Você está na página 1de 142

Umbanda: Rituais de Amaci com Oferendas e Orações

Umbanda: Rituais de Amaci com Oferendas e Orações Conga da Tenda Caridade Umbandista Pai Oxalá Domitilde

Conga da Tenda Caridade Umbandista Pai Oxalá Domitilde Aparecida Pedro

1

Dedico este livro

Ao Mestre, Pai, Mago, Sacerdote e Professor Rubens Saraceni que com sua Luz e saber, tornou-se um ponto de luz em nossa amada Umbanda, ajudando a todos os Umbandistas a encontrar o fio da meada que estava perdida, abrindo portas para a evolução da nossa religião. Obrigado Pai Rubens Saraceni

Agradecimento

Domitilde Aparecida Pedro

Agradeço a Todos os filhos de fé da Tenda de Caridade Umbandista Pai Oxalá pela dedicação e amor.

Domitilde Aparecida Pedro

2

Juramento Umbandista

Ao abraçar a fé Umbandista Eu juro solenemente perante “Deus e os Orixás” Aplicar os meus dons de mediunidade somente para o bem da humanidade. Reconhecer como irmão De sangue, Os meus irmãos de crença. Praticar com amor a caridade, respeitar as Leis de Deus e a dos homens, Lutando sempre pela causa da justiça e da verdade. Não utilizar e nem permitir, que sejam utilizados os conhecimentos Adquiridos num terreiro, para prejudicar a quem quer que seja. (R.A.Linares)

3

INDICE

Apresentação

6

Introdução da Obra

7

Como Devemos nos Comportar

8

Dentro de um Templo de Umbanda

8

Umbanda Natural

10

 

Mistério

14

Hereditariedade dos Seres

15

 

Chacras

16

 

Chacra Coronal ou Ori

16

Chacra Frontal

17

Chacra Laríngeo

17

Chacra Cardíaco

17

Chacra Esplênico

18

Chacra Sacro ou Umbilical

18

Chacra Básico

18

Androgenesia Umbandista

19

 

As filiações de Oxalá

19

As filiações de Oyá-Tempo

20

As filiações de Oxum

21

As filiações de Oxumaré

22

As filiações de Oxossi

23

As filiações de Obá

24

As filiações de Xangô

25

As filiações de Egunitá (Niguê-iim)

26

As filiações de Iansã

27

As filiações de Ogum

28

As filiações de Obaluaiyê

29

As filiações de Nanã

30

As filiações de Iemanjá

31

As filiações de Omulu

32

Tipos de Água existentes no plano material

33

Exus e Pombas Giras

34

O

Don Natural

39

Procedimento do batismo para adulto

41

 

Amaci

41

4

Mãe Oyá

45

Mãe Yançã

51

Pai Oxumaré

57

 

Mãe Obá

63

Mãe Nanã-Buruquê

69

Mãe Egunitá

77

Pai Omulú-Yê

84

 

Pai Ogum

91

Papai Oxossi

97

Mamãe Oxum

103

 

Pai Xangô

112

Pai Obaluaiyê

119

Mãe Yemanjá

125

 

Pai Oxalá

131

Desenvolvimento mediúnico

139

 

Médium

139

A procura de um caminho

140

Biografias

142

 

ÍNDICE DE ILUSTRAÇÕES

Foto 1: Entrega para Exu e Pomba-Gira Foto 2: Entrega Para Mãe Oyá Foto 3: Entrega para Mãe Yançã Foto 4: Entrega para Pai Oxumaré Foto 5: Entrega para Mãe Obá Foto 6: Entrega para Mãe Nanã-Buruquê Foto 7: Entrega para Mãe Egunitá Foto 8: Entrega para Pai Omulú-Yê Foto 9: Entrega para Pai Ogum Foto 10: Entrega para Pai Oxossi Foto 11: Entrega para Mãe Oxum Foto 12: Entrega para Pai Xangô Foto 13: Entrega para Pai Obaluaiyê Foto 14: Entrega para Mãe Yemanjá Foto 15: Entrega para Pai Oxalá Foto 16: Conga

35

47

53

59

65

71

78

86

92

98

105

113

120

126

132

141

5

Apresentação

Este livro foi elaborado para que os dirigentes de Templos, Terreiros, Casas de caridade e Centros de Umbanda venha há conhecer um pouco sobre obrigações e oferendas. Sei que não sou dona da verdade, mas tento me dedicar ao máximo de minha vida para um bom trabalho e que esta luta não seja para mudar alguma coisa e sim conscientizar as pessoas que a umbanda tem fundamento e é preciso levar adiante toda esta luz que os Orixás nos transmitem nessa hora mágica de tanto amor. Mas para que vocês apliquem todo o conhecimento deste livro é muito importante que purifiquem os seus corações e pensamentos dos médiuns com aulas teóricas e um bom ensinamento sobre os mistérios de Deus. Um bom médium é aquele que estuda e dedica parte de seu tempo para a religião. A Umbanda não é igual às outras religiões em que você participa e volta para casa sem nem um conhecimento a mais adquirida. Ela é uma religião que exige que o ser humano tenha consigo mesmo a caridade para que se evolua em todos os sentidos, por isso o trabalho de dedicação para com o templo e para consigo próprio, tem de ser constante. Então quando um médium entra para a religião é para trabalhar. Não existe dia hora ou lugar que ele possa elevar seus pensamentos porque os

6

Orixás estarão sempre com ele, para ajudar e transmitir sua energia de cura, restabelecimento e orientação. Para fazer um bom trabalho terá que estar com suas obrigações em ordem para que possa prestar um bom atendimento mediúnico para com os consulentes. Lembre-se: dedicação, amor, fé, compreensão, aceitação, respeito, verdade, união, força. Estas são as metas alcançadas para aquele que tem seus Orixás assentados juntos com seus guias correspondentes.

Introdução da Obra

Tudo o que foi explanado aqui neste pequeno exemplar como: falsas promessas, revolta, inveja, mentira, medo, avareza, conflito, ignorância, ódio, intolerância, eutanásia, é considerado como doença e bloqueios que necessita ser tratado em todo o médium, que se expõe a evolução dos mestres do astral superior. Existe o médium que vem pela dor e ainda persiste em caminhar pela dor, mas também temos os que querem evoluir e trabalham o seu interior, procuram se melhorar sanando seus bloqueios e desejos seguindo rumo à evolução. Sei o quanto é difícil haurir todas as energias, para aprendermos a ser evoluídos, Temos que sentir a dor do pecado para no futuro sejamos iluminados. Por isso existem formas, que ao mesmo tempo, e nos sentirmos no negativo e no positivo, necessária para distinguir uma do outra, formas que Deus nós deu para evoluirmos e sentirmos na carne a dor do pecado para vencermos diante das dificuldades e alcançar a luz da felicidade plena e seguirmos nossa caminhada. Por isso existem o sete pecados capitais e as sete virtudes, e dentro disso vivemos, ou para a dor ou para a, vivencia dentro de Deus.

7

Com Deus dentro do nosso mundo interior não tememos a morte na carne, porque sabemos que existe vida depois dela e lá sim é a verdadeira vivencia em Deus. Tudo que Ele criou de bom para vivenciarmos, com amor, fé, devoção, e acreditar que somos incluídos Nele.

Como Devemos nos Comportar

Dentro de um Templo de Umbanda

Caros irmãos quando estamos dentro de um templo sagrado, consagrados aos mistérios de Deus, temos por obrigação estar bem arrumada com roupas discretas, com respeito, dedicação, fé, e amor aos senhores Orixás e à nossa religião. A Umbanda não é uma loja ou mercado que vamos para pedir e receber depende de nossa fé e nosso merecimento, nos comportando pedindo apenas paz, prosperidade e equilíbrio, tirando os pensamentos de destruir ou amarrar alguém ou até mesmo os pensamentos desequilibrados de orgulho, vaidade, soberbia e ódio. Nossa amada Umbanda é uma religião, onde cultuamos o Divino Criador, Orixás e suas Divindades com muita reverência, amor, fé e dedicação. As divindades de Deus, nossos Pais e Mães Orixás, cuidam de nós, seus filhos, como as mães e os pais humanos devem cuidar de, seus filhos, dando- lhes as responsabilidades da vida como um todo. Por isso, vamos receber de nossos paizinhos e mãezinhas segundo nosso merecimento. Se você não conseguir uma graça é porque não é merecedor. Então faça por merecer,

8

sempre buscando sua melhora interior, conscientizado de que não podemos ter pensamentos negativos e tenha fé e confiança de que tudo vai melhorar, na hora certa. Busque cultuar os amados Orixás, fazendo uma Oração que saia de dentro do seu coração, e se tiver vergonha de pedir por você, não tenha vergonha de pedir por seus irmãos. Se a felicidade, a esperança, a fé, o amor, a caridade e a humildade já há muito tempo morreram dentro de você, peça aos amados Orixás que o ajudem a trazer de volta esses sentimentos e virtudes e faça de você um verdadeiro e assumido Umbandista. Procure todos os dias quando estiver em seu leito para descansar, retomar em sua mente como foi o seu dia, tendo bastante sinceridade, analisando o que você pensa o que faz de certo e o que fez de errado colocando na balança da lei divina. Procurando sempre se melhorar. Para que você entre em contato com nossos Orixás, basta relaxar, elevar seus pensamentos a Deus, esquecendo dos problemas que lhes afligem, pois as entidades sabem quais são. Respire profundamente várias vezes, e agradeça por estar dentro de um templo sagrado para que se sinta melhor, podendo usufruir plenamente do trabalho que será realizado. Participe sempre dos cultos de nossa amada umbanda e, se já alcançou sua graça, venha agradecer aos Orixás, não tenha vergonha de praticar a religião que lhe ajudou e semeie sua fé e sua religião. Nunca se escondam por traz de mantos invisíveis que lhes esconde uma religião onde lhe traz benefícios, muitos mentem que são de outra religião para que lhes dêem emprego ou mesmo algum status, não mintam para vocês mesmos, assuma a nossa amada umbanda, ela precisa sair dos fundos dos quintais e ir para frente como toda religião. Devemos nos orgulhar de ser Umbandistas, mostrar para todos a nossa fé e amor. Se um discípulo tem orgulho de andar com a bíblia debaixo do braço, devemos ter orgulho de andar com nossos colares de contas no pescoço, e falar a todos. EU SOU UMBANDISTA.

9

Umbanda Natural

A nossa Amada Umbanda Natural é Regida pelos orixás, senhores dos mistérios naturais, essência divinas ou sagradas que interpenetram tudo e a todos nós o tempo todo. Multiplicando-se e distribuindo-se chegando até nós por hierarquias, em todos os níveis, até chegarem ao nível neutro (matéria e espírito) se correspondendo aos pólos positivos e negativos (magnética) se completam ao negativo, formando outras hierarquias da dupla polaridade estabelecidas em fundamentados e aceitadas. Elas não precedem e não independe dos espíritos humanos para existirem tendo como objetivo auxiliar em nossas evoluções, estando em paralelo às esferas espirituais humanas, como um processo semelhante a um bater pulsante de um coração. As hierarquias regidas por tronos, ocupadas por seres de mistérios em si mesmo, são designados na angiologia com os seguintes nomes: Tronos Celestiais, Tronos Universais, Tronos Cósmicos, Humanos, Elementais e naturais. Os Tronos Distribuídos por níveis vibratórios e pólos energomagnéticos, têm por função sustentar todos os processos evolutivos e toda sua criação, estando ligadas as sete telas planetárias sendo intermediárias entre o nível de

10

baixo e o nível de cima no qual esta localizada, como símbolos (Tronos concretizados energicamente) ou Tronos em si mesmos (seres portadores de mistérios que fluem através deles ou neles tendo seu inicio ativo).

As Telas que refletem nos seres humanos são:

• A tela cristalina reflete: pensamento, fé, meditação, oração, devoção,

humildade, caridade, etc.

• A tela mineral reflete: amor, emoção, atração, união, fecundação, fertilização,

concepção, etc.

• A tela vegetal reflete: percepção, raciocínio, crescimento, criatividade, desprendimento, expansão, sensibilidade, etc.

• A tela Ígnea reflete: razão, equilíbrio, purificação, reflexão, justiça, permanência, etc.

• A tela aérea reflete: idealização, lealdade, sustentação, movimentação,

circulação, ordenação, segurança, etc.

• A tela telúrica reflete: tenacidade, formação, durabilidade, estabilização,

cordialidade, paternalismo, evolução, etc.

• A tela aquática reflete: sensibilidade, criação, maternidade, sociabilidade,

regeneração, criatividade, geração, etc. As Telas refletem em tudo e todos, como em todos os outros sentidos das vidas, através de suas hierarquias intermediarias, sendo elas as sete linhas da Umbanda, que é o próprio Trono das Sete Encruzilhadas, não são entendido, pois pelas sete Encruzilhadas fluem todas as ações e reações oriundas, através do Logos Planetário identificador como os Verbos manifestados ou a manifestação do verbo que a tudo idealiza , projeta e realiza. As Telas refletoras simplificam um mistério divino do qual nada sabemos e que nos levaria a toda uma eternidade para estudá-lo.

As sete linhas de umbanda são estas:

• Cristalina:

Oxalá - irradia religiosidade e estimula a fé. Oyá - colhe os religiosamente frágeis.

• Mineral:

Oxum - irradia o amor e estimula a concepção. Oxumaré - paralisa a sexualidade e dilui vícios sexuais.

• Vegetal:

Oxossi - busca o conhecimento e estimula o raciocínio.

11

Obá - paralisa as buscas e aquieta o raciocínio.

• Ígnea:

Xangô - irradia a justiça e estimula a razão. Iansã - anula as injustiças e dilui os acúmulos emocionais.

• Eólica:

Ogum - irradia a lei e estimula a ordenação. Egunitá - consome excessos e paralisa desordens emocionais.

• Telúrica:

Obaluaiyê - irradia o saber e estimula a evolução. Nanã - decanta os excessos (vícios) e concentra os seres.

• Aquática:

Yemanjá - irradia a “criatividade” e estimula a geração. Omulu - paralisa e esgota o criativismo e a geração viciada.

Os elementos dos orixás são:

• Oxalá: cristalino por excelência irradia-se através de todos os elementos.

• Oyá: cristalina por excelência irradia-se através do ar (Iansã)

• Oxum: mineral por excelência irradia-se através da água e do ar, fixa-se na terra e no vegetal e dilui-se no fogo ou nele transmuta-se.

• Oxumaré: cristalino por excelência absorve os minerais e dilui-se na água. Irradia-se no ar e é incompatível com o fogo e o vegetal.

• Oxossi: vegetal por excelência fixa-se na terra, dilui-se na água, alimenta o fogo e irradia-se tanto nos cristais, quanto nos minerais.

• Obá: telúrica por excelência absorve a essência vegetal e assume

características duais. Mas também a encontramos nos minerais, nos cristais e

no pólo negativo da linha aquática (Omulu).

• Xangô: ígneo por excelência absorve ar e alimenta-se das essências vegetal, mineral e cristalina. Fixa-se na terra e é incompatível com a água.

12

• Iansã: eólica por excelência irradia-se no fogo e no tempo e fixa-se no cristal, no mineral e na terra. Dilui-se na água e absorve o vegetal.

• Ogum: eólico por excelência irradia-se no tempo e no fogo, fixa-se nos

cristais, nos minerais e na terra. Dilui-se na água e absorve o vegetal.

• Egunitá: ígnea por excelência fixa-se na terra, no cristal e no mineral. Consome o vegetal, expande-se no ar e anula-se na água.

• Obaluaiyê: telúrico por excelência irradia-se no tempo, no ar e no mineral. Absorve a água, fixa-se no cristal e dilui-se no fogo e no vegetal.

• Nanã: aquática por excelência fixa-se na terra, no mineral e no cristal. Absorve vegetal e é incompatível com o fogo e o ar.

• Yemanjá: aquática por excelência fixa-se no cristal e dilui-se na terra. Absorve vegetal e mineral. Irradia-se no ar e é incompatível com o fogo.

• Omulu: telúrico por excelência. Fixa-se no cristal e irradia-se na água, no ar e

no fogo absorvem vegetais e minerais. Não é incompatível com nenhum elemento que indicam algumas qualidades, atributos e atribuições dos orixás. Portanto temos pólos negativos e positivos, sendo Eles forças que regem por cima e forças regem por baixo. Temos entre os Orixás uns senhores dos mistérios que são Oxalá, Oxum, Obaluaiyê, Oyá, Yemanjá, Oxumaré, Obá e Nanã. Como também temos Guardiões dos Mistérios que são Ogum, Xangô, Yançã, Egunitá, Omulu e Oxossi. Sendo assim temos Orixás que irradiam Mistérios e outros que os aplicam na vida dos seres humanos. Sabendo de tudo isso, meus amados irmãos, reflitam que tudo e todos nós estamos sob a influência de todas as vibrações de todos os Orixás e temos segundos, minutos, horas, dias, meses, anos ou toda a eternidade para evoluirmos, e seja ela pelo amor ou pela dor, por que estando em uma vibração positiva, com pensamentos positivos, estamos sendo observados em nossas evoluções e quando estamos sob uma vibração negativa com pensamentos negativos, estamos sendo observados e punidos por Eles, “senhores executores dos mistérios negativos”. Por esta razão é necessário que seja realizada as seguintes entregas: Exus guardiões dos mistérios dos cristais, ar, fogo, mineral, vegetal, água e terra e os Orixás correspondentes para temos uma vida saudável e próspera em todos os sentidos, e se mantendo em total vigilância.

13

Mistério

O mistério é algo que existe por si só, estando à disposição de todos desde que entrem em sintonia vibratória com o padrão por ele onde flui o tempo todo. A fé pode ser diferenciada a divindades diferentes, mas sendo todas elas mistério de Deus, a própria fé torna-se um mistério que encontramos em nós mesmos, que irradiamos eflúvios estimuladores quando a vibramos intensamente. Com todos os mistérios ocorre a mesma coisa, se nos sintonizarmos com ele tanto receberemos suas irradiações divinas como nos tornaremos irradiadores deles. Isso acontecendo nos tornamo-nos semelhante à imagem de Deus, guardando as proporções seremos micro irradiadores dos seus mistérios divinos que são:

essência cristalina, mineral, vegetal, ígnea, eólica, telúrica e aquática. O homem não é um ser perfeito em si mesmo, mas, por ser uma centelha divina portadora dos mistérios de Deus, passa então por aperfeiçoamentos consciências que o tornam manifestador dos mistérios divinos herdados do seu Divino Criador. Assim como o homem-carne herda as características genéticas de seu pai, também homem-carne, o homem-espírito herdou de Deus os mistérios divinos,

14

todos eles armazenados na centelha divina que anima e o sustenta vivo, vibrante, irradiante e pensante.

Hereditariedade dos Seres

É características que herdamos das divindades que fatoram em nossa origem, aplica-se a todos os seres humanos estando num todo que é Deus, e são em si suas qualidades. As características dos filhos dos Orixás são geradas por Deus em suas ondas fatorais sendo ocupadas em seus dois pólos magnéticos e as características de seus filhos. As características hereditárias de uma divindade são encontradas em todos os seres humanos, sendo que um fator tem uma parte positiva e a outra negativa, sendo que cada parte tem seu pólo macho e seu pólo fêmea. Mostrada nas ciências divinas no código de Umbanda de Rubens Saraceni os pólos de um fator esta na origem das ciências do X ou dos entrecruzamentos. Completa em si uma onda fatoral divina rege todas as coisas originadas em suas qualidades, influindo na formação de tudo o que tem nela, alcançando a tudo e todos estando presente na vida de tudo e todos. Sabemos que a parte positiva de um fator rege sobre a razão dos seres, a negativa rege sobre os instintos e as criaturas que normalmente chamamos de amimais irracionais. Uma onda fatoral é uma faculdade criadora do Divino Criador, que gera nela, os seus semelhantes, as criaturas e as espécies, regidas por essa sua

15

irradiação Divina. Uma onda esta em tudo que Deus cria então encontrará sua presença em um animal em uma folha, em uma raiz, etc. impossível sermos taxativos quanto à natureza de um ser, sendo que suas reações são previsíveis num quadro geral, mas são imprevisíveis num quadro individual, particular e pessoal. Se todos são semelhantes de modo geral no aspecto, no individuo ninguém é igual a ninguém, devido a essas alterações. Sendo assim, o que aplicamos aos Chacras aplica-se a astrologia, se um ser nasce sob a regência de um planeta outros influenciaram quanto a sua natureza intima, diferenciando-o de alguém nascido sob a regência do mesmo planeta, mas em outra hora, outro dia. As distribuições principais e secundarias dos Orixás nos sete Chacras conduzem a tantas combinações, que uma pessoa nunca será cem por cento, igual à outra em todos os sentidos, havendo alterações nas distribuições dos Orixás de pessoa para pessoa. Em resumo todos são semelhantes no aspecto geral, sendo que no individual ninguém é igual a ninguém, justamente por causa destas alterações.

Chacras

Chacras são pontos de irradiações distribuídos ao longo de nossa coluna vertebral, o equilíbrio desses pontos permite a nossa ligação com o campo espiritual, cada qual com sua função. O desequilíbrio de um deles conseqüentemente ocasiona o desequilíbrio de todos os outros fazendo com que o indivíduo se desequilibre não conseguindo sua ligação com o divino. Veremos abaixo quais são esse Chacras e suas funções.

Chacra Coronal ou Ori

Localiza-se no topo da cabeça. Propósito: Conecta-nos com a energia divina, nos traz a sabedoria intuitiva e nos conecta a espiritualidade. Lição: Aprendermos com a espiritualidade e a vivermos o momento. Desequilíbrio: Depressões espirituais, falta de propósito, perda da identidade, medo da solidão, sentimento de separação do próprio eu, sensibilidade à luz, som e ambiente. Equilíbrio: Descoberta do divino, facilidade na conexão universal, humanismo, devoção, inspiração, valores, princípios e ética.

16

Chacra Frontal

Localiza-se no centro da testa. Propósito: Intuição e autoconhecimento. Lição: Entendimento universal. Desequilíbrio: Rigidez mental, racionalidade excessiva, medo da verdade, confusão, fixação nas idéias, tumores cerebrais, cegueira, surdez, problemas na espinha, pânico, depressão. Equilíbrio: Agilidade mental, terceira visão desenvolvida, abertura da visão interior, conceito de realidade, capacidade de ver além das formas físicas, inteligência emocional, sabedoria, intuição e intelecto.

Chacra Laríngeo

Localiza-se na área da garganta. Propósito: Aprender a assumir responsabilidade, comunicação e expressão. Lição: Aprender a render-se à vontade de divina, a verdade sobre as decepções. Desequilíbrio: Dificuldade em mostrar-se, dor de garganta, timidez, insegurança, criticas, medo da opinião alheia, aftas escolioses, glândulas inchadas, laringite, problemas de dente ou gengivas. Equilíbrio: Liberdade de expressão ou pensamento, boa comunicação, honestidade interior, vontade, sensação de integridade.

Chacra Cardíaco

Localiza-se na área do coração. Propósito: Abnegação, amor universal, paz. Lição: Perdão, amor incondicional, deixar fluir, confiança, compaixão. Desequilíbrio: Doação excessiva de si, desespero, ódio, inveja, medo, ciúme, raiva depressão, angustia, diferença, brutalidade, câncer do seio. Equilíbrio: Amor, compaixão, confiança, inspiração, calma, generosidade, conexão com que amamos e com o amor divino, amor incondicional.

17

Chacra Esplênico

Localiza-se na área do umbigo é o centro de força pessoal. Propósito: Entendimento pessoal. Lição: Aceitação espiritual, amor próprio. Desequilíbrio: Tendência a moldar tudo de acordo com seu ponto de vista, egoísmo, medo, ulceras, tumores intestinais, hepatite, cirrose, artrite, anorexia e bulimia. Equilíbrio: Auto-estima, paz e harmonia, aceitação da vida, autoconfiança, personalidade e consciência.

Chacra Sacro ou Umbilical

Localiza-se abaixo do umbigo. Propósito: Potência sexual, criatividade, conexão emocional. Lição: Aprender com os acontecimentos e deixar fluir. Desequilíbrio: Ciúmes, possessividade, tensão, tristeza, libido e problemas urinários. Equilíbrio: Fluidez natural da vida em todos os sentidos, dualidade e magnetismo.

Chacra Básico

Localiza-se no centro da pélvis. Propósito: Sentimentos sinestésicos e movimento. Lição: Interagir com o mundo material. Desequilíbrio: Irritação, raiva, medo de viver, dor nas costas, varizes, tumores renais e depressão. Equilíbrio: Confiança, segurança pessoal, auto-estima, satisfação, estabilidade e força interior.

18

Androgenesia Umbandista

Ciência que diz respeito ao desenvolvimento físico e moral do homem.

As filiações de Oxalá Irradiação cristalina - Fator cristalizador ou magnetizador

Oxalá na numerologia - 1 (um) Os filhos de Oxalá são regidos pelo Sol Os filhos de Oxalá, se no positivo, são amoroso, alegres, compenetrados em tudo o que fazem, emocionam-se facilmente, compadecem-se com o sofrimento alheio e acreditam em todos, são persistentes. Os filhos de Oxalá no negativo são ranzinzas, briguentos, frios, perversos, perigosos, agressivos e vaidosos. Os filhos de Oxalá apreciam festas, reuniões “calorosas”, passeios, a boa mesa, roupas da moda e a companhia de pessoas alegres e leais, mulheres inteligentes e decididas. Os filhos de Oxalá não apreciam pessoas falsas, emotivas, arrivistas, roupas conservadoras chulas, trabalhos pesados, recintos fechados, horários rígidos e comida picante. Os filhos de Oxalá se afinizam facilmente com os filhos de Oxossi, de Oxumaré e de Ogum; e com as filhas de Nanã, de Iemanjá, e de Oxum, de Iansã e de Oyá.

19

Os Filhos de Oxalá não se harmonizam facilmente com os filhos de Xangô, Omulú e Obaluaiyê, e com as filhas de Obá e de Egunitá. Os filhos de Oxalá são solares e geniosos. Os filhos puros de Oxalá (Oxalá + Oyá Tempo) são tímidos, introvertidos e circunspectos, preferem ouvir a falar. Quanto às filiações mistas, ainda que preservem as nuanças, características de seus pais, deixam visíveis as características das partes dos outros fatores com os quais se fundiram.

As filiações de Oyá-Tempo Irradiação cristalina - fator desmagnetizador ou temporal

Oyá na numerologia – 10 (dez) As filhas de Oyá são regidas pelo Tempo. As filhas de Oyá se no positivo, são simpáticas, discretas, silenciosas, observadoras, amigas e conselheiras, emotivas, mas guardam suas emoções para si ao invés de exteriorizá-las, são lutadoras e muito sinceras. As filhas de Oyá no negativo são retraídas, ciumentas, possessivas, evasivas, fugidias, descrentes, desconfiadas, não perdoam uma ofensa, mesmo inconsciente. São glaciais nos seus envolvimentos emocionais. As filhas de Oyá apreciam as coisas religiosas, o estudo, a música suave, a companhia de pessoas discretas e de homens maduros, reservados e amorosos. As filhas de Oyá não apreciam pessoas imaturas, “improdutivas”, muito falantes e grosseiras, roupas aberrantes, discussões inconseqüentes, intrigas, lugares muito agitados, muitas companhias, não gastam seu tempo à toa. As filhas de Oyá se compatibilizam facilmente com as filhas de Iemanjá, Oxum, Obá e Egunitá; e com os filhos de Ogum, de xangô, de Oxumaré e de Obaluaiyê. As filhas de Oyá não se misturam facilmente com as filhas de Nanã e de Iansã; e com os filhos de Oxossi, de Xangô e de Omulú. As filhas de Oyá são temporais, persistentes, tenazes e introspectivas; As filhas puras de Oyá-Tempo (Oyá+ Oxalá) – são observadoras, recatadas e argutas, se destacam mesmo quando permanece tão silencioso quanto o tempo, que as rege. Quanto às filiações mistas, ainda que preservem as nuanças, características de seus pais, deixam visíveis as características das partes dos outros fatores com os quais se fundiram.

20

As filiações mistas de Oyá-Tempo são de difícil identificação e, mesmo elas não tendo outra característica, além do porte físico semelhante ao das filhas de Iansã, mesmo sendo opostas pois, são muito discretas ou introvertidas.

As filiações de Oxum Onda geradora mineral - Fator agregador

Oxum na numerologia – 2 (dois) As filhas de Oxum são regidas pelo planeta Vênus, que é um planeta misto. As filhas de Oxum, no positivo, são amorosas, delicadas, meigas, sensíveis, perceptíveis, perfeccionistas, cuidadosas, amáveis, protetoras e maternais. As filhas de Oxum, no negativo, são ciumentas, agressivas, vaidosas, insuportáveis, intratáveis, vingativas, não esquecem uma ofensa e não perdoam uma mágoa. As filhas de Oxum apreciam festas familiares, danças, recitais românticos, poesias, medicina, crianças, ser professoras, conselheiras e donas-de-casa dedicadas. As filhas de Oxum não apreciam a solidão, homens autoritários ou agressivos, reuniões monótonas, estudo das ciências exatas, política, lugares tristes ou monótonos, homens ciumentos e mulheres egoístas. As filhas de Oxum são regidas por Vênus, que realça nelas a feminilidade e o charme. As filhas de Oxum são de compleição delicada, sensíveis e alegres. As filhas de Oxum harmonizam-se com as filhas e os filhos de todos os Orixás. As filhas de Oxum apreciam as coisas religiosas ou da fé.

21

As filiações de Oxumaré Onda geradora mineral - Fator diluidor e renovador

Oxumaré na numerologia – 11 (onze) Os filhos de Oxumaré são regidos pelo planeta Vênus, que é um planeta misto. Os filhos de Oxumaré, no positivo, são extrovertidos, falantes, galantes, envolventes, comunicativos, criativos, amáveis, educado, curiosos, interrogativos e alegres. Os filhos de Oxumaré, no negativo, são apáticos, mórbidos, fechados, sombrios, solitários, auto punidores, venenosos e aziagos. Os filhos de Oxumaré apreciam as ciências, os estudos filosóficos passeios em grupo, reuniões agitadas ou festivas, discursos eloqüentes e emocionantes, a política, a liderança, ser expoente no seu meio e criar coisas novas e revolucionárias, gostam de mulheres descontraídas e descompromissadas, pois são volúveis. Os filhos de Oxumaré não apreciam a monotonia ou repetitividade nos seus dia- a-dia, mulheres ciumentas, a mesma comida todo dia, locais fechados ou abafados, pessoas inoportunas (os aproveitadores), pessoas de natureza iracunda ou irritantes, ou mal-humorados. Os filhos de Oxumaré são regidos por Vênus o que estimula neles a libido e os sentimentos amorosos. Os filhos de Oxumaré são do tipo esbelto, solto e ágil. Os filhos de Oxumaré só não se compatibilizam com os filhos de Omulú e de Xangô. Os filhos de Oxumaré apreciam as coisas místicas e mágicas.

22

As filiações de Oxossi Onda geradora vegetal – Fator expansor

Oxossi na numerologia – 5 (cinco) Os filhos de Oxossi são descontraídos. Os filhos de Oxossi são regidos pelo planeta Mercúrio. Os filhos de Oxossi são imantados com um magnetismo expansivo, eles são classificados como filhos do conhecimento. Os filhos de Oxossi são curiosos e sente atração por tudo o que for interessante. Os filhos de Oxossi apreciam viajar, estudar, fazer muitas amizades e confiam muito facilmente. Os filhos de Oxossi não apreciam pessoas ignorantes, lugares fechados, a monotonia, conversas tolas, pessoas falsas. Os filhos de Oxossi, se no positivo, são galanteadores, verborrágicos, confiáveis, leais, sensíveis às necessidades alheias e muito prestativas. Os filhos de Oxossi, se no negativo são críticos ácidos, linguarudos e respondões, vingativos, perigosos e brigam por qualquer motivo. Os filhos de Oxossi harmonizam-se facilmente com os filhos de Oxalá, Ogum, Xangô, Oxumaré e Omulú, e têm reservas quando em contado com os filhos de Obaluaiyê. Compatibilizam-se facilmente com as filhas de Iemanjá, Oxum, Oyá e Iansã e têm reservas com as filhas de Obá, Egunitá e Nanã Buruquê.

23

As filiações de Obá Onda geradora vegetal – Fator concentrador

Obá na numerologia – 14 (quatorze) As filhas de Obá são regidas pelo planeta Urano. As filhas de Obá são observadoras. As filhas de Obá são reservadas e sente atração por tudo o que for prático. As filhas de Obá apreciam a vida doméstica, a segurança do lar e são muito reservadas com suas amizades, preferindo falar da vida alheia que da própria, e desconfiam ao primeiro sinal de alerta interior. As filhas de Obá não apreciam pessoas soberbas, lugares ou reuniões agitadas, conversas chulas, pessoas vaidosas ou rompantes. As filhas de Obá, se no positivo, são humildes, boas ouvintes dos nossos problemas, conselheiras, capazes de dar o próprio pão a alguém que não tem nada para comer, são resignadas e esperançosas. As filhas de Obá, e no negativo, são intrigantes, ficam remoendo uma ofensa recebida, são cruéis e traiçoeiras, e se vingam na primeira oportunidade que surgir. As filhas de Obá conciliam-se com os de Ogum, Obaluaiyê, Oxalá e Xangô, mas não com os filhos de Oxumaré, Oxossi e Omulú. E harmonizam-se facilmente com as filhas de Iemanjá, de Nanã e de Oxum, e não facilmente com as filhas de Egunitá, Oyá e de Iansã.

24

As filiações de Xangô Onda geradora ígnea – Fator equilibrador

Xangô na numerologia – 3 (três) Xangô é um orixá solar tal como sua parte negativa, Egunitá. Os filhos de Xangô, se no positivo, são passivos, racionais, meditativos e observadores atentos, mas pouco falantes e geniais; Os filhos de Xangô, se negativados, são reclusos, calados, rancorosos, implacáveis nos seus juízos, intratáveis. Os filhos de Xangô apreciam a leitura, a música, os discursos a boa companhia, principalmente de mulheres vivazes, o aconchego do lar e da boa mesa. Os filhos de Xangô não apreciam festas arrivistas, reuniões emotivas, reuniões emotivas, companhias desequilibradas ou mulheres apáticas, os egoístas e os soberbos. Os filhos de Xangô gostam de se vestir bem, mas com sobriedade. Os filhos de Xangô são judiciosos. Os filhos de Xangô se consolidam facilmente com os filhos de Oxalá, de Ogum, de Oxossi, e com as filhas de Iansã, de Iemanjá de Oxum e de Oyá. Os filhos de Xangô não se harmonizam facilmente com os filhos de Oxumaré, de Omulú e de Obaluaiyê e não se dão bem com as filhas de Egunitá, de Obá e de Nanã. Os filhos de Xangô são de estatura baixa ou média, de compleição robusta ou atarracada.

25

As filiações de Egunitá (Niguê-iim) Onda geradora ígnea - Fator consumidor

Egunitá na numerologia – 9 (nove) Egunitá é um orixá solar tal como sua parte positiva, Xangô. As filhas de Egunitá, se no positivo, são ativas, emotivas, impulsivas, reparadoras, faladoras e geniosas. As filhas de Egunitá, se negativas, são egoístas, briguentas, intrigantes, vingativas, insensíveis e teimosas. As filhas de Egunitá apreciam as conversas reservadas, os espetáculos

emotivos, as reuniões direcionadas, tais como as de estudo, de orações, políticas, etc. Apreciam a companhia de pessoas passivas e a de homem que as encantem; gostam de passear, pois não suportam o isolamento do lar. As filhas de Egunitá não apreciam homens presunçosos, arrivistas e preguiçosos, não apreciam festas monótonas, conversas tolas, comidas sonsas

e bebidas adocicadas.

As filhas de Egunitá gostam de se vestir bem, mas com roupas coloridas ou de

cores fortes. As filhas de Egunitá são belicosas

As filhas de Egunitá se compatibilizam facilmente com as filhas de Iansã, de Oyá

e de Nanã, e com os filhos de Ogum, de Omulú, de Oxalá e de Oxumaré.

As filhas de Egunitá não se dão bem com as filhas de Iemanjá, de Obá e de Oxum, e nem com os filhos de Xangô, de Obaluaiyê e de Oxossi. As filhas de Egunitá são de estatura média ou alta, de compleição longilínea ou magra.

26

As filiações de Iansã Onda divina eólica - Fator direcionador - Irradiação da Lei Maior

Iansã na numerologia – 13 (treze) As filhas de Iansã são regidas pelo Sol. As filhas de Iansã são emotivas e se não se impõem, revoltam-se e abandona

quem não se submete a elas, e logo estão estabelecendo novas ligações

que imporão. As filhas de Iansã no positivo são envolventes, risonhas, alegres, amorosas, cativantes, mas sem pieguice, possessivas com as suas amigas e companheiras leais, mulheres decididas que tomam iniciativas ousadas, expeditas, ágeis no pensar e no falar, objetivas e lutadoras e são lideres natas. As filhas de Iansã no negativo são apaixonadas, bravas, emotivas, de pavio curto, falante, briguento, intolerantes não perdoam quem as magoa e são explosivas. As filhas de Iansã têm afinidade com as filhas de Iemanjá, de Oyá, de Oxum e de Nanã; e com os filhos de Oxalá, Omulú, Obaluaiyê, de Oxossi e de Xangô. As filhas de Iansã não se compatibilizam facilmente com as filhas de Obá e de Egunitá; e não se dão bem com os filhos de Ogum e de Oxumaré. As filhas de Iansã apreciam festas, pessoas falantes e alegres, ambientes enfeitados e multicoloridos, viagens a passeio, homens envolventes, trabalhos agitados. As filhas de Iansã não apreciam homens introvertidos, reuniões monótonas, amizades egoístas, comidas pesadas, roupas sóbrias, a “prisão” da vida doméstica, a repetição das mesmas coisas no seu dia-a-dia. As filhas de Iansã são de estatura média e de compleição curvilínea bem delineada, tendendo para o sensualismo. As filhas de Iansã não são muito apegadas às suas moradas e apreciam ficar na de suas amigas íntimas, com as quais se dão bem e se apegam com facilidade. As filhas de Iansã são muito seletivas e só se apaixonam de fato se o homem for muito envolvente. Do contrário, assim como os atrai, dispensa-os com uma rapidez impressionante.

Em

27

As filiações de Ogum Onda divina eólica - Fator ordenador - Irradiação da Lei Maior

Ogum na numerologia – 7 (sete) Os filhos de Ogum são regidos pelo planeta Marte. Os filhos de Ogum são irredutíveis e tentam impor-se a todo custo. Os filhos de Ogum no positivo são leais, vigorosos no amparo aos seus afins, protetores, ciumentos dos seus, não abandonam um amigo à própria sorte e dão a vida para salvar alguém. Os filhos de Ogum, no negativo, são possessivos, intolerantes, rigorosos com os outros, insensíveis, aguerridos, encrenqueiros, implacáveis, irredutíveis em seus pontos de vista e irascíveis. Os filhos de Ogum harmonizam-se facilmente com os filhos de Omulú, de Xangô e de Oxalá; e com as filhas de Iemanjá, de Egunitá, de Obá e de Oyá. Os filhos de Ogum não se harmonizam facilmente com os filhos de Oxumaré, de Obaluaiyê e de Oxossi; e não se dão bem com as filhas de Nanã, de Iansã (suas irmãs) e de Oxum. Os filhos de Ogum apreciam viagens, competições, esportes violentos, discussões acaloradas, comidas e bebidas fortes, e mulheres que se apaixonam por eles, claro! Os filhos de Ogum não apreciam a monotonia, o sedentarismo, as músicas suaves ou melancólicas, o trabalho onde devem ficar incomunicáveis ou presos a um mesmo lugar, repetitivo mesmo. Os filhos de Ogum são de estatura média e de compleição física forte e voluntariosa, tendendo para o corpo musculoso. Os filhos de Ogum, apesar de detestarem o sedentarismo, gostam de ter seu canto, para onde retornam ao fim do seu dia bastante ativo. Os filhos de Ogum são muito volúveis quanto ao sexo e se apaixonam muito facilmente, assim logo estão em busca de nova paixão.

28

As filiações de Obaluaiyê Onda divina evolutiva - Fator evolutivo

Obaluaiyê na numerologia – 4 (quatro) Obaluaiyê é telúrico-aquático. Obaluaiyê tanto quanto Nanã são associados à sapiência e à maturidade, à razão e à ponderação, pois são os Orixás regentes da evolução. Os filhos de Obaluaiyê são regidos pelos magnetismos terráqueos e jupterianos. Os filhos de Obaluaiyê no positivo são cordiais, corteses, falantes, criativos, imaginosos, elegantes e generosos. Os filhos de Obaluaiyê no negativo são prepotentes, autoritários, mesquinhos, vaidosos, desleais, intrigantes, vingativos, pedantes, bajuladores e mulherengos. Os filhos de Obaluaiyê apreciam a boa mesa, companhias interessantes, ser o centro das atenções, festas, roupas elegantes, viagens, reuniões animadas e bebidas suaves. Os filhos de Obaluaiyê não apreciam a monotonia, o silêncio, a solidão, as companhias tolas ou inconseqüentes e o trabalho repetitivo ou em ambientes fechados. Os filhos de Obaluaiyê se harmonizam facilmente com os filhos de Oxalá e de Oxossi, e com as filhas de Iemanjá, de Oxum e de Iansã. E não compatibilizam facilmente com os filhos de Oxumaré, Ogum, Xangô e Omulú, e com as filhas de Obá, Egunitá, Oyá e Nanã.

Os filhos puros de Obaluaiyê são de estatura média e muito parecida com os filhos de Xangô, só que são menos “racionais” e são bem descontraídos, emotivos mesmo.

29

As filiações de Nanã Onda divina evolutiva – Fator decantador

Nanã na numerologia – 6 (seis) Nanã é aquáticos. Nanã tanto quanto Obaluaiyê são associados à sapiência e à maturidade, à razão e à ponderação, pois são os Orixás regentes da evolução. As filhas de Nanã são regidas pelos magnetismos venusianos e terráqueos. As filhas de Nanã no positivo, as filhas de Nanã são calmas, conselheiras, orientadoras, religiosas, emotivas, muito simpáticas. As filhas de Nanã no negativo são intratáveis, ríspidas, tagarelas, fuxiqueiras, vingativas, perigosas. As filhas de Nanã apreciam a boa mesa, companhias falantes e alegres, reuniões familiares e religiosas, pessoas que lhes dediquem afeto e respeito e vestes multicoloridas. As filhas de Nanã não apreciam pessoas egoístas, mesquinhas ou geniosas. Nem festas e reuniões agitadas, crianças peraltas, roupas espalhafatosas, desperdício, preguiçosos e exibicionistas. As filhas de Nanã harmonizam-se facilmente com as filhas de Iemanjá, Oxum e Obá, e com os filhos de Ogum, Xangô, Oxalá, e Omulú. E não se harmonizam facilmente com as filhas de Iansã, Oyá, Egunitá, e com os filhos de Obaluaiyê, Oxossi e de Oxumaré. As filhas puras de Nanã são de estatura média e tendem para a obesidade, sendo que muitas são naturalmente gordas, descontraídas e de uma alegria espontânea.

30

As filiações de Iemanjá Onda divina da criatividade e da geração - Fator gerador

Iemanjá na numerologia – 8 (oito) As filhas de Iemanjá são regidas pelo planeta Netuno. Iemanjá é aquático-cristalina, ela é a mãe da vida, maternal, mas autoritária. As filhas de Iemanjá são típicas matronas, robustas, vigorosas, impulsivas, autoritárias, impositivas, e até possessivas, pois sempre prevalece sua natureza maternal. As filhas de Iemanjá, no positivo, são alegres, leais, fiéis, generosas, trabalhadoras, muito diligentes em tudo o que faz e muito ativas. As filhas de Iemanjá, no negativo, são respondonas, irritantes, intolerantes, briguentas e despeitosas. As filhas de Iemanjá apreciam a vida doméstica, o trabalho produtivo, o respeito, a fidelidade, a religiosidade firme, o estudo, vestes sóbrias e elegantes, a companhia de homens firmes nas decisões e de natureza forte. As filhas de Iemanjá compatibilizam-se facilmente com todas as filhas e filhos dos outros Orixás, desde que não as contrariem e não as atrapalhem. Sabemos que existe uma Iemanjá da Terra (filiação mista), que é a nossa amada Iemanjá da Evolução, essa Iemanjá telúrica não é uma Nanã, porém muitos a confundem, pois não diferenciam o fator aquático dos tipos de água existentes no plano material. A diferença fundamental entre Nanã e Iemanjá consiste nos fatores que geram, pois enquanto o fator de Nanã é bioenergético (Água-terra), o de Iemanjá e água pura. Assim, a proximidade entre Nanã e Iemanjá é acentuada e facilmente são confundidas, associações estas que fazem entre esses Orixás são por causa do “parentesco” existente nos seus fatores. No tipo físico das filhas de Iemanjá que são altas e robustas e as filhas de Nanã são de estatura média e tentem para a obesidade.

31

As filiações de Omulu Onda divina da criatividade e da geração – Fator paralisador

Omulú na numerologia – 12 (doze) Os filhos de Omulú são regidos por Plutão. Omulú é telúrico-temporal, ele é guardião da vida, rigoroso, mas compreensivo, ainda que não o demonstre. Os filhos de Omulú são ranzinzas, turrões, inflexíveis, autoritários, inamovíveis nos seus princípios, aziagos nos seus relacionamentos, e são ótimos mestres instrutores, pois é muito organizado em tudo o que fazem, levando suas empreitadas até o fim, sem se importarem com o preço a se pago. Geralmente são magros e de traços físicos bem definidos. Os filhos de Omulú, no positivo, são alegres, mas reservados, resolutos, observadores, perspicazes e orientadores. Os filhos de Omulú, no negativo, são perigosos, violentos, intolerantes, cruéis e insensíveis à dor alheia. Os filhos de Omulú apreciam a vida errante, o trabalho descompromissado, (como se a qualquer momento partissem) o ensino, o misticismo, a magia e as coisas religiosas, roupas discretas, mas, bem alinhadas, a boa mesa e companhias inteligentes. Os filhos de Omulú harmonizam-se facilmente com os filhos de Oxalá, Xangô e Ogum, e não se consolidam facilmente com os filhos de Oxumaré, Oxossi e Obaluaiyê. Harmonizam-se facilmente com as filhas de Iemanjá, Oxum, Nanã. Não se harmonizam facilmente com as filhas de Oyá, Egunitá e Obá.

32

Tipos de Água existentes no plano material

Água Marinha – Iemanjá Água mineral – Oxum Água doce – Nanã Água Sulfurada – Egunitá Água Ferruginosa – Ogum Água Cristalizada – Oyá-Tempo (o granizo) Água Vegetal – Obá (a seiva dos vegetais) Água de Chuva – Iansã Água de Fonte – Oxalá (as nascentes)

Nas frutas, a água de cada uma também obedece a essas distribuições:

Água do Coco – Oxalá Água do Limão – Tempo Água do Melão Oxumaré Água da Maça – Oxum Água da Pêra – Iemanjá Água de Framboesa – Iansã Água da melancia – Ogum Água da Laranja – Oxossi Água do Abacaxi – Oyá-Tempo Água do Abacate – Omulú e Obá

Quando um ser humano entra em desalinho ou desequilíbrio, ocasionadas seja por ordem mental ou emocional, ou por uma projeção de energias enfermiças que surge de uma magia negativa conseqüentemente entra a força dos Orixás Guardiões dos mistérios negativos, para absorver as energias e colocá-lo em alinho novamente, mas às vezes é tão forte a energia negativa, que precisa de uma ajuda externa para a melhora. Poderá então ser feito uma magia positiva ou uma entrega para os Orixás Guardiões dos mistérios que esta no livro “o livro de Exu “O mistério revelado” psicografado por Rubens Saraceni”.

33

Exus e Pombas Giras

Trilham no astral inferior apenas para combater o mal desfazendo feitiços, trabalhos de magia negra em pessoas e ambientes, resgatando os espíritos malignos e obsessões, onde são encaminhados aos guardiões dos mistérios de Deus ou ao seu lugar de merecimento. É comum ouvir dizer que sem Exu não se faz nada, isso se dá pelo fato destas entidades estarem em frente aos combates espirituais prestando defesa e proteção, não é vingativo como a maior parte das lendas nos levou a pensar. Para Eles não existe a divisão entre o bem e o mal, cumprem apenas com aquilo que lhes é pedido, tornando-se controvertidos. Ligados a Lei, são executores dela, sendo ao mesmo tempo neutros. Sua energia é mais densa, sua vibração esta mais próxima ou similar a vibração da terra, tendo o poder de plasmar-se das mais diversas formas para entrar em determinados domínios negros, para que cumpram sua missão. Portanto os Exus e Pombas Giras, são espíritos que entende a alma humana, são voltados para o bem e trabalham para o bem, tendo acesso as esferas mais baixas resgatando espíritos que ofenderam as Leis da Criação, cada um em seu ponto de força. Por isso cuidado ao fazer um pedido a um Exu ou Pomba-Gira, pois se for benéfico e de nosso merecimento seremos atendidos, porém não peça o mal a um Exu ou Pomba-Gira de Lei, porque será punido por eles mesmos. Não queira ver um Exu ou Pomba-Gira atuando na Lei contra você. Que isso fique bem claro, Exu E Pomba-Gira só age se for pago simbolicamente através de uma oferenda. Com isto ele se exime de culpa pela ação. Quem o pagou torna-se o culpado. Mas para isso podemos fazer uma entrega e ofertar nossos amados Exus Guardiões dos Mistérios dos Orixás, porque antes de qualquer coisa é eles que abrem as portas para entrarmos nos reinos dos Orixás. Porque sem Exu Não se faz nada. Abre-se uma oferenda no meio do salão aonde todos podem ser beneficiados.

Material:

Toalhas ou panos pretos e vermelhos, fitas, velas, linhas, pemba nas cores preto e vermelho, flores:- cravos vermelhos, frutas: manga, mamão, limão,

34

abacaxi verde, bebidas: aguardente de cana de açúcar, uísque, conhaque, comidas: farofa de carne bovina ou miúdos de frango, bifes de carne ou de fígado bovino frito com azeite de dendê e com cebolas, bifes de carne ou fígado bovino temperado com azeite de dendê e pimenta ardida.

bovino temperado com azeite de dendê e pimenta ardida. Foto 1: Entrega para Exu e Pomba-Gira

Foto 1: Entrega para Exu e Pomba-Gira

Após a oferenda montada faz esta oração aos senhores Guardiões dos Mistérios dos Orixás. Que por sinal é muito bom se sentir protegidos e amparados. O dirigente da casa faz a Oração com calma e pausadamente com muita fé e tranqüilidade.

Evocação a Deus

Amado Senhor Deus, nosso Pai e nosso Divino Criador, Nós O saudamos neste momento e clamamos ao Senhor que envolva-nos na sua luz divina, conduza-nos de agora em diante e até a realização das nossas necessidades e

35

da sua vontade para conosco seus filhos e seus servos vivendo neste plano físico da tua Criação. Amado Senhor, conceda-nos a licença de evocarmos os seus mistérios sagrados e os tronos regentes e sagrados e os Senhores Exus Guardiões dos mistérios dos Cristais, do Ar, do fogo, dos vegetais, dos minerais, da terra e das águas, em todos os seus aspectos, para que assim amparados pelo Senhor passamos desencadear ações luminosas desse seu mistério, Senhor Nosso! Amado Senhor, muitas têm sido as nossas falhas, nossos erros e nossos pecados, cometidos mais por ignorarmos suas leis divinas que por maldade. Então, diante do Senhor neste momento, reverentemente, vos pedimos, que perdoe essas nossas falhas, erros e pecados para que assim, perdoados pelo Senhor, possamos receber todos os benefícios que este seu sagrado mistério poderá nos concede auxiliando-nos a superarmos nossas dificuldades, sejam elas de ordem material e terrena ou de ordem espiritual ou kármica. Pai Amado e misericordioso conduza-nos ao interior desse teu mistério sagrados para que assim amparados e conduzidos pelo Senhor, sejamos acolhidos nos domínios dos senhores guardiões regentes dos mistérios executores para que dentro destes domínios recebamos todo o auxílio que precisamos para superar todas as nossas dificuldades, dificuldades estas que até aqui nos conduziram. Abençoa-nos amado Senhor Deus, Senhor nosso Pai Eterno e Nosso Divino Criador! Amém.

Oração aos senhores executores da Lei Maior

Sagrados tronos regentes da Lei Maior e da Justiça Divina Pedimos a Permissão para evocarmos e trabalharmos com os mistérios dos Exus Guardiões dos mistérios dos Orixás e senhores regentes dos procedimentos e processos. Sabemos que erramos e estamos aqui diante de vos pedindo a misericórdia para que assim amparados por vos possamos desencadear forças para nos equilibrarmos neste momento e sejamos ajudados por Eles. Amém! Amados senhores Executores dos procedimentos e dos processos Exus Guardiões dos mistérios dos Orixás, vós que sois mantenedores da ordem da retidão, ouçam nosso clamor atendam nossa invocação, venham em nosso auxilio e atuem em nosso benefício, afastando de nossas vidas todos os embaraços que nos tem paralisado, desanimado e entristecido.

36

Sagrados Guardiões atuem em nosso beneficio cortando todos os liames que nos envolveram e nos amarraram que nos paralisaram e têm nos impedido de avançarmos na senda do nosso destino. Envolvam-nos com vossas vibrações divinas e purifiquem tudo à nossa volta, afastando para sempre de nossa vida os tormentos da aflição, da angustia, da miséria, da fome, da doença, da solidão, da apatia, da ignorância e da maldade. Atuem sobre nossos inimigos encarnados ou não, envolvendo-os em vossas vibrações esgotadoras dos maus pensamentos dos maus sentimentos, anulando no intimo deles as vibrações de ódio, inveja e vingança auxiliando-os a se livrarem dos tormentos e das más influências espirituais que os têm subjugado e têm colocado-os contra nós. Que vossas energias esgotadoras anulem todas as magias negativas, bruxarias, necromâncias, encantamentos, amarrações, obsessões, encostos, mau-olhado, invejas, fechamentos de caminhos, de portas, de passagens e de campos e dissipem tudo isso espalhando pelos quatro cantos da criação todos os agentes materiais ou espirituais atuantes por trás dessas ações negativas intentadas contra nós pelos nossos inimigos ou que foram atraídas por nós por causa das nossas falhas, dos nossos erros e dos nossos pecados. Amados Guardiões dos mistérios de Deus, purifiquem, e atuem sobre os instintos inferiores. Anulem em nosso intimo todos os nossos sentimentos negativos que têm distorcido a nossa consciência e têm nos escurecido, e nos afastado do luminoso caminho da ordem que nos conduz para os planos superiores, habitados pelos espíritos protetores da criação de Deus. Fechem em nosso intimo as fontes alimentadoras da nossa maldade, inveja e inferioridade, propiciando-nos novas oportunidades evolucionistas e descortinem diante de nossos olhos novos horizontes a serem alcançados e explorados por nós. Energizem e inundem o nosso corpo e o nosso espírito com as essências fortalecedoras da nossa vida; com as essências curadoras das nossas doenças; com as essências regeneradoras do nosso virtuosismo, da nossa fé em Deus e da nossa esperança. Propiciem-nos os meios e o discernimento para superarmos nossas dificuldades e transmutarmos para melhor a nossa vida e a nossa expectativa sobre o nosso futuro, afastando de nossa mente todos os pensamentos sombrios que têm atormentado e escurecidos a nossa alma imortal e eterna. Socorram-nos nas nossas aflições e concedam-nos dias melhores, durante os quais haveremos de colher paz, harmonia, alegria e dádivas, às quais distribuiremos para todos à nossa volta. Sagrados Exus Guardiões dos mistérios dos Orixás, cortem de nossas vidas, de nossa família, de nosso espírito e de nosso corpo todos os vícios que têm aberto as portas sombrias pelas quais têm vindo até nós os espíritos do

37

mal e suas legiões de criaturas desequilibradas, causadoras de doenças e de discórdia, de miséria e de tristezas. Dilua e dissolvam os fios invisíveis que têm nos paralisado e têm nos retido nos abismos sombrios da ignorância, da infelicidade e do desespero e têm nos impedido de verem em tudo e em todos à nossa volta a luz divina que a tudo e a todos ilumina, indicando-nos o caminho luminoso que nos conduz à paz, à harmonia, à prosperidade e à fartura. Amados Senhores curem e auxiliem na cura dos doentes, curem todos os espíritos enfermos que aqui se encontram e os que até aqui não puderam chegar, mas que estão ligados a nós pelos fios invisíveis do nosso destino em comum. Sagrado Senhores nos direcione e ajudem os desempregados a encontrarem um trabalho digno que suprirá suas necessidades materiais e lhes trará o conforto espiritual e uma vida digna de viver neste Planeta aonde há tantas dificuldades. Afastem de nossa vida os espectros da pobreza, da miséria, do egoísmo e da vaidade que têm nos impedido de sermos prósperos, generosos, fraternos e amorosos com tudo o que nos cerca e com todos os que compartilham de nossa vida e destino. Socorram-nos e libertem-nos dos nossos erros, das nossas falhas e dos nossos pecados, purificando-nos e proporcionando-nos a evolução em todos os sentidos materiais e espirituais. Sagrados Senhores, que vossas vibrações purifiquem nossos lares, nossas familiares, nossos amigos e os nossos inimigos, auxiliando-nos de agora em diante nesta nossa caminhada terrena para que assim, auxiliados pelos senhores possamos, aqui mesmo, construirmos e trilharmos o eterno caminho de Deus. Amém! Sagrados senhores dêem-nos à vossas bênçãos e amparos Amém! Sagrados Senhores Da Lei Maior e da Justiça Divina Dêem-nos vossas bênçãos e amparo Amem! Sagrado Pai misericordioso e benevolente dai-nos vossa benção. Amém!

Procedimento:-

Abre-se a gira como de costume canta para o Pai ou Mãe da casa e a dirigente incorpora o Senhor Ogum e todos incorporam e depois chama Senhor Xangô da dirigente e todos incorporam e chamar a linha de trabalho dos Exus. Dando a Eles todo o material de trabalho, mas lembre-se que a bebida é simbólica e os Exus trabalham com a essência. Após a Retirada dos Exus a Dirigente Chama novamente Senhor Ogum, ficando pouco tempo. Encerra-se a gira em agradecimento pela graça alcançada.

38

O Don Natural

Nada mas é que sua ligação com tipo de trabalho realizado pelo seu ancestral místico, manifestado e identificado na forma de um Orixá passando a integrar-se na irradiação de luz e força de seu Orixá. Aqueles que conseguem se integrar totalmente ao Don de seu Orixá e for absorvido por inteiro após a busca de reencarnações passada passam a fazer parte das grandes correntes espirituais do astral. Quando alguém se integrou ao seu Don, ele é o próprio Don, encontrando naqueles por quem veio a carne, uma predisposição em aceita-lo sem contestação, não percebendo que a sua volta à carne foi apenas para ajudá-lo a se aproximar de seus dons ancestrais encobertos pelo tempo. Os dons ancestrais unem-se por laços invisíveis podendo apenas senti-lo e nunca vê-los, sendo estes uns dos mistérios dos dons. Costuma atuar sobre as pessoas na forma de amor, simpatia, afeição, lealdade, desejo de aproximação formando uma comunhão perfeita de idéias e de pensamentos. Nunca devemos combater o Don dos outros, mas sim incentivá-los, agindo desta maneira nos aproximaremos mais rapidamente e nosso caminho se ampliará com uma rapidez espantosa. O ancestral místico torna tudo mais fácil, removendo obstáculos em nosso caminho para que possa nos receber e nos integrar a sua luz e força transformando-nos em sua força ativa e em sua luz cristalina e viva. Se todos aqueles que já encontraram o seu caminho não ficasse interferindo nos caminhos alheio, em poucas encarnações estaríamos totalmente integrados aos nossos dons ancestrais místicos, se assim fosse a terra seria o paraíso prometido e nunca encontrado. O ancestral místico nunca perde de vista o ser, não se mostra, mas age com rigor sobre aquele que cair no mais baixo nível vibratório tornando impossível encontrar o caminho de seu Don.

39

Os dons pertencem ao Criador, que tem os seus doadores ancestrais para serem distribuídos à medida que forem merecedores de ser. Nunca devemos nos apropriar de um Don, mas sim nos integrar a ele e sermos uma parte de sua luz, força, e nunca o próprio Don. Ele pode nos absorver, quanto a nós somente é permitido ser absorvidos por ele, e isso só depois de nos tomarmos virtuosos. O mistério do Don é afrontado, quando aqueles que anulam a si próprios e inveja o Don alheio fazendo assim com que seu Don ancestral místico afaste. Aqueles que já adquiriram o Don sagrado do oráculo jamais devem temê-lo, negá-lo, ou até mesmo anulá-lo em si. Os que temem o Don mediúnico de incorporação, o Don Oracular de responder as perguntas dos consulentes, está negando a si próprio o Don ancestral místico e não assumindo os compromissos que o Don exige preferindo sofrer as conseqüências do desafio ao guardião do seu Don ancestral místico. Quanto aos que odeiam o Don mediúnico Oracular, tem medo do próprio criador, de tudo e de todos, sendo ateus convictos, falsos religiosos, e os sábios da materialidade. O inferno é composto em grande parte por estes seres que negam a divindade dos dons. A estes, o reverso do Senhor da Luz, as Trevas, os acolhe. Quem fugir negar ou até odiar o seu Don que o faça, pois ainda é dono do livre- arbítrio, mas saiba que terá que pagar o preço do desafio dos guardiões dos dons sagrados. Os dons místicos ancestrais nada mais é que tesouros sagrados, ninguém pode dilapidá-lo impunemente. Temos certeza de que com o passar do tempo e a expansão do ritual Umbandista viram outros ensinamentos a respeito do Don ancestral místico e do Don Oracular, solidifica-se mais na terra que no astral formando a mais poderosa linha de trabalho espiritual. A linha de Lei, ou lei de Umbanda tão pouco conhecida, mas temida por outras religiões, isso porque revelamos apenas uma parte, muito pequena do seu poder de atuação sobre os espíritos encarnados. Aos poucos o astral vai pingando um pouco de água viva neste cântaro que é a Umbanda Sagrada capaz de saciar a sede de muitos sacerdotes do saber Sagrados dos mistérios divinos.

Temos que batizar o adepto para que ele se torne mais um integrante da corrente Umbandista. E para a confirmação de uma pessoa que já se batizou em outras religiões temos que fazer o seguinte:

40

Procedimento do batismo para adulto

Amaci

Ervas para batizado: Arruda, guiné, alecrim, folhas erva doce, boldo e Rosas brancas (pétalas). Água da bica Macerar todas as ervas com a água da bica em uma bacia de ágata cobrir com um pano branco e fazer uma estrela de cinco pontas no chão. Colocar a bacia em cima da estrela e fazer um circula a volta com cinco velas brancas, e voltear a bacia com pétalas de rosas brancas, acender e fazer esta oração:

Oração de imantação de amaci para batizado

Peço ao Divino Criador, e ao Pai Oxalá a imantação deste amaci, dando a ele o poder de purificar o mental de todos os seres humanos que dela lavarem sua coroa, dando a elas a anulação de imantações desta vida ou de todas as imantações de vidas passadas, peço também que este amaci dê a estas pessoas uma imantação de purificação e proteção. Amém!

Depois de terminado as velas, colocar pétalas de três rosas brancas dentro do amaci.

Reserve para ser usado.

Abertura dos trabalhos normal de cada casa conforme a dirigente. Canta-se para o Pai da casa e dê uma previa para cruzar os filhos de fé.

Cruzamento com pemba

Cruzamento com pemba branca, de preferência macia (mole) e cantando pontos de Oxalá cruzar todos os filhos a serem batizados.

Chacra frontal: (testa) fazer uma cruz.

Lado esquerdo da testa do médium: fazer um signo de Ogum.

41

 

Lado direito da testa do médium: fazer uma estrela de cinco pontas.

Chacra laríngeo (garganta) signo de Ogum.

Nuca: fazer o signo de Ogum.

Braço esquerdo: fazer o signo de Omulú riscando, do antebraço seguindo até

a

mão numa linha reta e na palma da mão fazer o signo.

Braço direito: fazer a mesma coisa, mas fazer na mão o signo de Ogum.

Pernas, ambas fazer atrás, seguindo atrás do joelho e até o meio fazer o signo de Ogum.

Nos pés fazer o signo de Ogum no lado de cima.

Signo de Ogum:

pés fazer o signo de Ogum no lado de cima. Signo de Ogum: Signo Omulú Após
pés fazer o signo de Ogum no lado de cima. Signo de Ogum: Signo Omulú Após

Signo Omulú

Após o termino do cruzamento, Cantando ponto de amaci. Lavar a coroa do médium com amaci, colocar um pouco de erva e cobrir com um pano branco

a cabeça. Após o termino da colocação do amaci na coroa dos médiuns, fazer o fechamento da coroa: fazer três círculos na cabeça sentidos horários começando um pouco acima do Chacra frontal e após fazer os círculos, cruzar com uma cruz toda a cabeça fechando a coroa do médium.

Corimba: para cruzamento com a pemba, cantos de Oxalá.

Amaci: pontos de amaci e firmeza de Ogum.

Fechamento da coroa: ponto (caboclos) chamado de pai de cabeça.

Seguir: O dirigente da casa incorpora o guia chefe Caboclo e a seguir os médiuns incorpora os caboclos pais de cabeça. Após uns 15 minutos canta-se PONTO DE SUBIDA DOS CABOCLOS. Para encerramentos dos trabalhos fazer esta oração de agradecimento:

42

Oração de proteção e agradecimento

Senhor Deus, dai-nos vossas bênçãos e sob o amparo de vossa Lei maior

e de vossa justiça Divina, envie vossas vibrações de paz, luz, amor, fé e nos direcione nos caminhos corretos, nós ilumine quando fraquejarmos em nossas responsabilidades para com nossos guias, conduzindo-nos para os caminhos que temos que passar nos esclarecendo e fortalecendo nossos sentimentais para que as mágoas e a dor não se instalem nele nos enfraquecendo perante nossas missões, direcione um protetor Seu Pai amado para cada um de nós, para que nos ampare e sustente em nossos caminhos, sempre fortalecido pela nossa fé e amparado Pela Sua luz e Seu amor. Obrigado Senhor! Agradecemos de todo os nossos corações pelo Seu amor que nos irradia

Pela Sua luz que nos conduz

Obrigado amado e divino Criador! Amém! Amém! Amém!

E pela sua misericórdia de nós ouvirmos!

ENCERRAMENTO DOS TRABALHOS, normal como dirigente da casa faz, todos os dias de trabalho. Este trabalho é feito em um dia de trabalho de desenvolvimento mediúnico, fora de um dia de trabalho de gira publica. Após a confirmação do batismo de todos os filhos da casa inicia-se um amaci por semana decorrente de 14 semanas de obrigação. O filho e filhas da casa em dia de amaci não poderão comer carne vermelha, consumir bebidas alcoólicas e não praticar o ato sexual, para que tenha um bom aproveitamento em todas as obrigações dos Orixás. Nas quatorze semanas decorrentes, assim terá que ter um bom comportamento e se dedicar ao Maximo a seus desenvolvimentos. Terá um filho na Umbanda pronto para trabalhar em prol da humanidade, ajudando seus irmãos a encontrarem um caminho correto dentro da luz de nossos amados Orixás. Não quero ser dona da verdade este é um exemplo que poderá seguir, basta usar a criatividade que Deus deu para cada um de nós e ter bom senso. Temos que instruir os médiuns com relação à responsabilidade que irá fazer, seria, é um compromisso que esta assumindo com os Orixás e as linhas de nossa amada Umbanda para ser usada com amor, fé, dedicação, caridade, responsabilidade, confiança e ética dentro da religião e mistérios que irá abrir para cada filho de fé. Porque a umbanda é isso:

Não é receber, é dar o que ganhou de presente do Pai Maior

Não é magoar, é incentivar a todos de maneira geral

43

Não é descrer, é crer que existe uma força maior a nos guiar

Não é criticar, é apoiar quando irmão precisa de ajuda

Não é ofender, é compreender que tudo tem sua hora e lugar

Não é humilhar, é defender dentro da lei no que precisar

Não é julgar, é aceitar que cada um tem seus graus de entendimento.

Não é esquecer, é perdoar porque até Deus nos perdoa.

Amizade! É simplesmente Amar, A todos seus semelhantes e tudo que Deus criou.

Devemos iniciar pelo Orixá que rege a espiritualidade para sermos amparados e protegidos em todos os sentidos e amparados, quando for auxiliar alguém que esteja com trabalhos de magia negativa, para andar nos campos escuros e iluminados temos que ter permissão e só um Orixá dará esta permissão. A nossa Amada e Divina Mãe Oyá dona do tempo, ela também rege sobre processos carmicos e com certeza amparará a todos os filhos que vierem com amor e devoção pedir o amparo a ela e a seus mistérios Sagrados.

44

Mãe Oyá

Minério: estanho Pedra: Quartzo fumê rutilado Dia da semana: terça feira Horas: 13h00min Fio de contas: quartzo fumê

Assentamento de forças da Mãe Oyá

Ervas para amaci: folhas eucalipto, rosa amarela – água chuva Procedimentos: Macerar todas as ervas com a água de chuva em uma bacia de ágata cobrir com um pano branco e fazer uma estrela de cinco pontas no chão e colocar a bacia em cima da estrela e fazer um circulo em volta da bacia com sete velas pretas e sete velas brancas acender e fazer esta oração:-

Oração

Eu invoco Deus Seus Divinos Tronos, a Lei Maior e a Justiça Divina e Peço licença a Deus para invocar uns mistérios de Seus Mistérios Sagrados que é nossa Amada Mãe Oyá senhora do Tempo e regente das forças espirituais e peço misericordiosamente que derrame suas energias benéficas sobre este amaci e peço que imante e consagre para que eu possa usar como assentamento de suas forças espirituais naqueles que usar com amor e devoção para com a senhora e Seu mistério. Amada mãe Logunã Senhora do Tempo. Amém!

45

Após esta evocação deverá deixar as velas queimarem até seu final. E todos os amaci que se seguem deverão colocar um pouco de pemba branca ralada ela é a fixação de todo amaci.

Oferenda e montagem:

Oferenda de apresentação a Mãe Oyá com aceleração de processos carmicos

Uma - Coco seca partido ao meio (colher a água para devolver no coco) Um cálice de Licor de Anis Sete Velas Pretas Sete Velas Brancas Sete Velas Roxas Um Pedaço de Morim branco Um Maracujá azedo partido ao meio Um Vaso de Margarida, ou Crisântemo Branco, ou sete rosas brancas ou Sete palmas brancas

46

Foto 2: Entrega Para Mãe Oyá Também podemos oferenda uma toalha branca ou pano, velas

Foto 2: Entrega Para Mãe Oyá

Também podemos oferenda uma toalha branca ou pano, velas brancas e azuis escuro, fitas, linhas, pemba, azul escuro e branco, copo ou quartinha com água, licor de anis, furtas, laranja, uva, caqui, amora, figo, maracujá azedo, flores do campo, palma brancas, lírios brancos. A entrega deverá ser feita no meio do salão com um pano branco ou uma mandala de mãe Oyá aonde todos podem se beneficiar, após a montagem acende-se as velas salda-se a mãe Oyá e cantando pontos de amaci o dirigente da casa vai lavando a coroa dos médiuns e colocando um pouco da erva macerada na coroa e cobrir com um pano branco. Cada médium que já colocou o amaci volta ao seu lugar que ficará com pensamentos elevados. Após o termino da lavagem de coroa a dirigente faz a oração com tranqüilidade e devoção.

Oração de apresentação para Mãe Oyá

Amado e misericordioso Pai e Divino Criador. Diante de Ti amado Pai ajoelhados pedimos a misericórdia de ofertarmos um de seus mistérios divino, que é nossa Amada Mãe Oyá regente do Tempo para que nos ajude diante de

47

tantas dificuldades, dificuldades estas que nos trouxeram aqui diante de tanta grandeza. Amém! Amada Mãe Oyá aceite e receba esta nossa oferenda que é pouco diante de Ti amada mãe para ajudarmos e recebê-la em nosso intimo e nos transbordamos de energias luminosas, para nos reconduzirmos nos caminhos corretos que nos levara rumo ao nosso amado e divino Criador. Amada e divina mãe Oyá, aceite esta nossa oferenda como prova de nossa fé e do despertar consciente de nossa religiosidade e fé em nosso Divino Criador Olorum. Solicito que nos receba em seu amor e nos ampare em todos os sentidos durante esta nossa jornada evolucionistas no plano material, e que nos livre das tentações, nos cubra com seu véu cristalino da fé em Olorum e nos conduza pelo caminho reto que conduz todos os seus filhos e filhas na direção da Luz e do nosso Pai Eterno. Apresentamo-nos e solicitamos seu amparo e sua guia luminosa para que nos conduza, tanto nos campos luminosos quanto nos campos escuros, sempre iluminados pela sua luz cristalina e amparados por nossa fé no nosso Divino Criador. Pedimos amada Mãe Oyá o vosso perdão a sua misericórdia e ouça nosso clamor para que limpe nossos excessos. Amada mãe livre-nos do fanatismo e excessos emocionais, ordenando e direcionando positivamente nossa religiosidade, para que jamais desvirtuemos nossa fé. Mãe benevolente, que vossa luz ilumine os nossos caminhos nos abençoando e nos trazendo fé, humildade, e união, para que possamos trabalhar em prol da caridade e assim sermos merecedores do vosso amparo. Amada mãe vos que sois ampara a religiosidade nos proteja de falsas promessas religiosas nos conduzindo para os caminhos de nossos merecimentos e seguindo nosso grau de entendimento. E amplia nossas consciências para aceitarmos que tudo vem ao seu tempo. Pedimos mãe desde já o vosso perdão se falharmos em nossa missão deixando o egoísmo e a vaidade tomar conta de nós, esquecendo o nosso próximo e nosso bondoso pai Supremo. Mas traga-nos mãe amada meios para não nos esquecermos de nossa missão e nos ampare quando cairmos para logo nos encontrar no caminho de volta aos seus braços perfeitos. Mãe amada ampare também nossos familiares para que eles encontrem o caminho religioso e faça com que eles nos aceite com todos nossos defeitos e nos aceitamos eles com os seus, dando assim paz no convívio, paz em nossas moradas, restabelecendo assim os elos que nos prenderam de vidas passadas por nossos erros falhas e pecados cometidos um com o outro. Mãe Logunã senhora do tempo de vidas passadas e futuras daí forças para continuar nossa caminhada perdoando nossas falhas cometidas em vidas passadas que pagaremos em dádivas aos nossos semelhantes e sempre nos

48

amparado para que não desvirtuarmos na caminhada futura diante de tão grande missão. Amada mãe senhora domadora dos corações sem fé tende piedade daqueles que se perderam nos caminhos religiosos introduza na mente e no coração daqueles que se perderam nos caminhos da fé a esperança de voltarem a Deus e renovar suas condutas, dando paz em seus interiores e acreditando que terão forças de voltarem para o caminho da religiosidade. Estabeleça mãe amada um caminho evolutivo a seguir e conduza-nos de hoje em diante para que possamos sempre estar dentro das Leis e da justiça dando equilíbrio e tranqüilidade em nossa missão. Agradecemos ao Divino Criador por ter ouvido nossas prece e continuo pedindo que nos ouça sempre quando elevarmos nossos pensamentos e pedirmos sempre com humildade e reverencia. Amém! Agrademos a Mãe da religiosidade pelo amor e confiança de depositardes em nós seus filhos, filhas e servos viventes neste planeta das formas. Amém! Salve mãe divina da fé! Salve minha mãe Oyá, senhora do Tempo! Salve Oxalá, luz da minha fé e regente da eternidade dos que vivem na fé em Olorum!

Após proferirem esta oração todos levantam a cabeça e estendam as

mãos para o alto, absorvendo as irradiações cristalinas de amor e fé que ela estará enviando.

A dirigente da casa vai agradecendo e pedindo que envie os emissários da

luz regidos por Mãe Oyá e que se assente no lado direito um emissário da direita e do esquerdo um emissário da esquerda. Pedir para que os médiuns ouvirem com atenção a leitura que se procede. Religiosidade

O ser humano desde sua existência já traz dentro de si sua religiosidade,

o que sem ela torna-se uma pessoa vazia sem estimulo, sem perspectiva, partindo muitas vezes a atitudes e vícios fora de seus anseios e desejos pessoais, refreando o direito de refletir e pensar de maneira correta.

O verdadeiro religioso é aquele que cultiva dentro de si a fé verdadeira em Deus, amando sua divina criação, respeitando as criaturas sem se importar com a raça a cor sempre com sentimento fraterno. Religiosidade, acolhedora e irradiadora das qualidades de Deus conduzem o religioso por meio de suas divindades sustentar e conduzir de forma harmoniosa transmitindo uma vivencia equilibrada aos que se encontram ao seu redor e a si própria.

O toque delicado em uma flor com seu aroma, forma e cores é a vivência

em Deus.

49

O céu com as cores do Seu arco-íris é a vivencia em Deus. E tudo mais

que Deus nos deu para vivenciar.

- Quem ama a luz, pelas trevas será tentado -

Falsas Promessas

Pobre daquele que sonha e passa horas de sua vida pondo palavras da boca para fora onde nada se realiza, iludindo a si próprio e aos seus semelhantes com falsas promessas, quase sempre exagerado, descabivél,

tornando-se caracterizado como mentiroso. Aquele que de falsa promessa vive, não consegue viver dentro de uma realidade de maneira calma e tranqüila, porque daquilo que promete, muitas das vezes não se concretiza, bloqueando dentro de si diversos tipos de sentimentos.

A falsa promessa faz com que o individuo seja desacreditado pelos que

estão ao seu redor, tornando-se sozinho dentro de um mundo só seu de mentiras e fantasias. Acaba também desacreditado pelos seus semelhantes, tornando-se dissociado de uma sociedade ou de uma comunidade. Será que ser um sonhador demais é ser um criador de falsas promessas? Pense nisso, meus irmãos.

- Quem distribui a luz, às trevas terá vencido -

Explanação sobre Mãe Oyá

Mãe Oyá é o tempo onde tudo para e ao mesmo tempo tudo acontece tudo se transforma é no tempo onde esquecemos as adversidades de nossos desafetos é no tempo que tudo se resoluta e se esquece.

O tempo é a chave dos mistérios, porque é na eternidade do tempo e no

infinito de Deus que todas as evoluções acontecem. É elevando nossas mentes a Deus que vencemos qualquer batalha interior e sairemos vitoriosos. Mãe Oyá nutre a alma dos seres humanos com suas irradiações e vibrações religiosas, mas também esgotam os excessos de espíritos que desvirtuaram a fé, suas próprias e de seus semelhantes punindo-os de seus desequilíbrios que se tornaram degenerados e transformaram as coisas da fé em artigos mercantistas, Ela é ao mesmo tempo a mãe amorosa e rigorosa, que quando você esta indo pelo caminho certo lhe dá amor e proteção, mas quando está indo pelos desvios da personalidade ela puni com rigor. O ser humano

50

pode estar em uma religião e der repente muda para outra, sem ao mesmo perceber que é Ela esta atuando com rigor.

Depois da leitura abrem-se os trabalhos como de costume da casa, com cantos de abertura, cantar para Orixá regente da mãe ou pai da casa e chamar o Pai Ogum da Dirigente para o equilíbrio dos filhos da casa e chamar a mãe Oyá com todos os pontos de chamada, firmeza, sustentação e retirada do Orixá. Depois chamar a linha regente da mãe Oyá que é a linha dos boiadeiros e também podemos chamar a linha da senhora Dona Pomba Gira Sete Saias. Encerra os trabalhos com cantos e uma oração de sustentação.

Oração de encerramento

Senhor Deus, dai-nos vossas bênçãos e sob o amparo de vossa Lei maior e de vossa justiça Divina, e nossa Amada Mãe Oyá envie vossas vibrações de paz, luz, amor, fé e nos direcione nos caminhos corretos, nós ilumine quando fraquejarmos em nossas responsabilidades para com nossos guias, conduzindo- nos para os caminhos que temos que passar nos esclarecendo e fortalecendo nossos sentimentais para que as mágoas e a dor não se instalem nele nos enfraquecendo perante nossas missões, direcione ampare e sustente em nossos caminhos, sempre fortalecido pela nossa fé e amparado Pela Sua luz e Seu amor. Obrigada Senhora! Amém!

Mãe Yançã

Minério: níquel Pedra: Citríno Dia da semana: domingo Horas: 16hs Fio de contas: cascalho de citríno

Assentamento de forças da Mãe Yançã

Ervas para amaci: rosa branca, guiné, alecrim, arruda – água cachoeira, fonte ou chuva. Macerar todas as ervas com a água de chuva em uma bacia de ágata cobrir com um pano branco e fazer uma estrela de cinco pontas no chão e

51

colocar a bacia em cima da estrela e fazer um circulo em volta da bacia com sete velas amarelas acender e fazer esta oração:

Oração

Eu invoco Deus Seus Divinos Tronos, a Lei Maior e a Justiça Divina e Peço licença a Deus para invocar uns mistérios de Seus Mistérios Sagrados que é nossa Amada Mãe Yançã senhoras das tempestades e regente das forças direcionadoras e peço misericordiosamente que derrame suas energias benéficas sobre este amaci e peço que imante e consagre para que eu possa usar como assentamento de suas forças espirituais naqueles que usar com amor e devoção para com a senhora e Seu mistério. Amém! Após esta evocação deverá deixar as velas queimarem até seu final. E todos os amaci que se seguem deverão colocar um pouco de pemba branca ralada ela é a fixação de todo amaci.

Oferenda a Iansã

Sete Velas brancas amarradas com fita da mesma cor Sete Velas vermelhas amarradas com fita da mesma cor Sete Velas amarelas amarradas com fita da mesma cor Sete rosas amarelas ou palmas amarelas Um champanhe branco Sete copos de plástico pequeno (tipo de café) Um cálice de licor de menta ou anis ou cereja Um copo de plástico médio (tipo de copo água)

52

Foto 3: Entrega para Mãe Yançã Também podemos ofertar toalha ou pano branco ou amarelo,

Foto 3: Entrega para Mãe Yançã

Também podemos ofertar toalha ou pano branco ou amarelo, vela, fitas, linhas e pemba branca ou amarela, frutas- laranja, abacaxi, pitanga, uva, morango, ambrosia, melancia, melão amarelo, pêssego, goiaba vermelha. Bebidas-champanhe de uva, ou cidra. Comidas-acarajé, abacaxi em calda, arroz doce com bastante canela em pó por cima. Flores amarelas. A entrega deverá ser feita no meio do salão com um pano branco, amarelo ou uma mandala de mãe Yançã aonde todos podem se beneficiar. Após a montagem acendem-se as velas salda-se a mãe Yançã e cantando pontos de amaci o dirigente da casa vai lavando a coroa dos médiuns e colocando um pouco da erva macerada na coroa e cobrir com um pano branco. Cada médium que já colocou o amaci volta ao seu lugar que ficará com pensamentos elevados. Após o termino da lavagem de coroa a dirigente faz a oração com tranqüilidade e devoção.

Oração da Mãe Yançã

53

Amado e misericordioso Pai e Divino Criador. Diante de Ti amado Pai ajoelhados pedimos a misericórdia de ofertarmos um de seus mistérios divino, que é nossa Amada Mãe Yançã regente do mistério do direcionamento para que nos ajude diante de tantas dificuldades, dificuldades estas que nos trouxeram aqui diante de tanta grandeza. Amém! Amada Mãe Yançã aceite e receba esta nossa oferenda que é pouco diante de Ti amada mãe para ajudarmos e recebê-la em nosso intimo e nos transbordamos de energias luminosas, para nos reconduzirmos nos caminhos corretos que nos levara rumo ao nosso amado e divino Criador. Salve Suas benevolências Senhoras dos ventos. Salve sua Luz que chega até nós para nos direcionar, para refrescar nossos sentimentos, e acalmar nossas tempestades internas e externas, acalme minha mãe, as tempestades de nossas moradas, e de nossas mentes conturbadas, cheias de pensamentos negativos, pelas nossas ignorâncias, aquieta-nos minha amada mãe. Mãe benevolente Rode Suas Saias, tirando de nossas vidas, as tristezas, as angústias, as depressões, direcionando nossos sentimentos para as alegrias de viver em seus saiotes, e protegendo-nos dos espíritos que, venha perturbar nossas vidas. Mãe amada, lance Seus raios e coriscos em cima das magias negativas que estão atuando contra todas as pessoas de bom coração que acreditam em vos, na Sua força, e em Seus mistérios. Mãe amada clareia com seus relâmpagos as nossas moradas internas, e com seus raios certeiros dilua as desavenças, as indiferenças, que nos faz viver em prantos. Mãe amada traga de Suas moradas a sabedoria de viver em harmonia e paz, pois nessa morada em que vivemos temos que aprender a viver, pois só com suas lembranças poderemos reviver os tempos de amor, paz e luz. Amada Mãe nos leva com seus ventos, como vós levais as águas das chuvas, para a morada de nosso Pai e nossa Mãe para que vamos de encontro com nosso Amado e Divino Criador. Na certeza que vossos ventos não nos tiraram de nosso caminho de origem. Amada Mãe que todos os seres obsessores, sejam direcionados, que estão presos a nos por nossos erros passados ilumine-os para que encontrem o caminho da luz anulando de seu intimo as revoltas, o ódio e as indiferenças. Mãe benevolente como seus ventos estão em todos os lugares permita que Eles entrem em nossas casas, em nossos locais de trabalho aqui na terra e vão eliminando qualquer energia negativa que estão dentro dela e também limpe cure trate encaminhe todos os seres que estiverem dentro deles. Também vos peço que todos nossos familiares sejam alcançados pelos seus vendavais abrindo nossos caminhos e trazendo equilíbrio, entendimento, compreensão, tolerância e paz para todos.

54

Mãe amada e misericordiosa traga a brisa de seus ventos, para nos dar a paz, a esperança e a vontade de prosseguir adiante com entendimentos que sejam para nos dar os esclarecimentos como a luz de seus relâmpagos. Mãe amada e misericordiosa irradie sobre nossos lares a luz, a paz, o saber, o amor, a evolução e a fé para que possamos nos equilibrar em nossas vidas aprendendo a viver em nossos graus de entendimento. Amada mãe Yançã nos abençoe com sua espada ungindo nossas cabeças com o óleo sagrado da cura que sai de sua espada luminosa, resplandecendo o mais belo raio de amor para conosco. Seus filhos e servos tornando a todos nós mais um da sua corrente de guerreiros do astral para servir com devoção amor e fé, sempre amparado Sua luz e Seus mistérios sagrados. Agradecemos ao Divino Criador por ter ouvido nossas prece e continuo pedindo que nos ouça sempre quando elevarmos nossos pensamentos e pedirmos sempre com humildade e reverencia. Amém! Agrademos a Mãe amada Yançã pelo amor e confiança de depositardes em nós seus filhos, filhas e servos viventes neste planeta das formas. Amém! Dei-nos vossas benções amada Mãe Yançã! Salve nossa amada Mãe Yançã Salve seu amor por nós e salve seus vendavais que nos salva das revoltas.

Após proferirem esta oração todos levantam a cabeça e estendam as mãos para o alto, absorvendo as irradiações de amor e fé que ela estará enviando. A dirigente da casa vai agradecendo e pedindo que envie os emissários da luz regidos por Mãe Yançã e que se assente no lado direito um emissário da direita e do esquerdo um emissário da esquerda. Pedir para que os médiuns ouvirem com atenção a leitura que se procede.

Revolta

Revolta é um estado interior de irritabilidade quando o ser humano não consegue alcança o desejo de algo ou de alguém, levando-o a destruir-se internamente e externamente por conseqüência trazendo a seus semelhantes o desconforto e um estado de brigas e guerras. Muito tem sido as causas das guerras seja de um País ou de uma família e quem sofre com isso é nosso amado planeta terra que esta sendo devastado de tudo que Deus criou.

55

O ser humano pela sua dualidade ama e odeia ao mesmo tempo e para aquietar o coração e a mente tem que livrar-se da revolta e dar lugar ao amor, perseverança com a certeza que um dia após o outro tudo se resolverá com a paz e a tranqüilidade.

- Quem não se mantém na lei é marcado, traz nesta marca o seu pecado -

Explanação da Mãe Yançã

Yançã é o verdadeiro vendaval que derruba tudo e a ventania que faz tudo balançar, Ela é a Lei atuando no sentido de direcionar tudo e todos que se desequilibraram. Ela é a busca de melhores condições de vida. Mãe Yançã é extremamente ativa e atua nos seres humanos desequilibrados emocionalmente esgotando seus vícios diminuindo seu magnetismo em seus mentais acelerando suas vibrações e com isso o ser se torna mais emotivo e é facilmente redirecionado. Ela é o ar que areja nosso emocional e nos propicia um novo sentido de vida, uma nova direção, renovando tudo em nosso intimo. Ela é a justiceira da Lei Maior onde houver injustiças lá Ela estará atuando com sua espada e redirecionando tudo e todos e recolhendo os fora-da-lei. Por isso Mãe Yançã é muito ofertada para resolver casos de justiça, abertura de caminhos, novos empreendimentos, processos e novas condições de vida.

- Ninguém pode desafiar as trevas sem pagar o seu preço, que é viver o horror dos seus tormentos -

Depois da leitura abrem-se os trabalhos como de costume da casa, com cantos de abertura, cantar para Orixá regente da mãe ou pai da casa e chamar o Pai Ogum da Dirigente para o equilíbrio dos filhos da casa e chamar a mãe Yançã com todos os pontos de chamada, firmeza, sustentação e retirada do Orixá.

Depois chamar a linha regente da mãe Yançã que é a linha dos baianos e das baianas também podemos chamar a linha da senhora Dona Pomba Gira Maria Padilha e Exu Mangueira. Encerra os trabalhos com cantos e uma oração de sustentação

56

Oração de encerramento

Senhor Deus, dai-nos vossas bênçãos e sob o amparo de vossa Lei maior e de vossa justiça Divina, e nossa Amada Mãe Yançã envie vossas vibrações de paz, luz, amor, fé e nos direcione nos caminhos corretos, nós ilumine quando fraquejarmos em nossas responsabilidades para com nossos guias, conduzindo- nos para os caminhos que temos que passar nos esclarecendo e fortalecendo nossos sentimentais para que as mágoas e a dor não se instalem nele nos enfraquecendo perante nossas missões, direcione ampare e sustente em nossos caminhos, sempre fortalecido pela nossa fé e amparado Pela Sua luz e Seu amor. Obrigada Senhora! Amém!

Pai Oxumaré

Minério: Antimônio Pedra: Opala Dia da semana: Sábado Horas: 18h00min Fio de contas: cascalho de Opala

57

Assentamento de forças do Pai Oxumaré

Ervas para amaci: folhas de louro, flores variadas – água cachoeira. Macerar todas as ervas com a água em uma bacia de ágata cobrir com um pano branco e fazer uma estrela de cinco pontas no chão e colocar a bacia em cima da estrela e fazer um circulo em volta da bacia com sete velas azul celeste, acender e fazer esta oração

Oração

Eu invoco Deus Seus Divinos Tronos, a Lei Maior e a Justiça Divina e Peço licença a Deus para invocar uns mistérios de Seus Mistérios Sagrados que é nosso Amado Pai Oxumaré Senhor da renovação e regente das forças renovadoras e peço misericordiosamente que derrame suas energias benéficas sobre este amaci e peço que imante e consagre para que eu possa usar como assentamento de suas forças espirituais naqueles que usar com amor e devoção para com o senhor e Seu mistério. Amém!

Após esta evocação deverá deixar as velas queimarem até seu final. E todos os amaci que se seguem deverão colocar um pouco de pemba branca ralada ela é a fixação de todo amaci.

Oferenda ao Amado Pai Oxumaré

Oito Velas coloridas (uma branca, uma rosa, uma verde, uma vermelha, uma marrom terrosa, uma dourada, uma azul, uma roxa) Um melão Um champanhe rose Um maço de fores do campo

58

Foto 4: Entrega para Pai Oxumaré Também podemos ofertar Toalha, panos, velas, fitas ou linhas

Foto 4: Entrega para Pai Oxumaré

Também podemos ofertar Toalha, panos, velas, fitas ou linhas nas cores azuis claras e brancas, frutas sementeiras, como melão, maracujá, mamão e pinha, copos com água açucarada ou com mel, coco verde, licor ou suco de maracujá, sementes de feijão branco semi-cozida e misturado ao mel de abelha. Açúcar colocado em um prato e regado com mel de abelha e pemba de todas as cores.

Oração ao Pai Oxumaré

Amado e misericordioso Pai e Divino Criador. Diante de Ti amado Pai ajoelhados pedimos a misericórdia de ofertarmos um de seus mistérios divino, que é nosso amado Pai Oxumaré regente dos mistérios renovadores para que nos ajude diante de tantas dificuldades, dificuldades estas que nos trouxeram aqui diante de tanta grandeza. Amém! Amado Pai Oxumaré aceite e receba esta nossa oferenda que é pouco diante de Ti amado Pai para ajudarmos a recebê-lo em nosso intimo e nos

59

transbordamos de energias luminosas, para nos reconduzirmos nos caminhos corretos que nos levara rumo ao nosso amado e divino Criador.

Amado Pai Oxumaré, Senhor da Renovação Divina! Nós estamos aqui reunidos, e vos pedimos que nos cureis-nos com suas irradiações luminosas, dos males e doenças que nos afligem, assim como a todas as pessoas, espíritos

e criaturas ligados a nós pelos fios invisíveis do destino. Envolva-nos em vossa

irradiação e, se for de nosso merecimento, dilua os negativismos à nossa volta

e afaste de nossas vidas os tormentos da falta de amor, da falta de fé, da

passividade, da angústia, da solidão, da apatia e da maldade. Divino Pai da Renovação permita que vossos guerreiros do Arco-Íris venham em nosso auxílio, beneficiando nossa evolução. Conceda-nos a renovação de nossos sentimentos e emoções, para que sejamos prósperos, fraternos, amorosos e generosos, com todos que nos cercam. Renove nossos lares, familiares, amigos e inimigos formando ao nosso redor uma proteção de luz e cores, com vosso arco-íris sagrado, para que possamos ficar em paz e resguardados por vós. Pai amado ative sua serpente branca para que nos irradie suas energias de fé esperanças para dia melhores cheio de realizações. Pai amado ative sua serpente coral para que nos irradie suas energias de equilíbrio em nossos sentimento e pensamentos para que possamos realizar boas ações. Pai amado ative sua serpente azul para que nos irradie suas energias geradoras e nos dê a geração de pensamentos produtivos e fortaleça nossos órgãos internos para que tenhamos saúde e evolução desamarrando e cortando todos os laços invisíveis que estão ligados a nós Pai amado ative sua serpente dourada para que irradie suas energias de amor para que encontrarmos o amor positivo e sejamos felizes nesse plano astral da criação de Deus. Pai amado ative sua serpente verde para que irradie suas energias vegetais e nos dê a cura de todas as nossas doenças e expanda nossa mente para que sejamos inteligentes em nossas vidas. Pai ative sua serpente vermelha para que irradie suas energias ordenadoras e direcionadoras para que nossos caminhos sejam abertos e livres de quaisquer obstáculos. Pai ative sua serpente roxa para que irradie suas energias sobre nosso espírito e corpo carnal evoluindo nossas mentes, corações, para que tenhamos vida evolutiva em toda nossa existência. E afastai de nós os desequilíbrios e as más formações mentais e emocionais! Enfim pai amado e amoroso, peço que torne nossa vida cheia de cores e néctares fornecendo uma vida sadia, equilibrada, feliz, com evolução cheia de realizações, conquistas e vitórias, tanto dentro do campo material como no campo espiritual e sempre aparado por seu arco íris cintilante.

60

Sagrado Pai misericordioso Oxumaré, senhor da Renovação Divina, dê-nos a vossa benção, proteção e amparo. Amém! Agradecemos ao Divino Criador por ter ouvido nossas prece e continuo pedindo que nos ouça sempre quando elevarmos nossos pensamentos e pedirmos sempre com humildade e reverencia. Amém! Agrademos ao nosso amado Pai Oxumaré pelo amor e confiança de depositardes em nós seus filhos, filhas e servos viventes neste planeta das formas. Amém!

Após proferirem esta oração todos levantam a cabeça e estendam as mãos para o alto, absorvendo as irradiações de amor e fé que ele estará enviando.

A dirigente da casa vai agradecendo e pedindo que envie os emissários da

luz regidos por Pai Oxumaré e que se assente no lado direito um emissário da

direita e do esquerdo um emissário da esquerda. Pedir para que os médiuns ouvirem com atenção a leitura que se procede.

Inveja

Inveja é um sentimento interior como forma de frustração, tristeza e de mal-estar, por se sentir menor do que o outro, por não possuirmos o que o outro possui, por não ser o que o outro é. É o desequilíbrio íntimo, oriundo de um sentimento de inferioridade, fruto da comparação que um exerce pelo outro em algum aspecto específico: ou nas posses materiais, na casa, no carro, na roupa, no dinheiro ou nas suas qualidades psicológicas, morais, físicas, sociais ou espirituais. São os processos comparativos. Desde cedo, os seres humanos foram sugestionado alguma auto defesa para este desequilíbrio. E nesta auto defesa escondem ou até não percebem os sentimentos de inveja, podendo não se considerar invejoso. Mas quem não o sente? Ao criticar alguém, ao diminuir, ao ofender, ou falar mal, de alguém provavelmente estão se sentindo inferiores. Por isso mesmo, que se diz que o arrogante é a pessoa que parte do pressuposto de que é inferior às outras

pessoas. A Inveja é a incapacidade de ver a luz das outras pessoas, a alegria, o brilho, a luminosidade, seja em que aspecto for.

A inveja é o sentimento daqueles que não encontraram respostas para as

adversidades da vida. E a incapacidade de aceitar que as coisas e as pessoas sejam diferentes. É uma rejeição do eu próprio. A inveja é não aceitar, não ser como os outros.

61

O ser humano invejoso não consegue formar a sua própria identidade. É incompetente.

- Quem vive para as trevas, por elas é habitado e padece quando exposto à luz -

Explanação Pai Oxumaré

O que significa arco Iris? Como Ele é representado pelo Pai Oxumaré significa a renovação porque depois de uma chuva aparece ele no céu com suas sete cores a reluzir. O que importa é, a renovação do nosso íntimo, com disciplina, trabalho e consciência tranqüila, para nos conectarmos com Deus e divinizarmos o nosso espírito. Aperfeiçoamo-nos a cada dia, curando os nossos defeitos, aprimorando as nossas ações e purificando os nossos sentimentos e emoções. Para que aconteçam as renovações, Pai Oxumaré atua lenta e sutilmente na vida dos seres, diluindo sentimentos, atitudes e uniões desequilibradas, direcionando-os, até que descarreguem os acúmulos de energias negativas, reequilibrando-os. Quando o ser humano tem uma paixão doentia e se apossa de outro ser humano e entra nos caminhos tortuosos do campo sentimental, Pai Oxumaré entra com seus mistérios sete cobras atuando na vida do ser humano. Oxumaré dilui os acúmulos de energias minerais, tanto na natureza quanto nos seres, tornando-os sutis e conduzindo-os para o alto. Os seres com desequilíbrios perdem toda a capacidade mental e só se guiam por suas necessidades emocionais ou instintivas, que neste caso são energias negativas minerais pesadíssimas e obsessivas. A atuação de Pai Oxumaré é lenta e sutil e ocorre pelo emocional, ao qual ele envia estímulos cristalinos que vão diluindo as pesadas energias minerais.

- Quem menospreza a luz desconhece o seu poder, e ainda não está preparado para absorvê-la -

Depois da leitura abrem-se os trabalhos como de costume da casa, com cantos de abertura, cantar para Orixá regente da mãe ou pai da casa e chamar o Pai Ogum da Dirigente para o equilíbrio dos filhos da casa e chamar o Pai Oxumaré com todos os pontos de chamada, firmeza, sustentação e retirada do Orixá.

Depois chamar a linha regente do Pai Oxumaré que é a linha dos Caboclos do Arco Iris também podemos chamar a linha dos Exus Cobra. Encerra os trabalhos com cantos e uma oração de sustentação.

62

Oração de encerramento

Senhor Deus, dai-nos vossas bênçãos e sob o amparo de vossa Lei maior e de vossa justiça Divina, e nosso Amado Pai Oxumaré envie vossas vibrações de paz, luz, amor, fé e nos direcione nos caminhos corretos, nós ilumine quando fraquejarmos em nossas responsabilidades para com nossos guias, conduzindo- nos para os caminhos que temos que passar nos esclarecendo e fortalecendo nossos sentimentais para que as mágoas e a dor não se instalem nele nos enfraquecendo perante nossas missões, direcione ampare e sustente em nossos caminhos, sempre fortalecido pela nossa fé e amparado Pela Sua luz e Seu amor. Obrigado Senhor!Amém!

Minério: hematita Pedra: calcedônia Dia da semana: segunda Horas: 22h00min

Mãe Obá

63

Fio de contas: de sementes

Assentamento de forças da Mãe Obá

Ervas para amaci: rosa branca, alecrim – água rio. Macerar todas as erva com a água em uma bacia de ágata cobrir com um pano branco e fazer uma estrela de cinco pontas no chão e colocar a bacia em cima da estrela e fazer um circulo em volta da bacia com sete velas magentas ou marrom, acender e esta oração:

Oração

Eu invoco Deus Seus Divinos Tronos, a Lei Maior e a Justiça Divina e Peço licença a Deus para invocar uns mistérios de Seus Mistérios Sagrados que é nossa amada Mãe Obá e regente das forças telúricas e peço misericordiosamente que derrame suas energias benéficas sobre este amaci e peço que imante e consagre para que eu possa usar como assentamento de suas forças espirituais naqueles que usar com amor e devoção para com a senhora e Seu mistério. Amém!

Após esta evocação deverá deixar as velas queimarem até seu final. E todos os amaci que se seguem deverão colocar um pouco de pemba branca ralada ela é a fixação de todo amaci.

Oferenda a Amada Mãe Obá a Deusa Minerva

Sete Velas Brancas amarradas com fita da mesma cor Sete Velas Verdes amarradas com fita da mesma cor Sete Velas Magentas ou marrom terroso amarrada com fita da mesma cor Um coco verde aberto em um dos lados para colocar mel dentro Uma garrafa pequena com água mineral Um maço de hortelãs verde maceradas em água mineral Um vidro de mel pequeno Uma garrafa de vinho licoroso tinto ou licor 14 copos pequenos (tipo café)

Um pedaço de pano vermelho com um furo no centro de aproximadamente 15

cm

Um maço de flores do campo ou jasmim ou rosas vermelhas

64

Foto 5: Entrega para Mãe Obá Também podemos ofertar toalha ou pano, velas, fitas, linhas,

Foto 5: Entrega para Mãe Obá

Também podemos ofertar toalha ou pano, velas, fitas, linhas, pemba nas cores vermelha ou magentas, todos os frutos, bebidas licores, flores do campo, jasmim, rosas vermelhas.

Prece à nossa Mãe Obá

Amado e misericordioso Pai e Divino Criador. Diante de Ti amado Pai ajoelhados pedimos a misericórdia de ofertarmos um de seus mistérios divino, que é nossa amada Mãe Obá regente dos mistérios concentradores e

65

verdadeiro para que nos ajude diante de tantas dificuldades, dificuldades estas que nos trouxeram aqui diante de tanta grandeza. Amém! Amada Mãe Obá aceite e receba esta nossa oferenda que é pouco diante de Ti amada Mãe para ajudarmos a recebê-la em nosso intimo e nos transbordamos de energias luminosas, para nos reconduzirmos nos caminhos corretos que nos levara rumo ao nosso amado e divino Criador. Amada Mãe Deusa Minerva que esta oferta Firmada aqui, nos sirva de remédio da cura de nossas distorções mentais e que nossas mentes sejam curadas e regeneradas. Amada e querida Mãe Obá, Senhora Mãe Terra! Diante da vossa bondade e da vossa luz, nós vos reverenciamos, querida Mãe. Pedimos Senhora Mãe, que nos acumule de conhecimentos e nos torne irradiantes, diante da vossa presença, do vosso amor e da vossa misericórdia. Vós que sois Mãe, telúrica por natureza, ampare-nos, sustente-nos, guie- nos, conduza-nos e envolva-nos em todos os sentidos, carnais e espirituais. Traga-nos, ó Mãe, luz radiante onde houver a escuridão pela falta de fé. Traga- nos, querida Mãe, a capacidade mental de entendimento das coisas visíveis e invisíveis. Proteja-nos com vossa ajuda justa e verdadeira. Paralisa, ó Mãe Divina, o que estiver desvirtuado em nossos caminhos, transformando-o em conhecimento puro. Fazei de nós, ó Mãe Divina, seus eternos filhos encantados, do plano da criação de Deus, purificando os possíveis desvios de nossa personalidade. Querida Mãe Obá, que sua natureza vegetal, suas flores, seus frutos e todo o seu néctar e mel sejam um remédio para as nossas vidas, absorvendo as energias negativas e transformando-as em positivas. Libere vossas essências e radiações energizadoras, Querida Mãe, para a cura, cicatrização, higienização, purificação, regeneração e potencialização de nossa mente, de nossos familiares, e peço que higienize nossas casas e ambientes de trabalho, mantendo as vibrações virtuosas e elevadas. Estimula-nos, ó Divina Mãe, na busca do conhecimento interior da verdadeira fé e amor e Afasta de nós toda a ironia, vícios e conceitos desvirtuados e Livra-nos de falsas verdades religiosas e de fazermos usos inadequados aos nossos raciocínios e conhecimentos. Ativa, ó Mãe, com seu gesto seguro, nossa religiosidade. Paralisa e perdoa os excessos por nós cometidos e Aquieta-nos, Mãe Amada, sustenta-nos, conduza-nos e leve-nos em vossos braços firmes e seguros, para que nunca sejamos induzidos a seguir uma direção contrária às Leis Maior e a Justiça Divina. Ó Mãe, vós que sois a seiva viva onde as sementes germinam, abençoa o nosso pão de cada dia, fruto da vossa terra generosa, e faça com que ele nunca falte em nossas mesas e que sempre elas sejam fartas de comidas que dará nosso sustento nessa terra abençoada.

66

Abençoa os quatro cantos das nossas casas, com vosso santo e Divino amor e faça de nós eternos aprendizes e sementes vivas da vossa verdade e do vosso infinito Conhecimento verdadeiro. Abençoe amada Mãe nossos caminhos, que nossos pés pisem sempre em sua terra firme e que sejam pelos caminhos da evolução, da verdade, da fé, do amor, da esperança, da união, e da prosperidade e realizações. Abençoe-nos amada e divina Mãe Obá e conduza-nos daqui por diante. Amém! Akirô Obá Yê! Agradecemos ao Divino Criador por ter ouvido nossas prece e continuo pedindo que nos ouça sempre quando elevarmos nossos pensamentos e pedirmos sempre com humildade e reverencia. Amém! Agrademos a Mãe amada Mãe Obá pelo amor e confiança de depositardes em nós seus filhos, filhas e servos viventes neste planeta das formas. Amém!

Após proferirem esta oração todos levantam a cabeça e estendam as mãos para o alto, absorvendo as irradiações de amor e fé que ela estará enviando. A dirigente da casa vai agradecendo e pedindo que envie os emissários da luz regidos por Mãe Obá e que se assente no lado direito um emissário da direita e do esquerdo um emissário da esquerda. Pedir para que os médiuns ouvirem com atenção a leitura que se procede.

Mentira

Mentir é falar ou dizer algo contrário à verdade; é a expressão e manifestação contrária ao que alguém sabe, crê ou pensa. Pode-se crer na mentira, falar mentira e praticar a mentira. A necessidade de mentir é quando a mentira é inofensiva, e há circunstâncias onde existe uma expectativa de se ser menos do que totalmente honesto devido à necessidade de evitar discórdias. Temos que amar a verdade, a qual está em nós, e estará para sempre.

- Quem quiser combater as trevas, precisará ter luz em si mesmo -

Explanação sobre Mãe Obá

67

Não há melhor purificação do que a chama da Verdade Espiritual. Quem a conhece e a ela acredita será purificado das marcas da personalidade. Só o que é verdadeiro tem em si mesmo uma densidade. É na quietude da terra, é no silencio que mãe Obá atua. Conhecimento da Verdade é dado àquele que vive na força da fé, que domina o intimo pessoal, as ilusões e as impressões dos sentidos. O ignorante e o descrente desconhecem o começo do caminho que conduz à paz e ao verdadeiro caminho de Deus. Mãe Obá pune com rigor os sarcásticos, que brincam com as coisas sagradas e é implacável com os que colocam as divindades no mesmo nível inferiores onde eles perderam suas consciências, bom senso e evolução. Ela é a divindade que paralisa os seres que se desvirtuaram por terem adquiridos conhecimentos viciados, distorcidos e falsos. A atuação dessa Mãe é discreta, pois ela é tão silenciosa quanto a terra, (seu elemento), e quem está sendo paralisado nem percebe que está passando por uma descarga emocional muito intensa. Mas, algum tempo depois, já começa a mudar conceitos errados. O saber e conhecimento perfeito em si mesmo é o coroamento de todas as ações.

- Quem sobe a montanha da lei, a lei terá encontrado. Mas quem dela foge, é porque a terá desrespeitado -

Depois da leitura abrem-se os trabalhos como de costume da casa, com cantos de abertura, cantar para Orixá regente da mãe ou pai da casa e chamar o Pai Ogum da Dirigente para o equilíbrio dos filhos da casa e chamar a Mãe Obá com todos os pontos de chamada, firmeza, sustentação e retirada do Orixá. Depois chamar a linha regente da Mãe Obá que é a linha dos Caboclos Treme Terra também podemos chamar a linha dos Exus Treme Terra. Encerra os trabalhos com cantos e uma oração de sustentação

Oração de encerramento

68

Senhor Deus, dai-nos vossas bênçãos e sob o amparo de vossa Lei maior e de vossa justiça Divina, e nosso Amado Pai Oxumaré envie vossas vibrações de paz, luz, amor, fé e nos direcione nos caminhos corretos, nós ilumine quando fraquejarmos em nossas responsabilidades para com nossos guias, conduzindo- nos para os caminhos que temos que passar nos esclarecendo e fortalecendo nossos sentimentais para que as mágoas e a dor não se instalem nele nos enfraquecendo perante nossas missões, direcione ampare e sustente em nossos caminhos, sempre fortalecido pela nossa fé e amparado Pela Sua luz e Seu amor. Obrigado Senhor!Amém!

Mãe Nanã-Buruquê

Minério: prata

69

Pedra: Rubelita Dia da semana: quarta Horas: 19h00min Fio de contas: cascalho de pedras rubelita ou contas lilás

Assentamento de forças da Mãe Nanã-buruquê

Ervas para amaci: crisântemo branco, folhas guiné - Água de rio ou lago. Macerar todas as erva com a água em uma bacia de ágata cobrir com um pano branco e fazer uma estrela de cinco pontas no chão e colocar a bacia em cima da estrela e fazer um circulo em volta da bacia com sete velas lilás acender e fazer esta oração:

Oração

Eu invoco Deus Seus Divinos Tronos, a Lei Maior e a Justiça Divina e Peço licença a Deus para invocar uns mistérios de Seus Mistérios Sagrados que é nossa amada Mãe Nanã-buruquê e regente das forças telúricas e peço misericordiosamente que derrame suas energias benéficas sobre este amaci e peço que imante e consagre para que eu possa usar como assentamento de suas forças espirituais naqueles que usar com amor e devoção para com a senhora e Seu mistério. Amém!

Após esta evocação deverá deixar as velas queimarem até seu final. E todos os amaci que se seguem deverão colocar um pouco de pemba branca ralada ela é a fixação de todo amaci.

Oferenda a Amada Mãe Nanã-Buruquê

Sete velas brancas amarradas com fita da mesma cor Sete velas roxas amarradas com fita da mesma cor Sete velas rosa amarradas com fita da mesma cor Um champanhe rose Sete copos de plástico pequenos (tipo copo de café) Uma lata de figo em calda ou ameixa em calda Um prato de plástico grande Um pedaço de pano branco Um vaso de crisântemo lilás ou branco Um pedaço de melancia, ou um melão ou um cacho de uva

70

Foto 6: Entrega para Mãe Nanã-Buruquê Também podemos ofertar toalhas lilás ou floridas, velas, fitas,

Foto 6: Entrega para Mãe Nanã-Buruquê

Também podemos ofertar toalhas lilás ou floridas, velas, fitas, linhas, lilás, flores do campo, lírios, crisântemos, frutas-uva, melão, manga, mamão, maracujá, framboesas, amora, e figos, bebidas- champanhe rose, vinho tinto doce, licor de framboesa, licor de morango.

Prece a Mãe Nanã-buruquê

Amado e misericordioso Pai e Divino Criador. Diante de Ti amado Pai ajoelhados pedimos a misericórdia de ofertarmos um de seus mistérios divino, que é nossa amada Mãe Nanã-Buruquê regente dos mistérios decantados e

71

amadurecidos para que nos ajude diante de tantas dificuldades, dificuldades estas que nos trouxeram aqui diante de tanta grandeza. Amém! Amada Mãe Nanã aceite e receba esta nossa oferenda que é pouco diante de Ti amada Mãe para ajudarmos a recebê-la em nosso intimo e nos transbordamos de energias luminosas, para nos reconduzirmos nos caminhos corretos que nos levara rumo ao nosso amado e divino Criador. Salve nossa amada Mãe Nanã-Buruquê! Saluba! Nanã-Buruquê! Amada e Divina Mãe Nana! Estamos aqui nesse momento diante de vos para pedir-lhe a paz, diante de tantas dificuldades que estamos passando em nossas vidas, dificuldades essas que nos conduziram aos desequilíbrios em todos os sentidos da vida. Amada Mãe! Dei-nos forças, nesta penosa missão, que é formar em nós um ser equilibrado, estável, cordial, sensível, amável, misericordioso e amadurecido. Amada Mãe nos ensine com suas energias a esgotar de todos os nossos vícios concentrando em nos todas as energias positivas, que a senhora puder nos doar, pois só assim estarei apta a continuar essa caminhada pela evolução e pelos caminhos que nos leva a Deus. Amada Mãe Nanã deixe que sua vassoura varra de nossa alma imortal todas as amarras, todas as decepções todas as vinganças, toda a maledicências, todo o orgulho buscando em nos o positivismo, pois só assim encontraremos forças para prosseguir adiante nesta missão de amor ao próximo. Mãe como à senhora é a Mãe da vida ajude-nos a viver, a Ter decisões que me será útil na minha jornada terrena, me dê animo de continuar minha caminhada para que assim corajosos possamos encontrar a vida após a morte com equilíbrio para trabalhar para nosso amado Pai eterno. Mãe misericordiosa afaste de nos nossos inimigos, ajudando-os a encontrar um caminho pelas evoluções da vida, tirando deles as revoltas e ódio fazendo deles nossos amigos. Faça-os verem em nos seres amados e esclarecidos onde eles possam encontrar a luz de nosso amado e Divino Criador. Amada Mãe dê a cura e regeneração de nossos sete corpos espirituais e nossos corpos materiais para que assim curados possamos encontrar forças para caminharmos por seguros caminhos do amor passando forças para nossos irmãos. Amada mãe abra nossos campos sensoriais para que possamos ouvir e enxergar as nossas entidades para que assim possamos nos instruir no que for melhor para nossos irmãos e para nossos caminhos por esse universo que é de nosso amado e divino Criador. Amada Mãe molde com seu barro maleável nossos sentimentos, tirando a rigidez de nossos sentimentos com sua amabilidade para conosco e não deixe

72

secar esta fonte de amor e tolerância existente dentro dos caminhos evolutivos de nosso amado Pai Olorum. Amada Mãe Abra nossos olhos para a harmonia e a beleza dos encantos da natureza, para que possamos nos harmonizar junto com as energias benéficas da natureza Divina de nosso amado Criador. Amada Mãe concentre Seu barro fértil em nossos pés para que possamos nos equilibrar em nossas vidas materiais, abrindo nossos caminhos, portas e passagens para dias mais fartos de riquezas para que possamos ter uma vida prospera em harmonia, paz e tranqüilidade. Amada Mãe deixe que seu orvalho da noite exale em nossas casas, moradas e local de trabalhos limpando-os de todas as mazelas, mal olhado, inveja, cobiça, tristezas, e decepções que no decorrer de nossas encarnações, atraímos para nos ou foram projetadas contra nos. Amada Mãe irradie suas energias benéficas sobre nossos leitos e sobre os leitos daqueles que estão doentes curando-nos de nossas doenças físicas e espirituais regenerando nossos corpos de todas as doenças contraídas por nós ou que foram projetadas contra nós. Paralisa, ó Mãe Divina, o que estiver desvirtuado em nosso caminho, transformando-o em saber puro. Fazei de nós, ó Mãe, seus eternos filhos encantados, do plano de Deus, desfazendo os possíveis desvios de nossa personalidade, decantando tudo o que estiver desvirtuado. Querida Amada e Divina Mãe Nanã, que vossa natureza maleável e decantadora sejam um remédio para as nossas vidas, absorvendo as energias negativas e transformando-as em positivas, decantando nossas mágoas, para dinamizar nossa evolução. Libere vossas radiações, Querida Mãe, para a cura das feridas de nossa alma, de nossos familiares, de nossas casas e ambientes de trabalho, mantendo as vibrações virtuosas e elevadas. Estimula-nos, ó Divina Mãe, na busca do crescimento interior, da maturidade, da sabedoria e da fé. Afastam de nós os vícios, as emotividades ligadas aos instintos e impulsos, e os desequilíbrios. Amada Mãe Nana que suas energias envolvam todos nossos campos sentimentais e que suas energias lá permaneçam até que for necessária para que decante todas as energias que estão nos trazendo doenças e que estão ligadas a nós pelos fios invisíveis com entidades obsessivas e impuras, nos trazendo desequilíbrios e nos desestruturando. Agradecemos ao Divino Criador por ter ouvido nossas prece e continuo pedindo que nos ouça sempre quando elevarmos nossos pensamentos e pedirmos sempre com humildade e reverencia. Amém! Amada Mãe! Proteja-nos! E nos dê a vossas benções, e agradecemos de todo o coração pela luz e saber enviado a nós. Amém!

73

Após proferirem esta oração todos levantam a cabeça e estendam as mãos para o alto, absorvendo as irradiações de amor e fé que ela estará enviando.

A dirigente da casa vai agradecendo e pedindo que envie os emissários da

luz regidos por Mãe Nanã e que se assente no lado direito um emissário da

direita e do esquerdo um emissário da esquerda. Pedir para que os médiuns ouvirem com atenção a leitura que se procede.

Medo

A ansiedade proveniente do medo causa ao individuo sofrimento

antecipado diante de alguma situação seja ela conhecida ou não. Sendo assim, é possível traçar graus de medo, no qual, o máximo seria o pavor e, o mínimo,

uma leve ansiedade. O medo é uma reação obtida a partir do contato com algum estímulo físico ou mental, de uma interpretação, imaginação ou crença que gera uma

resposta de alerta, deste alerta o ser humano se prepara para lutar ou fugir.

O medo pode se transformar em uma doença chamada de Fobia,

causando ao ser humano sofrimentos e tormentos constantes.

- Quem busca a luz o poder das trevas terá sentido -

Paciência

Paciência é a compreensão de aguardar em paz o que ainda não se tenha

conseguido realizar, é a capacidade de ouvir alguém, com tolerância, calma, atenção, e sem ter pressa de que horas vai acabar a ladainha.

É manter o controle emocional equilibrado, é persistir no que quer, e ter a

capacidade de libertar-se da ansiedade. Ser paciente é ser educado e saber usar a palavra na hora certa e no momento adequado e usar a calma e tolerância para com seus irmãos.

- Quem serve a lei terá as trevas dominadas, e por elas não será subjugado -

74

Explanação sobre Mãe Nanã

A Mãe Nanã Buruquê rege dois elementos que é água e terra e seu campo preferencial de ação é o emocional que quando recebem sua atuação logo aquietam, paralisando suas evoluções e decantando seus vícios e desequilíbrios mentais. Portanto ela atua diretamente no mental adormecendo a sua memória preparando para uma nova reencarnação. Nanã é associada a velhice quando o ser começa a esquecer de muitas coisas que vivenciou na sua vida, é ela atuando na memória para uma nova vida. Nanã com sua maleabilidade atua por atração magnética sobre os seres humanos é uma atuação calma e silenciosa absorvendo seus magnetismos do campo vibratório, que se modificam passando a agir com mais ponderação e equilíbrio. Ela desfaz os excessos decanta os vícios e os amadurece. Nanã, quando vibra à esquerda, no seu lado negativo, é a guardiã do ponto de força das águas estagnadas. A ação negativa das águas paradas pode tirar o equilíbrio de uma pessoa, de uma só vez, provocando desequilíbrio e doenças espirituais, ao atuarem através dos líquidos do corpo humano. O seu ponto de força, quando orientado para nos auxiliar, é absorvente, mas, quando voltado contra nós, é destrutivo, desarmonizado e desequilibrado. Nanã paralisa a sexualidade e a geração de filhos, quando se instala a menopausa.

- Quem sofre o choque, tanto da luz quanto das trevas, será logo desequilibrado -

Depois da leitura abrem-se os trabalhos como de costume da casa, com cantos de abertura, cantar para Orixá regente da mãe ou pai da casa e chamar o Pai Ogum da Dirigente para o equilíbrio dos filhos da casa e chamar a Mãe Nanã com todos os pontos de chamada, firmeza, sustentação e retirada do Orixá.

Depois chamar a linha regente da Mãe Nanã que é a linha das Caboclas das águas também podemos chamar a linha das sereias do Lago. Encerra os trabalhos com cantos e uma oração de sustentação

75

Oração de encerramento

Senhor Deus, dai-nos vossas bênçãos e sob o amparo de vossa Lei maior e de vossa justiça Divina, e nossa Amada Mãe Nanã envie vossas vibrações de paz, luz, amor, fé e nos direcione nos caminhos corretos, nós ilumine quando fraquejarmos em nossas responsabilidades para com nossos guias, conduzindo- nos para os caminhos que temos que passar nos esclarecendo e fortalecendo nossos sentimentais para que as mágoas e a dor não se instalem nele nos enfraquecendo perante nossas missões, direcione ampare e sustente em nossos caminhos, sempre fortalecido pela nossa fé e amparado Pela Sua luz e Seu amor. Obrigado Senhor! Amém!

76

Mãe Egunitá

Minério: magnetita Pedra: Topázio Dia da semana: Terça Horas: 23h00min Fio de contas: cascalho olho de tigre

Assentamento de forças da Mãe Egunitá

Ervas para amaci: rosa cor de rosa, alecrim e água da fonte. Macerar todas as erva com a água em uma bacia de ágata cobrir com um pano branco e fazer uma estrela de cinco pontas no chão e colocar a bacia em cima da estrela e fazer um circulo em volta da bacia com sete velas laranja acender e fazer esta oração.

Oração

Eu invoco Deus Seus Divinos Tronos, a Lei Maior e a Justiça Divina e Peço licença a Deus para invocar uns dos mistérios de Seus Mistérios Sagrados que é nossa amada Mãe Egunitá regente do fogo cósmico e da justiça Divina e peço misericordiosamente que derrame suas energias benéficas sobre este amaci e peço que imante e consagre para que eu possa usar como assentamento de suas forças espirituais naqueles que usar com amor e devoção para com a senhora e Seu mistério. Amém!

Após esta evocação deverá deixar as velas queimarem até seu final. E todos os amaci que se seguem deverão colocar um pouco de pemba branca ralada, ela é a fixação de todo amaci.

77

Oferenda a Amada Egunitá

Sete velas vermelhas, sete velas laranja ou dourada, sete velas azuis escuras, sete velas amarelas, 13 velas brancas, um pemba vermelha, uma pemba branca, um copo de água, um copo de licor de menta. OBS: Cercar a oferenda com quatro palmas vermelhas.

menta. OBS: Cercar a oferenda com quatro palmas vermelhas. Foto 7: Entrega para Mãe Egunitá Também

Foto 7: Entrega para Mãe Egunitá

Também podemos ofertar toalhas ou pano na cor laranja, velas, fitas, linhas, pemba, nas cores laranja e vermelhas, frutas- laranja, abacaxi, caqui, bebidas- licor de menta, champanhe cidra, flores – palmas vermelhas.

78

Oração a Mãe Egunitá

Amado e misericordioso Pai e Divino Criador. Diante de Ti amado Pai ajoelhados pedimos a misericórdia de ofertarmos um de seus mistérios divino, que é nossa amada Mãe Egunitá regente dos mistérios do fogo da justiça para que nos ajude diante de tantas dificuldades, dificuldades estas que nos trouxeram aqui diante de tanta grandeza. Amém! Amada Mãe Egunitá aceite e receba esta nossa oferenda que é pouco diante de Ti amada Mãe para ajudarmos a recebê-la em nosso intimo e nos transbordamos de energias luminosas, para nos reconduzirmos nos caminhos corretos que nos levara rumo ao nosso amado e divino Criador. Salve senhora do fogo Divino! Nós vos saudamos nesse momento, Senhora Kaliê-Yê e vos pedimos que, irradie-nos e nos envolva com vossos fluidos energéticos ígneos, equilibrando-nos em todos os sentidos de nossas vias, Traga-nos força e luz em nossos caminhos, para que nela vivamos e a usemos em beneficio de nossos semelhantes com justiça e amor. Purifique-nos, ó Mãe Divina com vosso fogo Sagrado, expandindo nossos campos de ação e estimulando em nós sentimentos nobres, para que nós tornemos luzes calorosas ajuizadas e sensatas do nosso Divino Criador. Estimule em nós o aquecimento de nossos corações, para que vibremos sentimentos justos, sábios e equilibrados, livrando-nos das trevas, para que sempre sirvamos à luz e à Lei Divina. Purifica Mãe da Justiça com vosso fogo Sagrado consumidor os nossos excessos emocionais, beneficiando-nos purificando-nos e evoluindo-nos em todos os sentidos de nossas vidas. Anula em nós, Mãe Amada, os sentimentos negativos, os vícios as falas, os erros e as paixões abrasadoras e não deixe que eles desequilibrem nossas vidas. Dê-nos, Mãe Ígnea, o vosso amparo, para que possamos ter o entendimento da Lei do Equilíbrio Divino. Mãe da Justiça e da razão ajude-nos em nossa caminhada, com o vosso fogo Sagrado, para que tenhamos equilíbrio em nossas almas, harmonia e juízo em nossos sentimentos e atitudes corretas perante a Lei e a justiça ensinam Mãe amada a nos proteger das falsas promessas amorosas, de falsos juramentos. Pedimos querida Mãe, que nos torne irradiantes da justiça do vosso amor e da vossa misericórdia. Propicie-nos a aquisição de uma fé inquebrantável, para sermos equilibradores de nossos semelhantes, propiciando meios para equilibrar as famílias, à comunidade civil e religiosa e sempre servir a Deus com nosso amor e fé.

79

Ajude-nos a agir sempre com razão, equilíbrio e justiça, servindo a luz e sendo por ela amparados. Limpe nossos caminhos, ó mãe divina, para que nele não encontremos empecilhos impedindo nossa evolução. Vós que sois Mãe Ígnea aqueça-nos ampare-nos sustente-nos, conduza- nos em todos os sentidos, carnais e espirituais. Queima ó mãe com vossos poderes divinos, tudo o que está em desequilíbrio com vosso fogo incandescente e abrasador, anulando os negativismos, recolhendo as projeções mentais negativas, os espíritos malignos, cortando as injustiças e as magias negras. Peço Amada Mãe que sua espada flamejante entre na vibração do tempo de vidas passadas e que na sua passagem vá eliminando todos os trabalhos de magia negativa feito contra nós ou por nós e que vá curando, tratando, regenerando, todos nossos corpos básicos, assim eliminando possíveis doenças de vidas passadas, deixando nossos caminhos abertos, prósperos e com muita saúde. Peço também amada mãe que sua espada rubra pouse sobre as cabeças dos amantes desequilibrados e os purifique com seu fogo rubro curando-os de suas paixões desequilibradas. Proteja-nos das catástrofes climáticas e faça com que tenhamos consciência dos perigos das queimadas irresponsáveis e dos desequilíbrios ambientais. Paralisa, ó Mãe querida, e queima em nós, as doenças espirituais e emocionais, estimulando em nós o fogo da religiosidade e da esperança em melhores dias. Cura com vosso fogo sagrado regenerados as feridas e tire as marca negativas que trazemos desta vida e de outras vidas. Passe em nós vossa espada flamejante, eliminando tudo aquilo que atrapalha as nossas evoluções tanto nos campos físicos como nos campos espirituais e que sua espada justiceira entre por todas as dimensões, portas, passagens, buracos negros, estradas, caminhos e dentro da lei maior e da justiça divina tudo vai sendo purificado esterilizados, curado e abrindo novos caminhos evolutivos. Flua em nós, vossos filhos e filhas aqui presentes, a energia ígnea, para que através do vosso fogo, saibamos transmitir a vossa luz e o vosso calor do amor aos nossos irmãos menos favorecidos, traga-nos paz, harmonia, prosperidade e saúde para transmitirmos a eles mãe amada e misericordiosa. Ó Mãe Divina, não deixe que nos desvirtuemos da nossa caminhada aqui neste planeta abençoado. Proteja-nos para que sejamos sempre merecedores do vosso calor sagrado, aquecendo-nos na luz no amor, na fé, no conhecimento, na criatividade, e na evolução. Pedimos vossas benções Mãe Amada Kaliê-Yê

80

Agradecemos ao Divino Criador por ter ouvido nossas prece e continuo pedindo que nos ouça sempre quando elevarmos nossos pensamentos e pedirmos sempre com humildade e reverencia. Amém! Amada Mãe! Proteja-nos! E nos dê a vossas benções, e agradecemos de todo o coração pela luz e saber enviado a nós. Amém!

Após proferirem esta oração todos levantam a cabeça e estendam as mãos para o alto, absorvendo as irradiações de amor e fé que ela estará enviando.

A dirigente da casa vai agradecendo e pedindo que envie os emissários da

luz regidos por Mãe Egunitá e que se assente no lado direito um emissário da

direita e do esquerdo um emissário da esquerda. Pedir para que os médiuns ouvirem com atenção a leitura que se procede.

Avareza

A avareza opõe-se à virtude da generosidade.

A criança desde a sua infância passa pelo período da teimosia, por não

compreender que faz parte de uma sociedade, imaginando ser o alvo de todas as atenções, atitude natural porque o individuo já traz em si esta energia. A avareza ligada ao egocentrismo, característica que define as personalidades, considera que todo o mundo e todas as pessoas giram ao redor de si próprios, tomando o eu como referência para todas as relações e fatos. Uma pessoa egoísta pode não ser egocêntrica, uma vez que luta para fazer com que os fatos se amoldem a seus interesses. Deste modo, o egoísmo seria a recusa da pessoa em deixar a fase infantil, preferindo manter viva em seu subconsciente. A ganância surge da avareza, sentimento humano negativo que se caracteriza pela vontade de possuir somente para si próprio tudo o que existe. É um egoísmo excessivo direcionada principalmente à riqueza material, nos dias de hoje pelo dinheiro. Contudo é associada também a outras formas de poder, tal qual influencia as pessoas de tal maneira que seus praticantes chegam ao cúmulo de, manipular e enganar chegando ao extremo.

- Quem menospreza o poder da luz, pelas trevas será tragado -

Explanação sobre Mãe Egunitá

81

Mãe Egunitá é a regente cósmica do Fogo da Justiça Divina, que purifica os excessos emocionais dos seres desequilibrados, desvirtuados e viciados. Ela

é uma divindade de natureza justiceira. Mãe Egunitá é o fogo das paixões

humanas, é ativa e atrator, torna o ser rubro, é a serpente rubra da paixão Egunitá é fogo puro, está em tudo o que existe, mas diluído, e suas irradiações cósmicas absorvem o ar, por isso não pode ser dissociada do Pai Ogum, porque Lei e Justiça andam juntas. Quando evocamos Ogum para atuar em nosso favor e nos defender das investidas dos seres desequilibrados, suas hierarquias luminosas ativam seus pares opostos, ar e fogo consumindo tudo de negativo. O fogo de Mãe Egunitá, consome os vícios e os negativismos, é temida pelos seres que habitam as faixas vibratórias negativas, pois ela se alimenta das energias negativas que eles geram e irradiam nos seres humanos encarnados. Esse fogo consome as energias dos seres apaixonados, emocionados, fanatizados ou desequilibrados, reduzindo a chama das paixões avassaladoras e paralisando-os, sufocando-os e anulando seus vícios emocionais e desequilíbrios mentais. Além de purificar os vícios e os desequilíbrios, ela purifica também os ambientes religiosos e residenciais e o íntimo dos sentimentos dos seres. Os vícios emocionais tornam os seres insensíveis à dor alheia. Os desequilíbrios mentais os transformam em tormentos para seus semelhantes. Quando ativarem o fogo purificador da Mãe Egunitá tenham a certeza que ela estará atuando em seu beneficio livrando-os dos tormentos emocionais. Quando um ser humano se desequilibra, chama a atenção desta amada Mãe, ai esse fogo consumidor condensa-se e acumula-se e quando atingir seu ponto de incandescência consumista, o esgotará e anulará todos os sentimentos negativados existe.

- Um equilibrador poderá ser desequilibrado, se não tomar cuidado com seus passos, pensamentos e sentimentos íntimos -

Depois da leitura abrem-se os trabalhos como de costume da casa, com

cantos de abertura, cantar para Orixá regente da mãe ou pai da casa e chamar

o Pai Ogum da Dirigente para o equilíbrio dos filhos da casa e chamar a Mãe

Egunitá com todos os pontos de chamada, firmeza, sustentação e retirada do Orixá.

Depois chamar a linha regente da Mãe Egunitá que é a linha dos Caboclos do fogo também podemos chamar os Exus do Fogo. Encerra os trabalhos com cantos e uma oração de sustentação

82

Oração de encerramento

Senhor Deus, dai-nos vossas bênçãos e sob o amparo de vossa Lei maior e de vossa justiça Divina, e nossa Amada Mãe Egunitá envie vossas vibrações de paz, luz, amor, fé e nos direcione nos caminhos corretos, nós ilumine quando fraquejarmos em nossas responsabilidades para com nossos guias, conduzindo- nos para os caminhos que temos que passar nos esclarecendo e fortalecendo nossos sentimentais para que as mágoas e a dor não se instalem nele nos enfraquecendo perante nossas missões, direcione ampare e sustente em nossos caminhos, sempre fortalecido pela nossa fé e amparado Pela Sua luz e Seu amor. Obrigado Senhor! Amém!

83

Pai Omulú-Yê

Minério: Molibdenita Pedra: Ônix-preto Dia da semana: Domingo Horas: 24h00min Fio de contas: branco e Preto

Assentamento de forças do Pai Omulú

Ervas para amaci: crisântemo branco – água fonte. Macerar todas as erva com a água em uma bacia de ágata cobrir com um pano branco e fazer uma estrela de cinco pontas no chão e colocar a bacia em cima da estrela e fazer um circulo em volta da bacia com sete velas roxas acender e fazer esta oração:

Oração

Eu invoco Deus Seus Divinos Tronos, a Lei Maior e a Justiça Divina e Peço licença a Deus para invocar uns dos mistérios de Seus Mistérios Sagrados que é nosso amado Pai Omulú regente dos mistérios telúricos e peço misericordiosamente que derrame suas energias benéficas sobre este amaci e peço que imante e consagre para que eu possa usar como assentamento de suas forças espirituais naqueles que usar com amor e devoção para com o senhor e Seu mistério. Amém!

Após esta evocação deverá deixar as velas queimarem até seu final. E todos os amaci que se seguem deverão colocar um pouco de pemba branca ralada, ela é a fixação de todo amaci.

84

Oferenda a Omulú

Sete velas brancas amarradas juntas Sete velas pretas amarradas juntas Sete velas vermelhas amarradas juntas Um prato plástico grande com milho de pipoca estourada no azeite doce Um prato plástico grande com coco seco descascado fatiado Uma garrafa pequena de água mineral Uma garrafa de vinho doce licoroso branco Um vidro de mel pequeno Um prato plástico com sal grosso dentro 14 copos de plástico pequeno (tipo copo de café) Um pedaço de pano branco

85

Foto 8: Entrega para Pai Omulú-Yê Oração ao Pai Omulú Amado e Divino Criador. Estamos

Foto 8: Entrega para Pai Omulú-Yê

Oração ao Pai Omulú

Amado e Divino Criador. Estamos de joelhos diante de ti para pedir-lhe a misericórdia e a licença de ofertamos um de Seus mistérios sagrados que é o nosso amado e divino Pai Omulu-yê. Sarava Pai amado Omulu-yê Atoto Pai misericordioso

86

Estou aqui neste presente momento para pedir-Te que na sua magnitude aceite e receba pai amado esta nossa oferenda de todo nosso coração, sabemos que é pouco diante de tão grande bondade. Amado Pai da bondade. Estamos aqui diante de Ti para pedir-Te a paz das nossas culpas, falhas e pecados das nossas encarnações passadas. Neste momento já ciente de nossos pecados cometidos contra as leis divinas, Peço perdão e misericórdia, por nossas ignorâncias, e falhamos com nossos deveres com nosso amado Pai Criador, por não conhecermos que eram nossos erros, de ter sentimentos mesquinhos, e pensamentos desvirtuados como os sete pecados capitais. Amado Pai misericordioso Omulu-yê cure nossas doenças mentais e espirituais estamos aqui para que paralise todas as doenças envolvendo nossos corpos carnais, corpos básicos de vidas passadas, nossos perispíritos e espiritual. Pai amado pedimos perdão porque nós mesmas as provocamos, com nossos pensamentos mesquinhos nos ligando com as Trevas da ignorância. Pai amado nós vos pedimos, com muito amor e esperança porque tenho fé na existência de uma força maior. Pai amado trabalharemos em prol de melhorarmos ainda mais conhecendo os nossos negativos e controlando-os, mas sempre amparado pela sua luz e paciência, dentro das nossas perseveranças. Para que cientes de nossos deveres passamo-nos a trabalhar-mos ajudando nossos irmãos. Pai amado corte todos os trabalhos de magia negra existente contra nós seus filhos e servos da lei e da justiça. Limpe todas as larvas e miasmas existentes em nossos campos energéticos e corpos físicos que possam ocasionar doenças. Pai amado nos livre de todas as obsessões de espíritos desencarnados e espíritos trevosos que nos próprios criamos ou foram projetados contra nos, seus filhos e filhas. Pai amado e misericordioso tire de nos a paralisação dos nossos sete sentidos da vida. Para que em paz, amor e esperança possam caminhar em passos largos rumo à evolução e ao divino e amado Pai Criador. Pai amado Omulu-yê abra nossos caminhos, espirituais e materiais, libertando-nos das amarrar da escravidão de baixos níveis vibratórios, de prisões eletromagnéticas ou de qualquer elemento que estejam amarrando nossas vidas, nossos caminhos e nossos destinos. Nós vos reverenciamos, com respeito e amor. Rogamos a vós, amado Pai, que derrame vossas bênçãos sobre nós. Vós que fostes bem aventurados por Olorum, com o Ministério dos Anjos, para que todo aquele que o houvesse invocado não fosse atacado pelo contágio da peste, fazei com que nós, que o estamos aqui de joelhos diante de vós, fiquemos livres de toda peste do corpo e da alma.

87

Nós viemos até vós, Divino Pai, recorrer à vossa proteção, pedindo-vos com fé, para que sejamos poupados, permanecendo no gozo da saúde e para que tenhamos, no nosso dia final na matéria, uma passagem sem longos padecimentos. Que, do outro lado da vida, possamos encontrar rapidamente nossa consciência e o amparo para a retomada de nosso caminho em direção à Luz.

Limpai-nos, Pai, das impurezas do corpo e do espírito e mantenha-nos sob vossa proteção, para que nunca fraquejemos, nos desvirtuemos, nos degeneremos nos desequilibremos e nem tenhamos vícios, emoções e sentimentos negativos, em relação à criação e à geração. Cubra-nos, Pai Omulú, com vossas irradiações telúricas, imantando-nos e despertando em nosso íntimo os virtuosos sentimentos de preservação de tudo que foi gerado pelo Divino Criado, para que jamais O ofendamos. Amplia em nós, Pai Amado, a capacidade de perdoar e ter misericórdia, de ter a paciência por nossos irmãos necessitados. Vós que sois o puro amor e a própria caridade divina no amparo dos espíritos caídos, até que os mesmos tenham se curado e retornado ao caminho reto, mantenha-nos sob vossa caridade e amparo, ó Pai, para que nunca nos desviemos do caminho da retidão e da evolução de nosso amado Criador. Atue Amado Pai, no nosso magnetismo, no nosso corpo energético, no nosso campo vibratório e no nosso corpo carnal, curando-nos ou possibilitando- nos o encaminhamento à pessoa certa, ao profissional de saúde, que nos aplicará o tratamento físico ou espiritual adequado às nossas necessidades. Pai amado, confiante que seremos assistidos em nossas preces sempre que necessitarmos de vosso auxilio e que seremos auxiliados pela vossa misericórdia. Agradecemos e pedimos vossas benções, Pai amado e divino Criador pela misericórdia recebida e ao Amado Pai Omulu-yê pela graça recebida. Amém!

Após proferirem esta oração todos levantam a cabeça e estendam as mãos para o alto, absorvendo as irradiações de amor e fé que ela estará enviando. A dirigente da casa vai agradecendo e pedindo que envie os emissários da luz regidos por Pai Omulú e que se assente no lado direito um emissário da direita e do esquerdo um emissário da esquerda. Pedir para que os médiuns ouvirem com atenção a leitura que se procede.

88

Paciência

Paciência é a compreensão de aguardar em paz o que ainda não se tenha conseguido realizar, é a capacidade de ouvir alguém, com tolerância, calma, atenção, sem ter pressa de acabar o assunto. É manter o controle emocional equilibrado, é persistindo no que quer, e ter a capacidade de libertar-se da ansiedade. Ser paciente é ser educado e saber usar a palavra na hora certa e no momento adequado sempre mantendo a calma e tolerância para com seus irmãos.

- Quem busca a lei, pela lei será encontrado -

Explanação sobre Pai Omulu-yê

Pai Omulú fiel orixá, depositário do nosso corpo, quando o espírito se desprende dele. O que chamamos de morte. Ao desencarnar, o ser humano defronta com uma zona de transição entre o mundo da matéria e o mundo astral denominado túnel da triagem. É um túnel escuro onde todos têm que passar por ele. Nele encontramos duas portas uma para as trevas e outra para as zonas de repouso e recuperação. Ao passar por esse túnel, bastam alguns segundos para que todas as vidas do ser, suas idéias, seus preconceitos, seus comportamentos e suas crenças desenrolem-se como cenas de um filme. Com isso se dará seu direcionamento conforme seu merecimento e suas afinidades com o lado positivo luminoso ou negativo e viciado. É o julgamento do espírito e seus merecimentos e de acordo com a Lei Maior. O Senhor Omulú é o chefe de todos os executores da Lei dentro da Linha das Almas, ele mesmo, o verdadeiro executor dos seres que caíram, por vários motivos, no astral inferior para que paguem pelos seus erros cometidos. Recolhe também os espíritos que quando na carne ofenderam o Criador caindo assim num plano sem retorno e que têm de pagar pelos seus erros no astral inferior, e que cairão nos planos sem retorno. Em todas as culturas o campo santo é considerado um lugar sagrado, onde os corpos são depositados. A obrigação de todos os seres humanos é cuidar da vida na carne, da melhor maneira possível, com a coragem de se colocar frente a frente com os seus vícios, erros, desejos e anseios. É reconhecer que são imperfeitos e buscar sempre a melhora, não envidando todos os esforços possíveis para vencerem a si próprios, mudar atitudes em relação aos seus semelhantes e a si mesmo, caminhando rumo à evolução. Omulú é a energia que se condensa em torno do fio de prata, que une o espírito e o seu corpo físico, por isso Ele é chamado de o Anjo da Morte.

89

- Quem encontrar a lei irá querer viver a seu lado -

Depois da leitura abrem-se os trabalhos como de costume da casa, com cantos de abertura, cantar para Orixá regente da mãe ou pai da casa e chamar o Pai Ogum da Dirigente para o equilíbrio dos filhos da casa e chamar o Pai Omulú com todos os pontos de chamada, firmeza, sustentação e retirada do Orixá. Depois chamar a linha regente do Pai Omulu que é a linha dos Caboclos Africanos também podemos chamar os Exus do campo Santo. Encerra os trabalhos com cantos e uma oração de sustentação

Oração de encerramento

Senhor Deus, dai-nos vossas bênçãos e sob o amparo de vossa Lei maior e de vossa justiça Divina, e nosso Amado Pai Omulu envie vossas vibrações de paz, luz, amor, fé e nos direcione nos caminhos corretos, nós ilumine quando fraquejarmos em nossas responsabilidades para com nossos guias, conduzindo- nos para os caminhos que temos que passar nos esclarecendo e fortalecendo nossos sentimentais para que as mágoas e a dor não se instalem nele nos enfraquecendo perante nossas missões, direcione ampare e sustente em nossos caminhos, sempre fortalecido pela nossa fé e amparado Pela Sua luz e Seu amor. Obrigado Senhor! Amém!

90

Pai Ogum

Minério: ferro Pedra: Rubi/Granada Dia da semana: Quinta Horas: 06h00min Fio de contas: pedras granadas

Assentamento de forças do Pai Ogum

Ervas para amaci: folhas pinheiro - água rio Macerar todas as erva com a água em uma bacia de ágata cobrir com um pano branco e fazer uma estrela de cinco pontas no chão e colocar a bacia em cima da estrela e fazer um circulo em volta da bacia com sete velas azul escura acender e fazer esta oração:

Oração

Eu invoco Deus Seus Divinos Tronos, a Lei Maior e a Justiça Divina e Peço licença a Deus para invocar uns dos mistérios de Seus Mistérios Sagrados que é nosso amado Pai Ogum regente das Leis Divinas e da justiça Divina e peço misericordiosamente que derrame suas energias benéficas sobre este amaci e peço que imante e consagre para que eu possa usar como assentamento de suas forças espirituais naqueles que usar com amor e devoção para com o senhor e Seu mistério. Amém!

Após esta evocação deverá deixar as velas queimarem até seu final. E todos os amaci que se seguem deverão colocar um pouco de pemba branca ralada, ela é a fixação de todo amaci.

Oferenda para Ogum

Três mangas maduras Sete velas azuis escuras amarradas com fita da mesma cor Sete velas vermelhas amarradas com fita da mesma cor

91

Sete velas brancas amarradas com fita da mesma cor Um prato grande de plástico Um vinho tinto doce ou uma cerveja branca Três ou sete cravos vermelhos Sete copos de plástico pequenos (tipo copo de café) Um pedaço de pano vermelho

pequenos (tipo copo de café) Um pedaço de pano vermelho Foto 9: Entrega para Pai Ogum

Foto 9: Entrega para Pai Ogum

Oração a Ogum

Amado senhor nosso Pai e Divino Criador. Peço a Sua misericórdia Divina para ofertar mais um de seus mistérios sagrados que é o nosso amado Pai Ogum, Senhor dos Caminhos, das Demandas e Aplicador da Lei Maior. Amém! Amado Pai Ogum. Peço, em nome de nosso amor que receba e aceite esta oferenda para que sejamos ajudados segundo nossos merecimentos e vontades. Amém! Estamos aqui, ajoelhados diante de vós, suplicando pela vossa misericórdia, querido Pai, e pedindo que dê ordenação às nossas vidas, de acordo com os ditames da Lei Maior de nosso Divino Criado. Deixe que nossos

92

caminhos sejam levados por vossa onda ordenadora, para que possamos, em corpo e em espírito, trilhar as vias evolutivas do alto, em concordância com as esferas de Luz. Lembre-se sempre, Pai Divino, de orientar-nos, para que possamos dar sentido às nossas vidas, perdoarmos a nós mesmos e aos nossos semelhantes, libertarmos os nossos corações das angústias e das mágoas, termos firmeza nos princípios de luz que nos regem e no amor ao Criador e a tudo que Ele criou.

Que nós também possamos, de alguma forma, orientar aqueles irmãos mais necessitados do que nós, ajudando-os a clarear os obscurecimentos e as dificuldades de seus caminhos plantando em seus corações a semente do amor, da esperança, do entendimento e da evolução. Amado Senhor do movimento e da ordenação divina. Senhor dos caminhos e das estradas recolha as demandas e arrebente os grilhões que estão amarrando nossos pés tornando nossa senda difícil de ser seguida, abrindo nossos caminhos. Pai amado que sua luz ilumine nossas vidas, dê-nos o vosso amparo e nos liberte da ação da ignorância e dos sentimentos e atitudes negativas. Conduza-nos, Pai Guerreiro, para que acreditemos e confiemos que iremos sempre em frente, amparados pela ação de vossa espada e por vosso escudo defensor, protegendo-nos contra as forças destrutivas e contra os choques das trevas. Livre-nos, amado Pai, de fazermos o mal e proteja-nos com vossa luz, para que só façamos o bem àqueles que nos rodeiam. Dê-nos equilíbrio em nossa caminhada evolutiva e fortalecimento de nossa crença, para que caminhemos resolutamente pela senda da Luz. Amado Pai faça nossa vida se movimentar e, como bom ordenador, organize as nossas prioridades, cada uma no momento certo, dando-nos a certeza de que estamos sendo atendidos e amparados na medida de nossos merecimentos. Pai amado da misericórdia levante sua espada cristalina e irradie suas energias nos mentais daqueles que ofendemos e daqueles que tem sentimentos errados contra nós e dê a eles o esquecimento dos seus desafetos irradiando paz, tranqüilidade, amor, conscientização, tolerância, entendimento e amizade. Pai amado das guerras e demandas levante suas espada alaranjada sobre todas as demandas, feitiçarias, trabalhos de magia negra, vudú, amarrações, trabalhos de necromâncias, ou qualquer trabalho negativo que estejam travando nossas vidas e destinos, recolhendo-os e exterminando-os deixando de atuarem contra nos ou contra quem quer que seja. Pai amado do amor e das uniões levante sua espada rubra sobre nossas cabeças e extermine todos os cordões energéticos ligados a nós negativos que estejam trazendo a doenças, a discórdias, a inimizade, a magoa, a tristezas, a

93

solidão, a apatia, a depressões, falta de animo de lutar e de renovar nossos caminhos sentimentais nos trazendo coragem e vitórias. Pai amado dos caminhos evolutivos, levante sua espada multicolorida e que suas irradiações se expanda por todas as dimensões, portais, portas, passagens, buracos negros e que ela vá renovando, encaminhando, curando, tratando, direcionando tudo e todos como também a nos deixando nossos horizontes repletos de luz e cores aonde chegaremos mais rápido aos nossos objetivos. Amado e divino Pai dos escudos. Peço que seus sete escudos nos protejam, protejam nossas casas, nossos familiares, e nossos locais de trabalhos e que estejam sempre atentos em nossa volta para que nada nos atinja e enfraqueça nossa mente e coração diante de tão grande poder, que é o Senhor de nossas vidas e destino, pai amado e misericordioso. Agradecemos ao nosso Pai e Divino Criador pela misericórdia divina, e nos permitir mais uma caminhada em seu reino e ao amado Pai Ogum pela graça alcançada. Amém! Leve-nos ó pai amado ao encontro com o divino, na hora mágica da concretização daquilo de que mais necessitamos que fosse às realizações de nossas ações virtuosas e corretas. Amém.

Após proferirem esta oração todos levantam a cabeça e estendam as

mãos para o alto, absorvendo as irradiações de amor e fé que ela estará enviando.

A dirigente da casa vai agradecendo e pedindo que envie os emissários da

luz regidos por Pai Omulú e que se assente no lado direito um emissário da direita e do esquerdo um emissário da esquerda. Pedir para que os médiuns ouvirem com atenção a leitura que se procede.

Conflito

O conflito surge quando existe a necessidade de escolha entre situações que podem ser consideradas contrarias. Um acordo é formado para que uma parceria seja solucionada, buscando,

soluções que contemplem os pontos de vista diferentes, evitando conflito entre ambas as partes.

A competição é onde os dois lados disputam a mesma situação vencendo

apenas sempre uma das partes. O conflito manifestado aparece, entre um desejo e um valor moral, como pode ser o caso de dois sentimentos contraditórios podendo as idéias aparecer como uma forma deformada, produzindo sintomas, como desvio de

94

comportamento, perturbações de caráter. O conflito é a noção central da teoria das neuroses. Os conflitos, para ter uma solução pacífica, devem ter todos os meios possíveis de negociação, podendo haver controvérsias, onde é preciso solucioná-las com diplomacia para que haja uma conciliação. Quando a conciliação não acontece, há uma reação emocional frente a uma situação ou interação que aponta para um sentimento de medo, tristeza, amargura ou raiva. Quando o sentimento de revolta se manifesta, passa a ser uma guerra tanto interior como entre pessoas, povos e países. Trazendo para a vida catástrofes e destruição não só para a vida como também para o planeta terra.

- Quem desafia à lei, pela lei será castigado -

Explanação Pai Ogum

Como comandante das milícias Celestiais Pai Ogum esta sempre vigilante, pronto para agir em qualquer confronto contra os seres que caíram devido aos seus desequilíbrios. Muitos direcionam a maior parte de seu potencial humano na busca da satisfação mundana, materialista e se esquecem de que a vida tem sentidos

superiores, como os néctares da vida em amor e respeito. É preciso desenvolver

a consciência e o virtuosismo, para sermos conduzidos de volta ao Todo, num

estágio superior de evolução. Tudo é regido por uma Lei imutável, nas esferas superiores da Luz, há ordem e harmonia fazendo com que surja o equilíbrio de tudo e de todos neste planeta. Mas a imperfeição dos seres humanos mesquinhos e sem coração são arrastados pela Lei e levados aos níveis inferiores para que conheçam a dor e padecendo diante da Lei Maior que age através de Pai Ogum. Pai Ogum ordena os procedimentos, os processos e as normas ditados pelo Divino Criador, anulando tudo o que estiver em desacordo com Leis Divinas. Essa força que ordena tudo e todos está presente tanto na estrutura de um átomo, como na estrutura do Universo. É a Lei Divina em ação. As Leis Divinas são justas e poderosas e nela existem dois livros: O Livro Branco e o Livro Escuro! Damos o nome de “Livro” aos dois lados da mesma moeda: A Luz é o

Livro Branco; As Trevas, o Livro Escuro. O positivo e o negativo, o alto e o baixo,

o amor e o ódio, o bem e o mal, a visão e a cegueira, a criação e a destruição. Estes são, portanto, os dois livros. Tudo o que é escrito em um deles, por nossas palavras e ações, é automaticamente anotado no outro.

95

O que fazemos na Luz, as Trevas anotam; o que fazemos nas Trevas, a Luz anota. Estes são os dois lados do equilíbrio. Nada passa em nossa vida que não estejam anotados nesses livros. Todos os homens possuem esses dois lados. Se agirmos com a máxima timidez e discrição para não sermos notados por seus escribas, provavelmente estaremos registrando a Lei do Equilíbrio que rege o Ritual de Umbanda. Pai Ogum atua na linha divisória entre a razão, a emoção e a ordenação dos processos e procedimentos dos seres humanos e criaturas. É o senhor do movimento, o senhor dos caminhos e das estradas, o senhor que quebra as demandas, que arrebenta as amarras e nos liberta. Ele faz nossa vida se movimentar e, como bom ordenador, coloca as nossas prioridades à frente, na hora certa. Ele é a divindade que aplica a Lei Maior, guardião dos procedimentos dos seres em todos os sentidos. É a divindade que aplica a Lei Maior. Ele ordenando a fé, o amor, o conhecimento, a justiça, a evolução e a geração. Por isso, está em todas as outras qualidades divinas. Nosso Amado Pai Ogum como guardião dos procedimentos esta nos vigiando em todos os lugares acordados e dormindo, então meus irmãos vigiem e orem é o melhor remédio.

- Quem encontra a lei, às trevas terá abandonado -

Depois da leitura abrem-se os trabalhos como de costume da casa, com cantos de abertura, cantar para Orixá regente da mãe ou pai da casa e chamar o Pai Ogum da Dirigente para o equilíbrio dos filhos da casa e chamar o Pai Ogum com todos os pontos de chamada, firmeza, sustentação e retirada do Orixá.

Encerra os trabalhos com cantos e uma oração de sustentação

Oração de encerramento

Senhor Deus, dai-nos vossas bênçãos e sob o amparo de vossa Lei maior e de vossa justiça Divina, e nosso Amado Pai Ogum envie vossas vibrações de paz, luz, amor, fé e nos direcione nos caminhos corretos, nós ilumine quando fraquejarmos em nossas responsabilidades para com nossos guias, conduzindo- nos para os caminhos que temos que passar nos esclarecendo e fortalecendo nossos sentimentais para que as mágoas e a dor não se instalem nele nos enfraquecendo perante nossas missões, direcione ampare e sustente em nossos caminhos, sempre fortalecido pela nossa fé e amparado Pela Sua luz e Seu amor. Obrigado Senhor!Amém!

96

Minério: manganês Pedra: esmeralda Dia da semana: terça Horas: 09h00min Fio de contas: verde

Papai Oxossi

Assentamento de forças Oxossi

Ervas para amaci: folhas guiné – água fonte. Macerar todas as erva com a água em uma bacia de ágata cobrir com um pano branco e fazer uma estrela de cinco pontas no chão e colocar a bacia em cima da estrela e fazer um circulo em volta da bacia com sete velas verdes acender e fazer esta oração:

Oração

Eu invoco Deus Seus Divinos Tronos, a Lei Maior e a Justiça Divina e Peço licença a Deus para invocar uns dos mistérios de Seus Mistérios Sagrados que é nosso amado Pai Oxossi regente dos mistérios vegetais e da expansão de tudo, peço misericordiosamente que derrame suas energias benéficas sobre este amaci e peço que imante e consagre para que eu possa usar como assentamento de suas forças espirituais naqueles que usar com amor e devoção para com o senhor e Seu mistério. Amém!

Após esta evocação deverá deixar as velas queimarem até seu final. E todos os amaci que se seguem deverão colocar um pouco de pemba branca ralada, ela é a fixação de todo amaci.

Oferenda para Oxossi

Sete Velas rosa Sete Velas verdes

97

Sete Velas brancas Uma Cerveja branca Uma Garrafa de vinho tinto doce Um Maço de Flores Um pedaço de pano verde Um vidro de mel pequeno Três frutas de qualidade diferentes (uva, mamão, goiaba, abacate.) 14 copos de plástico pequeno (tipo de café)

abacate.) 14 copos de plástico pequeno (tipo de café) Foto 10: Entrega para Pai Oxossi Também

Foto 10: Entrega para Pai Oxossi

Também podemos ofertar toalha, pano verde, velas, fitas, linhas e pemba nas cores verdes e brancas, frutam de qualquer espécie, comidas- moranga cozida, milho verde cozido, maça cozida e regada com mel ou açucarada, doces cristalizados, vinho tinto, cerveja branca, suco de frutas, fubá para circular e fechar a oferenda.

Oração ao Pai Oxossi

98

Amado senhor nosso Pai e Divino Criador. Peço a Sua misericórdia Divina para ofertar mais um de seus mistérios sagrados que é o nosso amado Pai Oxossi, Senhor dos mistérios do conhecimento e da expansão. Amém! Amado Pai Oxossi. Peço, em nome de nosso amor que receba e aceite esta oferenda para que sejamos ajudados segundo nossos merecimentos e vontades. Amém! Sagrado e Amado Pai Oxossi, vós que sois mantenedor da natureza, ouçam nosso clamor atendam nossa invocação, venham em nosso auxilio e atuem em nosso benefício, afastando de nossas vidas todos os embaraços que nos tem paralisado, desanimado e entristecido. Amado Pai das Matas formem ao nosso redor a sagrada vibração energética vegetal que irá romper todos os liames que nos envolveram e nos amarraram que nos paralisaram e tem nos impedido de avançarmos na senda do nosso destino e seguirmos nossos caminhos rumo a Deus Pai. Envolvam-nos com vossas vibrações divinas e purifiquem tudo à nossa volta, afastando para sempre de nossa vida os tormentos da aflição, da angustia, da miséria, da fome, da doença, da solidão, da apatia, da ignorância e da maldade. Atuem sobre nossos inimigos encarnados ou não, envolvendo-os em vossas vibrações esgotaduras dos maus pensamentos dos maus sentimentos, anulando no intimo deles as vibrações de ódio, inveja e vingança auxiliando-os a se livrarem dos tormentos e das más influências espirituais que os têm subjugado e têm colocado-os contra nós. Que vossas vibrações sagradas envolvam todas as magias negativas, bruxarias, necromâncias, encantamentos, amarrações, obsessões, encostos, mau-olhado, invejas, fechamentos de caminhos, de portas, de passagens e de campos e dissolvam tudo isso espalhando pelos quatro cantos da criação todos os agentes materiais ou espirituais atuantes por trás dessas ações negativas intentadas contra nós pelos nossos inimigos ou que foram atraídas por nós por causa das nossas falhas, dos nossos erros e dos nossos pecados. Amado Pai Oxossi que suas vibrações vegetais e todos os seres que o Senhor rege atuem em nós dissipando eliminando todas as doenças e peço também amado Pai que eles atuem sobre os instintos inferiores. Anulem em nosso intimo todos os nossos sentimentos negativos que têm distorcido a nossa consciência e têm nos escurecido, e nos afastado do luminoso caminho que nos conduz para os planos superiores, habitados pelos espíritos protetores da criação de Deus. Fechem em nosso intimo as fontes alimentadoras da nossa maldade, inveja e inferioridade, propiciando-nos novas oportunidades evolucionistas e descortinem diante de nossos olhos novos horizontes a serem alcançados e explorados por nós. Amando Pai da bondade expanda e inundem o nosso corpo e o nosso espírito com as essências fortalecedoras da nossa vida; com as essências curadoras das

99

nossas doenças; com as essências regeneradoras do nosso virtuosismo, da nossa fé em Deus e da nossa esperança. Propiciem-nos os meios e o discernimento para superarmos nossas dificuldades e transmutarmos para melhor a nossas vidas e a nossas expectativas sobre os nossos futuros, afastando de nossas mentes todos os pensamentos sombrios, que os têm atormentado e escurecidos a nossas almas imortais e eternas. Socorram-nos Pai Amado nas nossas aflições e concedam-nos dias melhores, durante os quais haveremos de colher paz, harmonia, alegria e dádivas, às quais distribuiremos para todos à nossa volta. Afastem Pai Amado de nossas vidas, de nossa família, de nosso espírito e de nosso corpo todos os vícios que têm aberto as portas sombrias pelas quais têm vindo até nós os espíritos do mal e suas legiões de criaturas desequilibradas, causadoras de doenças e de discórdia, de miséria e de tristezas. Rompam Pai Amado os fios invisíveis que têm nos paralisado e têm nos retido nos abismos sombrios da ignorância, da infelicidade e do desespero e têm nos impedido de verem em tudo e em todos à nossa volta a luz divina que a tudo e a todos ilumina, indicando-nos o caminho luminoso que nos conduz à paz, à harmonia, à prosperidade e à fartura. Amado Pai o senhor que é o dono da caça e nunca errou um alvo, lance suas flechas de cura, amor, paz, discernimento, entendimento, bondade, tranqüilidade e geração e auxiliem-nos na cura dos doentes e ajudem os desempregados a encontrarem um trabalho digno que suprirá suas necessidades materiais e lhes trará o conforto espiritual. Curem todos os espíritos enfermos que aqui se encontram e os que até aqui não puderam chegar, mas que estão ligados a nós pelos fios invisíveis do nosso destino em comum. Socorram-nos e libertem-nos dos nossos erros, das nossas falhas e dos nossos pecados, purificando-nos e proporcionando-nos a evolução em todos os sentidos materiais e espirituais, livrando-nos de inimigos do passado e purificando nossos caminhos dentro de nossos merecimentos e vontades Afastem de nossa vida os espectros da pobreza, da miséria, do egoísmo e da vaidade que têm nos impedido de sermos, prósperos, generosos, fraternos e amorosos com tudo o que nos cerca e com todos os que compartilham de nossa vida e destino. Amado Pai lance suas flechas sobre nossas casas, nossos lares e nossos locais de trabalhos purificados de quaisquer energias negativas que lá se encontrem, e purifique nossas familiares, nossos amigos e os nossos inimigos, auxiliando-nos de agora em diante nesta nossa caminhada terrena para que assim, auxiliado pelo senhor possamos, aqui mesmo, construirmos e trilharmos o eterno caminho que nos levará para mais perto do nosso amado criador.

100

Agradecemos ao nosso Pai e Divino Criador pela misericórdia divina, e nos permitir mais uma caminhada em seu reino e ao amado Pai Oxossi pela graça alcançada. Amém! Leve-nos ó pai amado ao encontro com o divino, na hora mágica da concretização daquilo de que mais necessitamos que fosse às realizações de nossas ações virtuosas e corretas. Amém!

Procedimento:

Após proferirem esta oração todos levantam a cabeça e estendam as

mãos para o alto, absorvendo as irradiações de amor e fé que ela estará enviando.

A dirigente da casa vai agradecendo e pedindo que envie os emissários da

luz regidos por Pai Oxossi e que se assente no lado direito um emissário da direita e do esquerdo um emissário da esquerda. Pedir para que os médiuns ouvirem com atenção a leitura que se procede.

Ignorância

A doença do ignorante é desconhecer a sua própria ignorância.

Podemos dizer que um ser ignorante não contém dentro de si os conhecimentos necessários para discutir, argumentar e aceitar fatos ou assuntos, por se achar sempre correto no que pensa e fala muitas vezes se

tornando, desagradável agressivo, diante de um grupo de pessoas e até mesmo em um convívio diário. A pessoa ignorante não aceita conselhos, achando-se sempre correto diante de tudo e de todos, estabelecendo idéias e conceito próprios. O ignorante acredita na sua própria falsidade e prega ela como se fosse uma verdade, adquirida ou não desde sua infância.

A educação, a aceitação, a tolerância e o conhecimento pode ser a cura

da ignorância, tornando o ser mais sensível, agradável na convivência, pronto a ajudar os seus semelhantes.

- Quem caminha com equilíbrio, tanto tem a força da luz como a das trevas ao seu lado -

Explanação sobre Pai Oxossi

101

È pelo amor ou pela dor, pela sabedoria ou com sofrimento que

aprendemos a usar os ensinamentos que recebemos e trouxemos desde a infância, é o QI de cada ser humano. Quando mais corretos estivermos mais e mais nossos conhecimentos serão abertos para nos sucessivamente. Muitas vezes, sentimos um vazio dentro de nós e nada do que procuramos adianta para preenchê-lo. Mas, se nos deparar com uma Religião completa em

si

mesma, como é a Umbanda, o interesse despertara e começaremos a estudá-

la

profundamente, abrindo para nós, um leque grande de conhecimento acerca

de toda a Criação de Deus, preenchendo todo o vazio por um todo. Quando um ser desvirtua um conhecimento e o transmite em total ignorância, Oxossi paralisa no ser, paralisando seu raciocínio e esgotando seus excessos mentais. Muitas vezes, as doenças não são diagnosticadas. Por terem um fundo emocional de desequilíbrio energético, que surgem a partir da aceitação dos conceitos errôneos. Pai Oxossi é o doutrinador natural que esclarece os seres e a partir do conhecimento divino vai religando-os a Deus e a toda a sua Criação. Por ser o Conhecimento que está em tudo e em todos, é tido como a Divindade que aguça o raciocínio, esclarece e expande as faculdades mentais, ligadas ao aprendizado dos ensinamentos, principalmente do religioso, estimulando-os a buscar Deus sem fanatismo ou emotividade, mas com conhecimento racional, fé, amor, equilíbrio geração e ordenação.

- Quem conhece o peso da lei, por ela já foi esmagado -

Depois da leitura abrem-se os trabalhos como de costume da casa, com

cantos de abertura, cantar para Orixá regente da mãe ou pai da casa e chamar

o Pai Ogum da Dirigente para o equilíbrio dos filhos da casa e chamar o Pai

Oxossi com todos os pontos de chamada, firmeza, sustentação e retirada do Orixá.

Depois chamar a linha regente do Pai Oxossi que é a linha dos Caboclos de Oxossi que irradiam por todas as linhas dos outros Orixás, também podem chamar os Exus sete raízes. Encerra os trabalhos com cantos e uma oração de sustentação

Oração de encerramento

Senhor Deus, dai-nos vossas bênçãos e sob o amparo de vossa Lei maior e de vossa justiça Divina, e nosso Amado Pai Oxossi envie vossas vibrações de paz, luz, amor, fé e nos direcione nos caminhos corretos, nós ilumine quando fraquejarmos em nossas responsabilidades para com nossos guias, conduzindo-

102

nos para os caminhos que temos que passar nos esclarecendo e fortalecendo nossos sentimentais para que as mágoas e a dor não se instalem nele nos enfraquecendo perante nossas missões, direcione ampare e sustente em nossos caminhos, sempre fortalecido pela nossa fé e amparado Pela Sua luz e Seu amor. Obrigado Senhor! Amém!

Mamãe Oxum

Minério: cobre Pedra: ametista Dia da semana: sexta Horas: 08h00min Fio de contas:- cascalho de ametista ou contas azul clara ou rosa

Assentamento de forças Mãe Oxum

Ervas para amaci: rosas brancas – água cachoeira. cerar todas as erva com a água em uma bacia de ágata cobrir com um pano branco e fazer uma estrela de cinco pontas no chão e colocar a bacia em cima da estrela e fazer um circulo em volta da bacia com sete velas rosa acender e fazer esta oração:

Oração

Eu invoco Deus Seus Divinos Tronos, a Lei Maior e a Justiça Divina e Peço licença a Deus para invocar uns dos mistérios de Seus Mistérios Sagrados que é nossa amada Mãe Oxum regente dos mistérios do amor e da concepção, peço misericordiosamente que derrame suas energias benéficas sobre este amaci e peço que imante e consagre para que eu possa usar como assentamento de suas forças espirituais naqueles que usar com amor e devoção para com a senhora e Seu mistério. Amém!

103

Após esta evocação deverá deixar as velas queimarem até seu final. E todos os amaci que se seguem deverão colocar um pouco de pemba branca ralada, ela é a fixação de todo amaci.

Oferenda a Mãe Oxum

Sete Velas amarelas amarradas com fita da mesma cor Sete Velas azuis claras amarradas com fita da mesma cor Sete Velas brancas amarradas com fita da mesma cor Um vidro pequeno de essência de rosas brancas Um champanhe branco Sete rosas amarelas, ou brancas, ou cor de rosas, ou palmas, ou margaridas ou flores do campo Um cálice de licor de cereja Um melão ou mamão ou maracujá doce Um prato de plástico que caiba a fruta escolhida Sete copos de plástico pequeno (tipo copo de café) Um pedaço de pano branco Um vidro pequeno de mel

104

Foto 11: Entrega para Mãe Oxum Também podemos ofertar toalhas, panos nas cores dourado, azul

Foto 11: Entrega para Mãe Oxum

Também podemos ofertar toalhas, panos nas cores dourado, azul claro e rosa, velas, fitas, linhas e pemba, nas cores, rosa, amarela e azul clara, frutas, cerejas, maçã, pêra, melancia, goiaba, framboesa, figo, pêssego, bebidas:

champanhe de maçã, de uva e licores de cereja. Flores: rosas, nas cores branca, amarela e vermelha.

Oração a Mamãe Oxum

Amado senhor nosso Pai e Divino Criador. Peço a Sua misericórdia Divina para ofertar mais um de seus mistérios sagrados que é a nossa amada Mamãe Oxum, Senhora dos mistérios do amor e da concepção. Amém!

105

Amado Mamãe Oxum. Peço, em nome de nosso amor que receba e aceite esta oferenda para que sejamos ajudados segundo nossos merecimentos e vontades. Amém! Amada mãe que sabe manipular todos os vasilhames da terra com suas águas curadoras cheia de energias do amor e sabedorias, que transbordem de Seus vasilhames com suas águas vivas e divinas sobre nós vossos filhas e filhas que estamos com nossos pensamentos voltados a ti, e que sejam derramados sobre os aflitos as águas purificadora do dos nossos desequilíbrios, que elas sejam em nosso corpo e nosso espírito, o balsamo que curará as chagas da nossa alma. Amada mãe misericordiosa transborde suas águas sobre nossas casas e que na passagem dela vá levando, lavando limpando, neutralizando e diluindo todas as energias negativas que lá existem, deixando nossas casas com uma energia de amor, caridade, compreensão e entendimento para sermos felizes diante de tão grande beleza. Amada Mãe misericordiosa da beleza em toda a criação de Deus, peço que irradie suas energias embelezadoras em nossos corpos e espíritos para que assim embelezados por vós, os outros nos vejam como luzes a reluzir seu brilho de amor, fé, benevolência, tranqüilidade, caridade e prazer pela vida que Deus nós deu diante de tão grande amor. Amada e querida mãe Oxum das flores dos néctares e dos perfumes de Deus, peço que nos leve em seus perfumes e descortinem diante de nossos olhos a imensidão do amor, da benevolência, da gratidão, da luz que o Pai Olorum nos envia por intermédio de vos e perfume nossos corpos para que os menos favorecidos sintam em nós o seu amor, que ele seja o lenitivo das aflições, da angustia, do desespero e o néctar que irá suprir a todos que vem em busca do equilíbrio e da paz em seu intimo. Amada Mãe Oxum das águas cristalinas, peço que cristalize e despedace o ódio, a raiva, os ressentimentos, a inveja, a ignorância nos corações dos nossos inimigos e purifiquem as impurezas das pessoas que se antagonizaram por algum motivo, que ela banhe os egoístas e regenerem a tudo e todos. Que elas banhem nossa alma e removam de nosso intimo todo egoísmo, toda inveja e todos os nossos vícios. Que elas transbordem do nosso intimo como filetes de águas cristalinas e que desçam para os níveis vibratórios inferiores alcançando todos os espíritos aflitos, magoados, ofendidos, feridos e machucados na alma, envolvendo-os no frescor curador, consolador, conscientizador, libertador, resgatador e amparador livrando-os de seus tormentos, angustias e sofrimentos. Mas em nome de Deus clamamos-lhes também que cheguem aos espíritos que odeiam e aplaquem no intimo deles seus desejos de vingança. Que cheguem aos espíritos que nos atormentam e despertem e os libertem das garras da vingança.

106

Que cheguem até os prepotentes e façam transbordar no intimo deles a humildade. Que cheguem até os invejosos e façam transbordar nas suas almas a generosidade. Que cheguem aos pobres de espírito e transbordem em suas vidas as riquezas divinas que são a fé, o amor e a esperança. Que cheguem aos egoístas e transborde de seus íntimos a fraternidade. E que cheguem a tudo e a todos e façam transbordar a vida que é Deus o nosso Divino Criador. Que transbordem as Vossas Águas cristalinas e que elas se derramem sobre os nossos locais de trabalho. Transbordem sobre nossos espíritos que por ventura lá estiverem e vá purificando-os vá curando os feridos, fortalecendo os que se sentem enfraquecidos diante das dificuldades da vida, mas que essas Águas Sagradas vão levando essas dificuldades embora também. Pedimos-vos que derrame sobre os nossos lares de todos nós vossos filhos e filhas com os pensamentos voltados para Vós as suas águas geradoras de prosperidade, realizações e vitorias e que elas vão levando também todas as vibrações negativas, todas as perturbações de ordem espiritual, todos os trabalhos de fechamento de caminhos de portas e passagens que tudo vá sendo envolvido, purificado, desmanchado, e encaminhado. Que as Vossas bênçãos através dessa Água Viva e Divina, se instale no espírito e na vida de todos nós vossos filhos e filhas que voltamos os nossos pensamentos para Vós nesse momento e que se inicie neste momento um trabalho de fortalecimento do intimo de todos nós, de purificação dos nossos corpos de nossos espíritos, de nossos lares, dos nossos locais de trabalho. Que a Água Viva renove a nossa vida, que essa Água Viva renove nossas esperanças, nossas expectativas e que ela que flua por toda a criação, flua na vida de cada um de nós conduzindo-nos para mais perto de Deus conduz-nos para a paz, a prosperidade, a esperança e a fé. Amada Mãe Oxum das águas Cristalinas nos abençoe em nome Dele neste momento. Abençoe cada um de vossos filhos. Se há doença no nosso corpo físico comece a ser curada, se nosso espírito esta enfraquecido, ou degenerado que seja regenerado. Que essa Água Viva seja energia Viva dando-nos força, despertando no nosso intimo sempre confiança esperança e fé em Deus. Que Deus nos abençoe por termos voltado nosso pensamento para ele nesse momento. Que ele nos abençoe e nos cubram de bênçãos. Agradecemos ao nosso Pai e Divino Criador pela misericórdia divina, e nos permitir mais uma caminhada em seu reino e ao encontro de nossa amada Mãe Oxum pela graça alcançada. Amém!

107

Leve-nos ó mãe amada Oxum ao encontro com o divino, na hora mágica da concretização daquilo de que mais necessitamos que fosse às realizações de nossas ações virtuosas e corretas. Amém!

Procedimento:

Após proferirem esta oração todos levantam a cabeça e estendam as mãos para o alto, absorvendo as irradiações de amor e fé que ela estará enviando.

A dirigente da casa vai agradecendo e pedindo que envie os emissários da

luz regidos por mamãe Oxum e que se assente no lado direito um emissário da

direita e do esquerdo um emissário da esquerda. Pedir para que os médiuns ouvirem com atenção a leitura que se procede.

Ódio

O ódio é mais profundo que a raiva sendo um sentimento de antipatia,

desgosto, aversão, rancor profundo, inimizade ou repulsa, contra uma pessoa ou algo com desejo de evitar, limitar, destruir o seu objetivo.

O ser humano só odeia aquilo que é muito valorizado, em sua vida, caso,

contrario tal sentimento não existiria por não ser valorizado. Mesmo sendo um afeto tão primitivo quanto o amor sua força é muito grande, porque o individuo estrutura e organiza a sua experiência em torno deste eixo, passando a ser o detentor da orientação do agir, do pensar e do sentir. Pode-se atribuir ao medo não sendo irracional, podendo apenas atingir seus objetivos destrutivos pela racionalidade. Clinicamente dizendo, onde se cruza com o ódio há, um excesso de sofrimento físico e psíquico tornando-se assim um a causa do outro. Grandes grupos humanos podem ser irmanados através do ódio podendo afirmar uma predileção especial para se nutrir das diferenças entre o outro e o eu.

- Quem se furtar a servir à luz ou às trevas, pertencerá a que habita o meio, isto é, a ninguém. É de ninguém, a ninguém pode pedir proteção

-

Perdão

108

Ato voltado para si mesmo e não para o outro, é um método ativo de enfrentar as adversidades da vida, tornando parte da solução, porque o ser assume a co-autoria nas ocorrências da vida. É a sensação de paz que brota quando assume a responsabilidade pelos seus atos e sentimentos, não atribuindo a ninguém a culpa pela sua dor, significando que embora feridos escolham por sofrer menos, não permitindo que todo seu ser seja inundado pela dor.

E saber

que tudo isso passa e que isso também vai passar deixando um aprendizado, um crescimento, uma transformação. Sem o perdão, não pode haver o restabelecimento de sua plena saúde, no amor, na compreensão para com a vida e para a plena felicidade. Tenha consciência que a vida é feita de polaridades positivas e negativas/ luz e sombras/ bem e mal e que tudo acontece ao mesmo tempo, no mesmo lugar e que são os nossos olhos, que abriram os maiores espaços e farão florescer aquele sentimento que mais cultivamos com intenção, vontade e responsabilidade. Perdoar quer dizer: amar, a si próprio, aos seus semelhantes e toda a criação de Deus.

É descobrir o que esta dor esta lhe encimando para alem da dor

- Quem não tem uma lei a regê-lo, será regido pelos sem lei -

Explanação da Mãe Oxum

Como em todo o ser humano tem as sete vibrações desde a sua origem, não precisando ser despertada, a energia emocional que trazemos é um desejo a ser realizado e muito sensível ao nosso todo espiritual caso não se realize, ela pulsa incessantemente em todo nosso espiritual até que seja descarregada, de uma forma satisfatória ou insatisfatória. Mamãe Oxum estimula as uniões do amor em toda sua amplitude, com seu magnetismo positivo irradia a todos os seres junto ao pai Oxumaré e com sua essencial energia mineral, vibrações, magnetismos e irradiações planetárias que atuam sobre os seres e toda a criação divina estimulando ou ate mesmo das agregações universais. Nenhum ser ou criatura fica sem sua vibração essencial, onde por ela é transportado e manipulado as sete essências divinas, regendo duas linhas de ação positiva, que estimula o amor nas uniões e na sua concepção e a negativa que anula o desejo de se unir e de se agregar as outras pessoas. Os termos negativos e positivos não significam bem ou mal, mas sim polaridades. Quando os seres absorvem o fator agregador é absorvido, satura-se de uma energia divina despertando os sentimentos de união, agregação e concepção.

109

Todos os seres estimulados por essa irradiação buscam concretizá-las, se unindo aos seus pares, para que assim dê continuidade à vida. A energia mineral é fundamental na fertilidade e na fecundidade. Nós espíritos humanos quando atingimos nossa plena e total harmonia, e total equilíbrio recebemos as irradiações emanadas por mamãe Oxum como também dos demais Orixás. Será paralisado aquele que estiver em desarmonia com o amor em sua evolução e reconduzido ao caminho certo. Quando estiver novamente com a vontade suprema e divina será estimulado mais e mais rumo ao encontro do amor maior. É melhor tornar-se virtuoso no emocional, e substituir os desejos pelas vontades. Assim viver em harmonia com tudo e com todos, será muito emocionante quando se realizar uma troca de energias plenamente equilibrada emocionalmente. O melhor a fazer é colocá-la em severa vigilância do racional. Quando um ser humano tem seu racional virtuoso, ele neutraliza o padrão vibratório de ordem negativa com uma vibração de ordem positiva, tal como o perdão, ao ofensor, a compreensão de algo que fez e despertou a ofensa, ou a capacidade de raciocinar e medir as conseqüências de uma reação à altura do sinal recebido. Agindo racionalmente, ele se afasta do ofensor, sem deixar que suas energias emocionais sejam intensificadas até um nível em que seu racional perca o controle sobre o seu emocional. Isso acontece no caso da paixão e ódio.

- Quem foge da lei, pela lei será abandonado -

Depois da leitura abrem-se os trabalhos como de costume da casa, com cantos de abertura, cantar para Orixá regente da mãe ou pai da casa e chamar o Pai Ogum da Dirigente para o equilíbrio dos filhos da casa e chamar a Mamãe Oxum com todos os pontos de chamada, firmeza, sustentação e retirada do Orixá.

Depois chamar a linha regente da Mãe Oxum que é a linha das crianças que irradiam por todas as linhas dos outros Orixás. Encerra os trabalhos com cantos e uma oração de sustentação

110

Oração de encerramento

Senhor Deus, dai-nos vossas bênçãos e sob o amparo de vossa Lei maior e de vossa justiça Divina, e nossa Amada mamãe Oxum que envie vossas vibrações de paz, luz, amor, fé e nos direcione nos caminhos corretos, nós ilumine quando fraquejarmos em nossas responsabilidades para com nossos guias, conduzindo-nos para os caminhos que temos que passar nos esclarecendo e fortalecendo nossos sentimentais para que as mágoas e a dor não se instalem nele nos enfraquecendo perante nossas missões, direcione ampare e sustente em nossos caminhos, sempre fortalecido pela nossa fé e amparado Pela Sua luz e Seu amor. Obrigado Senhora!Amém!

111

Pai Xangô

Minério: pirita Pedra: pedra do sol Dia da semana: quarta Horas: 07h00min Fio de contas: cascalho de pedra do sol ou contas marrom

Assentamento de forças Pai Xangô

Ervas para amaci:- – folhas hortelã – água cachoeira Macerar todas as erva com a água em uma bacia de ágata cobrir com um pano branco e fazer uma estrela de cinco pontas no chão e colocar a bacia em cima da estrela e fazer um circulo em volta da bacia com sete velas vermelhas acender e fazer esta oração:

Oração

Eu invoco Deus Seus Divinos Tronos, a Lei Maior e a Justiça Divina e Peço licença a Deus para invocar uns dos mistérios de Seus Mistérios Sagrados que é nosso amado Pai Xangô regente dos mistérios do fogo Divino e do fogo equilibrar, peço misericordiosamente que derrame suas energias benéficas sobre este amaci e peço que imante e consagre para que eu possa usar como assentamento de suas forças espirituais naqueles que usar com amor e devoção para com o senhor e Seu mistério. Amém!

Após esta evocação deverá deixar as velas queimarem até seu final. E todos os amaci que se seguem deverão colocar um pouco de pemba branca ralada, ela é a fixação de todo amaci.

Oferenda a Xangô

112

Sete velas vermelhas Sete velas brancas Sete velas marrons Sete pedaços de fita vermelha Sete pedaços de fita branca Sete pedaços de fita marrom Sete pacotes de suco de abacaxi (tipo refresco) Uma cerveja escura (tipo malzebier) Sete copos de plástico pequeno (tipo café) Um vaso de flor vermelha

malzebier) Sete copos de plástico pequeno (tipo café) Um vaso de flor vermelha Foto 12: Entrega

Foto 12: Entrega para Pai Xangô

113

Também podemos ofertar toalhas ou pano, velas, fitas, linhas, pemba, branco ou marrom, fruta:- abacaxi, melão, manga, melancia, figo, caqui, laranja, goiaba vermelha. Vinho tinto seco, cerveja preta, comidas:- quiabos picados em rodelas e levemente cozido, rabada cozida com cebola cortada em rodelas, licor de chocolate.

Oração ao Pai Xangô

Amado Senhor nosso Pai e Divino Criador. Peço a sua misericórdia Divina

e a sua licença para ofertarmos mais um de seus mistérios sagrados que é o

nosso Amado Pai Xangô dono da justiça Divina em todos os sentidos para que sejamos equilibrados em todos os sentidos de nossas vidas Amém! Amado Pai da Justiça em nome de nosso amado Criador. Peço que derrame suas irradiações sobre nós e aceite e receba esta nossa oferenda para que sejamos ajudados segundo nossos desejos e nossas necessidades. Amém! Estamos aqui reverentemente diante de vós amado Pai pedindo que envie seus raios incandescendo nossas almas imortais para que assim iluminados e equilibrados possamos servir a Deus em todos os sentidos de nossas vidas. Amado e divino Pai Xangô. Pedimos que seu raio cristalino entre, nos nossos mentais e que ele passe a trabalhar limpando nossos pensamentos de todas as tristezas, magoas, receios, revoltas e ódios, para que assim nos conscientizamos que temos que trabalhar em prol de nos mesmos e reequilibrarmos, para que possamos evoluir. Amado Pai diante de tão grande bondade. Pedimos, envie seu raio exterminador e que ele caia em todas as misérias existente nesse planeta, e

que também ele entre pelas as entranhas da terra e extermine todas as ignorâncias de seres paralisados pelo ódio, revolta de tudo e todos os fazendo se conscientizarem que existe uma força maior a nos mover. Amado Pai. Pedimos que também, nos envie seu raio de cura e que ele desça pela misericórdia divina curando todos os doentes do corpo e da alma. Amado pai muito tem sido nossa falhas diante de Tua justiça perdoa pai Amado pela nossa ignorância de acharmos que nesse planeta somos donos das verdades perdoa-nos Pai amado e misericordioso. Pai Amado e misericordioso lança seu raio fulminante em nossos caminhos portas e passagens para seguimos nossas caminhadas sem obstáculos, sem receios e confiante que venceremos todas as batalhas nos nossos caminhos, que as pedras e espinhos colocados por nós em outras vidas sejam arrancados e exterminados para conseguirmos evoluir para a direção certa que é conduzida todos aqueles que têm fé em sua justiça. Peço amado Pai que seu raio atemporal entre na vibração dos tempos de vidas passada e limpem todas as nossas falhas, erros e pecados cometidos por nós e se houver algum trabalho de magia negativa firmado contra nós que tudo

e todos sejam encaminhados e se houver algum espírito que esteja atuando em

114

nós, nos trazendo doenças e atrapalhando nossos caminhos peço que todos sejam encaminhados, tratados conscientizados, arrependidos deixando nossas moradas na carne em paz. Pai amado envie seu raio purificador e que ele caia sobre todos os nossos inimigos aplacando os ressentimentos, ódios, inveja, mal olhado que exalam sobre nosso espírito e carne dando tranqüilidade a todos nós para seguirmos adiante nossa caminhada. Pai amado envie seus raios e peço que eles desçam e se infiltrem por todos os domínios, buracos negros e dimensões dos nossos lares nossos familiares e nossos locais de trabalho, purificando e encaminhando possíveis espíritos que estejam nos vibrando negativamente. Pai Amado derrame suas irradiações diluidoras em todas as discórdias de nossos lares e familiares e de espíritos que estejam vibrando discórdia entre nós seus filhos e filhas dando assim à paz, a tranqüilidade, a fartura, a amizades, a prosperidade e a saúde em todos os sentidos de nossas vidas. Pai benevolente cura as feridas de nossas almas de nossos corpos e de nossos espíritos que tudo seja curado regenerado e energizado por vós amado Pai. Pouse amado Pai seus raios e seu fogo sobre nós e que de agora em diante ele passe a nos ajudar eliminando todas as energias negativas, todas as demandas, todas as magias negras, todos os trabalho negativos, e esterilizando tudo a nossa volta, nos protegendo de investidas de espíritos de baixo nível vibratório e desequilibrados. Que suas energias Pai amado, flua em nos vossos filhos e filhas aqui presentes para que através do nosso virtuosismo saibamos transmitir o vosso equilíbrio a nossos irmãos menos favorecidos, para que eles tenham a paz, forças, saúde, harmonia, prosperidade, vitórias, tranqüilidade. Em todos os sentidos da suas vidas. Amado Pai. Sabemos que é difícil para nós, ser humano, detectar nossos erros, e sabermos o momento que estamos vibrando negativamente, mas diante de tão grande poder vos peço amado pai que nos intua quando estivemos saindo do equilíbrio com nossos fracassos de soberbia, de arrogância, de indiferenças de ganância, de intolerância, de injustiças, de paixões desequilibradas, de discórdias, de maledicências e de ignorância, ajude-nos amado pai a voltar para nosso equilíbrio e para junto de nosso amado Pai.

Faça de nós amado Pai o exemplo a ser seguido pelo que não tem fé e amor na religiosidade e sempre amparado pela sua luz ígnea e amparado pelos desejos de evoluir cada vez mais rumo ao nosso amado e Divino Criador. Agradecemos de todo nosso amor ao Divino Criador por mais esta missão de amar nossos semelhantes sem preconceitos e por ter nos dado a licença de ofertarmos mais um de seus mistérios Divinos.

115

E agrademos e pedimos vossas Benções ao Pai amado Xangô pelo carinho e misericórdia Divina lançada sobre nós seus filho e filhas viventes neste planeta de luz e provações. Amado e Divino Criador dêem-nos vossas Benções. Amém! Amado e Divino Pai Xangô dai-nos vossas Benções. Amém!

Procedimento:

Após proferirem esta oração todos levantam a cabeça e estendam as mãos para o alto, absorvendo as irradiações de amor e fé que ela estará enviando. A dirigente da casa vai agradecendo e pedindo que envie os emissários da luz regidos por Pai Xangô e que se assente no lado direito um emissário da direita e do esquerdo um emissário da esquerda. Pedir para que os médiuns ouvirem com atenção a leitura que se procede.

Intolerância

Atitude mental caracterizada pela falta de habilidade ou vontade em reconhecer e respeitar diferenças em crenças e opiniões tem como fator primário a emoção que neste caso, diferencia a intolerância da discórdia respeitosa e por contraste pode significar discordar pacificamente. Num sentido político e social intolerância é a ausência de disposição para aceitar pessoas com pontos de vistas, baseando-se também no preconceito podendo levar a discriminação, incluindo ações discriminatórias de controle social, religiosa, intolerância política e racismo Algo que freqüentemente ignoramos é como reconhecer e lidar com a nossa própria intolerância e a intolerância alheia, já que ao sermos intolerantes com os que não aceitam a cultura dos ignorantes tornamo-nos também intolerantes. Para que haja uma integração entre os seres humanos é necessária uma base primaria de tolerância e respeito mutua.

- Quem a lei ampara, jamais será dobrado. Quem a lei dobra jamais a esquecerá -

Intransigência

116

É a pessoa que se acha a dona da verdade se aborrecendo sempre que é

contrariada, não aceitando a opinião alheia e tudo que dita e fala é sempre o que vale, não muito contrario a pessoa possessiva que manda na outra não admitindo compartilhá-la com míngüem, ficando de marcação serrada.

- Quem da lei se esquiva, pelas trevas irá caminhar -

Explanação do Pai Xangô

Pai Xangô é o próprio fogo que a tudo abrasa e destrói.

O fogo por sua natureza abrasador é considerado aniquilador e quando há

algum desequilíbrio lá esta nosso amado Pai colocando justiça, transformando, consumindo, absorvendo, e destruindo se for o caso. Xangô é o orixá da justiça e seu campo preferencial de atuação é a razão, despertando nos seres o senso de equilíbrio, eqüidade, já que só conscientizado, desperta para os reais valores da vida a evolução se processando num fluir contínuo. Como Pai Xangô age em nós? Quando alguém desperta um Grande ódio que é uma energia ígnea intensa, ele (ser humano) abrasa e se consome, se destruindo porque a substancia que o alimentou expandiu a fagulha inicial ai quando apagada por completo, sobrevive uma sensação derivada da água trazendo o remorso, tristeza que irá apagar o fogo interno da pessoa que o imitiu. O sentimento desequilibrado é uma forma de que nós seres humanos somos viciados. Esta energia quando predomina no ser humano torna-o egoísta, invejoso, irado, irritadiço, furioso e assassino. Enquanto houver desequilíbrio lá estará xangô para equilibrar e trazer o ser a razão. As Leis Divinas são uns dos mistérios de Xangô, como guardião dos mistérios da justiça, age como tal para punir os desequilibrados. Seus reversos são os Tronos da Lei. Sua Luz é o amparo, mas seu fogo é a purificação. Ninguém pode usar os mistérios da magia para prejudicar à quem quer que seja, porque senão passará pela balança de Xangô e o peso da Lei, atira qualquer um as trevas. Que ninguém atire uma pedra em seu semelhante, pois poderá estar afrontando o Senhor da Justiça. Que ninguém demande contra o semelhante, pois poderá estar demandando com o próprio senhor da justiça Divina. Que ninguém desafie a Lei Divina, senão encontrará muitas pedras no caminho.

117

Pai Xangô é um equilibrador natural de todo os sentimentos humanos, por isso, se alguém o ofertar estará pedindo o equilíbrio. Ele é o Orixá da justiça e do fogo purificador dos pecados. Depois da leitura abrem-se os trabalhos como de costume da casa, com cantos de abertura, cantar para Orixá regente da mãe ou pai da casa e chamar o Pai Ogum da Dirigente para o equilíbrio dos filhos da casa e chamar O Pai Xangô com todos os pontos de chamada, firmeza, sustentação e retirada do Orixá.

Depois chamar a linha regente do Orixá Xangô que é a linha dos caboclos do fogo que irradiam por todas as linhas dos outros Orixás. Encerra os trabalhos com cantos e uma oração de sustentação

Oração de encerramento

Senhor Deus, dai-nos vossas bênçãos e sob o amparo de vossa Lei maior e de vossa justiça Divina, e nosso Amado Pai Xangô que envie vossas vibrações de paz, luz, amor, fé e nos direcione nos caminhos corretos, nós ilumine quando fraquejarmos em nossas responsabilidades para com nossos guias, conduzindo- nos para os caminhos que temos que passar nos esclarecendo e fortalecendo nossos sentimentais para que as mágoas e a dor não se instalem nele nos enfraquecendo perante nossas missões, direcione ampare e sustente em nossos caminhos, sempre fortalecido pela nossa fé e amparado Pela Sua luz e Seu amor. Obrigado Senhor!Amém!

118

Pai Obaluaiyê

Minério: cassiterita Pedra: turmaliua Dia da semana: segunda Horas: 11h00min Fio de contas: brancas e pretas ou contas de turmalinas pretas

Assentamento de forças Pai Obaluaiyê

Ervas para amaci: Obaluaiyê – folhas de louro, folhas manjericão, - água fonte, rio, lago. Macerar todas as erva com a água em uma bacia de ágata cobrir com um pano branco e fazer uma estrela de cinco pontas no chão e colocar a bacia em cima da estrela e fazer um circulo em volta da bacia com sete velas pretas e brancas acender e fazer esta oração:

Oração

Eu invoco Deus Seus Divinos Tronos, a Lei Maior e a Justiça Divina e Peço licença a Deus para invocar uns dos mistérios de Seus Mistérios Sagrados que é nosso amado Pai Obaluaiyê regente dos mistérios da evolução dos seres e criaturas, peço misericordiosamente que derrame suas energias benéficas sobre este amaci e peço que imante e consagre para que eu possa usar como assentamento de suas forças espirituais naqueles que usar com amor e devoção para com o senhor e Seu mistério. Amém!

Após esta evocação deverá deixar as velas queimarem até seu final. E todos os amaci que se seguem deverão colocar um pouco de pemba branca ralada, ela é a fixação de todo amaci.

119

Oferenda a Obaluaiyê

14 copos de plástico pequeno (tipo copo de café) Um pedaço de pano branco Milho de pipoca estourada no azeite de oliva Um vidro de mel pequeno Uma garrafa de vinho rose licoroso Um coco seco fatiado e sem casca colocado em um prato de plástico grande Um vaso de crisântemo branco ou margaridas ou rosas brancas Uma garrafa de água mineral pequena Sete velas brancas

ou rosas brancas Uma garrafa de água mineral pequena Sete velas brancas Foto 13: Entrega para

Foto 13: Entrega para Pai Obaluaiyê

120

Também podemos ofertar uma toalha ou pano branco, velas, fitas, linhas, pemba na cor branca, flores:- crisântemo branco, quaresmeira, frutas:- pinha, caqui, coco seco, comidas:- pipocas estraladas no azeite oliva, batata-doce roxa cozida e regada com mel, beterraba cozida e regada com mel, mandioca cortadas em toletes cozida e açucaradas, bebidas:- vinho branco licoroso, água em copos, licor de ambrosia.

Oração Obaluaiyê

Amado Senhor nosso Pai e Divino Criador. Peço a sua misericórdia Divina e a sua licença para ofertarmos mais um de seus mistérios sagrados que é o nosso Amado Pai Obaluaiyê regentes dos mistérios da evolução e do saber em todos os sentidos para que sejamos equilibrados em todos os sentidos de nossas vidas Amém! Amado Pai do saber em nome de nosso amado Criador. Peço que derrame suas irradiações sobre nós e aceite e receba esta nossa oferenda para que sejamos ajudados segundo nossos desejos e nossas necessidades. Amém! Querido pai estamos aqui diante de vos para que nos acolha em seu mistério sagrado, para que nos auxilie em nossas vidas, pois pedimos que, abra nossos caminhos portas e passagens, espirituais e materiais, peço também que nos auxilie na busca da paz e esperança de uma vida saudável. Pedimos também que me auxilie nas nossas doenças provenientes e cargas negativas miasmas e elementos de magia negra e negativas atraídas por elas ou projetadas por outras pessoas. Pedimos a evolução de nossas consciências, pois Pedimos Pai amado sua misericórdia para que dê luz, evolução, fé, amor, geração, saúde, raciocínio rápido, entendimentos da vida, conhecimento, concentração, direcionamentos em nossas atitudes e atos, para que possamos sentir todos os espíritos de luz em nossa volta abrindo nossos campos mediúnicos para que possamos trabalhar com animo evoluindo para que possa chegar aos nossos destinos. Que suas energias Pai amado, flua em nos vossos filhos e filhas aqui presentes para que através do nosso virtuosismo saibamos transmitir o vosso equilíbrio a nossos irmãos menos favorecidos, para que eles tenham a paz, forças, saúde, harmonia, prosperidade, vitórias, tranqüilidade. Em todos os sentidos da suas vidas. Amado Pai. Sabemos que é difícil para nós ser humano detectar nossos erros, e sabermos o momento que estamos vibrando negativamente, mas diante de tão grande poder vos peço amado pai que nos intua quando estivemos saindo do equilíbrio com nossos fracassos de soberbia, de arrogância, de indiferenças de ganância, de intolerância, de injustiças, de paixões desequilibradas, de discórdias, de maledicências e de ignorância,

121

ajude-nos amado pai a voltar para nosso equilíbrio e para junto de nosso amado Pai.

Faça de nós amado Pai o exemplo a ser seguido pelos que não tem fé e amor na religiosidade e sempre amparado pela sua luz e amparado pelos desejos de evoluir cada vez mais rumo ao nosso amado e Divino Criador. Agradecemos de todo nosso amor ao Divino Criador por mais esta missão de amar nossos semelhantes sem preconceitos e por ter nos dado a licença de ofertarmos mais um de seus mistérios Divinos. E agrademos e pedimos vossas Benções ao Pai amado Obaluaiyê pelo carinho e misericórdia Divina lançada sobre nós seus filho e filhas viventes neste planeta de luz e provações. Amado e Divino Criador dêem-nos vossas Benções. Amém! Amado e Divino Pai Obaluaiyê dai-nos vossas Benções. Amém!

Procedimento:

Após proferirem esta oração todos levantam a cabeça e estendam as

mãos para o alto, absorvendo as irradiações de amor e fé que ela estará enviando.

A dirigente da casa vai agradecendo e pedindo que envie os emissários da

luz regidos por Pai Xangô e que se assente no lado direito um emissário da direita e do esquerdo um emissário da esquerda. Pedir para que os médiuns ouvirem com atenção a leitura que se procede.

Energia emocional

São desejos humanos e muitos sensíveis ao nosso todo espiritual. No caso de uma vibração de uma energia emocional ativa pulsa em todo espiritual até que seja de forma satisfatória ou não descarregada.

É eterna e acompanha o ser humano desde sua origem, quando ainda era

um ser sem vibrações energéticas. Não precisa ser despertado, o próprio crescimento do corpo carnal vai intensificando, como dos nosso sete sentidos físicos: a sensação. Portanto, não importa o objeto de um desejo ou vontade, somente realizando-a é que descarregaremos as energias acumuladas pelas intensificações vibratórias. Tendo o ser humano o seu racional virtuoso, ele neutraliza o padrão vibratório de ordem negativa com a vibração de ordem positiva.

122

Para não nos tornamos puramente emocionais é necessário colocar em severa vigilância o racional, assim teremos descargas energéticas satisfatórias ou neutralizações racionais, não podendo nos esquecer do dom original do raciocínio, que aumenta à medida que evoluímos, e diminui na medida em que regredimos.

- Quem domina as trevas, faz dela um aliado. Quem usa isso com equilíbrio, já terá se equilibrado -

Explanação do Pai Obaluaiyê

Pai Obaluaiyê é do Trono da evolução e como regente das passagens tem seu campo de ação na sabedoria dos seres, não evoluindo se estiver emotivo. Quando um ser é guiado pela razão ou raciocínio torna-se sábio ai ele entra em sintonia com o ancestral místico, ou elemento com o qual o espírito foi determinado no instante de sua concepção. Nosso amado Pai cuida da nossa herança genética divina, que ali foi colocado quando de nossa origem, pelo Divino Criador. Quando o mental sente bloqueios, negatividades, pelos sentimentos das neuroses, sensações negativas, emotividade, por algum motivo de decepções, fazendo com que não reaja, outra ordem rígida passa a ser enviadas até que haja uma mudança no emocional, como aceitar e se redimir e voltar à razão. Quando o ser não aceita o emocional sente a dor, ocorrendo assim a energia do equilíbrio que é a razão do mental, entrando ele em total desequilíbrio no mental inferior onde sua energia negativa é tão intensa que poderá levá-lo a loucura, suicídio, neurose, psicose e muitas doenças de ordem mental. Se após o desencarne o ser humano não tenha conseguido anular a sensação do sofrimento acumuladas pelas energias negativas, torna-se a ser um espectro humano tornando-se de maneira reduzida a uma mancha escura do tamanho de um ovo. Ele não deixará de emanar suas energias negativas acumuladas em seu emocional, ainda que meios de externá-las não existam mais.

O emocional começando a obedecer ao mental, à mesma energia que atrofiou o corpo espiritual, reduzindo a um óvulo, começará a liberta-se, dando inicio ao um novo desdobramento. Os casos de seres humanos que nasceram com deficiências físicas ou mentais devem-se a reencarnações de seres que tiveram suas energias condensadas e aprisionadas em seu mental. É Ele que estabelece o cordão energético que une o espírito ao corpo, que será recebido no útero materno assim que alcançar o desenvolvimento celular

123

básico, mistério que reduz o corpo plasmático do espírito até que alcance o tamanho do corpo carnal alojado no útero materno, nesta redução, o espírito assume todas as características e feições do seu novo corpo carnal já formado. A atuação de Pai Obaluaiyê é muito importante na nossa vida porque é Ele que abre as passagens e Portas de um plano para outro e de uma dimensão para outra, e mesmo do espírito para a carne e vice-versa.

- Quem traz a benção da lei, pela luz é amparado -

Depois da leitura abrem-se os trabalhos como de costume da casa, com cantos de abertura, cantar para Orixá regente da mãe ou pai da casa e chamar o Pai Ogum da Dirigente para o equilíbrio dos filhos da casa e chamar O Pai Obaluaiyê com todos os pontos de chamada, firmeza, sustentação e retirada do Orixá.

Depois chamar a linha regente do Orixá Obaluaiyê que é a linha dos Pretos Velhos que irradiam por todas as linhas dos outros Orixás. Encerra os trabalhos com cantos e uma oração de sustentação

Oração de encerramento

Senhor Deus, dai-nos vossas bênçãos e sob o amparo de vossa Lei maior e de vossa justiça Divina, e nosso Amado Pai Obaluaiyê que envie vossas vibrações de paz, luz, amor, fé e nos direcione nos caminhos corretos, nós ilumine quando fraquejarmos em nossas responsabilidades para com nossos guias, conduzindo-nos para os caminhos que temos que passar nos esclarecendo e fortalecendo nossos sentimentais para que as mágoas e a dor não se instalem nele nos enfraquecendo perante nossas missões, direcione ampare e sustente em nossos caminhos, sempre fortalecido pela nossa fé e amparado Pela Sua luz e Seu amor. Obrigado Senhor!Amém!

124

Mãe Yemanjá

Minério:- platina Pedra:- diamante Dia da semana:- domingo Horas:- 10h00min Fio de contas:- água marinha ou azul clara

Assentamento de forças Mãe Yemanjá

Ervas para amaci:- – rosa branca erva cidreira – água fonte Macerar todas as erva com a água em uma bacia de ágata cobrir com um pano branco e fazer uma estrela de cinco pontas no chão e colocar a bacia em cima da estrela e fazer um circulo em volta da bacia com sete velas azul claras acender e fazer esta oração:

Oração

Eu invoco Deus Seus Divinos Tronos, a Lei Maior e a Justiça Divina e Peço licença a Deus para invocar uns dos mistérios de Seus Mistérios Sagrados que é nossa amada Mãe Yemanjá regente dos mistérios da geração dos seres e criaturas, peço misericordiosamente que derrame suas energias benéficas sobre este amaci e peço que imante e consagre para que eu possa usar como assentamento de suas forças espirituais naqueles que usar com amor e devoção para com a senhora e Seu mistério. Amém!

Após esta evocação deverá deixar as velas queimarem até seu final. E todos os amaci que se seguem deverão colocar um pouco de pemba branca ralada, ela é a fixação de todo amaci.

Oferenda Iemanjá

125

Sete Velas brancas Sete Velas Azuis claro Um pedaço de pano azul claro Um champanhe branco Um vidro de perfume ou essência de alfazema Sete copos de plástico pequeno (tipo copo de café) Um prato grande Um manjar ou arroz doce com bastante canela em pó ou Sete goiabas brancas Sete rosas brancas ou palmas brancas ou lírio branco

Sete rosas brancas ou palmas brancas ou lírio branco Foto 14: Entrega para Mãe Yemanjá Também

Foto 14: Entrega para Mãe Yemanjá

Também podemos ofertar:- vela, fitas, linhas, pemba, toalhas, nas cores brancas ou azuis clara, flores:- lírios brancos, rosas, brancas, palmas brancas, frutas:- melão em fatias, cerejas, laranja lima, goiaba branca, framboesas. Bebidas:- champanhe de uva e licor de ambrosia, comidas manjares, peixe assado, arroz doce com bastante canela em pó. A entrega deverá ser feita no meio do salão com um pano branco ou uma mandala de mãe Yemanjá aonde todos podem se beneficiar, após a montagem acende-se as velas salda-se a mãe Yemanjá e cantando pontos de amaci o

126

dirigente da casa vai lavando a coroa dos médiuns e colocando um pouco da erva macerada na coroa e cobrir com um pano branco. Cada médium que já colocou o amaci volta ao seu lugar que ficará com pensamentos elevados. Após o termino da lavagem de coroa a dirigente faz a oração com tranqüilidade e devoção.

Oração à Mãe Yemanjá

Amado e misericordioso Pai e Divino Criador. Conceda a honra de ofertarmos mais um de seus mistérios divino, que é nossa Amada Mãe Yemanjá

e seus mistérios sagrados para que nos ajude diante de tantas dificuldades

nossa. Amém!

Amada Mãe Yemanjá aceite e receba esta nossa oferenda que é pouco diante de Ti amada mãe para ajudarmos a recebê-la em nosso intimo e nos transbordamos de energias luminosas, para nos reconduzirmos nos caminhos corretos que nos levara rumo ao nosso ama e divino Criador.

Ó Divina Mãe Geradora Mãe da Vida! Ajoelhados diante de vós, pedimos

bênçãos com as vossas Sete Águas Sagradas, para vivificar nossas vidas! Acolha-nos, Mãe Geradora, na concha de vosso colo amoroso e seguro! Abrace-nos, conforte-nos e embale-nos, no vai e vem de vossas ondas e do vosso canto melodioso! Envolva-nos com vossa Luz Divina, suprindo nossas carências de conforto e de amor, dando-nos coragem e confiança para enfrentarmos as dificuldades da vida, Purifique-nos, Amada Mãe, livrando-nos de emoções, sentimentos, pensamentos e atitudes negativos, Imante-nos, Divina Mãe, com vossa capacidade criativa e geradora. Presenteie-nos, Mãe Divina, com vossas Pérolas Sagradas, frutos do vosso amor e das vossas lágrimas, guardados em vossas conchas e Consagre-nos com vossas emanações, para que sejamos merecedores desse vosso tesouro e possamos transformar pedra em perolas. Mãe Amada que vossa concha se abra e recolha todas as magias negativas, magias negras, mecromâncias, trabalhos de amarrações de nossas vidas.

Amada Mãe Yemanjá regente da vida de todos os seres viventes. Peço-te que suas conchas curadoras regeneradoras se abram e recolhas todos seres negativos que foram projetados contra nós, e os que foram criados por nós

livrando-nos de todas as doenças de ordem espiritual e de ordem material, que tudo seja recolhido e encaminhado para seus lugares de merecimento.

Ó Mãe, vós que sois a Mãe geradora, equilibrada, livre do emocionalismo

que permeia nossas vidas terrenas, abençoa os vossos filhos, com vosso santo

e Divino amor e faça de nós eternos aprendizes, despindo-nos de toda a

emotividade impulsiva e instintiva, para que nosso espírito possa evoluir rumo à Luz do Divino Criador.

127

Cure nossos corpos e espíritos com vossas Águas salinas Sagradas, que a são cura do nosso espírito, irradie sobre nós, Mãe Divina, vossas energias aquáticas, para a recomposição de nossa aura. Faça de nossos corações, ó Mãe da Vida, conchas acolhedoras, portais mágicos geradores de benefícios para nossos semelhantes! Transforme nossos corações, Mãe Amada, em arcas divinas, onde vossas pérolas encontrem as condições necessárias para serem por nós cultivados! Que essas pérolas se reproduzam em nós, e, cada vez mais, possamos reparti-las com os irmãos, encarnados ou não! Amada Mãe Yemanjá faça de nós suas princesas de suas águas sagradas, para que possamos trabalhar em prol de nossos irmãos mais necessitados, como princesas sua, deixe que suas estrelas nos ensinem os mistérios do mar. Que vosso amor de Mãe Divina nos ampare, acolha, purifique, vivifique e ilumine sempre. Pousa vossos olhos em nós nesse momento e nos acalente em vossos braços nos dando paciência e tranqüilidade, e nos faça renascer para uma nova vida cheia de esperanças e perseveranças. Faça de nós amada mãe o exemplo a ser seguido pelo que não tem fé e amor na religiosidade e sempre amparado pela sua luz criacionista e amparado pelos desejos de evoluir cada vez mais rumo ao nosso amado e Divino Criador. Agradecemos de todo nosso amor ao Divino Criador por mais esta missão de amar nossos semelhantes sem preconceitos e por ter nos dado a licença de oferendas mais um de seus mistérios Divinos. E agrademos e pedimos vossas Benções amada Mãe Yemanjá pelo carinho e misericórdia Divina lançada sobre nós seus filho e filhas viventes neste planeta de luz e provações amém!

Procedimento:

Após proferirem esta oração todos levantam a cabeça e estendam as mãos para o alto, absorvendo as irradiações de amor e fé que ela estará enviando. A dirigente da casa vai agradecendo e pedindo que envie os emissários da luz regidos pela mãe Yemanjá e que se assente no lado direito um emissário da direita e do esquerdo um emissário da esquerda. Pedir para que os médiuns ouvirem com atenção a leitura que se procede.

Eutanásia

É um dos maiores atentados contra os princípios de mãe Yemanjá, (a

vida).

128

É um até de facultar a morte, sem sofrimento a um ser humano, cujo

estado de doença é crônico, incurável, associado a um imenso sofrimento físico ou psíquico. Podendo ser dividida em dois grupos:- Eutanásia activa-planejada:- e negociada entre o doente e o profissional que vai levar e a termo o ato. Eutanásia passiva-:- não provoca deliberadamente a morte, com a interrupção de todos e quaisquer cuidados médicos, o doente acaba por falecer.

- Ninguém deve usar o poder da luz em benefício próprio, se antes não conhecer o poder das trevas -

Explanação sobre Mãe Yemanjá

O mar é o mais belo santuário que o Divino criador nos deu de presente,

ele é o santuário aberto a todos os que com respeito e amor fazem seus

pedidos. Suas águas são condutores naturais de energias Elemental que são concretizações puras das energias.

A mãe é o berço da vida, onde tudo nasce e tudo acontece, lá são

encaminhados todos os espíritos que querem curar-se suas águas com

energias salinas cura as enfermidades do espírito, queimando larvas astrais e irradiando energias purificadoras para o organismo humano. Do mar sai também energias magnéticas que imantam o globo terrestre.

O mar é alimentador da vida, sendo uma ação permanente. O homem não

pode alterá-la e ela não depende do homem para existir ou atuar. É um princípio divino e, como tal, age sobre tudo e todos. À beira-mar, sobre o mar e dentro do mar existe um plano etéreo da vida que é habitado por muito mais seres, a vida ali atinge a casa das dezenas de bilhões de seres regidos pelo “principio” Yemanjá. Yemanjá rege sobre a geração e simboliza a maternidade, o amparo materno, a mãe propriamente dita. Yemanjá é a água que nos dá a vida, como uma força divina. O Planeta Terra é na verdade, o planeta água, porque se constitui em três quartos de água, sendo nosso corpo constituído por água em sua maior parte. Somos regidos pelas águas. Quando não há água, não há vida, e sem vida nada existe. Mãe Yemanjá por ser um Orixá da vida não pune seus filhos, o amor é uma característica marcante desta divindade, é mãe ciumenta, mas não perdoa erros daqueles que vão ate seu ponto de força na natureza, fazer mal a alguém, ou atentam contra a vida. O mar é um lugar sagrado onde há alimentos da vida e um lugar para se viver em paz.

129

Senhora da Coroa de conchas e estrela é a Orixá Maior doadora da vida e dona do ponto de força da natureza, onde tudo é levado para ser purificado e depois devolvido. Ela foi gerada na qualidade criativa e geradora do Criador Olorum e é a criatividade e a geração em si mesma. Suas Guardiãs, não querem ser vistos apenas como objetos para adoração mística, não desejam ser profanados por aqueles que trazem todos os vícios humanos em seu intimo. Essas pessoas maculam o mar com aquilo que têm de pior. Por isso o mar é tão fechado em seus mistérios maiores, revelando apenas seus menores e, assim mesmo parcialmente, é uma forma de defesa de seus princípios sagrados.

- Ninguém pode usar o poder das trevas, se antes não conhecer o poder da luz -

Depois da leitura abrem-se os trabalhos como de costume da casa, com cantos de abertura, cantar para Orixá regente da mãe ou pai da casa e chamar o Pai Ogum da Dirigente para o equilíbrio dos filhos da casa e chamar a Mãe Yemanjá com todos os pontos de chamada, firmeza, sustentação e retirada do Orixá.

Depois chamar a linha regente do Orixá Yemanjá que é a linha das sereias do mar que irradiam por todas as linhas dos outros Orixás. Encerra os trabalhos com cantos e uma oração de sustentação

Oração de encerramento

Senhor Deus, dai-nos vossas bênçãos e sob o amparo de vossa Lei maior e de vossa justiça Divina, e nossa Amada Mãe Yemanjá que envie vossas vibrações de paz, luz, amor, fé e nos direcione nos caminhos corretos, nós ilumine quando fraquejarmos em nossas responsabilidades para com nossos guias, conduzindo-nos para os caminhos que temos que passar nos esclarecendo e fortalecendo nossos sentimentais para que as mágoas e a dor não se instalem nele nos enfraquecendo perante nossas missões, direcione ampare e sustente em nossos caminhos, sempre fortalecido pela nossa fé e amparado Pela Sua luz e Seu amor. Obrigado Senhora!Amém!

130

Pai Oxalá

Minério:- ouro Pedra:- Quartzo cristalino Dia da semana:- todos Horas:- 12h00min Fio de contas:- brancos ou cristalinos

Assentamento de forças Pai Oxalá

Ervas para amaci: rosa branca, Mangerona – água da fonte Macerar todas as erva com a água em uma bacia de ágata cobrir com um pano branco e fazer uma estrela de cinco pontas no chão e colocar a bacia em cima da estrela e fazer um circulo em volta da bacia com sete velas azul claras acender e fazer esta oração:

Oração

Eu invoco Deus Seus Divinos Tronos, a Lei Maior e a Justiça Divina e Peço licença a Deus para invocar uns dos mistérios de Seus Mistérios Sagrados que é nosso Amado Pai Oxalá senhor dos mistérios da fé, peço misericordiosamente que derrame suas energias benéficas sobre este amaci e peço que imante e consagre para que eu possa usar como assentamento de suas forças espirituais naqueles que usar com amor e devoção para com o senhor e Seu mistério. Amém!

Após esta evocação deverá deixar as velas queimarem até seu final. E todos os amaci que se seguem deverão colocar um pouco de pemba branca ralada, ela é a fixação de todo amaci.

131

Oferenda a Oxalá

Um prato médio de plástico Sete velas brancas Um pedaço de morim branco Uma coco verde cortado às pontas Um vidro de mel pequeno Um maço de flores brancas

pontas Um vidro de mel pequeno Um maço de flores brancas Foto 15: Entrega para Pai

Foto 15: Entrega para Pai Oxalá

Também podemos ofertar:- toalha, velas, flores, fitas, linhas, todos nas cores brancas, frutas:- melão, goiaba. Vinho branco doce, comidas cozidas, canjica, arroz doce, coalhada adocicada, pães, mel, coco seco com suas águas colocadas em copos, milho verde cru leitoso, farinha de trigo para circular a entrega. A entrega deverá ser feita no meio do salão com um pano branco ou uma mandala do Pai Oxalá aonde todos podem se beneficiar, após a montagem acende-se as velas salda-se o Pai Oxalá com muita reverencia e cantando pontos de amaci o dirigente da casa vai lavando a coroa dos médiuns e colocando um pouco da erva macerada na coroa e cobrir com um pano branco.

132

Cada médium que já colocou o amaci volta ao seu lugar que ficará com pensamentos elevados. E cada um com um copo de água na mão e no altar em cima de uma mesa com uma toalha branca e com rendas dourada, em cima sete cálices de água mineral com sete velas brancas e um prato de farinha de trigo com mel. Após o termino da lavagem de coroa a dirigente faz a oração com tranqüilidade e devoção.

Oração ao Pai Oxalá

Oração dos Sete Cálices Sagrados

Amado Senhor Deus que nos ouve nesse momento, nós Vos clamamos que nos de licença de evocarmos um dos seus Mistérios Sagrados, para que todos aqueles que estão aqui reunidos nesse momento recebam essa Sua Vibração Divina através desse Seu Mistério, através das Divindades que regem esse seu Mistério Sagrado e pedimos Pai que na Tua bondade e misericórdia sua Vibração Divina sua Luz Viva e Divina comece a envolver todos nós que nesse momento estamos voltados com nossas mentes, nossos pensamentos e nossos mais elevados sentimentos para Ti para recebermos esta Vibração Viva e Divina dos Sete Cálices Sagrados. Amado Senhor Deus dê-nos a sua benção Pai amado e misericordioso. Amém! Amados Tronos Divinos que Regem e guardam os Mistérios Divinos da Criação, nós Vos saudamos em nome do Senhor Deus e Vos pedimos licença para evocar um dos Vossos Mistérios Sagrados que é o Mistério dos Sete Cálices Sagrados que contem a Água Viva da vida, a Água Divina que umidifica toda a criação, sacia a sede dos seres, dê-nos licença amada Senhores Tronos. Amados Tronos que regem e guardam o Mistério dos Sete Cálices Sagrados, em nome do Senhor Deus Vos evocamos nesse momento e Vos pedimos em nome da Misericórdia Divina que acolham os nossos pedidos através dessa Oração Sagrada que Vos faremos agora. Acolha os pedidos de todos nós que estamos com os pensamentos voltados para Deus e no merecimento e necessidades de cada um de nós comecem a ser atendidos pelo Vosso Poder e Mistério.

Oração dos SETE Cálices Sagrados

Cálices Benditos que transbordam a água viva,

133

Cálices Benditos que derramam sobre os aflitos a água purificadora; Cálices Benditos que derramam a água curadora sobre os enfermos, Cálices Benditos que vertem a água viva que sacia a sede dos sedentos, Cálices Benditos que transbordam a água viva que umidifica e vivifica os seres mortificados, Cálices Benditos que transbordam a água viva que umidifica a alma dos ressequidos, Cálices Benditos que transbordam a água viva que regenera a criação e todas as criaturas. Amados Tronos nós Vos evocamos neste momento e evocamos o Mistério dos Sete Cálices Sagrados e em nome de Deus evocamos seus Mistérios Divinos e os Divinos Tronos Regentes e clamamos-lhes que derramem sobre nós suas Águas Vivas e Divinas. Que os Sete Cálices Sagrados transbordem sobre nós suas Águas Vivas e Divinas e:

Que elas sejam em nosso corpo e nossos espíritos o balsamam que curará as chagas da nossa alma. Que ela seja o lenitivo das nossas aflições. Que ela nos purifique de todas as nossas impurezas e das que nos foram enviadas pelas pessoas que se antagonizaram conosco e cujos corações transbordam ódio por nós. Que elas banhem nosso espírito e os regenere. Que elas banhem nossa alma e removam de nosso intimo todo egoísmo, toda inveja e todos os nossos vícios. Que elas transbordem do nosso intimo como filetes de águas cristalinas e que desçam para os níveis vibratórios inferiores alcançando todos os espíritos aflitos, magoados, ofendidos, feridos e machucados na alma, envolvendo-os no frescor curador, consolador, conscientizador, libertador, resgatador e amparador livrando-os de seus tormentos, angustias e sofrimentos. Mas em nome de Deus clamamos-lhes também que cheguem aos espíritos que odeiam e aplaquem no intimo deles seus desejos de vingança. Que cheguem aos espíritos que nos atormentam e despertem e os libertem das garras da vingança. Que cheguem até os prepotentes e façam transbordar no intimo deles a humildade. Que cheguem até os invejosos e façam transbordar nas suas almas a generosidade. Que cheguem aos pobres de espírito e transbordem em suas vidas as riquezas divinas que são a fé, o amor e a esperança. Que cheguem aos egoístas e transborde de seus íntimos a fraternidade. E que cheguem a tudo e a todos e façam transbordar a vida que é Deus o nosso Divino Criador. Amém!

134

Amados Senhores Tronos Regentes dos Mistérios dos Sete Cálices Sagrados, amados Senhores Tronos desse Ministério Vivo e Divino nós Vos

clamamos nesse momento em nome do Senhor Deus nosso Pai, que virem Vossos Cálices Sagrados sobre todos nós vossos filhos e filhas que Vos estão neste momento aclamando-lhes.

A todos Eles que transbordem as Vossas Águas e que elas se derramem

sobre as nossas casas, nossos lares, nossos locais de trabalho.

Transbordem sobre nossos espíritos e vá purificando-nos vá curando os feridos, fortalecendo os que se sentem enfraquecidos diante das dificuldades da vida, mas que essas Águas Sagradas vão levando essas dificuldades embora também. Pedimos-vos que removam dos lares de todos nós vossos filhos e filhas com os pensamentos voltados para Vós todas as vibrações negativas, todas as perturbações de ordem espiritual que tudo vá sendo envolvido, purifiquem os nossos corpos físicos, nossos espíritos. Que a Vossa Água Viva e Divina lave os nossos lares descarregando de todas as imantações negativas. Vá purificando a tudo e a todos na sua passagem. Derramai sob nós essa água viva que purifique a todos nós. Amados Tronos de Deus nos abençoe em nome Dele neste momento. Abençoe essa Água sobre a mesa, e a Água de cada um de vossos filhos.

A todos nós que estamos com os pensamentos voltados para Deus nesse

instante, peguemos o Cálice entre as duas mãos, elevemos acima de nossas cabeças um instante, para que dentro dele seja derramada a Água Viva e Divina que ira dar a essa Água as propriedades de purificar o nosso espírito, limpá-lo de todos os miasmas, de todas as vibrações negativas que ira auxiliar-nos a recuperar a saúde, aceleração da cura de alguma doença de ordem física e de todas as doenças do nosso espírito. Amado Deus, amados Tronos enviem Vossas Vibrações Vivas e Divinas, Vossa Água Viva sobre esses Cálices com Água em nossas mãos.

(respire fundo) Tomar três goles dessa Água e se tiver pessoas ao vosso lado passe esse cálice também para eles, que eles tomem também três goles para que aconteça a purificação dos seus espíritos.

Amados Senhores Tronos de Deus que as Vossas bênçãos através dessa Água Viva e Divina, se instalem no espírito e na vida de todos nós vossos filhos e filhas que voltamos os nossos pensamentos para Vós nesse momento e que se inicie neste momento um trabalho de fortalecimento do intimo de todos nós, de purificação dos nossos corpos de nossos espíritos, de nossos lares, dos nossos locais de trabalho.

135

Que a Água Viva renove a nossa vida, que essa Água Viva renove nossas esperanças, nossas expectativas e que ela que flui por toda a criação flua na vida de cada um de nós conduzindo-nos para mais perto de Deus conduz-nos para a paz, a prosperidade, a esperança e a fé. Se há doença no nosso corpo físico comece a ser curada, Se nosso espírito esta enfraquecida ou degenerada que seja regenerado, Que essa Água Viva seja energia Viva dando-nos força, despertando no nosso intimo sempre confiança esperança e fé em Deus. Que Deus nos abençoe por termos voltado nosso pensamento para ele nesse momento. Que ele nos abençoe e nos cubram de bênçãos. Amem!

Procedimento:

Após proferirem esta oração todos bebem a água lentamente fazendo seus pedidos e levantam a cabeça e estendam as mãos para o alto, absorvendo as irradiações de amor e fé que Ele estará enviando. O dirigente da casa vai agradecendo e pedindo que envie os emissários da luz regidos pelo Pai Oxalá e que se assente no lado direito um emissário da direita e da esquerda um emissário da esquerda. Pedir para que os médiuns ouvirem com atenção a leitura que se procede.

A Fé

Dizem que fé se relaciona de maneira unilateral com os verbos acreditar, confiar. É a firme convicção de que algo existe sem nenhuma prova de que seja verdadeiro, pela confiança que é deposita neste algo ou alguém. A palavra fé vem do grego pi-stis, que transmite a idéia de confiança, fidúcia, firme persuasão. Para nós umbandistas a fé é algo é para ser sentida, e não tocada, sabemos que é algo infinito, que existe uma grandeza além de tudo e todos fazendo parte de nós. Tudo tem sua razão de ser, nada é insubstituível, tudo se transforma, sabemos que somos uma pequena centelha, que diante de tudo existe um poder, uma força que é perfeita, tudo Nele é perfeito, sendo o principio de tudo e todos. Sabemos que existe uma força um poder intocável, e qualquer caminho que sigamos, todos estarão sempre em um de seus caminhos.

136

Muitos dizem ter fé, mas suas vidas são cheias de ódio, revolta, inveja, paixões, mágoas e tristezas, por ai acreditamos que não a tenham, porque um ser que tem todos esses desequilíbrios não tem esta fé que acreditamos. Quem tem a fé em Olorum e nos Orixás encontrou um caminho e preencheu tudo que existia de vazio dentro de si. Tudo tem um sentido, nada é por acaso, tudo Nela é perfeito. Quando aprendemos a ouvir os Orixás e o que Eles representam, em nossas vidas nos equilibramos e acreditamos que tudo tem resolução pela misericórdia divina, paciência, perseverança, tranqüilidades instalam-se em nosso intimo e nos aquietamos e a verdade intensifica-se. Quem tem fé tem respeito com o divino e seus mistérios.

- Quem não sabe o que está escrito nas tábuas da lei, pela lei será ignorado. Quem não compreende o sentido da lei, não o tem procurado. Mas quem o procura, à lei já deve ter encontrado. Quem sabe o sentido da lei, vive sob o seu legado. Quem traz a lei, é por ela abençoado. Quem traz a benção da lei, pela luz é amparado. -

Explanação sobre Oxalá

Oxalá é a luz que ilumina e equilibra a tudo e a todos. Seu poder é imenso, não tem lugar, porque todos os lugares pertencem a Ele. Seu poder não tem limites, por ser assim tão poderoso, é invocado para equilibrar manifestações ou para devolver o equilíbrio tanto do espírito quanto do corpo. Oxalá é a própria lei em execução, porque todos no final têm que prestar contas de atos e ações. A Ele importa o que pensamos ou fazemos. Com infinitas qualidades não existe nada ou ninguém que não seja alcançado pelas suas irradiações de fé, e quem as recebe torna-se equilibrado ou equilibrador. Seus atributos são cristalinos, pois através dessa essência suas irradiações nós chegam, nos imantando e despertando em nosso intimo os virtuosos sentimentos de fé. Oxalá diante de suas Atribuições faz com que nenhum ser, fique sem seu amparo religioso, mesmo que nem sempre o ser humano absorve suas irradiações estando voltados com a mente para o materialismo desenfreado e isso acontecendo, entra a ação dos tronos cósmicos que são energias magnéticas absorvente. Entendam que estes tronos só atuam por irradiações vibratórias, magnéticas e energéticas na vida dos seres por terem virado as costas aos princípios da fé.

137

Não existe um Trono Oposto a Oxalá, mas sim um Trono Cósmico que atua sobre a vida dos seres, que invertem o sentido dos mistérios da fé, e até hoje são Tronos inomináveis. Os sete tronos que polarizam com os sete Oxalás são associados a algumas linhas de exus que se manifestam na Umbanda ou a qualquer outra religião, pois são regentes de pólos magnéticos negativos. São Os Tronos da Luz Negra, da luz Rubra, da luz Roxa, das Trevas, da Morte, dos Desejos, e Tronos Cósmicos. Quem sair dos ditames das Leis Divinas e da Justiça Divina, com seus desequilíbrios e vilipendiar a fé será atuado por essas energias punitivas sendo lançado para as Trevas da ignorância. Portanto a fé é o Atributo mais apreciado por Ele. A Humildade é o que mais exige de nós, sendo a bondade a melhor forma de nós apresentarmos diante Dele. Simplicidade, pureza, humildade e bondade são essências. Tudo a mais são formas rituais de cultuá-lo.

Depois da leitura abrem-se os trabalhos como de costume da casa, com cantos de abertura, cantar para Orixá regente da mãe ou pai da casa e chamar o Pai Ogum da Dirigente para o equilíbrio dos filhos da casa e chamar o Pai Oxalá com todos os pontos de chamada, firmeza, sustentação e retirada do Orixá.

Depois chamar a linha regente do Orixá Oxalá que é a linha dos Caboclos Pena Branca que irradiam por todas as linhas dos outros Orixás. Encerra os trabalhos com cantos e uma oração de sustentação

Oração de encerramento

Senhor Deus, dai-nos vossas bênçãos e sob o amparo de vossa Lei maior e de vossa justiça Divina, e nosso Amado Pai Oxalá peço que envie vossas vibrações de paz, luz, amor, fé e nos direcione nos caminhos corretos, nós ilumine quando fraquejarmos em nossas responsabilidades para com nossos guias, conduzindo-nos para os caminhos que temos que passar nos esclarecendo e fortalecendo nossos sentimentais para que as mágoas e a dor não se instalem nele nos enfraquecendo perante nossas missões, direcione ampare e sustente em nossos caminhos, sempre fortalecido pela nossa fé e amparado Pela Sua luz e Seu amor. Obrigado Senhor!Amém!

- Quem a lei dobra jamais a esquecerá. Quem da lei se esquiva, pelas trevas irá caminhar –

138

Desenvolvimento mediúnico

É algo fortemente associado à resistência, dificuldade essa que o ser

encontra para admitir uma plena mediunidade, conseqüentemente gerando a insegurança, onde o ser deixa de ser intermediário de uma força que não esta sob o seu comando.

Médium

Muitas facetas mostram o potencial de um médium, que com a

conscientização necessária coloca em pratica sua vocação mediúnica.

O médium muitas das vezes é colocado em provas, a fim de derrubar

todas as máximas de suas resistências no caminho da auto-realização. Percebamos os alertas que o mundo a nossa volta nos envia, não importando discutir os motivos que levam as pessoas a tomarem determinadas

139

decisões, o fato é que a inconsciência funciona bilateralmente, sinal de que algo esta errada conosco podendo por há perder a vocação religiosa e espiritual. É certamente importante que o candidato a médium tenha a necessária humildade diante de seus preparadores, por estar se colocando a serviço de seus guias e tanto os instrutores quanto os neófitos se encontram num estagio de delicado equilíbrio. Todo o médium seja ele novo ou não em sua missão devem vigiar seus pensamentos em relação a tudo e a todos, pois há espiritualidade os houve e seu próprio mentor aplicará corretivos religiosos caso o médium vibre antipatia por seus irmãos de fé e caso fiquem fazendo comentários depreciativos e caso tornem-se vaidosos e soberbos. Saibam que Deus não desampara ninguém em momento algum e recolhe seus filhos, amparando e direcionando na evolução religiosa.

“há potencialmente excelentes médiuns, mas que não adquiriram maturidade, e que por isso tentam impor aos mais novos sua vasta experiência, esquecendo-se de que ela só sua, e não pode ser passada integralmente ao médium novo, pois este conseguirá internalizar e incorporar as experiências espirituais que vier a vivenciar em si ou através de si.”

(Rubens Saraceni)

A procura de um caminho

(Rubens Saraceni)

“Portanto, recomendamos isso a você, médium novo ou já amadurecido:

vigie-se e procure conhecer-se. Descubra se esta integrado à correntes que o acolheu e se aceito pela corrente espiritual do centro que freqüenta. Seja um médium consciente dos seus deveres, pois mediunidade é sinônimo de sacerdócio, e trabalho espiritual é sinônimo de atuação dos espíritos santificados no respeito e fé em Deus, e no amor à humanidade, pela qual continuam a trabalhar mesmo vivendo no mundo dos espíritos. Médium saiba que você, inconscientemente, pode ser o elemento de desagregação de correntes de trabalhos espirituais, caso não domine seus instintos, sua intolerância para com a deficiência alheia, sua incapacidade de entender como um sacerdócio essa sua mediunidade, e insista num comportamento desrespeitoso e numa postura anti-religiosa. Lembre-se de que seus irmãos encarnados não têm como ver seu intimo e nem ouvir seus pensamentos. Mas tanto Deus quanto seus mentores podem, e tudo farão para auxiliá-lo neste seu sacerdócio.

140

Médium novo ou já amadurecido lembre-se de que mediunidade é sacerdócio, e caso não consiga ser um “grande” médium, ao menos tente se um ótimo exemplo de religioso, pois Deus o recompensará com Seu divino e amoroso amparo religioso. Quanto aos médiuns que só tem voz para criticar os trabalhos espirituais ou seus irmãos na corrente mediúnica, estes estão perdendo seu tempo, porque a luz que conquistam durante os trabalhos perdem-na com desserviço que prestam às trevas da discórdia. Médium reflita, porque a harmonia da casa que você freqüenta depende do seu equilíbrio emocional e mental e também de muito bom senso, porque mediunidade é um sacerdócio espiritual.

→”mediunidade é a qualidade de toda a pessoa que é médium. As faculdades mediúnicas têm varias formas de aflorarem e costumam processar- se em diferentes níveis consciências, e até níveis sub ou hiperconsciêntes.”

- Quem pesa a Lei, pela Lei será pesado. -

consciências, e até níveis sub ou hiperconsciêntes.” - Quem pesa a Lei, pela Lei será pesado.

Foto 16: Conga

141

Biografias

Livro das energias – Rubens Saraceni

Manual Doutrinário Ritualístico e Comportamental Umbandista – Coordenação de Lurdes Campos Vieira – Supervisão de Rubens Saraceni

Umbanda Sagrada – Religião, ciências, magia e mistérios – Rubens Saraceni

Rituais Umbandistas – Oferendas, firmezas e assentamentos – Rubens Saraceni

O

Código de Umbanda – Rubens Saraceni

O

Livro de Exu- O mistério Revelado

Rubens Saraceni

Orixás Ancestrais – A hereditariedade Divina dos Seres – Rubens Saraceni

A magia Divina de Rubens Saraceni – O Mago – A revelação dos mistérios

L.R.Cobianchi

142