Você está na página 1de 5

01/01/2002

Obras Geotécnicas Aterros Sobre Solos Moles Profº M.Sc. Edivaldo Alves dos Santos Engenharia Civil Centro
Obras Geotécnicas
Aterros Sobre Solos
Moles
Profº M.Sc. Edivaldo Alves dos Santos
Engenharia
Civil
Centro Universitário Luterano de Palmas
CEULP / ULBRA
Departamento de Engenharia Civil - DEC
Geotécnia na Engenharia Problemas envolvidos: a) A estabilidade dos aterros logo após a construção; b)
Geotécnia na Engenharia
Problemas envolvidos:
a) A estabilidade dos aterros logo após a
construção;
b) Os
recalques dos aterros
ao
longo do
tempo;
c) Aterros de encontro com obras de arte
(pontes e viadutos);
Engenharia
Civil
Obras Geotécnicas / Aterros Sobre Solos Moles – Profº M.Sc. Edivaldo A. Santos
Centro Universitário Luterano de Palmas
CEULP / ULBRA
Departamento de Engenharia Civil - DEC
Geotécnia na Engenharia Estabilidade dos aterros: Engenharia Civil Obras Geotécnicas / Aterros Sobre Solos Moles
Geotécnia na Engenharia
Estabilidade dos aterros:
Engenharia
Civil
Obras Geotécnicas / Aterros Sobre Solos Moles – Profº M.Sc. Edivaldo A. Santos
Centro Universitário Luterano de Palmas
CEULP / ULBRA
Departamento de Engenharia Civil - DEC
Geotécnia na Engenharia Características dos solo moles: “Solos moles” são solos sedimentares com baixa
Geotécnia na Engenharia
Características dos solo moles:
“Solos moles” são solos sedimentares
com baixa resistência à penetração (SPT) não
superior a “4” golpes, são em geral, argilas
moles, ou areias argilosas fofas, que se
caracterizam por apresentar baixa resistência
ao cisalhamento e elevada
compressibilidade.
Engenharia
Civil
Obras Geotécnicas / Aterros Sobre Solos Moles – Profº M.Sc. Edivaldo A. Santos
Centro Universitário Luterano de Palmas
CEULP / ULBRA
Departamento de Engenharia Civil - DEC
Geotécnia na Engenharia Em pontes e viadutos: a) A estabilidade de das fundações das obras
Geotécnia na Engenharia
Em pontes e viadutos:
a)
A estabilidade de das fundações das
obras de arte;
b) Os recalques diferentes entre as obras de
arte;
Engenharia
Civil
Obras Geotécnicas / Aterros Sobre Solos Moles – Profº M.Sc. Edivaldo A. Santos
Centro Universitário Luterano de Palmas
CEULP / ULBRA
Departamento de Engenharia Civil - DEC
Geotécnia na Engenharia Rompimento do aterro de acesso da rodovia MT-344, em Jaciara - MT
Geotécnia na Engenharia
Rompimento do aterro de acesso da rodovia MT-344, em Jaciara - MT
FONTE: http://www.bidim.com.br/Literatura/EBidimOnline/2011/e-Bidim_27.pdf
Engenharia
Civil
Obras Geotécnicas / Aterros Sobre Solos Moles – Profº M.Sc. Edivaldo A. Santos
Centro Universitário Luterano de Palmas
CEULP / ULBRA
Departamento de Engenharia Civil - DEC

1

You created this PDF from an application that is not licensed to print to novaPDF printer (http://www.novapdf.com)

01/01/2002

Geotécnia na Engenharia Rompimento do aterro de acesso da rodovia MT-344, em Jaciara - MT
Geotécnia na Engenharia
Rompimento do aterro de acesso da rodovia MT-344, em Jaciara - MT
FONTE: http://www.bidim.com.br/Literatura/EBidimOnline/2011/e-Bidim_27.pdf
Engenharia
Civil
Obras Geotécnicas / Aterros Sobre Solos Moles – Profº M.Sc. Edivaldo A. Santos
Centro Universitário Luterano de Palmas
CEULP / ULBRA
Departamento de Engenharia Civil - DEC
Geotécnia na Engenharia Vista de área de solo mole (fundação) que receberá um aterro de
Geotécnia na Engenharia
Vista de área de solo mole (fundação) que
receberá um aterro de rodovia
Engenharia
Civil
Obras Geotécnicas / Aterros Sobre Solos Moles – Profº M.Sc. Edivaldo A. Santos
Centro Universitário Luterano de Palmas
CEULP / ULBRA
Departamento de Engenharia Civil - DEC
Geotécnia na Engenharia Alternativas e soluções: Algumas alternativas de solução  Aterros leves; 
Geotécnia na Engenharia
Alternativas e soluções:
Algumas alternativas de solução
 Aterros leves;
 Substituição completa do solo mole;
 Bermas de equilíbrio;
 Construção em etapas;
 Pré-carregamento ou sobre carga temporária;
 Geodrenos e sucção por vácuo;
 Aterro estaqueado; e
 Aterro reforçado com geossintenticos.
Engenharia
Civil
Obras Geotécnicas / Aterros Sobre Solos Moles – Profº M.Sc. Edivaldo A. Santos
Centro Universitário Luterano de Palmas
CEULP / ULBRA
Departamento de Engenharia Civil - DEC
Geotécnia na Engenharia Do ponto de vista construtivo: a) Ao tráfego de equipamentos de construção;
Geotécnia na Engenharia
Do ponto de vista construtivo:
a)
Ao tráfego de equipamentos de construção;
b) Ao amolgamento da superfície do terreno, face ao
lançamento do aterro; e
c)
Ao risco de ruptura durante a construção, o que
pode afetar a integridade de pessoas envolvidas
com a obra e provocar danos ao equipamentos.
Engenharia
Civil
Obras Geotécnicas / Aterros Sobre Solos Moles – Profº M.Sc. Edivaldo A. Santos
Centro Universitário Luterano de Palmas
CEULP / ULBRA
Departamento de Engenharia Civil - DEC
Geotécnia na Engenharia Engenharia Civil Obras Geotécnicas / Aterros Sobre Solos Moles – Profº M.Sc.
Geotécnia na Engenharia
Engenharia
Civil
Obras Geotécnicas / Aterros Sobre Solos Moles – Profº M.Sc. Edivaldo A. Santos
Centro Universitário Luterano de Palmas
CEULP / ULBRA
Departamento de Engenharia Civil - DEC
Geotécnia na Engenharia Comparação qualitativa entre custo relativos de algumas alternativas de solução. FONTE:
Geotécnia na Engenharia
Comparação qualitativa entre custo relativos de
algumas alternativas de solução.
FONTE: DNER-PRO381/98
Engenharia
Civil
Obras Geotécnicas / Aterros Sobre Solos Moles – Profº M.Sc. Edivaldo A. Santos
Centro Universitário Luterano de Palmas
CEULP / ULBRA
Departamento de Engenharia Civil - DEC

2

You created this PDF from an application that is not licensed to print to novaPDF printer (http://www.novapdf.com)

01/01/2002

Geotécnia na Engenharia Aterros Leves: Esta solução é tecnicamente viável se o aterro for alto
Geotécnia na Engenharia
Aterros Leves:
Esta solução é tecnicamente viável se o aterro
for alto e próximo a uma região do material leve, como
exemplo EPS.
Vantagem:
Peso específico baixo, logo aterro mais leve
Desvantagem:
Auto custo da material prima, EPS
Engenharia
Civil
Obras Geotécnicas / Aterros Sobre Solos Moles – Profº M.Sc. Edivaldo A. Santos
Centro Universitário Luterano de Palmas
CEULP / ULBRA
Departamento de Engenharia Civil - DEC
Geotécnia na Engenharia Remoção do solo mole: A remoção do solo mole e substituição por
Geotécnia na Engenharia
Remoção do solo mole:
A remoção do solo mole e substituição por
material de granular só deve ser considerado para
pequenos depósitos, com profundidade inferior a “3,00
m” e extensão inferior a “200,00m”.
FONTE: (PERBONI, 2003)
Engenharia
Civil
Obras Geotécnicas / Aterros Sobre Solos Moles – Profº M.Sc. Edivaldo A. Santos
Centro Universitário Luterano de Palmas
CEULP / ULBRA
Departamento de Engenharia Civil - DEC
Geotécnia na Engenharia Construção em etapas: A construção por etapas implicar em subdividir a altura
Geotécnia na Engenharia
Construção em etapas:
A construção por etapas implicar em subdividir
a altura do aterro em duas ou três etapas, expulsando
a água intersticial no solo e possibilitando a
acomodação do aterro.
FONTE: (PERBONI, 2003)
Engenharia
Civil
Obras Geotécnicas / Aterros Sobre Solos Moles – Profº M.Sc. Edivaldo A. Santos
Centro Universitário Luterano de Palmas
CEULP / ULBRA
Departamento de Engenharia Civil - DEC
Geotécnia na Engenharia Aterros Leves: Engenharia Civil Obras Geotécnicas / Aterros Sobre Solos Moles –
Geotécnia na Engenharia
Aterros Leves:
Engenharia
Civil
Obras Geotécnicas / Aterros Sobre Solos Moles – Profº M.Sc. Edivaldo A. Santos
Centro Universitário Luterano de Palmas
CEULP / ULBRA
Departamento de Engenharia Civil - DEC
Geotécnia na Engenharia Bermas de equilíbrio: São estruturas utilizadas para garantir a “estabilidade global” do
Geotécnia na Engenharia
Bermas de equilíbrio:
São estruturas utilizadas para garantir a
“estabilidade global” do conjunto solo mole e pelo
aterro, compensando os momentos atuantes e
elevando o fator de segurança.
FONTE: (PERBONI, 2003)
Engenharia
Civil
Obras Geotécnicas / Aterros Sobre Solos Moles – Profº M.Sc. Edivaldo A. Santos
Centro Universitário Luterano de Palmas
CEULP / ULBRA
Departamento de Engenharia Civil - DEC
Geotécnia na Engenharia Pré-carregamento: Trata-se de aplicar uma sobre carga temporária, em geral de 25
Geotécnia na Engenharia
Pré-carregamento:
Trata-se de aplicar uma sobre carga temporária,
em geral de 25 a 30 % do peso do aterro para acelerar
os recalques .
Geodrenos e sobre carga temporária:
Os
geodrenos
são
elementos
drenantes
constituidos de materiais sintéticos, dispostos na forma
de malha com seção de 100 mm x 5 mm.
Engenharia
Civil
Obras Geotécnicas / Aterros Sobre Solos Moles – Profº M.Sc. Edivaldo A. Santos
Centro Universitário Luterano de Palmas
CEULP / ULBRA
Departamento de Engenharia Civil - DEC

3

You created this PDF from an application that is not licensed to print to novaPDF printer (http://www.novapdf.com)

01/01/2002

Geotécnia na Engenharia Geodrenos e sobre carga temporária: FONTE: DNER-PRO 381/98 Engenharia Civil Obras
Geotécnia na Engenharia
Geodrenos e sobre carga temporária:
FONTE: DNER-PRO 381/98
Engenharia
Civil
Obras Geotécnicas / Aterros Sobre Solos Moles – Profº M.Sc. Edivaldo A. Santos
Centro Universitário Luterano de Palmas
CEULP / ULBRA
Departamento de Engenharia Civil - DEC
Geotécnia na Engenharia Aterro estaqueado: FONTE: DNER-PRO 381/98 Engenharia Civil Obras Geotécnicas / Aterros
Geotécnia na Engenharia
Aterro estaqueado:
FONTE: DNER-PRO 381/98
Engenharia
Civil
Obras Geotécnicas / Aterros Sobre Solos Moles – Profº M.Sc. Edivaldo A. Santos
Centro Universitário Luterano de Palmas
CEULP / ULBRA
Departamento de Engenharia Civil - DEC
Geotécnia na Engenharia Análise de estabilidade e critério de projeto: As análises de estabilidade de
Geotécnia na Engenharia
Análise de estabilidade e critério de projeto:
As análises de estabilidade de aterros sobre solo
mole compreende aos seguintes casos:
 Estabilidade da fundação;
 Estabilidade total; e
 Estabilidade interna.
FONTE: (PERBONI, 2003)
Engenharia
Civil
Obras Geotécnicas / Aterros Sobre Solos Moles – Profº M.Sc. Edivaldo A. Santos
Centro Universitário Luterano de Palmas
CEULP / ULBRA
Departamento de Engenharia Civil - DEC
Geotécnia na Engenharia Aterro estaqueado: Esta solução pretende transferir a carga do aterro diretamente a
Geotécnia na Engenharia
Aterro estaqueado:
Esta
solução pretende transferir a
carga do
aterro
diretamente
a
um
substrato
mais
resistente.
Consiste em empregar um conjunto de “estacas” em
geral pré-moldada de concreto ou madeira tratada.
Sobre a cabeça de cada estaca executa-se
uma pequena “laje” denominada de “capitel”, com
dimensões, em geral de 1m x 1m.
Engenharia
Civil
Obras Geotécnicas / Aterros Sobre Solos Moles – Profº M.Sc. Edivaldo A. Santos
Centro Universitário Luterano de Palmas
CEULP / ULBRA
Departamento de Engenharia Civil - DEC
Geotécnia na Engenharia Drenos verticais: Em associação com outra aplicação de sobre- carga empregam-se usualmente
Geotécnia na Engenharia
Drenos verticais:
Em associação com outra aplicação de sobre-
carga empregam-se usualmente os drenos verticais, os
quais tem função de acelerar o processo de
adensamentodo solo.
Engenharia
Civil
Obras Geotécnicas / Aterros Sobre Solos Moles – Profº M.Sc. Edivaldo A. Santos
Centro Universitário Luterano de Palmas
CEULP / ULBRA
Departamento de Engenharia Civil - DEC
Geotécnia na Engenharia Estabilidade do aterro após a construção. Na sua análise Fellenius determinou que
Geotécnia na Engenharia
Estabilidade do aterro após a construção.
Na sua análise Fellenius determinou que para carregamentos
uniformemente distribuídos e flexíveis, que o circulo crítico situa-se na
vertical que passa pela borda da área carregada, e que a carga que leva o
terreno à ruptura vale:
Engenharia
Civil
Obras Geotécnicas / Aterros Sobre Solos Moles – Profº M.Sc. Edivaldo A. Santos
Centro Universitário Luterano de Palmas
CEULP / ULBRA
Departamento de Engenharia Civil - DEC

4

You created this PDF from an application that is not licensed to print to novaPDF printer (http://www.novapdf.com)

01/01/2002

Geotécnia na Engenharia Critério de projeto: FONTE: (MASSAD, 2010) Engenharia Civil Obras Geotécnicas / Aterros
Geotécnia na Engenharia
Critério de projeto:
FONTE: (MASSAD, 2010)
Engenharia
Civil
Obras Geotécnicas / Aterros Sobre Solos Moles – Profº M.Sc. Edivaldo A. Santos
Centro Universitário Luterano de Palmas
CEULP / ULBRA
Departamento de Engenharia Civil - DEC
Geotécnia na Engenharia Bermas de equilibro As bermas trata-se aterros laterais que funciona como contrapeso,
Geotécnia na Engenharia
Bermas de equilibro
As
bermas
trata-se
aterros
laterais
que
funciona
como
contrapeso, opondo-se a eventual ruptura do aterro principal.
Engenharia
Civil
Obras Geotécnicas / Aterros Sobre Solos Moles – Profº M.Sc. Edivaldo A. Santos
Centro Universitário Luterano de Palmas
CEULP / ULBRA
Departamento de Engenharia Civil - DEC
Geotécnia na Engenharia Fator de segurança global O fator de segurança minimo (Fs), que deverar
Geotécnia na Engenharia
Fator de segurança global
O fator de segurança minimo (Fs), que deverar
ser
atingido
nas
análises
referente
ao
final
de
construção do aterro.
FONTE: DNER – PRO 381/98
Engenharia
Civil
Obras Geotécnicas / Aterros Sobre Solos Moles – Profº M.Sc. Edivaldo A. Santos
Centro Universitário Luterano de Palmas
CEULP / ULBRA
Departamento de Engenharia Civil - DEC
Geotécnia na Engenharia Solução de Fellenius. Engenharia Civil Obras Geotécnicas / Aterros Sobre Solos Moles
Geotécnia na Engenharia
Solução de Fellenius.
Engenharia
Civil
Obras Geotécnicas / Aterros Sobre Solos Moles – Profº M.Sc. Edivaldo A. Santos
Centro Universitário Luterano de Palmas
CEULP / ULBRA
Departamento de Engenharia Civil - DEC
Geotécnia na Engenharia Cálculo da altura máxima admissível do aterro. a) Quando à altura crítica
Geotécnia na Engenharia
Cálculo da altura máxima admissível do
aterro.
a)
Quando à altura crítica de aterros (Hc), que podem
ser lançados sem que haja ruptura do terreno de
fundação, deve-se ter, pela expressão:
Onde  aterro é o peso especifico do aterro. Logo:
Engenharia
Civil
Obras Geotécnicas / Aterros Sobre Solos Moles – Profº M.Sc. Edivaldo A. Santos
Centro Universitário Luterano de Palmas
CEULP / ULBRA
Departamento de Engenharia Civil - DEC
Geotécnia na Engenharia Classe de aterro segundo DNER: Classe Características I Enquadram-se nesta classe aterros
Geotécnia na Engenharia
Classe de aterro segundo DNER:
Classe
Características
I Enquadram-se nesta classe aterros junto a estrutura
rígida, tal como encontro de pontes e viadutos e
demais interseções, bem como aterros próximos a
estruturas sensíveis como oleoduto. A extensão do
aterro classe I deve ser pelo menos 50 m para
cada lado da interseção.
II São aterros que não próximos a estruturas sensíveis,
porem são altos, definindo-se como altos os que
altura maior que 3,00 m.
III São aterros baixos, isto é, com altura menor que
3,00 m e afastados de estruturas sensíveis.
FONTE: DNER – PRO 381/98
Engenharia
Civil
Obras Geotécnicas / Aterros Sobre Solos Moles – Profº M.Sc. Edivaldo A. Santos
Centro Universitário Luterano de Palmas
CEULP / ULBRA
Departamento de Engenharia Civil - DEC

5

You created this PDF from an application that is not licensed to print to novaPDF printer (http://www.novapdf.com)