Você está na página 1de 11

DEZEMBRO/2009

04

DEZEMBRO/2009 04 AAAAA GENTEGENTEGENTEGENTEGENTE CENSITÁRIOCENSITÁRIOCENSITÁRIOCENSITÁRIOCENSITÁRIO DEDEDEDEDE

AAAAAGENTEGENTEGENTEGENTEGENTE CENSITÁRIOCENSITÁRIOCENSITÁRIOCENSITÁRIOCENSITÁRIO DEDEDEDEDE INFORMÁTICAINFORMÁTICAINFORMÁTICAINFORMÁTICAINFORMÁTICA

INFORMÁTICAINFORMÁTICAINFORMÁTICAINFORMÁTICAINFORMÁTICA LEIA ATENTAMENTE AS INSTRUÇÕES ABAIXO. 01 Você recebeu
INFORMÁTICAINFORMÁTICAINFORMÁTICAINFORMÁTICAINFORMÁTICA LEIA ATENTAMENTE AS INSTRUÇÕES ABAIXO. 01 Você recebeu

LEIA ATENTAMENTE AS INSTRUÇÕES ABAIXO.

01 Você recebeu do fiscal o seguinte material:

-

a) este caderno, com o enunciado das 60 questões objetivas, sem repetição ou falha, com a seguinte distribuição:

LÍNGUA

 

RACIOCÍNIO

NOÇÕES DE

CONHECIMENTOS

PORTUGUESA

LÓGICO

INFORMÁTICA III

 

TÉCNICOS

Questões

Pontos

Questões

Pontos

Questões

Pontos

Questões

Pontos

1 a 10

1,0

16

a 25

1,5

31

a 35

2,0

46

a 55

1,0

11 a 15

2,0

26

a 30

2,0

36

a 45

2,5

56

a 60

2,0

b) 1 CARTÃO-RESPOSTA destinado às respostas às questões objetivas formuladas nas provas.

02 Verifique se este material está em ordem e se o seu nome e número de inscrição conferem com os que aparecem no CARTÃO- RESPOSTA. Caso contrário, notifique IMEDIATAMENTE o fiscal.

-

03 Após a conferência, o candidato deverá assinar no espaço próprio do CARTÃO-RESPOSTA, preferivelmente a caneta esferográfica de tinta na cor azul ou preta.

-

04 No CARTÃO-RESPOSTA, a marcação das letras correspondentes às respostas certas deve ser feita cobrindo a letra e preenchendo todo o espaço compreendido pelos círculos, a caneta esferográfica transparente de preferência de tinta na cor preta, de forma contínua e densa. A LEITORA ÓTICA é sensível a marcas escuras; portanto, preencha os campos de marcação completamente, sem deixar claros.

-

Exemplo:

A

C

D

E

05 Tenha muito cuidado com o CARTÃO-RESPOSTA, para não o DOBRAR, AMASSAR ou MANCHAR. O CARTÃO-RESPOSTA SOMENTE poderá ser substituído caso esteja danificado em suas margens superior ou inferior - BARRA DE RECONHECIMENTO PARA LEITURA ÓTICA.

-

06 Para cada uma das questões objetivas, são apresentadas 5 alternativas classificadas com as letras (A), (B), (C), (D) e (E); só uma responde adequadamente ao quesito proposto. Você só deve assinalar UMA RESPOSTA: a marcação em mais de uma alternativa anula a questão, MESMO QUE UMA DAS RESPOSTAS ESTEJA CORRETA.

-

07 As questões objetivas são identificadas pelo número que se situa acima de seu enunciado.

-

08 SERÁ ELIMINADO do Processo Seletivo Simplificado o candidato que:

-

a) se utilizar, durante a realização das provas, de máquinas e/ou relógios de calcular, bem como de rádios gravadores, headphones , telefones celulares ou fontes de consulta de qualquer espécie;

b) se ausentar da sala em que se realizam as provas levando consigo o Caderno de Questões e/ou o CARTÃO-RESPOSTA;

c) se recusar a entregar o Caderno de Questões e/ou o CARTÃO-RESPOSTA quando terminar o tempo estabelecido.

09 Reserve os 30 (trinta) minutos finais para marcar seu CARTÃO-RESPOSTA. Os rascunhos e as marcações assinaladas no Caderno de Questões NÃO SERÃO LEVADOS EM CONTA.

-

10 Quando terminar, entregue ao fiscal O CADERNO DE QUESTÕES E O CARTÃO-RESPOSTA e ASSINE A LISTA DE PRESENÇA. Obs. O candidato só poderá se ausentar do recinto das provas após 1 (uma) hora contada a partir do efetivo início das mesmas. Por motivo de segurança, ao candidato somente será permitido levar seu CADERNO DE QUESTÕES faltando 1 (uma) hora para o término das provas.

-

11 O TEMPO DISPONÍVEL PARA ESTAS PROVAS DE QUESTÕES OBJETIVAS É DE 4 (QUATRO) HORAS, findo o qual o candidato deverá, obrigatoriamente, entregar o CARTÃO-RESPOSTA.

-

12 As questões e os gabaritos das Provas Objetivas serão divulgados no primeiro dia útil após a realização das mesmas, no endereço eletrônico da FUNDAÇÃO CESGRANRIO (http://www.cesgranrio.org.br).

-

  LÍNGUA PORTUGUESA Abreviados Nem faz tanto tempo assim, as pessoas diziam vosmecê. “Vosmecê concede
  LÍNGUA PORTUGUESA Abreviados Nem faz tanto tempo assim, as pessoas diziam vosmecê. “Vosmecê concede
  LÍNGUA PORTUGUESA Abreviados Nem faz tanto tempo assim, as pessoas diziam vosmecê. “Vosmecê concede
 

LÍNGUA PORTUGUESA

Abreviados

Nem faz tanto tempo assim, as pessoas diziam vosmecê. “Vosmecê concede a honra desta dança?” Com o tempo, fomos deixando a formalidade de lado e adotamos uma forma sincopada, o popular você.

5

“Você quer ouvir uns discos lá em casa?” Parecia que as coisas ficariam por isso mesmo, mas o mundo, definiti- vamente, não se acomoda. Nesta onda de tornar tudo mais prático e funcional, as palavras começaram a perder algumas vogais pelo caminho e se transformaram em

10

abreviaturas esdrúxulas, e você virou vc. “Vc q tc cmg?” Nenhuma linguagem é estática, elas acompa- nham as exigências da época, ganham e perdem significados, mudam de função. Gírias, palavrões, nada se mantém os mesmos. Qual é o espanto?

15

Espanto, aliás, já é palavra em desuso: ninguém mais se espanta com coisa alguma. No máximo, ficamos levemente surpreendidos, que é como fiquei quando soube que um dos canais do Telecine iria abrir um horário às terças-feiras para exibir filmes com

20

legendas abreviadas, tal qual acontece nos chats. Uma estratégia mercadológica para conquistar a audiência mais jovem, naturalmente, mas e se a moda pegar? Hoje, são as legendas de um filme. Amanhã, poderá ser lançada uma revista toda escrita neste

25

código, e depois quem sabe um livro, e de repente estará todo mundo ganhando tempo e escrevendo apenas com consoantes – adeus, vogais, fim de linha pra vocês. O receio de todo cronista é ficar datado, mas, em

30

contrapartida, dizem que é importante este nosso registro do cotidiano, para que nossos descendentes saibam, um dia, o que se passava nesta nossa cabecinha jurássica. Posso imaginar, daqui a 50 anos, meus netos gargalhando diante deste meu texto: “ctd d w”.

35

Coitada da vovó mesmo. Às vezes me sinto uma anciã, lamentando o quanto a vida está ficando miserável. Não se trata apenas dos miseráveis sem comida, sem teto e sem saúde, o que já é um descalabro, mas da nossa miséria opcional. Abreviamos sentimentos,

40

abreviamos conversas, abreviamos convivência, abreviamos o ócio, fazemos tudo ligeiro, atropelando nosso amor-próprio, nosso discernimento, vivendo resumidamente, com flashes do que outrora se chamou arte, com uma ideia indistinta do que outrora

45

se chamou liberdade. Todos espiam todos, sabem da vida de todos, e não conhecem ninguém. Modernidade ou penúria? As vogais são apenas cinco. Perdê-las é uma metáfora. Cada dia abandonamos as poucas coisas

50

em nós que são abertas e pronunciáveis.

MEDEIROS, Martha. Revista O Globo. 20 mar. 2005.

1

“Uma língua viva nunca está plenamente feita, mas se faz continuamente graças à atividade linguística.”

BECHARA, Evanildo. Moderna Gramática Portuguesa.

Em qual parágrafo do texto o conteúdo coincide com o do trecho apresentado acima?

(A) 2 o

(B) 3 o

(C) 4 o

(D) 5 o

(E) 6 o

2

“Espanto, aliás, já é palavra em desuso: ninguém mais se espanta com coisa alguma.” ( l. 15-16)

A locução conjuntiva que pode substituir os dois pontos (:) na passagem acima, sem alterar o sentido da frase, é

(A)

apesar de que.

(B)

ainda que.

(C)

contanto que.

(D)

se bem que.

(E)

uma vez que.

3

Assinale a expressão que, por se identificar com o conteúdo da crônica, poderia servir-lhe de título.

(A)

(B)

exigências

estratégia

da época,” ( l. 12)

mercadológica

( l. 21)

(C)

conquistar

a audiência

( l. 21)

(D)

cabecinha

jurássica.” (l. 33)

(E)

“vivendo resumidamente,” ( l . 42-43)

4

“Abreviamos sentimentos, abreviamos conversas,

abreviamos convivência, abreviamos o ócio, fazemos tudo ligeiro,” ( l. 39-41) Esta frase quer dizer realmente que

(A)

já não temos disponibilidade interior para nós mesmos nem para os outros.

(B)

o contato pessoal foi substituído pelo contato virtual.

(C)

nossas necessidades materiais não nos deixam tempo para mais nada.

(D)

as exigências da vida moderna estão sempre impossi- bilitando o convívio social.

(E)

as transformações do mundo se processam mais rapidamente do que a nossa capacidade de adaptação.

5

A cronista chama de “

miséria

opcional.” ( l. 39) a(s)

(A)

privação voluntária de bens materiais.

(B)

vida dos sem comida, sem casa, sem saúde.

(C)

perda, pelo abandono consciente, de nossos melhores sentimentos e atitudes.

(D)

resignação diante das dificuldades da vida.

(E)

legendas abreviadas dos chats .

diante das dificuldades da vida. (E) legendas abreviadas dos chats . 2 AGENTE CENSITÁRIO DE INFORMÁTICA
diante das dificuldades da vida. (E) legendas abreviadas dos chats . 2 AGENTE CENSITÁRIO DE INFORMÁTICA
2
2
diante das dificuldades da vida. (E) legendas abreviadas dos chats . 2 AGENTE CENSITÁRIO DE INFORMÁTICA
diante das dificuldades da vida. (E) legendas abreviadas dos chats . 2 AGENTE CENSITÁRIO DE INFORMÁTICA

AGENTE CENSITÁRIO DE INFORMÁTICA

6 Considere as afirmações a seguir. Por tratarem geralmente de temas da atualidade do autor,
6 Considere as afirmações a seguir. Por tratarem geralmente de temas da atualidade do autor,
6 Considere as afirmações a seguir. Por tratarem geralmente de temas da atualidade do autor,

6

Considere as afirmações a seguir.

Por tratarem geralmente de temas da atualidade do autor, as crônicas são um valioso registro do cotidiano de uma época para conhecimento das futuras gerações.

II - Falta à crônica de Martha Medeiros atualidade temática e um pouco de humor.

I -

III - Ao desenvolver a sua crônica, Martha Medeiros vai tocando em vários assuntos, sem todavia desviar-se de seu foco: perdas que empobrecem.

É(São) verdadeira(s) APENAS a(s) afirmação(ões)

(A)

I.

(B) II.

(C)

III.

(D) I e II.

(E)

I e III.

7

Observe as seguintes passagens do texto:

 

I “fomos deixando a formalidade de lado II “ ‘

-

-

quer

(l. 3)

ouvir uns discos lá em casa?’ ” ( l . 5)

III

- “as palavras começaram a perder algumas

vogais

(l . 8-9)

 

IV “Amanhã, poderá ser lançada uma revista V

-

-

o

(l. 23-24)

quanto a vida está ficando miserável.” (l. 36)

As locuções verbais em destaque exprimem desenvolvimento gradual da ação APENAS nas passagens

(A)

I e II.

(B)

I e V.

(C)

II e III.

(D) II e IV.

(E)

III e IV.

8

e

se transformaram em abreviaturas esdrúxulas,” (l. 9-10)

Das palavras abaixo, a que NÃO pode ser citada como sinônimo de esdrúxulas é

(A)

esquisitas.

(B)

extravagantes.

(C)

excêntricas.

(D)

astuciosas.

(E)

invulgares.

9

“para que nossos descendentes saibam, um dia, o que se

passava nesta nossa cabecinha

( l. 31-33)

A classe da palavra em destaque é

(A)

pronome pessoal.

(B)

pronome demonstrativo.

(C)

artigo definido.

(D)

interjeição.

(E)

substantivo.

10

De acordo com a norma culta da língua, apenas uma das

opções está correta quanto à regência verbal. Assinale-a.

(A)

Os jovens anseiam por novidades tecnológicas.

(B)

Chegaram rapidamente no cinema.

(C)

Esqueci-me o nome do filme vencedor do festival.

(D)

Ela namorava com o jovem no computador.

(E)

Este é o filme que lhe falei.

11

O termo em destaque foi substituído INCORRETAMENTE pelo pronome em

(A)

deixando a formalidade (deixando-a).

(B)

adota uma forma (adota-a).

(C)

ouvir uns discos (ouvi-los).

(D)

põe o CD sobre a mesa (põe-no).

(E)

acompanham as exigências (acompanham-las).

12

”Gírias, palavrões, nada se mantém os mesmos.” (l. 13-14) “O receio de todo cronista é ficar datado,” (l. 29)

Os vocábulos em destaque exercem, respectivamente, as funções de

(A)

sujeito e objeto indireto.

(B)

adjunto adverbial e adjunto adnominal.

(C)

aposto e complemento nominal.

(D)

aposto e objeto indireto.

(E)

vocativo e complemento nominal.

13

Em qual frase o verbo está na voz ativa?

(A)

As legendas dos filmes tinham sido abreviadas.

(B)

Algumas legendas não foram entendidas pelos mais velhos.

(C)

Em muitas situações não se aceitam abreviaturas.

(D)

Muitos não conseguiram decodificar as mensagens.

(E)

Transmitiram-se as mensagens pelo computador.

14

Em qual opção o a deve levar o acento indicativo de crase?

(A)

Dirigiu a você algumas palavras.

(B)

Referia-se a legenda do filme.

(C)

Foi para a praia e leu um livro.

(D)

Deu ciência a todos de sua decisão.

(E)

Estava frente a frente com o problema.

15

Quanto à concordância verbal, em qual frase há INCOR- REÇÃO?

(A)

Nem o amor-próprio nem nosso discernimento foram poupados.

(B)

Legendas, conversas, ócio, tudo foi abreviado.

(C)

Faz meses que não vê filmes com legendas.

(D)

Existe certamente entre vocês outras opniniões.

(E)

Desapareceram as vogais das palavras.

entre vocês outras opniniões. (E) Desapareceram as vogais das palavras. 3 AGENTE CENSITÁRIO DE INFORMÁTICA
entre vocês outras opniniões. (E) Desapareceram as vogais das palavras. 3 AGENTE CENSITÁRIO DE INFORMÁTICA
3
3
entre vocês outras opniniões. (E) Desapareceram as vogais das palavras. 3 AGENTE CENSITÁRIO DE INFORMÁTICA
entre vocês outras opniniões. (E) Desapareceram as vogais das palavras. 3 AGENTE CENSITÁRIO DE INFORMÁTICA

AGENTE CENSITÁRIO DE INFORMÁTICA

  RACIOCÍNIO LÓGICO   O enunciado abaixo refere-se às questões de n o s 16
  RACIOCÍNIO LÓGICO   O enunciado abaixo refere-se às questões de n o s 16
  RACIOCÍNIO LÓGICO   O enunciado abaixo refere-se às questões de n o s 16
 

RACIOCÍNIO LÓGICO

 

O enunciado abaixo refere-se às questões de n os 16 e 17.

A

figura ilustra uma rua e as casas A, B, C e D. As quatro

casas são as únicas nessa rua.

 
 

A

 

B

 

C

 

D

 

As casas A e C ficam, exatamente, uma de frente para a outra. O mesmo ocorre com as casas B e D. A distância entre as casas A e B é maior do que a largura da rua e é igual à distância entre as casas C e D.

16

Um agente censitário encontra-se nessa rua, na porta da casa A. Para cumprir sua meta nessa rua, depois de entrevistar o morador da casa A, ele precisa ainda

visitar as outras 3 casas. Considerando-se que a meta será cumprida, é correto afirmar que o trajeto

(A)

A B D C tem o mesmo tamanho que o trajeto

A C D B.

 

(B)

A B D C tem o mesmo tamanho que o trajeto

A B C D.

 

(C)

A C D B é o mais curto de todos os trajetos

possíveis.

 

(D)

A D B C é mais curto que o trajeto A C B D.

(E)

A D C B é o mais curto de todos os trajetos

possíveis.

 

17

Se a distância entre as casas A e C é igual a 5 metros

e a distância entre as casas A e B é igual a 12 metros,

a distância entre as casas B e C, em metros, é

(A)

10

(B)

12

(C)

13

(D)

14

(E)

15

18

A figura ilustra um octógono regular ABCDEFGH e quatro de suas diagonais: AD, AE, AF e DH.

H

G

A B F E
A
B
F
E

C

D

Pela análise da figura conclui-se que o tamanho de

(A)

AD é igual ao de DH.

(B)

AD é igual ao de AF.

(C)

AE é igual ao de AF.

(D)

AE é menor do que o de DH.

(E)

AF é maior do que o de DH.

19

do que o de DH. (E) AF é maior do que o de DH. 19 O

O

N

L
L

S

A figura ilustra 5 cidades: P, Q, R, S e T formando uma cruz. A cidade R está ao norte da cidade T e a leste da cidade Q. A cidade Q está a oeste de P. Tendo por base esses dados, conclui-se que a cidade

(A)

P está ao sul de T.

(C)

R está ao norte de Q.

(E)

T está ao sul de S.

(B) Q está a leste de P.

(D) S está a oeste de R.

20

Antes de ontem foi terça-feira. Depois de amanhã será dia 14. Logo,

(A)

amanhã será quinta-feira, dia 12.

(B)

amanhã será sexta-feira, dia 13.

(C)

hoje é quarta-feira, dia 12.

(D)

hoje é quinta-feira, dia 11.

(E)

ontem foi quarta-feira, dia 12.

21

Um número N, ao ser dividido por 7, deixa resto 5. Dividin- do-se N + 4 por 7, o resto obtido é

(A)

(B)

(C)

(D)

(E)

2

3

5

7

9

resto 5. Dividin- do-se N + 4 por 7, o resto obtido é (A) (B) (C)
resto 5. Dividin- do-se N + 4 por 7, o resto obtido é (A) (B) (C)
4
4
resto 5. Dividin- do-se N + 4 por 7, o resto obtido é (A) (B) (C)
resto 5. Dividin- do-se N + 4 por 7, o resto obtido é (A) (B) (C)

AGENTE CENSITÁRIO DE INFORMÁTICA

22 24 O tetraminó é um jogo constituído por 5 peças diferentes. Todos os dias,
22 24 O tetraminó é um jogo constituído por 5 peças diferentes. Todos os dias,
22 24 O tetraminó é um jogo constituído por 5 peças diferentes. Todos os dias,

22

24

O tetraminó é um jogo constituído por 5 peças diferentes.

Todos os dias, Marli acorda sua filha Ana. Paulo, o marido

Essas peças são o resultado de todas as possíveis

de Marli, nunca acorda depois de Ana. Célia é irmã de Ana

formações distintas com 4 quadrados idênticos. Assinale

e sempre acorda antes de Paulo. Hoje, ao acordar, Marli

a opção que NÃO corresponde a uma peça do tetraminó.

notou que Paulo já estava de pé. Logo, a

 

(A)

primeira pessoa a acordar foi Célia.

(A)

(A)   (B) primeira pessoa a acordar foi Paulo.
 

(B)

primeira pessoa a acordar foi Paulo.

(C)

primeira pessoa a acordar foi Ana.

(D)

última pessoa a acordar foi Célia.

 

(E)

última pessoa a acordar foi Marli.

           

25

(B)

Um quadrado de papelão será recortado e decomposto

 

de modo a formar duas figuras. Assinale a opção que apre-

 
    senta as figuras obtidas após o recorte.  
 

senta as figuras obtidas após o recorte.

 

(C)

(A)

 
(C) (A)   `

`

(D)

(D)   (B)
(D)   (B)
(D)   (B)
(D)   (B)
(D)   (B)
 

(B)

(D)   (B)
(D)   (B)

(E)

(E) (C)

(C)

(E) (C)
(E) (C)

23

Em um número N de três algarismos, o algarismo das unidades é uma unidade maior do que o algarismo das dezenas. Por sua vez, o algarismo das dezenas é uma unidade maior do que o algarismo das centenas. Se N é

(D)

das dezenas. Por sua vez, o algarismo das dezenas é uma unidade maior do que o
das dezenas. Por sua vez, o algarismo das dezenas é uma unidade maior do que o

divisível por 12, a soma de seus algarismos é igual a

 

(A)

12

(B)

15

 
(B) 15    
 

(C)

18

(C) 18  
 

(D)

21

(E)

(E)

24

(B) 15     (C) 18   (D) 21 (E) (E) 24 5 AGENTE CENSITÁRIO DE
(B) 15     (C) 18   (D) 21 (E) (E) 24 5 AGENTE CENSITÁRIO DE
5
5
(B) 15     (C) 18   (D) 21 (E) (E) 24 5 AGENTE CENSITÁRIO DE
(B) 15     (C) 18   (D) 21 (E) (E) 24 5 AGENTE CENSITÁRIO DE

AGENTE CENSITÁRIO DE INFORMÁTICA

26 X, Y e Z são três números diferentes escolhidos no conjunto {1,2,3,4,5,6,7,8}. X 4
26 X, Y e Z são três números diferentes escolhidos no conjunto {1,2,3,4,5,6,7,8}. X 4
26 X, Y e Z são três números diferentes escolhidos no conjunto {1,2,3,4,5,6,7,8}. X 4

26

X, Y e Z são três números diferentes escolhidos no conjunto {1,2,3,4,5,6,7,8}.

X 4 Y 8 Z
X 4
Y
8
Z

Os números que estão nos quadrados são a soma dos dois números que estão nos círculos vizinhos. É correto afirmar que Z pode valer

(A)

7

ou 8

(B)

6

ou 7

(C)

5

ou 7

(D)

5

ou 6

(E)

4

ou 6

27

Seja n um número inteiro e par. É correto afirmar que, qualquer que seja n, a(o)

(A)

metade do seu sucessor pode ser representada por

(B)

(C)

(D)

(E)

n

2

+

1

.

sucessor do seu triplo pode ser representado por

3 (n + 1).

quadrado do seu dobro pode ser representado por 2n 2 .

n 2 2 .

antecessor do seu quadrado pode ser representado

por n 2 – 1.

quadrado da sua metade pode ser representado por

28

No diagrama abaixo, M, N, P, Q e R são números diferen- tes escolhidos no conjunto {1,2,3,4,5}.

M N R P Q
M
N
R
P
Q

Sabendo-se que em cada uma das diagonais a soma dos números é 8, conclui-se que R é igual a

(A)

(B)

(C)

(D)

(E)

5

4

3

2

1

29

Se em certo mês o dia 21 caiu em uma terça-feira, o dia 09 caiu em um(a)

(A)

domingo.

(B) segunda-feira.

(C)

terça-feira

(D) quarta-feira.

(E)

quinta-feira.

30

Uma pizza em formato circular deve ser dividida em fatias iguais, correspondentes a setores de 24º.

 
  24 °
24

24

°

Dessa forma, a quantidade total de fatias obtidas será de

(A)

20

(B) 18

(C)

16

(D) 15

(E)

12

NOÇÕES DE INFORMÁTICA III

 

31

Paulo está utilizando um microcomputador com a configu- ração a seguir.

Intel Core Duo – 1,73 GHz 80 GB HD 1 GB DDR2

 

Com base na configuração apresentada, é correto afirmar que

(A)

a memória ROM é do tipo HD.

 

(B)

a capacidade da memória RAM é de 1,73 GHz.

(C)

o disco rígido é de 80 GB.

(D)

o monitor de vídeo é de 1 GB.

 

(E)

Intel Core Duo indica que existem dois pentes de me- mória RAM.

32

Durante um processo de busca no seu microcomputador, com Windows XP em sua configuração-padrão, um usuá- rio encontrou alguns arquivos com a extensão CAB. A ex- tensão CAB é um formato

(A)

de compactação de arquivos para distribuição de softwares.

(B)

padrão para armazenamento de imagens vetorizadas.

(C)

criptografado de vírus que infectam macros do Word.

(D)

utilizado pelo sistema operacional para armazenar logs de erro.

(E)

utilizado pelo Excel para armazenar as suas planilhas.

logs de erro. (E) utilizado pelo Excel para armazenar as suas planilhas. 6 AGENTE CENSITÁRIO DE
logs de erro. (E) utilizado pelo Excel para armazenar as suas planilhas. 6 AGENTE CENSITÁRIO DE
6
6
logs de erro. (E) utilizado pelo Excel para armazenar as suas planilhas. 6 AGENTE CENSITÁRIO DE
logs de erro. (E) utilizado pelo Excel para armazenar as suas planilhas. 6 AGENTE CENSITÁRIO DE

AGENTE CENSITÁRIO DE INFORMÁTICA

33 37 Qual dos itens abaixo apresenta uma memória dinâmica? Uma empresa faz backup completo
33 37 Qual dos itens abaixo apresenta uma memória dinâmica? Uma empresa faz backup completo
33 37 Qual dos itens abaixo apresenta uma memória dinâmica? Uma empresa faz backup completo

33

37

Qual dos itens abaixo apresenta uma memória dinâmica?

Uma empresa faz backup completo de seus arquivos, se- manalmente, aos domingos, às 10h, com duração de 1h.

Um backup incremental é realizado às 22h, diariamente, e também com duração de 1h. Em uma determinada quarta- feira, às 08h, ocorreu um problema que ocasionou a perda total dos arquivos. Com base nestas informações, é correto afirmar que

(A)

CD

(B)

EEPROM

(C)

FLASH

(D)

RAM

(E)

ROM

34

(A)

arquivos gravados às 06h de quarta-feira serão recu- perados a partir do backup de terça-feira.

todos os arquivos gravados na quarta-feira serão per- didos, exceto os maiores que 1 KB.

Em

guração-padrão, se um usuário aumentar a resolução da

um microcomputador com Windows XP em sua confi-

(B)

tela,

(C)

a recuperação poderá ser feita a partir dos backups de segunda e terça-feira, sem a necessidade dos backups de domingo.

(A)

mais itens caberão na tela, mas estes itens reduzirão

de tamanho.

(B)

mais itens caberão na tela, e estes itens aumentarão de tamanho.

(D)

para recuperação dos arquivos até a última posição possível, serão necessários somente os backups com- pleto de domingo e o incremental de terça-feira.

para recuperação dos arquivos até a última posição possível, serão necessários os backups completo e incremental de domingo e os backups incrementais de segunda e terça-feira.

(C)

menos itens caberão na tela, mas estes itens aumen- tarão de tamanho.

(E)

(D)

menos itens caberão na tela, e estes itens reduzirão de tamanho.

(E)

o número itens presentes na tela permanecerá o mes- mo, e apenas a qualidade das imagens será afetada.

38

35

A figura abaixo ilustra uma janela do Excel 2007 em sua configuração-padrão, com uma planilha sendo editada. As células B3 a B7 não possuem fórmulas.

com uma planilha sendo editada. As células B3 a B7 não possuem fórmulas. Com base na

Com base na figura acima, conclui-se que

Sobre os aspectos de segurança dos sistemas computacionais, são feitas as afirmativas abaixo.

I – A palavra “windows” é um exemplo de senha forte.

II – Ransomware é um tipo de malware.

III – Os Trojans são antivírus que protegem as macros do Excel contra vírus.

Está(ão) correta(s) a(s) afirmativa(s)

 

(A)

I, apenas.

(B) II, apenas.

(C)

III, apenas.

(D) I e II, apenas.

(E)

I, II e III.

36

Considere o texto a seguir sobre chaves em sistemas de segurança.

A criptografia

é um método de criptografia

que utiliza um par de chaves: uma pública e uma privada.

Para

,

a chave pública é usada para cifrar

mensagens, e, com isso, apenas o dono da chave privada

a chave privada é

pode decifrá-la. Para

,

usada para cifrar mensagens, e, com isso, garante-se que apenas o dono da chave privada poderia ter cifrado a men- sagem que foi decifrada com a chave pública.

(A)

(B)

um valor de erro do tipo #NOME? aparecerá se digitarmos a fórmula =soma(B3:B7) na célula B8.

a célula A10 possui uma fórmula que faz referência a uma célula que não existe na planilha.

As

palavras que completam corretamente a frase acima

são:

(A)

assimétrica, autenticidade e confidencialidade.

(C)

é suficiente, para calcular a média das vendas dos pro-

dutos, selecionar as células B3 a B7 e clicar em

.
.

(B)

assimétrica, confidencialidade e autenticidade.

(D)

ao se clicar o botão

será aberta uma janela que

será aberta uma janela que

(C)

simétrica, autenticidade e confidencialidade.

permitirá visualizar a impressão da planilha.

 

(D)

simétrica, autenticidade e não repúdio.

(E)

o valor apresentado pela célula B10 passará a ser 11, se o valor da célula B6 mudar para 165.

(E)

simétrica, confidencialidade e não repúdio.

célula B6 mudar para 165. (E) simétrica, confidencialidade e não repúdio. 7 AGENTE CENSITÁRIO DE INFORMÁTICA
célula B6 mudar para 165. (E) simétrica, confidencialidade e não repúdio. 7 AGENTE CENSITÁRIO DE INFORMÁTICA
7
7
célula B6 mudar para 165. (E) simétrica, confidencialidade e não repúdio. 7 AGENTE CENSITÁRIO DE INFORMÁTICA
célula B6 mudar para 165. (E) simétrica, confidencialidade e não repúdio. 7 AGENTE CENSITÁRIO DE INFORMÁTICA

AGENTE CENSITÁRIO DE INFORMÁTICA

39 Um usuário do Word 2007 em sua configuração-padrão de- seja que, em um mesmo
39 Um usuário do Word 2007 em sua configuração-padrão de- seja que, em um mesmo
39 Um usuário do Word 2007 em sua configuração-padrão de- seja que, em um mesmo

39

Um usuário do Word 2007 em sua configuração-padrão de-

seja que, em um mesmo documento, existam páginas com orientação Retrato e Paisagem, de acordo com as suas ne- cessidades. Para que uma determinada página possua ori- entação Retrato, e a página seguinte possua orientação Paisagem, ele deve criar entre elas uma quebra de

(A)

página.

(B) seção.

(C)

cabeçalho.

(D) coluna.

(E)

numeração.

40

Considere a figura abaixo, que apresenta o Google aberto no Internet Explorer 7 em sua configuração-padrão.

no Internet Explorer 7 em sua configuração-padrão. O atalho (A) no Internet Explorer 7 é utilizado

O atalho

(A)

O atalho (A) no Internet Explorer 7 é utilizado para abrir uma nova guia.

no Internet Explorer 7 é utilizado para

abrir uma nova guia.

 
 

(B)

fazer o refresh da página atual.

(C)

adicionar a página atual a Favoritos.

(D)

exibir o histórico de navegação.

(E)

exibir o código fonte da página atual.

41

Em uma rede com TCP/IP, qual dos itens abaixo apresenta um protocolo utilizado para fazer upload e donwload de arquivos em máquinas remotas?

(A)

SSL

(B)

Telnet

(C)

FTP

(D)

NetBios

(E)

DNS

42

Para conectar computadores em rede, e redes entre si, po- dem ser utilizados diversos tipos de equipamentos. Qual dos equipamentos abaixo atua na camada física do TCP/IP, sen- do utilizado basicamente para amplificar sinais?

(A)

Switch

(B) Ponte

(C)

Repetidor

(D) Hub

(E)

Gateway

43

Em uma rede com TCP/IP, o endereço IP é um número de 32 bits que representa o endereço completo de um com-

putador na rede. O endereço de broadcast que é utilizado quando uma mensagem precisa ser transmitida para to- dos os computadores da rede é

(A)

1.1.1.1

(B)

127.0.0.1

(C)

10.10.10.10

(D)

111.111.111.111

(E)

255.255.255.255

44

A figura abaixo apresenta uma janela do Windows Explorer aberta no Windows Vista em sua configuração-padrão. Nota-se, na figura, que algumas pastas estão selecionadas.

Nota-se, na figura, que algumas pastas estão selecionadas. Para selecionar as pastas acima, partindo-se de uma

Para selecionar as pastas acima, partindo-se de uma situa- ção onde apenas a pasta Documentos estava selecionada, uma sequência de passos foi executada: primeiro, o cursor foi posicionado na pasta Cartões; a seguir, mantendo-se a tecla (TECLA 1) pressionada, clicou-se na pasta Requisi-

ções; a seguir, a tecla (TECLA 1) foi liberada; a seguir, man- tendo-se a (TECLA 2) pressionada, clicou-se nas pastas Di- versos e Relatórios. Como resultado, todas as pastas entre as pastas Cartões e Requisições, com exceção das pastas Diversos e Relatórios, ficaram selecionadas. As teclas TE- CLA 1 e TECLA 2 utilizadas foram, respectivamente,

(A)

ALT e CTRL

(B)

ALT e SHIFT

(C)

SHIFT e ALT

(D)

SHIFT e CTRL

(E)

CTRL e SHIFT

ALT e SHIFT (C) SHIFT e ALT (D) SHIFT e CTRL (E) CTRL e SHIFT 8
ALT e SHIFT (C) SHIFT e ALT (D) SHIFT e CTRL (E) CTRL e SHIFT 8
8
8
ALT e SHIFT (C) SHIFT e ALT (D) SHIFT e CTRL (E) CTRL e SHIFT 8
ALT e SHIFT (C) SHIFT e ALT (D) SHIFT e CTRL (E) CTRL e SHIFT 8

AGENTE CENSITÁRIO DE INFORMÁTICA

45 47 A figura abaixo apresenta uma janela do Windows Explorer aberta no Windows Vista
45 47 A figura abaixo apresenta uma janela do Windows Explorer aberta no Windows Vista
45 47 A figura abaixo apresenta uma janela do Windows Explorer aberta no Windows Vista

45

47

A figura abaixo apresenta uma janela do Windows Explorer aberta no Windows Vista em sua configuração-padrão.

A figura abaixo apresenta uma janela do Windows Explorer aberta no Windows Vista em sua configuração-padrão.

É importante que a população brasileira abra as portas para o Censo, já que ele será útil para

(A)

orientar as famílias a fazerem os cálculos das suas despesas.

(B)

auxiliar na escolha adequada dos candidatos para a próxima eleição.

(C)

ajudar a encontrar emprego mais de acordo com suas possibilidades.

(D)

divulgar as realizações das três esferas de governo, visando à avaliação pelas associações comunitárias.

(E)

evidenciar as necessidades, a fim de que o governo possa planejar melhor o atendimento à população.

48

Estabelecer que a data de referência do Censo é a noite

de

31 de julho para 1 o de agosto de 2010 significa que

(A)

todas as pessoas serão recenseadas nesse dia.

(B)

a contagem da população terá início nessa noite.

(C)

as atividades do Censo têm de ser encerradas até esse momento.

(D)

os dados serão levantados tomando como base essa data.

Através da caixa Pesquisar, presente na janela acima, o usuário pode realizar pesquisas por arquivos. Se o usuário desejar localizar, na pasta Windows, arquivos que conte- nham ambas as palavras jogos e ferramentas, em qual- quer ordem, ele deve digitar na caixa Pesquisar o texto

(E)

os resultados do Censo serão divulgados a partir desse marco no tempo.

49

Em uma das casas que visitou, João encontrou:

(A)

(jogos ferramentas).

• um casal (A. e E.) e seu filho G., moradores habituais do domicílio;

(B)

jogos XOR ferramentas.

(C)

(D)

jogos OR ferramentas.

jogos NOT ferramentas.

• M., mãe de E., que estava lá desde a véspera, por ter quebrado o pé;

(E)

“jogos ferramentas”.

• Z., empregada doméstica, que dorme lá de 2 a a sábado, quando vai para casa;

CONHECIMENTOS TÉCNICOS

• K., amigo de G., que passaria a noite lá para terminarem um trabalho escolar.

46

Neste domicílio, João deverá recensear:

(A)

o casal (A. e E.) e o filho G., apenas.

 

Um grupo de amigos estava conversando sobre o Censo Demográfico, sobre o qual fizeram os comentários a seguir.

(B)

o casal (A. e E.), o filho G. e M., apenas.

(C)

o casal (A. e E.), o filho G. e Z., apenas.

 

(D)

o casal (A. e E.), o filho G., M. e Z., apenas.

 

(E)

todos que lá se encontravam.

 

Laís: — O censo faz, a cada dez anos, a contagem da população brasileira. Lino: — O censo não informa só quantos somos, mas também como vivemos. Ana: — Só os funcionários do IBGE discutem o que vai ser pesquisado em cada Censo. Beto: — Através do Censo, a população brasileira conhece a realidade do País.

50

Analise as seguintes situações hipotéticas, que poderão ser encontradas pelos Recenseadores:

I Beatriz, nascida em 04/04/2010;

 

II Marcelo, nascido em 18/08/2010;

III Vicente, falecido em 15/10/2010;

 

IV Joelma, falecida em 27/05/2010.

Estão corretos APENAS os comentários de

 

(A)

Lino e Ana.

Serão recenseadas APENAS as pessoas corresponden- tes às situações

(B)

Lino, Ana e Beto.

(C)

Laís, Lino e Ana.

(A)

I

e

II.

(B) I

e

III.

(D)

Laís, Lino e Beto.

(C)

II e

IV.

(D) I,

II

e

III.

(E)

Laís, Ana e Beto.

(E)

I,

II

e

IV.

(D) I, II e III. (E) Laís, Ana e Beto. (E) I, II e IV. 9
(D) I, II e III. (E) Laís, Ana e Beto. (E) I, II e IV. 9
9
9
(D) I, II e III. (E) Laís, Ana e Beto. (E) I, II e IV. 9
(D) I, II e III. (E) Laís, Ana e Beto. (E) I, II e IV. 9

AGENTE CENSITÁRIO DE INFORMÁTICA

51 Associe as colunas abaixo, relacionando os domicílios e as suas respectivas classificações. I –
51 Associe as colunas abaixo, relacionando os domicílios e as suas respectivas classificações. I –
51 Associe as colunas abaixo, relacionando os domicílios e as suas respectivas classificações. I –

51

Associe as colunas abaixo, relacionando os domicílios e as suas respectivas classificações.

I – Particular Permanente

(P)

apartamento em apart-

II – Particular Improvisado

hotel

III – Coletivo

(Q)

quarto em hotel

(R)

oficina mecânica onde mora um funcionário

(S)

asilo de idosos

(T)

casa de cômodos

A relação correta é:

(A)

I

Q e

T ;

II

R ;

III

P

e S

(B)

I –

P

e Q ; II

T ;

III –

R e S

(C)

I –

P

e T ;

II

R

;

III –

Q e S

(D)

I –

P

e S ;

II

Q e R ;

III –

T

(E)

I – R e T ;

II –

Q e S ;

III – P

 

52

Zezinho, apesar de responsável pelas suas despesas, mora no porão da casa do tio. Quando chega tarde, fica constran- gido, com medo de fazer barulho e acordar a família do tio,

já que o acesso ao porão é feito pela sala da casa do tio.

Quanto a condição e número de domicílios, qual opção corresponde à situação apresentada?

 

Condição

N o de domicílios existentes

Separação

Independência

(A)

sim

não

2

(B)

sim

não

1

(C)

sim

sim

2

(D)

não

sim

2

(E)

não

sim

1

53

Cinco colegas de trabalho dividem um apartamento. Se,

no final do segundo semestre de 2010, quando o Recen- seador for ao local, encontrar as hipóteses apresentadas abaixo, qual dos moradores NÃO poderá ser recenseado?

(A)

José, que está de férias e viajou para o Nordeste.

(B)

Josias, que esfaqueou Jair e está preso, ainda sem sentença definitiva declarada.

(C)

Jair, que ainda não se recuperou do ataque e perma- nece hospitalizado.

(D)

Jairo, que acabou de se mudar para o apartamento, pois conseguiu trabalho na mesma empresa.

(E)

Jofre, que foi visitar a família no interior e ainda não retornou.

54

Uma das tarefas do Recenseador, é receber e preparar

material de trabalho que precisará utilizar. Assim, é essencial que ele possua:

o

I –

crachá, que usará para comprovar quem ele é e que trabalho está autorizado a realizar;

II – Mapa do Setor, feito em plástico colorido, que o orientará sobre o caminho a percorrer;

III – Manual do Recenseador, contendo todas as expli- cações necessárias à orientação e ao acompanha- mento da coleta do Censo 2010;

IV – Questionário da Amostra, que será aplicado em todas as unidades domiciliares em que haja mora- dores;

V – Computador de Mão, no qual será feito o registro e o armazenamento das informações coletadas.

Estão corretamente descritos os materiais

(A)

I,

III e V, apenas.

(B) II,

III e IV, apenas. III, IV e V, apenas.

(C)

II,

IV e V, apenas.

(D) I,

(E)

I,

II,

III,

IV

e

V.

55

Uma das mais importantes tarefas do Recenseador é

(A)

conferir com o mapa o percurso do setor que lhe cabe recensear, fazendo as correções que forem necessárias.

(B)

orientar os seus colegas, sempre que estes apresen- tarem dúvidas.

(C)

visitar o mínimo de 20 e o máximo de 40 domicílios por dia.

(D)

registrar os domicílios que se encontravam fechados, repassando os seus endereços para que o Supervisor os visite.

(E)

comparecer ao Posto de Coleta, nos dias estabeleci-

dos pelo Supervisor, para descarregar os dados

coletados.

 

56

É

essencial que o Recenseador tenha uma atitude

totalmente adequada durante as entrevistas, tal como

fez

Márcio, que

 

(A)

se apresentou com cordialidade ao morador, e assegurou que todas as informações fornecidas seriam consideradas sigilosas.

(B)

iniciou a abordagem ao entrevistado conversando sobre futebol, assunto que é o preferido da maioria dos brasileiros.

(C)

cortou algumas perguntas cujas respostas eram fáceis de deduzir, quando percebeu que o entrevistado estava com pressa.

(D)

aproveitou a oportunidade, ao observar que o morador era bastante acessível, para lhe apresentar o catálogo de um produto que vendia nas horas vagas.

(E)

garantiu ao morador, no final da entrevista, que ele não seria incomodado novamente.

ao morador, no final da entrevista, que ele não seria incomodado novamente. 10 AGENTE CENSITÁRIO DE
ao morador, no final da entrevista, que ele não seria incomodado novamente. 10 AGENTE CENSITÁRIO DE
10
10
ao morador, no final da entrevista, que ele não seria incomodado novamente. 10 AGENTE CENSITÁRIO DE
ao morador, no final da entrevista, que ele não seria incomodado novamente. 10 AGENTE CENSITÁRIO DE

AGENTE CENSITÁRIO DE INFORMÁTICA

57 A Recenseadora Sueli foi dispensada do trabalho porque seu Supervisor constatou que ela (A)
57 A Recenseadora Sueli foi dispensada do trabalho porque seu Supervisor constatou que ela (A)
57 A Recenseadora Sueli foi dispensada do trabalho porque seu Supervisor constatou que ela (A)

57

A Recenseadora Sueli foi dispensada do trabalho porque seu Supervisor constatou que ela

(A)

faltou um dia ao trabalho por motivo de doença.

(B)

deixou de lhe relatar suas observações pessoais sobre um dos entrevistados.

(C)

comentou com amigos sobre o poder aquisitivo dos moradores de determinado edifício.

(D)

retornou a um domicílio da amostra, em virtude de não ter conseguido terminar a aplicação do questionário.

(E)

alterou o percurso do setor sob sua responsabilidade pelo fato de ter ocorrido um incêndio na região.

58

Para o êxito das entrevistas, o Recenseador deve

(A)

auxiliar o entrevistado a responder, principalmente nas

questões mais complexas.

(B)

fazer o seu trabalho sem pressa, dando ao entrevistado

o

tempo de que este precisar para responder.

(C)

criar novas formas de apresentar a pergunta quando achar que não foi bem entendida.

(D)

acompanhar a entrevista com palavras de aprovação

e

simpatia.

(E)

sugerir algumas respostas quando perceber que o entrevistado está em dúvida.

59

Fazem parte tanto do Questionário Básico como do Questionário da Amostra perguntas sobre

(A)

religião.

(B)

deficiência.

(C)

migração interna.

(D)

registro de nascimento.

(E)

deslocamento para trabalho.

60

Ao coletar dados sobre Características do Domicílio, o Censo Demográfico NÃO obterá informações sobre

(A)

condições de moradia.

(B)

número de moradores.

(C)

abastecimento de água.

(D)

propriedade do domicílio.

(E)

qualidade de vida.

de água. (D) propriedade do domicílio. (E) qualidade de vida. 11 AGENTE CENSITÁRIO DE INFORMÁTICA
de água. (D) propriedade do domicílio. (E) qualidade de vida. 11 AGENTE CENSITÁRIO DE INFORMÁTICA
11
11
de água. (D) propriedade do domicílio. (E) qualidade de vida. 11 AGENTE CENSITÁRIO DE INFORMÁTICA
de água. (D) propriedade do domicílio. (E) qualidade de vida. 11 AGENTE CENSITÁRIO DE INFORMÁTICA

AGENTE CENSITÁRIO DE INFORMÁTICA