Você está na página 1de 7

CÁLCULO DIFERENCIAL E INTEGRAL APLICADO II Valéria Zuma Medeiros

1

TÉCNICAS DE INTEGRAÇÃO

I) INTRODUÇÃO:

Até aqui nos preocupamos com o problema de calcular a derivada de uma função, dada a função, ou seja:

df(x) =

dx

f (x)

De agora em diante iremos calcular o problema inverso, ou seja, dada a derivada de

uma função, calcular a função.

Assim, da mesma forma que possuíamos o operador derivada dx , que aplicado a

uma função determinava sua derivada, teremos aqui o operador integral, simbolizado por

d

dx
dx

, que quando aplicado a uma f(x) determina a f(x).

dy

dx

dx

=

y

Exemplo:

3x

2

dx

=

x

3

+

C

Observe que, na verdade, a integral da função derivada não determina uma única função e sim uma família de funções, onde cada função é determinada pelo valor de sua constante.

Exemplo:

x

C = 0

=

= −

C

C

3 +

C

1

5

simboliza uma família de funções:

x

3

x

3

x

+ C = x

3

+

3

C

+

=

C

x

=

3

x

+

3

1

5

Observação: Um estudo detalhado destas constantes e a família de curvas gerada por estas constantes (funções) é visto em Equações Diferenciais e Equações Integrais.

Em função disto, expressaremos a integral de

constante de integração e

d

dx

(

x

3

+

C

)

=

3x

2

.

3x

2

dx

=

x

3

+

C

onde C

é

a

Com isso, não poderemos aplicar um valor x 0 em x, ou seja, calcular o valor da

função achada em um determinado ponto, em função da indefinição do valor de C.

Este

problema

será

resolvido

no

tópico

calcularemos as Integrais Indefinidas.

II) ALGUMAS INTEGRAIS IMEDIATAS:

1)

(

dy + dv dw

)

=

dy +

dv

dw

"Integral

2)

3)

Definida"

a dv = a

dx = x + C

e,

por

enquanto,

dv ; a constante

CÁLCULO DIFERENCIAL E INTEGRAL APLICADO II Valéria Zuma Medeiros

2

4)

5)

6)

7)

8)

9)

10)

n

+

1

n

v

1

dv =

dv

v

=

+

ln(v)

n

1

+

v

a

v

dv

=

a

v

ln(a)

+ C , onde n

C

+

C

+

sen(v)dv = −cos(v)+ C

e

v

dv

=

e

v

C

cos(v)dv = sen(v)+ C

C

sec (v)dv

2

=

tg(v)

+

1

11)

12)

13)

14)

15)

16)

=

cossec (v)dv

sec(v)tg(v)dv = sec(v)+ C

tg(v)dv = ln[sec(v)]+ C

cotg(v)dv = ln[sen(v)]+ C

2

cotg(v)

+

= −

C

(

sec v

)

dv

ln[sec(v)

=

+

tg(v)]

+

C

cossec v dv

=

(

)

=

ln[cossec(v)

cotg(v)]

+

C

Exemplos: Determine, se possível, as seguintes integrais:

1)

2)

3)

x dx

3 x + x − x 1 1 x + + e 2 x x
3
x
+
x
x
1
1
x
+
+ e
2
x
x

2 3
2
3

dx

dx

III) SUBSTITUIÇÃO SIMPLES:

Exemplos:

1)

2)

3)

1

x

+

1

1

2x

+

1

dx

dx

sen 2x

(

)

dx

4)

5)

IV) INTEGRAÇÃO POR PARTES:

Exemplos:

1)

2)

xsec

x sen x

(

)

2

(

x

dx

)

dx

3)

4)

(

4x + 5

)

3254

4)

dx

2sen x

(

)

+

sen

(

x

)

(

cos x

)

dx

ln x

(

)

dx

 

x

3

(

cos x

2

)

dx

(

cos x

)

3

(

+ tg x

)

dx

6)

7)

5)

sec

sen

x

2

2

2

(

x

)

(

tg x

)

dx

(

2x cos 2x

)

(

)

(

ln x

)

dx

V)TRANSFORMAÇÕES TRIGONOMÉTRICAS:

dx

V.1) Integrais que envolvem produtos de potências de senos e cossenos:

V.1.1)

sen

v

(

)

x cos

n

(

x

)

dx

1 o CASO: Pelo menos um dos expoentes v ou n é um inteiro positivo ímpar.

CÁLCULO DIFERENCIAL E INTEGRAL APLICADO II Valéria Zuma Medeiros

3

IDENTIDADE TRIGONOMÉTRICA

3

2

(

(

2

sen (x)

+

2

cos (x)

=

1

 

3)

)

)

x

dx

x cos

5

(

x

)

dx

4)

Exemplos:

1)

2)

sen

sen

sen

3

(

)

x cos

dx

3 sen ( x ) cos x ( )
3
sen
(
x
)
cos x
(
)

3

(

x

)

dx

2 o CASO: Ambos os expoentes v e n são inteiros positivos pares. IDENTIDADES TRIGONOMÉTRICAS

cos(2x)

a) cos(2x)

=

=

(1

2

cos (x)

2

sen (x)

sen (x))

2

2

sen (x)

1

cos(2x)

=

2

sen

2 (x)

sen

2

b) cos(2x)

2

cos (x)

(1

cos (x))

2

=

 

1

+

cos(2x)

=

2 cos

2

(x)

 

cos

2

(

x

)

=

1

+

(

cos 2x

)

 
   

2

Exemplos:

1)

sen

4

(

x

)

dx

2)

sen

4

(

)

2x cos

2

(

2x

)

dx

V.1.2)

sen mx

(

)

(

cos nx

)

dx

;

sen mx sen nx

(

)

(

)

dx

;

cos mx

(

)

(

cos nx

)

dx

IDENTIDADES TRIGONOMÉTRICAS

(

(

(

(

sen a

sen a

cos a

cos a

)

+

=

− =

+

=

=

b

b

b

b

)

)

)

(

(

(

(

sen a

sen a

cos a

cos a

)

)

)

)

(

(

(

(

cos b

cos b

cos b

cos b

)

)

)

)

+

+

(

(

(

(

sen b

sen b

sen a

sen a

)

)

)

)

(

(

(

(

cos a

cos a

sen b

sen b

)

)

)

)

(1)

(2)

(3)

(4)

((1)+(2))

((4)(3))

((4)+ (3))

Exemplos:

1)

sen 3x

(

(

sen a

)

(

cos b

)

=

(

sen a

+

b

)

+

(

sen a

b

)

 

2

2

(

sen a

)

(

sen b

)

=

(

cos a

2

b

)

(

cos a

2

+ b

)

 

(

cos a

)

(

cos b

)

=

(

cos a

2

+

b

)

+

(

cos a

2

b

)

)

(

cos 4x

)

dx

2)

cos 8x cos x

(

)

(

)

dx

CÁLCULO DIFERENCIAL E INTEGRAL APLICADO II Valéria Zuma Medeiros

4

V.2) Integrais que envolvem produtos de potências de funções trigonométricas diferentes de seno e cosseno:

IDENTIDADES TRIGONOMÉTRICAS

2

sen (x)

sen

2

(

x

)

+

cos

2

(

x

)

=

 

cos

2

(

x

)

 

tg

2

(x)

+

1

=

2

sec (x)

cos

2

1

(x)

Exemplos:

1)

2)

cotg

2

(

tg

3

(

2x

x

)

)

dx

dx

+

2

cos (x)

=

sen

1

2

(

x

)

+

cos

2

(

x

)

1

sen

2

(x)

sen

2

(

x

)

=

1

+

2

cotg (x)

=

2

cossec (x)

3)

4)

sec

tg

3

4

(

x

)

dx

(

)

x sec

4

(

x

)

dx

VI) INTEGRAÇÃO POR SUBSTITUIÇÃO TRIGONOMÉTRICA:

VI.1) Integrais envolvendo expressões do tipo:

2 2 k − u
2
2
k
− u

;

;Integrais envolvendo expressões do tipo : 2 2 k − u ; , onde k ≡

, onde k≡ constante e u=f(x). constante e u=f(x).

b

Exemplos:

a α c
a
α
c

2

x 1) dx 3 2 4 − x
x
1)
dx
3
2
4
x
2 2 a = b + c 2 2 2 2 2 a = b
2
2
a =
b
+
c
2
2
2
2
2
a
=
b
+
c
b =
a
c
2
2
c =
a
b
b
c
b
sen
(
α
)
=
cos
(
α
)
=
tg
(
α
)
=
a
a
c
dx
dt
2) x
3) t
2
2
3
2
x
+ 9
t
− 25

VI.2) Integrais envolvendo expressões do tipo Exemplos:

1)

dt 3 ( 2 ) 2 5 − 4t − t
dt
3
(
2
)
2
5
4t
t
ax 2 + bx + c : dt 2) 2t 2 − 6t + 5
ax
2 +
bx
+
c
:
dt
2)
2t
2 − 6t + 5

VII)INTEGRAÇÃO POR FRAÇÕES PARCIAIS:

Considere a função racional

o polinômio nulo.

(

h x

)

=

(

P x

)

Q(x)

, onde P e Q são polinômios em x e Q não é

CÁLCULO DIFERENCIAL E INTEGRAL APLICADO II Valéria Zuma Medeiros

5

1 o CASO: O grau de P(x) é maior ou igual ao grau de Q(x):

Note que, numa divisão, D = dq + r .

r

Logo,

D

=

h x

)

d

q

+

D =

d

=

dx

q +

r

d

.

(

r x

)

(

q x

)

+

+

(

r x

)

)

(

(

Q x

dx

)

,

d

(

d

dx =

P

(

x

)

Q

(

x

)

dx

=

(

q x

)

Daí,

Q x que poderá ser mais facilmente integrável.

dx =

2 o CASO: O denominador é fatorável em fatores lineares distintos:

 

 

ax

+

b

dx

 

(

cx

+

d

)

(

ex

+

f

)

 

ax

+

b

=

A

+

B

 

(

cx

+

d

)

(

ex

+

f

)

cx

+

d

ex

+

f

5x

3

6x

2

68x

16

dx

   

5x

4

 

x

3

2x

2

8x

   

2)

x

2

x

2

Exemplos:

1)

dx

3 o CASO: O denominador é fatorável em fatores lineares repetidos:

Exemplos:

1)

x

2

+

1

(

x

2

)

3

P(x) dx ( n ax + b )
P(x)
dx
(
n
ax
+
b
)
 

P(x)

 

=

A

1

+

A

2

(

ax

+

b

)

n

ax

+

b

(

ax

+

b

)

2

 

2)

3x

2

+

+⋅⋅⋅+

4x

+

2

x

(

x

+

1

)

2

dx

A

n

(

ax

dx

+

b

) n

4 o CASO:

O denominador é fatorável em fatores quadráticos irredutíveis ao caso

linear e diferentes entre si:

Para cada fator não repetido

2 +

ax

bx

+

Ax

c

+

B

no denominador da fração, deverá

para se obter a decomposição da

+

corresponder uma fração parcial da forma ax

2 +

bx

c

fração.

Exemplos:

1)

8x

2

+

3x

+

20

x

3

+

x

2

+

4x

+

4

dx

2)

x

4

+

2x

2

8x

+

4

x

3

8

dx

5 o CASO:

O denominador envolve fatores quadráticos irredutíveis repetidos:

CÁLCULO DIFERENCIAL E INTEGRAL APLICADO II Valéria Zuma Medeiros

6

A solução é análoga ao caso linear.

Exemplos:

3 x + x + 2 1) dx 2) ( ) 2 x ⋅ x
3
x
+
x
+
2
1)
dx 2)
(
)
2
x
x
2 +
1
VIII)EXERCÍCIOS:
1)
2
x dx
2)
e
2x dx
2
3
3)
3
5
x
+ x
dx
4)
tg(x) dx
2
x
5)
x ⋅e
dx
6)
dy
7)
cotg(x) dx
2
(
2
)
8)
(
2x +1 ⋅sec
)
x
+ x
dx
(
2 )
9)
2x ⋅cos x
dx
10)
sec(x) dx
3x 11) 6⋅e dx x 12) n e dx 13) a 2x dx 1 x
3x
11)
6⋅e
dx
x
12)
n
e
dx
13)
a
2x dx
1
x 3
14)
x 2
e
+
cos 3x
(
+
2
)
+
5
x
3
15)
sec (x)⋅tg(x) dx
(
16)
tg 2x
(
)
2x
+ 1
+ e
) dx
x
17)
e
⋅cos x dx
(
)
x
18)
e
⋅sen x dx
(
)
19)
x ⋅e
x dx
20)
x ⋅ ln 2x
(
)
dx
21)
sen
2 (
x
)
dx
22)
arctg x dx
(
)

dx

5 4 3 x − 2x + 2x + x − 2 dx 2 (
5
4
3
x
2x
+
2x
+
x
2
dx
2
(
2
)
2
x
x
+
1
-x
23)
e
⋅cos 2x dx
(
)
ln ln x
(
( ))
24)
dx
x
25)
cossec x dx
(
)
26)
cotg 4x dx
(
)
dx
27)
cos 3x
(
)
28)
cos
3 (
x
)
dx
7
3
29)
sen
( 2x
)
⋅ cos
(
2x dx
)
30)
sen
5 (
2t
)
dt
2
31)
sen
(
3
x ⋅cos
)
(
x
)
dx
5
2
32)
sen
(
x
)
⋅ cos
(
x
)
dx
sen
3 (
x
)
33)
dx
cos
4 (
x
)
2
34)
sen
( 3x
)
dx
t
35)
sen 2
dt
2
36)
sen
6 (
u
)
du
37)
cos
(
4x
)
⋅ cos 3x
(
)
dx
38)
sen
(
7t ⋅sen 3t
)
(
)
dt
39)
sen
(
2u
)
⋅ cos 5u
(
)
du
4
sec
( )
t
40)
dt
tg t
( )
2x
41)
tg 2
dx
3
42)
cotg
4 (
4x dx
)
3
3
43)
tg
(
5x ⋅sec
)
(
5x dx
)
44)
cossec
4 (
3t
)
dt

CÁLCULO DIFERENCIAL E INTEGRAL APLICADO II Valéria Zuma Medeiros

7

45)

46)

47)

48)

49)

50)

51)

52)

53)

54)

55)

56)

57)

58)

59)

60)

61)

62)

63)

4 ( ) 2 tg 2t ⋅sec ( 2t ) dt ( tg 2x (
4 (
)
2
tg
2t
⋅sec
(
2t
)
dt
(
tg 2x
(
)
+ cotg 2x
(
))
2 dx
tg
3 (
7t
)
4
⋅sec
(
7t
)
dt
4
(
2
)
x ⋅ tg
x
−1 dx
dx
2
2
x
16
x
dt 4 2 t ⋅ 4 − t
dt
4
2
t
4
t
dt t ⋅ t 2 + 5 3 7x 3 ( 2 ) 2 4x
dt
t ⋅
t
2 + 5
3
7x
3
(
2
)
2
4x
+
9

dx

x dx 2 x + 16 1 x 2 dx x 3 − x
x
dx
2
x
+
16
1
x
2
dx
x
3 − x
dx 2 x + 4x
dx
2
x
+ 4x
dx 2 − 8 + 6x − x 6 dx 2 x − 4x −
dx
2
8
+
6x
x
6
dx
2
x
4x
5
3
x
4x
+
6
dx
2
x
+ 3x
2
7x
+
3x
+
4
dx
3
x
− x
3
2
x
7x
+
12x
4
dx
2
x
7x
+
12
2x
− 6
dx
3
2
x
4x
+
3x
2
2x
+
4x
+
8
dx
2
x
4x
+
3
3
2
x
+
7x
6x
2
dx
2
x 3
− 9x
x
+
9

64)

65)

66)

67)

68)

69)

70)

71)

72)

73)

74)

75)

76)

77)

78)

79)

80)

2x

2 +

4x

+

8

x

2

+

4x

4x

3

+

8

dx

x

3

2x

2

4x

+

2x

(

x

x

+ 2

)

3

+ 2

(

x

1 )

2

2

1

(

x

dx

)

8

dx

dx

x

+ 3

(

x

1 )

2

dx

x

3

+

x

2

x

2x

+ 1

+

x 3 + x 2 − x 2x + 1 + 1

1

dx

2x

+ 1

x 3

x

2

2

x

+

1

(

x

+ 2

x

)

(

x

+ 5

1

)

2

x

3

4x

x

2

+

3

4x

dx

(

x

1

)

2

x

+ 1

(

x

1 )

2

4

(

dx

x

+

2

) dx

dx

x

3

( x

x

+

1

2

x

x

2

5

(

+

x

x

+

1

)

+

1

x

3

8

2

dx

)

2

dx

dx

dx

3x

3 + 11x

)(

x

)

+

16

2

(

+ 1

16

2

+

dx

4x

+

13

3x

2

x

2

( x

) dx

x

x

5

x

+

2

+

4x

4

3

+

x

5

+

4x

3

+

4x

dx