ESCOLA DE ENS. FUND.

E MÉDIO BURITI AVALIAÇÃO DE INTERPRETAÇÃO DE TEXTO TERCEIRO BIMESTRE 3º ANO DO ENSINO MÉDIO

2. SONETO DE FIDELIDADE
De tudo ao meu amor serei atento Antes e com tal zelo, e sempre, e tanto Que mesmo em face do maior encanto Dele se encante mais meu pensamento. Quero vivê-lo em cada vão momento E em seu louvor hei de espalhar meu canto E rir meu riso e derramar meu pranto Ao seu pesar ou ao seu contentamento. E assim, quando mais tarde me procure Quem sabe a morte, angústia de quem vive Quem sabe a solidão, fim de quem ama. Eu possa me dizer do amor (que tive) : Que não seja imortal, posto que é chama Mas que seja infinito enquanto dure. (MORAES, Vinícius de. ANTOLOGIA POÉTICA. São Paulo: Cia das Letras, 1992) A palavra MESMO pode assumir diferentes significados, de acordo com a sua função na frase. Assinale a alternativa em que o sentido de MESMO equivale ao que se verifica no 3¡. verso da 1 ヘ estrofe do poema de Vinícius de Moraes. a. "Pai, para onde fores, /irei também trilhando as MESMAS ruas..." (augusto dos Anjos) b. "Agora, como outrora, há aqui o MESMO contraste da vida interior, que é modesta, com a exterior, que é ruidosa." (Machado de Assis) c. "Havia o mal, profundo e persistente, para o qual o remédio não surtiu efeito, MESMO em doses variáveis." (Raimundo Faoro) d. "Mas, olhe cá, Mana Glória, há MESMO necessidade de fazê-lo padre?" (Machado Assis) e. "Vamos e qualquer maneira, mas vamos MESMO." (Aurélio)

1. Leia com atenção e responda
"A prática da 'promessa' é certamente a mais freqüente e generalizada entre as práticas religiosas do brasileiro. Ela consiste em prometer algo importante e relativamente difícil de ser executado, caso se consiga a realização do pedido feito. A promessa é uma dívida sagrada que se contrai com Deus ou com os santos. Essa obrigação é transposta, na fala dos pregadores, para a necessidade de se pagar pelo milagre, ou cura (muitas vezes aparente ou passageira), acontecido a alguém. Há uma diferença, CONTUDO, entre as 'promessas' feitas e pagas no contexto da religiosidade popular, tanto católica como afro-brasileira, e a dos neopentecostais: para os primeiros, paga-se uma promessa com orações, romarias, penitências, oferenda de alguns bens em espécie, como frutos da terra, despachos, etc., AO PASSO QUE, para os últimos, é necessário que se pague em espécie: só se aceita moeda corrente." (GUARESCHI, Pedrinho A. Sem dinheiro não há salvação: ancorando o bem e o mal entre neopentecostais. In: "Textos em representações sociais". Petrópolis: Vozes, 1995, 8ヘ ed., p. 216). Assinale a alternativa que contém uma idéia AUSENTE do texto: a. formas de pagamento da promessa. b. obrigação de se prometer algo a Deus ou aos santos. c. semelhanças da promessa entre católicos e neopentecostais. d. definição de promessa. e. diferença da promessa entre católicos e neopentecostais.

permitir o sonho. evitando que sobre ele caia a escuridão. comecei a escrever romances. maior o tombo. a despeito da náusea e do horror. quando muito encarregaram-me de segurar uma lâmpada elétrica à cabeceira da mesa de operações. risquemos fósforos repetidamente. numa época de atrocidades e injustiças como a nossa. criar o belo. criar a fantasia. c. um episódio da adolescência que teve influência significativa em sua carreira de escritor. b. denunciar o real. (.. b. por extensão. Quem espera sempre alcança. c. por meio da metáfora da lâmpada que ilumina a escuridão. e. Tomo I.eu teria uns quatorze anos. enquanto um médico fazia os primeiros curativos num pobre-diabo que soldados da Polícia Municipal haviam "carneado". "Lembro-me de que certa noite . aos assassinos e aos tiranos. fazer luz sobre a realidade de seu mundo. Érico.) Neste texto. 4. Sim. "Solo de Clarineta". fugir da náusea. e.) Desde que. Érico Veríssimo define como uma das funções do escritor e. . d. em último caso. a.. continuei firme onde estava. Se não tivermos uma lâmpada elétrica. adulto. 1978. Quanto maior a altura. por que não hei de poder ficar segurando esta lâmpada para ajudar o doutor a costurar esses talhos e salvar essa vida? (. da literatura. Os opostos se atraem. Érico Veríssimo relata. d. acendamos o nosso toco de vela ou. em suas memórias.. Porto Alegre: Editora Globo. Os últimos serão os primeiros.3. As aparências enganam. segurar a lâmpada. tem-me animado até hoje a idéia de que o menos que o escritor pode fazer. propícia aos ladrões. talvez pensando assim: se esse caboclo pode agüentar tudo isso sem gemer.. como um sinal de que não desertamos nosso posto. é acender a sua lâmpada.) Apesar do horror e da náusea." (VERÍSSIMO. Observe as figuras e responda a questão As linhas nas duas figuras geram um efeito que se associa ao seguinte ditado popular: a.

nota .

QUESTÕES 1 2 3 4 A B C D E 1. QUESTÕES 1 2 3 4 A B C D E ESCOLA DE ENS. [A] 4. FUND. E MÉDIO BURITI AVALIAÇÃO DE INTERPRETAÇÃO DE TEXTO TERCEIRO BIMESTRE 3º ANO DO ENSINO MÉDIO Professor: MAURO SÉRGIO DEMÍCIO DATA:______ de _____________de 2009 Nº________ ALUNO(a)________________________________________________ GABARITO Preencha a esfera conforme sua opção.ESCOLA DE ENS. [B] 2. [D] . FUND. [C] GABARITO 3. E MÉDIO BURITI AVALIAÇÃO DE INTERPRETAÇÃO DE TEXTO TERCEIRO BIMESTRE 3º ANO DO ENSINO MÉDIO nota Professor: MAURO SÉRGIO DEMÍCIO DATA:______ de _____________de 2009 Nº________ ALUNO(a)________________________________________________ GABARITO Preencha a esfera conforme sua opção.

Sign up to vote on this title
UsefulNot useful