Você está na página 1de 7

5($/,=$d­2

ADMI NI STRAÇÃO CENTRAL


5()(',7$/'(&21&85623Ò%/,&21ž

,16758d®(6
• Você está recebendo do fiscal um caderno de questões com 60 (sessenta) questões que compõem a prova objetiva numeradas
seqüencialmente.
•E
receberá
também uma Folha de Respostas personalizada para transcrever as respostas da prova objetiva.

1- Observe no quadro acima se o caderno de questões é o correspondente ao cargo no qual você fez a inscrição. Caso não esteja
correto solicite a substituição para o fiscal de sala, o qual deverá lhe fornecer o caderno de questões correto.
2- Verifique se esse caderno está completo e se a numeração das questões está correta.
3- Confira seu nome completo, o número de seu documento e a sua data de nascimento na Folha de Respostas, e caso encontre
alguma irregularidade, solicite a um dos fiscais que faça a correção.
4- Leia atentamente cada questão da prova e assinale na Folha de Respostas a opção que a responda corretamente.
5- A Folha de Respostas não pode ser dobrada, amassada, rasurada ou conter qualquer marcação fora dos campos destinados às
respostas.
6- Você dispõe de  horas para fazer a prova, incluindo a marcação da Folha de Respostas. Faça com tranqüilidade, mas
controle seu tempo.
7- Após o término da prova, entregue ao fiscal a Folha de Respostas devidamente assinada.
8- Qualquer tentativa de fraude, se descoberta, implicará em imediata denúncia à polícia federal, que tomará as medidas cabíveis,
inclusive com prisão em flagrante dos envolvidos.

32578*8Ç6 b) O texto fala sobre o receio de escolher e de ousar.


c) O texto tem diálogo, por isso pode ser considerado um

 "!$# %& '(# (% romance.
d) O texto não retrata valores comportamentais e morais, mas

 !"*)( # +,+'*'!.-'(/  01(324# 5!6 ',#47'8)9(&%(:2 apenas históricos.
'9G % (;&<7=?>'!  '@G 'BAC#  # %,# 7;',#  (%,0D;(E&F!"9 2 €  R 
'2(9G 2(H (%$*!"I% J;( +,'512# *,!K-7 8+'I('(# ,%$+' G  7&}&E&  192# ‚!ƒ'(#S7')&(%926'9% (;\K
! &+4$'J,!"J# !I'(;% I+,'A ',*+,*9<<409%( 7L 'J7 %„h'(# I…
24 # !JH %&'*-7G 2,&+G 9%$A# -7%8+('*)&:G 2,'(#  &%8)97L('(% 7G %(;,-7',= a) Sujeito simples.
'&%9%(M S%RU T (0 ' 'N (%?AC# M ';&A/# ',# (H %&'?'(!O)P <G ) Q'N+7# C& # (0
b) Sujeito composto.
',;&E& )V&% +,'(!W   (X'( ; 'K!I4<G '(YA '&)(1+,% 7 c) Sujeito indeterminado.
!"',&%O('( # ,%O7  %&%, 7.&'   G 7 Z'[A<# )9( d) Oração sem sujeito ou sujeito inexistente.
 ,;()+(%(\9= +4(%  '9A ',<# (!]%G '(*!I7 <(%  ' (%^,7',# ( %=  R G 
? ',<!$# ;,J^-'(/ 0,!_% +,+` , ! &m'(!$# ;((dm-7',<  0j,!†% +&+‡7' 4 !$# <
7' 78!$# M '(!  %'( 24# [ˆ ',#‰+7# # -7# (H %'B&Z%7L,'( ,;(\ 0^(%_ ',!I(%
%'(2# "&*'( #9+7# <# -7# G(H %'a"%L('( , ;(
b&b >c',;1(70 G ,%9%( 1('dA 9C'(c(!" '(<-7;9e +,'9%9)9&+4,% '9s(',)'(!NaA;,}E"%,# ;&g/# )9 +,'
b&b* f # -0% +&+ = 
a) Objeto direto.
b&b T '"192#  7+,'9 g9%+, 9%%,&%& +7 7 (e b) Adjunto adnominal.
b&b g 'd2( 'ih a2(G )&V!"'&%(!I7= 
c) Adjunto adverbial.
% +&+70jG ',;& E40
(L/# kG 2(-(,%&(!"'(;&' 7 ' d) Objeto indireto.
24# *G '8 ,# ,%*G +'J% ',;&/ :2((!K '8# !$# ;(:2,!K Š
 S(!$L# '(;&'(= = = 0 
 R  G
! +,' 7# %‹+'  G 7;(-D24# (-,'(!J0$9%.)(# (;,}9&%K'&%9:2,!
A/# ; !"',;9 '(0' 'J+,'%,)9L# ,0&%  G '%(40('"   "', I5# ;,P )# 
+'",!`)( !$# ;1(G J7(' )9;(+7&C# al # L ',+,+'(= G 's(,%9% \0‡   24 B+,'9% )+Z;B7 (}E@'s(',)&'
% +,+40a&+4!$#  +40a ',;9%? 1(7M%&',D '(# 0a' A4;(}E"%# ; g9# )+,'

+# %&% ' G G 
a) Predicativo do sujeito.
b&b +2,Xm' '9%km '9%()& 10n!"%  '9G A ',#  (!o!"7 '(dp%(' b) Núcleo do sujeito
,# %() ,G I(L# c'9%9% 7(=qd,;&%J+' 9%2,)&VrhgI+,'(# s,G $+,' c) Núcleo do objeto
,L#  ' $!"'&+J+'a(/# %)9(<e tc':24# %9vu7;%xw # +(%,0 d) Predicativo do objeto.
{ &<4rL,J+,'y9zz9y   G ΠG
 ;& '| < (%# }E~7( ') 9%%,# A/# )9|'+,'A/# ;'  &% %# ;( 'B]%('&V(;)# Z)9 'B)&7;&A<4!"'B9%_A/ 9%&'&%
+,'7(+,!I',;&' " 's&<I&)(# !" ,L(# s, G G
a) O texto é um romance porque tem personagens, diálogo, H +:h/;&I+2('(/L#  G +,' (-,, =
enredo etc. upH +:h/;&I+2('(/L#  G +,'d '(! 7=
b) O texto é uma poesia porque é um soneto. H +:h/;&I+2('(/L#  G +,'!I+47=
c) O texto é uma fábula porque apresenta príncipios de f Ž H +:h/;&I+2('(/L#  +,'a9A# !"}9E7=
natureza moral e ética. Ž Ž =. !I4H  '"!G ,# % )&&+"# ;%9(;  '(=
d) O texto é um conto porque apresenta vários conflitos Ž Ž Ž =.7 ‰ cg" ,!" g-7# !"a'(!`)(+, ,'!",=
sucessivamente desenvolvidos. Ž T =‹   '9%&',;& 'aA7#&)9'(# <I)&4!D!"g‘2,7;&&+,',=
 G =. 4!N)9'('C(09"%1(’‡%&'(ga&+# +7=
y f 'a()9+J)&4!` 's&<40 7 ; 'a   ',;9# 2( )9 '9 (= a) A, B, C, D.
a) O texto aborda uma história bélica ocorrida há muito b) A, B, D, C.
tempo.
5($/,=$d­2

ADMI NI STRAÇÃO CENTRAL


c) B, D, C, A. c) Somente as afirmativas I e III estão corretas.
d) B, A, C, D. d) Somente as afirmativas II e III estão corretas.
“  R3” { :R ž 
 G  &}&E&70 g,)# a…"!$# I)(# +,&+4(% b9bb&b&b&bb&b&b&b ,% y& ! b&b&bb9bb&b 's  '9%%&"S;Ÿ!"'(*+,'"'(;&/# +,&+'9%Il9%J7,# %
A/# 1,G (%(0•hgd%',I!"(/# +4I… +,'9%9 ',;& b&b&b&bb&b&b /(+7=– '9',;()(1 7< kG '(;&# +,&+' +'m'9%9( 9%&%(4)# +p24# ¤,!™)&7;„h/;9<
9% )(;G & %)&7 '9 (!"'(; '" 'A '( ',;&'% l")97;,)97<+,—(;,)#  +, 'I ' ()# 7;(!"'(;(%= \
;,4!$# ; \  G
a) A- com.  4!¦L9%'X;G YA/# <!"& }9E&k&)(# !"0X '9% (%& Y7'p!I' 1,7
b) Com- por.
 '&',;()1('  )(;( …
a) Mapeamento das cardinalidades.
c) Com- a.
b) Conjunto de relacionamentos.
d) A- por.
˜ ”   G c) Conjunto de entidades.
 G ('?  (%,# }9E&K7'`)&4! ^R 'N)9G 7/ '!"',;& '?&% d) Mapeamento dos relacionamentos.
);,%_+,™7}9E&[o%'(-7#  &7(' '9%™%'&- ,;(}9&% {€ G
'9%9E& b9bb&bb9b b&b 7' '(;()&7;& , ! *–4, k!¦)&7;„h/; ¤+'k ' &)(# ;!"',;&<(%tD L# ;g,# '(;&< '
b&b&bb&b&b&bb9bb '&-,+9%\9= (%k)9;„h/G ;&,%m+,'m 
'( ;# +,+,'% 'ku 0‡!I '!"',;&<¤+,&%
a) Alerta- bastante. )9(+# ;( # +,&+4'% +,'2,'‰%&'-7# 5,!"^+&%N# ;&%9/(}&¥,'9%
b) Alerta- bastantes. ,L(# s,
c) Alertas- bastantes. a) Um para um: uma entidade em A está associada no
d) Alertas-bastante. máximo a uma entidade em B e uma entidade em B está
š  R› associada à no máximo uma entidade em A.
  ! % ,;(+7/# ;41%N
 )&4!I'}9(!Z  )9,;&(8%%,# !O7'? b) Um para muitos: uma entidade em A está associada a
G # !":2('( W% +'9 % '(  !I\9= %œ'(!I (%W+,'&%9&)&&+4(% várias entidades em B e uma entidade em B está associada
) 9%%,# A# )9!JH %&'"'% ')# 2(!"';& '(09)&4!I a várias entidades em A.
a) Artigo, preposição, artigo, pronome. c) Muitos para um: uma entidade em A está associada a no
b) Artigo, pronome, preposição, pronome. máximo uma entidade em B e uma entidade em B pode
c) Pronome, artigo, pronome, artigo. estar associada a um número qualquer de entidades em A.
d) Artigo, pronome, preposição, artigo. d) Muitos para muitos: uma entidade em A está associada a
{ qualquer número de entidades em B e vice-versa.
z&*(G '(# [(%B ': s,%B,L,# s,@ '@# +,',;&# A# 7(']]A/;(}9E&ˆ+,' { G§ 
# Ž ;(-7(R„& -,'(!   '+4!$# ;,;9 ' (  '&%9/9/,  -7# )]+OL( ;()&G [+,'_+,+,% 4+,'™%',
= 7G ' ',;&%( I'("+$!$4;(+e 's G '9%%&~-7 9A# )(!"',;& ' ' ¨+7# & - !"©',;&G # +,+,'(H
>'(# gJ7' '(; %(I'("+4$!$;(+7e  ' &)(# ;!I',G;&n= f ',;&  'ª,%«)&4!  7;('(;&'% # %9&+,%
>'(+,'()9'&%9%(' ',;%,# ";# %%\9= ,L(# s,409 A C ,  '+('9%9" '  '9%',;& }9E
Ž Ž R w',;,;(+*–4'9%9%(,( ž a) Retângulos.
= w 3h S+X'(;,-,( š A!"',;& !"8%'(!"(;,8'(!†  uŸ&C# (% b) Elipses duplas.
 ( /#  +,'8tc¡$y z0z&z(=4¢p!"# %*+S7'8,! &)&('(=4¢ c) Pentagrama.
Ž Ž Ž R„ a! G  '%'(; '\= d) Losangos.
=  g(09)&4!I2((# e
{Š 
 a2(7J# ;(+4I'‘2(4)9V(0:/(+$L'(!Je  Ž 7;&% # +,'('a9%%&'-7# ;& '9%9A# !"}9¥'9% 
+*L('!J09'(G a2,7J# ;(+40&)97<',;(+7= = )&7;„h/;9<] +,'†',;&<# +,+,'9%o7' ,%9%#p
–4'&-,,G !"'( (-(cG ;(A/9/,09'‘2,)9V(e  9/# L49(%
%&A# )(# ',;& '9% , ¬A7<!"(Q(!"™)(12,' # !"g,<# o…
Ž T R„–4 , # ;41(I+,‘24#  = Ž Ž +,ž ',;(4!$# ;+J)&7;„h/;9<J+,'a',;&# +,+,'9%aA& )9%=
= !$4;(+"… - (;,+,' = !­)&7 ;„h/;®+,'W'(;&/# +&+,'%®;E G +'¯)9;& ',
 !$;+4I… G -7 ,;(+,' ' ),L(' %L(-7 (%I+''(;# +,+,'%J'%E&40(+' -,!" A<!"0
'&%9jh(;(' d%(7L '$!"(= Ž Ž Ž +7# A ', ',;9 '9%+' 7& 9% '(;# +,+,'%"+J)9;„h/;&<7= G
 !"(7…-4 ,;(+,'a'G )9,L(' = %m9# L9<(%k+(%k)97;3h 4;&G ,%m+,'m'(;&/# +,&+'9%k+,';P 2,'
)9(!Ia'";(J)& )1(E&J+,'(!",= # ;&A ',<# 47G %E&8 1',+,+(% ' (%J)&7;„h/;(%I+,' ',;&# +,+,'9%
 !I4… -7 , ;(+,' ' )9,L' +,'I;,P 2' %G  ',# 7=
 *L4G  ':2(' '9% }9J+4'"L',# h,\9=  –7+'H %' )&7;,) # 7'
 ( ,% f <,!J!I4;,+J+,' ;(+7 &+,' –7,'9%# a' (%(= a) Somente a afirmativa I está correta.
a) Função apelativa, função fática, função poética, função b) Somente a afirmativa II está correta.
emotiva. c) Somente a afirmativa III está correta.
b) Função emotiva, Função apelativa, função fática, função d) Nenhuma afirmativa está correta.
poética.
c) Função apelativa, função emotiva, função fática, função {Œ G
poética.
I>c7L4 'a -'(;',  # C}9E&J…)97/'<IA/# <!"(77('
a) Faz a interface entre o sistema de computador e o
d) Função poética, função fática, função emotiva, função
hardware do acionador de disco.
apelativa. b) Resulta da união de dois ou mais conjuntos separados
  ¤£ Ž  (nível inferior) para produzir um conjunto de entidades de
>– w nível superior.
{&{  c) É organizado logicamente como uma seqüência de
 Ž 7;%, # +,', 'a&% %&'-7# ;&'%"  A/# <!"&}& ¥'% registros mapeados em blocos.
=  %‡9# L&(%‰)&4! ,%9<(% 4+,'!]%'(J+7# 2# +7# +,%‡'! d) Resulta da separação de um subconjunto de entidades de
Ž Ž ('%,0# %&I…(097&<G ,% G # L9(%= nível inferior.
= %M # L9<(%N!J /# 2( 7&+,% +,'(!B%'(8+7# 24# +# +4(%
Ž Ž Ž '( ! (  '9%(0(# %&I…(099<<(% 9# L  (%= {“  G 
= %¤9# L,&(%‰+,'(/# 2(&+4(%^;(E +,'(!™G %&',IG +,'(/# 2,&+4(% *° (%&%(P 2,' +'A/# ;4# ‰ )(12('&% # !"g,# %,0S%')(;(+,g,# G 9%†'
+' 7&(%G # L9<( %7',;9/# +,&+,'&%a' '" ' ()# 7;(&+,&% '9%9/ (;,-,'(#  9%‡)&4!I , '¤+ ^)97!"(;(+4M) '&'m(L '¤+
–74+,'H %&')97;) # 7' >cqd4=&°*)97 'I9A# !",7'
a) A cláusula primary key do comando create table inclui
a) Somente a afirmativa I está correta. somente um atributo que constitui a chave primária.
b) Somente a afirmativa II está correta.
5($/,=$d­2

ADMI NI STRAÇÃO CENTRAL


b) A cláusula foreign key do comando Create table inclui b) Canal secreto que permite uma transferência de
somente o nome da relação à qual a chave estrangeira faz informação que viola a segurança ou a política.
referência. c) Técnicas de criptografia para prover serviços de
c) A cláusula unique do comando create table inclui a lista dos autenticação em aplicações de comércio eletrônico.
atributos que constituem uma chave candidata. d) Canal de oportunidade onde a informação é transmitida
d) A cláusula foreign key do comando Create table inclui pela oportunidade de eventos ou processos.
somente a relação dos atributos que constituem a chave €
estrangeira. y  7L3h '# 2,J+,a,7# '/, a'(!?< V9%)&!"+9%…
{˜  a) Classificar uma classe de objetos em subclasses mais
 Ž 7;%,# +,', 'a&% %&'-7# ;&'%"A/# <!"&}&¥'% G especializadas.
=  '9%9/# }E‡+,'¤G # ; '-7<# +,+,'m+ 'X',;&# +, +,'X'9%9(L,' 'G )&G ' b) Controlar a execução das declarações do arquivo de
Ž Ž '";',;G 1!^2( G 7GJ +' )1(2,' # !"  g(#  +'d%&',G c; = exportação para recriar todos os arquivos de dados
= '(5  2  'G %K; ( Q)(1(2(' G # !"g(# ±# ! G # )9±; associados ao sistema.
# ! ,%9%# L4#  # +,+,'S+,'p# +'(;&G /# A# ):,n -7,!"8 (0hg5' c) Separar o usuário da aplicação do banco de dados físico
^,)(G 192(' # !"g,# ‡…M&/# # C&+M G ;(M# +,',;&# A# )9&}&E&N+,&% d) Importar os dados das linhas das tabelas, bem como a
Ž Ž Ž / 9%I# ;(+7# 2# +7((# %'(!D!"" ' (}9E7= G G definição dos objetos subjacentes.
=  '9%&/# }9E&*+'$# G ; '-7# +,+,'J '9A ', '(;,)#   …I) &%9%# A/# )9+,  G G
',;&/ '‚+79%¬ ' &}&¥,'&%‚'‚ G …¦&%+ , † G !",;& ',‰ y (²[)9 ()# +,+'±+4'± '((m.'9%(7'(!"K)&7;,)9 '(# / +%
)&7;&%# %9V(;(G )(#  '(; ' %a/ 9%J;9%+7&%I ' }&¥'%= +,+(%"%('!K!$(+,, *'%(7',!""'s ',;(87J(% -4 (!"9%
–74+,'H %&')97;) # 7' +,g(H %' *;(4!"'+,'
a) Somente a afirmativa I está correta. a) Independência física de dados.
b) Somente a afirmativa II está correta. b) Nível externo.
c) Somente a afirmativa III está correta. c) Independência de dados lógica.
d) Todas as afirmativas estão corretas. d) Esquema externo.
{š Š  
 % '&-79%¤+,'‡# ;&'&-7# +,+,'mA 7/;'&)9'!™-(  ,;&/# +,'k'
‰ y  ¤  ,7#  '9 ¤
 +,'< V9%‡)&!I+,9%‰(G %‡ '&%7('!I9% +'!
!$,+,(;,}&%A ',#  9%¦;(™G L,;,)¬ +,'6+,+(% 7M&%g,# (% %'(+,'9A# ;# +(% 4 V9%I;,P 2(',# %(09%&EJ' '9%
,&<7<# C&+,%5G
;( E&X '9%, '!K',! '(+$+
8 )97;%,# %9V(;,)# *+,' a) Esquema externo, nível de visão e nível interno.
+&+,%,=nqd  )9'&+7# !"',;&‡,L,# s, )9;(+7# Cm)&4!™ b) Esquema externo, nível de visão e nível conceitual.
9A# !"}9EI)(# !" c) Nível externo, nível de visão e esquema conceitual.
a) hashing. d) Esquema interno, nível conceitual e nível de visão.
b) asserções. Œ  G
c) gatilhos (triggers). y   7G ;&%# +,'('a9%%&'-7# ;& '9%IG ' }&¥,'&% G G
d) restrições de domínios. # ',;& 'G  %&'-7< b %()(#  0´;(4!"' b ) # ',;& '(0µ b ) # '(;&'0
)( # +& +' b ) # ',;&'  G
y&z& %('&G - ,;(}9S'!¦L((;,)9m+'S+&+,%S…p,!ISg,G '9XL&%9 (;&'  !   …9%&# !"I;!"'(  b '(!  '9%9/# !I 0:% +4 G 
(!  7('a%&'I 'A'('a!$# %'9%&¥'%,0'9s,) 4# ;,+ !  '-,+ G   %'&- b %4)#  b '! '&-, + 0
a) Questões legais e éticas referentes ao direito de acesso a ;!', b  ' 'A<7;'(0;(4!"' b '!  '&-,+7 =
certas informações.
b) A política de segurança de uma organização a respeito da
permissão de acesso a várias classificações de dados não cliente devedor emprestimo
deve ser implementada.
c) Questões políticas nos níveis governamental, institucional
ou corporativo, como quais os tipos de informação que não
devem ser tornadas disponíveis publicamente.
d) Questões relacionadas ao sistema, como os níveis de
sistema nos quais as várias funções de segurança devem agente_
ser implementadas. emprestimo
{
y  5 9 ,H %& '*+,'5# ;&'&-7/# +&+,'8+4pL,;()&S+4'$+&+%S1gS,!"
'Ž A'( V,;()(#  G
=±²  '}9E&.+(%±+&+4(%K)97;< DQ+7# 2 -,(}E;,E& empregado
Ž Ž ,&<7<# C&+,,=   G 
=±²¬':s4# -4V(;()(# M+'?7'?` # ;&§7A7 <!"&}9EN%('•h< ( '-7# +, `+7G # &-7!"‰', ;&# +,+,'(H ' &),# ;!"',;&<?)# !"‡%(' +'
Ž Ž Ž )& 7;&/  a"G !I+7# A# )9&}9E&*# !  # (G =  )&7;() 4# 7('"1g
= % /# 24# …-7# (%¤^&%,,g(# (%,0‘# ;() %,# 2('‡‡) ()# +,+' a) Uma entidade fraca que agrega valores herdados de uma
+'F &)&'9%&%, †(<7# 2(,%¯+,'W+,+(%,0. '& -7# %&,%W7 superclasse.
Ž T )9! (%'&% '()&P A/# )&(%+'",!""!",;',# a'9 % '()&P A# )9(= b) Redundância de informações, uma vez que todo par
= G %&'-7(;(}&œ'(!³2(g(/# ,%´;,P 2',# % 7¬!"',# ´+, empréstimo-cliente em agente_emprestimo está também
) G 9%%,# A# )9&}&E&^+'¤+&+4(%¤'+7(%‰&%(g,# (%¤'(!¦2,g(/# &% em devedor.
 ) 9%%&'&%+,'a%('&- ,;(}9,=  G c) Herança de atributo na subclasse empregado.
4!QL9%&'I;('9%&%&%I# ;&A<4<!"}9¥,'9%(0 +'H %' )&7;,) # 7' d) A especialização de empregado a partir das superclasses
a) Somente as afirmativas I e IV estão corretas.
cliente e empréstimo.
b) Somente as afirmativas II e III estão corretas.
 §7
y “ *°Y,! )9'%%$'(!D'J,!"I)  # "+,'$# !"-'(!D+5L((;()&
c) Somente a afirmativa II está correta.
d) Somente a afirmativa IV está correta.
+,'J+&+%J…J92,;, }&&+,8;,$'! S%&,;(+5(%5 '-7# %9/(%$+'
ž G  G  '+I,7# 2+,%
y&y& !"a&%&%# ;/ +7# -7#   " … !M's('(! J  +*&%(J+,' a) Exportação.
a) Controle de fluxo que verifica se informações contidas em
alguns objetos não fluem explicita ou implicitamente para b) Ponto de controle.
c) Cópia consistente.
objetos de menos proteção.
5($/,=$d­2

ADMI NI STRAÇÃO CENTRAL


d) Recuperação. d) O campo order by seguido pelo critério de classificação é
˜ G opcional.
y   ˆ % +,' ) ( (}9¥4'%@>cqd” œ'&)&9'(!¶'!¶+%ˆ)9 '-7/# 9% €9Š G  ž
# ;()# ,# % f f  m' f = 4# ;,-7-,'!¬+' f 'A/# ;4# }9E&‡+'  f &+ 9%ˆ
 9%F
'  }&¥,'&%F–t G w >> tº'   0 7ž ;( + '
D
f +(% ff  ',!$#  'a 's('),(}EJ+"%('&-74# ; ' )&4!",;(+ –t w >> t (%9%#9(%' ',!"(' ;(%" 0u 0 0 f ,' 
a) Delete. )&4!` »03¼0:½0:¾p0¿ =
b) Commit.
c) Update. X
d) Create table. A
š B Y
R 
y  ,+ '9A# ;# }E tc'&%,# +,'¤'(!Z,!_)&4G ! & +7I+7# A'( ',;9'‡+, C Z
'·¸  &%g, # ¹7ª+,'9%',;92( 2('&+47B'&%9gª&%,;(+4\ W
)&7'% 7;(+'a D
a) Banco de dados remoto. K
b) Patch.
c) Banco de dados local.
d) ORACLE_HOME G G  G
€ G G  q ( +,9%"!IG +,' &-',;&%,L, # s* '  '%',;&  $!I4+,' 
d
&z  &) 7;()9'(# X+,'5-,',;'( # C:(}9E(Y'9%9gS!"' 1(7‘ '  '9%&',;& + ',;&# +,+,'(H  ' )(# ;!"',;& (  '%& ')99%(4e
(' ! a)
a) Abstração por meio da qual conjuntos de relacionamentos
são tratados como conjuntos de classe de nível inferior. professor 1 ensina 1 aluno
b) Resulta da separação de um subconjunto de entidades de
nível superior para formar um conjunto de entidades de b)
nível inferior.
c) É a separação de um subconjunto de uma classe para professor n ensin 1 aluno
formar classes de nível inferior, formada por atributos
distintos.
d) É a união de um conjunto de classes produzindo uma c)
classe de nível superior, formada por atributos comuns.
€ { ^ professor n ensin m aluno
  G   G
  '  # ;()(#  +  f u  f 9 ,L9%' +4!$# ;# %9/ 94<,…
a) Resolver as necessidades comerciais de uma empresa ou
pessoa.
b) Gerenciar a operação completa do banco de dados. d)
c) Referenciar as declarações SQL dentro de seus aplicativos. professor 1 ensin n aluno
d) Comportar espaço alocado para conter dados específicos
do aplicativo em seu banco de dados.
€ €Œ G
 f ' )9+J)&4!Nd ,L' +'"L,;()&J+'M+,+(%,L,# s,
y&I>cL ' ,%+,+(%+'"&%(g(/# I…)97/ '<IA# !"(7('
a) São as informações que o banco de dados precisa para         G
gerenciar os dados de usuário e a si mesmo. !  '-, +I +# -4  !  '-,+40 4!"' !  '&-,+70> ,# 40
b) É uma parte da memória do computador que contém dados w4;(}E40 4+7# - f ' (!"',;&4
cujo valor mudou em relação ao que estava originalmente  
no banco de dados. tc'% 7;(+     )&4!",;(+  ”Ž  G
c) São os dados de seu aplicativo, com todas as informações >”  G +4# - f ' , (!"'(;&<40 > (/# 40
a ele relevantes.  ‘
s(”?
>  ,#  4
d) É uma estrutura definida e referenciada nas declarações Àwt až !   '-,&+4 
SQL dentro de seus aplicativos. t –5u7¼ 4+7# - G f ' (   !"'(;&<
€&€  '97; )&4!I$ '9%, &+4
a) O salário mínimo e o salário máximo dos gerentes de cada
I>cL 'a9%d24# %(¥,'&%…"# ;()&7 '99A# !",7' departamento.
a) Permite a visualização de uma seleção personalizada de
b) Uma faixa de limite de salário mínimo e de salário máximo.
uma ou mais tabelas e usa uma consulta SQL armazenada
c) O menor e o maior salário dentre todos os empregados da
no banco de dados.
b) É um objeto de banco de dados que permite criar uma fatia empresa.
personalizada de uma tabela ou de um conjunto de tabelas. d) O menor e o maior salário de cada departamento,
agrupados pelo código do departamento.
c) Proporcionam um nível adicional de segurança, além de
permitir a ocultação da complexidade dos dados.
€“ G
d) Semelhante a uma tabela, a visão contém dados, não
 f ' )9+J)&4!Nd ,L' +'"L,;()&J+'M+,+(%,L,# s,
somente uma consulta SQL.         G
€ !  '-, +I +# -4  !  '-,+40 4!"' !  '&-,+70> ,# 40
G   § w4;(}E40 4+7# - f ' (!"',;&4
(  9) 7!"(;(+4@%' ') (%9%4#M)(! (%O7L4# - # ( %Z'
5HVSRQGD
 )# 7;((# %,=>c7L'a'9%&%'")94!";(+I…I# ;,)97 '<I:A/# <!"(
a) O campo where seguido dos critérios de seleção, isto é,      )&4!"(;,+
seguido de condições que restringem os dados > d  ”M  +4# - f ' , (!"'(;&<
recuperados pela declaração, é obrigatório. Àwt až !   '-,&+4 
b) O campo select seguido pelos nomes das colunas nas Tt jŽ  –5
À u7 T¼ À 4+7# -G  f ' (  !"'(;&<
tabelas mencionadas é obrigatório.  > ,G # 4Á" y&z9z
c) O campo from seguido dos nomes de uma ou mais tabelas  '94/; )&4!I$ '9%, &+
em que os dados residem é obrigatório. a) O código dos departamentos em que a soma dos salários é
maior do que 200.
5($/,=$d­2

ADMI NI STRAÇÃO CENTRAL Ž G G


b) O código dos departamentos em que a média dos salários =6w97'%ƒ(!$L# '(;&(# %ƒ'(G ;&2( 2('!¨  ƒ)(  º'º
é menor do que 200. Ž Ž rG '9%9/9  -,(;4# C )# 7; +,a'(!  '9%,=
c) O código dos departamentos em que a soma dos salários é = G -7;&%©+,% )9'9%%(%©'s('()&&+4(%  %E 
menor do que 200. ,;'•h(!IG '(;&<‰+,'¤'&)(%((%‰14,!"(;(,%+ :h': <40n
d) O código dos departamentos em que a média dos salários +, '9%',;92, 2# !"'(;k'X-,', ',;,)# (!I'(;&<+,p'&# 'p+4'
é maior do que 200. Ž Ž Ž h '= 4G G
€Œ =  -7 !"',;&<`…` G ,!@':s,'! Q+, '^…&)(; # )9`&/# # C&+
I>cŽ L ž '"L((;()&J+,' +&+,%… )&7  '9IA# <!"G ,4'  ,  J+'%('(;92, 2# !"',;&J+, '&# ' +,' :h'97=
= !±L,;()9*+,'IG +,&+4,%J '  '9%';&  -7;%"9% '),%"+ a) Somente a afirmativa I é incorreta.
!$4;(+Â '9 0†%&',;(+¸)1(,!"&+70¦l%ƒ2('9C'9%,0¬+,' b) Somente as afirmativas I e II estão corretas.
!$# ;G # !$;(+7= %m!$(+(;,}&%‡;(¤!$# ;# !$,;,+‡;Em%E& c) Todas as afirmativas estão incorretas.
Ž Ž ž'A '# +,9% '(!D!DL((;()&J+,' +4&+,%,= G G§ d) As afirmativas I, II e III estão corretas.
= !¸L(;,)9_+'¬+,+,%o…] G !"¬)9 '}9E -# )&¬' À  
Ž Ž Ž )& ,', '(; '  +' +,G +,%)&4!N  -74!M%# -7;# A<# )9&+*# ;', G ',;& G ',= (y& ,'  ',;()(# (!"'(;_
 +™ '(G_
!  ]+ :h']…¦¬  g, '&¬+4'
= )94! ( /# 1( !"',;&  '(!$# 'Ã(%Ä!$Ÿ /# (% -,', V,;()# Æ '% 7;%g2('  F!"(;& ',œG (% )9'%&%%
%,g,# (%v' 4-7 (!"%v()'&%&%((0·+,'ÃA!" ; ')9'&%9%(g(/# ,% , "7'" :h'<I%&'ih<I '& # C+$ +,',;&<J+4
)&7;()&7'(;&'0&*L,;()9J+' +,+(%=  9C97=Q–7,+,'( H %'@9A# <!",64'ˆ+,'(; 'ˆ(% )9'%%,%
a) Somente a alternativa I está incorreta. ;')9'&%9%(g(/# ,% , a'&%&%-,', V,;()(#  '9%9 E
b) Somente a alternativa I está correta. a) Definição da atividade, estimativa de duração da atividade
c) Somente a alternativa II está correta. e estimativa de recursos da atividade.
d) Somente a alternativa III está correta. b) Seqüenciamento de recursos utilizados, definição do
€“  G cronograma e controle do cronograma.
I>cL ' J)(1')(Å 7# ;&+  ) 'a…")97/ '<"A/# <!"(7' c) Seqüenciamento de recursos utilizados, seqüenciamento
a) Controla o número de processos que gravam informações de atividades, estimativa de duração das atividades.
no banco de dados de modo concorrente. d) Desenvolvimento do cronograma, controle do cronograma
b) É onde o Oracle armazena os programas que trabalham e cumprimento do cronograma.
com o banco de dados. €  G À 
c) É um evento que acontece periodicamente quando o banco   7;& %# +,'('Z  G # ;1(”@
Ž +,' ', ',;(” )# (!"'(;&<F+,' Ž :h'9 (%
de dados Oracle grava informações de seus buffers na  (%&  ' ” ˆ – <–:h'& ) (;(&-,'(!I'(; ;&%&# & '0
memória para os arquivos de banco de dados apropriados. 9 2…&%p+4¤– u ¿c y9z&G z , = E&k …Y)&7 '9k:A/# <!"(‘7'p
d) Usado para inicializar o banco de dados, mas o acesso é -,', ',;()# (!"'(;&<J+,' 7( # +,+,' …
restrito a um conjunto de usuários privilegiados. a) Um conjunto de processos realizados durante o projeto,
€˜  que têm como objetivo principal garantir que as
 4!I,!†L,;()&X+'S++(%p…p,!‚ )&7;„h/;&<X+,'5,7# 2,( % necessidades que motivaram o projeto possam ser
+'*+,&+4(%(0,AC&H %&'5 ;')9'9G %&%(g(/# S&- , '%%& '&%$,74# 2,(%= garantidas.
L( (;()&5+,'J++(%  &) 'J'A'/I'9%%&'J-7 !"',;&<$%(7 L$ b) Os processos envolvidos nessa área são o planejamento, a
'&}9E&J+,'I,!`7L„h'<J+,'"L((;()&J+,' +&+,%")1,!"+ garantia e o controle da qualidade do projeto.
a) Índice. c) Algumas ferramentas utilizadas para o planejamento da
b) Cache de linha. qualidade são o Benchmarking e a Análise de custo-
c) Buffer de registro. benefício.
d) Tablespace. d) Todas as afirmativas anteriores estão incorretas.
€&š G  G
I> '-7;,+@&%_G '&# %@ G )9;%( # +,+,%@+,'Z n-, ', V, ;,)# Z+,' & (  &' %9/# !"G 9# 2(*+'8)&%&,%*…54!‹+(% )9'9%&%((%Y '& # C&+%
 :h':<(%,0n7( +,9%‡  ',;9# 2(9%¤,L(,# s,  '9%'(;&  , 6 )9,nG;,},^o-,'('(;()(# (!"',;&¬+4(%†)(&%9<(%†+G '¦,!
 }9 ¥'9%J7(' +'(!D%',c)&7;%# +,'(&+9%Jg('&&%J+,'J-,', V(;,)#  h ' = -7!"9%±A ',  (!"'(;&%‹7±…&)(;# )99%&# # C:+,9%
+' h '9,% ;'9%&%(' 4)'9%&%(I%&E
a) Recursos Humanos, Tempo, Riscos, Implementação e a) Estimativa paramétrica, Análise de Proposta de Fornecedor
Qualidade. e Análise de Coeficientes Determinantes.
b) Tempo, Custos, Riscos, Qualidade, Integração e b) Estimativa bottom-up, Análise de Proposta de Fornecedor e
Aquisições. Análise das Reservas.
c) Riscos, Qualidade, Comunicações, Escopo e Tempo. c) Análise de Proposta de Fornecedor, Determinar Valores de
d) Recursos Humanos, Tempo, Riscos, Custos e Qualidade; Referência e Análise das Reservas.
d) Análise de Proposta de Fornecedor, Análise de
À
(z& ', ',;()# (!"'(;&<+,'kt# %()&,%X+4‡–3h'9X24# %&p(,!"',;&( Coeficientes Determinantes e Determinar os Valores de
,%‰'A'(# ,%  (%# # 2(,%‰& <:h'<^'‰+7# !$G # ;4# "}&¥, '9%‰(' Custo de Recursos.
9(( %'(!# ! &),%S;G '&-4/# 2,(%Y;((%S'%  +(%8+  h '=
)? Š G G 

 )9'%%8+,I,;g # %'I7,;# :/# 2(I+,'$/# %()9%J+  :h'9   &% %# ;( 'FW  ',;9# 2¯7' G9)  '9% ;(+,'F
AC G ( '$+S)9;„h/;9<8+'  )9'9%%,%5;('&)&'9%%&g,# (% , G $ -, ', ',;()# (!"'(;&<º+,%µ74# %4# }&¥,'&%® ' # C:+,&%µ'!Ç,!
'9 # C&}&E&5+5-,', ',;()# ( !"'(;&<5+,'*# %)&(%=>c7 L'II(;(g # %(' h '=
(;#  9<# 2( +,'"/# %,)9,% +'H %&' 9A# <!",77' a) Planejar Contratações.
a) É uma subatividade de uma atividade maior chamada b) Gerenciar as Partes Interessadas.
identificação de riscos e deve ser realizada nas fases c) Solicitar Respostas de Fornecedores.
iniciais do projeto. d) Selecionar Fornecedores.
b) Nela é realizada uma verificação numérica de quantos são Œ
os possíveis riscos (subdivididos em grupos) para o projeto. I  >c7L4 ']B+7 # %&# L,4# }9E&O+,&%@# ;&A<4!"}9¥'9%[…Z# ;,)97/ '<
c) Nela é realizada uma verificação numérica do efeito dos 9A# !",7'
riscos nos objetivos gerais do projeto. a) A distribuição da informação é realizada através de CIs
d) Nenhuma das alternativas é correta. (Circulares Internas) formalizadas pelo gerente de projeto,
{ À para que possam tomar um caráter formal.
I  >cLG  'K ', ',;()# (!"'(;&<+,'.t'&)( %(,% !"(;(%Q%(E& b) É um processo realizado para alcançar o gerenciamento da
+'&) , +,9%"% %'&-# ;& '9%9A# !"}9¥'9% comunicação do projeto.
5($/,=$d­2

ADMI NI STRAÇÃO CENTRAL À G G  G


c) Uma das ferramentas ou técnicas que pode ser utilizada no G Ž -  '.# %,;(Î pAÀ  # %1KG ',;(7(-1±‹ ,Å3'‹7; s)9' H
processo é o Sistema de Coleta e Recuperação de +7#  '): Ê= 's '():‘!I(%&G G ,- '5>  '&+(%,1,'&'9‘&%',%8 <k&G %&'p# 
Informações. A7^%1,# ;(-™(;,+])& (L( /# ;-[L 9M%9 9ʆ’# <1 s,)À ' A7G 
d) Existem alguns métodos específicos para a distribuição da )(  '99# ;(-,;(+kA<7!"9 /# ;(-4=ju# -‡)94! (;# '&%Y’a;(Î G &%' - 'G G
informação. >  '&+(%,1,'9'9A4%')(#  Ê*'9&%7;%(04L&# ;(+7# 2# +7( %J,;(+$%,!"
“ G G  L%,# ;'9%&%('9%"!$# -7Ž 1&= Ž
 % %,#G ;( '^M G  ',;9# 2M'?)9 '% 7;,+,'^l‰2(',G  ()# +,+,' ¾m1',; &%'‚ G 1('o;':’µ¼(1(4Ð –1((<4(G %™L(' (0 Î !
< %(7L'‰ -7,!"  %,I)9, ():'(<P %&# ) %,"'!O ' (}E`& (!"C'&+‡9"1,’% # !$# I# I  # %m¤k+,'9%,Å3G   # )9/# ;=¼ 
-'( ',;()(# (!"'(;J+,' 3h'9(%= )9(;S+7  -5,;(+Y+7 Ê(7 1((<(%S# ;95A  G +'(%8c<5*+ 4)ÅJ9 
a) Existem projetos relacionados ao gerenciamento de 1('8< (AnGc1'S%)( '&',;$h/&%&r9%SÊ(7Y’a7 +¤# ;XY+'%ń<   =
projetos do projeto. u&j1'p '& 7# ;&
 (A¼ ,1(Ж1,(,%p# %SX&++m+,'&%()(# <# 7;%
b) Todo projeto possui um ciclo de vida e deve ser organizado ,;(+m&-(%pmÊ(74 1(((%,0c%'&()(1p/17(-1Y1('!J0,;(+m%41( '
para garantir seu sucesso. 1('!$=  ” G ” ” G
c) Grande parte do conhecimento e muitas das ferramentas G G 1('SL'G %5(A ¼ ,1( Ð 4, # ,;(+ # )((%((A Î %Y# 2(' ,#
utilizadas para gerenciar projetos são exclusivas do  %( G Å8!$()(1 # Å3G 'Y+,'&%Å3 G G %,=¼Y)9G ,;Y+ &-m(;,+m+7
gerenciamento de projetos. !",# # '!%M# ;‰G G A<  +,'( %(0n%()( /1,7(-71  # %&%‰(AJ!"'9%9%(-,'9%(0
d) Todas as alternativas anteriores correspondem a ,;(+k  ,&7!"# )9
G Ê  ':24# ':’‚!"'%%-,'9%= 1'9%&'Y ’ k'YL# -
veracidade das características. %& ' A<4  ’a(4+G = /1(7,-71M<1'ÊN  +7;,Î 5!")(1M1'‰A'994 '%N(A
˜  G  +,'9%G G Å3  # )99# 7;&%,0"1'Ê 24# +,'±L('  '(S%'&,)14# ;,-K,;(+
 4 !‚L%(G 'S;9%YG # ;&A<7<!"}9¥'%S+,'S ' (}9EY+4(%5-7 (% ' )& ,L(7 9# 7;4= G  G
XÈ uS%%,# ;( ' a '(/G ;/# 2 )&7 '(= G ¾Y'Î 2,' %('&', ; L4&%,# ;'&%&%,H ) 9%&%  G % # Å'
 –4)'&%9%(,%I ' )(# ;&+4,% J-,'('(;()(# !"',;&J+' > '&%9A<7)9'(=G )&4!‚(;,+ G 'G > # 'SA7
Ê&'( %(G 0c(;, +k '&(G  ÊY2',%,# 7;%
Ž3È : h':<(%= G   (Ak1'7 ; #  ;' G !",# )  Ë# ',&;&%6('61(-' Ê  Ë  ,=Su& k1'
Ž Ž3È" 7;& 9 ,77I!I4L# # C:,7a'7# ' +' h '9(%= -7” ’# ;(-   (<# Ê8(A »‡ %&Ê,;)1< 7;(7% 2,&>c)(Ž #  ,;(+
Ž Ž Ž„È À }9(!"'(;&&}9E& = » ,G W19%Æ&+(2(,;,) '+Ñ1('ÆG )9;,)G ' ¯,Aµ# )1 ;& '(;'9
È ', '(;,)# (79%  ,'%I# ;&'( '9%&%+%=  G # )9# 7;&%,0’14#G )(1 +():% # Å:'5w 9%151,:2,'5L'&',;J/ ÊG # ;-*<
u RUf 'A/# ;# }EJ+(% )9'9%%,%= # ! '!"',;&A7c 7;,-$/4# !" G '(=9¾Y'Î  '"%''(# ;(-*/1'%'I ')14” ;(  -7# '9%
"H - '&-}&E&J +,%)(%9<(% '&%9/# !"G +( %"+,%"/# 24# +,G &+'9% ’a À 7Å&# ;,G -8<-,'1',n# ;5 # )9# 7;&%*%,,)159%$¼ ,1(Ð  %8,;(+
# ;(+# 24#G +7,# %"7 )9('9%"+,'d/(L( 1( ,  '9%9(L(' ')9'( 4- '"w # ;,;()9'(= G 4
!"È$ R À # ;41 +,'IL9%' +,%")(%9<(%\  G 1# %±# %;(Î S? /1# ;(H ) # ',G ;&Y   ,)(19Ϥ!",;9ÊQ(A51('%('
L '('(;()(# !"',;&J+%)&7!$;4# )9&}&¥'&% ,  d%(/# %&A 9C'(   # )9# 7;&%J '&G G 74# ' ’a'(G A< – %,= 2,'(4/# !"'(0:%(4!"' ,A4<1'9%('
,%I 'G 7# %, # <(%G +,9% ,'%I# ;&G '('%&%+%J;( h '9I'  %‡!"9Êk’a' -(# ;‡(A AH #  ;'(;(+^)&&)(1# ;(-‡A'99'%,0rLaA7 
'ÈJ
%( R„ 2(', 4L '(!"%I)94!N' &%\  ;((’ 0p!I (%9‰+44;(Î ‡'2('(; ' ',;(+†<¬!"<)161',# ‰+,'9%ń<
) L&'(;,} EJ+(%I'&)(%((%J1!"(;(,%I;')9'&%&%g(# (% ( )&7;&'( (%,=   4G
'(!J# ;(( :h'<,\  tc91',a1((;‡)&4! '9# ;-’" G # 1‡+,'9%,Å3   # )9/# ;&%(0
a) I-a, II-c e III-b ¾Y'(L‰ %‡, '‡)&4!$G G # ;(-^M)&4! Ó '(!"'(;&"<1'(!J0
G '(! 1À 9%,# C# ;(G -
b) I-b, II-a e III-c %1 (/# ;,-Ò,;(+)& ,L(7/# 7;= G +():  # Å3' 4- '
c) I-c, II-a e III-b > G  G '&+(%,1,'9'9‚# %ˆ !I7'@(A‹Z%9 '& /1ˆ GO)& 4! G '9# 4‚ # ;@<1'
d) Nenhuma das alternativas anteriores é correta. )& ,L(7# 7;Ô ” % )9'Â/1,;Ѷ '& s,)9' )94!  '/# <4=
£  À tc'!"'(!$L(',<0 # )(%((A j# % &%1# ;(-8> 1,  '(–7# ;&A7c',;9 ', # %&G G '&%
 É5>
5 ,;(+`<79# ;(-K1((%& '+D> 1, ',–77# ;9S4 AA# )'D
 
4G  4# 2('MD%(!" ',
1' '’¤¾Y'(L # )9/# ;&% L%,# ;'9%&%('9%SA7
%,1,# ;(-k+,)(,!"'(;%Y(;,G+p%  '9+,%1'&'9%= ;(+
Œ 1('(  ' ('6!"(;ʂ(/1G'(k¾Y'L,H L(%'&+¦ '( /;/# 2'9%(0S%,,)1‚&%
” G:Ë ” G G {
uÊ ” # )(1' = # ',z “3Ì y Ì z  Ê '( A A/# )9',=,–7(À '(;9/#  G )(&%& !"',%$!$# -71&  '9A '(A '&'$1(%& '+
%'( 24# )9'd% ,)(19% - 'aG > '&&+,%1'G '=
– 4 Ì Ì-,C# ;' H Ì G Ì { ˜ š9Š { š ˜ “ Š { š (Í 1('Ä ¾Y'(LÕ %(Ö ',;,L '9%×%&Ê,;(', -7# '9% !I;(-
Á41&  ’‘’
’"= )&!"-7= )94! , # ) 'y z0 0 0 z&z(= &% G
4G  # )9# 7;&%= ;^/1'M+,'9%,Å34 G 0rÊ(7N),;N)& ÊM,;(+ &%& '?H
–4'&  '*# ;J1('I%(A  ’a(À '*# ;,G+7&%& Ê$”, '*# )(1# ;(-* *%&''J # ;&A7!"9# 4G ;]A 7!Â4;'] # )9# 7;]Z(;(( 1',D ,;(+O&%'
-4G +X)94! '/# /# 4;pL(' ’d'&'(; 4- '*,;(+ 4G# ),%A= 1':ÊS, ' % ',A# )(#  # ;&'&-4/# 7;,0L&o!I(%&o+,'%Å3  %®1(:2,'
Å9# ;(-*/1'$;'’N ” -,',;(', /#  ;$(A¾Y'(ŽLJ G  # )&/# 7;&%I&4%J +#  '&) L(;(+,,# '%= ;p1'S¾Y',L,0c <1'9%'L(74;(+,,# '%k+7;(G Î d':s4# %&0%(
)&4! '9# # ;$’"# /1 # )(%((A A A/# )',= G (2('*1('S;(':’± %(0L4& ’d À 'Î  'dG %'&” ',# ;( -$!I7 '"!"%1,G H  %a/1),;,0:A<77':s((! ' 0&)94!*L# ;'
/1# G %* G # %*;(cG ,;J( ',;$# ;"’1# )(1J$L  '$L'9 ’a'9',;I1'" ’aJ/# ,;&% 4- '   %a’# 1a :2(' 47 & '9%aJG G )( '&'a";(':’‰G  =  G
’"#  ,Å3'  )9'(= À G  G 1('M;'’†¾S',L^ %? '& ʇ%,14# ;('M# ; '9 /# ;,- '& '
G ;&%,# +,G ', ,- 'Y> Ž  '&&+,%,1'&'0 ’1# )(15’a%k '&)&'(; Ê ’a7GŇ4-,'1',$<`%1, 'D# ;A 7!":/# ;N, ;(+‹# ;D G )'99# ;(-K;'’
' '9&%'+X& %Y # !J# '&+¤L'(= Î %X!I4 '5%  '& +(%1('&'
1 ,;5Ê,7  # )9# 7;&%[L &%'+[;o’ G 7Ŭ(/1'( '”  'B192(']+4;'(=
!$# -71&‰':s '():‡Š A/ 4!ƒ G A '9'6¾S { ',L,H L(%('&+ <+7()= 1G 7(-71 >c(A ’a( '8)&4! ,;# '%YG 192(' 7;,-*’a<)1'+ # )((%(A'(!$L,&)&'
'%&# ):G  '+*<5y )9 !$;&%$(;+ z&z* G (’‘%,07# j1%*$-4+ # %&A , ;(+o's  ',;(+¬ ')14;( -7# '9%†%o# ^G 's&'(;,+,'&+¦¾m# ;(+’d%†,;(+
A<4<!J 9%Y,;(+‡L9%# G )8 G A<7 ;&‘(;+)9 nA G G !"# ;(-40,;(+‡# <G Î %5A%& A A# )9'(=  (’†  1('%'^;'’† G ¾S'L¤4 %‡('‡+7# ;(-‡/1'%!I'<
',;(7,-71*A<4n $%,!"   %  '&&+,%1'&'/=4><# 0c# < aÎ %Y ;, r# ;*/1' '&&-' +,'9%Å3  %χ;, ' )# ;,-"<1('!J0(L97's&'(;,+7# ;(-1('!$=
,A‚+,'9%Å3 %   '&&+,%,1'' %9ω# Î %¯;, '(G ; AA<# )'F 76 G Ž 1(' G G
¾p7<+7–4'(A '):a% {  '&&+,€ %,1('&'0;(+M# Î %¤)', ,# ; ʉ;(, s()&' = <Î % > '-7;,+K± 's&<±()# !"0I&%9%# ;( 'D9%Q '(/;/# 2&%
;,(':2(',;J,(G % Hy&H 0,# ; / 19c# G +,'9%,;,Î 7Ê&'9192(' ,;&G ÊJ)(1(# ;- )&7 '9 9%
A'99G  '%I(;(+ G ),ń%I"%)(À# # ;- G (;,-7-,G ',=:¾m# /1*#  % # !$# /# 7;&%,0 š  ž
# <Î % # Å3'$¾m#  ' Ê(0’"1” # )1 4- 'S'&)&'(;& Ê5)9#  '&+ ;,nSL(&+ I>G'-7G ;(+4MG ^ # ;# E&N À +?G,& <0 !"G ‰ +,9%¤2,(;&&-'(;%^+
':s7'+7#  7<0L&cÀ ; #G )((%( (A ¾Y+4= G G ,;# 1(a' '9 Ø7;4# )9 - 'a…7' ' 
¾X1(  - '^> '9+(%,1(Ë '&'98+,'9%`;G # )9' Ê`# % 'JÊ(G 7 a) Não possui restrições quanto a quantidade de linhas e
%& 'S,;(+X %1, 'S% '9+,%,1,'&'9%= &%&‘7;('Y) # ),Å*%'(;,+,%p # ;Å colunas
’"# 1$<1'J%  '&&+,%,1('' <*Ê(7j)&7;9G G &)%,0(’1(S)9(;*1',;8G'& +7# n#  b) Irá substituir definitivamente a planilha Excel da
’"# À 1# ;I<1(G '*L &’d%&',= 1# %J'9&%9Ê*)& ,L(7/# 7;8# %I/1'* '& 7# ;9 Microsoft por razões de segurança
,A 4,- 'a> '9+(%,1('&'9= c) Permite que planilhas sejam armazenadas e
compartilhadas
5($/,=$d­2

ADMI NI STRAÇÃO CENTRAL


d) Substituirá a planilha do Excel para a criação e b) Substituir definitivamente sem estender as ferramentas
formatação de planilhas Desktop.
Š  c) Aos poucos substituir as ferramentas Desktop.
z&I>'-7;,+N^ # ;# E&`+?, &7<0a!"^+,%‰2,;& -,',;%M+ Š˜ d) Substituir e estender as ferramentas4Desktop.
G
¼ ,1(Ж1((<(%IL('a… 7(' I>'-7;(+4J 's&<40I;(2( -,', &}&E&J+'  # )&}&¥,'9%a¾S',L
a) Não se parece com uma aplicação desktop. a) Possuem a vantagem de permitir o compartilhamento
b) Competem diretamente com as aplicações desktop por de informações.
causa de suas características. b) Causará uma batalha entre empresas como Google e
c) Não permitir busca em suas fotos. Microsoft que será assistida pela indústria de software.
d) É muito similar a uma aplicação Desktop devido a c) Possuem a pretensão de competir diretamente com
facilidades como arrastar e soltar. seus concorrentes Desktop.
Š { d) Não possuem vantagens claras em relação a seus
I>'-7;,+JI(4 concorrentes Desktop.
a) O AJAX e o Flash podem trabalhar juntos para
aplicações Web mais ricas.
b) O AJAX e o Flash são tecnologias ultrapassadas.
c) O AJAX e o Flash possuem uma popularidade em
decadência.
d) O AJAX e o Flash são tecnologias cuja a vantagem é
rodarem em computadores com menor
processamento.
Š G 
y&I>G '-7;,+†‚,&74G<08 # )}&¥,'9%K¾p ',L (%%,( '!º!"'(;,(%
# !$#  }9¥,'&%7('  # )&&}&¥'% f '9%Å3 +,':24# +I
a) Possibilidade de combiná-las para criar outras
aplicações
b) Não possuírem sinergia.
c) Permitirem copiar e colar
d) O autor diz que as aplicações Web é que possuem
maiores limitações
Š€
I>'-7;,+J 's&<
a) A Microsoft não oferece possibilidade de
compartilhamento de planilhas
b) A Microsoft oferece possibilidade de compartilhamento
de planilhas, mas os clientes podem preferir serviços
gratuitos.
c) As únicas alternativas que há para compartilhamento
de planilhas é o Google Spreadsheet e o Office Live.
d) O Office Live da Microsoft é um forte concorrente para
o Google SpreadSheet no mercado empresarial.
Š À G  G
(I>'-7;,+J 's&<J 4- a' > '9+,> 1''A<7# ,;(}9&+
a) Há muito tempo e possui limitações.
b) Há pouco tempo e não possui limitações.
c) Há muito tempo e não possui limitações.
d) Há pouco tempo e possui limitações.
Š&Š
I>'-7;,+JI(4
a) A Google agiu mal em seu ataque direto ao Excel da
Microsoft.
b) A Google agiu bem em seu ataque direto ao Excel da
Microsoft.
c) A Google não foi tola de atacar diretamente o Excel da
Microsoft.
d) A Google agiu bem em não atacar diretamente o Excel
da Microsoft.
ŠŒ
I>'-7;,+JI(4
a) O Google Spreadsheet é ruim, pois se assemelha ao
Lotus 1-2-3.
b) O Google Spreadsheet é bom, pois se assemelha ao
OpenOffice.
c) O Google Spreadsheet não é bom, pois se assemelha
a planilha do WordPerfect.
d) O Google Spreadsheet é bom, mas certamente não se
assemelha ao Excel.
Š“
I>'-7;,+JI(409%aA ',< (!"'(; 9%d¾Y'(LJ#  E
a) Não substituir, mas estender as ferramentas Desktop