Você está na página 1de 34

1.

IDENTIFICAÇÃO DA ESCOLA

1.1. A Escola O CENTRO EDUCACIONAL IPÊ ROXO LTDA - ME tem sede em São Paulo, Capital, à Rua dos Ipês, 100 – Campo Limpo - CEP 0700-000 - Tel/Fax 5500-3333, São Paulo SP - CEP 0700-000 -CNPJ (M.F.) no. 00.330.000/0001-00 e CCM (PMSP) no. 2.222.222.2

1.2. A Mantenedora O CENTRO EDUCACIONAL IPÊ ROXO LTDA - ME é mantido pela ESCOLA MADRE ALMERINDA VALENTE S/C LTDA., estabelecida à Rua Dr. Luiz Severiano, 181 Jardim das Flores, - São Paulo - SP, CEP 0700-000.

1.3. Histórico O CENTRO EDUCACIONAL IPÊ ROXO LTDA - ME foi criado no ano de 1985 como conseqüência lógica de todo o processo de desenvolvimento do bairro o qual está localizado. A escolha do nome foi feita pela sua fundadora, em respeito a uma árvore cinqüentenária de ipê roxo que se encontra no terreno da escola e que foi preservada na construção do colégio. A planta de edificação da escola foi elaborada com muito cuidado e hoje podemos ver a harmonia que ela proporcionou ao ambiente escolar.

2. FINS E OBJETIVOS

O CENTRO EDUCACIONAL IPÊ ROXO tem por finalidade e objetivo oferecer serviços educacionais para crianças e jovens de 11 (onze) anos de idade até 18 (dezoito) anos, nos cursos de Ensino Fundamental Ciclo II e Ensino Médio, de acordo com o disposto

1

na LDB 9.394/96. Autorizado a funcionar no Ensino Fundamental – Ciclo II e Ensino
Médio nos termos do artigo 7º, Inciso III da Deliberação CEE nº 29/82.

3. AUTORIZAÇÃO DE FUNCIONAMENTO

O CENTRO EDUCACIONAL IPÊ ROXO foi autorizado a funcionar pela Secretaria de Estado da Educação de São Paulo, através de publicação no Diário Oficial do Estado de São Paulo, Portaria de 10 de dezembro de 1984 (Processo 3000/0015/1984 - 00) e está jurisdicionada à Diretoria de Ensino 00 da Coordenadoria de Ensino da Região Metropolitana da Grande São Paulo.

2

4. ALUNOS E COMUNIDADE

A clientela do Centro Educacional Ipê Roxo é de classe média, predominando famílias onde pais e mães trabalham fora, empregados na indústria e comércio e serviços (escritórios, bancos e funcionalismo público). A região onde a escola está instalada é predominantemente voltada para residência e pequeno e médio comércios, havendo um bolsão residencial de padrão ligeiramente superior à média da zona sul de São Paulo, cuja ocupação se deu no século passado, em meados dos anos cinqüenta, por comunidade de adventistas. Em termos de estrutura urbana, a região conta com hospital municipal de grande porte (Campo Limpo), Posto de Saúde, uma Sub-Prefeitura (Campo Limpo), escolas estaduais e municipais de Educação Infantil, Ensino Fundamental e Médio, além de uma rede de escolas privadas atendendo à demanda de Ensino Básico e Ensino Superior (Faculdade Adventista e uma unidade da UNIBAN). Apesar disso, é grande a demanda por creches e escolas de educação infantil, por parte de famílias que não têm condições de matricular seus filhos na rede particular. Quanto à clientela das escolas privadas, esta apresenta um nível de educabilidade superior àquele encontrado nos alunos da escola pública, certamente em função de serem provenientes de famílias mais estruturadas; e isso reflete na capacidade de aprender e na maior facilidade em acompanhar o currículo escolar básico. A violência é marca registrada na região, sendo um dos bairros - o Jardim Ângela conhecido pela criminalidade, explorada de modo abusivo pela mídia. Faltam empregos para os jovens e parte dos adultos ali moradores e faltam atividades e áreas de lazer. O atendimento comercial é bom, havendo grande quantidade de estabelecimentos do tipo padarias, farmácias, pequeno comércio em geral, livraria e supermercado. Não há grandes indústrias. É bem servida também quanto ao aspecto religioso: reduto tradicional de adeptos da religião adventista, possui ainda templos de outras confissões evangélicas, além de igrejas católicas, terreiros e umbanda e candomblé.

3

dado que sua maioria se desloca. O grande comércio está ausente (à exceção da rede bancária). Santo Amaro. A melhoria dos transportes repercutiu favoravelmente quanto à melhoria da qualidade de vida da população local. havendo concentração de hipermercados e shopping na região adjacente e polarizadora. havendo ainda boa rede de água. além dos serviços do Metropolitano (Linha lilás). O transporte melhorou substancialmente nos últimos anos. para trabalhar em bairros da cidade.As ruas da região são asfaltadas. inaugurados recentemente. correio e telefonia. havendo grande número de empresas de ônibus e lotações. 4 . esgotos. diariamente. eletricidade.

Secretaria 1 secretário de escola. 5. 1 auxiliar de serviços gerais . Assistente de Direção: Raquel Antunes Pedagoga formada pela Universidade Paulista. SP Registro MEC: 0510300. Processo nº 1983. Livro 4. de 22.10. Organização Administrativa O CENTRO EDUCACIONAL IPÊ ROXO oferecendo Ensino Fundamental (Ciclo II) e Ensino médio conta com a seguinte estrutura administrativa: . RECURSOS HUMANOS 5. Administração e pessoal de apoio . São Paulo.3.Direção e Assistente . executa e controla todas as atividades desenvolvidas no âmbito da unidade escolar.Técnicos 5.1. 000.5. fls. SP.Administração e pessoal de apoio .1.Limpeza 2 serventes 1 auxiliar de cozinha 5 . São Paulo. Diretor: Vitória Carmine Pedagoga formada pela Universidade Lusíada.00002. fls.2.82. Registro MEC: 0510200.83. Diretoria e Assistente A Direção e Assistente de Direção da Escola são o núcleo executivo que organiza.10. Livro 4.00001. Processo nº 1982.1.000. de 22. superintende.

Apoio 1 inspetor de alunos 5. 1 professor de Ciências Físicas Biológicas.. 1 professor de Física.Técnicos 1 Coordenador Pedagógico 14 professores Os 14 professores estão divididos nas seguintes áreas: 2 professores de Letras. 1 professor de Filosofia. 1 professor de História. No presente momento. 1 professor de Inglês. 2 professores de Matemática. 1 professor de Educação Física. 1 professor de Química.4. 1 professor de Geografia. o Diretor do CENTRO EDUCACIONAL IPÊ ROXO acumula a função de Coordenador Pedagógico. 1 professor de Biologia. 1 professor de Educação Artística. 6 .

Kit de mapas. Livros para pesquisa. 10 micro-computadores pedagógicos. Atlas.6. 01 antena parabólica. 07 videocassetes. 01 multifuncional. Livros didáticos. Acervo bibliográfico. 01 aparelho de som. Material para laboratório de Física. softwares educativos. RECURSOS MATERIAIS MATERIAL DIDÁTICO E PEDAGÓGICO A escola conta com o seguinte material didático e pedagógico: 07 televisores. Livros de literatura. Química e Biologia. 7 . 01 radiogravador. 01 tela projetora. Material Dourado. 01 impressora pedagógica. 02 globos iluminados. várias coleções de CDs. Dicionários. Livros de apoio ao professor. coleções de fitas de vídeo. 01 retroprojetor. 01 micro-computador administrativo.

1 Secretaria.000m² Área construída: 697m² O CENTRO EDUCACIONAL IPÊ ROXO conta com 7 salas de aula. arquivo. 1 laboratório de Informática. 01 mesa do professor e 01 lousa 10 microcomputadores Pentium 900.P. 1 sala de Leitura e biblioteca. mesas e cadeiras para o Ensino Fundamental e Médio. ESTRUTURA FÍSICA Área do terreno: 2. 1 mictório e vestiário para utilização dos alunos. 1 quadra.7. microcomputador.00 Nº de alunos possíveis 20 mobiliário 20 jogos de carteiras. As salas de aula encontram-se equipadas com lousas.00 30.00 20 07 6º série do 6ª série do ensino ensino fundamental fundamental Laboratório Laboratório de de informática informática 7ª série do 7º série do ensino ensino fundamental fundamental 8ª série do 8ª série do ensino ensino fundamental fundamental 8 05 06 30.00 20 20 . conforme descrito abaixo: Nº da sala 01 02 Área 30. 1 sala de Diretoria e vice. telefone. banheiro masculino com 5 vasos sanitários individuais. Químicas e Biológicas. banheiro feminino com 5 vasos sanitários individuais e vestiário para utilização dos alunas. cadeiras. 1 sala para o Grêmio e A. 1 cozinha com refeitório. sendo que serão utilizadas de acordo com a descrição do quadro de utilização e capacidade das mesmas. 1 cantina. 4 sanitários para funcionários e professores sendo 2 masculinos e 2 femininos. 01 mesa do professor e 01 lousa Destinação Manhã Destinação Tarde 5ª série do 5ª série do ensino ensino fundamental fundamental Secretaria Secretaria 03 04 30. 1 pátio. 01 mesa do professor e 01 lousa Mesas.M. mesas e cadeiras 20 jogos de carteiras. 1 laboratório de ciências Físicas.. 1 almoxarifado para material de escritório e limpeza.00 40.00 30. impressora/copiadora e armários 20 jogos de carteiras. 1 sala de Professores e/ou Reuniões. e as demais dependências com seus respectivos mobiliários. 01 mesa do professor e 01 lousa 20 jogos de carteiras.

M. 20 jogos de 1ª série do 1ª série do carteiras.00 - Mesa balcão. 4 conjuntos de mesas sextavadas Mesa. Vice Vice microcomputador.00 20 Sala de professores e/ou Reuniões Sala do Grêmio e A.00 20 Mesas.00 20 11 42.P. tubos de ensaio pipetas. 1 mesa ensino médio ensino médio do professor e 1 lousa 20 jogos de 2ª série do 2ª série do carteiras. um freezer vertical. e produtos químicos Armários e Almoxarifado estantes material de escritório e limpeza Cozinha e refeitório A cozinha possui um fogão.00 20 15 9. 1 mesa ensino médio ensino médio do professor e 1 lousa 20 jogos de carteiras. cadeiras. uma geladeira. 1 mesa do professor e 1 lousa Estantes com livros de leitura e pesquisa. 9 .M.00 Nº de alunos possíveis - mobiliário Destinação Manhã Destinação Tarde 08 30.P. cadeiras e armário Mesas. estante.00 20 09 30. Laboratório de ciências Almoxarifado material de escritório e limpeza 13 14 9.00 30.Nº da sala 07 Área 22. cadeira. estante e armário 3ª série do ensino médio 3ª série do ensino médio 10 30.50 24 Sala de leitura e biblioteca Sala de professores e/ou Reuniões Sala do Grêmio e A. impressora e armário. Diretoria e Diretoria e telefone. um armário de parede e um balcão que separa a cozinha do refeitório que se encontra no mesmo ambiente. Laboratório de ciências Sala de leitura e biblioteca 12 30.

os músculos. o ciclo da vida antes do nascimento. sistema reprodutor. A capacidade do refeitório é para 40 alunos. armário e balcão para servir os alunos. Reservatório de água O Centro Educacional Ipê Roxo conta com reservatórios de água com capacidade de 10. uma geladeira. O Corpo Humano: sistema nervoso. . A escola possui: .uma área livre descoberta medindo 210m2 para atividades de recreação. sistema respiratório e circulatório. O Corpo Humano: sistema digestivo Esqueleto Microscópio Os materiais desse laboratório serão ampliados de acordo com a necessidade e solicitação dos professores. um freezer horizontal. que a escola utiliza para o horário do lanche.O refeitório possui quatro mesas grandes e oito bancos.000 litros cúbicos de água. sistema urinário.uma área livre coberta de 60m² para merenda. . Laboratório No laboratório de ciências também se encontram os seguintes materiais: O Corpo Humano: sistema endócrino. 10 .uma quadra descoberta que é utilizada para aulas de Educação Física. Cantina A cantina possui um fogão.

Extintores O CENTRO EDUCACIONAL está equipado contra incêndio possuindo oito aparelhos de extintores. sendo que estão distribuídos no prédio de acordo com a orientação do profissional do Corpo de Bombeiro que nos visitou. Obtivemos o Laudo. um extintor de água no corredor entre as salas 08 e 10. permitindo a limpeza e manutenção adequada. Localização dos extintores: um extintor de pó químico ao lado da caixa de luz. um extintor de água na cozinha. um extintor de pó químico ao lado do laboratório de informática (sala 4) e um extintor de água entre a salas 3 e 5. e outro na cantina. (já se encontra na Del. Bebedouros A escola possui 08 bebedouros.Os reservatórios estão situados em lugares de fácil acesso. um extintor de água no corredor entre a diretoria e a secretaria. um extintor de água ao lado do laboratório de ciências. um extintor de pó químico ao lado da biblioteca. 11 . distribuídos pelas dependências da escola. contando também com ventiladores e iluminações artificiais. Ventilação e iluminação A ventilação e iluminação por via natural estão presentes em toda a parte dos ambientes. Ensino de Jacareí).

proporcional ao número de classes do estabelecimento de ensino. Conselho de Escola O Conselho de escola. QUADRO DA ESCOLA O quadro escolar da formação das turmas/classe.2.1.8. As reuniões são realizadas bimestralmente e consta no calendário escolar que é distribuído no início do ano. programas especiais visando a integração escola-família-comunidade. 9. eleito no início do ano letivo. Esta instituição escolar está de acordo com o artigo 95 da Lei Complementar 444/85. CONSELHOS ESCOLARES E DE REPRESENTAÇÃO 9. 40% de docentes ou seja professores e 2 suplentes. 5 pais e mais 2 suplentes. presidido pelo Diretor da escola com 20 componentes. 12 8 . acomodação da clientela por período e salas encontra-se anexado ao presente plano. 5 alunos e mais 2 suplentes e 1 funcionário. Conselhos de Classe e Série Serão efetuadas reuniões dos conselhos de classe e conselhos de série. É composto pelo Diretor. para discussão do processo educativo dos alunos e avaliação de seu rendimento escolar. prioridades para aplicação de recursos da escola e das instituições auxiliares. de natureza deliberativa. no Ensino Fundamental e Médio. As atribuições do Conselho de escola: deliberar diretrizes e metas da unidade escolar. criação e regulamentação das instituições auxiliares da escola. 9.

Realizar intercâmbio e colaboração de caráter cultural. de 04/11/85. cívico.- penalidades disciplinares a que estiverem sujeitos os funcionários. no trabalho escolar. professores. sem distinção de raça.3. cor. 8. alunos. bem como pelo ensino público e gratuito. Zelar pela adequação do ensino às reais necessidades da juventude e do povo. - apreciação dos relatórios anuais da escola. tendo por finalidade: 1. a independência e o respeito às liberdades fundamentais do homem. 13 . no artigo 1º. educacional. analisando seu desempenho em face das diretrizes e metas estabelecidas. desportivo e social com outras escolas. 6. funcionários. desportivas e sociais. Grêmio A Lei Federal nº 7398. 3. Lutar pela democracia permanente da escola e por meio da participação direta nos fóruns internos de deliberação desta instituição. 7. essa lei assegura à organização do Grêmio Estudantil como entidades autônomas representativas dos interesses dos estudantes secundaristas. - elaboração do calendário escolar e do Regimento Escolar. Participação dos alunos no Grêmio. Promover a cooperação entre administradores. Defender a democracia. 5. convicção política ou religiosa. O grêmio estudantil Turma do Ipê Roxo desta Unidade Escolar foi fundado em 30 de junho de 1985. observada as normas do Conselho Estadual de Educação e legislação pertinente. com sede neste estabelecimento de ensino e de duração ilimitada. Defender os interesse individuais e coletivos dos alunos da escola. nacionalidade. artística e desportiva de seus membros 4. com finalidades educacionais. servidores e alunos da Unidade Escolar. 9. 2. Incentivar a cultura literária. cívicas. sexo. culturais.

Diretor 14 . 1 tesoureiro. O Conselho Deliberativo Tem por finalidade deliberar as verbas obtidas através das doações. fazer alterações no quadro que houver necessidade. etc. tem por obrigação suprir a ausência do mesmo e participar ativamente do mesmo. 1 secretário. 1 Diretor Cultural. 1 Diretor de Esportes e 14 colaboradores. 1 Diretor Social. Temos no ano de 2005 60% de alunos associados e que zelam pelas finalidades do Grêmio. Conselho Executivo: vice. ou seja. bem como divulgar resultado. Diretor Financeiro: vice. Bem como. administrar os recursos conseguidos através das doações.O Grêmio Estudantil turma do Ipê Roxo conta com 1 presidente. O Conselho Fiscal Tem por finalidade. Os suplentes Na ausência de algum membro do Conselho acima. 1 vice-presidente.4. 1 Imprensa. O Conselho Executivo Executa as atividades propostas pelo Conselho Deliberativo. na execução de pequenos reparos e compra de material que se faz necessário no atendimento da Unidade Escolar. 8 professores. Como a escola não tem autonomia para movimentar recursos financeiros diretamente. O Conselho Deliberativo é composto por: presidente (diretora). 9. É composta por: no mínimo 23 pessoas (11 no Conselho Deliberativo. que tem como objetivo contribuir no processo educacional e na integração família-escola-comunidade. festas e excursões. que recebe e aplica os recursos vindos da Secretaria de Educação ou resultante de festas e de contribuiões espontâneas. fiscalizar e cobrar os resultados do Conselho Executivo. Associação de Pais e Mestres É uma instituição auxiliar da escola. 2 pais. é pela APM. 9 na Diretoria Executiva e 3 no Conselho Fiscal). 1 aluno (maior de 18 anos). festas e excursões organizadas pela escola com auxílio da APM.

a APM deve constituir-se em entidade civil de direito privado. através de atividades sócio-educativa-cultural-desportiva. alunos. . na assistência ao escolar (bolsa de estudo) e na integração família-escola-comunidade. cito apenas o artigo I e III. com objetivos sociais e educativos. sem fins econômicos. professores e membros da comunidade. conforme Decreto 12983. As verbas recebidas são oriundas de festas e doações particulares que são aplicadas na manutenção e melhorias da mesma. de comum acordo com a direção da escola e aprovação do Conselho de Escola. que estabeleceu o Estatuto Padrão das Associações de Pais e Mestres. este é o artigo I do Estatuto. A APM deve ter estatuto próprio. vice. de 15 de dezembro de 1978. Conselho Fiscal. Promover o entrosamento entre: pais. conforme leis e decretos vigentes. A finalidade da APM. que ao todo são 49 artigos do Estatuto Padrão da APM do Centro Educacional Ipê Roxo Ltda. . Diretor de Esporte. Representar os reais interesses da comunidade e dos pais de alunos junto à Direção da escola. contribuindo com sugestões para adoção de medidas que julgarem necessárias. movimentar contas bancárias e firmar convênios de qualquer espécie. não recebe recursos financeiros públicos. visando sempre à realidade dessa mesma comunidade. promovendo encontros de pais para refletirem sobre a política educacional vigente. 15 . o Centro Educacional Ipê Roxo constitui sua APM em 26/02/1985. Para ter existência legal e amparo jurídico. Integrar a comunidade no contexto escolar. ao aprimoramento do ensino e para a integração família-escola-comunidade. . vice. vice. A escola por pertencer à rede privada. vice. respeitando as decisões tomadas pelo Conselho de Escola. é auxiliar a escola no aprimoramento do processo educacional. vice. realizar atividades empregatícias. Diretor Patrimonial. Diretor Social. como pessoa jurídica de direito privado.Cultural. Colaborar para o sucesso de ações previstas na Proposta Pedagógica da escola voltada para: a assistência ao educando. Com base no Decreto citado acima. Secretária. Os principais objetivos da APM do Centro Educacional Ipê Roxo é: .

para o ano letivo de 2005. A compreensão do ambiente natural e social. MODALIDADES DE EDUCAÇÃO E ENSINO O CENTRO EDUCACIONAL IPÊ ROXO oferece. 32 da LDB no.1. sempre dentro dos critérios de prioridade. 10. os objetivos do ensino fundamental são os seguintes: 1. da escrita e do cálculo. NÍVEIS. das artes e dos valores em que se fundamenta a sociedade. Contribuir para melhoria e conservação do aparelhamento da escola.394/96. FINS E OBJETIVOS DOS CURSOS 11. Ensino Fundamental Nos termos do Art. ORGANIZAÇÃO DA VIDA ESCOLAR 10. Promover palestras. tendo como meios básicos o pleno domínio da leitura. os seguintes cursos: - Ensino Fundamental (Ciclo II) Ensino Médio 11. O desenvolvimento da capacidade de aprender. 16 .1. da tecnologia. do sistema político. 2.. . a partir das necessidades apontadas por esses segmentos. conferências e círculos de estudos envolvendo pais e professores. 9. sendo as condições dos educandos fator de máxima prioridade.

3. para continuar aprendendo. de modo a ser capaz de se adaptar com flexibilidade às novas condições de ocupação ou aperfeiçoamento posteriores. tendo em vista a aquisição do conhecimento e habilidades e a formação de atitudes e valores. 5. O desenvolvimento da capacidade de aprendizagem. 17 . a preparação básica para o trabalho do educando. 35 da LDB no. tendo em vista a aquisição de conhecimentos e habilidades e a formação de atitudes e valores. • o fortalecimento dos vínculos de família. possibilitando o prosseguimento de estudos. do sistema político. 9.394/96. • o desenvolvimento de competências e habilidades que levem o educando a exercer sua cidadania. a consolidação e o aprofundamento dos conhecimentos adquiridos no ensino fundamental. • a compreensão do ambiente natural e social. 2. da tecnologia. das artes e dos valores em que se fundamenta a sociedade. da escrita e do cálculo. O fortalecimento dos vínculos de família. os objetivos do ensino médio são os seguintes: 1. tendo como meios básicos o pleno domínio da leitura.2. dos laços de solidariedade humana e de tolerância recíproca em que se assenta a vida social. 4. O domínio de competências e habilidades que levem à consciência da cidadania e facilitem a melhor inserção do educando no ambiente social. 11. • o desenvolvimento da capacidade de aprendizagem. dos laços de solidariedade humana e de tolerância recíproca em que se assenta a vida social. Sendo assim o Centro Educacional Ipê Roxo terá como objetivo para o Ensino Fundamental Ciclo II os seguintes objetivos para a formação básica do cidadão: • o desenvolvimento da capacidade de aprender. Ensino Médio Nos termos do Art.

relacionando a teoria com a prática. com aulas de 50 (cinqüenta) minutos cada. Por formação integral entende-se a vivência constante do conjunto de valores e princípios sobre os quais a escola está assentada. evitando a especialização. em 200 (duzentos) dias letivos de efetivo trabalho escolar no ano civil. Assim se faz. Na ponta da informação. no ensino de cada disciplina. do cidadão e do meio social em que o aluno vive. dentro da Filosofia de Educação da Escola. o aprimoramento do educando como pessoa humana. confirmando assim a preocupação anterior com a formação integral da juventude que lhe é confiada.394/96. pois é crença da filosofia do Centro Educacional Ipê Roxo de que o jovem e a jovem devem ter a oportunidade de iniciar-se em todos os aspectos do patrimônio científico e cultural acumulado pela humanidade. opta-se pelo cunho generalista do curso. não incluindo reuniões pedagógicas (que acontecerão fora do horário letivo). Como era de se esperar. 4. incluindo a formação ética do educando e o desenvolvimento de sua autonomia intelectual e do pensamento crítico. numa discussão/reflexão com direção e sentido sempre voltados para a construção da pessoa. a compreensão dos fundamentos científico-tecnológicos dos processos produtivos. DURAÇÃO DOS CURSOS E CARGA HORÁRIA Nos termos da LDB 9. o curso de Ensino Médio mantêm-se dentro da perspectiva da formação integral do aluno com o concurso de uma sólida transmissão de informação. os cursos de Ensino Fundamental (Ciclo II) e Ensino Médio terão a seguinte duração e cargas horárias: Ensino Fundamental (Ciclo II) e Ensino Médio: mínimo de 800 (oitocentas) horas letivas. 12.3. 18 .

1. tem duração de quatro anos letivos sendo organizado em quatro séries. O Ensino Fundamental Ciclo II. Ensino Fundamental (Ciclo II) O Ensino Fundamental está organizado em séries e os currículos são organizados de 19 . CALENDÁRIO ESCOLAR O calendário escolar relativo ao período letivo 2005 encontra-se anexado ao presente Plano. tem duração de três anos letivos sendo organizado em três séries.2. ORGANIZAÇÃO E COMPOSIÇÃO CURRICULARES 15. encontram-se anexadas ao presente Plano. 13. GRADE CURRICULAR A grade curricular . 12. Cada série terá duração de um ano em um período de 200 dias letivos e 800 horas de efetivo trabalho escolar.12. organizadas por disciplinas e horários. 15.relativas ao ano letivo de 2005. 14. Cada série terá duração de um ano em um período de 200 dias letivos e 800 horas de efetivo trabalho escolar.1.de Ensino fundamental (Ciclo II) e Ensino Médio . O Ensino Médio.

Ciências.Parte Diversificada.Base Nacional Comum Área de Linguagens. Arte.394/96. Ensino Médio O Ensino Médio está organizado em séries e os currículos são organizados de acordo com o Art. códigos e suas Tecnologias Língua Portuguesa. 15.Parte Diversificada Inglês.Parte Diversificada.394/96. Arte. em Componentes Curriculares . Matemática. II . Geografia. Educação Física.2. Ensino Religioso. 26 da LDB 9. em Componentes Curriculares .Base Nacional Comum Língua Portuguesa. I .acordo com o Art. História. 20 . Educação Física. 26 da LDB 9.Base Nacional Comum e Componentes Curriculares .Base Nacional Comum e Componentes Curriculares . I .

Área das Ciências Humanas e suas Tecnologias História. Orientação sexual. Diversidades culturais.Temas Transversais 21 . Física. A parte diversificada do currículo segue os referenciais . Geografia.Área das Ciências da Natureza. II . Observações a. Temas locais. Trabalho e consumo. Saúde. Química.Parte Diversificada Área de Linguagens. Matemática e suas Tecnologias Biologia. Matemática. Área das Ciências Humanas e suas Tecnologias Filosofia. Temas de transversalização Ética e cidadania. Educação ambiental. Códigos e suas Tecnologias Inglês.

com a preponderância do aspecto qualitativo sobre o aspecto quantitativo. sendo sustentada por procedimentos de observação e registros contínuos. de caráter obrigatório dentro do calendário escolar. nos diferentes momentos do trabalho educacional. dos procedimentos pedagógicos. realizada pelo Conselho de Classe e Série em reuniões especialmente convocadas. 16. 16. de acordo com os objetivos e metas constantes da Proposta Pedagógica e Plano de Gestão. dos alunos e dos demais funcionários. 9. se necessário.Parâmetros Curriculares Nacionais e será utilizada para contextualizar. orientação e reformulação. na Indicação CEE-SP/07/2001 e Deliberação CEE-SP/16/2001. a avaliação de aproveitamento escolar do aluno tem por objetivo a verificação das aprendizagens qualitativa e quantitativa. da participação da comunidade escolar nas atividades propostas pela Escola. 22 . para permitir o acompanhamento: sistemático e contínuo do processo de ensino e do processo de aprendizagem. Avaliação no Ensino fundamental Ciclo II e Ensino Médio No Ensino Fundamental. Terá como meta o aprimoramento da qualidade do ensino.VERIFICAÇÃO DO RENDIMENTO ESCOLAR A avaliação incidirá sobre os aspectos pedagógicos.1. será ministrado de acordo com o previsto no Art. do desempenho da equipe escolar. 33. financeiros e administrativos.394/96. A avaliação interna. sempre que possível. devendo ser realizada através de procedimentos internos. AVALIAÇÃO .contidos nos PCNs . da LDB no. pelos órgãos supervisores. O ensino religioso. administrativos e financeiros da atividade escolar. Parágrafo segundo. os conteúdos das disciplinas da Base Nacional Comum. definidos pela Escola e externos. b. terá como objetivo a análise.

leituras e provas. Repensar novas estratégias de trabalho em classe. Todo trabalho realizado com o aluno é em potencial um instrumento de avaliação. INSATISFATÓRIO.NOTAS DE 7. REGULAR. 23 .3. Objetivos da Avaliação São objetivos da avaliação: 1. 16. Acompanhar e verificar o desempenho e a aprendizagem dos conhecimentos.0 A 8.NOTAS DE 9.2.0 A 10. pesquisas.00.0.NOTAS DE 5. 4. 5. Avaliar se o aluno está se apropriando dos conhecimentos e se estes estão sendo significativos e contínuos. analisar e retomar a defasagem no aprendizado. As avaliações serão bimestrais e as médias serão expressas em conceitos ÓTIMO.ABAIXO DE 5. Detectar. experiências. 16. BOM . de acordo com o previsto no Regimento Escolar: ÓTIMO . 2.0.00. INSATISFATÓRIO . sendo necessária a obtenção do conceito mínimo REGULAR para a promoção. Instrumentos de Avaliação São Instrumentos de avaliação: 1. para cada componente curricular.00 A 6.Os resultados da aprendizagem são aferidos através de avaliação sistemática e contínua dos trabalhos. 3. exercícios. Verificar se o aluno transfere conhecimento na resolução de situações novas. BOM. A equiparação dos conceitos a notas quantitativas é feito da forma seguinte. REGULAR .

São igualmente importantes a auto-avaliação e a avaliação formativa. com programação estabelecida pela coordenação pedagógica.5. Os instrumentos devem avaliar o aluno passo a passo. Toda proposta deve levar o aluno a estar em contato com a construção do conhecimento. Provas. Apuração de freqüência. 16. 16. 3. que será resultante da média aritmética das notas de cada bimestre. trabalhos de pesquisa. igual ou superior a 75% (setenta e cinco por cento) em cada componente curricular. Ao término do ano letivo. devem avaliar os conteúdos e habilidades de forma clara e inteligível. 24 . Os estudos de recuperação são realizados regularmente. entre outros. Ao término do ano letivo será extraída a média anual final do aluno em cada componente curricular. de forma contínua. 4. listas de exercícios (individuais ou em grupo). será considerado promovido o aluno que obtiver número total de conceitos anual igual ou superior REGULAR em todas as disciplinas e freqüência anual. Os instrumentos devem avaliar o raciocínio e a criatividade do aluno. Os períodos de recuperação precederão os períodos das avaliações bimestrais e finais.2.4. através de atividades escolares suplementares. 6. orientadas pelo professor da classe. Critérios de Avaliação O sistema de avaliação do CENTRO EDUCACIONAL IPÊ ROXO compreende os critérios de: Avaliação do aproveitamento escolar. Recuperação O aluno de aproveitamento insuficiente será submetido a estudos de recuperação. 5. no decorrer dos períodos letivos.

se submetido às atividades de recuperação.6. REGULAR.A Escola assegurará ao aluno com aproveitamento INSATISFATÓRIO. A promoção por assiduidade não exclui a responsabilidade de avaliação dos conteúdos trabalhados. O aluno com freqüência igual ou superior a 75% (setenta e cinco por cento) e conceito INSATISFATÓRIO poderá ser promovido. no mínimo. apesar de submetidos às atividades de recuperação e independentemente da assiduidade mínima exigida pela legislação educacional em vigor. Retenção Serão considerados retidos: Os alunos que não apresentarem assiduidade compatível a. no mínimo. 16. Os alunos que apresentarem rendimento escolar inferior ao conceito REGULAR em cada componente curricular. Promoção A verificação do rendimento escolar decorrerá da avaliação do aproveitamento e apuração da assiduidade. independentemente do rendimento escolar.7. 25 . 75% (setenta e cinco por cento) do total de horas letivas dadas e total de dias letivos previstos pela legislação educacional em vigor. nos termos regimentais. A promoção nos componentes Educação Física e Ensino Religioso decorrerá da apuração de assiduidade. Será considerado promovido para a série subseqüente ou concluinte do curso. estudos de recuperação antes do fechamento da última síntese de avaliação. o aluno que obtiver freqüência igual ou superior a 75% (setenta e cinco por cento) e conceito final. 16.

serão realizadas provas da base nacional comum. o responsável pelo aluno deverá indicar a série em que pretende a matrícula. nos termos da LDB No.16. Os dados relativos à apuração de assiduidade serão comunicados ao aluno e aos pais ou responsáveis .394/96. com aproveitamento da série anterior ou não. o aluno será avaliado por uma comissão de no mínimo três professores ou especialistas. 16. será realizada da seguinte forma: inicialmente. para alunos vindos de outros estabelecimentos. a ata de classificação será assinada por: Secretária. Freqüência É obrigatória a freqüência às aulas previstas no calendário escolar anual. com necessidade do mínimo de assiduidade correspondente a 75% (setenta e cinco por cento) do total de aulas dadas. As presenças e ausências dos alunos às atividades escolares serão registradas pelos professores e enviadas à Secretaria. Faltas às atividades escolares não serão abonadas. observando a correlação com a idade. ou para alunos vindos por transferência de outra escola. com conteúdo da série imediatamente anterior á pretendida e uma redação em língua portuguesa. salvo nos casos expressos na legislação vigente. comissão dos professores ou especialistas e pelo Diretor da Escola. para verificar o grau de desenvolvimento e maturidade do candidato para cursar. 9. A classificação sem documentação escolar anterior. através de requerimento encaminhado ao Diretor da Escola. A Escola abre a possibilidade de classificar o aluno até no máximo um mês após o início das aulas. após cada síntese de avaliação.9. 26 .8. Classificação A classificação em uma série específica será feita para alunos da própria Escola.

serão realizadas provas da Base Nacional Comum com conteúdo da série imediatamente anterior à pretendida e uma redação em língua portuguesa. o responsável pelo aluno deverá indicar a série em que pretende a matrícula. MATRÍCULAS Serão aceitas matrículas para os cursos do CENTRO EDUCACIONAL IPÊ ROXO: no Ensino fundamental e Ensino Médio. por transferência. o aluno será avaliado por uma comissão de. para verificar seu grau de desenvolvimento e maturidade para cursar a série pretendida. Reclassificação A Escola poderá reclassificar o aluno para outra série. comissão de professores ou especialistas e Diretor da Escola. em qualquer momento do ano letivo. através de um requerimento encaminhado ao Diretor da Escola. observando a correlação com a idade.16. três professores ou especialistas. com base na idade ou na competência e até um mês após o início das aulas. 27 . 17.10. O processo de reclassificação dar-se-á da seguinte forma: inicialmente. no mínimo. a ata de reclassificação será assinada por: Secretária. Tanto as matrículas por admissão ou transferência deverão observar as condições e procedimentos previstas no REGIMENTO ESCOLAR. observada a existência de vagas. as matrículas de admissão serão efetuadas até 10 (dez) dias letivos após o início das atividades letivas previstas em calendário e.

NORMAS INTERNAS DA ESCOLA 19. TRANSFERÊNCIAS As transferências serão efetuadas e admitidas de acordo com a legislação em vigor e aceitas em qualquer época do ano. c) Os pais ou escola assinarão abaixo do recado sempre que houver. 19.18. ou pela professora. na dependência de existência de vagas e anteriormente ao último bimestre escolar do ano letivo. colocando dentro da agenda. b) Todo uniforme e material deverá ser marcado com o nome completo do aluno (bordado ou estampado) c) A escola não se responsabilizará por uniforme e material sem nome.1. d) Os comunicados serão enviados no dia programado. 28 .2. nos termos previstos no Art. Agenda a) Toda circular enviada pela escola aos pais será anexada à agenda b) Os pais deverão folhear a agenda diariamente para constatar e existência ou não de recados enviados pela escola. Uniforme a) Os alunos devem vir para a escola obrigatoriamente uniformizados. por isso é fundamental trazer a agenda a escola diariamente. 19. 72 e Art. 73 do Regimento Escolar. Os alunos recebidos por transferência estarão sujeitos ao processo de classificação.

b) Todo o material deverá ser entregue até o dia estipulado na lista de material no seguinte horário das 08:00 às 17:00 horas. Caso necessitam de uma conversa com a professora: favor observar os horários de intervalo das mesmas para marcar entrevista. não podendo participar daquelas que exigem a utilização dos mesmos.5. Para tal pedimos que marquem data e horário com a Direção. Atendimento aos Pais A escola se dispõe a atender aos pais sempre que estes sentirem necessidades de maiores esclarecimentos sobre nossa proposta educacional e desenvolvimento de seus filhos.3.4. caso contrário. 19. Medicamentos Será administrado qualquer tipo de medicamento na escola desde que acompanhado por uma cópia do receituário médico que ficará na escola.6. 19. no período da entrada ou saída nas portas das salas de aulas. não administraremos nenhum tipo de remédio. a criança será imediatamente socorrida ao pronto socorro mais próximo e depois entraremos em contato com os pais. Por outro lado a escola também poderá solicitar a presença dos pais para dialogar a respeito de seus alunos. 29 . caso contrário. Emergências Em caso de acidente. Material Escolar a) O aluno deverá começar o ano (desde o 1º dia de aula) com seu material completo. será prejudicado no desenvolvimento das atividades escolares.19. 19. Não será permitida a permanência de pais ou responsáveis pelos alunos.

Horário de entrada e saída Meio período: Manhã: das 07:00 as 12:20 horas. Um longo período de espera para a criança além de cansativo cria uma série de problemas. 30 . Se todos colaborarem. sem autorização previamente assinada).7. deverá ser feita até a data fixada no comunicado. atingiremos a qualidade total. 19.19. A entrada após o horário interrompe o processo de planejamento diário. 19. a pontualidade para a retirada dos alunos é essencial para a organização da escola.9. Excursões A confirmação da participação do aluno em uma excursão. Pagamentos As mensalidades deverão ser pagas no banco via boleto bancário que serão enviados pela escola e. além de criar um constrangimento natural na criança atrasada. mesmo que os pais não tenham confirmado oficialmente(ou seja. Atendimento da Secretaria Nosso horário de funcionamento será: das 08:30 às 12:00 horas e 13:30 às 18:30 horas. caso não participe. a secretaria se comunicará com os pais para que os mesmos venham retirar a criança. O portão será aberto com 15 minutos de antecedência do horário da entrada dos alunos e será tolerado 15 minutos de atraso na espera dos pais para a retirada dos mesmos. Se comparecer a escola.10.33 % ao dia. após o vencimento será cobrada multa de 02% ao mês + 0.8. Tarde: das 13:00 as 18:10 horas. 19. A criança deverá permanecer em casa.

a construção de conhecimentos por meio de jogos. PRINCÍPIOS FILOSÓFICOS E PEDAGÓGICOS 20. pesquisas. amplia-se. A Construção do conhecimento Prevalecendo o caráter lúdico que estimula a curiosidade e as descobertas.20. estimulando a prática da reflexão.3. 20. solicita críticas. 31 . aprender a fazer. 20. a atividade produtiva e a experiência subjetiva. salientar os pontos fortes do aluno nas suas realizações e atitudes. faz perguntas. visando à integração de homens e mulheres no tríplice universo das relações políticas. Nesta perspectiva. Investe na tarefa de transformar o aluno em solucionador de problemas. colabora para transformar o aluno num construtor de saberes vivenciados. O Papel da Escola A escola deve contemplar conteúdos e estratégias de aprendizagem que capacitem o ser humano para a realização de atividades nos três domínios da ação humana: a vida em sociedade. O Papel do Educador Consciente do seu papel de mediador no processo de ensino/ aprendizagem busca nas suas intervenções. representações. aprender a viver e aprender a ser. saídas culturais.1.2. Organiza diversidade de experiências de aprendizagem que favoreçam o pleno exercício das habilidades intelectuais. o professor orienta a realização de pesquisas. Ciente da sua responsabilidade com relação à bagagem cultural a ser fortalecida nesta fase. do trabalho e da simbolização subjetiva. incorporam-se como diretrizes gerais e orientadoras da proposta curricular as quatro premissas apontadas pela UNESCO como eixos estruturais da educação na sociedade contemporânea: aprender a conhecer. elevando a sua auto-estima e organizando situações de aprendizagem prazerosas e significativas.

32 . O trabalho com os conteúdos adquire cada vez mais a sistematização necessária para o fortalecimento do saber científico. selecionar e organizar esse conhecimento. a contextualização e o desenvolvimento de competências básicas. Acreditamos em um processo de trabalho que enfatiza a curiosidade. o questionamento e a reflexão. isto é. criando assim. uma rede de significados consistente. dentro de um contexto significativo para o aluno. É a constatação da correspondência entre a proposta de trabalho e sua consecução. Em todas disciplinas procuramos : Desenvolver no aluno a capacidade de adquirir os conhecimentos já elaborados pela cultura e pela ciência.O conteúdo é cuidadosamente selecionado a fim de possibilitar o envolvimento do aluno. 21. 20. utilizando os recursos da tecnologia moderna. a partir do significado. Desenvolver a capacidade de PRODUZIR CONHECIMENTOS a partir de aproximações cada vez mais intensas com as informações específicas das diferentes áreas de ensino. ter condições de acessar. que possibilita ao aluno entrar em contato com suas idéias e hipóteses acerca dos fenômenos estudados para que estabeleça relações entre os saberes que já possuía e os novos conhecimentos que virá a construir . PROPOSTA PEDAGÓGICA Optamos por uma ação pedagógica. mantendo-se fundamental o caráter ativo da aprendizagem.4 A visão de Avaliação A avaliação é uma atitude constante em todo trabalho planejado.

Desenvolver a autonomia em relação à produção e aquisição de conhecimento a partir do exercício sistemático da meta-cognição. Também nos preocupamos em propor atividades onde o aluno possa APRENDER A LER E ESCREVER PARA APRENDER A ESTUDAR. como PODEROSA FERRAMENTA para a organização do conhecimento. ANEXOS - QUADRO DA ESCOLA GRADES CURRICULARES PLANTA BAIXA DAS INSTALAÇÕES DA ESCOLA CALENDÁRIO 2005 33 . a serviço da leitura. A percepção da escrita. é nosso importante objetivo. levando-o a APRENDER A APRENDER. Ao trabalhar conteúdos e informações temos a preocupação: “ENSINAR o ALUNO a PENSAR”. “ APRENDER A APRENDER” "EXERCÍCIO DA CIDADANIA" 22. juntamente com o desenvolvimento de estratégias pessoais de ORGANIZAÇÃO INDIVIDUAL.

34 .