Você está na página 1de 8

9/16/2008

Pós-Graduação
Pós-
MBA Recursos Humanos

Legislação e Relações Trabalhistas

Professor Robson Seleme


Mestre em Ciências

E-mail
rseleme@fatecinternacional.com.br

Prof. Msc, Robson Seleme

CONTEÚDO - AULA 02
EMPREGADOS E RELAÇÕES
CONTRATUAIS

2.1. Relações no mundo/mercosul


mundo/mercosul
2.2. Empregado/requisitos essenciais
2.3. Relações Especiais
2.4. Relações contratuais

Prof. Msc, Robson Seleme 2

Relações no mundo
z Sociedade das Nações (1919) Æ
ONU (1945) DeclarUnivDirHuman
– Manter a paz mundial
– Proteger os Direitos Humanos
– Promover o desenvolvimento econômico e
social das nações
– Estimular a autonomia dos povos dependentes
– Reforçar os laços entre todos os estados
soberanos
z A OIT Æ (1919)
Prof. Msc, Robson Seleme 3

1
9/16/2008

Relações no mundo
z › A União Européia
z › O Mercosul - o subgrupo de trabalho nº 10
trata das relações trabalhistas, emprego e
previdência social. É subdividido em:
1) relações individuais de trabalho
2) relações coletivas de trabalho
3) emprego e migração
4) formação profissional
5) saúde e segurança do trabalhador
6) seguridade social
7) setores específicos e 8) princípios
Prof. Msc, Robson Seleme 4

Empregado

Art. 3º da CLT: “Considera-


“Considera-se
empregado toda pessoa física que
prestar serviços de natureza não
eventual a empregador, sob a
dependência deste e mediante
salário”.

Prof. Msc, Robson Seleme 5

Requisitos essenciais
z Requisitos essenciais
– Pessoalidade
– Não
Não--eventualidade
– Dependência
– Onerosidade

z Requisitos não essenciais


– Exclusividade
– Profissionalidade
Prof. Msc, Robson Seleme 6

2
9/16/2008

Relações especiais
z Empregado em domicilio (Art
(Art 6 CLT)
CLT)
z Empregados que exercem atividades
externas
z Empregados ocupantes de cargo ou
função de confiança
z Diretor empregado *
z Sócio empregado
z Cônjuge ou familiar empregado

Prof. Msc, Robson Seleme 7

Relações especiais
z Empregado Rural
z Empregado doméstico
z Funcionário público
z Trabalhador
b lh d temporárioá i
z Trabalhador avulso
z Trabalhado eventual
z Trabalhador Cooperativo
z Trabalhador voluntário

Prof. Msc, Robson Seleme 8

Relações especiais
z Mãe Social
z Trabalhador religioso
z Cabo eleitoral
z Colaborador
l b d ded jjornais,
i revistas
i ou
periódicos
z Trabalhador Indígena em processo
de Integração
z Trabalhador aprendiz

Prof. Msc, Robson Seleme 9

3
9/16/2008

Relações especiais
z Estagiário
z Médico Residente
z Trabalhador prisional
z Trabalhador
b lh d estrangeiro i
z Trabalhador autônomo

Prof. Msc, Robson Seleme 10

Relações e Contrato de trabalho

z “contrato individual de trabalho é o


acordo, tácito ou expresso,
correspondente a relação de emprego”

1. Contrato de trabalho
Æ ato jurídico
2. Relações de emprego
Æ resultado

Prof. Msc, Robson Seleme 11

Características do Contrato
z Contrato de trabalho
Æ Teoria contratualista

1
1. Bilate al
Bilateral 5 Contrato
5. Cont ato de adesão
2. Oneroso 6. Pessoal
3. Comutativo 7. Execução continuada
4. Consensual 8. Subordinativo

Prof. Msc, Robson Seleme 12

4
9/16/2008

Classificação Contrato trabalho


z Quanto a forma:
– Tácitos
• Inexistência de palavras escritas ou verbais e
caracterizada pelo comportamento do empregado
e do empregador
– Expressos:
• Escrito (obrigatório Æ Atleta profissional, artistas
e contratos de aprendizagem
• Verbal Æ acordo de vontades

Prof. Msc, Robson Seleme 13

Classificação Contrato trabalho


z Quanto ao prazo
– Por prazo determinado (Art. 443 CLT)
– Por prazo indeterminado (Art. 452 CLT)
z Regulamentação Jurídica
– Contratos comuns
– Contratos especiais
z Sujeitos da Relação de Emprego
– Singulares 1 x 1
– Plúrimos N x N
Prof. Msc, Robson Seleme 14

Classificação Contrato trabalho

z Duração intermitente
– Trabalhadores de hotéis/sazonais

z Contratos de equipe
– Contratos de trabalho com grupo de
empregado

Prof. Msc, Robson Seleme 15

5
9/16/2008

Empregado X Autônomo

z EMPREGADO z AUTÔNOMO
– Subordinado ao ƒ Em regra é
Empregador profissional liberal
– T b lh por conta
Trabalha t ƒ T b lh por conta
Trabalha t
alheia própria
– Riscos suportados ƒ Assume seus
pelo empregador próprios riscos

Prof. Msc, Robson Seleme 16

Trabalhador avulso
z Desenvolvem atividade sazonal
z São contratados pelo sindicato, que intermedia a
colocação de mão
mão--de
de--obra.
z A duração do serviço prestado é curta e eventual.
z A remuneração paga deriva do rateio procedido
pelo sindicato.
z Tem todos os direitos que o empregado tem, por
força do artigo 7º, XXXIV, da CF/88.
z São os portuários

Prof. Msc, Robson Seleme 17

Trabalho voluntário
z Lei nº 9.608, de 1998.
z Art. 1º Considera
Considera--se serviço voluntário, para fins
desta Lei, a atividade não remunerada, prestada
por pessoa física a entidade pública de qualquer
natureza,
t ou a iinstituição
tit i ã privada
i d ded fins
fi nãoã
lucrativos, que tenha objetivos cívicos, culturais,
educacionais, científicos, recreativos ou de
assistência social, inclusive mutualidade.
z Despesas podem ser indenizadas
z Não tem vínculo empregatício

Prof. Msc, Robson Seleme 18

6
9/16/2008

Empregados adolescentes
z Idade mínima: 16 anos, salvo aprendiz a
partir dos 14 anos
z Proibido trabalho externo, noturno,
insalubre e perigoso.
perigoso
z Trabalho com peso limitado a 20kgs se
contínuo e 25kgs se ocasional
z Proteção à escolaridade

Prof. Msc, Robson Seleme 19

Empregados adolescentes
z Aprendiz:
– A partir dos 14 anos.
– A obrigatoriedade do vínculo com a escola.
– Obrigatoriedade do vínculo entre o
trabalho e a formação técnico-
técnico-profissional
– O trabalho do aprendiz é limitado
ao prazo máximo de 2 anos
– Possui vínculo de emprego

Prof. Msc, Robson Seleme 20

Empregados adolescentes
z A Lei nº 10.097/2000 obriga as empresas a
contratarem aprendizes entre 5% a 15% do seu
número de funcionários

z Lei nº 11.180/2005 cria novas disposições aos


aprendizes do PROUNI, do PET, do Projeto
Escola de Fábrica, equiparando aos aprendizes
as garantias conferidas aos estagiários e
regulando a contratação de aprendizes no
serviço público.

Prof. Msc, Robson Seleme 21

7
9/16/2008

Slide Show - Trabalho Infantil

EMPREGADOR
X
EMPREGADO

Prof. Msc, Robson Seleme 22

Prof. Msc, Robson Seleme 23 Professor: Msc


Msc.Robson
.Robson Seleme