Você está na página 1de 3

Teste de Avaliação nº 4 – Março de 2013

Matemática - 9º Ano
1. Na circunferência de centro F, representada na figura, está inscrito um pentágono
regular.

Sabe-se ainda que:

• A reta GE é tangente à circunferência em E.


• � 𝐸 = 19°.
𝐷𝐻
a) Determina a amplitude, em graus, do arco IB. Explica o teu raciocínio.
b) Determina a amplitude, em graus, do ângulo DEG. Explica o teu raciocínio.

2. Na figura pode observar-se a pista de aterragem de um aeroporto, com a forma de


um retângulo.

Nesta pista, os protocolos de segurança definem que o avião deve aterrar na zona
da pista situada dentro do círculo de centro A e raio AF. Sabendo que o comprimento de
AF é 170 metros e que o comprimento de EF é 300 metros, e ainda que o ângulo EAF
tem 124° de amplitude, determina a área da zona da pista onde o avião deve aterrar de
acordo com os protocolos de segurança. Explica o teu raciocínio e apresenta todos os
cálculos que efetuares. Sempre que nos cálculos intermédios procederes a
arredondamentos conserva, no mínimo, duas casas decimais. Apresenta o resultado
arredondado às unidades.
3. O Fernando, que mora em Braga, deslocou-se no seu automóvel para Coimbra. Quer
na ida quer na volta, controlou a velocidade média (v) e o tempo gasto na viagem (t).
A informação recolhida está registada na tabela seguinte.

a) Determina a distância aproximada entre Braga e Coimbra. Explica o teu


raciocínio.
b) As variáveis v e t são inversamente proporcionais? Em caso afirmativo, determina
a constante de proporcionalidade e indica o seu significado no contexto da
situação.
c) Se a velocidade média do Fernando na viagem de volta, fosse 40 km/h inferior ao
que foi, quanto tempo mais teria demorado a viagem? Apresenta todos os
cálculos que efeturares.
d) Escreve a expressão analítica que relaciona as variáveis v e t.

4. Considera a equação . Sabe-se que 7 é uma


das soluções da equação.
a) Determina m, explicando o teu raciocínio.
b) Determina a outra solução da equação (se não conseguiste resolver a alínea
anterior, considera m=-35).

5. Determina o número de lados de um polígono regular cujos ângulos internos têm


150° de amplitude.

6. Observa a figura.
a) Indica a razão de semelhança que transforma o triângulo ABC no triângulo
A’B’C’.
b) Admitindo que o perímetro do triângulo A’B’C’ é 36 cm, determina o perímetro
do triângulo ABC.
c) Admitindo que a área do triângulo ABC é 9 cm2, determina a área do triângulo
A’B’C’.

7. No auditório que vai acolher a peça do grupo de


teatro da escola da Liliana foi colocado, a 2 m do
solo, um foco de luz. Realizados os necessários
testes, verificou-se que este foco, à altura
indicada iluminava uma área circular com 1 m
de diâmetro.
a) Determina a que distância do solo deve ser colocado o foco para se iluminar uma
área circular com 2 m de diâmetro.
b) Depois de alguma discussão decidiu colocar-se o foco a 3 m do solo. Determina o
diâmetro da área circular iluminada.

8. Na figura está representado um retângulo ABCD.


Este retângulo é um esboço de uma placa decorativa com 14 cm de comprimento
por 10 cm de largura.
Esta placa será construída com dois materiais
distintos: uma parte em metal (representada a
cinzento) e uma parte em madeira (representada
a branco). A área a construir em metal é formada
por dois triângulos iguais e por quatro quadrados
também iguais.
Cada triângulo tem um vértice no centro do retângulo ABCD.
Seja 𝑥 o lado de cada quadrado, medido em cm (o valor de 𝑥 é maior que zero e
menor que 5).
a) Mostra que a área, em cm2, da placa decorativa a construir em metal é dada, em
função de 𝑥, por 𝐴(𝑥 ) = 6𝑥 2 − 24𝑥 + 70.
b) Determina o valor de 𝑥 para o qual:
b.1) a área da parte em metal é 70 cm2.
3
b.2) A área da parte em metal é igual a da área total. Apresenta o resultado
7

aproximado às décimas por excesso.


Bom Trabalho!

Você também pode gostar