Requisitos de Validade do Contrato de Trabalho O Código Civil em seu artigo 81 dispõe que para que seja válido o negócio

jurídico este deve apresentar os seguintes requisitos: agente capaz, objeto lícito e forma prescrita em lei. O contrato de trabalho, por ser informal, não exige forma prescrita em lei. Apresenta somente os requisitos de capacidade do agente e licitude do objeto para se tornar válido. Agente capaz Nem todas as pessoas possuem capacidade para exercer direitos. As regras de incapacidade do Código Civil valem para o contrato de trabalho, porém há diferença quanto à idade entre o Direito Civil e o Direito do Trabalho. No Direito Civil, são absolutamente incapazes os menores de 16 anos; são relativamente incapazes os menores entre 16 e 21 anos; e possuem capacidade plena os que atingiram 21 anos. No Direito do Trabalho, com a Emenda Constitucional n. 20, o artigo 402 da Consolidação das Leis do Trabalho proíbe o trabalho do menor de 16 anos, salvo para os maiores de 14 anos na condição de aprendiz. Hoje é, portanto, absolutamente incapaz para o trabalho o menor de 16 anos (observação: para menores, entre os 14 até os 16 anos, somente é permitido o trabalho de aprendiz). Relativamente incapazes os menores entre 16 e 18 anos, pois poderão ser estes menores empregados com autorização do responsável legal. A capacidade plena, nas relações trabalhistas, é atingida aos 18 anos. Consoante o artigo 439 da Consolidação das Leis do Trabalho: “É lícito ao menor firmar recibo pelo pagamento dos salários”. Tratando-se, porém, de rescisão do contrato de trabalho, é vedado ao menor de 18 anos dar, sem assistência dos seus responsáveis legais, quitação ao empregador pelo recebimento da indenização que lhe for devida. Temos que o menor entre 16 e 18 anos dependerá de autorização de seus responsáveis legais para efetuar contratos de trabalho ou sua rescisão. No direito do trabalho, os absolutamente incapazes são representados em todos os atos do contrato de trabalho, e os relativamente incapazes devem ser assistidos, mas somente nos atos de contratação e rescisão, pois os demais atos realizados no curso do contrato podem ser praticados pelo menor relativamente incapaz, sem assistência. A ele é facultada a prática de alguns atos jurídicos trabalhistas sem perda da sua eficácia. Objeto lícito O objeto do contrato de trabalho será ilícito quando o contrato possuir por objeto um trabalho proibido ou ilegal.

sem prévia aprovação em concurso público. Enunciado 363 do Tribunal Superior do Trabalho: “Contrato nulo. aborto). porém. o trabalhador acabaria sendo prejudicado. caso contrário. o objeto do contrato de trabalho será ilícito em razão de uma norma de proteção ao trabalhador (aqui se enquadra o exemplo do menor entre 16 a 18 anos.04. Por exemplo. são nulos e não produzem nenhum efeito jurídico. porém. que estabelece: Jogo do bicho. com exceção dos cargos de livre nomeação. o trabalho do garçom no cassino. Atenção: com relação ao trabalho prestado à Administração Pública sem concurso público. somente conferindo-lhe direito ao pagamento da contraprestação pactuada. 199 do Tribunal Superior do Trabalho. assim como orienta o Tribunal Superior do Trabalho: “Orientação Jurisprudencial da SDI (Subseção I) n. declarada a invalidade. respeitado o salário-mínimo/hora.” trabalho ilegal na atividade ilegal: por exemplo. quem entenda que se a atividade que deu causa ao emprego é ilegal (por exemplo. Nesses casos. por exemplo. a doutrina dominante vem entendendo que o contrato é válido. O trabalhador terá direito a receber o que lhe for devido. Efeitos. Parcela da jurisprudência e da doutrina vem entendendo que. Portanto. e § 2º. pois.O trabalho é proibido. Artigos 82 e 145 do Código Civil. pode ser citado o trabalho em clínica de aborto.  . porém produzem efeitos jurídicos enquanto existirem. No trabalho ilegal o objeto do contrato é considerado ilícito para proteção da sociedade. II. São necessárias algumas diferenciações:  trabalho legal na atividade ilegal : por exemplo. Nesse caso. Essa aplicação peculiar decorre de uma norma protecionista do direito ao trabalhador. o médico que realiza aborto. que não pode trabalhar à noite. Outra parte. neste sentido. (redação dada pela Resolução nº 111/2002 DJ 11. em relação ao número de horas trabalhadas. que se enquadra em trabalho ilegal na atividade ilegal. esta não retroage. a invalidade retroage. 13º salário. o contrato é inválido. sustenta que pelo menos o salário deve ser pago. o contrato é ilegal e não produz efeitos jurídicos. Nulidade. nesses casos. sendo o contrato inválido. A contratação de servidor público. após a Constituição de 1988. Há. considerando o contrato válido. Objeto Ilícito.” Atenção: parte significativa da jurisprudência está reconhecendo o contrato do anotador (empregado) do jogo do bicho. para evitar o enriquecimento ilícito. encontra óbice no seu Artigo 37.2002). Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS) etc. Contrato de Trabalho. férias. Os contratos que possuem como objeto o trabalho proibido são inválidos. da recepcionista na clínica do aborto. ou seja. o trabalho em cassino etc. nem em trabalho insalubre).

Sign up to vote on this title
UsefulNot useful