Você está na página 1de 1

Projecto vem sendo desenvolvido desde o início do ano lectivo…

Agrupamento de Escolas de Gandarela promove Feira de Plantas Hidropónicas

A Escola EB 2 e 3 de Gandarela de Basto promoveu na passada quarta-feira, dia 11 de

Março, uma Feira de Plantas Hidropónicas. Este projecto de grande interesse pedagógico

e didáctico foi desenvolvido pelos alunos da disciplina de Ciências Naturais, sob coordenação do Professor Jorge Morgado e teve como principal objectivo assimilar as técnicas de cultivo de plantas hidropónicas em estufa, o que se revelou uma experiência muito útil do ponto de vista pedagógico. As plantas foram semeadas, tratadas diariamente, cresceram, ganharam beleza e no passado dia 11 de Março foram expostas e vendidas a professores e

a encarregados de educação no “hall” do estabelecimento de ensino.

Em declarações ao Jornal “O Basto”, o responsável pelo projecto, Professor Jorge Morgado referiu que o projecto de cultivar plantas hidropónicas

em estufa, cumpriu todos os objectivos, tendo mobilizado e despertado interesse dos alunos e dos encarregados de educação. Os alunos, adoraram pois foi uma actividade orientada para o saber fazer e inclusivamente, houve vários encarregados de educação que se deslocaram à escola para presenciar este projecto “in loco”.

A

ideia ganhou forma no início do ano lectivo com

o

projecto a ser proposto ao Conselho Executivo,

com o projecto a ser proposto ao Conselho Executivo, que dada a sua utilidade, a sua

que dada a sua utilidade, a sua dimensão prática e relevância pedagógica, foi bem acolhido pelo Conselho Executivo, na pessoa do Professor Horácio Lima. Seguidamente, foi disponibilizada uma sala no interior da escola para proceder ao cultivo das plantas em estufa, foi feito um pequeno mas necessário investimento em materiais, trabalho que agora “deu os seus frutos”, com as plantas a serem vendidas à comunidade educativa e o seu lucro a reverter para aquisição de material para dar uma maior sustentabilidade a este projecto. Hidroponia – É a ciência de cultivar plantas sem

solo, onde as raízes recebem uma solução nutritiva balanceada que contém água e todos os nutrientes essenciais ao desenvolvimento da planta. Na hidroponia, as raízes podem estar suspensas em meio líquido ou apoiadas em substrato inerte ( areia lavada por exemplo).

A palavra hidroponia deriva do grego hydro – água e ponos – trabalho.

Junta de Freguesia de Mondim assinala Dia Internacional da Mulher

Professor Jorge Morgado, incutiu noa alunos o gosto pelo cultivo de plantas hidropónicas

A Junta de Freguesia de Mondim de Basto informa em comunicado enviado à nossa redacção que tal como tem sucedido em anos anteriores, assinalou a celebração do dia Internacional da Mulher, oferecendo sempre uma mensagem e a entrega de uma rosa, por forma a nunca esquecer aquelas mulheres que no dia 8 de Março do ano de 1857 perderam as suas vidas lutando pelos seus direitos. Na mesma nota enviada à comunicação social a Junta de Freguesia de Mondim refere que pretende “com este gesto, chamar a atenção para o papel e a dignidade da mulher e levar a uma tomada de consciência do valor da pessoa, perceber o seu papel na sociedade, contestar e rever preconceitos e limitações que vêm sendo impostos à mulher”.

e limitações que vêm sendo impostos à mulher”. EU MULHER! Olho-te deitado no chão dormindo na

EU MULHER!

Olho-te deitado no chão dormindo na lassidão abandonado, no braço de Morfeu. Nos roncos ressoando no quarto decifro a mensagem da singularidade masculina, machista, dono de todas as verdades, todas as vontades, todos os desejos. E eu me sinto um trapo, um nojo na múltipla dubiedade de papeis:

ora escrava, ora senhora, ora súbdita, ora majestade, ora serva, ora rainha, ora discípula, ora mestra. Mas, em todas as faces, todas as entidades, na essência de cada potestade a alma de eu mulher:

dócil, explosiva, maternal, eu sentimento, eu razão, passiva, frágil, impulsiva, inconstante, destemida, protectora, intuitiva, eu cabeça, coração, vida. Eu Mulher! Desce do pedestal – sê homem, me vejas mulher! Eu Mulher!

Ione Jaeger

Cabeceiras de Basto

Guias de Portugal desenvolvem projecto “saca-rolhas”

A Associação Guias de Portugal, 1ª Companhia de Cabeceiras de Basto, informa em comunicado enviado à nossa redacção, que em parceria com a empresa “GraNorte” – que se dedica ao fabrico de produtos de cortiça – está a desenvolver o projecto “Saca-Rolhas”. Este projecto, lançado pela AGP em 2005, consiste em recolher rolhas de cortiça usadas, recuperando-as para uma nova utilização.

Ao cooperar nesta causa os cidadãos estão a contribuir para a preservação do ambiente, reaproveitando um recurso natural – a cortiça –, e ainda a colaborar com instituições de solidariedade social, pois o valor que resulta da venda das rolhas para novo aproveitamento reverte a favor de uma destas instituições. “Aceite o desafio e colabore connosco”, prossegue o comunicado. Com um pequeno gesto está a contribuir para o serviço ao próximo e para o ambiente. Estão distribuídos vários “rolhões” pelo concelho – nas Galerias S. Miguel, no centro de catequese em Refojos, em vários restaurantes, na escola pré-escolar e ainda na Escola Primária.

na escola pré-escolar e ainda na Escola Primária. Associação Guias de Portugal Associação Empresarial de

Associação Guias de Portugal

Associação Empresarial de Fafe, Cabeceiras e Celorico debate hábitos alimentares e doenças sexualmente transmissíveis

AAssociação Empresarial de Fafe, Cabeceiras de Basto e Celorico de Basto promoveu, no passado dia 27 de Fevereiro, uma palestra dedicada a dois temas extremamente importantes na sociedade actual, hábitos alimentares e doenças sexualmente transmissíveis”, informa a instituição em comunicado enviado à nossa redacção.

Estes assuntos merecem ser analisados e discutidos em qualquer faixa etária, contudo, quando falamos de jovens a pertinência de os discutir é claramente mais premente. “Esta palestra, realizou-se no âmbito da disciplina de Cidadania e Mundo Actual dos cursos de Educação e Formação de Jovens que esta Associação, enquanto Entidade Formadora e proprietária da Escola Profissional de Fafe, promove, assumindo-se assim como um agente de formação e socialização de cerca de uma centena de formandos que frequentam estes cursos no concelho de Fafe”,

Associação Empresarial promove debate sobre saúde

prossegue o comunicado. O principal objectivo foi esclarecer eventuais dúvidas que os jovens possuíssem, quer em relação aos riscos de uma sexualidade irresponsável, quer em relação aos distúrbios alimentares, sensibilizando-os para a importância de adoptar hábitos de vida saudáveis, pois estão em causa factores associados a várias doenças características do nosso tempo e da nossa sociedade. A palestra foi dinamizada pela formadora de Cidadania e Mundo Actual, Dr.ª Alice Alves, pelo Enf.º Ricardo Gonçalves e pela Dr.ª Dulce Lemos, os quais foram unânimes em afirmar que o melhor remédio é a prevenção, quer no que concerne às doenças sexualmente transmissíveis, quer no que diz respeito às doenças provenientes de maus hábitos alimentares.

às doenças provenientes de maus hábitos alimentares. Dia do Pai – 19 de Março AUGUSTO TEIXEIRA

Dia do Pai – 19 de Março

AUGUSTO TEIXEIRA

(1932 - 2008)

“As pessoas de quem gostamos não morrem. Apenas deixam de ser vistas!”

Os teus filhos:

Olga, Augusto, Ester, Isabel, Elvira e Vítor