UNIVERDADE DO ESTADO DE MINAS GERAIS FACULDADE DE ENGENHARIA

Resenha do artigo “A gestão sistêmica orientada pelo mercado ” O artigo apresenta e explana ,sobre a abordagem sistêmica utilizado pelo grupo de estudos dos autores. Além disso, mostra a sua aplicação na gestão empresarial e de que forma a Gestão Sistêmica vem incorporando nas empresas, quebrando o paradigma de Gestão Cartesiana. A abordagem sistêmica, mostra a função desempenhada pelo conjunto das partes, que é o contrario da abordagem cartesiana, que analisa por partes ao qual compõem o todo. Aquela, é dividida em elementos estruturados em subsistemas, entre os quais há relações de trocas contínuas(entradas e saídas). Por sua vez , essas relações de trocas contínuas são equilibradas pelas devolutivas (feedback). Esse artigo também, apresenta a definição de Sistema, para reforçar a abordagem Sistêmica. A definição mostra que Sistema é um conjunto de recursos e atividades inter-relacionadas que transformam input(entradas) em produtos(saídas) em constante regulação (feedback), frente as variações do ambiente externo. De acordo com MARCELO CABEDA et alli,(2007/1) pág. 5, a abordagem sistêmica utilizada e sistematizada da seguinte forma: 1º - Identificar os componente do sistema: Catalogar os processo da empresa ( sistema fechado), e sua relação com a sociedade (sistema aberto);2º Identificar a inter-relação entre os componentes: Catalogar a relação entre o sistema fechado e aberto; 3º - Montar cartas temáticas: Visualização dos componentes através de ilustrações para fácil entendimento; 4º - Separar e discutir as causalidades múltiplas: Delimitar os sistema e suas relações com sistemas maiores e menores; 5º- Identificar os valores e objetivos dos componentes identificados: Relacionar principalmente as diferentes partes interessadas e suas semelhanças; 6º - Pistas de solução: Comprometimento da abordagem sistêmica em apontar oportunidades de melhoria; 7º Conclusões : com recomendações: A abordagem sistêmica apresenta possíveis soluções que em conjunto favorecem a promoção do desenvolvimento global. Esse artigo, faz uma analogia com o conceito Físico da Termodinâmica, onde esse considera o sistema fechado um sistema que pode trocar calor e energia, mas não matéria. No tópico 3º - “ Montar Cartas Temáticas” sugere, alternar o estudo teórico das idéias escritas para uma possibilidade de visualização da questão em esboço que pela ilustração propicia outras percepções daquilo que está estudando. No tópico 4º- “Separar e discutir as causalidades múltiplas” pode-se afirmar que é onde existem as maiores possibilidades de entendimento do problema de forma sistêmica, porém ao mesmo tempo se encontra o maior grau de dificuldade. Outra característica da abordagem sistêmica, no que tange a valores políticos, a forma como a empresa de abordagem sistêmica inter-relaciona com a sociedade e seus diferentes grupos. Um outro tema abordado nesse artigo, fala sobre o Balancede Scorecard (BSC) que é uma ferramenta adequada para o planejamento de uma empresa que evolui para se tornar sistêmica, porque ele avalia e incentiva o desenvolvimento de competências de longo termo e de relações com clientes. O BSC teve origem nos estudos dos doutores Robert Kaplan (Havard Business Scholl) e David

Caso esse não esteja satisfeito com os produtos ou serviços da empresa. que são um conjunto de esboços gráficos visando harmonizar informações tangíveis . d) Perspectiva Financeira : Elementos financeiros precisos. como um sistema de medições de desempenho que visava adicionar monitoramento de fatores extra-financeiros aos tradicionais indicadores financeiros. são elas: a) Perspectiva de Aprendizado e Crescimento: Nas condições atuais de rápidas mudanças tecnológicas. a Abordagem Sistêmica mostra ser uma efetiva ferramenta de trabalho. Esses mapas são segmentos do BSC. poderão aqueles encontrar outros fornecedores. Dessa forma. Propiciando para a empresa que adota essa visa Sistêmica uma rápida comunicabilidade. Portanto. tornam-se necessários trabalhadores com conhecimento e em constante aprendizagem. e monitorando o desempenho da organização frente aos objetivos estratégicos. essa perspectiva inclui o treinamento dos empregados e a cultura corporativa relacionados a ambos. O BSC está definido em quatro perspectivas sistêmicas. pode identificar as competências intangíveis dos ativos da organização e ajudar liderança e gestores da empresa no encaminhamento de ações de sucesso.Norton. que vem da necessidade de monitorar problemas sistêmicos e da percepção visual desenhada através da constituição de redes de relações entre subconjuntos da empresa. resolução dos problemas de forma eficaz e promovendo a satisfação dos seus clientes. buscando esboçar o todo da empresa a partir do conjunto de interações. melhorando a comunicação interna e externa. crescimento dos indivíduos e da corporação. c) Perspectiva do Cliente: Esse visa a satisfação do cliente. . Portanto. O BSC na forma prática é utilizado através de Mapas Estratégicos. b) Perspectiva dos Processos Internos: Essa perspectiva permite o gestor avaliar quão bem vão seus negócio e se os requisitos de seus produtos e serviços estão de acordo com as exigidas pelos clientes. alinhando as atividades dos negócios com a visão e estratégia da organização. para dar aos gestores e executivos uma visão mais “ balanceada”do desempenho das organizações. orientadas pelo mercado.Por fim .

Sign up to vote on this title
UsefulNot useful