Você está na página 1de 39
UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO JOÃO DEL RE I Departamento de Engenharia Elétrica Eletrônica II Resposta

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO JOÃO DEL REI

Departamento de Engenharia Elétrica Eletrônica II Resposta em frequência: TBJ

Elétrica Eletrônica II Resposta em frequência: TBJ Eletrônica II Resposta em Frequência: Transistor Bipolar

Eletrônica II

Resposta em Frequência: Transistor Bipolar de Junção

II Resposta em Frequência: Transistor Bipolar de Junção Professor Davidson Lafitte Firmo

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO JOÃO DEL REI

Departamento de Engenharia Elétrica Eletrônica II Resposta em frequência: TBJ

Elétrica Eletrônica II Resposta em frequência: TBJ Tópicos: 1. O efeito capacitivo das junções nos TBJs;

Tópicos:

1. O efeito capacitivo das junções nos TBJs;

2. Um modelo para alta frequência;

3. Um modelo para baixa frequência;

4. A resposta em frequência dos TBJs.

2

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO JOÃO DEL RE I Departamento de Engenharia Elétrica Eletrônica II Resposta

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO JOÃO DEL REI

Departamento de Engenharia Elétrica Eletrônica II Resposta em frequência: TBJ

Elétrica Eletrônica II Resposta em frequência: TBJ O efeito capacitivo das junções nos TBJs Transistores

O efeito capacitivo das junções nos TBJs

Transistores reais exibem fenômenos de armazenamento de cargas

reais exibem fenômenos de armazenamento de cargas 3 UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO JOÃO DEL RE I

3

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO JOÃO DEL REI

Departamento de Engenharia Elétrica Eletrônica II Resposta em frequência: TBJ

Elétrica Eletrônica II Resposta em frequência: TBJ O efeito capacitivo das junções nos TBJs Transistores

O efeito capacitivo das junções nos TBJs

Transistores reais exibem fenômenos de armazenamento de cargas

Capacitância de difusão (carregamento de base)

C de

4

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO JOÃO DEL RE I Departamento de Engenharia Elétrica Eletrônica II Resposta

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO JOÃO DEL REI

Departamento de Engenharia Elétrica Eletrônica II Resposta em frequência: TBJ

Elétrica Eletrônica II Resposta em frequência: TBJ O efeito capacitivo das junções nos TBJs Transistores

O efeito capacitivo das junções nos TBJs

Transistores reais exibem fenômenos de armazenamento de cargas

Capacitância de difusão (carregamento de base)

Q

n

W

2

2 D

n

e

v BE

v BE
V T

V T

C de

5

de base) Q  n W 2 2 D n e v BE V T C

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO JOÃO DEL REI

Departamento de Engenharia Elétrica Eletrônica II Resposta em frequência: TBJ

Elétrica Eletrônica II Resposta em frequência: TBJ O efeito capacitivo das junções nos TBJs Transistores

O efeito capacitivo das junções nos TBJs

Transistores reais exibem fenômenos de armazenamento de cargas

Capacitância de difusão (carregamento de base)

Q

n

W

2

2 D

n

e

v BE

v BE
V T

V T

i

F C

C de

6

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO JOÃO DEL RE I Departamento de Engenharia Elétrica Eletrônica II Resposta

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO JOÃO DEL REI

Departamento de Engenharia Elétrica Eletrônica II Resposta em frequência: TBJ

Elétrica Eletrônica II Resposta em frequência: TBJ O efeito capacitivo das junções nos TBJs Transistores

O efeito capacitivo das junções nos TBJs

Transistores reais exibem fenômenos de armazenamento de cargas

Capacitância de difusão (carregamento de base)

C de

W 2 v BE Q  e V T  F i n C 2
W
2
v BE
Q
e
V
T

F i
n
C
2
D
n
Carga de portadores minoritários
armazenada na base

7

n Carga de portadores minoritários armazenada na base 7 UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO JOÃO DEL RE

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO JOÃO DEL REI

Departamento de Engenharia Elétrica Eletrônica II Resposta em frequência: TBJ

Elétrica Eletrônica II Resposta em frequência: TBJ O efeito capacitivo das junções nos TBJs Transistores

O efeito capacitivo das junções nos TBJs

Transistores reais exibem fenômenos de armazenamento de cargas

Capacitância de difusão (carregamento de base)

C de

Q

n

W 2 v BE e V T  i F C 2 D n Constante
W
2
v BE
e
V
T

i
F
C
2 D
n
Constante de difusão dos elétrons
na base

8

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO JOÃO DEL RE I Departamento de Engenharia Elétrica Eletrônica II Resposta

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO JOÃO DEL REI

Departamento de Engenharia Elétrica Eletrônica II Resposta em frequência: TBJ

Elétrica Eletrônica II Resposta em frequência: TBJ O efeito capacitivo das junções nos TBJs Transistores

O efeito capacitivo das junções nos TBJs

Transistores reais exibem fenômenos de armazenamento de cargas

Capacitância de difusão (carregamento de base)

C de

Q

n

W 2 v BE e V T  F i C 2 D n Largura
W
2
v BE
e
V T

F i
C
2
D
n
Largura efetiva da base

9

e V T  F i C 2 D n Largura efetiva da base 9 UNIVERSIDADE

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO JOÃO DEL REI

Departamento de Engenharia Elétrica Eletrônica II Resposta em frequência: TBJ

Elétrica Eletrônica II Resposta em frequência: TBJ O efeito capacitivo das junções nos TBJs Transistores

O efeito capacitivo das junções nos TBJs

Transistores reais exibem fenômenos de armazenamento de cargas

Capacitância de difusão (carregamento de base)

C de

Q

n

W

2

2 D

n

v

BE

e

V

T

F i C Constante do dispositivo
F i
C
Constante do dispositivo

10

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO JOÃO DEL RE I Departamento de Engenharia Elétrica Eletrônica II Resposta

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO JOÃO DEL REI

Departamento de Engenharia Elétrica Eletrônica II Resposta em frequência: TBJ

Elétrica Eletrônica II Resposta em frequência: TBJ O efeito capacitivo das junções nos TBJs Transistores

O efeito capacitivo das junções nos TBJs

Transistores reais exibem fenômenos de armazenamento de cargas

Capacitância de difusão (carregamento de base)

C de

Q

n

W

2

2

D

n

e

v BE

v BE
V T

V T

F i C Constante do dispositivo 10 a 100 ps
F i
C
Constante do dispositivo
10 a 100 ps

11

T F i C Constante do dispositivo 10 a 100 ps   11 UNIVERSIDADE FEDERAL

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO JOÃO DEL REI

Departamento de Engenharia Elétrica Eletrônica II Resposta em frequência: TBJ

Elétrica Eletrônica II Resposta em frequência: TBJ O efeito capacitivo das junções nos TBJs Transistores

O efeito capacitivo das junções nos TBJs

Transistores reais exibem fenômenos de armazenamento de cargas

Capacitância de difusão (carregamento de base)

C de

W

2

2 D

n

v BE

Q

n

e

V

T

F i

C

Efeito capacitivo não linear
Efeito capacitivo não
linear
Capacitância para pequenos sinais
Capacitância para
pequenos sinais

12

dQ di C  n  C d e dv BE F dv BE
dQ
di
C 
n

C
d
e
dv BE
F dv
BE
UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO JOÃO DEL RE I Departamento de Engenharia Elétrica Eletrônica II Resposta

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO JOÃO DEL REI

Departamento de Engenharia Elétrica Eletrônica II Resposta em frequência: TBJ

Elétrica Eletrônica II Resposta em frequência: TBJ O efeito capacitivo das junções nos TBJs Transistores

O efeito capacitivo das junções nos TBJs

Transistores reais exibem fenômenos de armazenamento de cargas

Capacitância de difusão (carregamento de base)

C de

di

dv

BE

I

V

T

C

d e

F

C

g

F m

F

C

13

F C   g F m   F C 13 UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO JOÃO DEL REI

Departamento de Engenharia Elétrica Eletrônica II Resposta em frequência: TBJ

Elétrica Eletrônica II Resposta em frequência: TBJ O efeito capacitivo das junções nos TBJs Capacitância da

O efeito capacitivo das junções nos TBJs

Capacitância da junção emissor-base

C je

C je

C je 0 m Capacitância da junção para tensão zero  V  BE 
C
je 0
m
Capacitância da junção para tensão
zero
V
BE
 1 
V
0 e

14

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO JOÃO DEL RE I Departamento de Engenharia Elétrica Eletrônica II Resposta

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO JOÃO DEL REI

Departamento de Engenharia Elétrica Eletrônica II Resposta em frequência: TBJ

Elétrica Eletrônica II Resposta em frequência: TBJ O efeito capacitivo das junções nos TBJs Capacitância da

O efeito capacitivo das junções nos TBJs

Capacitância da junção emissor-base

C je

C je

C je 0 m  V  BE  1     V
C je 0
m
V
BE
 1 
V
0
e
Tensão interna da junção (0,9 V)

15

V   0 e Tensão interna da junção (0,9 V) 15 UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO JOÃO DEL REI

Departamento de Engenharia Elétrica Eletrônica II Resposta em frequência: TBJ

Elétrica Eletrônica II Resposta em frequência: TBJ O efeito capacitivo das junções nos TBJs Capacitância da

O efeito capacitivo das junções nos TBJs

Capacitância da junção emissor-base

C je

C je

C je 0

m  V  BE  1     V   0
m
V
BE
 1 
V
0
e
Coeficiente de graduação da junção
(0,5)

16

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO JOÃO DEL RE I Departamento de Engenharia Elétrica Eletrônica II Resposta

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO JOÃO DEL REI

Departamento de Engenharia Elétrica Eletrônica II Resposta em frequência: TBJ

Elétrica Eletrônica II Resposta em frequência: TBJ O efeito capacitivo das junções nos TBJs Capacitância da

O efeito capacitivo das junções nos TBJs

Capacitância da junção emissor-base

C je

C je

C je 0

1

V

BE

V

0 e

m

2

C C

je

je 0

17

 V BE V 0 e     m 2 C  C je

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO JOÃO DEL REI

Departamento de Engenharia Elétrica Eletrônica II Resposta em frequência: TBJ

Elétrica Eletrônica II Resposta em frequência: TBJ O efeito capacitivo das junções nos TBJs Capacitância da

O efeito capacitivo das junções nos TBJs

Capacitância da junção emissor-base

C je

C C

2

je

je 0

2

A

  q   N N   1  S  A D
q   N N
  1 
S
A
D
2
N
N
 V
  
A
D
0

18

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO JOÃO DEL RE I Departamento de Engenharia Elétrica Eletrônica II Resposta

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO JOÃO DEL REI

Departamento de Engenharia Elétrica Eletrônica II Resposta em frequência: TBJ

Elétrica Eletrônica II Resposta em frequência: TBJ O efeito capacitivo das junções nos TBJs Capacitância da

O efeito capacitivo das junções nos TBJs

Capacitância da junção emissor-base

C je

C

je

2

C

je 0

  q   N N   1  2 A S 
q
  N N
  1 
2
A
S
A
D
2
N
N
 V
   
A
D
0
Área da seção transversal da junção

19

 A D 0 Área da seção transversal da junção 19 UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO JOÃO

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO JOÃO DEL REI

Departamento de Engenharia Elétrica Eletrônica II Resposta em frequência: TBJ

Elétrica Eletrônica II Resposta em frequência: TBJ O efeito capacitivo das junções nos TBJs Capacitância da

O efeito capacitivo das junções nos TBJs

Capacitância da junção emissor-base

C je

C C

2

je

je 0

2

A

  q   N N   1  S A D 
q
  N N
  1 
S
A
D
2
N
N
V
  
A
D
0
Permissividade do silício

20

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO JOÃO DEL RE I Departamento de Engenharia Elétrica Eletrônica II Resposta

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO JOÃO DEL REI

Departamento de Engenharia Elétrica Eletrônica II Resposta em frequência: TBJ

Elétrica Eletrônica II Resposta em frequência: TBJ O efeito capacitivo das junções nos TBJs Capacitância da

O efeito capacitivo das junções nos TBJs

Capacitância da junção emissor-base

C je

C C

2

je

je 0

2

A

  q   N N   1  S A D 
q
  N N
  1 
S
A
D
2
N
N
 V
  
A
D
0
Carga do elétron

21

 V      A D 0 Carga do elétron 21 UNIVERSIDADE FEDERAL

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO JOÃO DEL REI

Departamento de Engenharia Elétrica Eletrônica II Resposta em frequência: TBJ

Elétrica Eletrônica II Resposta em frequência: TBJ O efeito capacitivo das junções nos TBJs Capacitância da

O efeito capacitivo das junções nos TBJs

Capacitância da junção emissor-base

C je

C C

2

je

je 0

2

A

  q   N N   1  S   
q
  N N
  1 
S
A
D
2
N
N
V
 
A
D
0
Concentração de dopantes do
material tipo P

22

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO JOÃO DEL RE I Departamento de Engenharia Elétrica Eletrônica II Resposta

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO JOÃO DEL REI

Departamento de Engenharia Elétrica Eletrônica II Resposta em frequência: TBJ

Elétrica Eletrônica II Resposta em frequência: TBJ O efeito capacitivo das junções nos TBJs Capacitância da

O efeito capacitivo das junções nos TBJs

Capacitância da junção emissor-base

C je

C C

2

je

je 0

2

A

  q   N N   1  S  A D
q
  N N
  1 
S
A
D
2
N
N
V
 
A
D
0
Concentração de dopantes do
material tipo N

23

A D 0 Concentração de dopantes do material tipo N 23 UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO JOÃO

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO JOÃO DEL REI

Departamento de Engenharia Elétrica Eletrônica II Resposta em frequência: TBJ

Elétrica Eletrônica II Resposta em frequência: TBJ O efeito capacitivo das junções nos TBJs Capacitância da

O efeito capacitivo das junções nos TBJs

Capacitância da junção emissor-base

C je

C C

2

je

je 0

2

A

  q   N N   1  S A D 
q
  N N
  1 
S
A
D
2
N
N
V
 
A
D
0
Tensão interna da junção
 N N 
V
V
ln 
A
D
0
T
n
2
i

24

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO JOÃO DEL RE I Departamento de Engenharia Elétrica Eletrônica II Resposta

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO JOÃO DEL REI

Departamento de Engenharia Elétrica Eletrônica II Resposta em frequência: TBJ

Elétrica Eletrônica II Resposta em frequência: TBJ O efeito capacitivo das junções nos TBJs Capacitância da

O efeito capacitivo das junções nos TBJs

Capacitância da junção coletor-base

C

C

C

0

 0

1

V

CB

V

0 c

 

m

25

0   1    V CB V 0 c    

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO JOÃO DEL REI

Departamento de Engenharia Elétrica Eletrônica II Resposta em frequência: TBJ

Elétrica Eletrônica II Resposta em frequência: TBJ O efeito capacitivo das junções nos TBJs Capacitância da

O efeito capacitivo das junções nos TBJs

Capacitância da junção coletor-base

C

C

Capacitância coletor-base para tensão zero C  0 m  V  Coeficiente de graduação
Capacitância coletor-base
para tensão zero
C
0
m
V
Coeficiente de graduação
CB
 1 
0,2-0,5
V
0
c
Tensão interna (0,75 V)

26

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO JOÃO DEL RE I Departamento de Engenharia Elétrica Eletrônica II Resposta

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO JOÃO DEL REI

Departamento de Engenharia Elétrica Eletrônica II Resposta em frequência: TBJ

Elétrica Eletrônica II Resposta em frequência: TBJ O efeito capacitivo das junções nos TBJs O modelo

O efeito capacitivo das junções nos TBJs

O modelo π-híbrido para altas frequências

nos TBJs O modelo π - híbrido para altas frequências Definindo-se C   C 

Definindo-se

C

C C

de

je

e

C

27

Definindo-se C   C  C de je e C  27 UNIVERSIDADE FEDERAL DE

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO JOÃO DEL REI

Departamento de Engenharia Elétrica Eletrônica II Resposta em frequência: TBJ

Elétrica Eletrônica II Resposta em frequência: TBJ O efeito capacitivo das junções nos TBJs O modelo

O efeito capacitivo das junções nos TBJs

O modelo π-híbrido para altas frequências

junções nos TBJs O modelo π - híbrido para altas frequências Definindo-se C   C

Definindo-se

C

C C

de

je

e

C

28

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO JOÃO DEL RE I Departamento de Engenharia Elétrica Eletrônica II Resposta

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO JOÃO DEL REI

Departamento de Engenharia Elétrica Eletrônica II Resposta em frequência: TBJ

Elétrica Eletrônica II Resposta em frequência: TBJ O efeito capacitivo das junções nos TBJs O modelo

O efeito capacitivo das junções nos TBJs

O modelo π-híbrido para altas frequências

Definindo-se C   C  C C  Modela a resistência do silício na
Definindo-se
C 
 C  C
C 
Modela a resistência do
silício na região da base
de
je
e
a resistência do silício na região da base de je e 29 UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO

29

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO JOÃO DEL REI

Departamento de Engenharia Elétrica Eletrônica II Resposta em frequência: TBJ

Elétrica Eletrônica II Resposta em frequência: TBJ O efeito capacitivo das junções nos TBJs O modelo

O efeito capacitivo das junções nos TBJs

O modelo π-híbrido para altas frequências Considere o circuito para determinar h fe em função de “s”

I sC V   b   I  g  sC V c
I
sC V
b
 
I  g  sC V
c
m

30

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO JOÃO DEL RE I Departamento de Engenharia Elétrica Eletrônica II Resposta

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO JOÃO DEL REI

Departamento de Engenharia Elétrica Eletrônica II Resposta em frequência: TBJ

Elétrica Eletrônica II Resposta em frequência: TBJ O efeito capacitivo das junções nos TBJs I sC

O efeito capacitivo das junções nos TBJs

I sC V   I  g  sC V b   c
I
sC V
I
 g  sC V
b
c
m

I

c

g sC V

m

c m   I c    g sC V m   

31

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO JOÃO DEL REI

Departamento de Engenharia Elétrica Eletrônica II Resposta em frequência: TBJ

Elétrica Eletrônica II Resposta em frequência: TBJ O efeito capacitivo das junções nos TBJs I sC

O efeito capacitivo das junções nos TBJs

I sC V   I  g  sC V b   c
I
sC V
I
 g  sC V
b
c
m

I

c

V

g sC V

m

I r

b

//

C

//

C

I

b

1

r

sC

sC

32

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO JOÃO DEL RE I Departamento de Engenharia Elétrica Eletrônica II Resposta

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO JOÃO DEL REI

Departamento de Engenharia Elétrica Eletrônica II Resposta em frequência: TBJ

Elétrica Eletrônica II Resposta em frequência: TBJ O efeito capacitivo das junções nos TBJs I sC

O efeito capacitivo das junções nos TBJs

I sC V   I  g  sC V b   c
I
sC V
I  g  sC V
b
 
c
m
I
g sC V
c
m
combinando
I
V
I r
//
C
//
C
b
b
1
sC
sC
r 
33
b    1  sC  sC   r  33 UNIVERSIDADE FEDERAL

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO JOÃO DEL REI

Departamento de Engenharia Elétrica Eletrônica II Resposta em frequência: TBJ

Elétrica Eletrônica II Resposta em frequência: TBJ O efeito capacitivo das junções nos TBJs I c

O efeito capacitivo das junções nos TBJs

I

c

g

I

c

I

b

m

sC

I

b

1

r

sC

sC

g

m

sC

1

r

sC

sC

h

fe

34

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO JOÃO DEL RE I Departamento de Engenharia Elétrica Eletrônica II Resposta

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO JOÃO DEL REI

Departamento de Engenharia Elétrica Eletrônica II Resposta em frequência: TBJ

Elétrica Eletrônica II Resposta em frequência: TBJ O efeito capacitivo das junções nos TBJs I c

O efeito capacitivo das junções nos TBJs

I

c

I

b

g

m

sC

1

r

sC

sC

Para o caso em que:

h

fe

g m  sC

h

fe

r g

m

1 sC

sC r

r g

m

0

35

sC      sC r   r g   m 

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO JOÃO DEL REI

Departamento de Engenharia Elétrica Eletrônica II Resposta em frequência: TBJ

Elétrica Eletrônica II Resposta em frequência: TBJ O efeito capacitivo das junções nos TBJs Definindo-se a

O efeito capacitivo das junções nos TBJs

Definindo-se a frequência de ganho unitário

 0 h fe    1 s C   C r 
0
h fe
 1 s C
C r
36
UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO JOÃO DEL RE I Departamento de Engenharia Elétrica Eletrônica II Resposta

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO JOÃO DEL REI

Departamento de Engenharia Elétrica Eletrônica II Resposta em frequência: TBJ

Elétrica Eletrônica II Resposta em frequência: TBJ O efeito capacitivo das junções nos TBJs Definindo-se a

O efeito capacitivo das junções nos TBJs

Definindo-se a frequência de ganho unitário

 0 h fe    1 s C   C r 
0
h fe
 1 s C
C r
1
C
 C r
37
1      C  C r    37 UNIVERSIDADE FEDERAL

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO JOÃO DEL REI

Departamento de Engenharia Elétrica Eletrônica II Resposta em frequência: TBJ

Elétrica Eletrônica II Resposta em frequência: TBJ O efeito capacitivo das junções nos TBJs Definindo-se a

O efeito capacitivo das junções nos TBJs

Definindo-se a frequência de ganho unitário

1      C  C r     
1
C
 C r
 0
T
g
m
T
C
 C

38

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO JOÃO DEL RE I Departamento de Engenharia Elétrica Eletrônica II Resposta

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO JOÃO DEL REI

Departamento de Engenharia Elétrica Eletrônica II Resposta em frequência: TBJ

Elétrica Eletrônica II Resposta em frequência: TBJ O efeito capacitivo das junções nos TBJs Definindo-se a

O efeito capacitivo das junções nos TBJs

Definindo-se a frequência de ganho unitário

g   m T   C  C   g f m
g
m
T
C
 C
g
f
m
T
 2  C
C

39

 g f m T    2  C  C   39

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO JOÃO DEL REI

Departamento de Engenharia Elétrica Eletrônica II Resposta em frequência: TBJ

Elétrica Eletrônica II Resposta em frequência: TBJ O efeito capacitivo das junções nos TBJs Recapitulação 1

O efeito capacitivo das junções nos TBJs

Recapitulação 1

g   m T   C  C   C  0
g
m
T
C
 C
C
0
C 
m
I
V
V 
g 
C
A
 1 
CB
r 
m
V
0
V
I
0 c
T
C

r

0

g

m

C

C C

de

je

2

C C

je

je 0

40

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO JOÃO DEL RE I Departamento de Engenharia Elétrica Eletrônica II Resposta

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO JOÃO DEL REI

Departamento de Engenharia Elétrica Eletrônica II Resposta em frequência: TBJ

Elétrica Eletrônica II Resposta em frequência: TBJ Resposta em frequência do amplificador emissor comum 41

Resposta em frequência do amplificador emissor comum

TBJ Resposta em frequência do amplificador emissor comum 41 UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO JOÃO DEL RE

41

TBJ Resposta em frequência do amplificador emissor comum 41 UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO JOÃO DEL RE

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO JOÃO DEL REI

Departamento de Engenharia Elétrica Eletrônica II Resposta em frequência: TBJ

Elétrica Eletrônica II Resposta em frequência: TBJ Resposta em frequência do amplificador emissor comum As

Resposta em frequência do amplificador emissor comum

As três faixas de frequência

42
42
UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO JOÃO DEL RE I Departamento de Engenharia Elétrica Eletrônica II Resposta

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO JOÃO DEL REI

Departamento de Engenharia Elétrica Eletrônica II Resposta em frequência: TBJ

Elétrica Eletrônica II Resposta em frequência: TBJ Resposta em frequência do amplificador emissor comum V A

Resposta em frequência do amplificador emissor comum

TBJ Resposta em frequência do amplificador emissor comum V A  0 M V sig Ganho
TBJ Resposta em frequência do amplificador emissor comum V A  0 M V sig Ganho
V A  0 M V sig Ganho em médias frequências
V
A
0
M
V
sig
Ganho em médias
frequências

43

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO JOÃO DEL REI

Departamento de Engenharia Elétrica Eletrônica II Resposta em frequência: TBJ

Elétrica Eletrônica II Resposta em frequência: TBJ Resposta em frequência do amplificador emissor comum V A

Resposta em frequência do amplificador emissor comum

V A  0 M V sig Rsig R B r g mV r0 RC
V
A
0
M
V
sig
Rsig
R B
r
g mV
r0
RC
RL
Vsig
44
UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO JOÃO DEL RE I Departamento de Engenharia Elétrica Eletrônica II Resposta

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO JOÃO DEL REI

Departamento de Engenharia Elétrica Eletrônica II Resposta em frequência: TBJ

Elétrica Eletrônica II Resposta em frequência: TBJ Resposta em frequência do amplificador emissor comum Rsig

Resposta em frequência do amplificador emissor comum

Rsig R B r g mV r0 RC RL Vsig
Rsig
R B
r
g mV
r0
RC
RL
Vsig

A

M

V

0

V

sig

R B r g mV r0 RC RL Vsig A  M V 0 V sig

V

0

 g V r // R // R

m

0

C

L

V

r

// R

B

r

// R

B

R

sig

V

sig

45

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO JOÃO DEL REI

Departamento de Engenharia Elétrica Eletrônica II Resposta em frequência: TBJ

Elétrica Eletrônica II Resposta em frequência: TBJ Resposta em frequência do amplificador emissor comum Rsig

Resposta em frequência do amplificador emissor comum

Rsig R B r g mV r0 RC RL Vsig
Rsig
R B
r
g mV
r0
RC
RL
Vsig

A

M

V 0



V

sig

g V r

m

0

//

R

C

//

R

L

r

//

R

B

R   V

sig

r

//

R

B



r

//

R

B

r

//

R

B

R

sig

g

m

r 0

//

R

C

//

R

L

46

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO JOÃO DEL RE I Departamento de Engenharia Elétrica Eletrônica II Resposta

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO JOÃO DEL REI

Departamento de Engenharia Elétrica Eletrônica II Resposta em frequência: TBJ

Elétrica Eletrônica II Resposta em frequência: TBJ Resposta em frequência do amplificador emissor comum Rsig

Resposta em frequência do amplificador emissor comum

Rsig R B r g mV r0 RC RL Vsig
Rsig
R B
r
g
mV
r0
RC
RL
Vsig
emissor comum Rsig R B r g mV r0 RC RL Vsig A M  

A

M



r

// R

B

r

//

R R

B

sig

g

m

r

0

//

R

C

//

R

L

47

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO JOÃO DEL REI

Departamento de Engenharia Elétrica Eletrônica II Resposta em frequência: TBJ

Elétrica Eletrônica II Resposta em frequência: TBJ Resposta em frequência do amplificador emissor comum A M

Resposta em frequência do amplificador emissor comum

TBJ Resposta em frequência do amplificador emissor comum A M   r  // R

A

M



r

// R

B

r

//

R R

B

sig

g

m

r

0

//

R

C

//

R

L

48

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO JOÃO DEL RE I Departamento de Engenharia Elétrica Eletrônica II Resposta

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO JOÃO DEL REI

Departamento de Engenharia Elétrica Eletrônica II Resposta em frequência: TBJ

Elétrica Eletrônica II Resposta em frequência: TBJ Resposta em frequência do amplificador emissor comum As

Resposta em frequência do amplificador emissor comum

As três faixas de frequência

49
49
amplificador emissor comum As três faixas de frequência 49 UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO JOÃO DEL RE

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO JOÃO DEL REI

Departamento de Engenharia Elétrica Eletrônica II Resposta em frequência: TBJ

Elétrica Eletrônica II Resposta em frequência: TBJ Resposta em frequência do amplificador emissor comum 50 25

Resposta em frequência do amplificador emissor comum

Elétrica Eletrônica II Resposta em frequência: TBJ Resposta em frequência do amplificador emissor comum 50 25

50

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO JOÃO DEL RE I Departamento de Engenharia Elétrica Eletrônica II Resposta

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO JOÃO DEL REI

Departamento de Engenharia Elétrica Eletrônica II Resposta em frequência: TBJ

Elétrica Eletrônica II Resposta em frequência: TBJ Resposta em frequência do amplificador emissor comum 51

Resposta em frequência do amplificador emissor comum

TBJ Resposta em frequência do amplificador emissor comum 51 UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO JOÃO DEL RE
TBJ Resposta em frequência do amplificador emissor comum 51 UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO JOÃO DEL RE

51

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO JOÃO DEL REI

Departamento de Engenharia Elétrica Eletrônica II Resposta em frequência: TBJ

Elétrica Eletrônica II Resposta em frequência: TBJ Resposta em frequência do amplificador emissor comum

Resposta em frequência do amplificador emissor comum

Eletrônica II Resposta em frequência: TBJ Resposta em frequência do amplificador emissor comum Aplicar Thévenin 52
Eletrônica II Resposta em frequência: TBJ Resposta em frequência do amplificador emissor comum Aplicar Thévenin 52
Eletrônica II Resposta em frequência: TBJ Resposta em frequência do amplificador emissor comum Aplicar Thévenin 52

Aplicar Thévenin

52

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO JOÃO DEL RE I Departamento de Engenharia Elétrica Eletrônica II Resposta

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO JOÃO DEL REI

Departamento de Engenharia Elétrica Eletrônica II Resposta em frequência: TBJ

Elétrica Eletrônica II Resposta em frequência: TBJ Resposta em frequência do amplificador emissor comum R B

Resposta em frequência do amplificador emissor comum

TBJ Resposta em frequência do amplificador emissor comum R B V   r sig V

R

B

V  

r

sig V

R

B

R

sig

r

r

x

sig

//

R

B

R

sig

R  r // r R // R

sig

x

sig

B

53

r // r  R // R sig  x sig B    

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO JOÃO DEL REI

Departamento de Engenharia Elétrica Eletrônica II Resposta em frequência: TBJ

Elétrica Eletrônica II Resposta em frequência: TBJ Resposta em frequência do amplificador emissor comum I 

Resposta em frequência do amplificador emissor comum

I    I  g V  I L m  
I
I
g V
I
L
m

V  g V R

0

m

L

g V  I L m   V  g V R  0 m

I

V V

0

1/ sC

sC V V

0

Análise entorno de

f

H

54

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO JOÃO DEL RE I Departamento de Engenharia Elétrica Eletrônica II Resposta

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO JOÃO DEL REI

Departamento de Engenharia Elétrica Eletrônica II Resposta em frequência: TBJ

Elétrica Eletrônica II Resposta em frequência: TBJ Resposta em frequência do amplificador emissor comum I 

Resposta em frequência do amplificador emissor comum

I   V  V  I   0  sC V V
I
V  V
I
0
sC V V
0

1/ sC

I

sC V   g V R

m

L

 



I

sC V g V R sC V 1g R

m

L

 

m L

55

V 1  g R    m   L   m L

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO JOÃO DEL REI

Departamento de Engenharia Elétrica Eletrônica II Resposta em frequência: TBJ

Elétrica Eletrônica II Resposta em frequência: TBJ Resposta em frequência do amplificador emissor comum I 

Resposta em frequência do amplificador emissor comum

I 
I

I

sC V 1g R

 

m L

56

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO JOÃO DEL RE I Departamento de Engenharia Elétrica Eletrônica II Resposta

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO JOÃO DEL REI

Departamento de Engenharia Elétrica Eletrônica II Resposta em frequência: TBJ

Elétrica Eletrônica II Resposta em frequência: TBJ Resposta em frequência do amplificador emissor comum I 

Resposta em frequência do amplificador emissor comum

I 
I

I

I

  sC sC V V 1g R

 

eq

m L

57

 sC sC V V 1  g R    eq  m L

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO JOÃO DEL REI

Departamento de Engenharia Elétrica Eletrônica II Resposta em frequência: TBJ

Elétrica Eletrônica II Resposta em frequência: TBJ Resposta em frequência do amplificador emissor comum C in

Resposta em frequência do amplificador emissor comum

TBJ Resposta em frequência do amplificador emissor comum C in   C  C 1

C in

C C 1g R

m L

58

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO JOÃO DEL RE I Departamento de Engenharia Elétrica Eletrônica II Resposta

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO JOÃO DEL REI

Departamento de Engenharia Elétrica Eletrônica II Resposta em frequência: TBJ

Elétrica Eletrônica II Resposta em frequência: TBJ Resposta em frequência do amplificador emissor comum C in

Resposta em frequência do amplificador emissor comum

C in

V

V

0

em frequência do amplificador emissor comum C in V  V 0   C 

C C 1g R

m L

1

sC

in

1

sC

in

R

sig

 g V R

m

L

V

sig

59

in  R  sig  g V R  m  L  V sig

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO JOÃO DEL REI

Departamento de Engenharia Elétrica Eletrônica II Resposta em frequência: TBJ

Elétrica Eletrônica II Resposta em frequência: TBJ Resposta em frequência do amplificador emissor comum C in

Resposta em frequência do amplificador emissor comum

C in

V

V

0

em frequência do amplificador emissor comum C in V  V 0   C 

C C 1g R

m L

1

1 R sC

sig

in V

sig

 g V R

m

L

V

0



g R

m L

1

1 R sC

sig

in

V

sig

60

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO JOÃO DEL RE I Departamento de Engenharia Elétrica Eletrônica II Resposta

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO JOÃO DEL REI

Departamento de Engenharia Elétrica Eletrônica II Resposta em frequência: TBJ

Elétrica Eletrônica II Resposta em frequência: TBJ Resposta em frequência do amplificador emissor comum 1 g

Resposta em frequência do amplificador emissor comum

1
1

g R

m L

R

B

1 R sC

sig

in

V

r

sig

r

x

(

R

sig

//

R

B

)

r

V

sig

V

0



V  

sig

R

B

R

sig

61

 V sig V 0  V   sig R B  R sig 61

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO JOÃO DEL REI

Departamento de Engenharia Elétrica Eletrônica II Resposta em frequência: TBJ

Elétrica Eletrônica II Resposta em frequência: TBJ Resposta em frequência do amplificador emissor comum m 

Resposta em frequência do amplificador emissor comum

TBJ Resposta em frequência do amplificador emissor comum m  r 0 // R C //

m

r

0

//

R

C

//

R

L

R

B

r

 

V

(1

sR C

r

0

//

sig in

C

R

//

)

R

(

L

R

B

R

sig

B

R

)

r

r

x

(

R

sig

r

//

R

B

)

m

(1

sR C

sig in

)

(

R

B

R

sig

)

r

r

x

(

R

sig

//

R

B

)

sig

V  g

0

V 0

V sig

 g

62

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO JOÃO DEL RE I Departamento de Engenharia Elétrica Eletrônica II Resposta

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO JOÃO DEL REI

Departamento de Engenharia Elétrica Eletrônica II Resposta em frequência: TBJ

Elétrica Eletrônica II Resposta em frequência: TBJ Resposta em frequência do amplificador emissor comum V 0

Resposta em frequência do amplificador emissor comum

TBJ Resposta em frequência do amplificador emissor comum V 0 V sig  g m 

V

0

V

sig

 g

m

r

0

//

R

C

//

R

L

R

B

(1

sR C R R

sig in

B

)

(

sig

)

 

r

 

r

r

x

(

R

sig

//

R

B

)

V

0

V sig

k

1

1

1

s

 

H

 

63

1  s      H   63 UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO JOÃO DEL REI

Departamento de Engenharia Elétrica Eletrônica II Resposta em frequência: TBJ

Elétrica Eletrônica II Resposta em frequência: TBJ Resposta em frequência do amplificador emissor comum V 0

Resposta em frequência do amplificador emissor comum

TBJ Resposta em frequência do amplificador emissor comum V 0 V sig  k 1 1

V

0

V

sig

k

1

1

1

s

H

64

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO JOÃO DEL RE I Departamento de Engenharia Elétrica Eletrônica II Resposta

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO JOÃO DEL REI

Departamento de Engenharia Elétrica Eletrônica II Resposta em frequência: TBJ

Elétrica Eletrônica II Resposta em frequência: TBJ Resposta em frequência do amplificador emissor comum V 0

Resposta em frequência do amplificador emissor comum

V

0

V sig

1

1

1

 

s

H

 

k

V 0 V sig
V
0
V
sig
AM 1 1    f  H R  C H 2 R
AM
1
1
 f 
H
R  C
H
2 R C
sig in
sig in
H

65

R  C H 2 R C   sig in sig in   H

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO JOÃO DEL REI

Departamento de Engenharia Elétrica Eletrônica II Resposta em frequência: TBJ

Elétrica Eletrônica II Resposta em frequência: TBJ Resposta em frequência do amplificador emissor comum V 0

Resposta em frequência do amplificador emissor comum

V 0 V sig AM f H Hz 66
V 0
V sig
AM
f H
Hz
66
UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO JOÃO DEL RE I Departamento de Engenharia Elétrica Eletrônica II Resposta

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO JOÃO DEL REI

Departamento de Engenharia Elétrica Eletrônica II Resposta em frequência: TBJ

Elétrica Eletrônica II Resposta em frequência: TBJ Resposta em frequência do amplificador emissor comum V 0

Resposta em frequência do amplificador emissor comum

V 0 V sig AM f H Hz 67
V 0
V sig
AM
f H
Hz
67
do amplificador emissor comum V 0 V sig AM f H Hz 67 UNIVERSIDADE FEDERAL DE

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO JOÃO DEL REI

Departamento de Engenharia Elétrica Eletrônica II Resposta em frequência: TBJ

Elétrica Eletrônica II Resposta em frequência: TBJ Resposta em frequência do amplificador emissor comum

Resposta em frequência do amplificador emissor comum

Exercício: Encontre o ganho em frequências médias e a frequência de corte superior do amplificador emissor comum:

10 V 8 k Dados : 1F β  100 V0 0 5 k 1F
10 V
8 k
Dados :
1F
β
 100
V0
0
5 k
1F
V
 100V
A
1F
5 k
r
 50Ω
x
100 k
C
 1pF
μ
1mA
f
 800MHz
T
10 V

68

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO JOÃO DEL RE I Departamento de Engenharia Elétrica Eletrônica II Resposta

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO JOÃO DEL REI

Departamento de Engenharia Elétrica Eletrônica II Resposta em frequência: TBJ

Elétrica Eletrônica II Resposta em frequência: TBJ Resposta em frequência do amplificador emissor comum

Resposta em frequência do amplificador emissor comum

Exercício: Encontre o ganho em frequências médias e a frequência de corte superior do amplificador emissor comum:

frequência de corte superior do amplificador emissor comum: I C  I E   g m
frequência de corte superior do amplificador emissor comum: I C  I E   g m

I C

I

E

 

g

m

I

V

C

T

1mA

1mV

40mA/V

100

2,5k

r

g

m

40mA/V

r

0

V

I

A

C

100V

1mA

100k

Dados :

β

0

V

A

r

x

100

100V

50Ω

C

μ

f

T

1pF

800MHz

69

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO JOÃO DEL REI

Departamento de Engenharia Elétrica Eletrônica II Resposta em frequência: TBJ

Elétrica Eletrônica II Resposta em frequência: TBJ Resposta em frequência do amplificador emissor comum

Resposta em frequência do amplificador emissor comum

Exercício: Encontre o ganho em frequências médias e a frequência de corte superior do amplificador emissor comum:

frequência de corte superior do amplificador emissor comum: g m  T  C  

g

m

T

C

C

8pF

g

m

40mA/V

 

2 800MHz

T

C

C

C

1pF8pF

C

7pF

8pF

Dados :

β

0

V

A

r

x

100

100V

50Ω

C

μ

f

T

1pF

800MHz

70

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO JOÃO DEL RE I Departamento de Engenharia Elétrica Eletrônica II Resposta

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO JOÃO DEL REI

Departamento de Engenharia Elétrica Eletrônica II Resposta em frequência: TBJ

Elétrica Eletrônica II Resposta em frequência: TBJ Resposta em frequência do amplificador emissor comum

Resposta em frequência do amplificador emissor comum

Exercício: Encontre o ganho em frequências médias e a frequência de corte superior do amplificador emissor comum:

V 0

V sig

 

r

0

//

R

C

//

R

L

R

B

 
 

m

(1

sR C

sig in

)

(

R

B

R

sig

)

R

B

 

g

m

r r

0

//

R

C

//

R

L

(

R

B

R

sig

) r

r

x

(

R

sig

//

R

B

)

 

r

 

r

r

x

(

R

sig

//

R

B

)

 g

A 

M

A 

M

100kΩ

(100kΩ

5kΩ)

40mA/V 2,5kΩ 100kΩ // 8kΩ // 5kΩ

2,5kΩ

50Ω

(100kΩ // 5kΩ)

71

5k Ω   2,5k Ω  50 Ω  (100k Ω // 5k Ω )

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO JOÃO DEL REI

Departamento de Engenharia Elétrica Eletrônica II Resposta em frequência: TBJ

Elétrica Eletrônica II Resposta em frequência: TBJ Resposta em frequência do amplificador emissor comum

Resposta em frequência do amplificador emissor comum

Exercício: Encontre o ganho em frequências médias e a frequência de corte superior do amplificador emissor comum:

A

M



A 

M

R

B

g

m

r r

0

//

R

C

//

R

L

r

x

(

R

sig

//

R

B

)

) r

(

R

B

R

sig

100kΩ

(100kΩ

5kΩ)

40mA/V 2,5kΩ 100kΩ // 8kΩ // 5kΩ

2,5kΩ

50Ω

(100kΩ // 5kΩ)

A

M

39V/V 32dB

72

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO JOÃO DEL RE I Departamento de Engenharia Elétrica Eletrônica II Resposta

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO JOÃO DEL REI

Departamento de Engenharia Elétrica Eletrônica II Resposta em frequência: TBJ

Elétrica Eletrônica II Resposta em frequência: TBJ Resposta em frequência do amplificador emissor comum

Resposta em frequência do amplificador emissor comum

Exercício: Encontre o ganho em frequências médias e a frequência de corte superior do amplificador emissor comum:

f

H

1

2R C

sig in

R

RR     1,65kΩ r 2,5kΩ//50Ω5kΩ//100kΩ// r R // R

x

B

sig

sig

sig