Você está na página 1de 3

Por enquanto ainda temos

Concepção de Partido U'a prática menchevique


Maria de Souza Lima Pra discutir o assunto
cordelista cearense Eu quero que você fique
E porque isto acontece
Apresentação Quero que você me explique
Temos aqui um problema Essa luta entre os viques
Dá u'a boa discussão Já completou os 100 anos
Que Partido nós queremos Os menche não vem ao núcleo
É bolchevique, dirão São muitos os seus enganos
Mas vai ter que começar Acabam fazendo as coisas
Com eles na Direção Bem por debaixo dos panos
Introdução Menchevique não estuda
Disciplina ela rechaça
O Império aproveitou Democracia burguesa
Queda do stalinismo Ajuda nesta cachaça
Ex-estados operários Aparato sindical
E sobrou oportunismo Tudo isso se abraça
A Quarta estava em crise
Quase fomos pro abismo Eles fizeram da CUT
Sede do bonapartismo
Contra-atacou o Império E o PT lhes serviu
Mas inda tinha bolchevivos Como a flor do oportunismo
Quinto Congresso juntou E as correntes de esquerda
O melhor dos seus arquivos Entraram no reformismo
Conlutas e Conlute
Hoje, nosso incentivo Trabalhadores perderam
Seus instrumentos de luta
Capítulo I Foram perdendo direitos
A burguesia desfruta
Vamos falar de Partido E a Frente Popular
Ao Governo oposição Com os patrões se ajusta
Lá no 1o. Fórum
Mostrou organização Pensam em conter as massas
Mas a gente ainda tem Tentam enganar o povo
Tem muita contradição Até os mais combativos
Se enganaram de novo
Mal estar com a desordem Alguns acordaram a tempo
Que o Partido apresenta A classe tem sangue novo
Concepção bolchevique
A luta agora esquenta Muita pressão exercida
E se a pessoa for mole Partidos e sindicatos
É claro que não agüenta Ideologia burguesa
Presente, sim, nos meus atos
Centralismo democrático A crise eles que paguem
Disciplina e muito mais Mas atenção para os fatos
Sem freqüência aos organismos
Bolchevismo não se faz
E assim o marxismo
Vai ser passado pra trás
Capítulo II Os bolcheviques provaram
Que só assim ganhariam
Entre Julho e Agosto Mas o debate inda existe
Mil Novecentos e Três Só a forma mudaria
Em Bruxelas se votou Concepção menchevique
E foi pela primeira vez Pra defender mais-valia
Ditadura proletária
E foi assim que se fez Foi com a morte de Lênin
Que o stalinismo avançou
Duas correntes surgiram Vale mais o indivíduo
De início tavam juntas E o organismo ficou
Mas Martov dividiu Apenas de fez de contar
Eles discutiram muito Stálin tripudiou
Havia uma divergência
Veja qual era o assunto Trotsky deu dura batalha
Bolchevismo e leninismo
Pra ser membro do partido Retrocesso mundial
Lênin assim defendia Não morreu o menchevismo
Tem que apoiar o programa Trotsky foi assassinado
Presença no dia-a-dia Mas ficou o trotskismo
Apoio material
Cada um quanto podia Capítulo III

Liderado por Martov Exemplo de menchevismo


Uma minoria diz não É cancelar com encontro
Basta apoiar o programa Isso não é bolchevismo
Pra que contribuição? E eu não vou dar desconto
Apenas prestando contas Se patrão quer disciplina
Para sua direção Aqui também marco ponto

Núcleo – lugar de leitura Tu cotizas no Partido


Discussões acaloradas Como tu pagas aluguel
Noutras palavras se diz Tá na cabeça da lista
De forma bem acada Vai junto com o farnel
“No organismo vai tudo, É como ser uma abelha
Fora dele não vai nada” E gostar de fazer mel

Mencheviques eram rápidos Há muito pra discutir


Os bolche nem tanto assim Sobre cota e porcentagem
Os menche bom no começo Se um tem dinheiro curto
Mas depois ficou ruim O outro leva vantagem
E porque assim faziam Tu podes? Levas mais peso
Tu podes perguntar, sim E faremos boa viagem

Bolchevique via longe Propaganda sem jornal


Pensava profundamente É comer sem ter feijão
A ação bem estudada A fala agente esquece
Avança e sai na frente Mas o jornal tá na mão
A revolução exige Posso ler e refletir
Ser preparado e valente E isto não será em vão
Pequeno aburguesamento O curso da direção
Adaptação social Definirá nosso rumo
Curso universitário Se ela não se dá conta
Coisas de valor igual E eu também não assumo
É preciso checar isso A burguesia faz de nós
Faz parte do vendaval? Cachimbo para o seu fumo

Pós-graduação aonde? Capítulo IV


Escolas da burguesia?
Nada podem oferecer Revolução no Partido
Elas te enganam Maria Para agente começar
Tu podes delas correr Reforma não é caminho
Para não entrar em fria Pra nos fazer avançar
Partido de meia-boca
Com política cuidado Que apenas tem blá-blá-blá
Já vimos acontecer
Candidato sem critério Bolchevizar o partido
Representando você É definir quem é quem
Gente nossa se juntando Cota é coisa séria
Com PT e com PV É tudo que você tem
O Jornal e a Revista
É desafio também

Organismo e disciplina
É nosso primeiro passo
Bonaparte não tem vez
Se é assim que eu faço
Para fazer o desenho
Escolha o primeiro traço