Você está na página 1de 18

Música . 2013

Música . 2013 16 a 21/4

16 a 21/4

Música . 2013 16 a 21/4
O encontro de diferentes gerações do choro, interpretado por virtuoses da música instrumental. De 16

O encontro

de diferentes

gerações

do choro,

interpretado

por virtuoses

da música

instrumental.

De 16 a 21/4, de terça a domingo, no Sesc Ribeirão Preto

MOGIANA JAZZ BAND

PIXINGUINHA NA PAUTA

MOGIANA JAZZ BAND PIXINGUINHA NA PAUTA As 36 partituras inéditas reunidas neste projeto trazem para o

As 36 partituras inéditas reunidas neste projeto trazem para o público uma faceta ainda desconhecida de Pixinguinha. Consagrado como compositor, reconhecido como instrumentista, foi também um grande arranjador. Os arranjos de Pixinguinha aqui compilados foram feitos para o programa O pessoal da Velha Guarda, transmitido pela Rádio Tupi nas décadas de 1940 e 1950.

16/4, terça, às 20h30, no Galpão de Eventos.

160 lugares sentados. Não recomendado para menores de 10 anos R$ 10,00 (inteira) R$ 5,00 (usuário matriculado, estudante e idoso) R$ 2,50 (trabalhador no comércio e serviços matriculado)

QUARTETO

AEROMOSCA

Formado por Gian Correa no violão 7 cordas, Rafael Toledo no pandeiro, Gabriel Rosário

no bandolim e Messias Britto no cavaquinho,

o quarteto apresenta no repertório

composições de grandes ícones da música

brasileira. Explorando elementos como harmonia, melodia e ritmo nas composições

e arranjos o grupo procura apresentar uma

proposta sonora inusitada. Em abril de 2013,

o Quarteto Aeromosca lança o seu primeiro

álbum com participações especiais de Yamandu Costa e Armandinho Macedo.

17/4, quarta, às 18h, na Área de Convivência.

Grátis. Livre

IZAÍAS E SEUS CHORÕES E QUINTAL BRASILEIRO

O

quinteto de choro Izaías e Seus Chorões e

o

quinteto de cordas Quintal Brasileiro fazem

o

lançamento do álbum “Radamés Gnattali

- Valsas e Retratos”, gravado pelo selo Sesc no qual registraram, com arranjos originais, obras do compositor. O ponto alto do disco é a célebre “Suíte Retratos”, dedicada a Jacob do Bandolim e lançada originalmente há quase 50 anos por Jacob e orquestra de cordas regida por Gnattali.

17/4, quarta, às 20h30, no Galpão de Eventos.

Capacidade: 160 lugares sentados. Não recomendado para menores de 10 anos R$ 10,00 (inteira) R$ 5,00 (usuário matriculado, estudante e idoso) R$ 2,50 (trabalhador no comércio e serviços matriculado)

CASA VELHA

Formado por alunos do Conservatório de Tatuí,

o grupo tem como objetivo a divulgação,

a pesquisa e o estudo do choro, gênero

musical genuinamente brasileiro. Compõe o grupo Mabel Zattera na flauta transversal, Conrado Bruno no trombone, Rafael Meira no cavaquinho, Cristiano dos Santos Pedroso no violão 7 cordas e Rafael Chieffi na percussão. Em seu repertório há choros, polcas, maxixes e valsas.

18/4, quinta, às 18h, na Área de Convivência.

Grátis. Livre

ZÉ DA VELHA E SILVÉRIO PONTES

Poucas parcerias da música brasileira são tão duradouras e profícuas como a do trompetista Silvério Pontes e do trombonista Zé da Velha. O lançamento do álbum Ouro

e Prata faz parte das comemorações dos 25

anos de união dos artistas e 50 de carreira

de Zé da Velha. No repertório, músicas que flertam com o samba, o maxixe e a gafieira, mas sem abandonar a essência do choro.

e a gafieira, mas sem abandonar a essência do choro. 18/4, quinta, às 20h30, no Galpão

18/4, quinta, às 20h30, no Galpão de Eventos.

Capacidade: 400 lugares em pé. Não recomendado para menores de 10 anos R$ 10,00 (inteira) R$ 5,00 (usuário matriculado, estudante e idoso) R$ 2,50 (trabalhador no comércio e serviços matriculado)

TAPA BURACO

Contando em sua maioria com músicos jovens, o grupo de música instrumental brasileira “Tapa Buraco” é formado por Juventino Dias no trompete, Tiago Ramos no sax, Alaécio Martins no trombone,

Rodrigo Rift no cavaquinho, Teco no violão de 7 cordas e Pedro Martins no pandeiro.

O grupo apresenta uma roda de choro

bem descontraída e traz em seu repertório

sambas, maxixes, choros e polcas de renomados compositores nacionais.

19/4, sexta, às 18h, na Área de Convivência.

Grátis. Livre

REGIONAL IMPERIAL E LUIS BARCELOS

Formado por João Camarero,

Junior Pita, Lucas Arantes

e Rafael Toledo, o Regional

Imperial se apresenta ao lado

do bandolinista Luis Barcelos. Com uma roupagem atemporal

e longe de conservadorismos,

trazem no repertório um retrato

da produção contemporânea do choro e uma releitura de clássicos do gênero, além de uma breve homenagem aos 150 anos de Ernesto Nazareth.

19/4, sexta, às 20h30, no Galpão de Eventos.

Capacidade: 160 lugares sentados. Não recomendado para menores de 10 anos R$ 10,00 (inteira) R$ 5,00 (usuário matriculado, estudante e idoso) R$ 2,50 (trabalhador no comércio e serviços matriculado)

ÁGUA DE VINTÉM Formado pelos músicos Vitor Casagrande no bandolim, Saulo Ligo no cavaco, Paula

ÁGUA DE VINTÉM

Formado pelos músicos Vitor Casagrande no

bandolim, Saulo Ligo no cavaco, Paula Borghi no violão, Guilherme Soares no violão de 7 cordas

e Xeina Barros no pandeiro, o Água de Vintém

une um trabalho de pesquisa e interpretação de grandes compositores do choro à produção autoral. Neste show o grupo apresenta o repertório de seu primeiro disco “Café com Dona Chica”

20/4, sábado, às 18h, na Área de Convivência.

Grátis. Livre

NAILOR PROVETA E GRUPO RABO DE GATO

O clarinetista e saxofonista Nailor Proveta ao lado

da banda Rabo de Gato, formada por Alexandre Peres no cavaco, Paulinho Leme no acordeon, Cristiano Pedroso no violão 7 cordas e Roberto Amaral no pandeiro, prestam homenagem aos grandes compositores do gênero que, segundo Proveta, contribuíram enormemente na sua formação musical. São eles: Pixinguinha, Ernesto Nazareth, Jacob do Bandolim, Ary Barroso, Laércio de Freitas, Mestre Duda, Moacir Santos, entre outros.

20/4, sábado, às 20h, no Auditório.

Capacidade: 202 lugares. Não recomendado para menores de 10 anos. R$ 10,00 (inteira) R$ 5,00 (usuário matriculado, estudante e idoso) R$ 2,50 (trabalhador no comércio e serviços matriculado)

CHORO DA CASA

O projeto reúne os amantes do choro da cidade de Ribeirão Preto com intuito de pesquisar, estudar e dilvulgar o choro. Com Alexandre Peres no cavaco, Danilo Growald no bandolim, Ricardo Perez no pandeiro, João Roberto no Violão 7 cordas, Marcio Santos Bahia no violão, Filipe Cardozo no cavaco, Jeferson Roani na percussão e participações especiais dos mineiros Alaécio Martins no trombone e Juventino Dias no trompete, fazem um passeio pela história do choro.

21/4, domingo, às 11h, na Área de Convivência.

Grátis. Livre

MAURÍCIO CARRILHO ENTRE AMIGOS

Desde sua estreia profissional em 1977, no disco Os Carioquinhas no Choro, do grupo Os Carioquinhas, Mauricio Carrilho vem se dedicando à preservação da história da música brasileira, em especial o choro. Sua atuação como violonista (de 6 e 7 cordas) e arranjador é há muito conhecida do público, graças a seus trabalhos ao lado de ícones como Elizeth Cardoso, Nara Leão, Chico Buarque, Francis Hime, Paulinho da Viola e outros. Neste show “Entre Amigos”, Carrilho estará ao lado de músicos como Nailor Proveta, Toninho Carrasqueira, Paulo Aragão, Luciana Rabello e Marcus Thadeu.

21/4, domingo, às 19h, no Auditório.

Capacidade: 202 lugares. Não recomendado para menores de 10 anos. R$ 10,00 (inteira). R$ 5,00 (usuário matriculado, estudante e idoso). R$ 2,50 (trabalhador no comércio e serviços matriculado)

WORKSHOPS

CHORÕES

E SEUS 14h,

IZAIAS

no 17/4, Galpão quarta, de Eventos.

E SILVÉRIO

Grátis.

VELHA 14h,

DA quinta,

PONTES

no Galpão de Eventos.

18/4,

IMPERIAL

Grátis.

E REGIONAL

BARCELOS

14h, no

LUIS sexta,

Galpão de Eventos.

19/4,

Grátis.

PROVETA

14h,

NAILOR sábado,

20/4,

no Auditório.

CARRILHO

Grátis.

16h,

MAURÍCIO

domingo,

21/4,

Auditório.

no

Grátis.

Sesc Ribeirão Preto

Rua Tibiriçá 50, Centro CEP 14010 090 TEL.: (16) 3977 4477 FAX (16) 3977 4485 email@ribeirao.sescsp.org.br sescsp.org.br