Você está na página 1de 1

Crnicas de uma morte anunciada Resenha

Gabriel Garcia Marques produziu uma interessantssima obra narrando a reconstruo do assassinato de Santiago Nasar pelos gmeos Vicrios. Contada por um morador da pequena cidade onde viveu e morreu Santiago Nasar, que 27 anos depois decide retomar os acontecimentos que envolveram esta tragdia anunciada, reconstituindo atravs da memria das pessoas envolvidas. O narrador vai entrevistando cada pessoa, que vo contando com seu modo e seu ponto de vista o que aconteceu naquele trgico dia. Com a verso de cada um a histria vai formando uma colcha de retalhos. O mais intrigante como uma mesma histria pode ser contada de vrias formas por vrios pontos de vista. As 5:30, Nassar saiu de casa na segunda-feira para receber o bispo, que iria chegar na cidade. No seu trajeto encontra vrias pessoas, todas as quais sabiam que os gmeos iriam mata-lo, mas ningum comentou nada. Como Nassar era amigo dos gmeos, nunca imaginou que seria assassinado por eles, at porque no tinha conhecimento de nenhum motivo para isso. Mas o que Nassar no sabia era que Pedro e Pablo tinham um motivo muito forte que os levava a isso, a honra de sua irm ngela, que foi devolvida pelo seu noivo, pois na noite de npcias descobriu que a moa no era mais virgem. Ao chegar em casa, ngela espancada por sua me, e quando os irmos perguntaram-na quem a tinha violado, ela sem pensar muito disse o primeiro nome que veio a mente: Santiago Nasar. E ento estava decretada sua sentena de morte. Mas mesmo com toda essa desordem os irmos no estavam to empenhados nessa tarefa, ate porque antes de fazerem anunciaram a toda cidade o que iriam fazer. E o inocente, sem ao menos imaginar no pode se defender das facadas que o atingiram. So vrias verses de uma mesma histria, de muitos pontos de vista diferentes, mas o que ainda ningum descobriu : quem realmente desonrou ngela Vicrio?