Você está na página 1de 25

3° Ano de Engenharia de Processamento Mineral

Processamento Mineral
Introdução
Docente: Eng.º Bruno Bene

13-05-2013

Processamento Mineral
Conceito:
 é a etapa da actividade mineradora que se segue à Lavra do

minério.

é o conjunto de operações unitárias necessárias ou
convenientes para possibilitar a utilização industrial dos bens minerais.

13-05-2013

Docente de Processamento Mineral: Eng.º Bruno Bene

2

º Bruno Bene 3 . no caso dos minérios metálicos)  produzir um produto final de valor comercial (no caso de minérios não-metálicos ou carvão). 13-05-2013 Docente de Processamento Mineral: Eng.Processamento Mineral Obejectivos:  Preparar o minério para a extracção da substância valiosa nele contida (extracção do metal.

Beneficiamento Mineral Expressões de mesmo significado:  Beneficiamento de Minérios.º Bruno Bene 4 .  Processamento de Minérios. 13-05-2013 Docente de Processamento Mineral: Eng.  Beneficiamento Mineral.  Tratamento de Minérios.

Operações Unitárias  são as operações individuais. Processo  combinação adequada de operações unitárias. tanto em escala piloto como industrial. 13-05-2013 Docente de Processamento Mineral: Eng. que compõem um processo que vai dar origem a um produto final a partir de uma determinada matéria-prima. realizadas em equipamentos específicos.º Bruno Bene 5 .

mica)  E outros 13-05-2013 Docente de Processamento Mineral: Eng. marmore)  Isolantes térmicos (asbestos.Bens Minerais  Massas minerais que se extraem da crosta terrestre em função da sua utilidade e valor.  São os produtos da indústria de mineração. Exemplos:  Rochas de decoração (granito.º Bruno Bene 6 .

(Richards and Locke apud Drummond)  qualquer substância mineral da qual se pode extrair economicamente um ou mais metais.Minério  Agregado natural de minerais a partir do qual um metal ou composto metálico pode ser extraído com lucro e em larga escala. Por facilidade de nomenclatura o termo é comumente utilizado para designar qualquer matéria 13-05-2013 Docente de Processamento Mineral: Eng. prima mineral.º Bruno Bene 7 .

• Hematita: Fe2O3 • Cassiterita: SnO2 • Galena: PbS • Esfalerita: ZnS 13-05-2013 Docente de Processamento Mineral: Eng. possuindo composição química e estrutura atômica definidas.Mineral  Substância inorgânica natural.º Bruno Bene 8 .

Exemplos: • Hematita: Fe2O3 • Cassiterita: SnO2 • Galena: PbS 13-05-2013 Docente de Processamento Mineral: Eng.º Bruno Bene 9 .Mineral-minério  mineral que contém o metal ou substância útil do minério.

Minério = mineral(is)-minério(s) + ganga 13-05-2013 Docente de Processamento Mineral: Eng.Ganga  minerais não aproveitáveis do minério.º Bruno Bene 10 .

em relação à massa total do material considerado. Usualmente expresso em percentagem. Exemplo:  teor de Fe na hematita (Fe2O3)?  Fe = 56  O = 16 13-05-2013 Docente de Processamento Mineral: Eng.Teor  Massa de um elemento ou substância pura.º Bruno Bene 11 .

Massa humida  Massaseca Humidade  Massaseca Massa sólidos % dos sólidos  Massasólidos  Massada água 13-05-2013 Docente de Processamento Mineral: Eng.Polpa  Mistura de sólidos particulados com água.º Bruno Bene 12 .

13-05-2013 Docente de Processamento Mineral: Eng.Recuperação mássica  Mede a massa de concentrado que se consegue obter.  Usualmente expressa em percentagem. por unidade de massa de minério alimentada no processo de concentração.º Bruno Bene 13 .

Recuperação metálica ou metalurgica  Mede a quantidade de elemento valioso (metal) que se consegue obter no concentrado. 13-05-2013 Docente de Processamento Mineral: Eng.  Usualmente expressa em percentagem.º Bruno Bene 14 . em relação ao que havia inicialmente no minério.

º Bruno Bene 15 .  Sem alterar a identidade física e química das espécies minerais envolvidas 13-05-2013 Docente de Processamento Mineral: Eng.Problema Geral  Separar as espécies valiosas (concentrado) das não valiosas (Rejeito).

13-05-2013 Docente de Processamento Mineral: Eng. Rejeito  produto descartável da operação de concentração. Contém a maior parte dos minerais não valiosos de um minério (ganga).Concentrado  produto valioso da operação de concentração.º Bruno Bene 16 . Contém a maior parte do mineral valioso de um minério.

º Bruno Bene 17 .13-05-2013 Docente de Processamento Mineral: Eng.

º Bruno Bene 18 .Objectivo  Obter concentrado mais rico possível e um rejeito mais pobre possível 13-05-2013 Docente de Processamento Mineral: Eng.

 Separabilidade Dinâmica.º Bruno Bene 19 . 13-05-2013 Docente de Processamento Mineral: Eng.Requisitos  Liberabilidade.  Diferenciabilidade.

Liberabilidade  Individualização das espécies a separar em partículas livres  Partícula livre: uma única espécie mineral  Partícula mista: mais de uma espécie mineral Partícula livre Partícula mista 13-05-2013 Docente de Processamento Mineral: Eng.º Bruno Bene 20 .

 Hidrofobicidade.º Bruno Bene 21 .Diferenciabilidade  Existência de uma propriedade diferenciadora natural ou induzida Exemplo:  Cor. 13-05-2013 Docente de Processamento Mineral: Eng.  Densidade.  Susceptibilidade magnética.

Separabilidade Dinâmica  Composição de um jogo de forças que. em resposta à diferenciabilidade. de modo a separá-las efectivamente.º Bruno Bene Rejeito 22 . actuando na zona de separação do equipamento. seja capaz de comunicar trajectórias diferentes às partículas. Alimentação Zona de Separação Concentrado Forças de Separação 13-05-2013 Docente de Processamento Mineral: Eng.

Operações Unitárias .

13-05-2013 Docente de Processamento Mineral: Eng.º Bruno Bene 24 .

13-05-2013 Performance de Pneus em Equipamento de Transporte 25 .