aplacar sua gana.

Comentário:

É sabido que, na prática, a abolição datada de 13 de maio não acabou realmente com a escravidão. A prova disso são os maus tratos dispensados a “Negrinha” pela patroa. Caso reconhecesse alguma legitimidade no documento assinado pela Princesa Isabel, a patroa libertaria “Negrinha”.

14. (FDC 2006)

a) se baseia no modelo determinista, segundo o qual o homem é determinado pelo meio em que vive.

Comentário:

Não só no momento destacado sobre a vida de Antônio Conselheiro, mas na própria descrição do sertanejo, Euclides da Cunha apresenta o homem como fruto dos acontecimentos e das suas condições de vida. O autor divide sua obra seguindo os preceitos do Determinismo: o meio, a raça e o momento.

15. (UESB)

c) I, II e III.

Comentário:

I está correta, pois o motorista, sabendo

errado, vale-se de ser promotor de justiça para sair impune, enquanto o guarda cobra propina para não cumprir seu dever.

II está correta porque, no 1º caso, os dois

envolvidos usam o poder para tirar proveito da situação. No último, o encerramento arbitrário é feito de um lugar de poder, e é em nome do poder que o presidente do órgão resolve a situação. III está correta, pois nem uma agressão física,

nem o desrespeito à população podem ser exemplos de cordialidade.

A lei “do mais forte”, em que quem tem mais

poder se sobressai está presente nos três casos e

definitivamente não deve valer e nem vale para todos.

e definitivamente não deve valer e nem vale para todos. 2010Salvador/Pré-Vestibular/Ciênc ias
e definitivamente não deve valer e nem vale para todos. 2010Salvador/Pré-Vestibular/Ciênc ias

2010Salvador/Pré-Vestibular/Ciências Naturais/20100323_Primeira Avaliação_Caderno_GABARITO.doc/sps