Você está na página 1de 3

UnB - Universidade de Brasília Logística Empresarial Aluna: Sarah Sabino de Freitas Marcelino Matrícula: 10/0123317

Ciclo do Pedido e um caso prático

A Nestlé é uma empresa que está no Brasil desde 1921 e por meio de

uma administração focada no consumidor, baseia seu crescimento

igualmente nos desempenhos econômico, social e ambiental do país.

A missão da empresa é oferecer ao consumidor brasileiro produtos

líderes em qualidade e valor nutritivo, que contribuam para uma alimentação

mais saudável e agradável, gerando sempre oportunidades de negócios para

a empresa e valor compartilhado com a sociedade brasileira.

A distribuição de produtos da Nestlé pelo Brasil envolve bastante

estratégia e tecnologia. Este processo que começa na fabricação e termina

nos pontos de venda está demonstrado abaixo:

A empresa utiliza como modal de transporte o rodoviário e a cabotagem para distribuir os

A empresa utiliza como modal de transporte o rodoviário e a cabotagem para distribuir os produtos no Brasil. Entretanto, há mais de um ano, grande parte dos transportes rodoviários foram substituídos por cabotagem. A cabotagem apresenta um índice pequeno de avaria, além de garantir maior integridade da carga durante o transporte. Com a adoção deste tipo de modal, a Nestlé observou uma redução geral de custos com transporte, principalmente no frete. Outra vantagem da cabotagem é que a entrega programa do destino, feita pela empresa prestadora deste serviço para a Nestlé, permite uma melhor gestão do recebimento. Essa programação é feita por meio da priorização das cargas críticas e levando em consideração

as necessidades de movimentação dos Centros de Distribuição. A única

preocupação da empresa com a cabotagem é o fato do seu transit time ser

maior, o que pode prejudicar seus produtos, já que a maioria é perecível.

Quanto aos pedidos, a Nestlé adota um sistema de pedidos online, o

SPO Nestlé Waters. Essa é uma ferramenta Web para a captação,

processamento, priorização e acompanhamento de pedidos. Este sistema

permite integrar clientes nacionais com colaboradores internos,

automatizando vários processos de forma ágil.

A Nestlé ainda possui uma extensão da força de vendas, os DANs,

que são parcerias com os seus Distribuidores Autorizados (DAN). Esta

parceria envolve todo um contexto que engloba a cadeia de suprimentos,

como logística, distribuição, intermediários, que são os varejos e os atacados,

fazendo com que o produto chegue ao consumidor final. Os DANs podem ser

classificados como uma ferramenta ocasionando redução de custos na

cadeia de suprimentos além de atender às necessidades do mercado, tais

como posicionamento do produto nos pontos de venda, agilidade na

entrega, satisfazendo desde o cliente até o consumidor final.

Bibliografia

http://corporativo.nestle.com.br/aboutus/Pages/CadeiaDeLogistica.aspx

http://www.agence.com.br/sistemas/nestle-waters-brasil-30

http://www.logweb.com.br/novo/conteudo/noticia/17666/nestle-aprova-

servico-da-alianca-para-as-regioes-norte-e-nordeste/

http://www.convibra.com.br/2004/pdf/70.pdf