Você está na página 1de 28

A PIOR DOENÇA E SUA

CURA

Por

Pr. Charles Wagner Costa

cwvcosta@yahoo.com.br
I N T R O D UÇ Ã O

Parabéns! Você está começando a leitura deste livreto. Seria


difícil exagerar o quanto esta leitura poderia ser importante em
sua vida.
Aqui você vai encontrar algo que, sem dúvida, não é
encontrado na grande maioria dos livros.
A lua, na época da lua-cheia, é realmente linda. De onde vem
a sua beleza? A sua beleza vem da sua luz. Quem não se encanta
com seu brilho no horizonte? Mas veja que esta luz (que traz sua
beleza) não é dela, mas é do sol. Se não fosse o sol, a lua não
seria bela.
Este pequeno texto não tem luz própria. Tudo o que está
escrito aqui é tão somente o brilho de um sol, um sol chamado
BÍBLIA. Se este livreto tem algum valor (e pode ter certeza que
tem), deve-se à luz que recebe da Bíblia.
Em vários trechos você vai encontrar a seguinte frase: “Assim
diz a Bíblia” ou algo parecido. Note que em cada parágrafo deste
texto inúmeras referências bíblicas são cuidadosamente
adicionadas, pois o meu cuidado é dizer somente o que a Bíblia
diz. Procuro não afirmar nada que não tenha base sólida na
Bíblia. Por isto, é de suma importância que você faça, na medida
do possível, a leitura dos textos, para que você seja convencido a
respeito da veracidade de tudo o que está escrito aqui, pois a
Bíblia, a Palavra de Deus, é a verdade (Leia Salmos 119:160).
Seria impossível esgotar o que se pode falar a respeito do
supremo valor da Bíblia. A este respeito já se escreveu muito.
Alguém disse assim: “Nenhum outro livro já foi tão
cuidadosamente estudado, nem teve tanta coisa escrita a
respeito dele” 1.
Leia o que dois homens ilustres falaram sobre a Bíblia:
“A Bíblia, ainda que seja considerada apenas como uma obra
literária, é o mais notável livro que o mundo tem visto” – Joseph
Angus.
“A existência da Bíblia, como o livro para o povo, é o maior
benefício que a raça humana já experimentou. Todo esforço por
diminuí-la é um crime contra a humanidade” – Immanuel Kant.
A Bíblia é o livro mais importante da Humanidade. É o livro
mais lido, mais vendido, e o mais amado. O motivo disto é
simples: Seu valor vem do fato de ser ela a PALAVRA DE DEUS.
O seu Autor é o próprio Deus.
Eu poderia usar aqui um espaço considerável neste texto
para expor para você as inúmeras evidências ou provas que
demonstram ser a Bíblia a Palavra de Deus. Estas provas indicam
uma coisa só: Homem algum, sem a intervenção divina, poderia
ter escrito a Bíblia. Seu conteúdo não pode ser outra coisa senão
obra de Deus. Alguém disse:
“(...) A Bíblia é um livro que o homem não podia ter escrito, se o
quisesse, como não teria escrito se pudesse. Ela revela verdades
que o homem, deixado a si mesmo, nunca poderia ter
descoberto” – Thomas P. Simmons.
Espero que você não tenha nenhuma dúvida sobre isto –
QUE A BÍBLIA É DE FATO A PALAVRA DE DEUS. O que nela está
escrito, portanto, é a mais exata verdade.

1
Enciclopédia Histórico-Teológica da Igreja Cristã, vol.1. Edições
Vida Nova. p. 172.
A própria Bíblia nos fala que Deus entrou em contato com a
raça humana. Escolheu alguns homens, os quais receberam dele
a Sua mensagem e esta mensagem foi escrita. Na Bíblia lemos
assim:
Porque a profecia nunca foi produzida por vontade de homem
algum, mas os homens santos de Deus falaram inspirados pelo
Espírito Santo (1 Pedro 1:21).

A D O E N Ç A I N V I S ÍV E L

AIDS, câncer, ou qualquer outra doença grave, não são as


piores doenças que afetam a humanidade. Existe algo no mundo
dos humanos que traz consigo um maior poder de destruição.
Existe sim.
Por mais que tais doenças sejam mortais, existe algo ainda
mais devastador.
Pense: Qual seria a causa da violência?
Você já deve ter notado que grande parte do noticiário da TV
gira em torno da mesma coisa. Dia a dia somos informados desta
insistente e incontrolável inclinação humana para a maldade e
crueldade, que não conhece limites: Homicídios, tráfico e
consumo de drogas, terrorismo, guerras, seqüestros, crime
organizado, pedofilia, desvios de dinheiro público, e outras
tantas chagas sociais.
Isto nos faz perguntar: POR QUE O SER HUMANO É ASSIM?
O QUE ESTÁ POR TRAZ DESTE SEU COMPORTAMENTO? O
QUE LEVA O SER HUMANO A VIVER NO MÁXIMO DA
DEGRADAÇÃO POSSÍVEL?
Existe algo por traz deste comportamento perverso. O
homem é o que é por ESCONDER DENTRO DE SI UMA DOENÇA
INVISÍVEL, não alojada no corpo, mas na alma. É uma doença da
alma.
Muita gente costuma dizer que a causa do mau
comportamento do ser humano é a miséria, ou a desigualdade
social, ou a falta de educação formal. Embora isto afete a
conduta humana de certa forma, a razão básica e essencial dos
seus desvios está muito além. O ser humano é o que é não por ser
pobre, ou por lhe faltar uma boa educação. Ele é o que é POR
ESCONDER DENTRO DE SI UMA DOENÇA INVISÍVEL.
Sendo o homem o que é – maquiavélico, pervertido,
selvagem, cruel, degradante, desviado, desordeiro, psicótico,
sádico, traiçoeiro, invejoso, egoísta, etc. – isto se deve ao fato
dele trazer dentro de si uma doença invisível. Que doença é esta?
A Bíblia responde. Ela diz que esta doença invisível tem o
nome de PECADO.
Pode ser que ao ler isto você seja levado a desistir da leitura.
Acalme-se. É possível que você já tenha os seus conceitos sobre o
pecado, mas mesmo assim continue lendo. Existem coisas aqui
que talvez você não saiba e precisa saber.
É muito importante agora que você entenda o que é o
pecado. As pessoas falam do pecado a todo instante. Mas, elas
entendem bem o que estão falando? Afinal, o que é o pecado?
A Bíblia diz que o pecado é tanto uma CONDIÇÃO INTERIOR
do ser humano (Salmos 51:5) bem como os ATOS MAUS QUE ELE
PRATICA (Romanos 1.28-31). Estamos acostumados a ver o pecado
apenas como a prática do mal. Porém, antes disto, vem o pecado
como condição interior ao ser humano. É esta condição interior
que leva aos atos maus. POR SER PECADOR, O SER HUMANO
PRATICA O PECADO.
Atenção: Não existiria o pecado se Deus não existisse. Sabe
por quê? Porque o pecado é ALGO CONTRA DEUS. O homem
pratica o pecado. Quando pratica, está agindo contra Deus (Salmo
41.4).
Para que você entenda bem isto é preciso voltar ao princípio
da história humana.
A Bíblia ensina que o ser humano foi criado por Deus, homem
e mulher (Gênesis 1:27). O pecado passou a existir quando houve
uma SEPARAÇÃO entre o ser humano e Deus, com a entrada do
pecado no mundo (Leia Gênesis capítulos 2 e 3).
A Bíblia afirma que o pecado entrou no mundo (Romanos
5:12). Com o pecado, veio também a soma de tudo o que se pode
imaginar de mal que o ser humano é capaz de fazer.
Eu disse acima que o pecado é contra Deus. Por quê? Porque
o pecado é fazer justamente o que Deus reprova. É não fazer o
que Ele deseja de nós. Fazer o contrário do que Ele deseja
significa viver em pecado (1 João 3:4).
Por ser contra Deus, por causar a soma de todos os males da
terra, a verdade é que NÃO EXISTE NADA PIOR DO QUE O
PECADO. Por um instante pense em todas as guerras; pense na
maldade humana levada a extremos como vista em nossos dias;
pense no nazismo de Hitler. O ser humano é assim porque é
pecador.

NÃO HÁ UM JUSTO

Muito embora existam certos tipos de pessoas no mundo que


sejam piores do que outras, a Palavra de Deus ensina algo
importante: diz que não existe ninguém que por si mesmo seja bom
o bastante. Não para Deus.
Alguém poderia dizer: “Eu creio em Deus, não faço coisas
erradas, sou uma boa pessoa, não faço o mal ao próximo, não
bebo, não fumo, sou um bom cidadão e pai de família. Faço
caridade. Sou religioso.”
Tudo isto é muito bom. Porém, de forma alguma é suficiente
para garantir a boa vontade de Deus.
A maioria das pessoas acredita em Deus e deseja agradá-lo.
Assim, tornam-se religiosas e esforçam-se como podem para
serem boas e corretas. Porém, por mais que tais pessoas venham
se esforçar para satisfazer a divindade (agindo desta ou daquela
maneira, evitando isto ou aquilo), nenhuma pessoa pode por si
mesmo atingir as elevadas exigências de Deus, e será por Ele
sempre reprovado. O apóstolo Paulo viveu esta experiência. Veja
o que ele diz:
Porque eu sei que em mim, isto é, na minha carne, não habita
bem nenhum, pois o querer o bem está em mim; não, porém, o
efetuá-lo. Porque não faço o bem que prefiro, mas o mal que não
quero, esse faço (Romanos 7:18-19)
Ele está dizendo o seguinte: “Pois eu sei que aquilo que é
bom não vive em mim, isto é, na minha natureza humana.
Porque, mesmo tendo dentro de mim a vontade de fazer o bem,
eu não consigo fazê-lo. Pois não faço o bem que quero, mas
justamente o mal que não quero fazer é que eu faço.” (BLH)
A pergunta é: Por que isto acontece? Qual é a razão desta
fraqueza, deste fracasso? Resposta: O SER HUMANO É ASSIM
POR SER PECADOR (Romanos 7.20).
Observe que eu desejo expor para você o que a Bíblia
apresenta como sendo a mais importante verdade sobre o ser
humano. O pecado entrou na natureza humana (Leia Gênesis 3).
Cada pessoa que nasce (homem e mulher) traz consigo esta
doença invisível, que leva a raça humana A UM DESESPERADOR
E PROFUNDO ESTADO DE RUÍNA, RUÍNA TOTAL. Esta ruína
força o homem a ser o que é – cheio de maldade – como também
desqualifica qualquer pessoa que deseja agradar a Deus com seus
próprios esforços.
O pecado é algo tão devastador que além de levar o ser
humano a um comportamento perverso, também faz dele um
incapacitado, e, por mais que ele venha se esforçar para ser
religioso e bom, mais vai perceber que não consegue ser o que
deveria ser. Inevitavelmente será um fracassado (moral e
espiritual), e nunca vai atingir as elevadas exigências de Deus.
Será sempre por Ele reprovado.
Ele vai tentar ser bom e justo (fará caridade, distribuirá os
seus bens com os pobres), mas até mesmo os seus mais nobres
esforços vão ser completamente rejeitados por Deus. Isto porque
existe uma BARREIRA que impede sempre o ser humano de
agradar a Deus, uma barreira chamada PECADO. A Palavra de
Deus diz assim:
Mas todos nós somos como o imundo, e todas as nossas justiças,
como trapo da imundícia; todos nós murchamos como a folha, e
as nossas iniqüidades, como um vento, nos arrebatam (Isaías
64:6)
Como está escrito: Não há justo, nem um sequer, não há quem
entenda, não há quem busque a Deus; todos se extraviaram, a
uma se fizeram inúteis; não há quem faça o bem, não há nem um
sequer (Romanos 3.10-12)
Não há nenhum indivíduo na terra que está livre do pecado.
Todos pecaram2, e TODOS ESTÃO EM COMPLETO ESTADO DE
FRACASSO E RUÍNA.
Como eu disse, o pecado é contra Deus. O fato é que quando
uma pessoa peca, algo acontece entre ele e Deus. O que?
Basicamente, o pecado SEPARA O HOMEM DE DEUS (Isaías
59.2). Uma vez separado de Deus, o homem caminha rumo à
degradação total, ao precipício moral e espiritual.
A única esperança do homem está na Pessoa de Deus que o
criou. Separado dele, a raça fica rendida a um estado de
escravidão que vicia e destrói. Fomos criados por Deus, e a vida
que temos veio dele. Separar de Deus é separar da vida, e a
morte reina na humanidade inteira.
Uma das marcas mais visíveis do pecado na raça humana é a
seguinte: A MAIORIA DAS PESSOAS VIVE ALHEIA A DEUS E À
SUA VONTADE. A tendência humana é ser indiferente à
realidade de Deus, de viver como se Deus não existisse (Salmos

2
Romanos 3:23; 1 Reis 8.46; Provérbios 20.9; 1 João 1.8
14:1). A inclinação natural do homem é “fazer o que bem entende
e dar as costas para Deus”.
A Bíblia é justamente a revelação dos mandamentos de Deus
que foram entregues ao homem para serem cumpridos. O ser
humano tem o dever de andar nos caminhos de Deus conforme
revelados em Sua Palavra. Fomos criados para amar, servir,
adorar e obedecer a Deus. Mas, são poucos (pouquíssimos) que
desejam se submeter a isto.

CONDENADOS!

A conclusão que chegamos é esta: O pecado entrou no


mundo, entrou na natureza humana. Trouxe uma completa ruína
para a raça inteira, uma grande degradação moral, e todos estão
em profundo estado de fraqueza e fracasso. Ninguém pode ser
justo diante de Deus. Todos pecaram e estão desqualificados,
reprovados, rejeitados. Por causa do pecado, a natureza humana
tornou-se caída, destruída, desfigurada, estragada. Nada que o
homem faça pode mudar isto, nem mesmo as suas mais sinceras
intenções de fazer o bem e agradar a Deus.
A Bíblia vai mais longe ainda. Diz que não somente somos
reprovados ou desqualificados perante Deus. Na realidade,
estamos CONDENADOS, PERDIDOS (Mateus 18:11) e MORTOS
para Deus (Efésios 2:1).
P O D E H A V E R A IN D A
ESPERANÇA?

Diante do que já foi exposto, alguém pode pensar: “Ora, se é


assim, então não há nenhuma esperança para todos nós”.
Ai é que entra a mais gloriosa e magnífica verdade revelada
na Bíblia. Leia a seguir.
De fato, nada que o ser humano faça pode mudar o seu
estado, nem mesmo os seus mais nobres e elevados esforços
religiosos. O homem não pode, mas DEUS PODE.
A Bíblia é a história daquilo que Deus fez em favor do
homem. Sendo que só havia fracasso na raça inteira – ruína,
miséria, escravidão, maldade e morte – Deus, em Sua infinita
bondade, TOMOU A INICIATIVA DE SALVAR A HUMANIDADE.
As seguintes palavras resumem bem o que desejo dizer:
D E US , VE N DO A NO SS A CO N D IÇÃ O D E P E RD ID O E
CO N D E NA D O , D O MIN AD O P E LO PO DER D O
P E CA DO , R ES O LVEU E LE ME S MO P R O VID E N CIA R A
N O SS A S A LVA ÇÃO .

Já vimos com detalhes que o grande problema da


humanidade é o pecado. É ele que separa o homem de Deus; é
ele que traz toda a soma de maldade e fracasso; é ele que impede
o homem de agradar a Deus.
Sendo o pecado a doença invisível e destruidora da alma, o
que Deus fez foi precisamente isto: TROUXE UM REMÉDIO
EFICAZ E PODEROSO PARA NEUTRALIZAR OS EFEITOS DO
PECADO NO CORAÇÃO DO HOMEM.
O que Deus fez para salvar a humanidade do seu pecado?
Resposta:
D E US E N VIOU O S EU FI LHO J E SU S CR IST O P AR A
S E R O S A LVAD OR .

Certo dia, na cidade de Belém, nasceu o Salvador. O Salvador


recebeu o nome de Jesus. A sua vida, tudo o que fez e ensinou
está registrado nos Evangelhos – Mateus, Marcos, Lucas e João.
Leia os evangelhos e descubra quem foi Jesus e a grandeza da
obra que realizou.
Por que Jesus nasceu? Por que veio a este mundo? Jesus veio
nos salvar. Salvar-nos de quê? Do nosso pior problema. Sendo o
pecado o mal maior, Jesus veio nos libertar dele. A Bíblia diz
assim:
Esta é uma palavra fiel, e digna de toda a aceitação, que Cristo
Jesus veio ao mundo, para salvar os pecadores, dos quais eu sou
o principal (I Timóteo 1.15)
E [Maria] dará à luz um filho e chamarás o seu nome JESUS;
porque ele salvará o seu povo dos seus pecados (Mateus 1.21)
No dia seguinte João viu Jesus aproximando-se e disse: ‘Vejam! É
o Cordeiro de Deus, que tira o pecado do mundo! (João 1.29)
Porque Deus enviou o seu Filho ao mundo, não para que
condenasse o mundo, mas para que o mundo fosse salvo por ele
(João 3.17)
E vimos, e testificamos que o Pai enviou seu Filho para Salvador
do mundo (I João 4.14)
Quem foi Jesus? Foi o próprio Deus que se fez homem (João
1:14). Mas Jesus não foi um homem comum. Tudo nele declarava
o que Ele era de verdade – o próprio Deus em Pessoa. Somente o
próprio Deus seria capaz de fazer o que Jesus fez.
Uma coisa realmente espantosa nisto tudo é o fato de Jesus
não ter NASCIDO PARA VIVER, como todo mundo nasce. Jesus
não precisava nascer para viver, pois Ele já EXISTIA ANTES DE
NASCER. Isto mesmo. Como Deus, Ele sempre existiu (João 8:58).
Sendo assim, porque Jesus nasceu? Alguém poderia dizer:
“Ele nasceu para ser um grande mestre, para trazer uma grande
doutrina ao mundo.” Porém, outros grandes mestres já passaram
por aqui, e nada mudou. Jesus na realidade fez algo que nenhum
outro homem na história fez. O que foi? A Bíblia responde:
Mas Deus demonstra seu amor por nós: Cristo morreu em nosso
favor quando ainda éramos pecadores (Romanos 5.8)
Isto mesmo. Jesus não nasceu para viver, mas NASCEU
PARA MORRER. Ele sabia que sua missão era morrer (Lucas 24:7).
Ele “morreu em nosso favor”. Todos os Evangelhos relatam a sua
morte, sua morte de cruz (Leia Mateus 27:33-37). Esta morte foi
NECESSÁRIA para a salvação do ser humano.
Jesus nasceu, Jesus viveu e por fim Jesus morreu. E sua morte
salva o pecador.
A Bíblia diz que ESTÁ FEITO. Jesus morreu (João 19:30).
Assim, “todo aquele que invocar o nome do Senhor será salvo”
(Atos 2.21). O mesmo Deus que abriu o caminho da salvação,
agora diz:
Olhai para mim e sereis salvos, vós, todos os termos da terra;
porque eu sou Deus, e não há outro (Isaías 45.22)
Agora, atenção: No mundo existem dois tipos de pessoas: AS
QUE JÁ FORAM SALVAS e as que AINDA NÃO FORAM SALVAS.
Em que grupo você se encaixa?
Milhões de pessoas já viveram a experiência de serem salvas.
É algo grandioso e inigualável. Porém, a maioria permanece
como está – perdida, escravizada pelo pecado e condenada.
Muitos reconhecem que necessitam de salvação, mas preferem
permanecer no estado de fracasso em que estão. Infelizmente.
Não querer ser salvo é preferir continuar na escravidão do
pecado. Isto é uma ofensa a Deus. Inevitavelmente, esta recusa
tem graves conseqüências, conforme é exposto a seguir.

U M G R A N DE P E R IG O

Por um lado, existe a vontade de Deus de salvar o pecador.


Por outro, lamentavelmente, existe também a vontade humana
de NÃO QUERER SER SALVO (João 5:40).
Muita gente pergunta assim: “O que vai acontecer comigo se
eu decidir ficar como estou? E se eu decidir não ser salvo?”.
A Bíblia tem muito a dizer sobre isto, e peço a você que leia
com atenção.
Existe um risco terrível na decisão humana de ficar como
está, de não querer ser salvo. Não é possível aqui citar todos os
textos bíblicos que mostram o quanto isto é perigoso. Significa a
condenação total, a ruína total. Lemos na Bíblia que NÃO
QUERER SER SALVO É DESOBEDECER À VONTADE DE DEUS.
Deus deseja que todos sejam salvos. Não querer ser salvo é o
mesmo que lutar contra Deus, viver contra Deus. Isto é muito
grave.
Quero dizer algo importantíssimo, para que você não tenha
nenhuma dúvida a respeito. A Palavra de Deus diz que:
Q U E M M O R R E SE M S A L V A Ç Ã O
SERÁ LANÇADO NUM LUG AR
C H A MA D O INFERNO.

É possível que ao ouvir falar de INFERNO você não leve isto


muito a sério. É muito comum as pessoas falarem do inferno de
uma maneira descuidada. No fundo, poucos acreditam
realmente que ele exista de verdade. Isto leva as pessoas a
pensarem: “Não há nenhum perigo em ser lançado lá de
verdade”. Para muita gente inferno não passa de folclore, mito
ou cinema americano. Ou assunto de piada na TV. Mas eu diria
que você deve, e muito, se preocupar com isto.
Jesus ensinou sobre a existência do inferno em várias
passagens bíblicas. Isto significa que não pode haver dúvidas
sobre a sua existência. Peço a você que não arrisque sua vida
acreditando em algo diferente.
Ao morrer sem salvação, a pessoa será lançada no inferno.
Jesus assim falou:
Não temais os que matam o corpo e não podem matar a alma;
temei, antes, aquele que pode fazer perecer no inferno tanto a
alma como o corpo (Mateus 10:28).
A Palavra de Deus declara que:
O inferno será um lugar de indescritível
sofrimento
Para demonstrar isto, a Bíblia diz que o inferno é uma
“fornalha de fogo”, um “lago de fogo e enxofre” (Apocalipse 20:10).
Os que forem lançados lá vão sofrer o horror do mais angustiante
tormento, algo que supera os piores pesadelos desta vida. Serão
atormentados nas chamas (Lucas 16:24). Ali haverá choro e ranger
de dentes (Mateus 13:42).
A Bíblia também diz que:

O sofrimento de quem for lançado lá não


terá fim
Será um fogo eterno (Mateus 25:41), um tormento eterno
(Mateus 25:46). Não terão “repouso, nem de dia nem de noite”
(Apocalipse 14:11). Será um lugar de vergonha e horror eterno
(Daniel 12.2). As pessoas que lá estiverem sofrerão “penalidade de
eterna destruição, banidos da face do Senhor e da glória do seu
poder” (2 Tessalonicenses 1.9).
Amigo leitor: Você pode não levar nada disso a sério e
continuar vivendo despreocupadamente. Mas, pense bem. Saiba
que está correndo um sério risco de morrer e ser lançado lá de
verdade. Então, busque agora mesmo a salvação. É a única
maneira de se livrar da condenação do inferno.
Isto certamente vai acontecer se você morrer sem salvação.
Recusar a oferta divina da salvação tem como conseqüência a
“condenação do inferno”, como disse Jesus. Falando aos judeus
incrédulos de seu tempo, afirmou:
Serpentes, raça de víboras! Como escapareis da condenação do
inferno? (Mateus 23: 33)
Você pode pensar que Deus é injusto por infligir ao homem
tamanho castigo. Mas Deus não é o culpado da condenação do
homem; o culpado é ele mesmo, que vira as costas para Aquele
que pode salvar, Jesus Cristo. O homem vira as costas para a
oferta divina de salvação. Então, se a pessoa decide não ser salva,
o que Deus pode fazer por ela? Nada.
Deus não deseja que ninguém se perca (Leia: 1 Timóteo 2.3-4; 2
Pedro 3:9). Porém, Ele nada pode fazer pelo ser humano enquanto
este continua na rebeldia, vivendo alheio aos seus planos e à sua
vontade.

O C A M IN H O R E L IG I O S O

Você pode dizer: “Eu creio em Deus; não faço coisas erradas;
sou uma boa pessoa; não faço o mal ao próximo; sou um bom
cidadão e pai de família. Faço caridade. Sou religioso. Por isto,
Deus não vai me condenar”.
Você é assim, mas por outro lado você pode estar
REJEITANDO A OFERTA DIVINA DE SALVAÇÃO. O fato de
rejeitar a salvação é em si O PIOR PECADO, pois este anula todos
os seus esforços para fazer o bem e agradar a Deus.
Deus quer as suas boas obras, claro. Ele deseja que você seja
honesto, bom cidadão e ótimo pai de família e as demais coisas.
Porém, a vontade de Deus é que isto seja feito DEPOIS DE SUA
SALVAÇÃO, e não antes.
Isto acontece porque quando Deus salva o homem, por assim
dizer “conserta” algo nele que está “danificado”. A doença
invisível é curada. Desta maneira, o ser humano será capaz de
praticar as obras que agradam a Deus.
A Bíblia diz:
Pois somos feitura dele, criados em Cristo Jesus para boas obras,
as quais Deus de antemão preparou para que andássemos nelas
(Efésios 2:10).
A maior barreira entre você e Deus é o fato de você ser
pecador. Deus precisa fazer algo em sua vida para remover esta
barreira. Quando você decide ser salvo, esta obra é feita em sua
vida. Só assim ele pode aceitá-lo, bem como aceitar a sua religião
e as suas boas obras. Por que é assim? Porque depois da sua
salvação VOCÊ SERÁ A PESSOA QUE DEUS DESEJA QUE VOCÊ
SEJA.
O único caminho para a salvação já foi aberto por Deus, que é
Jesus Cristo. Quem passar por Ele será salvo. Quem não passar,
mesmo que seja a melhor pessoa do mundo, infelizmente NÃO
PODE SER SALVO.
Jesus, em várias passagens, deixou isto muito claro. Ele é a
porta de entrada; ele é o caminho que conduz à salvação. Veja:
Jesus, pois, lhes afirmou de novo: Em verdade, em verdade vos
digo: eu sou a porta das ovelhas. Todos quantos vieram antes de
mim são ladrões e salteadores; mas as ovelhas não lhes deram
ouvido. Eu sou a porta. Se alguém entrar por mim, será salvo;
entrará, e sairá, e achará pastagem (João 10:7-9).
Respondeu-lhe Jesus: Eu sou o caminho, e a verdade, e a vida;
ninguém vem ao Pai senão por mim (João 14:6).
Quando a pessoa busca na religião ou nas boas obras o
caminho para a sua salvação, está na realidade querendo
SUBSTITUIR JESUS por seus ESFORÇOS RELIGIOSOS.
Esta é a insistente tendência humana de buscar para si outros
salvadores, que nada salvam. É comum as pessoas acreditarem
em “outros” salvadores, e os colocam no lugar de Jesus. Faz deles
os seus deuses, venerando-os e servindo-os. E a Bíblia diz que
não há outro Salvador. Não há mesmo. Veja:
E não há salvação em nenhum outro; porque abaixo do céu não
existe nenhum outro nome, dado entre os homens, pelo qual
importa que sejamos salvos (Atos 4.11-12)
A religião na verdade significa o esforço do homem de se
chegar até Deus. É por isto que ele inventa rituais, oferendas e as
doutrinas religiosas. O que ele deseja? Deseja agradar o Criador e
ser aceito por Ele. Porém, o ser humano pecador não pode
construir um caminho (uma religião) para Deus, pois o ser
humano se encontra CONDENADO e PERDIDO, com já vimos.
Deste modo, somente Deus pode construir este caminho, e foi
isto que Ele fez. Que caminho Ele abriu? Resposta: Jesus Cristo.
Quem passar por este caminho chegará até Deus, será salvo.
Quem não passar, infelizmente NÃO PODERÁ SER SALVO.
H O J E É O S E U D IA

Ao ouvir a mensagem da salvação, quem ainda não é salvo


precisa buscar imediatamente a sua salvação. Do contrário, só
resta para quem recusa o justo julgamento de Deus. Leia o que
diz a Bíblia:
Porque, se vivermos deliberadamente em pecado, depois de
termos recebido o pleno conhecimento da verdade, já não resta
sacrifício pelos pecados; pelo contrário, certa expectação
horrível de juízo e fogo vingador prestes a consumir os
adversários (Hebreus 10.26-27).
Você se torna um adversário de Deus quando rejeita a sua
salvação. O que resta para você? “Uma expectação horrível de
juízo e fogo vingador”. Você está conhecendo a verdade como
revelada por Deus em Sua Palavra. Porém, se você continua
rejeitando a salvação (vivendo deliberadamente em pecado), o
que resta para você? Resta o juízo divino. Pense bem nisto.
A oportunidade para você ser salvo é HOJE. A Bíblia diz
assim: “Hoje, se ouvirdes a sua voz, não endureçais o vosso
coração” (Hebreus 3.15). AMANHÃ PODE SER TARDE DEMAIS. A
Bíblia diz que depois da morte não tem mais jeito. A salvação só é
possível ANTES da morte, pois depois da morte vem o juízo.
Veja:
E, assim como aos homens está ordenado morrerem uma só vez,
vindo, depois disto, o juízo... (Hebreus 9:27).
Não espere pelo dia de amanhã. Não adie a sua decisão de
ser salvo. Amanhã pode ser tarde demais. Hoje é o seu dia.
E SE EU NÃO CONSEGUIR ?

Sabe por que muitas pessoas não são salvas? Porque,


infelizmente, elas pensam assim: “Eu não estou disposto a me
envolver com isto. Não desejo este compromisso para mim. Eu
não vou buscar a salvação porque eu me conheço, E SEI QUE
NÃO VOU CONSEGUIR. Vou fracassar. Não vou conseguir
obedecer. Sou uma pessoa fraca. Tenho meus vícios e não
consigo deixá-los. Não vai adiantar eu fazer este compromisso,
pois sei que não vou continuar”.
Pode acreditar: Este é um terrível engano. Vou mostrar para
você que todos podem ser bem sucedidos nesta nova vida, até a
pessoa mais incapaz.
Este é um dos ensinos mais brilhantes da Bíblia, e também o
que causa o mais alegre conforto:

AO SALVAR UMA PESSOA DEUS ENVIA


JESUS CRISTO PARA MORAR EM SUA VIDA.
É isto mesmo. Parece incrível, mas Deus fará isto de verdade
(Leia: Gálatas 2.20; João 14.23; Efésios 3.17).
Por que Deus faz assim? Porque nós NÃO PODEMOS VIVER
ESTA NOVA VIDA SEM CRISTO. Jesus falou: “Sem mim nada
podeis fazer” (João 15.5). Seria um fracasso total tentar viver esta
nova vida sem Cristo.
Habitando o nosso coração, Jesus fará as coisas
acontecerem, não nós. Ao nos salvar, Deus começa a atuar com
poder em nós, realizando as suas obras em nosso íntimo. Ele se
torna o arquiteto do nosso mundo interior. Torna-se o construtor
de nossa alma. Assim, vamos ser a pessoa que Ele deseja que
sejamos. Seremos bem sucedidos. É claro que faremos a nossa
parte, mas a parte de Deus nós não podemos fazer. Jamais
poderíamos viver esta nova vida apenas com nossa boa vontade,
nosso esforço para obedecer e tudo o mais. Iríamos fracassar
mesmo. Mas é o Senhor que em nós habita que fará a obra e
assim seremos muito bem sucedidos. Creia nisto!
A nossa obediência vem dele; o poder que atua em nós vem
dele; o que ganhamos após sermos salvos vem dele. Tudo vem
dele.
Então, não tenha medo de fracassar, pois AQUELE QUE VAI
HABITAR EM VOCÊ É PODEROSO. A Bíblia diz:
Efésios 3:20: (...) é poderoso para fazer infinitamente mais do
que tudo quanto pedimos ou pensamos, conforme o seu poder
que opera em nós (...)
Vale sempre dizer que, conforme é dito no versículo acima,
quem experimenta a salvação de Deus vai sentir a Sua mão
agindo em seu interior. Isto significa desfrutar de algo bom,
inigualável, desejável, precioso. Nada no mundo pode ser melhor
do que isto. Comprove você mesmo.
A Bíblia fala de muitas coisas que acontecem com aquele que
é salvo. Por exemplo, fala que o salvo vai desfrutar da verdadeira
paz de Cristo (João 14.27), da “vida abundante” (João 10.10), da
“vida eterna” (João 10.28), da alegria que vem de Deus (Atos 13.52)
e muito mais. Acredite. Digo a você que VALE A PENA VIVER O
QUE DEUS TEM PARA NÓS. É de Deus, é milagre, é bênção!
A SUA DECISÃO

Diante do que já foi exposto até aqui, pergunto a você, amigo


leitor: VOCÊ DESEJA SER SALVO? Se a sua resposta for SIM,
considere-se a pessoa mais feliz da terra, pelos motivos falados e
não falados aqui. Por outro lado, se sua resposta for NÃO, você
corre um sério risco de morrer e ser condenado ao inferno. O que
você prefere?
Tudo isto talvez não mexa com você com deveria. Mas,
pense bem. Se eu fosse você não perderia tempo e buscaria
agora mesmo a sua salvação antes que seja tarde demais.
Pergunto: Você gostaria de ser salvo?
Se a sua resposta for “sim” então a seguir você vai encontrar
os passos que você deve dar para ser salvo. Leia com cuidado.

P A S S O 1: A R R E P E N D A - S E !

A Bíblia ensina que para uma pessoa ser salva esta precisa se
arrepender. Lemos assim:
Atos 3:19 - Arrependei-vos, pois, e convertei-vos para serem
cancelados os vossos pecados,
O arrependimento é a decisão humana de abandonar o
pecado para servir a Deus com total obediência, permitindo a
Deus fazer a sua obra em nós.
Responda: Você deseja abandonar os seus pecados,
renunciando a eles para servir ao Deus vivo? Sim ou não?

P A S S O 2: C R E I A !

A Palavra de Deus mostra que para uma pessoa ser salva ela
precisa CRER EM JESUS. Veja:
Porque Deus amou ao mundo de tal maneira que deu o seu Filho
unigênito, para que todo o que nele crê não pereça, mas tenha a
vida eterna (João 3.16).
Quem nele crê não é julgado; o que não crê já está julgado,
porquanto não crê no nome do unigênito Filho de Deus (João
3.18).
Por isso, quem crê no Filho tem a vida eterna; o que, todavia, se
mantém rebelde contra o Filho não verá a vida, mas sobre ele
permanece a ira de Deus (João 3:36).
Pois não me envergonho do evangelho, porque é o poder de
Deus para a salvação de todo aquele que crê, primeiro do judeu e
também do grego (Romanos 1.16).
O que significa crer em Jesus Cristo?
É crer que Jesus veio ao mundo para salvar os homens dos
seus pecados. Você crê nisto? Sim ou não?
É crer que Jesus é o ÚNICO que pode salvar, o único mesmo.
Você crê nisto?
É crer que Jesus pode salvar você agora mesmo. Você crê
nisto?
Você deseja então tomar posse da salvação para sua vida?
De nada adianta se crê “apenas acreditando” e ficar por isto
mesmo. O crê tem que levar a uma decisão de RECEBER –
estender a mão e pegar aquilo que Deus dá, ou seja, a salvação.
Você precisa estender a sua mão e pegar aquilo que Deus dá,
a salvação. Você gostaria de fazer isto? Então ore assim:
Senhor Deus, eu desejo ser salvo. Eu creio no que Jesus fez por
mim na cruz. Eu creio que Ele é o único que pode salvar. Eu creio
que o Senhor tem poder para me salvar agora mesmo. Eu nada
posso fazer para me salvar. Tem misericórdia de mim. Perdoe os
meus pecados. Quero ser livre do pecado. Quero viver para Ti a
partir de hoje. Salva-me agora! Quero receber Jesus para morar
em minha vida. Que ele ocupe o centro de tudo. Quero obedecê-
lo e amá-lo para sempre, amém!

P A S S O 3: F R E Q Ü E N T E U M A
IGREJA

Procure uma igreja evangélica mais próxima de sua casa. Ali


você poderá receber todo apôio que precisa para seguir servindo
a Deus. Terá mais orientações bíblicas.
A igreja é a comunidade dos salvos. Deus fundou Sua igreja
para servir de meio de crescimento dos salvos e para que estes
vivam unidos, um auxiliando o outro. É da vontade de Deus que
você se una a uma igreja evangélica. Faça isto. A Palavra de Deus
diz:
Não deixemos de congregar-nos, como é costume de alguns;
antes, façamos admoestações e tanto mais quanto vedes que o
Dia se aproxima (Hebreus 10:25).

Você também pode gostar