1.

Com base no disposto no Regime Jurídico Único dos Servidores Públicos do Estado do Rio Grande do Sul, assinale a assertiva correta: a) Os cargos públicos estaduais, acessíveis exclusivamente aos brasileiros, independentemente do preenchimento dos requisitos legais para a investidura, são de provimento efetivo e em comissão. b) Os cargos em comissão, de livre nomeação e exoneração, poderão ser dispostos e organizados em carreira, na forma da lei. c) Os cargos de provimento efetivo serão organizados em carreira, com promoções de grau a grau, mediante aplicação de critérios alternados de merecimento e antigüidade. d) Os cargos em comissão, cujo provimento dependerá de aprovação prévia em concurso público de provas ou de provas e títulos, não poderão ser exercidos por servidores do quadro permanente. e) A investidura de que trata este artigo ocorrerá com a nomeação.

2. A comprovação de preenchimento dos requisitos para a investidura em cargo público do Estado do Rio Grande do Sul dar-se-á por ocasião da (o) a) Inscrição no concurso b) nomeação c) posse d) exercício e) fim do estágio probatório

3. Não são formas de provimento de cargos públicos, conforme expressamente disposto na Lei Complementar n. 10.098, de 1994: a) Nomeação, reintegração e aproveitamento b) Readaptação, recondução e reintegração c) Aproveitamento, nomeação e readaptação d) Reversão, nomeação e recondução e) Reinserção, reinvestidura e retorno

c) Posse é a aceitação expressa do cargo. b) Sua investidura se dará com a nomeação. prorrogáveis uma única vez. Conforme estabelecido no Estatuto dos Servidores Públicos do Estado do Rio Grande do Sul. Diante disso. formalizada com a assinatura do termo no prazo de 30 (trinta) dias improrrogáveis. dentro da respectiva categoria funcional. e) A posse poderá dar-se mediante procuração específica 6. c) a passagem de um servidor de um grau para o imediatamente superior. Osvaldo deve saber que: a) Os concursos públicos serão exclusivamente de provas e títulos e seu prazo de validade será de até 2 (dois) anos. formalizado com a assinatura do termo no prazo de 15 (quinze) dias. d) a força de trabalho qualitativa e quantitativa de cargos nos órgãos em que. o servidor será exonerado. por igual período. d) Se a posse não se der no prazo referido em lei. Osvaldo pretende ingressar em cargo público do Estado do Rio Grande do Sul. podendo ser processada à pedido ou "exofficio chama-se: a) Relotação b) Recondução c) Reinclusão d) Readaptação e) Reversão . lotação é: a) o efetivo desempenho das atribuições do cargo e dar-se-á no prazo de até 30 (trinta) dias contados da data da posse. b) a aceitação expressa do cargo. a contar da nomeação. e) é o retorno à atividade do servidor em disponibilidade. em virtude da aprovação em concurso público.4. a contar da nomeação. devam ter exercício os servidores. A forma de investidura do servidor estável em cargo de atribuições e responsabilidades mais compatíveis com sua vocação ou com as limitações que tenha sofrido em sua capacidade física ou mental. efetivamente. 5. observados os limites fixados para cada repartição ou unidade de trabalho.

b) é o retorno do servidor demitido ao cargo anteriormente ocupado. analise as assertivas abaixo: I. quando verificada a insubsistência dos motivos determinantes da aposentadoria. reintegração é: a) a forma de investidura do servidor estável em cargo de atribuições e responsabilidades mais compatíveis com sua vocação ou com as limitações que tenha sofrido em sua capacidade física ou mental.7. d) o retorno do servidor estável ao cargo anteriormente ocupado. ou ao resultante de sua transformação. em conseqüência de decisão administrativa ou judicial. III. vedada a reversão "ex-officio" e dar-se-á sempre no mesmo cargo em que se deu a aposentadoria. a insubsistência dos motivos determinantes da aposentadoria. com ressarcimento de prejuízos decorrentes do afastamento. II. conforme estabelecido pelo Estatuto dos servidores públicos do Estado do Rio Grande do Sul. De acordo com o estabelecido no Estatuto dos Servidores Públicos do Estado do Rio grande do Sul. quando verificada. Com relação à reversão. 8. por junta médica oficial. Far-se-á exclusivamente a pedido. O servidor com mais de 50 (cinquenta) anos não poderá ter processada a sua reversão. e) o retorno à atividade do servidor em disponibilidade. c) é o retorno à atividade do servidor aposentado por invalidez. Estão corretas as assertivas: a) Apenas I b) Apenas II c) Apenas III d) Apenas I e II e) Apenas II e III . podendo ser processada à pedido ou "exofficio". Trata-se do retorno à atividade do servidor aposentado por invalidez.

exclusivamente para efeito de aposentadoria e disponibilidade o tempo: a) De afastamento para casamento. os afastamentos do serviço em virtude de. de 1994. estadual ou municipal. Luís Dantas teve comprovada por junta médica oficial a insubsistência dos motivos que levaram à sua aposentadoria por invalidez. servidor público do Estado do Rio Grande do Sul. b) Licença gestante. obteve a anulação do ato de sua demissão mediante decisão judicial transitada em julgado. quando se tratar de reversão. . 11. respectivamente: a) Recondução e readaptação b) Reversão e redistribuição c) Renomeação e relotação d) Aproveitamento e remoção e) Reintegração e reversão 10. De acordo com o texto expresso da Lei Complementar Estadual n. computar-se-á integralmente. com remuneração.098. d) Licença prêmio por assiduidade. Conforme estabelecido no Regime Jurídico Único do Estado do Rio Grande do Sul. b) De afastamento para júri. até 08 (oito) dias consecutivos. José Eleu.9. e) para concorrer a mandato eletivo federal. ou outros serviços obrigatórios por lei. estadual ou municipal. exceto: a) prestação de prova em concurso público. c) Em que o servidor esteve em disponibilidade. serão considerados de efetivo exercício para todos os efeitos. adotante e paternidade. e) De licença para o tratamento de doença em pessoa da família. c) De afastamento para o desempenho de mandato eletivo federal. José Eleu e Luís Dantas retornarão ao serviço público mediante as seguintes formas de provimento de cargos públicos. d) Em que o servidor já esteve aposentado. 10.

12. mandado judicial ou decisão administrativa de autoridade competente. nenhum desconto incidirá sobre a remuneração ou provento. d) Mediante autorização do servidor. para execução de serviços externos. poderá haver consignação em folha de pagamento a favor de terceiros. no interesse do serviço. em objeto de serviço. III. Conforme disposto no Estatuto dos Servidores do Estado do Rio Grande do Sul. exceto nos casos de prestação de alimentos. II e III . III e I c) II. por força das atribuições próprias do cargo. relacione as colunas: I. a remuneração ou provento não serão objeto de arresto. resultantes de decisão judicial. (__) indenização de transporte (__) ajuda de custo (__) diárias Fazendo as devidas relações. seqüestro ou penhora. b) Salvo por imposição legal. na forma definida em regulamento. conforme previsto em regulamento. passe a ter exercício em nova sede. De acordo com o disposto no Estatuto dos Servidores Públicos do Estado do Rio Grande do Sul. assinale a assertiva correta: a) O vencimento do cargo efetivo. Será concedida ao servidor que realizar despesas com a utilização de meio próprio de locomoção. devidamente fundamentada. Destina-se a compensar as despesas de instalações do servidor que. ou de dano doloso ao erário ou a terceiros. acrescido das vantagens de caráter permanente. III e II b) II. 13. I e III d) III. a ordem correta fica: a) I. com mudança de domicílio em caráter permanente. relativo às indenizações devidas aos servidores. é irredutível. I e II e) I. A não-quitação do débito no prazo previsto implicará no bloqueio administrativo de seus bens. Destina-se a cobrir as despesas do servidor que se afastar temporariamente da sede. c) O vencimento. o servidor que for demitido ou exonerado. e) Terá o prazo de 30 (trinta) dias para quitar eventuais débitos com o erário. permitida a vinculação ou equiparação para efeitos de remuneração de pessoal. a critério da administração e com reposição de custos. II.

d) Se necessário. d) Jetons. e) Computará como tempo de serviço para todos os efeitos. Licença para acompanhar cônjuge. salvo prorrogação ou determinação constante em laudo. II. V. Licença por motivo de doença em pessoa da família. no período que exceder 365 dias. Com base no disposto na Lei Complementar Estadual n. quanto à licença para tratamento da saúde. sob pena de ser considerado faltoso. II e III .098. com acréscimo de 50% em relação à remuneração normal do trabalho. a partir de quando se converterá automaticamente em aposentadoria por invalidez. b) Gratificação por exercício de função. Ao servidor que adquirir direito à aposentadoria voluntária com proventos integrais e cuja permanência no desempenho de suas funções for julgada conveniente e oportuna para o serviço público estadual poderá ser deferida. IV. IV e V d) II. Licença para tratar de interesses particulares. c) Findo o período de licença. aquelas dispostas nos itens: a) I. b) Terá duração máxima de 365 dias. III e IV c) I. considere as assertivas abaixo: I.098/1994. São licenças não dão direito à remuneração. a inspeção médica oficial poderá ser realizada na residência do servidor ou no estabelecimento hospitalar onde internado. de 1994. nos termos e valores estabelecidos em lei específica. Licença para concorrer a mandato eletivo. III e V e) I. 10. c) Gratificação de representação. até o máximo de 730 dias. 15. o servidor deverá reassumir imediatamente o exercício do cargo. De acordo com a Lei Complementar 10. 16. assinale a assertiva incorreta: a) Poderá ser concedida a pedido ou “ex officio”. III. na forma da lei. Licença para o exercício de mandato classista.14. e) Gratificação de permanência em serviço de valor correspondente a 50% do seu vencimento básico. por ato do Governador: a) Gratificação por serviço extraordinário. III e V b) II.

assinale a assertiva correta: a) O pedido de reconsideração poderá ser renovado. 19. b) Será afastado do cargo. podendo optar pela sua remuneração. assim como as remunerações correspondentes. Com base no disposto no Estatuto dos Servidores Públicos do Estado do Rio Grande do Sul acerca do direito de petição. não podendo ser relevada pela Administração. c) Carla terá direito à licença adotante de 120 dias e Mauro à licença paternidade de 08 dias. sem direito à remuneração. 18. poderá acumular o cargo com o mandato. c) Será afastado do cargo. . d) Será afastado do cargo. mesmo quando cabíveis. b) Carla terá direito à licença adotante de 150 dias e Mauro à licença paternidade de 15 dias. De acordo com as regras estabelecidas no Regime Jurídico Único dos Servidores Públicos Civis do Estado do Rio Grande do Sul. Carla e Mauro são casados entre si e ambos servidores públicos do Estado do Rio Grande do Sul. Neste caso. não interrompem a prescrição. o servidor público investido no mandato de prefeito: a) Havendo compatibilidade de horários. c) O pedido de reconsideração e o de recurso. d) A prescrição é de ordem pública. d) Ambos terão direito à licença adotante de 150 dias. e) São fatais e improrrogáveis os prazos estabelecidos para o direito de petição. se realizarem a adoção: a) Carla terá direito à licença adotante de 180 dias e Mauro à licença paternidade de 30 dias. vedadas quaisquer exceções.17. mas fará jus a ambas as remunerações. e) Será afastado do cargo e receberá o equivalente à metade da soma de ambas as remunerações. b) O recurso será dirigido à autoridade superior em relação a que tiver proferido a decisão ou expedido o ato. criança com três anos de idade. e) Ambos terão direito à licença adotante de 120 dias. Pretendem a adoção de Marquinhos.

cotista ou comanditário de empresa privada. e) atender com presteza o público em geral. e) Não é proibido ao servidor criticar atos ou autoridades públicas em trabalho assinado. do ponto de vista doutrinário e da organização do serviço. 22. 21. c) Não é proibido ao servidor ausentar-se do serviço mediante prévia autorização do chefe imediato. c) atender à expedição de certidões requeridas. exceto quando manifestamente ilegais. d) É lícito ao servidor figurar como acionista. c) praticar usura sob qualquer das suas formas. do Estado do Rio Grande do Sul. assinale a assertiva incorreta: a) Retirar qualquer documento ou objeto existente na repartição só é proibido quando sem permissão da autoridade competente. São deveres do servidor público. são deveres dos servidores públicos: a) tratar com urbanidade as partes. d) eximir-se de levar ao conhecimento da autoridade superior as irregularidades de que tiver conhecimento. Com relação às proibições previstas pelo Regime Jurídico Único dos Servidores do Estado do Rio Grande do Sul. no órgão em que servir. mesmo aquelas protegidas por sigilo. Conforme estabelecido no Estatuto dos Servidores Públicos Civis. do Estado do Rio Grande do Sul. exceto quando para defesa de direito ou esclarecimento de situações de interesse pessoal. prestando as informações requeridas que estiverem a seu alcance. d) zelar pela economia do material que lhe for confiado e pela conservação do patrimônio público. seu endereço residencial e sua declaração de família. e) manter espírito de cooperação com os colegas de trabalho. atendendo-as com preferências pessoais. b) manter conduta compatível com a moralidade administrativa. b) Não é proibido ao servidor promover manifestações de apreço no recinto da repartição. b) providenciar para que esteja sempre em dia no seu assentamento individual. exceto: a) cumprir as ordens superiores.20. .

d) A responsabilidade penal abrange os crimes e contravenções imputadas ao servidor nesta qualidade. 24. Censura pública III. c) José e Gabriel serão demitidos e Carlos será suspenso. assinale a assertiva correta: a) Pelo exercício regular e irregular de suas atribuições. à prestação de serviço extraordinário. No que toca à responsabilidade do servidor. e) As sanções civis. o servidor responde civil. Remoção compulsória V.098. . 10. José. ou não. Demissão VI. penais e administrativas são inacumuláveis. Repreensão II. de 1994. José praticou ato de improbidade administrativa. b) José será demitido. d) José Gabriel e Carlos serão demitidos. sem justo motivo.23. e) José. Gabriel e Carlos são servidores públicos do Estado do Rio Grande do Sul. conforme expressamente estabelecido pela lei Complementar n. Gabriel será suspenso e Carlos será repreendido. responderá o servidor perante a Fazenda Pública. Cassação da aposentadoria e disponibilidade Não são penas disciplinares aplicáveis aos servidores públicos do RS: a) II e IV b) I e VI c) III e V d) IV e VI e) II e VI 25. de 1994: a) José e Gabriel serão suspensos e Carlos será repreendido. sendo umas e outras interdependentes entre si. que importe em prejuízo à Fazenda Estadual ou a terceiros. Suspensão IV. penal e administrativamente. 10. b) A responsabilidade civil decorre de ato necessariamente comissivo e doloso. Gabriel e Carlos serão suspensos. conforme disposto na Lei Complementar Estadual n. Gabriel exerceu advocacia administrativa e Carlos se recusou.098. c) Tratando-se de dano causado a 3ºs. Considere as assertivas abaixo: I. Neste caso.

Gabaritos: 1C 7B 13C 19D 25C 2C 8A 14E 20B 3E 9E 15B 21C 4D 10C 16B 22B 5E 11D 17B 23C 6D 12D 18C 24A .

Sign up to vote on this title
UsefulNot useful