Você está na página 1de 10

18/03/13

name

LIÇÃO 5: CONSTITUIÇÃO DE UMA EMPRESA - PARTE 2

LIÇÃO 5: CONSTITUIÇÃO DE UMA EMPRESA - PARTE 2

Site:

Curso:

Livro:

Impresso

por:

Data:

UNINORTE SICACED® - Sistema de Produção e Gerenciamento de Ensino Baseado em Internet EDDP523 - CONTABILIDADE COMERCIAL (TARDE - 14h00 às 15h40) LIÇÃO 5: CONSTITUIÇÃO DE UMA EMPRESA - PARTE 2

FERNANDO VIANA NEIVA NEIVA

Monday, 18 March 2013, 15:42

18/03/13

name

LIÇÃO 5: CONSTITUIÇÃO DE UMA EMPRESA - 5.1 SUBSCRIÇÃO E REALIZAÇÃO DE SOCIEDADE EM NOME COLETIVO

Para abertura dos livros da sociedade,devemos considerar a existência de duas hipóteses:

a) A sociedade é nova b) A sociedade já se encontra em funcionamento

No primeiro caso o capital poderá ser realizado:

DinheiroNo primeiro caso o capital poderá ser realizado: Bens Com a transferência, para a sociedade, de

BensNo primeiro caso o capital poderá ser realizado: Dinheiro Com a transferência, para a sociedade, de

Com a transferência, para a sociedade, de valores ativo e passivos.primeiro caso o capital poderá ser realizado: Dinheiro Bens No segundo caso, quando a sociedade já

No segundo caso, quando a sociedade já se encontra em funcionamento,poderemos fazer a abertura dos livros registrando todas as operações realizadas desde que a sociedade iniciou suas atividades. Isso,entretanto,nem sempre é possível,ou porque não se possuam documentos ou dados necessários,ou porque a sociedade funcione há vários anos,não havendo interesse em conhecer operações muito antigas.

Realização do capital em dinheiro

Quando a sociedade é nova e seu capital realizado em dinheiro, no ato da subscrição,são os seguintes os lançamentos de constituição do capital:

os seguintes os lançamentos de constituição do capital: Em nome coletivo Galdino Feitosa & Cia, Estabelecida

Em nome coletivo Galdino Feitosa & Cia, Estabelecida na rua Prudente de Moraes, 246. Para exploração de Material diversos, conforme contrato social. Elaborado nesta data e registrada na Junta Comercial do Estado do Amazonas.

18/03/13

name

LIÇÃO 5: CONSTITUIÇÃO DE UMA EMPRESA - 5.2 REALIZAÇÃO INTEGRAL DO CAPITAL

D Caixa

Realização do Capital, como segue:

C Galdino Feitosa conta Capital a realizar

Seu pagamento 400.000,00

C Paulo Sardenha Conta Capital a realizar

Seu pagamento 400.000,00

= 800.000,00

Com esses lançamentos iniciais a situação patrimonial da sociedade fica sendo a seguinte:

a situação patrimonial da sociedade fica sendo a seguinte: Se os sócios, entretanto, realizassem apenas parte

Se os sócios, entretanto, realizassem apenas parte de seu capital, a situação seria outra. O lançamento de subscrição seria igual ao anterior e o da realização:

Realização de parte do capital

D Caixa

Realização de parte do capital social, a saber:

C Galdino Feitosa Conta Capital a realizar

Seu pagamento de 50% do capital que subscreve 400.000,00

C Paulo Sardenha Conta Capital a realizar

Idem 400.000,00

= 800.000,00

A situação patrimonial seria a seguinte:

= 800.000,00 A situação patrimonial seria a seguinte: sicaced.uninorte.com.br/mod/book/print.php?id=52285 4/10

18/03/13

name

LIÇÃO 5: CONSTITUIÇÃO DE UMA EMPRESA - 5.3 REALIZAÇÃO DO CAPITAL EM BENS E EM DINHEIRO

O capital pode ainda ser realizado parte em bens e parte dinheiro.

Suponhamos que o sócio Galdino Feitosa tenha concorrido para a sociedade com o seguinte: Dinheiro $220.000,00; Móveis e utensílios $130.000,00; Títulos a receber $350.000,00. O sócio Paulo Feitosa realizou sua parte em dinheiro. O lançamento de subscrição é igual ao primeiro e o da realização é o seguinte:

Realização do Capital, parte em bens, parte em dinheiro.

D CAIXA

Seu pagamento para realização de

Capital 220.000,00

D Móveis e utensílios

Sua entrega ,conforme relação anexa 130.000,00

D Títulos a receber

Seu endosso, para sociedade 350.000,00

C

Paulo Feitosa Conta Capital a realizar

C

Galdino Sardenha Conta Capital a Realizar

D

CAIXA 220.000,00

Seu pagamento 700.000,00

Essa integralização poderia ser feita, também, em dois lançamentos, um para registrar a integralização de Galdino Sardenha e outra para Paulo Feitosa.

Realização do Capital com transferência de patrimônio

Suponha que o sócio Galdino Sardenha transfira para a sociedade o seu patrimônio,formado por valores ativos e passivos,a firma em constituição faz os lançamentos de incorporação desses valores ao seu patrimônio,enquanto nos livros do sócio Galdino Sardenha são feitos os lançamentos de encerramento de sua firma por transferência para a nova.

Na firma Galdino Sardenha & Cia (em Constituição), o lançamento de subscrição é idêntico aos anteriores e o de realização do capital do sócio Paulo Feitosa é igual aos já feitos. O lançamento de realização do capital do sócio Galdino Feitosa, pela transferência de seu patrimônio, que é constituído:

Patrimônio Paulo Feitosa

seu patrimônio, que é constituído: Patrimônio Paulo Feitosa sicaced.uninorte.com.br/mod/book/print.php?id=52285 5/10
seu patrimônio, que é constituído: Patrimônio Paulo Feitosa sicaced.uninorte.com.br/mod/book/print.php?id=52285 5/10
seu patrimônio, que é constituído: Patrimônio Paulo Feitosa sicaced.uninorte.com.br/mod/book/print.php?id=52285 5/10

18/03/13

name

18/03/13 name Como observamos, a conta Galdino Sardenha c/ Transferência foi creditada por $265.000,00 e debitada

Como observamos, a conta Galdino Sardenha c/ Transferência foi creditada por $265.000,00 e debitada por $15.000,00. A diferença de $250.000,00 é o seu capital e deve ser creditada à conta de Capital a realizar. O lançamento é:

ser creditada à conta de Capital a realizar. O lançamento é: sicaced.uninorte.com.br/mod/book/print.php?id=52285 6/10

18/03/13

name

LIÇÃO 5: CONSTITUIÇÃO DE UMA EMPRESA - 5.4 SOCIEDADE ANÔNIMA OU COMPANHIA

Capital realizado em dinheiro

Herlon Raidy Costa da Silva e Elthon Ricardo resolveram fundar uma Sociedade anônima para explorar o ramo de Comércio de Veículos, cuja denominação será Ricardo comércio de Veículos S/A, com o Capital de $1000.000, subscrito como segue:

1. Em assembléia geral de 10/05, os sócios reuniram-se e constituíram a sociedade, aprovando o estatuto. A subscrição do

Capital, dividido em 1.000.000 doações ordinárias, no valor de $1 cada, a saber:

O sócio Herlon Costa da Silva subscreveu, em 01/05,60% das ações;doações ordinárias, no valor de $1 cada, a saber: O sócio Elthon Ricardo subscreveu, em 01/05,40%

O sócio Elthon Ricardo subscreveu, em 01/05,40% das ações.Herlon Costa da Silva subscreveu, em 01/05,60% das ações; 2. Os sócios realizaram, em dinheiro, apenas

2. Os sócios realizaram, em dinheiro, apenas 10% dos valores de suas subscrições, conforme dispositivo legal, em 06/05;

3. Foi depositado no Banco do Brasil S/A o valor realizado, com abertura de conta especial nº 872.254, em nome da sociedade

Ricardo Comércio de Veículos S/A em organização, conforme recibo nº 563, de 08/05;

4.em 11/05,após devidamente constituída a sociedade e adquirida personalidade jurídica(legalizada em todos os órgãos públicos necessários e aprovada por assembléia de 10/05, conforme ata, o banco transfere o depósito da conta especial para a conta movimento.

Contabilização

Pela subscrição de 1.000.000 de ações que constituem o capital:

subscrição de 1.000.000 de ações que constituem o capital: sicaced.uninorte.com.br/mod/book/print.php?id=52285 7/10

18/03/13

name

LIÇÃO 5: CONSTITUIÇÃO DE UMA EMPRESA - 5.4 SOCIEDADE ANÔNIMA OU COMPANHIA (CONTINUAÇÃO)

EMPRESA - 5.4 SOCIEDADE ANÔNIMA OU COMPANHIA (CONTINUAÇÃO) sicaced.uninorte.com.br/mod/book/print.php?id=52285 8/10
EMPRESA - 5.4 SOCIEDADE ANÔNIMA OU COMPANHIA (CONTINUAÇÃO) sicaced.uninorte.com.br/mod/book/print.php?id=52285 8/10

18/03/13

name

LIÇÃO 5: CONSTITUIÇÃO DE UMA EMPRESA - 5.4 SOCIEDADE ANÔNIMA OU COMPANHIA (CONTINUAÇÃO)

Razonetes:

Segundo o artigo 148,da lei n.6404/76, atual 11638/2007, o estatuto pode estabelecer que o exercício do cargo de administrador deva ser assegurado,pelo titular ou por terceiro, mediante penhor de ações da companhia ou outra garantia, a qual só será levantada após aprovação das últimas contas apresentadas pelo administrador que houver deixado o cargo.

Suponhamos, então que o acionista Elthon Ricardo, para exercer o cargo de diretor-presidente, tenha entregue em garantia, para a sociedade, 10.000 ações ordinárias, da Companhia, por ele subscritas. A contabilização será feita no sistema de compensação, pelo seguinte lançamento:

feita no sistema de compensação, pelo seguinte lançamento: sicaced.uninorte.com.br/mod/book/print.php?id=52285 9/10

18/03/13

name

LIÇÃO 5: CONSTITUIÇÃO DE UMA EMPRESA - 5.5 SOCIEDADE EM NOME COLETIVO

Capital realizado em dinheiro

Maria Alda Costa e Yone Sumaram, por meio do contrato social devidamente arquivado na Junta Comercial do Estado, em 27/1/2006, constituem uma sociedade em nome coletivo para explorar o Comércio de produtos farmacêutico em geral, cuja designação será Maria Alda Costa de Cia. Com capital no valor de $100.000.

Sendo subscrito 50% para cada sócia.

As sócias realizaram parte do capital subscrito:

sócia. As sócias realizaram parte do capital subscrito: O dinheiro corresponde ao capital realizado foi depositado

O dinheiro corresponde ao capital realizado foi depositado no Banco do Brasil S/A, conforme recibo desta data, na conta movimento 65.384-67.

Contabilização:

Pela subscrição do capital:

Sócios conta Capital a realizar

Pela realização de parte do capital subscrito

2)Caixa

A sócios c/Capital a realizar