Você está na página 1de 37

Março / 2007

Gabarito 2
Prova Amarela

PROGRAMA DE ASCENSÃO PROFISSIONAL


LEIA ATENTAMENTE AS INSTRUÇÕES ABAIXO.
01 - Você recebeu do fiscal o seguinte material:
a) este caderno, com as 180 questões das Provas Objetivas, todas com valor de 0,5 ponto, sem repetição
ou falha, assim distribuídas:
COMÉRCIO GESTÃO DE GESTÃO GESTÃO GESTÃO RESPONSABILIDADE TEORIA GERAL CONTROLES
DE DO DA AGRONEGÓCIOS
EXTERIOR MARKETING FINANCEIRA SOCIOAMBIENTAL INTERNOS
PESSOAS CRÉDITO ADMINISTRAÇÃO
Questões Questões Questões Questões Questões Questões Questões Questões Questões
1 a 20 21 a 40 41 a 60 61 a 80 81 a 100 101 a 120 121 a 140 141 a 160 161 a 180
Páginas Páginas Páginas Páginas Páginas Páginas Páginas Páginas Páginas
2a4 5a9 9 a 13 13 a 15 16 a 23 24 a 27 28 a 31 31 a 33 33 a 37
b) 1 CARTÃO-RESPOSTA destinado às respostas às questões objetivas formuladas nas provas.
c) 1 FOLHA DE RESPOSTAS (RASCUNHO) que poderá ser preenchida e levada pelos candidatos.

02 - Verifique se este material está em ordem e se o seu nome e número de inscrição conferem com os que aparecem
no CARTÃO. Caso contrário, notifique IMEDIATAMENTE o fiscal.

03 - Após a conferência, o candidato deverá assinar no espaço próprio do CARTÃO, preferivelmente a caneta
esferográfica de tinta na cor preta. No CARTÃO-RESPOSTA, o candidato deverá assinalar também, no espaço
próprio, o gabarito correspondente às suas provas: 1 Verde, 2 Amarela, 3 Azul, 4 Branca . Se assinalar um
gabarito que não corresponda ao de suas provas ou deixar de assinalá-lo, terá as mesmas desconsideradas.

04 - No CARTÃO-RESPOSTA, a marcação das letras correspondentes às respostas certas deve ser feita cobrindo a letra
e preenchendo todo o espaço compreendido pelos círculos, a caneta esferográfica de tinta na cor preta, de
forma contínua e densa. A LEITORA ÓTICA é sensível a marcas escuras; portanto, preencha os campos de
marcação completamente, sem deixar claros.
Exemplo: A B C D E
05 - Tenha muito cuidado com o CARTÃO, para não o DOBRAR, AMASSAR ou MANCHAR.
O CARTÃO SOMENTE poderá ser substituído caso esteja danificado em suas margens superior ou inferior - BARRA
DE RECONHECIMENTO PARA LEITURA ÓTICA.

06 - Para cada uma das questões objetivas são apresentadas 5 alternativas classificadas com as letras (A), (B), (C),
(D) e (E); só uma responde adequadamente ao quesito proposto. Você só deve assinalar UMA RESPOSTA: a
marcação em mais de uma alternativa anula a questão, MESMO QUE UMA DAS RESPOSTAS ESTEJA CORRETA.
07 - As questões objetivas são identificadas pelo número que se situa acima de seu enunciado.

08 - SERÃO DESCONSIDERADAS as provas do candidato que:


a) se utilizar, durante a realização das provas, de máquinas e/ou relógios de calcular, bem como de rádios gravadores,
headphones, telefones celulares ou fontes de consulta de qualquer espécie;
b)se ausentar da sala em que se realizam as provas levando consigo o Caderno de Questões e/ou o CARTÃO-
RESPOSTA.

Por medida de segurança, o candidato só poderá retirar-se da sala após 1(uma) hora a partir do início das
provas e NÃO poderá levar o Caderno de Questões.

09 - Reserve os 30 (trinta) minutos finais para marcar seu CARTÃO-RESPOSTA. Os rascunhos e as marcações
assinaladas no Caderno de Questões NÃO SERÃO LEVADOS EM CONTA.

10 - Quando terminar, verifique se ASSINALOU, NO CARTÃO-RESPOSTA, O NÚMERO DO GABARITO CORRES-


PONDENTE ÀS SUAS PROVAS, entregue ao fiscal O CADERNO DE QUESTÕES E O CARTÃO-RESPOSTA
e ASSINE A LISTA DE PRESENÇA.

11 - O TEMPO DISPONÍVEL PARA ESTAS PROVAS DE QUESTÕES OBJETIVAS É DE 6 (SEIS) HORAS.

12 - As questões e os gabaritos das Provas Objetivas serão divulgados, dois dias após a realização dos exames,
no website (https://seguro.cesgranrio.org.br/bb/logon.aspx).
COMÉRCIO EXTERIOR 5
O comércio internacional, pela sua natureza, deve ser livre e
1 competitivo, porém alguns países tomam medidas protecio-
Existem diversos termos técnicos que são freqüentemente nistas com a finalidade de resguardar o mercado interno. Essa
utilizados nas operações de comércio exterior. O domínio proteção comercial é feita através de subsídios, barreiras
dessas palavras ou siglas agiliza o entendimento do assunto tarifárias, barreiras não tarifárias, taxas múltiplas de câmbio
que está sendo tratado e evita interpretações erradas por parte e exigências administrativas como licenciamento prévio das
dos profissionais. Um desses termos técnicos é CCR, cujo importações. Tal postura se destina à proteção de:
significado é: I – mercadorias;
(A) Convênio de Créditos Recíprocos. II – serviços;
(B) Carta de Crédito Renovável. III – produção;
(C) Contrato de Créditos Recebíveis. IV – meio ambiente;
(D) Contrato de Câmbio Recíproco. V – trabalho;
(E) Contrato de Comércio Rentável. VI – capital;
VII – mão-de-obra.
2 Estão corretos somente os itens:
O Brasil é um país que, na área do comércio exterior, é con- (A) IV, V, VI e VII (B) III, IV, V e VI
siderado um dos mais avançados no que se refere aos con- (C) II, III e IV (D) VI e VII
troles das exportações e importações. Em 1993, por exem- (E) I e II
plo, o Brasil informatizou todos os controles de exportação
através do Siscomex. Para cumprir com as exigências brasi- 6
leiras, um exportador deverá obter no Siscomex o denomina- O objetivo do Direito Aduaneiro é disciplinar os controles de
do Registro de Exportação (R.E.). ingressos e saídas de veículos, pessoas e mercadorias em
A respeito desse documento, é correto afirmar que: harmonia com os tratados internacionais dos quais o Brasil é
(A) é um Registro do Exportador para efeito de cadastramento. signatário. O conjunto de normas aduaneiras internas é
(B) não é obrigatório na exportação brasileira, pois os contro- aplicável às importações, exportações e atividades de
les cambial e aduaneiro se fazem através do contrato de comércio exterior, respeitando os acordos internacionais
câmbio. sobre valoração aduaneira, classificação de mercadorias e
(C) é destinado ao controle administrativo, aduaneiro e cam- cooperação internacional em matéria aduaneira. Assim, o
bial. Direito Aduaneiro apresenta uma ambivalência entre normas
(D) somente é exigido em operações sem cobertura cambial internas e internacionais. Diante desse panorama, pode-se
e amostras. afirmar corretamente que o Direito Aduaneiro brasileiro tem
(E) somente serve para controle aduaneiro. uma direção:
(A) universal, pois as normas aduaneiras locais devem estar
3 harmonizadas com os procedimentos em nível mundial.
A teoria econômica se caracteriza pelos diferentes pontos (B) focalizada exclusivamente no Mercosul, por força do
de vista com que é tratado um mesmo assunto. Um dos bloco econômico.
aspectos a ser considerado nessa análise é o “Custo de (C) voltada somente para o fluxo de pessoas e veículos no
Oportunidade”, que significa: território nacional e no Mercosul.
(A) oportunidade de negócios. (D) voltada exclusivamente para o fluxo comercial de expor-
(B) alternativas de desenvolvimento. tação e importação no âmbito da América Latina, por
(C) custos abaixo da produção doméstica. força dos acordos.
(D) teoria que considera todos os fatores de produção e não (E) interna, pois somente deve tratar de assuntos aduaneiros
apenas o fator trabalhista. brasileiros.
(E) fatores climáticos que favorecem a oportunidade comercial.
7
4 A tendência atual dos países, principalmente fronteiriços, é
No comércio internacional, nestes tempos de globalização, a formação de blocos econômicos, adotando políticas de
alguns países praticam um comércio desleal com a finalidade desenvolvimento conjuntas e buscando as soluções de seus
de ganhar mercado. Esse comportamento causa sérios problemas de forma comunitária. O pensamento econômico
danos ao concorrente local no país de destino das mer- define uma série de fases para a constituição de um bloco
cadorias. Os países atingidos por essa conduta predatória econômico.
adotam as mais diversas barreiras, como, por exemplo, Assinale a opção que apresenta essas fases, na seqüência
defesa comercial. Uma das formas de comércio desleal mais em que ocorrem.
praticada é o chamado dumping, que consiste em exportar: (A) Política, econômica, comercial, financeira e aduaneira.
(A) através de monopólio, com preços combinados. (B) Diplomática, econômica, bancária, empresarial e
(B) através de formação de cartel de empresas. financeira.
(C) com preços acima do lucro normal, praticando (C) Fronteiriça, logística, diplomática, comercial e política.
superfaturamento. (D) Acordos Bilaterais, Acordos Multilaterais, Tratados
(D) com preços abaixo do custo de produção. Comerciais, União Aduaneira e Integração Total.
(E) sem o controle aduaneiro, praticando descaminho ou (E) Zona de Livre Comércio, União Aduaneira, Mercado
contrabando. Comum, União Econômica e Integração Econômica Total.

2
PROVA 2 - AMARELA
8 12
A FAO – Organização das Nações Unidas para a Alimentação A atividade exportadora, em qualquer país, necessita do apoio
e Agricultura, criada em 1945, tem como finalidade principal financeiro, através de financiamentos bancários ou governa-
fomentar o bem- estar geral, intensificando as ações individuais mentais. No caso brasileiro existem diversas linhas de finan-
e coletivas com vistas a: ciamento para incentivar as vendas externas, operações que
(A) elevar os níveis de vida, nutrição, produção, distribuição trazem um ágio ou deságio bastante favorável à empresa
de produtos agrícolas e alimentos nas nações sob sua exportadora. Na rede bancária nacional, o exportador brasilei-
jurisdição. ro pode utilizar-se do Adiantamento de Contrato de Câmbio
(B) incentivar o intercâmbio cultural entre os países desen- (ACC) ou do Adiantamento de Cambiais Entregues (ACE),
volvidos e subdesenvolvidos. como formas de viabilizar a venda externa. Do ponto de vista
(C) promover a proteção ao meio ambiente através das ONG. do risco financeiro bancário, pode-se afirmar corretamente que o:
(D) promover o comércio internacional com vantagem para os (A) ACC e o ACE representam grande risco financeiro aos
países em desenvolvimento. Bancos, pois as mercadorias ainda não chegaram ao
(E) promover a paz entre as nações sob sua jurisdição. destino.
(B) ACC tem risco financeiro para os Bancos, pois a merca-
9 doria ainda não foi embarcada, e o ACE não tem risco,
O mercado de câmbio pode ser considerado como uma pois o financiamento ocorre após o embarque, em opera-
passagem, através da qual os fluxos de moeda estrangeira ções a prazo, dependendo da forma de pagamento.
se convertem em moeda nacional e vice-versa. Assim, no (C) ACC não tem risco financeiro para os Bancos, pois é
mercado cambial, dependendo da operação a ser realizada utilizado exclusivamente em operações à vista, realiza-
junto à rede bancária, podem ser encontrados: (a) vendedores das depois do embarque das mercadorias.
ou ofertantes de moeda estrangeira e (b) compradores ou (D) ACC não oferece risco financeiro aos Bancos, pois o
demandantes de moeda estrangeira. exportador já embarcou as mercadorias.
No caso de um importador brasileiro, na operação cambial (E) ACE oferece risco financeiro aos Bancos, pois é uma
ele desempenha o papel de: exportação a prazo e a mercadoria ainda não chegou ao
(A) vendedor e comprador, pois ele vende moeda estrangeira destino.
para comprar moeda nacional.
(B) vendedor de moeda nacional. 13
(C) vendedor de moeda estrangeira. Os corretores de câmbio são profissionais especializados que,
(D) comprador de moeda estrangeira. pela prática diária no mercado cambial, orientam exportadores,
(E) comprador de moeda nacional. importadores e empresas de comércio exterior e investimentos
para conseguir taxas cambiais favoráveis, além de serem
10 responsáveis pelo fiel cumprimento das normas ditadas pelo
A economia brasileira passa por um momento de estabilidade Banco Central. A participação desses profissionais no merca-
do cambial brasileiro é:
e, devido a diversos fatores internos e externos, a moeda Real
(A) obrigatória, somente em operações de financiamento
se mantém valorizada frente ao Dólar americano. Governo e
externo.
empresa, cada um do seu ponto de vista, analisam essa
(B) obrigatória, a partir de operações superiores a US$2,000.00.
situação como favorável ou desfavorável. O fato é que o
(C) obrigatória, independente do valor da operação.
mercado cambial brasileiro apresenta uma moeda Real forte
(D) facultativa, a partir de operações superiores a US$1,000.00.
e, diante desse panorama, pode-se afirmar corretamente que
(E) opcional.
o Real valorizado:
(A) não influi nas exportações ou importações.
14
(B) incentiva as exportações. A exportação temporária é uma operação classificada como
(C) prejudica as exportações e incentiva as importações. um Regime Aduaneiro Especial. A respeito desse tipo de
(D) prejudica as importações. exportação, assinale a afirmação correta.
(E) favorece os pagamentos internacionais e o câmbio. (A) Trata-se de uma exportação que, embora temporária, tem
cobertura cambial, sem prazo de permanência no exterior.
11 (B) Toda exportação temporária tem que ter a cobertura cam-
Diante do crescimento das importações brasileiras, da valori- bial, pois se trata de uma venda temporária.
zação do Real frente ao Dólar americano e da melhora do (C) A exportação temporária se caracteriza pela saída de
risco-país no ranking mundial, pode-se afirmar corretamente, mercadorias do território nacional, com prazo de perma-
quanto ao aspecto cambial, que a moeda nacional Real é nência no exterior e condicionada a posterior importação.
uma moeda: (D) A saída de mercadoria do território nacional é temporária,
(A) de convênio. com prazo de permanência no exterior e condicionada a
(B) escritural. posterior reimportação.
(C) livre. (E) Somente existe exportação temporária para mercadorias
(D) conversível. perecíveis e animais vivos, com prazo de permanência no
(E) inconversível. exterior e posterior importação.

3
PROVA 2 - AMARELA
15 18
A formação da taxa cambial obedece a diversos fatores de As vendas de mercadorias com destino ao exterior podem
mercado e à oferta e procura no mercado cambial. Em razão ser tributáveis ou não, dependendo da política tributária
desse movimento de oferta e procura, existem as taxas adotada pelo país produtor. No caso da exportação brasileira,
ascendentes e as taxas descendentes. Uma taxa cambial a política tributária segue o principio da:
tem um viés descendente quando a: (A) tributação no país de origem, adotando os incentivos
(A) oferta aumenta e a procura diminui. fiscais correspondentes.
(B) procura é maior que a oferta. (B) tributação no país de destino.
(C) procura permanece estável e a oferta diminui. (C) tributação no país de origem, com tributação normal
(D) procura e a oferta crescem e o crescimento da procura é semelhante ao mercado interno.
maior que o da oferta. (D) tributação a ser aplicada durante a viagem internacional
(E) procura e a oferta diminuem e a diminuição da oferta é das mercadorias.
menor do que a da procura. (E) isenção de tributação a partir do momento da liquidação
do contrato de câmbio.
16
Durante as negociações comerciais, o exportador e o impor- 19
tador irão tratar as formas de pagamento, tendo como refe- Muitas matérias-primas, peças e componentes importados
rência as garantias financeiras que são oferecidas pela rede
irão se transformar, durante o processo de industrialização,
bancária nacional e internacional. Existem duas modalida-
em produtos acabados ou beneficiados. O produto final pode
des de pagamento que, dependendo do grau de confiança
ser vendido no mercado interno ou exportado, para isso poden-
comercial e financeira existente entre o vendedor e o compra-
do ser adotada uma operação denominada drawback.
dor, podem ser utilizadas nas operações de exportação e
No Brasil, dependendo da sua natureza, a operação de
importação. Essas formas de pagamento, do ponto de vista
drawback pode ter: isenção, suspensão ou restituição de
bancário, são conhecidas como cobranças documentárias ou
tributos.
cobranças bancárias e crédito documentário. Tendo em vista
as garantias bancárias que são oferecidas em favor do expor- Para aproveitar os benefícios fiscais do drawback, é preciso:
tador ou importador, pode-se afirmar corretamente que: (A) vender parte do produto acabado no mercado interno,
(A) ambas as formas de pagamento oferecem garantias garantindo, assim, que este também vai se beneficiar da
financeiras bancárias em favor do exportador. isenção ou restituição dos tributos pagos.
(B) somente a cobrança documentária garante ao exportador (B) exportar o produto acabado, fazendo jus ao drawback
o recebimento das divisas, via Banco. na modalidade de suspensão tributária da matéria-prima,
(C) o crédito documentário garante o embarque das merca- peças e componentes importados.
dorias, sem garantias financeiras bancárias. (C) importar mercadoria equivalente à que vai ser produzida,
(D) na cobrança documentária os Bancos garantem o paga- porém mais avançada do ponto de vista tecnológico.
mento ao exportador, desde que a mercadoria tenha (D) recolher todos os impostos de importação da matéria-
chegado ao destino, no país do importador, em perfeitas prima e vender o produto acabado no mercado interno ou
condições, sem avarias. exportá-lo, fazendo jus ou não à restituição.
(E) no crédito documentário o Banco emitente garante o (E) produzir bens para uso próprio da empresa e, assim,
pagamento ao exportador, desde que as instruções e aumentar a sua produtividade.
condições do crédito tenham sido respeitadas, apresen-
tando documentos sem discrepâncias. 20
O denominado Depósito Franco, classificado como Regime
17 Aduaneiro Atípico, foi criado no Brasil como mais uma contri-
Toda atividade econômica, empresarial ou bancária tem como buição ao fluxo aduaneiro de mercadorias. A finalidade desse
objetivo final a venda e compra de mercadorias e serviços. sistema aduaneiro é:
Para os Bancos, essa mercadoria está representada pela (A) atender ao fluxo comercial de países limítrofes com
moeda. No mercado cambial, a rede bancária considera o terceiros países, permitindo a armazenagem de merca-
chamado spread como a(s): doria estrangeira em recinto alfandegado.
(A) taxa média, também conhecida como Ptax. (B) facilitar a exportação de produtos brasileiros pelas
(B) desvalorização cambial do Real frente às moedas estran- fronteiras, em operações DAF.
geiras. (C) facilitar a exportação de produtos perecíveis.
(C) diferença entre a taxa de compra e a taxa de venda, com (D) funcionar como Entreposto Aduaneiro de Importação, em
a qual os Bancos apuram o lucro da operação cambial. zonas secundárias, para facilitar o despacho aduaneiro
(D) diferença entre a moeda valorizada e a desvalorizada. de importação.
(E) bandas cambiais que têm o objetivo de controlar a entrada (E) permitir a venda de mercadoria estrangeira a passageiro
de recursos externos. em viagem internacional.

4
PROVA 2 - AMARELA
GESTÃO DE MARKETING 23
Motivada por estudos recentes, que demonstram o potencial
21
de mercado constituído pela população de baixa renda, a
No intuito de elaborar um trabalho acadêmico, um aluno de
Marketing fez uma série de entrevistas com administradores administradora de cartões de crédito Rentcard propõe-se, em
de diversos Bancos. Do grande volume de informação colhi- seu planejamento estratégico para 2007, a atender a esse
do, destacou as declarações a seguir. novo segmento. Dele, a administradora dispõe de poucas in-
formações, como dados demográficos (dimensão do merca-
I - O que basicamente nos diferencia dos nossos concor-
do, faixas de renda, idade, localização), comportamentos e
rentes são os nossos preços; cobramos tarifas mais
baixas que a média. atitudes. Dentre as opções a seguir, a única que poderá
II - Como prática, só começamos a desenvolver um produto preencher essa carência de informação da administradora é:
depois que identificamos necessidades e desejos dos (A) aproveitar um dos produtos já comercializados pela admi-
nossos clientes atuais e potenciais.
nistradora e, após realizar algumas adaptações discuti-
III - Como instituição financeira que somos, a nossa área de
finanças é quem dita todas as ações aqui no Banco, das internamente pela gerência, lançá-lo no mercado com
sendo o ponto de partida e chegada para tudo. foco no novo segmento-alvo.
IV - A criação e formatação dos nossos produtos é função (B) realizar uma grande campanha de marketing voltada para
exclusiva da nossa área de produto, que sabe o que é o novo segmento, com o intuito de vender produtos já
bom para o mercado.
comercializados pela administradora.
V - Para nós, a importância da retenção dos nossos clien-
tes sobrepuja a da realização de vendas pontuais. (C) realizar uma pesquisa de marketing do tipo descritivo,
VI - Qualquer produto nosso pode ser vendido, desde que bem por meio da distribuição de um questionário a uma amos-
distribuído e bem anunciado. tra representativa da população-alvo, que procure mensurar
VII- Para obter lucro e ser sustentável, uma empresa deve quem e quantos são, como agem e o que pensam.
produzir aquilo para o que está tecnologicamente mais
(D) testar, junto a esse novo segmento, um produto atual-
preparada.
mente comercializado para outro segmento.
Os preceitos e opiniões acima refletem diferentes orientações (E) pesquisar e analisar dados secundários disponíveis para
com relação ao mercado. Os que se referem à orientação conhecer mais sobre esse segmento.
para o Marketing são:
(A) I, II, V, VI e VII, apenas.
(B) I, II, III, IV e VI, apenas. 24
(C) I, II e V, apenas. O Banco Y realizou uma pesquisa com alguns de seus clien-
(D) II e V, apenas. tes com o objetivo de levantar questões relativas ao serviço
(E) I e VII, apenas. de atendimento. Essa pesquisa foi conduzida por meio de
três grupos de foco com cerca de dez clientes cada um. Os
22
O Banco Epsylon está prestes a proceder a uma análise resultados dessa pesquisa exploratória:
ambiental, como parte do processo de gestão de Marketing (A) serão a principal base para o desenvolvimento de um pla-
que lhe permitirá conhecer oportunidades e ameaças do mer- no de melhorias a ser implementado no serviço de atendi-
cado. A respeito de sua abrangência, é correto afirmar que mento.
essa análise compreenderá:
(B) constituirão um núcleo de informações com potencial de
(A) concorrentes, parceiros comerciais e políticas governa-
mentais, mas não funcionários. utilização no desenvolvimento de uma pesquisa com uma
(B) concorrentes, fornecedores e políticas governamentais, amostra maior de clientes.
mas não entidades públicas. (C) fornecerão os subsídios necessários à solução dos atuais
(C) concorrentes, fornecedores e clientes, mas não políticas
e futuros problemas de atendimento.
governamentais.
(D) clientes, fornecedores e canais de marketing, mas não (D) fornecerão informações suficientes para o desenvolvimento
concorrentes. de um plano de melhorias para o serviço de atendimento.
(E) funcionários, clientes e fornecedores, mas não políticas (E) identificarão as relações de causa e efeito de mudanças
governamentais. propostas para o serviço de atendimento.

5
PROVA 2 - AMARELA
25 27
Em reunião da alta administração do Banco ABC, surgiu a No estudo do comportamento do consumidor, observa-se que
proposta de se promover uma grande revisão do padrão de elementos situacionais podem exercer grande influência
segmentação de clientes. O critério de segmentação adotado sobre o comportamento de compra e consumo dos indivíduos.
No que tange ao setor de Bancos, afirmou-se que a análise
até então era o do volume de recursos aplicados no Banco.
dessa influência é relevante nos casos em que o cliente:
Segundo a proposta, passar-se-ia a subdividir a carteira de
clientes segundo faixas de renda familiar, de idade e de esco- I - é obrigado a se dirigir à agência;
laridade, no intuito de se oferecerem produtos diferentes para II - acessa o Banco via Internet;
segmentos diferentes, definidos com base nessas variáveis. III - acessa o Banco por telefone.
Um diretor opôs uma ressalva à proposta apresentada.
Dos argumentos apresentados a seguir, indique o único que Está(ão) correta(s) a(s) afirmativa(s):
sustenta a posição desse diretor, com fundamento na teoria de (A) I, II e III.
Marketing. (B) II e III, apenas.
(A) Não devem ser modificados os critérios de segmentação (C) I e II, apenas.
de bases de clientes que já estejam em uso. (D) III, apenas.
(E) I, apenas.
(B) Os clientes sempre omitem o seu real rendimento familiar,
de modo que o Banco passaria a trabalhar com dados
28
irreais. Considere as seguintes informações:
(C) Às vezes, o perfil demográfico de um público não é sufici-
ente para explicar um comportamento de compra. I - o custo de mudança de Banco para um cliente é tão
(D) A proposta não contemplou a única variável realmente maior quanto maior for o grau de informalidade deste, em
importante nesses casos: há quanto tempo os correntistas razão da perda (e necessidade de reconstrução) de todo
eram clientes do Banco. um histórico de relacionamento com o Banco;
(E) Se o produto do Banco for bom, todos vão querer contratá- II - no Brasil, o nível de informalidade da população ocupada
lo (ou adquiri-lo), não importando variáveis como renda, é de, no mínimo, 50%.
idade e grau de instrução.
Supondo serem verdadeiras as duas afirmativas acima, é pos-
sível, a partir delas, concluir, a respeito do setor bancário na-
26 cional, que a(o):
Recentemente, o Banco Mega foi alvo de um infundado boato (A) ameaça de novos entrantes é elevada.
de insolvência iminente. Neste momento, a alta administra- (B) ameaça de produtos substitutos é nula.
ção do Mega está reunida para discutir o possível impacto (C) grau de rivalidade no setor é elevado.
que esse fato exerceu – ou poderá vir a exercer – sobre a (D) poder de negociação dos fornecedores é elevado.
atitude do mercado com relação ao Banco. Tal preocupação: (E) poder de negociação dos compradores é baixo.
(A) não se justifica, pois atitude é sinônimo de comportamento,
e se não está havendo saques em massa por parte dos 29
correntistas e investidores, não há por que se tomar Quanto à adequação do conceito de produto ao setor finan-
ceiro, é correto afirmar que:
alguma medida gerencial.
(A) toda e qualquer oferta, feita por um Banco, que possa ser
(B) deve se restringir à cúpula da administração, pois qualquer
adquirida (ou contratada) por clientes é considerada um
comunicado público da organização poderia sinalizar produto.
intranqüilidade e provocar um nervosismo no mercado, com (B) nem toda oferta feita por um Banco pode ser considerada
conseqüências imprevisíveis. um produto, pois Bancos também prestam uma ampla
(C) tem natureza exclusivamente protocolar, pois espera-se gama de serviços.
de um Banco que não deixe um assunto como esse (C) nem toda oferta feita por um Banco pode ser considerada
passar em branco. um produto, pois nem tudo o que os clientes adquirem (ou
(D) é plenamente justificável, uma vez que atitudes são apren- contratam) num Banco tem uma contrapartida material.
didas pelos consumidores, e atitudes desfavoráveis (D) os Bancos não vendem produtos, porque nada que os
Bancos oferecem ao mercado tem embalagem, design,
podem levar a comportamentos contrários aos interesses
cor, possibilidade de troca ou devolução, etc.
da organização.
(E) os Bancos não vendem produtos e sim, garantia, aplica-
(E) é um tanto exagerada, dado que o boato mostrou-se ções, investimentos, custódia, assessoramento financei-
infundado. ro, etc.

6
PROVA 2 - AMARELA
30 33
De acordo com a sua estratégia, um Banco pode orientar a O Banco Solide, que opera na Crimânia, está montando um
plano de marketing e acaba de fazer uma lista de elementos
determinação de seus preços segundo três óticas: do custo,
importantes dos ambientes externo e interno, que podem
da concorrência e da demanda. O Banco Valoroso está
afetar a estratégia a ser traçada. Ajude os administradores do
traçando a sua estratégia de preços e deve considerar que, Banco a identificar oportunidades, ameaças, forças e
se adotar a orientação para a(o): fraquezas, numerando os elementos da lista de acordo com o
(A) concorrência, passará a operar com margens mais seguinte critério:
reduzidas.
(B) concorrência, passará a operar com margens mais I - oportunidades;
II - ameaças;
folgadas.
III - forças;
(C) custo, deverá perder mercado.
IV - fraquezas.
(D) custo, deverá administrar seus custos de desenvolvimento,
operação e comercialização. ( ) A marca do Banco é pouco conhecida.
(E) demanda, deverá administrar seus custos de desenvol- ( ) A economia da Crimânia está em franco desenvolvimento.
vimento, operação e comercialização. ( ) O Governo da Crimânia acaba de conceder uma anistia
fiscal aos investidores que tenham recursos não decla-
31 rados no exterior e queiram investir no País.
( ) O Solide conta com expressivos recursos financeiros para
O Banco Primobanco está lançando no mercado o Primo
investimento.
Currency – uma opção de investimento em moeda estrangeira ( ) A legislação da Crimânia passou a permitir que corretoras
bastante similar às que outros Bancos já oferecem. O e outras pequenas organizações efetuem operações que,
Primobanco acaba de lançar uma campanha promocional em até pouco tempo atrás, eram privativas de Bancos.
jornal, revistas, rádio e TV com o objetivo de anunciar o lança- ( ) O Solide conta com uma pesada estrutura funcional (mui-
mento e incentivar os clientes a contratar essa nova modali- tos níveis hierárquicos, redundância de funções, etc.)
dade de investimento. Esse tipo de comunicação é conhecido
De cima para baixo, a seqüência correta é:
como:
(A) IV – III – II – III – II – IV
(A) publicidade institucional. (B) IV – I – II – I – I – II
(B) promoção de vendas ao consumidor. (C) IV – I – I – III – II – IV
(C) propaganda institucional. (D) II – III – III – I – IV – II
(D) propaganda de produto para demanda seletiva. (E) II – I – I – III – I – IV
(E) propaganda de produto para a demanda primária.
34
Considere as duas afirmativas abaixo.
32
Considere as afirmativas a seguir.
Os gerentes de atendimento das agências bancárias podem
ser considerados vendedores.
O setor bancário não conta com canais de marketing.
PORQUE
PORQUE
Os vendedores atuam na linha de frente das organizações e
Não faz sentido aplicar-se o conceito de distribuição de desempenham papéis como prospecção, comunicação,
produtos a organizações de serviço. prestação de serviços e coleta de informações, além da
venda propriamente dita.
Analisando as afirmativas acima, é correto concluir que:
(A) ambas são verdadeiras, e a segunda não justifica a Analisando as afirmativas acima, é correto concluir que:
primeira. (A) ambas são verdadeiras, e a segunda não justifica a
primeira.
(B) ambas são verdadeiras, e a segunda justifica a primeira.
(B) ambas são verdadeiras, e a segunda justifica a primeira.
(C) ambas são falsas.
(C) ambas são falsas.
(D) a primeira é falsa e a segunda, verdadeira. (D) a primeira é falsa e a segunda, verdadeira.
(E) a primeira é verdadeira e a segunda, falsa. (E) a primeira é verdadeira e a segunda, falsa.

7
PROVA 2 - AMARELA
35 38
Se se fizer uma analogia com os principais tipos de varejo Um aluno da disciplina de fundamentos de marketing de serviços

existentes, um Banco de investimento deve ser enquadrado leu na apostila que, no caso de serviços, ao contrário do de bens
físicos, a produção, o consumo e a entrega eram simultâneos. O
como um(a):
aluno, funcionário de um grande Banco, buscou aplicar exemplos
(A) loja de conveniência.
desse ensinamento à realidade do seu trabalho e achou que essa
(B) loja de especialidades.
característica dos serviços não se aplicava ao setor de Bancos.
(C) loja de departamentos. Como embasamento do seu ponto de vista, formulou as quatro
(D) hipermercado. afirmativas a seguir.
(E) supermercado.
I - O serviço de uma seguradora de veículos só começa a
36 ser prestado de fato para um cliente a partir do momento
em que ele comunica a ocorrência de um sinistro, muito
O Banco ABC atravessa uma fase de redefinição de seus
embora o cliente possa ter contratado o seguro meses
processos internos e encarregou Marcos, gerente de relacio-
antes.
namento com os clientes, de apresentar os prós e contras da
II - Certos fundos de investimento só creditam o valor do res-
implementação de um sistema de CRM integrado. Marcos gate na conta do investidor alguns dias depois de o res-
fez um rápido estudo e apresentou as seguintes conclusões: gate ter sido solicitado.
III - Para clientes que têm crédito pré-aprovado pelo Banco,
I - aumento na taxa de retenção de clientes; os empréstimos solicitados ao Banco são feitos de for-
ma quase imediata, comparativamente com o tempo de
II - aumento nos custos de aquisição de novos clientes;
que o cliente dispõe para quitar a dívida contraída.
III - aumento na eficiência da segmentação de clientes;
IV - As compras feitas com cartão de crédito se dão ao longo
IV - possibilidade de avaliação da lucratividade dos clientes;
de um mês, mas o pagamento, se efetuado sem juros, é
V - dificuldade na realização de ofertas cruzadas. feito de uma só vez, na data de vencimento do cartão.

Dentre as conclusões apresentadas, as que de fato Das afirmativas acima, quantas são, de fato, contra-exem-
correspondem a características do CRM são: plos da característica da inseparabilidade entre consumo,
produção e entrega de serviços?
(A) I, II, III, IV e V.
(A) Quatro.
(B) I, II, IV e V, apenas.
(B) Três.
(C) I, III e IV, apenas.
(C) Duas.
(D) II e V, apenas. (D) Uma.
(E) I e III, apenas. (E) Nenhuma.

37 39
A Internet aplicada aos Bancos apresenta uma série de con- Embora a estratégia de diferenciação não seja de aplicação

seqüências, entre as quais a: impossível no setor bancário, ela se torna um tanto dificulta-
da em razão da(o):
(A) redução dos custos de pesquisa.
(A) manutenção de relações permanentes com os clientes.
(B) redução da possibilidade de personalização das ofertas.
(B) grande quantidade de clientes dos Bancos.
(C) restrição da gama de produtos oferecida.
(C) relação de dupla direção com os clientes.
(D) dificuldade de ampliação da base de clientes. (D) padronização da operação das agências.
(E) dificuldade de implementação do marketing um a um. (E) alto grau de regulamentação da atividade.

8
PROVA 2 - AMARELA
40 GESTÃO DE PESSOAS
Um consultor de marketing fez uma pesquisa junto a
correntistas de um Banco, no intuito de avaliar a qualidade 41
percebida pelos clientes, no tocante a cinco dimensões: com- Como parte do esforço de renovação de práticas de desenvolvi-
preensão das necessidades dos clientes, rapidez de respos- mento de seus talentos, a área de Gestão de Pessoas de um
ta, acesso, flexibilidade e tangibilidade. determinado Banco substituiu a tradicional avaliação de de-
sempenho pelo GDP - Gestão de Desempenho Profissional.
Os resultados foram plotados em um gráfico do tipo radar,
Isso ocorre porque a instituição:
conforme apresentado a seguir. Nesse gráfico, quanto mais
próxima a linha cheia estiver dos vértices do pentágono
I - considera que não basta identificar os problemas funcio-
tracejado, melhor a avaliação; inversamente, quanto mais pró- nais, mas, também, traçar ações no sentido de saná-los;
xima do centro do polígono, pior. II - reconhece o valor das informações geradas pelas siste-
máticas de avaliação de desempenho para subsidiar as
Compreensão das necessidades demais ações de gestão de pessoas;
10 III - vê a GDP como parte de um processo mais amplo de
gestão organizacional.

É(São) correta(s) a(s) afirmação(ões):


Rapidez (A) I, II e III.
Tangibilidade de (B) II e III, apenas.
resposta (C) I e III, apenas.
0 (D) II, apenas.
(E) I, apenas.

42
As diversas denominações atribuídas ao gerenciamento das
pessoas no contexto organizacional contemporâneo revelam,
em certa medida, a forma pela qual as mudanças ocorridas no
Flexibilidade Acesso mundo, de um modo geral, impactam o ambiente de trabalho,
especificamente falando. Essas diferentes denominações
revelam concepções diversas sobre o indivíduo no trabalho, o
O consultor registrou também uma série de reclamações fei-
que, por sua vez, revela diferentes visões de mundo. Uma
tas pelos entrevistados, algumas das quais são listadas a
determinada abordagem assinala três diferentes visões que
seguir. Indique a opinião mais coerente com a situação repre- caracterizam o mundo em que vivemos: mecânica, econômica
sentada no gráfico. e holística. No contexto da visão holística pode-se afirmar que:
(A) Não se consegue falar com aquele Banco! O gerente está
sempre ocupado, e todas as vezes que eu ligo para a I - o mundo é um sistema dinâmico e complexo, com múl-
central de atendimento ao cliente, tenho que esperar ho- tiplas dimensões e funções interconectadas;
ras até que alguém atenda. II - a história é relevante para a compreensão do mundo,
(B) Com eles não tem jogo; as coisas têm que ser sempre do pois o passado, o presente e o futuro estão inevitavel-
jeito deles! Vai tentar negociar uma extensão de prazo de mente conectados;
pagamento de um empréstimo para você ver o que é bom! III - o contexto é o produto das diferentes percepções dos
(C) Qualquer um fica com a pior impressão possível quando diversos grupos de atores sociais que compartilham dis-
entra naquela agência: é uma barulheira infernal, os mó- tintas visões do mundo;
veis são velhos, o aspecto é sujo, um horror! IV - a organização é um sistema aberto e dinâmico, influen-
ciada pelos sistemas mais amplos com os quais realiza
(D) O meu gerente fala comigo como se eu fosse um especia-
trocas.
lista em finanças! Dificilmente eu entendo as coisas que
ele diz. Tudo que eu queria era saber onde eu aplico o meu
É(São) correta(s) a(s) afirmativa(s):
dinheiro com segurança.
(A) I, II, III e IV.
(E) Duas semanas antes do vencimento da apólice do segu- (B) II e III, apenas.
ro do meu carro, pedi a eles uma cotação para renova- (C) I e IV, apenas.
ção; passou-se uma semana, ninguém me ligou de volta, (D) III, apenas.
eu contratei o seguro de outro Banco. (E) II, apenas.

9
PROVA 2 - AMARELA
43 46
A alta direção do Banco Moeda S/A., atenta às inovações É sabido que na dinâmica interna dos grupos o conflito tende
nas práticas de gestão de pessoas, decidiu incorporar a noção a emergir. Afinal, quanto mais heterogênea for uma equipe,
de gestão estratégica de pessoas. Para tanto, sondou
Roberto, consultor de empresas e especialista em maior a tendência ao surgimento desse fenômeno. Isso por-
implantação de modelos de mudança organizacional em que pessoas com formações, experiências, visões de mundo
empresas financeiras. Roberto, antes de aceitar o convite e personalidades diferentes tendem a ter um nível significati-
para ser o vice-presidente da área de Desenvolvimento de vo de discordância em relação aos assuntos tratados em equi-
Pessoas, fez questão de explicar que, para o
pe. No entanto, esse mesmo aspecto da heterogeneidade do
empreendimento ser bem sucedido, seria necessário:
grupo é apontado como relevante para a:
I - relacionar a gestão de pessoas à estratégia (A) simetria.
organizacional; (B) convergência.
II - desvincular a estratégia de recursos humanos do pro-
(C) criatividade.
cesso de implementação da estratégia corporativa;
III - desenvolver as diversas etapas da estratégia funcional (D) harmonia.
com base na visão do negócio; (E) sintonia.
IV - associar as competências individuais ou das equipes com
as estratégias organizacionais.
47
É(São) correto(s) o(s) item(ns): A despeito de representarem um conjunto de pessoas, grupo e
(A) I, III e IV, apenas. equipe possuem conotações distintas. A esse respeito, anali-
(B) II e III, apenas. se as afirmações a seguir e indique a única INCORRETA.
(C) I e IV, apenas.
(A) As habilidades dos componentes de uma equipe são
(D) III, apenas.
(E) II, apenas. direcionadas ao cumprimento de tarefas vinculadas a um
objetivo maior.
44 (B) As atribuições e as responsabilidades individuais dos in-
Eduardo trabalha em uma instituição financeira há quinze anos. tegrantes de um grupo estão claramente definidas e são
De origem humilde, começou como caixa, no momento em
que ingressava na Faculdade de Administração. Tanto o seu do conhecimento de todos.
curso de Graduação como o de Mestrado foram financiados (C) A unidade do grupo é decorrente dos laços afetivos esta-
pela empresa. Além disso, Eduardo pôde comprar sua casa belecidos entre seus membros.
própria, casar e formar a família que tem hoje. Em retrospec- (D) Grupo é o conjunto de pessoas que compartilham valo-
tiva, ele é grato à instituição por tudo o que conseguiu na vida
res, crenças, visões semelhantes de mundo e possuem
e sente-se moralmente obrigado a permanecer na organiza-
ção a despeito das mudanças ocorridas em tempos recen- uma identidade.
tes. Tinha expectativa de galgar um posto de comando, ocu- (E) Equipe é o conjunto de pessoas que buscam um objetivo
pado por uma pessoa que veio de fora a fim de trazer idéias claro e definido.
novas. Diante disso, pode-se afirmar que o comprometimento
de Eduardo com a empresa em que trabalha é do tipo:
(A) instrumental. (B) afetivo. 48
(C) institucional. (D) normativo. Carlos é reconhecido por sua habilidade para definir e estruturar
(E) relacional. tanto o seu papel quanto o dos seus subordinados. Além dis-
so, é notório o seu foco no cumprimento das metas e a sua
45
Em tempos em que se destacam o aprendizado preocupação com os aspectos técnicos, o cumprimento dos
organizacional e a gestão do conhecimento como fontes de padrões, os métodos e procedimentos de trabalho de sua
vantagem competitiva, o exercício da liderança no papel do equipe. Diante disso, é correto afirmar que a liderança gerencial
mentor se faz primordial. O papel de mentor contempla os
de Carlos é do estilo:
aspectos relacionados a seguir, EXCETO um. Indique-o.
(A) Identificação das necessidades de aprendizagem de sua (A) causal.
equipe. (B) situacional.
(B) Recomendação de treinamentos e outras ações educacionais. (C) relacional.
(C) Orientação quanto à melhor maneira de realizar o trabalho. (D) tarefa.
(D) Respeito e valorização das iniciativas da equipe.
(E) Gestão dos conflitos interpessoais e organizacionais. (E) orientado para as pessoas.

10
PROVA 2 - AMARELA
49 52
É sabido que existem dois tipos puros de recrutamento: inter- A mais recente pesquisa de clima organizacional realizada em
uma determinada empresa revelou um alto grau de
no (RI) e externo (RE). Ambos apresentam vantagens e des-
insatisfação entre os funcionários a respeito da sistemática de
vantagens. Uma determinada empresa, em suas diretrizes de avaliação adotada por alguns gerentes. Entre os erros mais
gestão de pessoas, orienta os seus gerentes a buscar, freqüentes cometidos pelos gerentes ao avaliar os funcionários,
prioritariamente, funcionários para preenchimento de vagas em encontra-se o efeito halo. Esse tipo de erro ocorre quando o
suas áreas. Diante disso, é possível apontar a predominância avaliador:
(A) oculta ou distorce propositadamente informações sobre o
do recrutamento interno. Esse estilo apresenta as seguintes julgamento do avaliado, a fim de prejudicá-lo ou beneficiá-lo.
vantagens: (B) toma por base apenas uma dentre várias tarefas que o
avaliado realiza, como, por exemplo, considerar apenas o
I - demonstra a valorização de pessoal; prazo de realização de uma atividade como critério para
definir uma avaliação.
II - apresenta menor margem de erro; (C) considera apenas um aspecto no qual o profissional se
III - motiva o público interno; destaca ou apresenta um desempenho inadequado e ge-
IV - cria novas formas de lidar com problemas; neraliza para todos os outros aspectos.
V - elimina o protecionismo e o nepotismo. (D) tende a abrandar o seu julgamento a respeito dos avalia-
dos e evitar feedbacks autênticos.
(E) tende a fazer uma avaliação média de suas equipes, evi-
É(São) verdadeira(s) a(s) vantagem(ns): tando atribuir escores altos ou baixos, mesmo que retra-
(A) II, III e V, apenas. tem a realidade.
(B) I, II e III, apenas.
53
(C) III e IV, apenas.
Iara Gonçalves, analista de recursos humanos de uma segu-
(D) I e II, apenas. radora, recebeu a incumbência de analisar os dados relativos
(E) I, apenas. à pesquisa anual de clima organizacional. De uma maneira
geral, os indicadores revelaram uma satisfação que variava
50 de média a boa. Contudo, um determinado aspecto no Depar-
tamento de Patrimônio e Administração de Materiais a intri-
Desenvolveu-se recentemente um modelo capaz de alinhar a gou: o elevado grau de insatisfação a respeito da carga de
gestão de desempenho à estratégia organizacional a partir treinamento durante o último ano. Afinal, a carga horária de
de cinco diferentes perspectivas de desempenho: resultado treinamento naquele período havia sido bastante expressiva e
econômico; estratégia e operações; satisfação do cliente; contemplava todas as lacunas apontadas na avaliação de
desempenho do ano anterior. Além disso, os funcionários se
comportamento organizacional e processos internos. Tais queixavam a respeito do fato de se sentirem um tanto estag-
perspectivas incluem tanto indicadores quantitativos como nados na função que desempenhavam.
qualitativos. Esse modelo é denominado: Após refletir sobre os indicadores, Iara concluiu que havia,
(A) Enterprise Resource Planning. entre os funcionários, uma confusão relativa aos conceitos
de treinamento e desenvolvimento. A esse respeito, assinale
(B) Economic Value Added.
a afirmação INCORRETA.
(C) Break Even Point. (A) Enquanto o treinamento é voltado para a melhoria do de-
(D) Activity Based Costing. sempenho no trabalho, o desenvolvimento se relaciona
(E) Balanced Scorecard. ao crescimento do indivíduo, desvinculado de um trabalho
específico.
(B) As ações que possibilitam a aprendizagem dos emprega-
51 dos, sem que se objetive enfocar o desempenho de uma
Pedro Paulo está encarregado de implementar um sistema determinada atividade, podem ser consideradas como
de avaliação que emprega diversas fontes de informação. Além ações de desenvolvimento de pessoas.
do próprio funcionário, serão recolhidas impressões dos su- (C) As oportunidades oferecidas para que o empregado apren-
da novas habilidades e fique apto a enfrentar novos desa-
bordinados (se existirem); da chefia imediata; dos pares-co- fios na empresa dizem respeito às idéias de educação e
legas de trabalho; dos clientes e fornecedores. Pedro Paulo desenvolvimento.
realizará, portanto, uma avaliação: (D) O treinamento, tradicionalmente, tem sido associado à su-
(A) sistêmica. peração de problemas de desempenho dos empregados,
ao passo que o desenvolvimento se refere à adaptação a
(B) bilateral. novas tecnologias.
(C) 360 graus. (E) A resolução de problemas de desempenho no trabalho,
(D) holística. muitas vezes identificados a partir de uma avaliação for-
(E) integral. mal, constitui o foco do treinamento.

11
PROVA 2 - AMARELA
54 57
Um determinado Banco – referência nacional no mercado de A conduta ética deve retratar os valores desejados pela orga-
grandes empresas – atento à necessidade de retenção de nização, não somente no comportamento dos seus empre-
seus talentos, decidiu por oferecer aos seus melhores opera- gados e acionistas, mas também na relação com os clien-
tes, fornecedores, parceiros, concorrentes, órgãos regulado-
dores financeiros uma participação acionária. Diante disso, é
res e comunidade em geral.
correto afirmar que o sistema de recompensas dessa institui-
ção financeira contempla remuneração: PORQUE
(A) ocupacional.
(B) variada. A falta de ética nos negócios afeta a imagem da organização e,
(C) funcional. provavelmente, comprometerá a realização de novos negócios.
(D) por habilidades.
Analisando as afirmações acima, conclui-se que:
(E) por competência. (A) a primeira afirmação é verdadeira, e a segunda é falsa.
(B) a primeira afirmação é falsa, e a segunda é verdadeira.
55 (C) as duas afirmações são falsas.
O ambiente altamente competitivo dos negócios tem forçado (D) as duas afirmações são verdadeiras, e a segunda justifi-
as organizações a buscar novas formas de retenção de talen- ca a primeira.
tos. Afinal, as empresas necessitam de profissionais que (E) as duas afirmações são verdadeiras, e a segunda não
justifica a primeira.
apresentem as competências fundamentais para atuar nesse
contexto. A remuneração baseada em competências surge 58
como uma remuneração típica para essa conjuntura porque Recrutar e selecionar são processos perfeitamente
tal tipo de remuneração: dissociáveis.
(A) percebe o crescimento salarial na carreira como investi-
mento para a melhoria do desempenho organizacional. PORQUE
(B) fortalece o modelo de organização do trabalho baseado
Enquanto o recrutamento se encarrega de atrair pessoas que
em produtos.
atendam às necessidades da organização, o processo de
(C) coloca na organização a responsabilidade pelo desenvol- seleção parte do pressuposto de que existe a opção de esco-
vimento de seus funcionários. lha, a qual deve contemplar a seleção de pessoas que se
(D) caracteriza-se pelo estabelecimento, a priori, das ativida- aproximam de um modelo associado às estratégias
des pelas quais cada profissional é responsável. organizacionais.
(E) baseia-se na definição do espaço de atuação do funcio-
nário na organização. Analisando as afirmações acima, conclui-se que:
(A) a primeira afirmação é verdadeira, e a segunda é falsa.
(B) a primeira afirmação é falsa, e a segunda é verdadeira.
56 (C) as duas afirmações são falsas.
O clima organizacional não deve ser a única dimensão a ser (D) as duas afirmações são verdadeiras, e a segunda justifi-
considerada em processos de mudança organizacional. ca a primeira.
(E) as duas afirmações são verdadeiras, e a segunda não
PORQUE justifica a primeira.

59
O clima organizacional refere-se à percepção que as pessoas
O crescimento do empregado é uma função da atuação em
têm da organização em que trabalham, enquanto a cultura tem cargos com crescentes níveis de complexidade.
um caráter histórico mais profundo, remetendo às origens da or-
ganização, ao processo de definição dos seus valores básicos e PORQUE
à modelagem dos padrões culturais.
O desenvolvimento de carreira em uma empresa guarda uma
Analisando as afirmações acima, conclui-se que: relação estreita com o plano de cargos e salários.
(A) a primeira afirmação é verdadeira, e a segunda é falsa.
Analisando as afirmações acima, conclui-se que:
(B) a primeira afirmação é falsa, e a segunda é verdadeira. (A) a primeira afirmação é verdadeira, e a segunda é falsa.
(C) as duas afirmações são falsas. (B) a primeira afirmação é falsa, e a segunda é verdadeira.
(D) as duas afirmações são verdadeiras, e a segunda justifi- (C) as duas afirmações são falsas.
ca a primeira. (D) as duas afirmações são verdadeiras, e a segunda justifi-
(E) as duas afirmações são verdadeiras, e a segunda não ca a primeira.
(E) as duas afirmações são verdadeiras, e a segunda não
justifica a primeira.
justifica a primeira.

12
PROVA 2 - AMARELA
60 GESTÃO FINANCEIRA
É possível a adoção de critérios múltiplos de reconhecimento
do desempenho dos empregados, observando-se, atualmen- 61
te, a convivência da remuneração fixa com a variável. Um indivíduo fez uma aplicação com taxa pré-fixada de
1% ao mês. Entretanto, antes de concluir um mês, precisou
PORQUE fazer o resgate. Suponha que seja possível resgatar este
montante considerando os regimes de capitalização simples
A remuneração variável é um mecanismo de reconhecimento ou composto. É correto afirmar que o montante:
que reforça a ênfase dada aos aumentos no salário fixo a fim (A) obtido pelo regime simples será igual ao capital inicial
de valorizar o bom desempenho, as competências profissio- (não haverá juros simples).
nais e a capacidade de os empregados agregarem valor à (B) obtido pelo regime simples será maior.
organização. (C) obtido pelo regime composto será maior.
(D) obtido pelo regime composto será igual ao capital inicial
Analisando as afirmações acima, conclui-se que: (não haverá juros compostos).
(A) a primeira afirmação é verdadeira, e a segunda é falsa. (E) será o mesmo para os dois regimes de capitalização.
(B) a primeira afirmação é falsa, e a segunda é verdadeira.
62
(C) as duas afirmações são falsas.
Uma empresa possui uma nota promissória no valor de
(D) as duas afirmações são verdadeiras, e a segunda justifi-
R$110.000,00, a ser paga daqui a quatro meses. A empresa
ca a primeira.
decide antecipar este recebimento e procura uma instituição
(E) as duas afirmações são verdadeiras, e a segunda não
financeira que realiza este tipo de antecipação com taxa
justifica a primeira.
de juros de 30% ao ano (regime de juros simples). Nesta
situação, pode-se garantir que o(a):
(A) desconto racional ou por dentro é de R$11.000,00.
(B) desconto comercial ou por fora é de R$2.500,00.
(C) desconto por fora é de R$33.000,00.
(D) empresa receberá R$99.000,00, se for aplicado o
desconto comercial.
(E) empresa receberá R$90.000,00, se for aplicado o
desconto racional.

63
A fim de comprar um apartamento, Osmar decidiu tomar
um empréstimo de R$150.000,00 num Banco que opera
com uma taxa de 1% ao mês para correção de saldo.
O contrato de financiamento previa o sistema SAC
(Amortizações Constantes), em 100 pagamentos mensais.
Nessa situação, a primeira prestação, em reais, que
Osmar vai pagar será de:
(A) 3.030,00 (B) 3.000,00
(C) 2.500,00 (D) 1.515,00
(E) 1.500,00

64
A Companhia BPS foi fundada no início deste ano, com um
Caixa constituído de R$10.000,00. As vendas nos meses de
janeiro e fevereiro corresponderam a R$300.000,00 e
R$400.000,00, respectivamente. Do total das vendas efetuadas,
40% são recebidas no próprio mês das vendas e 60% são
recebidas no mês seguinte. Estima-se que os custos
totais de produção alcancem 70% da receita, sendo pagos
50% no próprio mês e 50% no mês seguinte. Os produtos
são vendidos no próprio mês em que são fabricados.
Desconsiderando-se quaisquer outros recebimentos ou
despesas, pode-se garantir que o Caixa, em reais, ao final de
fevereiro, correspondeu a:
(A) 25.000,00 (B) 45.000,00
(C) 120.000,00 (D) 185.000,00
(E) 225.000,00

13
PROVA 2 - AMARELA
As questões de nos 65 a 67 devem ser respondidas com 70
base no enunciado a seguir. Comparando o Método de Custeio Baseado em Atividades
(ABC) e o Método de Custeio por Absorção Tradicional (CAT),
As empresas ALFA e BETA possuem a mesma Receita, no assinale V (Verdadeiro) ou F (Falso).
valor de R$20.000,00, em um determinado ano; o CMV de
ambas representa 50% da Receita e as despesas adminis- ( ) O ABC aloca custos fabris e não fabris ao produto,
trativas de cada uma são de R$5.000,00. Enquanto ALFA paga enquanto o CAT só aloca ao produto os custos fabris.
um aluguel de R$3.000,00 por ano, BETA adquiriu, no ano ( ) Todos os custos fabris são alocados ao produto no ABC
e nem todos os custos fabris são alocados ao produto
passado, um imóvel de R$120.000,00 (depreciável em 20 anos).
no CAT.
A alíquota de Imposto de Renda é de 25%. Considere que os
( ) Somente o Método ABC utiliza dois estágios de alocação
pagamentos e recebimentos se dão à vista. de custos, devido à transferência intermediária pela
camada das atividades.
65 ( ) Ambos os métodos produzem um sistema gerencial de
Os Lucros Líquidos de ALFA e de BETA no ano em questão,
informação importante chamado Gestão Baseada em
em reais, serão, respectivamente, de:
Atividades, voltada para a otimização dos custos das
(A) 2.000,00 e 500,00
(B) 2.000,00 e −1.000,00 atividades, segundo o valor que agregam à organização.
(C) 1.500,00 e 5.000,00
(D) 1.500,00 e −1.000,00 A seqüência correta é:
(E) 1.500,00 e −1.250,00 (A) V, V, F, F
(B) V, F, F, V
66 (C) V, F, V, F
Os Fluxos de Caixa de ALFA e de BETA no ano em questão, (D) F, V, V, V
em reais, serão, respectivamente, de: (E) F, F, V, V
(A) 1.500,00 e −1.000,00
(B) 1.500,00 e 5.000,00 71
(C) 2.000,00 e −1.000,00 Uma empresa apresenta os seguintes valores em seu
(D) 2.000,00 e 5.000,00 Balanço Patrimonial: bancos (R$50.000,00), contas a pagar
(E) 4.500,00 e 1.000,00 (R$40.000,00), empréstimos (R$35.000,00), imóveis
(R$100.000,00), estoques (R$20.000,00), veículos
67 (R$10.000,00) e salários (R$20.000,00). O valor do Patrimônio
Complementarmente aos dados do enunciado, considere que Líquido da empresa nesse ano, em reais, será de:
os proprietários de ALFA tenham investido R$10.000,00 nesse
(A) 180.000,00
negócio, onde o retorno exigido pelo acionista é de 10% ao
(B) 165.000,00
ano. Nessas condições, a agregação de valor do período foi:
(C) 125.000,00
(A) positiva, no valor de R$ 500,00.
(D) 85.000,00
(B) positiva, no valor de R$ 1.000,00.
(C) positiva, no valor de R$ 1.500,00. (E) 65.000,00
(D) positiva, no valor de R$ 2.500,00.
(E) negativa. 72
O lucro líquido de uma empresa ao final do ano contábil foi de
68 R$300.000,00. Esse lucro foi distribuído como se segue:
Após uma intensa negociação, um fornecedor permitiu que R$200.000,00 foram utilizados na compra de um equipamento
sua empresa passasse a pagar após 90 dias e não mais e R$100.000,00 foram contabilizados como reservas de
após 60 dias da data de entrega. Os demais prazos não lucro. Os lançamentos contábeis correspondentes às
mudaram; logo, o ciclo financeiro: alterações no Ativo do Balanço Patrimonial da empresa
(A) não mudou, nem o ciclo operacional. devem ser crédito de:
(B) aumentou e o ciclo operacional não mudou. (A) R$200.000,00 em Ativo Permanente e crédito de
(C) aumentou e o ciclo operacional também. R$100.000,00 em Ativo Circulante.
(D) diminuiu e o ciclo operacional não mudou. (B) R$200.000,00 em Realizável de Longo Prazo e crédito de
(E) diminuiu e o ciclo operacional aumentou. R$100.000,00 em Ativo Circulante.
69 (C) R$200.000,00 em Ativo Permanente e crédito de
A Governança Corporativa diz respeito aos sistemas de R$100.000,00 em Realizável de Longo Prazo.
controle e monitoramento estabelecidos para atender aos (D) R$200.000,00 em Ativo Permanente e débito de
interesses dos: R$100.000,00 em Empréstimos.
(A) sindicatos. (B) gestores. (E) R$100.000,00 em Realizável de Longo Prazo, crédito de
(C) auditores. (D) governos. R$100.000,00 em Ativo Permanente e crédito de
(E) acionistas. R$100.000,00 em Bancos.

14
PROVA 2 - AMARELA
73 77
A Empresa Gail apresenta os seguintes dados de custos A importância dos processos de auditoria tem crescido nos
operacionais para o período vigente: custos diretos últimos anos, em direção proporcional ao maior escrutínio
(R$100.000,00), indiretos (R$85.000,00), horas diretas de sobre as contas das empresas, após alguns casos de fraude
trabalho (5000) e horas-máquina (5000). Para essa empresa, em balanços contábeis. Sobre esses processos, são feitas
nesse período, a taxa predeterminada utilizada para o rateio as afirmações abaixo.
dos custos indiretos, em reais, é:
(A) 18,50 / HMOD (B) 17,00 / HMOD I - O auditor interno deve ser independente e não deve
(C) 10,00 / HMOD (D) 8,50 / HMOD possuir qualquer relação de hierarquia que implique
(E) 0,185 / HMOD alguma forma de intimidação.
II - O auditor interno é responsável por emissão de parecer
74 sobre as demonstrações contábeis (posição patrimonial
O planejamento tributário tem como base princípios tributários e financeira).
específicos que determinam o funcionamento das normas III - O auditor externo é responsável por implantar o sistema
tributárias no país. Os elementos fundamentais do tributo de controle contábil da empresa e hierarquização de
são a lei, o objeto e o fato gerador. Sobre esses elementos, funções, restringindo acessos simultâneos a diferentes
é correto afirmar que a(o): sistemas, com a finalidade de evitar fraude.
(A) lei cria os tributos e determina as condições de sua
cobrança, com exceção das taxas, que são definidas por Está(ão) correta(s) a(s) afirmativa(s):
norma ordinária do Executivo. (A) I, II e III. (B) II e III, somente.
(B) objeto representa as obrigações que o Estado deve ao (C) I e III, somente. (D) II, somente.
indivíduo, como educação, saúde, etc. (E) I, somente.
(C) objeto do Imposto de Renda é a renda auferida, proveni-
ente ou não de trabalho assalariado. 78
(D) fato gerador do ICMS é a execução de serviços tributáveis Uma empresa precisa determinar seu Saldo de Tesouraria
pela esfera governamental dos municípios. para decidir quanto pode investir em um ativo financeiro de
(E) fato gerador do Imposto de Renda é a obtenção de renda curto prazo. Sabe-se que o Ativo Circulante é de R$200.000,00,
e proventos de qualquer natureza por pessoa física ou o Passivo Circulante, de R$150.000,00, o Ativo Circulante
jurídica. Operacional, de R$100.000,00, e o Passivo Circulante
Operacional, de R$80.000,00. Assim, o Saldo de Tesoura-
75 ria, em reais, é:
Um analista tributário precisa decidir se a empresa deve pagar (A) 170.000,00 (B) 70.000,00
imposto de renda por lucro presumido. No ano, a empresa (C) 50.000,00 (D) 30.000,00
auferiu R$10.000.000,00 de receita total e R$1.240.000,00 de (E) 20.000,00
lucro pela venda de mercadorias. O resultado que deve ser
encontrado (incluindo-se a CSSL) pelo analista, em reais, é: 79
(A) 120.000,00 (B) 248.000,00 Um analista quer determinar o custo de capital próprio de
(C) 286.000,00 (D) 297.600,00 uma empresa para fixar seu custo de financiamento no
(E) 397.600,00 mercado. À sua disposição tem os seguintes dados: taxa
livre de risco de 15% ao ano, retorno de mercado de 17% e
76 beta da empresa de 2. Usando o modelo CAPM, o custo de
Sobre orçamento e planejamento financeiro são feitas as capital da empresa é:
afirmações a seguir. Analise-as. (A) 13% (B) 17%
(C) 19% (D) 20%
I - O planejamento operacional e financeiro é utilizado (E) 35%
internamente, enquanto externamente o mercado
acionário utiliza somente informações do Balanço 80
Patrimonial. O cálculo da alavancagem financeira, relevante para
II - O sistema orçamentário ajuda a assegurar unidade de mostrar o grau de endividamento da empresa, mede a
objetivos de todos os que trabalham na organização. relação entre a variação percentual do Lucro Líquido e a
III - O orçamento é um sistema dinâmico, cujas metas variação percentual do Lucro Operacional. Assim, para uma
devem ser reavaliadas sempre que a função “controle” empresa que apresentou, em 2005, lucro operacional de
identificar que não podem ser cumpridas. R$25.000,00 e lucro líquido de R$20.000,00 e, em 2006,
lucro operacional de R$30.000,00 e líquido de R$25.000,00,
Está(ão) correta(s) a(s) afirmativa(s): o grau de alavancagem financeira é:
(A) II e III, somente. (B) I e II, somente. (A) 0,8 (B) 1
(C) III, somente. (D) II, somente.
(C) 1,25 (D) 10
(E) I, somente.
(E) 125

15
PROVA 2 - AMARELA
GESTÃO DO CRÉDITO 82
Toda empresa precisa conhecer as pessoas com quem
81 negocia. Por isso, armazena informações sobre elas em seu
Analise os Quadros I e II a seguir. Cadastro de Clientes, tornando corporativo o conhecimento
que cada funcionário possui sobre os respectivos clientes.
Quadro I – Situação Em uma instituição financeira, o Cadastro de Clientes atende
A empresa “Empresa Ltda.”, por meio de seu a diversos objetivos relacionados a suas operações e permite
procurador, Sr. Representante, apresenta ao Banco, para a identificação de clientes, que é um dos princípios que
atualização cadastral, a seguinte documentação: devem compor suas Políticas de “Conheça seu Cliente”.
No Banco do Brasil, as Políticas de Identificação de Clientes
definem as orientações para registro, guarda, uso e atuali-
• Contrato Social, no qual consta que a gerência será
zação das informações cadastrais. Sobre esse assunto,
exercida por seus dois sócios, sem definir a forma
considere as afirmativas a seguir.
de uso (isolada ou conjuntamente). O Contrato Social
NÃO veda, porém também não autoriza explicitamente
I - A atualização e a comprovação de dados cadastrais
a possibilidade de delegação do uso da firma ou a
constituição de procuradores por seus sócios gerentes; podem ser dispensadas, quando se tratar de correntistas
com os quais o Banco não mantenha relação de crédito.
• Instrumento particular de procuração, no qual a Empresa
II - As informações cadastrais são administradas de forma
Ltda., por meio de um de seus sócios, delega amplos
sigilosa e utilizadas no atendimento dos interesses do
poderes ao Sr. Representante. A assinatura constante
Banco, de seus clientes e de potenciais fornecedores
da procuração foi reconhecida em cartório;
com os quais o Banco mantenha convênio para troca de
• Demonstrativos contábeis da empresa referentes aos três informações cadastrais.
últimos exercícios e comprovante de registro no CNPJ, III - O Banco registra e organiza, em base única de dados,
extraído no sítio da Secretaria da Receita Federal na informações cadastrais de clientes e fornecedores, bem
Internet, cuja autenticidade foi confirmada pelo funcio- como de seus representantes legais e procuradores.
nário em consulta ao referido sítio.
De acordo com as Políticas de Identificação de Clientes do
O Sr. Representante informa que a empresa promo- Banco do Brasil, está(ão) correta(s) a(s) afirmativa(s):
veu recente alteração contratual, com o objetivo de incluir, (A) I, II e III. (B) I e III, apenas.
em suas finalidades, atividade relacionada a prestação de
(C) I e II, apenas. (D) III, apenas.
serviços. Esclarece, porém, que a composição acionária e
(E) I, apenas.
o uso da firma permaneceram inalterados.
O portfólio de negócios da empresa com o Banco é
83
constituído por conta-corrente, aplicações financeiras e
Julgue as sentenças abaixo, sobre análise econômico-finan-
operações de crédito garantidas por aval dos sócios.
ceira de empresas, e assinale V (Verdadeiro) ou F (Falso).

Quadro II – Providências ( ) A elevação do giro dos estoques, tudo o mais constante,


implica redução do prazo médio de permanência de
I - Apresentação da(s) alteração(ões) contratual(is) estoques e, por conseqüência, aumento da necessidade
promovida(s); de capital de giro da empresa.
II - Alteração do Contrato Social, e respectivo registro ( ) A situação de passivo a descoberto, também denominada
na Junta Comercial, para explicitar a forma de uso prejuízo, ocorre quando, ao se confrontar em receitas, des-
da gerência e a possibilidade de delegação e/ou pesas e custos ao longo do exercício, o valor total das
constituição de procuradores; receitas é menor do que a soma dos custos e despesas.
III - Substituição da procuração por outra, passada por ( ) As contas Empréstimos Bancários e Duplicatas Descon-
ambos os sócios, por meio de instrumento público. tadas, sob a ótica do Banco, devem compor o Passivo
Circulante Financeiro.
Em referência à situação descrita no Quadro I, de acordo ( ) O Passivo Circulante Cíclico deve comportar contas que
com os normativos de Cadastro do Banco do Brasil, qual(ais) representam os financiadores normais da empresa e que
constituem fontes espontâneas de recursos, normalmente
providência(s), dentre as listadas no Quadro II, deve(m) ser
não sujeitas a juros, tais como fornecedores, impostos a
solicitada(s) ao cliente?
recolher, salários e encargos a pagar.
(A) II e III, apenas.
(B) I e III, apenas. A seqüência correta é:
(C) III, apenas. (A) V, V, F, F (B) V, F, V, V
(D) II, apenas. (C) F, V, V, V (D) F, F, V, V
(E) I, apenas. (E) F, F, F, F

16
PROVA 2 - AMARELA
84 86
Tendo por base os conceitos, premissas e estratégias A vinculação de garantias em operações de crédito tem
adotados pelo Banco do Brasil nos processos de Cobrança e por objetivo gerar maior comprometimento do tomador de
Recuperação de Créditos, assinale a afirmativa correta. recursos ou do terceiro interveniente na solução do
(A) Caracterizada a situação de inadimplemento, observada compromisso assumido, proporcionando maior segurança ao
a relação custo/benefício, deve-se buscar contato com o negócio. Sobre esse assunto é correto afirmar que:
cliente, por meio do uso simultâneo dos canais de (A) os bens a serem recebidos em garantia real devem ser
cobrança aplicáveis a cada caso, como forma de se analisados quanto à sua adequabilidade ao crédito e aos
garantir maior efetividade das ações. interesses do Banco, devendo-se optar pelos de fácil
(B) O processo de cobrança visa a garantir o retorno das localização, conservação, resgate e comercialização.
operações à situação de normalidade, preservando o (B) o proprietário do bem a ser vinculado em garantia real
relacionamento com o cliente, enquanto que o de recupe- deve possuir situação patrimonial e financeira superior ao
ração visa a garantir o retorno dos capitais emprestados, valor da operação de crédito, pois na hipótese de
minimizando eventuais perdas de crédito. inadimplemento todos os seus bens responderão pela
(C) O recálculo de uma dívida por valor inferior ao “cálculo dívida.
financeiro” e sua respectiva renegociação representam (C) as garantias mínimas a serem exigidas do cliente já são
uma estratégia de cobrança, visto que permitem retornar definidas, por medida de segurança, no estabelecimento
a operação para a situação de normalidade e preservar o do limite de crédito, eliminando-se a possibilidade de
relacionamento de crédito com o cliente. contratação de operação sem a vinculação de garantias.
(D) as garantias reais e as pessoais são as preferidas dos
(D) A reclassificação do risco de operações constitui uma
Bancos, visto que, entre outras vantagens, asseguram
das ações pertencentes ao rol de estratégias de Cobrança
ao credor o direito preferencial de receber a dívida na
e Recuperação de Crédito adotadas pelo Banco do Brasil.
hipótese de falência do devedor.
(E) A terceirização da cobrança extrajudicial é a estratégia
(E) a fiança prestada por mais de uma pessoa implica
na qual o Banco vende dívidas de difícil recuperação para
responsabilidade solidária entre os fiadores, quando
outras empresas ou a outra instituição financeira, como estipulada divisão das partes que lhe couberem no
faz, atualmente, o Banco do Brasil, ao terceirizar dívidas pagamento da dívida.
de pequeno valor para a Ativos S/A.
87
85 A condução de operação de crédito consiste no contínuo
A carteira de crédito de uma instituição financeira é formada acompanhamento das atividades financiadas, visando a
pelo conjunto de operações de crédito contratadas com seus identificar situações que possam dificultar o retorno dos
clientes. Tendo por base as diferentes modalidades de capitais nas datas acordadas no instrumento de crédito.
operações de crédito que compõem a carteira de crédito do Nesse contexto, analise as afirmativas abaixo.
Banco do Brasil, julgue as sentenças abaixo, assinalando
V (verdadeiro) ou F (falso). I - A alteração de garantias por meio da remição implica
liberação de bens vinculados, mediante amortização ou
( ) A Cédula de Produto Rural é um título cambial negociá- liquidação da dívida que estejam garantindo.
vel no mercado, que permite ao produtor rural II - A comprovação da aplicação dos recursos da operação
comercializar antecipadamente sua produção. restringe-se à verificação da correta utilização dos
( ) As operações de exportação e as prestações de garan-
valores liberados pelo financiamento, de uma só vez ou
tia de importação e exportação sujeitam-se ao estabe-
parceladamente.
lecimento prévio de um teto de operações.
III - A comprovação da correta aplicação dos recursos pode
( ) No crédito geral, as linhas de crédito destinadas a
ser feita com base em notas fiscais quitadas, recibos e,
atender às necessidades de gastos gerais com a
produção e gastos com pessoal são classificadas como também, nos laudos de fiscalização.
de custeio. IV - A exigência de liquidação antecipada de operação é uma
( ) No crédito rural, as operações de pré-comercialização medida que pode decorrer das ações de fiscalização
são utilizadas para suprir de recursos as atividades de efetuadas na condução do financiamento.
venda da produção agrícola e pecuária. V - Os gastos da fiscalização realizada extraordinariamente
( ) Tanto o ACC quanto o ACE são operações da área por motivo de irregularidade na condução do empreen-
internacional utilizadas para financiar as necessida- dimento devem ser contabilizados como despesa do
des de investimentos da empresa exportadora. Banco.

A seqüência correta é: Estão corretas, apenas, as afirmativas:


(A) F, F, V, V, V (A) II, III, IV e V
(B) F, V, F, F, V (B) III, IV e V
(C) V, F, F, V, F (C) II, III e V
(D) V, F, V, V, F (D) I, III e IV
(E) V, V, V, F, F (E) I, II e III

17
PROVA 2 - AMARELA
88 90
Determinada empresa apresenta proposta para construção Leia os textos a seguir.
de um posto de revenda de combustível automotivo com
recursos do BNDES. Com relação à exigência de docu- Texto 1: Empresas se instalam na China e exportam menos
mentos para análise e contratação da operação, devem
ser solicitados à proponente, dentre outros, os seguintes
As multinacionais estão substituindo exportações para a
China, feitas de países como o Brasil, por produção local,
documentos: graças aos maciços investimentos que realizaram no país.
(A) CND do INSS, CRF do FGTS, licenças ambientais e Com um conjunto de medidas protecionistas, que vai de
Autorização Especial de Trânsito (AET – DNIT). altas tarifas de importação a exigências de conteúdo local, o
(B) Cadastro na Embratur, CND do INSS, CRF do FGTS e governo chinês dificulta a entrada de produtos manufatura-
licenças ambientais. dos. As fábricas instaladas no Brasil também reduzem suas
(C) Matrícula da obra no INSS, CND do INSS, CRF do FGTS exportações à medida que os chineses incorporam tecnologia.
e licenças ambientais. Jornal Valor Econômico, 01 fev. 2007.
(D) Matrícula da obra no INSS, cadastro na Embratur, CRF
do FGTS e licenças ambientais. Texto 2: Dólar segue despencando e cai abaixo dos
R$ 2,10 pela 1ª vez em 9 meses
(E) Autorização Especial de Trânsito (AET – DNIT), matrícula
da obra no INSS e Cadastro na Embratur. Em queda desde o dia 29 de janeiro, o dólar comercial segue
na mesma balada nesta sexta-feira e cai abaixo dos R$ 2,10
89 pela primeira vez desde maio de 2006. Logo no início dos
Considere as seguintes situações: negócios deste último dia útil da semana, a moeda americana
recuava 0,67% em relação ao fechamento de ontem, vendida
Situação I – Operação no valor de R$ 950.000,00, lastreada a R$ 2,088. Ontem, o dólar encerrou o dia em baixa de 1,04%,
por recursos internalizados no Banco, proposta por cliente a R$ 2,102 na venda, menor cotação também desde maio
isento de restrições, sem endividamento no Banco e sem de 2006. As tesourarias bancárias vêm ampliando suas
limite de crédito vigente, deferida pelo comitê de crédito da posições vendidas em dólar e o cenário externo favorável
agência. reforça a perspectiva de continuidade dos ingressos de
Situação II – Operação no valor de R$ 800.000,00, deferida recursos no país.
www.uol.com.br/economia. Acesso em: 02 fev. 2007.
pelo primeiro gestor da agência, enquanto que, de acordo
com os normativos do Banco, a alçada respectiva é do Em referência específica a uma indústria instalada no Brasil
comitê de crédito da superintendência. cuja produção é exportada para a China, com contratos de
exportação em dólar americano e compromissos em reais,
Em alguma(s) dessas situações cabe a afirmativa de que dentre os riscos que interferem no risco de crédito, os que se
não houve extrapolação das Políticas de Crédito e associam diretamente aos fatos relatados nos Textos 1 e 2
Risco de Crédito do Banco do Brasil, pela respectiva são os riscos:
razão apresentada? (A) de conjuntura e operacional.
(A) Não, em nenhuma das situações – porque, ressalvadas (B) de conjuntura e de mercado.
as exceções previstas nas Políticas de Crédito e Risco (C) de mercado e de liquidez.
de Crédito do Banco do Brasil, a realização de operação (D) de mercado e operacional.
que implique assunção de risco de crédito está condicio- (E) legal e de mercado.
nada à existência de limite de crédito estabelecido e as 91
decisões de negócios com risco de crédito devem ser A formalização é a etapa do processo de crédito que
exercidas em comitê. materializa a contratação da operação, registrando as
(B) Sim, em ambas as situações – porque, na Situação I, a condições negociadas e aceitas pelo Banco e pelo cliente.
existência de recursos internalizados no Banco dispensa Sobre esse assunto, é correto afirmar que:
a necessidade de limite de crédito e, na Situação II, (A) todos os instrumentos de crédito que contenham
houve extrapolação apenas de aspectos normativos não vinculação de garantia real, para ter validade, devem
previstos nas Políticas de Crédito e Risco de Crédito do ser levados a registro no cartório competente.
Banco do Brasil. (B) todas as folhas das cédulas e notas de crédito devem
(C) Sim, na Situação II, apenas – porque não se observaram conter intervinculação entre si e devem estar assinadas/
tão-somente as alçadas para deferimento da operação, rubricadas pelo devedor, coobrigados, quando houver, e
aspecto este de cunho normativo não previsto nas Po- pelos representantes do Banco.
líticas de Crédito e Risco de Crédito do Banco do Brasil. (C) as cédulas, notas de crédito e os contratos são emitidos
(D) Sim, na Situação I, apenas – porque as operações com em uma única via, podendo ser extraídas tantas cópias
quantas necessárias, apondo-se em todas elas a expres-
lastro em recursos internalizados, por não implicarem são “VIA NÃO NEGOCIÁVEL”.
assunção de risco de crédito pelo Banco, não estão (D) os instrumentos de crédito devem ser conferidos quanto
sujeitas às Políticas de Crédito e Risco de Crédito do à suficiência e correção das cláusulas, exceto os
Banco do Brasil. emitidos automaticamente pelo sistema corporativo do BB.
(E) Sim, na Situação I, apenas – porque a operação está (E) o direito de preferência do Banco sobre os bens vincula-
amparada em recursos internalizados no Banco, o que dos em garantia não se garante pela expressão
dispensa a necessidade de prévio estabelecimento de “sem concorrência de terceiros” contida na cláusula de
limite de crédito. garantia, mas, sim, pelo registro cartorário do instrumento.

18
PROVA 2 - AMARELA
92 94
Numa visita ao cliente para subsidiar análise e decisão de A X Ltda., empresa de pequeno porte, recorre constante-
crédito, devem ser realizados os procedimentos abaixo, mente a empréstimos bancários para financiar a compra de
EXCETO um. Indique-o. mercadorias, a qual vem ocorrendo, quase que na totalidade
(A) Limitar-se, durante a visita, às indagações previamente dos negócios, por meio de pagamento à vista. Esse fato é
planejadas, a fim de permitir que a entrevista transcorra relevante na análise de risco e estabelecimento do limite de
com a maior objetividade e formalidade possível. crédito da Empresa X Ltda.?
(B) Marcar a visita com antecedência, a fim de permitir
tempo hábil ao cliente para providenciar a documentação I - Sim, já que pode sinalizar falta de crédito junto aos
e/ou acertar a participação de outras pessoas que tenham fornecedores, indicando problemas com pontualidade no
informações relevantes sobre a empresa, como contado- pagamento de seus compromissos.
res, gerentes e assessores. II - Sim, pois pode impactar negativamente a rentabilidade
(C) Observar a atualidade e a confiabilidade dos documentos do negócio, o que poderia comprometer o pagamento do
que subsidiaram as últimas análises de crédito e/ou empréstimo pleiteado.
alterações cadastrais e verificar, quando for o caso, a III - Sim, visto que a política de compras adotada revela
súmula de limite de crédito, identificando eventuais solidez da empresa e preocupação dos dirigentes com a
recomendações. manutenção da sua credibilidade.
(D) Obter previamente informações sobre os negócios do IV - Não, visto que a metodologia do ANC Microempresas
cliente, seu ramo de atividade, principais produtos, não trata esse tipo de informação na análise do cliente.
clientes, fornecedores e concorrentes, bem como sobre
os produtos do Banco que possam interessar ao cliente. Está(ão) correta(s), apenas, a(s) afirmativa(s):
(E) Elaborar o roteiro de entrevista, contendo, dentre outros (A) I, II e III (B) II e III
aspectos, os principais tópicos que serão abordados, (C) I e III (D) I e II
agrupados por afinidade, e a estratégia para a abertura, (E) IV
exploração dos assuntos e encerramento da visita.
95
93 Cliente do Banco há dois anos, a Empresa Novelos Ltda.,
cuja atividade é o comércio de fios e linhas para tecelagem,
O Governo vai restringir a pesca da lagosta. apresentou proposta para empréstimo de capital de giro.
No levantamento das informações para atualização do cadastro
Para evitar a extinção da lagosta na costa brasileira, o governo e análise de risco/limite de crédito da proponente, verificou-se
federal decidiu suspender todas as permissões de pesca do que o faturamento apresentado se mostrou elevado em relação
crustáceo no país e iniciar um processo de recadastramento às empresas do mesmo ramo localizadas na região, ensejando
das embarcações, para fornecer novas autorizações, além a necessidade de visita ao empreendimento para confirmação
de instituir novas regras para a captura que evitem a pesca das informações. Verificou-se, então, que a Novelos Ltda.
predatória. Só os barcos habilitados poderão pescar. Hoje, o firmou contrato de fornecimento com a Trapos Confecções,
recém-instalada na região, que passou a responder por 50%
setor vive uma crise causada pela pesca predatória e sem
do faturamento da Novelos Ltda.. Com base nessas informa-
controle. Segundo a Seap (Secretaria Especial de Aqüicultura
ções, é correto afirmar que a(o):
e Pesca), havia cadastradas 1.300 embarcações, mas ao (A) Novelos Ltda. apresenta concentração de vendas, o que
menos 6.000 eram usadas para a pesca, devido à falta de pode reduzir seu poder de negociação com seu principal
fiscalização. cliente, tornando-a suscetível a risco de liquidez.
(....) (B) análise da Novelos Ltda. restou prejudicada e, por conse-
Pela Instrução Normativa nº 1, da Seap, publicada anteon- qüência, também a operação proposta, pois seu principal
tem, ficou proibido o uso da caçoeira, rede lançada no fundo cliente é uma empresa recém-instalada, não sendo
do mar e que captura não só lagostas (até as menores), possível ainda firmar convicção sobre seus negócios e
mas também arrasta toda a fauna marinha que lá encontra. dirigentes.
Também ficou proibida qualquer pesca de mergulho. (C) registro do valor do faturamento no cadastro da Novelos
Só terão autorização os barcos com mais de 4m de Ltda. deve ser feito pelo valor médio do faturamento das
comprimento e que tenham pescado lagosta por pelo menos empresas da região, pois existe o risco da quebra do
dois meses em 2005. A captura só poderá ocorrer a mais de contrato de fornecimento.
quatro milhas da costa (7,5km). (D) faturamento apresentado poderá ser utilizado para
www.folha.com.br. Acesso em: 02 fev. 2007. registro no cadastro e conseqüente análise pelo ANC
Microempresas, desde que os dirigentes da Trapos
Tendo por referência uma empresa cuja atividade é a explora- Confecções compareçam como fiadores da operação
ção da pesca de lagosta na costa brasileira, com qual C do proposta.
crédito o fato relatado no texto está diretamente relacionado? (E) faturamento da Novelos Ltda. está superestimado, o que
(A) Capacidade. (B) Capital. poderá resultar em um limite de crédito muito superior às
(C) Condições. (D) Concorrência. suas necessidades, contribuindo para um endividamento
(E) Caráter. maior que a sua capacidade de pagamento.

19
PROVA 2 - AMARELA
96
Quadro I – Gráfico da dinâmica do giro da Empresa Y

Empresa Y

11.000

9.000
Valor (R$ mil)

7.000

5.000

3.000

1.000

(1.000)
2003 2004 2005 2006
(3.000)

Ano

ROL NCG CDG ST

ROL – Receita Operacional Líquida NCG – Necessidade de Capital de Giro


CDG – Capital de Giro ST – Saldo de Tesouraria

Quadro II – Informações adicionais


Ano
2003 2004 2005 2006
ST/NCG −0,11 −0,43 −0,89 −0,93
CDG/NCG 0,89 0,57 0,11 0,06

Considerando exclusivamente o gráfico constante do Quadro I e as informações do Quadro II, analise as afirmativas a seguir,
assinalando V para as verdadeiras e F para as falsas.

( ) A Empresa Y não mostra sinais de dificuldade financeira, visto que o CDG tem-se mantido constante, a relação CDG/NCG
é decrescente e as vendas são cada vez maiores.
( ) A Empresa Y não vem conseguindo financiar sua necessidade de capital de giro com fontes internas de recursos, demons-
trando, cada vez mais, dependência de fontes onerosas de recursos de curto prazo.
( ) A injeção de novos recursos, por meio de empréstimos de capital de giro, renováveis periodicamente e com taxas de
mercado, é a estratégia mais adequada para suprir a NCG, se a Empresa Y desejar reduzir o Efeito Tesoura.
( ) O Saldo de Tesouraria da Empresa Y se mostra cada vez mais negativo, variando em níveis superiores ao crescimento da
Necessidade de Capital de Giro, situação esta que configura o Efeito Tesoura.

A seqüência correta é:
(A) V, V, V, V
(B) V, F, V, F
(C) F, V, F, V
(D) F, V, F, F
(E) F, F, V, V

20
PROVA 2 - AMARELA
97
O cliente Transporta Tudo Ltda. apresentou proposta para financiamento de cinco caminhões novos, tipo baú, para substituir
veículos velhos da sua frota e com isso melhorar o seu prazo de entrega e reduzir custos operacionais com manutenção.
Informações Adicionais: Risco do Cliente: B; Valor Proposto: R$ 1.000.000,00, sendo R$ 900.000,00 para a compra
dos caminhões e R$ 100.000,00 para capital de giro associado; Linha de Crédito – Finame Empresarial; Dívidas no BB:
R$ 570.000,00, compreendendo cheque especial (R$ 20 mil), desconto de cheques (R$ 100 mil) e empréstimo para capital de
giro (R$ 450 mil); Limite de Crédito: R$ 5.000.000,00, distribuídos conforme abaixo.

Bloco Grupamento Sub-limite Valor (R$)


Comercialização Antecip. Recebíveis Desconto de Cheques 1.000.000
ACL 1.000.000
Capital de Giro Crédito Rotativo Cheque Ouro 20.000
BB Giro Rápido 500.000
Demais Com Garantias Reais 1.000.000
Longo Prazo Invest/Leasing Doméstico 4.000.000
-Teto Pré-Avaliado 1.000.000

Considerando as orientações normativas do BB quanto ao encaminhamento da proposta, deve-se:


(A) acolher a proposta no Portal de Negócios/COP e efetuar estudo, cálculo da capacidade de pagamento e análise do projeto
na própria agência, por se tratar apenas de operação para modernização de frota.
(B) acolher a proposta no Portal de Negócios/COP para estudo e decisão nos escalões competentes, dispensando o cálculo
da capacidade de pagamento e a análise de projeto de investimento.
(C) acolher a proposta no Portal de Negócios/COP e submeter para estudo e cálculo da capacidade de pagamento pelo
NUCAC, tendo em vista o valor da proposta e o endividamento do cliente.
(D) encaminhar consulta prévia à DICRE/GEPRO, por se tratar de operação de investimento, para pré-exame do pleito com
vistas a analisar a viabilidade do negócio e definir a forma de sua condução.
(E) esclarecer ao cliente que a proposta somente será analisada após reconsideração do seu limite de crédito, pois não há
mais margem disponível para amparar o capital de giro associado proposto.

98
O estudo sobre a localização de um empreendimento produtivo objetiva identificar a melhor alternativa de espaço para
implantação de determinada atividade, de forma que se consiga produzir com o menor custo possível, contribuindo para a
maximização dos resultados do projeto. A esse respeito, considere as informações a seguir.

Empresa A Empresa B
Atividade Engarrafadora de água mineral. Engarrafadora de cerveja.
Fora da região metropolitana e próxima à fonte Na região metropolitana do Rio de Janeiro.
Localização
de água mineral.
Mão-de-obra Disponível. Disponível.
O custo de transporte do produto final é maior
Custo com transporte O custo de transporte do produto final é menor
que o custo de transporte de matéria-prima. que o custo de transporte de matéria-prima.

Nesse contexto, tendo por base as informações acima, tudo o mais constante, julgue as afirmativas que se seguem,
assinalando (V) para as verdadeiras e (F) para as falsas.

( ) A Empresa B é um exemplo de atividade produtiva cujos fatores locacionais estão ligados à saída de materiais da
empresa.
( ) A localização da Empresa A está adequada, visto tratar-se de atividade industrial orientada para a matéria-prima.
( ) A localização da Empresa B está inadequada, pois, como o produto final ganha peso durante o processo produtivo, deveria
estar mais afastada do centro consumidor.
( ) A localização da Empresa B passaria a ser considerada adequada, caso substituísse a atividade de engarrafar cerveja
pelo engarrafamento de água mineral.
( ) Na Empresa A, os custos de transporte da matéria-prima e do produto final justificam sua localização próxima à fonte de
água mineral.

A seqüência correta é:
(A) F, F, V, V, F (B) F, V, F, F, V
(C) V, F, F, V, V (D) V, V, F, F, V
(E) V, V, V, F, F

21
PROVA 2 - AMARELA
99
Quadro I – Indicadores da Empresa X

Empresa X

250%

200%

150%
Valor (%)

100%

50%

0%
2004 2005 2006
-50%
Ano

PCT CE POSA RPL

PCT – Participação de Capitais de Terceiros CE – Composição das Exigibilidades


POSA – Passivo Oneroso Sobre Ativo Total RPL – Rentabilidade sobre Patrimônio Líquido

Quadro II – Índices-padrão para o setor de atuação da Empresa X – Ano 2006

PCT: 92% POSA: 16% RPL: 18%

Considerando exclusivamente os indicadores demonstrados no gráfico constante do Quadro I e os índices-padrão relacionados


no Quadro II, pode-se observar uma tendência de:
(A) melhora na situação econômica da Empresa X, porque, embora a rentabilidade se mostre decrescente ao longo dos três
anos, a empresa vem-se tornando mais capitalizada via ingresso de capitais de terceiros e melhorando o perfil de seu
endividamento.
(B) melhora, tanto da situação econômica quanto financeira da Empresa X, porque os indicadores de estrutura patrimonial são
crescentes e superiores aos índices-padrão.
(C) piora na situação financeira e melhora na situação econômica da Empresa X, porque a rentabilidade é decrescente e os
indicadores de estrutura patrimonial se mostram crescentes e superiores aos índices-padrão.
(D) piora na situação econômica e melhora na situação financeira da Empresa X, porque a rentabilidade é decrescente e os
indicadores de estrutura patrimonial se mostram crescentes e superiores aos índices-padrão.
(E) piora na situação econômica da Empresa X, porque a empresa vem-se tornando excessivamente endividada e piorando o
perfil de seu endividamento, com crescente participação de dívidas onerosas e de curto prazo.

22
PROVA 2 - AMARELA
100
No processo de intermediação financeira, ilustrado na figura abaixo, os Bancos, ditos intermediadores financeiros, fazem o elo
entre as sobras de recursos dos aplicadores e a necessidade dos tomadores. São, assim, ao mesmo tempo, tomadores de
recursos e aplicadores. Quando atuam como garantidores, facilitam a relação de crédito, ao garantir que os tomadores irão
honrar os respectivos compromissos. Dessa forma, a relação de crédito se faz presente em toda a cadeia que compõe a
intermediação financeira. A esse respeito, considere as operações constantes do Quadro 1.

aplica
APLICADORES aplica INTERMEDIADORES TOMADORES
- Poupadores - Instituições - Pessoas que
- Aplicadores Financeiras capta necessitam de
- Depositantes capta recursos
- FCO, FAT

GARANTIDORES
- Pessoa física,
jurídica ou banco

Qualidade do Crédito – Introdução ao Processo de Crédito, p. 26.

Quadro 1 - Operações

Operação I: prestação de garantia (fiança bancária) com contragarantia de aplicações financeiras


existentes no Banco;

Operação II: conta garantida lastreada por duplicatas;

Operação III: investimento com recursos do BNDES com garantia constituída por alienação fiduciária
dos bens financiados e hipoteca de imóvel de terceiros.

Sobre tais operações e o processo de intermediação financeira, é correto afirmar que:


(A) os tomadores de crédito assumem risco de crédito em relação aos intermediadores e seus respectivos garantidores.
(B) os aplicadores também assumem risco de crédito ao colocar seus recursos financeiros à disposição dos Bancos.
(C) o Banco assume risco de crédito apenas na Operação III, visto que as demais são autoliquidáveis.
(D) as Operações II e III são as únicas que apresentam risco de crédito para o Banco, visto que a fiança bancária, por não
implicar desembolso de recursos, não se caracteriza como operação de crédito.
(E) a Operação I, por estar lastreada em recursos internalizados no próprio Banco, não implica risco de crédito para o Banco.

23
PROVA 2 - AMARELA
RESPONSABILIDADE SOCIOAMBIENTAL 103
Sobre a evolução histórica do ambientalismo brasileiro, é
101 INCORRETO afirmar que:
A Revolução Industrial, no final do Século XIX, propiciou a (A) na Constituição Federal de 1988, o país incorpora reivin-
produção em larga escala com redução dos custos dos produ- dicações do movimento ambientalista, estabelecendo que
tos. Com relação às suas conseqüências, pode-se afirmar que: todos têm direito a um meio ambiente ecologicamente
(A) a industrialização provocou um desequilíbrio nos fatores equilibrado.
abióticos, bióticos e cultural humano, pois a produção (B) na Conferência Rio 92 são lançados vários princípios, um
em larga escala tornou a demanda por recursos naturais dos quais afirma que todo poluidor deve ser o pagador
mais acelerada que a capacidade de reposição da natureza.
dos danos ao meio ambiente, princípio este incorporado
(B) a industrialização provocou grande demanda por recur-
nas leis ambientais brasileiras.
sos naturais e ressaltou a cultura humana em detrimento
dos fatores bióticos do meio ambiente. (C) em 1992, o Brasil toma a iniciativa, junto às empresas
(C) a produção em larga escala trouxe maior equilíbrio à dis- privadas, de criar o PPG7 – Programa-piloto para a prote-
tribuição de benefícios sociais, uma vez que os produtos ção das florestas tropicais no país, financiando, com isso,
se tornaram mais baratos e acessíveis a todas as cama- ações para a preservação.
das sociais. (D) a partir da segunda metade da década de 1990, a maior
(D) as grandes mudanças originárias da industrialização percepção sobre a necessidade de se promover a
tiveram forte impacto sobre o fator cultural humano, sustentabilidade do desenvolvimento e a proteção ao
favorecendo o tripé da sustentabilidade. meio ambiente leva à atualização da legislação ambiental,
(E) o desenvolvimento tecnológico advindo da Revolução permitindo a consolidação do Sistema Nacional de Meio
Industrial propiciou maior equilíbrio entre os fatores Ambiente.
abióticos, bióticos e cultural humano. (E) na virada do século XXI, o país passa a ocupar um papel
de grande importância com respeito à criação de normas
102
e regulamentos inseridos na questão da sustentabilidade
O Direito é uma ciência dinâmica que acompanha as
mudanças dos hábitos, costumes e valores morais da e na política ambiental.
sociedade. Nesse sentido, a produção da legislação
ambiental brasileira na década de 1970 foi resultado de uma 104
ideologia política que teve suas raízes, de um lado, na A Lei 6.938/81, que regulamenta o Sistema Nacional do Meio
conjuntura política de redemocratização do país e, de outro Ambiente (SISNAMA), define o Conselho Nacional do Meio
lado, no intenso debate que passou a ocorrer no seio da Ambiente (CONAMA) como seu Órgão consultivo e
sociedade civil brasileira acerca dos pressupostos jurídicos deliberativo. A esse respeito, é correto afirmar que:
dos direitos socioambientais. Com relação à evolução (A) o CONAMA é um órgão democrático que conta com
histórica da legislação ambiental brasileira, assinale a representantes de diversos segmentos da sociedade civil
afirmativa correta. e do governo, mas a lei teve o cuidado de excluir repre-
(A) Na década de 1980, a legislação ambiental teve reconhe- sentantes dos setores econômicos para evitar que seus
cimento internacional por ser muito avançada, graças ao
interesses prevalecessem em detrimento dos interesses
excelente papel que o Brasil desempenhou nos primeiros
sociais e ambientais.
encontros ambientalistas internacionais da década de 1970.
(B) O crescimento do setor ambiental governamental tanto (B) a característica plural e democrática da legislação
do ponto de vista institucional como do financeiro e a pro- ambiental permite uma ampla discussão das normas
mulgação de uma série de leis ambientais colocaram o entre diversos tipos de atores, o que tem possibilitado
país na vanguarda das questões ambientais mundiais. que as tomadas das decisões não fiquem limitadas a um
(C) Apesar dos avanços da legislação brasileira e de o Brasil número restrito de pessoas.
concentrar a maior diversidade de espécies de plantas, (C) a ampla discussão das normas ambientais com diversos
mamíferos, anfíbios, peixes de água doce e insetos, atores, antes de serem publicadas, só se tornou viável
ainda não existe uma lei específica de proteção da devido a uma exaustiva educação ambiental promovida
biodiversidade brasileira. pelo governo, fornecendo informações de qualidade para
(D) Embora a Constituição Federal de 1988 tenha sido elabo- a sociedade.
rada em um momento de acaloradas discussões sobre (D) apesar de a legislação brasileira ser avançada, sob diver-
os crescentes problemas ambientais, ela não incorporou
sos aspectos, em relação a muitos países, o Princípio do
em seus artigos qualquer reivindicação de movimentos
Poluidor Pagador, princípio basilar para muitas legislações
ambientalistas.
(E) Com relação à riqueza da biodiversidade, ela não se res- ambientais, não foi contemplado por nossa legislação.
tringe aos bens tangíveis socioambientais, devendo ser (E) no caso do Direito Ambiental, o legislador se preocupou
considerados também os bens intangíveis, como por em estabelecer punições com um caráter muito mais
exemplo o patrimônio genético, já definido na legislação corretivo do que punitivo; dessa maneira, as sanções
ambiental brasileira. estão muito vinculadas à realização de gestão ambiental.

24
PROVA 2 - AMARELA
105 108
Entre os cinco princípios que nortearam e foram consolida- A busca da sustentabilidade é uma tarefa:
dos durante a Eco-92 e que provocaram mudanças na gestão
pública e empresarial estão os princípios: I - dos governos em todos os seus níveis;
(A) da obrigatoriedade da intervenção estatal e da colabora- II - da sociedade civil, na forma de ONGs ambientalistas e
ção entre os povos. com causas sociais;
(B) da igualdade e da colaboração entre os povos. III - das instituições financeiras, como as principais fornece-
(C) da colaboração entre os povos e do poluidor pagador. doras de fundos para o desenvolvimento;
(D) do desenvolvimento sustentável e do poluidor pagador. IV - das empresas que atuam em atividade de alto impacto
(E) do desenvolvimento sustentável e da igualdade. ambiental, como, por exemplo, empresas do setor de
petróleo e gás, mineração, petroquímica, etc.
106
A respeito do novo modelo empresarial mais sustentável, são Estão corretos os itens:
feitas as afirmativas a seguir. (A) I, II, III e IV.
(B) I, III e IV, apenas.
I - As empresas dos diversos setores econômicos, inclusive (C) I, II e IV, apenas.
financeiro, devem desenvolver projetos assistenciais com (D) III e IV, apenas.
o objetivo de tornar a sociedade mais sustentável.
(E) I e II, apenas.
II - O modelo de gestão, os métodos de produção e os
próprios produtos desenvolvidos devem seguir o modelo
109
da sustentabilidade, mesmo que comprometendo os
Seguindo uma tendência mundial, a Bovespa e outras insti-
rendimentos da empresa.
tuições lançaram, em dezembro de 2005, o Índice de
III - As empresas devem estar atentas à lógica do cresci-
Sustentabilidade Empresarial (ISE), o primeiro do gênero na
mento sustentado como padrão de funcionamento, ou
América Latina e o segundo do mundo entre os mercados
seja, devem proteger o meio ambiente, contribuir para a
emergentes. O ISE é um índice:
inclusão social e respeitar a cultura local, em outras
palavras, isso significa produzir menos. (A) de ações baseado em critérios de sustentabilidade e de
IV - Toda empresa tem de se preocupar com a imagem que governança corporativa, visando a estabelecer referencial
passa para a sociedade, avaliando o grande poder que para os investimentos socialmente responsáveis e um
tem sobre as pessoas, comunidades e nações, o que instrumento de mercado para incentivar a disseminação
leva a uma grande responsabilidade, não fundada ape- dessas práticas nas companhias brasileiras.
nas em eficiência econômica. (B) de ações baseado em critérios de sustentabilidade finan-
ceira das empresas, ou seja, permite avaliar a situação
Está(ão) correta(s) apenas a(s) afirmação(ões): da empresa em termos de sustentabilidade, por meio de
(A) I, III e IV uma avaliação quantitativa e qualitativa dos resultados.
(B) III e IV (C) que representa o compromisso dos Bancos com um con-
(C) I e II junto de políticas e diretrizes socioambientais a serem uti-
(D) IV lizadas pelas instituições financeiras na análise de proje-
(E) II tos de financiamentos acima de 50 milhões de dólares.
(D) que tem por objetivo garantir que empresas comprovem
107 sua relação positiva com as questões socioambientais.
Sachs (2004) sugere que se pense em novos modelos de (E) que congrega uma avaliação dos dez princípios univer-
sustentabilidade considerando-se cinco pilares fundamentais: sais derivados das principais Declarações Universais de
social, ambiental, territorial, econômico e político. Para esse Direitos, Trabalho e Meio Ambiente.
autor, o pilar:
(A) econômico visa à distribuição de renda e recursos entre 110
diversas populações, nações e ramos de atividades. Dentro da política de responsabilidade socioambiental do
(B) territorial diz respeito à distribuição de riquezas e recur- Banco RSA, decidiu-se incluir parceiros homossexuais com
sos entre diversas populações e ramos de atividades. união estável como beneficiários do plano de saúde da or-
(C) social diz respeito a uma melhor divisão das nações e ganização. As partes interessadas e a respectiva política
povos usando critérios de desenvolvimento, como, por relacionada a essa decisão são:
exemplo, o Índice de Desenvolvimento Humano (IDH). (A) a comunidade e o governo; política de recursos humanos.
(D) político visa à manutenção da democracia e dos partidos (B) o governo e os clientes; política de recursos humanos.
políticos. (C) os clientes e os colaboradores; política de diversidade.
(E) ambiental visa à preservação do meio ambiente através (D) os clientes e os fornecedores; política de diversidade.
da redução do uso dos recursos naturais. (E) os fornecedores e os colaboradores; política de diversidade.

25
PROVA 2 - AMARELA
111 113
Um passivo ambiental pode ser identificado em uma empresa Um produto financeiro que está intimamente ligado aos
tomadora de recursos durante a avaliação de risco de crédito problemas ambientais é o seguro ambiental. A seu respeito
pela instituição financeira. Esse passivo pode ser visto como pode-se afirmar corretamente que:
um risco de perda ou como uma oportunidade de negócio. (A) facilita a gestão das empresas, que assim não precisam
agregar as questões ambientais aos seus problemas, uma
Nesse sentido, a instituição financeira:
vez que eventuais danos ambientais são totalmente
(A) não pode considerar os passivos ambientais como cobertos pelo seguro.
oportunidade de negócio, uma vez que o Banco, ao (B) constitui um grande risco para as seguradoras, especial-
trabalhar com uma empresa com passivo ambiental, mente após a confirmação, pela comunidade científica,
está cometendo crime ambiental e, neste caso, o ge- de que o aquecimento global é causado pela excessiva
rente pode ser apenado com prisão. emissão de gases efeito estufa.
(B) pode financiar máquinas e equipamentos mais modernos (C) é um produto absolutamente inviável, sob o ponto de vista
que propiciem um processo produtivo menos poluente, de risco, pois só há risco quando se pode quantificá-lo e
reduzindo o passivo ambiental de seus clientes e, conse- os acidentes ambientais são absolutamente imprevisíveis.
(D) pode servir, para os Bancos, de indicador de risco de
qüentemente, reduzindo o seu risco de crédito.
crédito de seus tomadores de recursos.
(C) deve, se identificar um passivo ambiental de seu cliente, (E) é um excelente instrumento de mitigação de risco
antes de qualquer providência, abrir um processo judicial ambiental para as empresas, mas não se pode dizer o
contra a empresa por perdas e danos morais, devido à mesmo em relação aos Bancos, uma vez que a atividade
sua exposição ao risco de reputação. financeira tem pouquíssimo impacto ambiental.
(D) deve considerar o contrato de crédito vencido extraordina-
riamente e exigir seu pagamento, ao identificar um passivo 114
ambiental durante uma visita de avaliação em uma Empresa responsável para quem?
empresa tomadora de recursos.
1970 - Acionistas visão clássica
(E) deve adotar uma política de crédito que exclua todas as - Comunidade
empresas pertencentes às atividades econômicas que - Empregados visão mais divulgada

possam gerar passivo ambiental. - Natureza


- Governo Visões
- Rede de fornecedores menos
- Consumidores / compradores divulgadas
112 2000 - Todos os atuais e futuros stakeholders
Um dos grandes desafios para o desenvolvimento sustentável Amplitude de Sociedade Sustentável
visão e
é a inclusão das pessoas das camadas mais pobres no mudança
processo de produção. Muitas limitações são apresentadas
por se tratar de pessoas com baixo grau de escolaridade ou
ASHLEY, P. (coord).Ética e responsabilidade social
sem capacitação profissional. As instituições financeiras
nos negócios. São Paulo: Saraiva, 2005, p.47.
podem contribuir financiando projetos sustentáveis sob o ponto
de vista social. Qual dos projetos citados a seguir pode trazer Com base no quadro acima, sobre a responsabilidade social
das organizações, NÃO é correto afirmar que:
contribuição para inclusão social?
(A) no novo século, concluiu-se que a inclusão de todos os
(A) Hidroelétrica no Rio Pirarucu, localizado na Região atuais e futuros stakeholders nas preocupações empre-
Amazônica, em uma área de 200 mil hectares de sariais contribui significativamente para o fortalecimento
castanheiras e 1.200 famílias de pescadores que vivem de uma sociedade sustentável.
na região ribeirinha. (B) ao final da década de 1990, no Brasil, outras partes inte-
(B) Energia eólica no semi-árido nordestino como parte do ressadas (stakeholders) vão sendo incluídas nas ações e
projeto de desenvolvimento regional que pretende tornar o preocupações empresariais, por diferentes motivações,
instrumentais (estratégia de negócio) e/ou ideológicas
semi-árido um pólo de tecnologia de ponta.
(obrigação moral).
(C) Financiamento de uma usina de esmagamento de mamona (C) na década de 1970, a visão prevalecente era de que a úni-
para a cooperativa dos produtos da região sul do Estado ca responsabilidade da empresa seria com seu acionista.
do Piauí, para produção de biodiesel. (D) na década de 1970, a raiz que consolida a imagem em-
(D) Mecanização do corte de cana-de-açúcar para evitar a presarial está em seu posicionamento estratégico em ter-
queima da cana e, conseqüentemente, os danos das quei- mos de “fornecedores” e “compradores/consumidores”.
madas ao meio ambiente. (E) a partir da década de 1970, a empresa passa a incorporar
preocupações também com seus empregados e com a
(E) Construção de um resort no litoral do Pernambuco,
comunidade que a cerca, sendo essa, ainda, a visão mais
região ainda pouco explorada, com áreas de mangue e divulgada, razão pela qual até hoje se confunde respon-
comunidade local dedicada à atividade pesqueira. sabilidade socioambiental com ação social.

26
PROVA 2 - AMARELA
115 118
O acesso aos serviços financeiros é uma forma de inclusão Alguns Bancos no Brasil oferecem fundos de investimento
denominados socialmente responsáveis. Uma parte desses
social. Nesse sentido, assinale a opção que indica, respec- fundos destina percentual da taxa de administração a proje-
tivamente, uma instituição que se caracteriza por ser um tos sociais – chamados de fundos tipo 1. Outra parte desses
empreendimento de pessoas que se associam, na solidarie- fundos possui carteira de ações selecionada com base em
critérios de sustentabilidade – chamados de fundos tipo 2.
dade e ajuda mútua, organizadamente, voltada para resolver Sobre o assunto, é correto afirmar que:
problemas comuns de crédito; e um projeto/experiência (A) os fundos tipo 1 alteram substancialmente a gestão da
realizado(a) no Brasil similar ao Grameen Bank, de Empresa/Banco, uma vez que modificam as relações
Bangladesh. com as partes interessadas no negócio bancário.
(B) os fundos tipo 2 podem ser considerados como ação
(A) Sebrae e Sociedade de crédito ao microempreendedor. filantrópica.
(B) Crediamigo e Correspondentes bancários. (C) os fundos tipo 2 contribuem para a disseminação de
(C) Correspondentes bancários e Sebrae. práticas de responsabilidade socioambiental na cadeia
produtiva como um todo, na medida em que empresas
(D) Sociedade de crédito ao microempreendedor e Coopera- passam a buscar os critérios estabelecidos.
tivas de crédito. (D) os dois tipos de fundos tratam essencialmente da rela-
(E) Cooperativas de crédito e Crediamigo. ção do Banco com projetos sociais.
(E) os critérios de sustentabilidade estabelecidos para in-
serção de ações das empresas nos fundos tipo 2 devem
116 ser relacionados aos projetos sociais dos fundos tipo 1.
Uma das maneiras de empresas socialmente responsáveis
evidenciarem à sociedade que estão indo ao encontro de suas 119
aspirações é a divulgação do instrumento denominado Balanço Com relação aos Arranjos Produtivos Locais (APL), marque a
afirmação INCORRETA.
Social. Sobre esse assunto, afirma-se que: (A) As empresas formadoras do aglomerado (APL) levam van-
tagens, uma vez que especializam sua produção,
I – no Brasil, a publicação do Balanço Social é obrigatória direcionando-a a um produto, realizando, assim, a
segmentação horizontal da produção.
para empresas com mais de 500 funcionários; (B) Os APL variam de tamanho, amplitude e estágio de de-
II – o modelo Ibase de Balanço Social é obrigatório para senvolvimento e são formados por instituições privadas,
empresas brasileiras; sendo caracterizados pelo processo de especialização
III – um dos requisitos para inserção em índices e fundos produtiva das empresas.
(C) Os APL são um aglomerado de empresas localizadas em
de investimento socialmente responsáveis no Brasil é a uma mesma região, que apresentam especialização produ-
publicação do Balanço Social. tiva e mantêm vínculos de articulação, interação, coopera-
ção e aprendizagem entre elas e com outros atores locais.
(D) Os diferentes modos de participação nos processos de
Está(ão) correta(s) somente a(s) afirmação(ões): decisão dos APL são chamados de governança, a qual
(A) II e III se relaciona com a participação de poder e autoridade
(B) I e II para gerenciar o processo de organização, articulação e
(C) III coordenação dos interesses do arranjo.
(E) Os sujeitos dos APL são o micro e o pequeno empresá-
(D) II rio, que se dedicam, investem e trabalham, esperando a
(E) I lucratividade.

117 120
O Banco Cifrão S/A decidiu criar um instituto para desenvol-
Visando a implementar política de responsabilidade social, a ver projetos sociais e ambientais. Sobre o assunto, é correto
diretoria do Banco Dinheiro S/A decidiu elaborar seu primeiro afirmar que:
Balanço Social, em relação ao ano de 2006. Levando-se em (A) o Banco deverá prover todos os recursos necessários ao
instituto, sendo vedada, por lei, a obtenção de financia-
consideração boas práticas de elaboração de um Balanço mentos/patrocínios com outras organizações.
Social, que ações e/ou tópicos NÃO deverão fazer parte do (B) o instituto não pode atuar em parceria com outras organi-
escopo do trabalho do Banco e/ou do Balanço Social? zações não governamentais, uma vez que está vinculado
(A) Contratar obrigatoriamente um contador para desenvolver ao Banco.
(C) o instituto é parte das ações de responsabilidade
e assinar o Balanço Social. socioambiental do Banco, podendo ser considerado seu
(B) Demonstrar valores investidos em educação, esportes e “braço social”.
cultura. (D) os projetos desenvolvidos pelo instituto, por ter este natu-
reza jurídica apartada do Banco, não podem ser conside-
(C) Evidenciar ações que impactem o meio ambiente. rados como sendo ações de responsabilidade
(D) Discutir e definir o modelo de Balanço Social a ser utilizado. socioambiental do Banco.
(E) Envolver as partes interessadas ( stakeholders ) no (E) os projetos sociais e ambientais do instituto, legalmente,
processo. só poderão contemplar ações relacionadas ao sistema
financeiro.

27
PROVA 2 - AMARELA
TEORIA GERAL DA ADMINISTRAÇÃO 124
Beto, ao ser indagado por seu colega de agência sobre como
121 iria executar determinada tarefa, respondeu: “Ainda não sei.
Taylor propôs a criação de uma “ciência da administração” ao Depende de vários aspectos que terei de considerar.”
observar o que ocorria no chão de fábrica – um ambiente como A resposta de Beto é a principal característica da teoria
o retratado por Chaplin em Tempos Modernos, afirmando que contingencial, que associa a relação funcional entre o
a otimização da produção passa pela prescrição da maneira
ambiente e a técnica administrativa e, assim como nesta
correta de fazer as coisas.
teoria, a resposta que ele deu retrata um universo:
NÓBREGA, Clemente. Revista Exame. set. 1997. (com adaptação)
(A) eclético, mutável e de alta complexidade organizacional.
Das opções abaixo, assinale a proposição que representa (B) eclético, não mutável e de alta complexidade
a filosofia do Taylorismo no que tange à compreensão da organizacional.
Administração Científica. (C) eclético, mutável e de baixa complexidade organizacional.
(A) Os trabalhadores devem ter ampla participação na formu- (D) específico, mutável e de alta complexidade organizacional.
lação dos processos operacionais. (E) específico, não mutável e de alta complexidade
(B) A estrutura da empresa e sua hierarquia são fatores de organizacional.
sucesso para as organizações.
(C) A relação sindical é condição precípua para a manuten- 125
ção dos processos organizacionais. O organograma da Agência do Banco Belo Modelo é repre-
(D) As pessoas, com seu trabalho, são responsáveis pelo sentado pelos seguintes personagens e suas respectivas atri-
crescimento das organizações.
buições:
(E) É possível aplicar-se conhecimento ao trabalho.

122 I – Breno, cujas principais atribuições são gerir, motivar e


Muitas empresas apresentam, ainda nos dias atuais, carac- comunicar os processos internos da empresa;
terísticas que as tornam representativas da Teoria Clássica II – Carla, cujas atribuições são indicar as pessoas que
da Administração. Essas características estão associadas à realizarão determinadas tarefas, associando quem se
principal linha de pensamento da Teoria Clássica, ao afirmar reporta a quem;
que a eficiência de uma empresa: III – Laura, cujas principais atribuições são avaliar o desem-
(A) é proveniente de sua organização estrutural formal e informal. penho departamental e da organização como um todo;
(B) advém da força de trabalho do indivíduo.
IV – Antônio, cujas atribuições são estabelecer estratégias,
(C) provém da preocupação com o trabalhador e do controle
objetivos e as metas da empresa.
administrativo.
(D) provém de uma organização bem estruturada internamente.
(E) provém da tarefa realizada e do seu resultado final. Na situação exposta acima, as atribuições dessas pessoas
representam, respectivamente, as seguintes funções do
123 administrador:
O Código de Ética do Banco do Brasil sistematiza os valores (A) Planejamento, Organização, Direção e Controle.
essenciais praticados pelo conglomerado nos relacionamen- (B) Direção, Organização, Controle e Planejamento.
tos com os diversos segmentos da Sociedade. O Código de (C) Direção, Controle, Planejamento e Organização.
Ética do BB está disseminado por toda a Empresa, orientan- (D) Direção, Controle, Organização e Planejamento.
do os funcionários na condução dos negócios e no relaciona-
(E) Organização, Controle, Direção e Planejamento.
mento com os diversos stakeholders.
Disponível em:
http://www.bb.com.br/appbb/portal/ri/gov/CodEtica.jsp 126
Em uma agência do Banco do Brasil, o gerente, Sr. José
O texto evidencia a importância da interação do ambiente Tranqüilo, é reconhecido por seus colaboradores pelas se-
externo com os propósitos organizacionais. Para que a eficá- guintes características: sabe ouvir, aceitando sugestões e
cia organizacional seja plenamente atingida, ao se tratar de idéias; é imparcial, administrando conflitos e tomando deci-
ambiente, é necessário que se contemple(m): sões após refletir sobre as situações; é amigo, apontando o
(A) seu impacto na gestão da empresa, tomando-se por base caminho correto para resolução das tarefas e motivando seus
a missão da organização.
colaboradores.
(B) as principais variáveis que compõem o ambiente, das quais
Com base no exposto acima, pode-se concluir que José exerce
deve-se extrair a de maior impacto para a organização.
(C) a variável endógena da organização e seu impacto para o uma liderança:
resultado organizacional. (A) democrática.
(D) a variável setorial a que pertence a organização e seu (B) liberal.
impacto no resultado operacional. (C) situacional.
(E) o universo da organização de forma holística e, só então, (D) contingencial.
sejam definidas as diretrizes operacionais. (E) autocrática.

28
PROVA 2 - AMARELA
127 129
A Estrutura Organizacional do Banco do Brasil é apresentada Em uma reunião do comitê gestor do Banco do Brasil, foi
da seguinte maneira: elaborado o seguinte quadro, que expressa elementos de
competitividade adaptados ao setor bancário:

CONSELHO Elementos de Competitividade - Níveis de Análise


DELIBERATIVO sob a perspectiva do conceito sistêmico de
competitividade
CONSELHO
FISCAL Quadro I Quadro II

DIRETORIA EXECUTIVA DIRETOR


Integração nacional. Identidade etnocêntrica.
SUPERINTENDENTE Capacidade estratégica Capacidade estratégica
dos atores nacionais. dos atores in loco.
Estrutura estável e Política fiscal coerente.
DIRETOR DE TECNOLOGIA DIRETOR DE DIRETOR DE favorável à atividade
E ADMINISTRAÇÃO INVESTIMENTOS
Capacidade de
OPERAÇÕES empresarial. investimento.
Política liberal de Centros de
Disponível em: comércio. demonstração de
http://www.bb.com.br/appbb/portal/bbprv/EstruturaOrg.jsp
Controle de subsídios. tecnologias.
Assinale a opção que apresenta vantagem(ns) desse modelo. Instituições financeiras.
(A) Menor grau de controle administrativo com centralização MEYER-STAMER, Jörg in Estimular o crescimento e aumentar a
da decisão. competitividade no Brasil: Além da política industrial e da
(B) Adequação para situações mutáveis e alta cooperação terceirização da culpa. São Paulo, p.30. (Adaptado)
departamental.
(C) Utilização de habilidades técnicas, dada a especializa- Levando-se em consideração esse cenário, pode-se afirmar
ção dos recursos. que os elementos competitivos apresentados nos Quadros
(D) Preocupação com o cliente e utilização de habilidades I e II são, respectivamente, elementos:
generalistas. (A) macroambientais e econômicos.
(E) Excelente coordenação e multiplicidade de alocação dos (B) macro e microambientais.
recursos. (C) macroambientais e legais.
(D) microambientais e sociais.
128 (E) microambientais e estratégicos.
Com o passar dos anos, desde sua fundação até o momento
atual, várias etapas históricas foram vivenciadas pelo Banco 130
do Brasil. A mudança do modus operandi se fez necessária Ao fazer uma análise do segmento bancário baseado nas
forças competitivas de Porter, Antônio chegou aos seguintes
à medida que o progresso e a evolução dos mercados se
elementos:
deram de forma mais intensa, com a conseqüente adaptação
a novos processos e formas de administrar. I – Tarifas;
Dentre os principais fatores que levaram à adoção de novas II – Outras instituições bancárias;
formas de estrutura organizacional, podem ser destacados: III – Fornecedor exclusivo de know-how;
IV – Tendência ao clientelismo;
I – mudanças tecnológicas e busca por conveniência dos V – Produtos virtuais.
stakeholders;
II – tendências à customização e à globalização; Estes elementos representam, respectivamente, as seguintes
III – aumento da empregabilidade com seu conseqüente forças:
aperfeiçoamento; (A) produtos substitutos – compradores – novos entrantes –
IV – mercados multiculturais e volatilidade de recursos rivalidade – fornecedores.
humanos. (B) produtos substitutos – fornecedores – novos entrantes –
compradores – rivalidade.
Estão corretos, apenas, os fatores: (C) rivalidade – novos entrantes – fornecedores – produtos
(A) I, III e IV virtuais – compradores.
(B) I, II e III (D) rivalidade – novos entrantes – fornecedores – compradores
(C) II e IV – novos produtos.
(D) II e III (E) rivalidade – novos entrantes – produtos substitutos –
(E) I e II compradores – fornecedores.

29
PROVA 2 - AMARELA
131 135
Você é responsável pela definição da missão estratégica do
Pedro, ao ser indagado pelo diretor do Banco do Brasil sobre
Banco do Brasil e, para tal, terá que determinar seu conceito.
Você deve começar afirmando corretamente que missão vantagem competitiva, citou a “ótica da situação geral” da
empresarial é o(a): companhia e apontou duas dessas vantagens, que são:
(A) estabelecimento de uma identidade comum (A) alta liquidez e produtividade.
organizacional.
(B) alta liquidez e flexibilidade externa.
(B) imagem que a organização tem de si no futuro.
(C) definição do rumo operacional da empresa. (C) baixa liquidez e produtividade.
(D) definição do que melhor se pode fazer frente à concorrência. (D) alto endividamento e produtividade.
(E) identificação organizacional quanto aos processos que (E) flexibilidade externa e baixo endividamento.
foram gerados.

132 136
José, ao definir a política de negócios do Banco do Brasil, Fazendo uma reflexão sobre a empresa do novo milênio,
leva em consideração as variáveis de mercado que podem João, avaliando a tendência de mudança pela qual passa o
alterar e afetar os rumos da organização, exercendo, para
mercado, através dos processos de diferenciação, integração,
isso, as atividades de implementação e controle estratégico.
Para que a implementação seja bem sucedida faz-se neces- aumento da delegação e eliminação dos níves administrati-
sário avaliar, além de liderança e poder, a(o): vos, chegou à conclusão de que as organizações modernas
(A) diversificação organizacional. não querem mais ser vistas como máquinas.
(B) missão organizacional.
Assinale a afirmativa que reflete o pensamento de João.
(C) cultura organizacional.
(D) visão organizacional. (A) As organizações estão cada vez mais presas a padrões
(E) controle organizacional. de conhecimentos.
(B) As organizações estão baseadas em estruturas fixas e
133
rígidas.
Cátia, Gerente do Banco do Brasil, segue uma tendência
mundial ao implementar estratégias de negócio que (C) A descentralização organizacional leva ao mecanicismo.
maximizem o resultado do Banco, objetivando sua lucratividade (D) A disposição dos recursos da organização está associada
máxima, pois sabe que, para que uma empresa esteja em ao clientelismo.
uma posição atrativa para a implementação de qualquer tipo
de estratégia, é necessário: (E) A organização é um conjunto de pessoas, processos e
(A) eliminar supérfluos. sistemas.
(B) possuir uma vantagem competitiva.
(C) diferenciar-se de seus concorrentes. 137
(D) ter menos custo que outras empresas.
(E) ter visão global. Em uma reunião de gerentes do Banco do Brasil para avaliar
as novas tendências organizacionais que poderiam refletir em
134 um salto qualitativo das operações do Banco, Aline fez cinco
Ao estudar a concorrência e buscar uma vantagem competi- sugestões:
tiva, Marina, profissional do Banco do Brasil, identificou que
um dos instrumentos de técnica de mercado mais valiosos
I – antecipar mudanças ambientais;
para a geração de lucros para o Banco é a análise da rentabi-
lidade de mercado. II – avocar valores e cultura da organização;
Esta análise consiste em determinar os benefícios: III – prever o downsizing da empresa;
(A) que o cliente percebe com relação à marca da compa- IV – agilizar o processo de informações;
nhia, determinando o valor da marca na satisfação des-
V – aprimorar a qualidade dos relatórios gerenciais.
ses benefícios.
(B) que poderão ser melhor valorados pelos clientes,
quantificando a lucratividade auferida pela companhia. Como perspectivas organizacionais do novo contexto de
(C) que provêm das necessidades dos clientes, quantificando negócios, estão corretas, apenas, as sugestões:
a vantagem competitiva que trarão para a companhia.
(D) que têm valor para a política de negócios do Banco e (A) III, IV e V
que estejam no seu foco, viabilizando sua manutenção (B) II, III e IV
competitiva. (C) I, III e V
(E) de políticas de crédito para os clientes, avaliando a
performance destes no conjunto de resultados da compa- (D) I, II e V
nhia. (E) I, II e IV

30
PROVA 2 - AMARELA
138 AGRONEGÓCIOS
A figura ao lado repre- 141
senta a responsabilidade Agronegócio se refere ao conjunto de atividades realizadas
socioambiental do BB: um pela agropecuária e pelos setores a ela vinculados. Suas ati-
processo de aprendizado e vidades envolvem:
construção coletiva envol- (A) 5 segmentos, representados pela indústria a montante,
vendo todas as áreas do pela agropecuária, pelas agroindústrias, pela exportação
Banco do Brasil e cada e pelo mercado doméstico.
um de seus públicos de (B) 4 segmentos (indústria a montante, agropecuária,
relacionamento. agroindústrias e exportação / mercado doméstico) e as
entidades públicas e privadas que supervisionam ou pres-
O Banco do Brasil se entende como resultado da colaboração tam serviços.
de cada um de seus públicos e, por conta disso, reconhece (C) 3 segmentos (agropecuária, agroindústrias e exportação/
que sua sobrevivência e o seu sucesso dependem da interação mercado doméstico) e as entidades públicas e privadas
contínua com aqueles públicos, que seja pautada na ética e que supervisionam ou prestam serviços.
no respeito. (D) 2 segmentos, representados pela agropecuária e pelas
Disponível em:
agroindústrias.
http://www.bb.com.br/appbb/portal/bb/rsa/HistoricosConceitos.jsp (E) somente 1 segmento, chamado de agropecuária, e as
entidades públicas e privadas que supervisionam ou pres-
Com base nessas idéias, é INCORRETO afirmar que a tam serviços.
responsabilidade social:
(A) aumenta a obrigação ética da empresa. Considere o texto abaixo para responder às questões
(B) melhora a imagem pública. 142 e 143.
(C) defere poder demais às empresas.
(D) cria expectativas de lucro no longo prazo. Em uma agroindústria foi utilizada, durante o ano, uma má-
(E) é do interesse dos stakeholders da empresa. quina que vale R$ 80.000,00 no mercado e que tem uma vida
útil de dez anos. Estima-se que daqui a dez anos ela terá
virado sucata, e valerá apenas R$ 10.000,00. Essa máquina
139
necessita de manutenção anual que custa R$ 3.000,00.
Paulo e Carlos, funcionários de carreira do Banco do Brasil,
conversavam sobre as várias tendências da gestão adminis- 142
trativa. A que mais chamou a atenção para o debate foi a Se a máquina for utilizada durante 500 horas por ano, o custo
reengenharia, que revolucionou a operação de muitas institui- da hora dessa máquina, em reais, será:
ções, inclusive do próprio Banco. (A) 6,00 (B) 14,00
Um dos principais propósitos da reengenharia é: (C) 20,00 (D) 30,00
(A) libertar as organizações das atividades que não são fun- (E) 50,00
damentais para o desenvolvimento de sua competitividade.
(B) enfatizar a liberdade de decisão das pessoas, estabele- 143
cendo critérios de eficácia operacional. Considerando que a máquina foi adquirida e paga integral-
(C) delegar atividades, comportando o planejamento e o mente no primeiro ano, qual é o valor por hora, em reais,
cumprimento de metas. correspondente à saída de caixa no terceiro ano de utilização
(D) mudar radicalmente a forma de organizar e desenvolver o da máquina?
trabalho, rompendo com estruturas tradicionais. (A) 6,00 (B) 14,00
(E) avaliar os processos existentes que trarão maior vanta- (C) 20,00 (D) 30,00
gem competitiva, focando a necessidade constante de (E) 50,00
melhorias.
144
Entre os métodos de análise econômica de projetos apresen-
140 tados a seguir, o que NÃO considera o valor do dinheiro no
Querendo justificar sua proposta de reformulação do traba- tempo é:
lho, Janaína comentou a necessidade de desenvolvimento e (A) Payback. (B) VF.
crescimento da empresa, com o aperfeiçoamento de proces- (C) VPL. (D) VP.
sos, produtos e serviços através de um modelo de investiga- (E) TIR.
ção e análise da praxe de mercado, caracterizando, assim, a
abordagem contemporânea de: 145
(A) balanced scorecard. Em agronegócios, os itens abaixo são considerados gastos
(B) benchmarking. operacionais, EXCETO um. Indique-o.
(C) empowerment. (A) Medicamentos. (B) Fertilizantes.
(D) gestão pela qualidade total. (C) Impostos e contribuições. (D) Rações.
(E) reengenharia. (E) Aquisição de equipamento.

31
PROVA 2 - AMARELA
146 152
Considere o seguinte orçamento para o segundo ano de um Uma exportadora que quiser se garantir contra uma eventual
projeto agropecuário: Vendas: R$ 412.500,00; Custos variáveis: elevação de preços deve comprar:
R$ 341.000,00; Custos Fixos (sem depreciação): R$ 55.000,00;
Depreciação: R$ 40.000,00; Imposto de Renda: R$ 0,00. Qual I - contratos futuros;
o saldo do fluxo de caixa desse projeto, em reais? II - produtos no mercado físico;
(A) − 40.000,00 (B) − 23.500,00 III - CPR;
(C) − 16.500,00 (D) 16.500,00 IV - opções de compra.
(E) 23.500,00 Estão corretos os itens:
(A) I, II, III e IV. (B) II, III e IV, apenas.
147
(C) I, II e III, apenas. (D) II e IV, apenas.
O regime de flutuação suja é o regime:
(E) I e III, apenas.
(A) em que o câmbio funciona como âncora contra a inflação.
(B) em que produtos têm sua cotação de câmbio diferencia- 153
da para incentivar o comércio internacional. Com o intuito de financiar o plantio de sua lavoura, o produtor
(C) em que o governo fixa o valor do câmbio. pode:
(D) em que o governo deixa o valor do câmbio flutuar sem nun-
(A) vender contrato futuro.
ca intervir na oferta e demanda por moeda estrangeira.
(B) vender CPR.
(E) variante do regime cambial flexível, no qual o governo per-
(C) comprar contrato futuro.
mite uma flutuação livre no mercado de câmbio dentro de
(D) comprar opção de venda futuro.
um determinado intervalo.
(E) comprar CPR.
148
Dentre os desafios brasileiros pela busca da competitividade
154
Em fev /07, um produtor de soja localizado em Rondonópolis
no exterior, destacam-se alguns pontos, entre os quais NÃO
se inclui: (MT), preocupado com uma possível queda no preço do pro-
(A) alta carga tributária. duto na colheita (mai/07), calculou seus custos de produção
(B) precária infra-estrutura logística. (US$ 11,00/saca) e concluiu que o preço de US$ 15,00/saca
(C) falta de câmbio flutuante. lhe daria uma boa rentabilidade. Considerando que a base
(D) falta de cultura exportadora. histórica para Rondonópolis seja de US$ -1,00/saca, e que o
(E) falta de coordenação das cadeias. preço em mai/07, quando inverterá sua posição, esteja em
US$ 13,00/saca, qual será o seu ganho financeiro (na Bolsa),
149 o preço final que conseguirá e o seu lucro, respectivamente,
O processo de estabelecimento de uma Tarifa Externa Co- em US$/saca?
mum (TEC) visa a fixar as bases para um(a): (A) 2,00, 14,00 e 2,00 (B) 2,00, 15,00 e 4,00
(A) Mercado Comum. (B) Zona de Livre Comércio. (C) 2,00, 14,00 e 3,00 (D) 4,00, 14,00 e 3,00
(C) União Econômica. (D) União Aduaneira. (E) 4,00, 15,00 e 4,00
(E) Integração Econômica Total.
155
150 Como parte da Política de Crédito Rural, são concedidos à
O entendimento sobre proteção ou protecionismo está relacio- agropecuária três tipos de crédito a taxas de juros e condi-
nado a medidas que visam a favorecer o produtor nacional ções de pagamento diferentes das vigentes no mercado livre.
frente aos concorrentes estrangeiros. Tradicionalmente, qual São os créditos de:
o instrumento de uso mais comum nessa situação? (A) venda, de custeio e de exportação.
(A) Tarifa de exportação. (B) Tarifa de importação. (B) exportação, de comercialização e de armazenamento.
(C) Subsídios domésticos. (D) Subsídio à exportação. (C) investimento, de custeio e de armazenamento.
(E) Barreira sanitária. (D) comercialização, de investimento e de armazenamento.
(E) custeio, de comercialização e de investimento.
151
Mercado futuro é aquele em que são transacionados contra- 156
tos de produtos agropecuários específicos com um preço A respeito do Prêmio Equalizador Pago ao Produtor (PEPRO),
determinado para uma data futura. Para o bom funcionamen- assinale a afirmativa INCORRETA.
to desse mercado contribui a(o): (A) Para obter o PEPRO, o produtor tem de se cadastrar no
(A) diminuição da incerteza através da ação do governo. Serviço Eletrônico de Comercialização (SEC) da Conab.
(B) distribuição da produção e do consumo de cada (B) É necessário que o produtor tenha um corretor que o re-
commodity entre um pequeno número de compradores e presente.
vendedores. (C) O valor do PEPRO é fixo.
(C) dificuldade de padronização do produto. (D) O PEPRO é uma subvenção econômica (prêmio) conce-
(D) organização e aprimoramento dos mercados físicos. dida ao produtor rural.
(E) controle das variações que diminuem o risco das negoci- (E) O produtor, além da corretagem, paga para poder ter aces-
ações. so ao PEPRO.

32
PROVA 2 - AMARELA
157 CONTROLES INTERNOS
A respeito dos Instrumentos Privados de Financiamento da
Agropecuária, qual afirmativa é FALSA? 161
(A) O CDCA pode ser comprado por investidores privados,
Inseridos em um mercado de incertezas e oscilações,
pessoa física e jurídica.
para exercerem sua função de captação e investimento dos
(B) O CRA pode ser emitido por Companhias Securatizadoras
recursos de terceiros, os Bancos precisam, antes de tudo,
de Direitos Creditórios do Agronegócio (DCA).
vender seu principal ativo: a confiança. Dentro desse contexto,
(C) A CPR pode ser emitida por produtores rurais, empresas
os Bancos conseguirão transmitir confiança à sociedade se
agropecuárias, cooperativas e associações de produtores.
(D) A forma de liquidação da LCA é o valor do Resgate (valor adotarem uma política de:
de face). (A) capacitação e treinamento dos gerentes.
(E) Tanto a forma de liquidação do CDA quanto do WA é a (B) gestão e controle dos riscos.
entrega física do produto. (C) gestão e controle da carteira de ativos.
(D) manutenção do relacionamento com os investidores.
158 (E) manutenção das contas correntes.
Uma agroindústria se credencia para receber uma subvenção
do Governo Federal de R$ 4,00/saca por meio do PROP e 162
automaticamente lança uma opção privada de venda na qual No desenrolar da História, os Bancos passaram por crises
o produtor consegue adquirir o direito de vender o seu produto e colapsos que acarretaram enormes prejuízos para seus
ao preço de R$19,00/saca (preço de exercício). Consideran- clientes e para o sistema financeiro como um todo. Com o
do que, no vencimento da opção, o preço do produto é de objetivo de preservar a estabilidade financeira da economia,
R$ 20,00/saca, que procedimento deverá ser adotado? foram adotados meios para evitar o risco sistêmico. Assinale
(A) A agroindústria adquire o produto ao preço de a opção que apresenta um desses meios.
R$ 16,00/saca. (A) Comunicação efetiva entre os Bancos do sistema
(B) A agroindústria compra o produto a R$ 19,00/saca. financeiro.
(C) O produtor vende o produto ao lançador da opção ao pre- (B) Análise do Balanço dos Bancos por profissionais capaci-
ço de R$ 19,00/saca, pois receberá do Governo a diferen- tados.
ça entre o preço de exercício e o preço de mercado até o (C) Avaliação do risco de crédito.
limite fixado na apólice da PROP. (D) Supervisão oficial, criteriosa e rigorosa dos Bancos e de
(D) O produtor não exerce o direito de vender à agroindústria suas operações.
e vende no mercado. (E) Monitoramento das operações com risco alto.
(E) O Governo Federal compra o produto a R$ 19,00/saca e a
agroindústria é retirada do processo. 163
O estabelecimento dos controles internos é extremamente
importante para que os Bancos atinjam seus objetivos,
159 desde que estes sejam previamente definidos e fixados.
A Aliança Cooperativa Internacional (ACI) estabeleceu alguns Em relação aos objetivos de uma instituição bancária, é
princípios relacionados à cooperação que devem ser segui-
correto afirmar que a(os):
dos por todas as cooperativas filiadas ao movimento
(A) área de controles internos em um Banco tem o dever de
cooperativista vinculado à ACI. Assinale a opção que NÃO
definir os objetivos gerais e segmentados, para que os
apresenta um desses princípios.
mesmos possam ser atingidos de uma forma prática e
(A) Preocupação com a comunidade.
eficiente.
(B) Dependência apenas em relação ao Governo.
(C) Educação, treinamento e formação. (B) instituição bancária deve definir seus objetivos gerais e
(D) Controle democrático pelos cooperados. segmentados junto aos funcionários e acionistas, respei-
(E) Cooperação entre as cooperativas. tando assim o conceito de governança corporativa.
(C) objetivos de um Banco devem ser definidos de uma forma
160 geral e abrangente, para que possam ser atingidos de
Várias são as oportunidades de novos negócios criadas com uma forma prática e eficiente.
os problemas ambientais que se vêm tornando cada vez mais (D) objetivos gerais de um Banco, como por exemplo de
freqüentes e intensivos. Entre essas novas oportunidades, atingir maior rentabilidade, devem ser definidos e fixados
que geram a possibilidade de ganho potencial para a agricul- pelo Conselho de Administração, enquanto os objetivos
tura, encontram-se: segmentados por áreas de negócio devem ser fixados
(A) produção orgânica e seqüestro de carbono. pelos dirigentes e executivos.
(B) biodiesel e utilização de fertilizantes. (E) objetivos de um Banco devem ser definidos de uma forma
(C) queimadas e energias alternativas. geral e segmentada e fixados pelo sistema de Governança
(D) seqüestro de carbono e queimadas. Corporativa, que é representado pelo Conselho de
(E) assoreamento e produção orgânica. Administração.

33
PROVA 2 - AMARELA
164 166
Num grupo bancário, em um processo de estruturação Os controles internos na administração estão diretamente
organizacional dos controles internos, ocorre uma divisão ligados ao sucesso, à imagem e à confiança de qualquer
natural de responsabilidades entre os vários órgãos da organização bancária. Nesse sentido, dentre os objetivos
administração, como o da gestão de controles. a serem atingidos pelo processo de controles internos,
Dentre outros aspectos, os órgãos de controle são responsá- definidos pelo COSO (Committee of Sponsoring Organizations
veis por: of the Treadway Commission), pode-se citar o(a):
(A) estabelecimento de competências por função.
(A) avaliar o resultado das operações bancárias, comparan-
(B) processo de segregação de função nas atividades
do com o mercado, e indicar uma estratégia de acordo
operacionais.
com o estudo realizado. (C) grau de eficiência e eficácia das operações.
(B) elaborar, juntamente com o conselho de administração e (D) avaliação do grau de risco no nível das atividades
com a diretoria executiva, o planejamento estratégico e operacionais.
fiscal do Banco e assegurar o seu devido cumprimento. (E) definição de processos chaves dentro do fluxo operacional.
(C) analisar os problemas ocorridos com produtos e com
clientes do Banco, e estudar uma forma de os remediar, 167
implantando controles necessários para que os mesmos O modelo COSO (Committee of Sponsoring Organizations
problemas não ocorram novamente. of the Treadway Commission), apresentado abaixo, foi conce-
(D) garantir uma rentabilidade razoável para a instituição bido com a finalidade de auxiliar na gestão empresarial, esta-
bancária, que é o objetivo principal de todo Banco. belecendo um modelo de controles internos. O COSO tem
(E) garantir que cada área do Banco cumpra todas as como um de seus objetivos fornecer subsídios para que as
demandas legais e regulamentares, internas ou externas, organizações possam atender aos cinco componentes bási-
ao conduzir suas operações, e avaliar o risco no nível de cos do sistema de controles internos.
cada operação.
ES
A ÇÕ
165 R
ES N ST RAS NCE
Na estrutura organizacional bancária, existem três áreas Õ I IA
MO NCE

ATIVIDADE 1
R AÇ E PL
que, em seu conjunto, fazem com que os objetivos da E D A M
organização sejam fixados e atingidos, possibilitando assim OP FIN CO

ATIVIDADE 2
a efetividade dos controles internos. 1

UNIDADE A
2
UNIDADE B

Fonte: COSO (Committee of Sponsoring Organizations of the


Treadway Commission). Enterprise Risk Management, COSO, 2002.

As áreas relacionadas aos objetivos do Banco, identificadas Seguindo a ordem crescente da numeração, os componentes
na estrutura acima, respectivamente, como I, II e III, são as são:
de: (A) Ambiente de Controle; Avaliação dos Riscos; Informação
(A) Governança Corporativa (Conselho de Administração); e Comunicação; Auditoria Interna e Monitoramento.
Gestão de Recursos e Riscos e Controles Internos da
(B) Ambiente de Controle; Avaliação dos Riscos; Atividades
Gestão.
(B) Governança Corporativa (Conselho de Administração); de Controle; Informação e Comunicação e Monitoramento.
Auditoria Interna e Gestão de Recursos e Riscos. (C) Governança Corporativa; Ambiente de Controle; Informação
(C) Controles Internos da Gestão; Governança Corporativa e Comunicação; Monitoramento e Atividades de Controle.
(Conselho de Administração) e Análise de Crédito. (D) Governança Corporativa; Atividades de Controle; Avaliação
(D) Gestão de Recursos e Riscos; Análise de Crédito e dos Riscos; Ambiente de Controle e Informação e Comu-
Governança Corporativa (Conselho de Administração).
nicação.
(E) Gestão de Recursos e Riscos; Controles Internos da Ges-
tão e Governança Corporativa (Conselho de Administra- (E) Avaliação dos Riscos; Governança Corporativa; Informação
ção). e Comunicação; Atividades de Controle e Monitoramento.

34
PROVA 2 - AMARELA
168 170
Em qualquer sistema de controles internos, os controles por Em um Banco, uma governança corporativa produtiva e eficaz
si só não geram resultados satisfatórios; eles precisam estar irá influenciar todos os demais elementos desse ambiente.
relacionados aos objetivos do Banco e à sua estrutura Nesse sentido, é correto afirmar que é papel da Governança
organizacional. Nesse sentido, o Ambiente de Controle: Corporativa:
(A) implica o grau de envolvimento em fatores ligados a (A) estabelecer uma visão positiva dos controles internos, para
que não sejam vistos como instrumentos burocráticos,
responsabilidade social, controle da qualidade total e
mas como instrumentos de gestão de recursos e riscos.
gestão de pessoas, pois, com o estabelecimento desses (B) avaliar constantemente a exposição do Banco a risco,
três fatores, o Banco poderá se estruturar melhor para tanto no mercado interno como no mercado externo.
que seus objetivos sejam atingidos rapidamente. (C) avaliar constantemente a política de controles internos
(B) é o elo entre o objetivo principal do Banco, o lucro, e o adotada, verificando se há falhas nos controles, reportan-
mercado, refletindo a imagem do Banco para o meio do-se, caso necessário, ao Conselho de Administração.
externo; ou seja, com o ambiente de controles favorável, (D) atuar como responsável pela administração do Banco,
pode-se determinar quando os objetivos serão alcançados. comprometendo-se com a geração de resultados.
(C) determina a forma pela qual o Banco deve ser seg- (E) atuar em parceria com o órgão de auditoria interna, no
mentado, por meio de um estudo comportamental da sentido de estabelecer um sistema de controles eficaz.
alta administração e de seus funcionários, podendo esta-
171
belecer uma estrutura segmentada em áreas de negó-
O ambiente de controle em um Banco é construído em cima
cio, o que facilita o alcance dos objetivos. de valores éticos, morais e principalmente culturais, direta-
(D) traduz o estilo operacional da administração do Banco, mente influenciado pelo estilo de gestão dos administrado-
por exemplo, como esta assume e delega as respon- res. Sendo assim, para que um ambiente de controle seja
sabilidades quanto às tarefas de controle, além de construído de maneira correta, os administradores devem:
traduzir também a competência e o senso ético dos (A) implantar as atividades de controle e monitorá-las para
recursos humanos empregados. que não haja um desvio de conduta dos funcionários.
(E) é a base para os outros componentes da Governança (B) desenvolver atividades em grupo com seus funcionários,
Corporativa, ficando difícil atingir os objetivos e determi- promovendo maior sinergia entre os membros da equipe
nar uma estrutura organizacional de controles sem que para que as atividades de controle sejam aceitas de ma-
neira mais agradável.
sejam asseguradas as mínimas condições.
(C) demonstrar uma atitude positiva e construtiva de apoio e
de reconhecimento da importância dos controles, e de
169 aderência às normas internas e ao código de conduta.
Atualmente, em face da globalização dos investimentos e da (D) promover campanhas, estabelecendo metas de controles
criação de novos produtos como derivativos, o fator risco está a serem alcançadas e premiando os funcionários que mais
cada vez mais presente nos Bancos. Nesse contexto, de desenvolveram as atividades de controle.
que forma atuará o componente de controles internos que (E) avaliar se a política de controles está sendo cumprida,
trata da identificação e avaliação do risco? efetuando testes de eficiência dos controles e, caso
(A) Verificará os riscos inerentes às operações de investimento necessário, implantando uma política de correção.
e captações dos Bancos, procurando mitigá-los de forma
a oferecer maior conforto para o investidor e até mesmo
172
Por estar diretamente vinculado a grandes quantias, o
para o Banco.
processo de identificação e avaliação dos riscos em um
(B) Ajudará como instrumento do Banco na identificação e Banco carrega uma das maiores responsabilidades dos
análise dos riscos inerentes às operações bancárias, componentes dos controles internos e, por isso, deverá ser
atividade esta que deverá ser desenvolvida por auditores cumprido em etapas.
externos. Considere as seguintes etapas:
(C) Tratará da identificação e análise, por parte da adminis-
tração, dos riscos relevantes que possam impedir o I - análise;
alcance dos objetivos do negócio, identificando as II - identificação;
ameaças e oportunidades em relação ao alcance desses III - avaliação;
objetivos. IV - gestão;
V - validação;
(D) Transmitirá certo grau de confiança para o público em
VI - monitoramento.
geral, nas operações realizadas pelo Banco, ajudando
assim a instituição a atingir seus objetivos precípuos. As etapas do processo de identificação e avaliação dos
(E) Identificará e analisará os riscos das operações bancárias riscos de controle são:
como um todo, elaborando um relatório de risco que irá (A) III, IV, V e VI, apenas. (B) II, IV, V e VI, apenas.
atender tanto ao conselho de administração do Banco (C) II, III, IV e VI, apenas. (D) I, II, IV e V, apenas.
quanto aos órgãos reguladores. (E) I, II, III e V, apenas.

35
PROVA 2 - AMARELA
173 175
Em determinada ocasião, um gestor de recursos de certo As atividades de controle podem ser consideradas a engre-
Banco fez a seguinte declaração: “Em um processo de nagem do sistema de controles internos ou as peças-chave
concessão de crédito a terceiros, eu só me preocupo em que fazem a ligação com os demais componentes. Sendo
emprestar mais, a uma taxa de juros elevada, indo até o assim, a finalidade das atividades de controle é:
meu limite. Essa parte de papelada e análise de crédito não (A) garantir o perfeito funcionamento do sistema de controles
me importa, eu quero é vender mais crédito e trazer mais internos, através da conscientização dos funcionários, para
dinheiro para o Banco”. Estabelecendo uma relação direta que os objetivos do Banco sejam atingidos.
entre a declaração do gestor de recursos e a exposição (B) avaliar os riscos envolvidos em cada atividade operacional,
dos Bancos aos riscos, é correto afirmar que o gestor de para que os procedimentos de controle sejam desenha-
recursos: dos corretamente, diminuindo o risco das operações.
(A) faz uma avaliação errada, pois com a não-realização das (C) impor ao quadro de funcionários os valores éticos e cultu-
duas atividades de controle mencionadas em sua decla- rais da organização, para que os controles internos se-
ração, ele estará exposto ao risco de imagem e ao risco jam fielmente cumpridos e os objetivos sejam atingidos.
de crédito, podendo trazer grande prejuízo ao Banco. (D) exercer políticas, procedimentos e práticas que assegu-
(B) realiza operações que estão expondo o Banco a diversos rem que os objetivos da administração sejam atingidos e
tipos de risco, como: o risco de crédito, pois ele não sabe que suportem a estratégia de conformação e mitigação
se o tomador terá condições de liquidar sua dívida; o risco dos riscos.
de mercado, pois o contrato foi realizado com uma taxa (E) auxiliar a administração na revisão dos controles internos
acima do mercado; além dos riscos legais, estratégicos implantados e verificar se os mesmos estão funcionando
e operacionais. de maneira apropriada, para que todos os riscos sejam
(C) preocupa-se em elevar as taxas de juros, mitigando, mitigados e os objetivos atingidos.
assim, o maior risco da operação, que é o risco de
mercado, cobrindo dessa maneira os demais riscos 176
inerentes à operação. A avaliação do desempenho do Banco e de suas áreas é
(D) expõe o Banco a riscos como: o de crédito, pois o tomador considerada uma atividade de controle fundamental ao
do empréstimo pode não ter condições de liquidar sua relacionamento do Banco com o mercado. Esse desempenho
dívida; o legal, pois o não-preenchimento da documentação pode ser avaliado por métricas que, dependendo do receptor
necessária pode acarretar multas ou concessões por parte da informação, irão gerar um resultado. Das fórmulas abaixo,
dos órgãos reguladores; e o estratégico, no sentido de ter qual é a correta para ilustrar um relatório de desempenho
sido adotada uma estratégia errada. direcionado ao acionista?
(E) age adequadamente, visto que, em um processo de
concessão de crédito, a parte burocrática de preenchi- RETORNO
(A) VA = (B) VA = RETORNO
mento do contrato fica em segundo plano e a parte de INVESTIMENTO PREÇO
análise do crédito fica a cargo de seus assistentes, não
sendo objeto de sua revisão. RETORNO PREÇO
(C) VA = (D) VC=
QUALIDADE INVESTIMENTO
174
De acordo com a descrição de exposição dos Bancos aos
principais riscos, em qual das situações abaixo o Banco (E) VC= QUALIDADE
PREÇO
estaria exposto ao risco estratégico?
(A) Um ex-funcionário do Banco T acionou o Banco na 177
Justiça por falta de recolhimento do FGTS de seus Em relação ao processo de monitoramento em um sistema
funcionários e ameaçou divulgar o fato em jornais de de controle interno, é correto afirmar que é de responsabilidade
grande circulação. do funcionário:
(B) Segundo o parecer de seus auditores independentes, o (A) planejar a abordagem de controles em relação a cada
Banco G corre o risco de descontinuar suas operações, atividade.
caso não haja intervenção por parte da holding. (B) realizar o monitoramento do seu próprio trabalho para
(C) O Banco Z divulgou, em jornal de grande circulação, a assegurar que este esteja sendo executado adequada-
informação de um novo produto, porém não deu treina- mente, corrigindo os erros antes da revisão da supervi-
mento adequado aos funcionários do front - office. são.
(D) O Banco W exerceu uma recompra de títulos emitidos, a (C) monitorar as operações realizadas por seus supervisores,
uma taxa de 6,5% a.a, e, em seguida, emitiu novos para que haja independência na revisão.
títulos, a uma taxa de 4,5% a.a, com um prazo mais (D) validar todas as informações antes de processá-las, para
longo de maturação. depois não ter o trabalho de monitorá-las.
(E) O Banco K, especializado em operações de Corporate (E) solicitar que seus supervisores revisem as operações,
Finance, optou por entrar no mercado do micro-crédito e antes de enviá-las e concluí-las, não cabendo aos funcio-
decidiu adquirir o Banco Y, que não estava muito bem. nários o trabalho de monitoramento de suas atividades.

36
PROVA 2 - AMARELA
178
Em um Banco, para cada operação tem-se, pelo menos,
uma atividade de controle relacionada. Dentre as atividades
abaixo, assinale a que possui característica preventiva e está
relacionada a um processo de assinatura de contratos de
venda de títulos.
(A) Segregação de tarefas. (B) Controle de ativo físico.
(C) Verificação. (D) Reconciliação.
(E) Controle Duplo.

179
Devido ao grande avanço tecnológico e às exigências da
lei norte-americana (Sarbanes-Oxley), os controles internos
relacionados à Tecnologia da Informação (TI) estão em
evidência. Em relação aos Controles de TI, é correto afirmar
que os Controles de Acesso são:
(A) componentes de controle responsáveis pelo desenvolvi-
mento de softwares para registro dos funcionários que
acessam o sistema do Banco.
(B) componentes eletrônicos, softwares de segurança que
controlam o acesso de pessoas ao ambiente interno das
agências bancárias.
(C) constituídos de processos físicos e softwares
especializados que limitam a entrada de pessoas não
autorizadas ao sistema e à rede de dados do Banco.
(D) constituídos de processos físicos e softwares que
limitam o acesso de funcionários do Banco a sites com
conteúdo não permitido, que podem comprometer a rede
de dados.
(E) constituídos de softwares responsáveis pela geração de
senhas de acesso, via Internet, ao sistema eletrônico do
Banco, facilitando a vida do cliente.

180
Em um Banco, para que o sistema de controles internos
funcione em perfeita ordem, é preciso que esteja muito bem
alinhado com seu Programa de Compliance. Esse Programa
é constituído por políticas, normas e procedimentos que
irão reger o Banco, suas operações e seus funcionários.
O Programa de Compliance é formado por comitê que irá
decidir sobre:
(A) a abordagem utilizada no Manual de Normas e Procedi-
mentos do Banco, principalmente no relacionamento com
investidores.
(B) a fixação de tarefas, atribuições, responsabilidades, limites
de alçada e código de conduta para os executivos até
o nível de supervisor, que se encarregarão de repassar
essas atribuições a seus subordinados.
(C) as normas e procedimentos utilizados para atender aos
órgãos reguladores, a fim de se evitar ou diminuir o risco
legal.
(D) o planejamento estratégico do Banco, única e exclusiva-
mente, já que esse Comitê é formado pelo Conselho de
Administração.
(E) todos os procedimentos relacionados às operações do
Banco, em todas as suas áreas, desde a limpeza até o
private banking, não interagindo com diretores ou
supervisores, mas tratando direto com o executor da
tarefa.

37
PROVA 2 - AMARELA