Você está na página 1de 2

LEITMOTIV e o Drama Wangneriano

Page 1 of 2

LEITMOTIV e o Drama Lírico Musical Wagneriano:

uma arte que almeja à totalidade

Musical Wagneriano: uma arte que almeja à totalidade O conceito de Drama Musical em Wagner tem

O conceito de Drama Musical em Wagner tem como fundamento o "leitmotiv", que em alemão significa "motivo condutor". Do ponto de vista histórico, o motivo condutor ou tema representativo é anterior a Wagner, e o que muda de uma para outra concepção é o fato de que em Richard Wagner o leitmotiv se transforma constantemente, conforme o desenvolver do drama. Nesse aspecto, deve-se levar em conta que a obra wagneriana não é música "pura", como ocorre por exemplo em Bach. Neste, o princípio da repetição

e transformação temáticas está ligado única e exclusivamente à trama harmônica e contrapontística. Já em Wagner o

leitmotiv está vinculado a um aspecto extramusical: personagens, deuses e homens são 'representados musicalmente' pelo leitmotiv. É o elemento pelo qual Wagner revela os processos mais profundos do drama, cujo centro é o próprio

homem.

Poderíamos dizer que o leitmotiv é o logos (a palavra através da qual) e ao mesmo tempo aquele que "vive o processo dramático". Dessa forma, na obra musical de Wagner (que vai influenciar a obra musical cinematográfica) os "leitmotiv" fundem-se à trama orquestral, dando-nos a ilusão de música "pura" e autônoma, mas também completamente diferente do conceito de Desenvolvimento Temático que ocorre na forma Sonata e na Sinfonia. A noção de "leitmotiv" não está, portanto, vinculada a alguma técnica composicional de música, mas antes a um conceito teatral e literário. A música de Richard Wagner (que também escrevia seus próprios libretos), nesse sentido, pode ser chamada de Arte Representativa enquanto a de Bach, Arte Presentativa.

Repetição e Transformação temática: uma técnica antiga.

Um tema pode ser simplesmente repetido. Porém a Repetição pode ocorrer de várias formas: ipsis literis, cujo objetivo é

a reiteração original da idéia; por transposição, conservando-se ou não sua modalidade/tonalidade e por transformação.

A transformação ou transfiguração de um tema exige modificações estruturais que resultarão em modificações de caráter

expressivo. Neste último aspecto, a harmonia desempenha um papel essencial, mas também o ritmo pode sofrer modificações, alterando o caráter expressivo do tema: Aumentação e Diminuição rítmica são exemplos de tais modificações.

Drama Lírico

Entende-se por Drama Lírico, a obra na qual a música está em completa fusão e identificação com a palavra e a essência do texto literário. Como conseqüência disso, nenhum tipo de estrutura musical pode se impor, pois a música escrita para um Drama Lírico obedece e deriva do texto dramático e literário. Nesse sentido, pode-se diferenciar o Drama Lírico e a Ópera: no primeiro, a música é o meio expressivo por excelência e no segundo, um mero auxiliar para um espetáculo teatral.

http://www.geocities.ws/musicahp/leitmotiv.html

3/3/2013

LEITMOTIV e o Drama Wangneriano

Page 2 of 2

LEITMOTIV e o Drama Wan g neriano Pa g e 2 of 2 [Copyright] Eusiel Silva

[Copyright] Eusiel Silva do Rego

Fechar
Fechar

Unlimited Hosting Unlimited Space and BandWidth, Free Domain ,Free Site Builder, PHP/MySQL www.GridHoster.com

Free Domain ,Free Site Builder, PHP/MySQL www.GridHoster.com http://www.geocities.ws/musicahp/leitmotiv.html 3/3/2013

http://www.geocities.ws/musicahp/leitmotiv.html

3/3/2013