Você está na página 1de 176
(CATALOGAGAO NA FONTE Bo, DEPARTAMENTO NACIONAL DO LIVRO Hi114d Habermas, Jurgen, 1929- Diretoe dermocraiaente fatcdace validade, volume HL ‘Jorgen Habermas; radugo: Fvio Beno Siebencichler.— Rio de Janeiro: Tempo Brasileiro, 1997, 354p. _;can.— (Biblioteca Tempo Universitiio: 102) ISBN 85-282-0095-7 Inclu bibliografa. 1. Sociologia jurdica. 2. Direito ~ Metodologia 3, Comunicagio. I. Titulo. Il Série cpp - 340.115 Jurgen Habermas DIREITO E DEMOCRACIA Entre facticidade e validade ‘Volume II Tradugio: FLAVIO BENO SIEBENEICHLER ~ UGF BIBLIOTECA TEMPO UNIVERSITARIO. 102 ‘Colegio dirgida por EDUARDO PORTELLA. Professor da Universidade Federal do Rio de Janeiro Traduzido do original alemto: Fakicttr und Geltung. Beitrige zur Diskurstheorie des Rechts und des demokratischen Rechuttaas. 4 ei 80 revista ecomplementada por um posto ¢uina lista bibliogrtica, FrankfurvM, Ed, Suhekamp, (1992) 1994 Capa: Antonio Diss com montagem de VIDA Informstica (vista de Frankfurt, &s margens do Main) Revisto: Daniel Camarina da Silva © Copyright ‘Sulikainp Verlag Frankfurt am Main 1992 (Todos os direitos reservados) Este liv foi waduido da 4 digo revista e complementada ‘por um posféco e wma lista bibliogrfia, Diretos reservados 3s EDICOES TEMPO BRASILEIRO Rus Gago Coutinho, 61 ~ Laranjciras Tel: (021) 205-5949 Fax: (021) 225-9382 Caixa Postal 16099 - CEP 2222-070 Rio de laniro ~ RJ — Brasil NOTA DO TRADUTOR A tradugtio brasileira de “Faktizitit und Geltung”, de Habermas, dividida em dois volumes, inclui no somente 0 posfécio a quarta, ‘edigdo, mas também os Estudos Preliminares e Complementares 1, Ie Il, omitidos parcial ou totalmente por outras tradugGes. A tazio dessa incluso deve ser buscada no fato de que tais “Estudos” sio considerados nio somente importantes, mas neces- sérios para uma melhor compreensio dos nove capitulos. que cconfiguramo sistema e a arquitetura da filosofia do dieito haber- ‘0 tradutor deseja agradecer & Universidade Gama Filho © a0 ENP, pelo apoio recebido, SUMARIO. ‘Vil. POLITICA DELIBERATIVA - UM CONCEITO PROCEDIMENTAL DE DEMOCRACIA, 9 1.” Modelos de democraca: empirism versus nermativis 10 1, O processo democrtic eo problema de sua neutalidade 25 IIL, Sobre a tratugto sociol6gica do conccito normative de politica deliberativa... VIII 0 PAPEL DA SOCIEDADE CIVIL EDA ESFERA PUBLICA POLITICA... st 1. A democracia no erivo das teorias sociol6gicas..-.59 T, Um modelo de circulago do poder politico B I Atoes da sociedad evi, pit publica e poder ‘comunic at. 91 1. O coneito“esfera pablica”™ 92 2. O conceito “sociedade civil” 99 3. Barreirasc estruturas de poder que surgerm no interior da esfera piblica 106 4, Superagdo das barreiras em Situagbes eritieas 0.113 ‘5. Sintese dos elementos a serem levados em conta pelo sistema juridico 9 IX PARADIGMAS DO DIREITO 123 1, Materializagio do direito privado. 127 T, A dialética entre igualdade de fatoe de dieito. O ‘exemplo das politicas feministas visando & igualdade ceie 0s Senos 147 IIL Crise do Esta de dieito compreensio proced- ‘mentalista do direto vee TOpinides sobre a crise do Estad0 Je GHEi0 end 73