Você está na página 1de 3

Coroas Provisorias

Introduo: Porque o sucesso da prtese definitiva est relacionada qualidade das restauraes provisrias?

Tempo despendido? Dvida Forma, contorno, ocluso, dimenso vertical e esttica da prtese definitiva. Duvidas Periodonto de insero, nmero e posicionamento dos dentes pilares Diagnstico. Motivao do paciente por higienizao.

Finalidades: Restabelecer funo mastigatria. Restabelecer funo fontica. Restabelecer funo esttica. Restabelecer funo de estabilidade oclusal. Proteger remanescente dentrio. Proteger periodonto de proteo.

Vantagens: Proteo do complexo dentinopulpar. Proteo periodontal. Controle esttico. Controle fontico. Ocluso.

Colorar otosporin no provisrio para evitar inflamao.

Desvantagens: Tempo de permanncia:

- Cries. - Fraturas.

- Resposta periodontal. Habilidade do operador. Custo.

Proteo do complexo dentinopulpar: Quantidade de desgaste. Limpeza e proteo. Reao da polimerizao calor. Adaptao.

Proteo periodontal: Adaptao cervical. Contorno (perfil de emergncia). Ameia interproximal. Higiene oral e controle de placa. Estabilizao de dentes.

Controle esttico: Comprimento, forma e cor. Posio do dente no arco. Suporte labial. Linha do sorriso. Expectativa e confiana do paciente.

Diagnstico: Avaliao dos dentes remanescentes. Aps esplintagem, possibilita anlise da mobilidade adaptativa ou progressiva.

Tcnicas de confeco: Direta. Indireta.

Tcnica direta:

Vantagens: Fcil confeco. Tempo clnico adicional mnimo. Boa adaptao marginal. Fcil modificao.

Desvantagens: Instabilidade de cor. Porosidade superficial. Menor durabilidade. Reao exotrmica da resina. Monmero residual.

Tcnica do alginato: Moldagem em alginato com moldeira parcial. Preparar em dappen a resina acrlica (tcnica da saturao). Colocar a resina na fase plstica no molde de alginato no lugar do dente preparado. Levar a moldeira boca do paciente. Delimitar o trmino cervical e retirar o excesso. Reembasamento. Ajuste oclusal. Acabamento. Polimento. Cimentao.