Você está na página 1de 2

LISTA 02 GS IDEAL, GS REAL E 1 PRINCPIO DA TERMODINMICA 1 questo Achar a presso total exercida por 2 gramas de eteno e 3 gramas de CO2

O2 contidos em um recipiente de 5 litros a 50C. 2 questo Frascos A e B so enchidos com O2 e H2, respectivamente, a 25C e conectados por uma vlvula, inicialmente fechada.

Frascos A B

Gs O2 H2

Volume (mL) 500 1500

P (atm) 1 0,5

A vlvula aberta e os dois gases interdifundem-se at o equilbrio, mantendo a temperatura constante. Calcule: a) A presso total. (0,5 ponto) b) A presso parcial de cada gs. (0,5 ponto) c) A frao molar do O2 na mistura final. (0,5 ponto)

3 questo Calcular o volume ocupado por 3 Kg de CH4 50 atm e 38C. Dados: Tc = 190,5 Kelvin e Pc = 45,8 atm.

4 questo Calcular o trabalho realizado e a temperatura final quando 2 mols de um gs diatmico ideal se expandem irreversivelmente, sem troca de calor, contra uma presso constante de 101,325 x 103 N/m2. Presso inicial 2,533 x 106 N/m2, temperatura inicial 300,15 K.

5 questo Um mol de gs Hlio, com Cv = 3/2 R, inicialmente a 10 atm e 0C, sofre uma expanso adiabtica reversvel, como primeiro estgio num processo de liquefao do gs, at atingir a presso atmosfrica. Vamos consider-lo como sendo um gs ideal. a) Calcule a temperatura final do gs. b) Calcule o trabalho realizado na expanso.

6 questo Uma bomba de encher pneus de bicicleta acionada rapidamente, tendo a extremidade de sada do ar vedada. Consequentemente, o ar comprimido, indo do estado 1 para o estado 2, conforme mostram as figuras a seguir.

Nessas condies, correto afirmar que a transformao termodinmica verificada na passagem do estado 1 para o estado 2 aproxima-se mais de uma:

a) isotrmica, porque a temperatura do ar no se altera. b) adiabtica, porque praticamente no h troca de calor do ar com o meio exterior. c) isobrica, porque a presso do ar no se altera. d) isomtrica, porque o volume do ar se mantm.