CONSTITUIÇÃO DO IMPÉRIO Por que o Brasil era uma monarquia entre repúblicas 1) a abertura dos portos estabeleceu uma

ponte entre a Coroa portuguesa e os setores dominantes da Colônia. 2) os esforços pela autonomia concentram-se no Rei.

- Era preciso construir um Estado nacional para organizar o país e garantir sua unidade. Porém, não havia uma elite política homogênea, com uma base social bem estruturada e portadora de um projeto claro para a nova nação.

- Constituição de 1824 * Organizou os poderes, definiu atribuições e garantiu direitos individuais.

D. Pedro teve desavenças com a Assembléia Constituinte em torno do campo de atribuições do Poder Executivo e Legislativo. D. Pedro dissolveu a Assembléia. Apesar da Constituição não definir muit do que havia sido proposto, ela nasceu “de cima para baixo”, imposta pelo Rei ao povo.  Teve aplicação muito relativa.

- Por que sua aplicação foi relativa? O povo era uma minoria de brancos e mestiços que votava que dependia dos grandes proprietários ruruais, poucos eram instruídos e acostumados a uma tradição autoritária. - Sistema político Monárquico Hereditário constitucional religião oficial católica

as mulheres não. conflitos entre liberais e absolutistas que desconfiavam da lealdade de D. .Regência – 1831 a 1840  um dos períodos mais agitados da história política do Brasil Guerra dos Cabanos (1832) PE Cabanagem (1835) PA Sabinada (1837) BA Balaiada (1838) MA Farroupilha (1836) RS . cujo presidente era nomeado pelo Imperador. Após revoltas.Poder legislativo Câmara (temporário) Senado (vitalício)  nomeação do Imperador .O país foi dividido em províncias.Houve uma grande concentração de atribuição de atribuições nas mãos do Imperador.Os analfabetos votavam. .. Pedro I é forçado a abdicar em favor de seu filho de 5 anos em 1831.Voto indireto e censitário Eleitores= renda anual de 100 mil réis Corpo eleitoral = renda anual de 200 mil réis + Brancos Deputado = renda anual de 400 mil réis + Brancos + católicos . Pedro I e de o Exército ter se afastado dele. . D.

Crise do Segundo Reinado Atributos do governo com Exército e Igreja. Problema da escravidão. peculiar e restrito. Transformações sócio – econômicas = novos grupos sociais .Exército X Guarda Nacional 1831 .Sistema de governo assemilhado ao parlamentar. ..Segundo Reinado = D Pedro II  medidas de regresso (centralização política e reforço da figura do Imperador aliada a reformulação da Guarda Nacional) .

CÂMARA SENADO CONSELHO DE ESTADO CONSELHO DE MINISTRO PODER MODERADOS Temporários Partido Liberal X Conservador Vitalício Nomeados pelo Imperador Vitalício. Nomeava Senadores. Poder Imperial Gabinete Opinava sobre declaração de guerra. dissolvia a câmara e aprovava ou vetava tudo. interpretando “a vontade e o interesse nacional”. Intervenção na política. Presidente indicado pelo Imperador. nomeados pelo Imperador com idade mínima de 40 anos e renda anual de 200 mil réis. . Em 50 anos houve 36 gabinetes. Imperador = pessoa inviolável e sagrada sem responsabilidade alguma. Partidos se separavam no poder. ajustes de pagamento e negociava pelo Imperador quando mesmo exercia atribuições do Poder Moderador.

Sign up to vote on this title
UsefulNot useful