Resumo sobre as teorias de Piaget sobre experiências básicas para utilização do professor, “A informação nem sempre é a mensagem” Piaget

acreditava que a as chaves principais para o desenvolvimento mental da criança existem 2 aspectos principais nessa teoria, o processo de conhecer e as etapas pelas quais nós passamos e que adquirimos essa habilidade. Essas experiências são produtos de sua própria atividade e se integram em “esquemas” psíquicos ou modelos elaborados por ela, que é a forma que o individuo utiliza para representar o mundo em que vive, Piaget descreve dois processos utilizados na tentativa de adaptação a assimilação que é o processo de absorção de novas informações e a acomodação no sentido de adaptar a novas experiências que surgem, e essa adaptação guiada pela orientação biológica depois que criança domina locomoção vêm à linguagem e a escrita. Imagem de Piaget em que o indivíduo constrói a compreensão do mundo, o conhecimento sozinho, via o desenvolvimento cognitivo como dependendo mais das interações com as pessoas e com os instrumentos do mundo da criança, e não do professor, só é possível planejar bem o ensino quando se conhece bem o desenvolvimento da criança, papel do professor potencializar o processo de aprendizagem do estudante. Para construir conhecimento não é concebido apenas como sendo descoberto espontaneamente pela criança, nem transmitido de forma mecânica pelo meio exterior ou pelos adultos, mas, como resultado de uma interação, na qual o sujeito é sempre um elemento ativo, que procura ativamente compreender o mundo que o cerca. Estudo ajuda compreender o modelo de vida que a criança vai construindo o longo de cada período de sua vida, teoria de Piaget sobre o desenvolvimento cognitivo as pessoas apresentam diferentes estágios de desenvolvimento psicológico podem se distinguir quatro estágios do desenvolvimento lógico. Estádio sensório-motor do nascimento aos 2/3 anos baseado na evolução da percepção e da motricidade, a origem de um comportamento inteligente, a organização dos movimentos e dos deslocamentos permite construir um conhecimento físico da realidade, Nesta etapa desenvolve reflexos, visão o conceito de permanência do objeto, é capaz de fazer imitações, Estádio objetivo simbólico 2 aos 7 anos a criança inicia a construção as transformações são assimiladas as ações da relação causa e efeito, o raciocínio intuitivo, o pensamento representacional bem como das simbolizações, a tendência a atribuir uma origem artesanal humana a todas as coisas, a chamada idade dos porquês e do faz-de-conta. Estádio operatório-concreto dos 7 aos 11 anos a criança começa a construir conceitos, Piaget descreve duas ordens as operações que se constituem nesse período através de estruturas lógicas as operações concretas de caráter lógico matemático que constrói o conceito de número e as operações concretas de caráter infralógico que consolida a noção de quantidade de matéria de peso e de volume constituição do espaço, Pode muda-se a forma do objeto e não modificar seu volume ou quantidade de massa há sempre um invariante e sistema de transformação Piaget denominou noção ou esquema de conservação, a criança seu pensamento apesar de lógico, ainda está preso aos conceitos concretos, não fazendo ainda atribuições.

conseguindo ter em conta as hipóteses possíveis. .Estádio de operações formais dos 11 aos 16 anos fase entre a distinção do real e o possível por experimentações e analises o adolescente tem o potencial de imaginar o poderia estar ali em que o adolescente constrói o pensamento abstrato. conceptual. os diferentes pontos de vista e sendo capaz de pensar cientificamente.

Sign up to vote on this title
UsefulNot useful