Você está na página 1de 33
UNIVERSIDADE FEDERAL DO CEARÁ – UFC CENTRO DE TECNOLOGIA DEPARTAMENTO DE ENGENHARIA DE TRANPORTES -

UNIVERSIDADE FEDERAL DO CEARÁ – UFC CENTRO DE TECNOLOGIA DEPARTAMENTO DE ENGENHARIA DE TRANPORTES - DET

TECNOLOGIA DEPARTAMENTO DE ENGENHARIA DE TRANPORTES - DET GUIA DE EXERCÍCIOS DE DESENHO TÉCNICO EM FERRAMENTA

GUIA DE EXERCÍCIOS DE DESENHO TÉCNICO EM FERRAMENTA CAD

GUIA DE EXERCÍCIOS DE DESENHO TÉCNICO EM FERRAMENTA CAD Monitor: Michel Wendell Silva Sousa Professora orientadora:

Monitor: Michel Wendell Silva Sousa Professora orientadora: Nadja G S Dutra Montenegro

Outubro de 2008

SUMÁRIO

1. INICIANDO O AUTOCAD

- 2 -

2. FAMILIARIZAÇÃO

- 2 -

2.1. FUNÇÕES DO MOUSE

- 3 -

2.2. MENU DE BARRAS

- 3 -

2.3. FUNÇÕES DO TECLADO

- 4 -

3. COMANDOS DESENHO LINE POLYLINE RECTANGLE POLYGON CIRCLE ARC POINT ELLIPSE PERPECTIVAS ISOMÉTRICAS

- 5 - - 5 - - 5 - - 6 - - 6 - - 7 - - 8 - - 11 - - 12 - - 13 -

4. COMANDOS DE EDIÇÃO ERASE OFFSET COPY MOVE TRIM PEDIT MIRROR MUDANDO O ESTILO DE LINHAS

- 14 - - 14 - - 14 - - 15 - - 15 - - 16 - - 16 - - 17 - - 17 -

5. DICAS DE DESENHO GEOMÉTRICO DESENHO DE CIRCUNFERÊNCIAS E ARCOS EM PERSPECTIVA

- 17 -

ISOMÉTRICA

- 17 -

6. EXEMPLOS RESOLVIDOS PASSO A PASSO

- 19 -

6.1 Desenhar a Figura 1 no AutoCAD:

- 19 -

6.2 Desenhar a Figura 2 no AutoCAD:

- 20 -

6.3 Desenhar a Figura 3 no AutoCAD:

- 22 -

6.4 Desenhar as Vistas Principais da Figura 3

- 24 -

7. EXERCÍCIOS

- 25 -

7.1 Desenho Geométrico

- 25 -

7.2 Perspectiva Isométrica e Vistas Ortográficas

- 27 -

8. CONSIDERAÇÕES FINAIS

- 32 -

9. BIBLIOGRAFIA

- 32 -

Guia de Exercício de Desenho Técnico em Ferramenta CAD – DET/CT/UFC – Monitoria 2008

- 1

-

1.

INICIANDO O AUTOCAD

Ao iniciar o AUTOCAD, surge a tela principal do programa, onde encontramos:

Barra de Menu; Barra de Ferramenta; Barras de Menu Flutuantes; Menu de Tela; Região de Comando; Barra de Status; Área de Edição de Desenho; Cursor. As barras de menu flutuantes e o menu de tela podem estar ou não na tela, e o número das que estão presentes pode variar dependendo da necessidade do operador. Para inserir barras de menus flutuantes, abre-se o menu View e marcam-se as opções desejadas. Para inserir o menu de tela abre-se o menu Tool, escolhe-se o botão display e marca-se a caixa menu de tela.

2. FAMILIARIZAÇÃO

Veremos agora como é formado o ambiente de trabalho e as funções que o aplicativo exerce na elaboração de um desenho

Área Gráfica – É o local onde visualizaremos e utilizaremos todos os comandos de construção, visualização e modificação de um desenho. Esta área possui dimensões infinitas.

Linha de Comando – É a área onde é mostrado comando que está sendo utilizado. Quando seu status é COMMAND: (sem nada escrito na frente), significa que o AutoCAD está esperando por um comando, ou seja, ele está sem nenhum comando. Esta área também indica, além do comando ativo, o que o comando nos pede. LEMBRE-SE: é muito importante acostumar- a olhar sempre para esta região, pois ela mostra o comando que está sendo executado e os parâmetros necessários para concluí-los. A partir do AutoCAD 2006, esta região não pode ser desligada e podemos nos guiar somente pelo Dynamic Input, apesar de este nem sempre mostrar todas as opções dos comandos. Para desabilitar ou reabilitar a linha de comando, digite CTRL+9.

Contador de Coordenadas – É o valor numérico da posição do cursor de tela. Esta unidade é adimensional. Pode ser mm, cm, km, polegadas etc., ou qualquer outra unidade imaginada, pois o AutoCAD não trabalha com unidades no desenho, e todos os desenhos serão feitos em escala real. Os números indicam as coordenadas cartesianas (X,Y). Por exemplo: 10,10 indica que a posição do cursor de tela é 10 (qualquer unidade) em relação ao eixo X e 10 em relação ao eixo Y.

Cursor de Tela – Mostra a posição em que o cursor se encontra na área gráfica. Assume também outras formas quando seleciona objetos.

Ícones de Atalho – São ícones que podem tornar mais rápido nosso trabalho, pois nos poupa de ter de digitar um comando na linha de comando ou de entrarmos no menu de barras para ativá-lo.

Menu de Barras – Este é o menu superior, que contém todos os comandos do AutoCAD.

Ícone UCS – Ícone UCS (Universal Coodinate System – Sistema Universal de Coordenadas), utilizado para mostrar as coordenadas de trabalho.

Guia de Exercício de Desenho Técnico em Ferramenta CAD – DET/CT/UFC – Monitoria 2008

- 2 -

Espaços de Modelação de Impressão – O AutoCAD é composto de dois ambientes de desenho. São eles: o Model Space (espaço de modelação), no qual criamos nosso desenho sempre em escala real; e o Paper Space (espaço de impressão), no qual criamos o leiaute para apresentação do desenho.

Tool Pallet – Esta ferramenta trouxe a versatilidade desta paleta totalmente customizável para aumentar a produtividade.

Dynamic Input – O AutoCAD, a partir da versão 2006, fornece-nos uma interface de comando similar à LINHA DE COMANDO, próxima do cursor. Isto mantém o foco do desenhista na área de trabalho. Pode ser usada para substituir a LINHA DE COMANDO quando esta estiver desabilitada.

2.1. FUNÇÕES DO MOUSE

Os mouses têm funções um pouco diferente no AutoCAD. O botão do meio exerce uma função a mais. Mas, se você não possuir um mouse de três botões, não se preocupe. Para ativar o Menu de Precisão – Menu OSNAP – que veremos mais tarde, basta manter pressionada a tecla Shift do seu teclado e clicar o botão esquerdo do mouse (Enter) ou no teclado (tecla Enter). Muitos mouses de três botões não fazem abrir o Menu Osnap no segundo botão, devido a estes possuírem outras configurações.

Botão de Seleção Botão ENTER Ativa comandos nos Menus ou seleciona entidades de desenho Mesma
Botão de Seleção
Botão ENTER
Ativa comandos nos
Menus ou seleciona
entidades de desenho
Mesma função que
ENTER do teclado e
função de cancelar
comandos
SHIFT + ENTER
Botão Wheel
Botão “rolante” que dá
Zoom e Pan (move a tela)
no desenho
Ativa o menu OSNAP
de comandos de
precisão

2.2. MENU DE BARRAS

O Menu de Barras é formado por várias POP’S, cada um deles contendo comandos do AutoCAD, e é onde se situa grande parte dos comandos que utilizaremos nesta apostila. Veremos agora os Menus existentes no Menu de Barras.

File – Possui comandos de edição para criar, fechar, importar exportar arquivos.

do

AutoCAD. Edit – Possui comandos de edição e tabulação de desenhos, que veremos posteriormente.

Também

possui,

entre

outros,

comandos

para

imprimir

desenhos

e

para

sair

Guia de Exercício de Desenho Técnico em Ferramenta CAD – DET/CT/UFC – Monitoria 2008

- 3 -

View – Possui comandos de visualização do desenho, como, por exemplo, dar um zoom no desenho.

Insert – Possui comandos de inserção de entidades do AutoCAD ou objetos de outros softwares.

Format – Configura vários parâmetros de comandos do AutoCAD.

Tools – Possui ferramentas do AutoCAD.

Draw – Possui comandos para desenhar no AutoCAD.

Dimension – Possui comandos de dimensionamento (criação de cotas).

Modify – Possui comandos que modificam e constroem entidades (desenhos) existentes.

Window – Menu para alternância de janelas (desenhos, no caso), posicionamento da tela

e

para fechá-las.

Help – É o menu de ajuda do AutoCAD. Encontra-se em inglês.

2.3. FUNÇÕES DO TECLADO

O teclado exerce inúmeras funções nos comandos do AutoCAD.

F1 – Help – Ativa o comando de ajuda do AutoCAD.

F2 – AutoCAD Text Window – Ativa e desativa a tela do AutoCAD Text Window, que, na verdade, é a linha de comando do AutoCAD, só que ampliado, mostrando mais linhas de comandos no monitor e dentro de uma janela.

F3 – Osnap On/Off – Liga e desliga o sistema automático de detecção de pontos de precisão (OSNAP).

F4 – Tablet On/Off - Ativa e desativa a mesa digitalizadora, se esta estiver sendo utilizada. Aqui, não será abordada a utilização de mesa digitalizadora.

F5 – Isoplane Right/Left/Top – Muda o tipo de perspectiva para desenhos isométricos.

F6 – Coords On/Off – Liga e desliga o contador de coordenadas.

F7 – Grid On/Off – Liga e desliga o Grid.

F8 – Ortho On/Off – Liga e desliga o método de criação de entidades ortogonais (vertical

e

horizontal).

F9 – Snap On/Off – Liga e desliga o tabulador Snap.

Guia de Exercício de Desenho Técnico em Ferramenta CAD – DET/CT/UFC – Monitoria 2008

- 4 -

F10 – Polar On/Off – Liga e desliga o método de criação polar (mostrando posições verticais e horizontais na área de trabalho).

F11 – Otrack On/Off – Esta opção liga e desliga o OTrack (Object Snap Tracking), que nos ajuda a desenhar objetos em ângulos específicos ou em relações com outras entidades.

3. COMANDOS DESENHO

Os comandos utilizados para desenhar figuras geométricas estão no menu DRAW, na barra de comando, e no menu de tela. Eles podem ser acessados através destes menus ou digitando seus nomes na barra de comandos. Os procedimentos para a construção de cada exemplo seguirão do lado esquerdo de cada figura.

LINE

DESENHO DE SEGMENTOS DE RETA COM O COMANDO LINE A Figura 2.1(a) mostra o desenho de um segmento de reta P1P2 e, a Figura 1(b), o desenho de três segmentos de reta P1P2, P2P3 e P3P4, formando uma poligonal aberta, usando-se o comando Line.

Command: Draw>Line Command: _line from point: P 1 To point: P 2 To point: P 3 To point: Enter

(a)

1 To point: P 2 To point: P 3 To point: Enter (a) (b) Figura 2.1.
1 To point: P 2 To point: P 3 To point: Enter (a) (b) Figura 2.1.

(b)

Figura 2.1. Segmento de Reta e Poligonal Aberta - Line

POLYLINE

DESENHO DE SEGMENTOS DE RETA COM O COMANDO POLYLINE A Figura 2.2(a) mostra o desenho de um segmento de reta P1P2 e, a Figura 2.2(b), o desenho de três segmentos de reta P1P2, P2P3 e P3P4 formando uma poligonal aberta, usando-se o comando Polyline.

Command: _pline Command: from point: P 1 To point: ------<End of Line>:P 2 To point: ------<End of Line>:P 3 To point: ------<End of Line>:Enter Command:

(a)

To point: ------<End of Line>:Enter Command: (a) (b) Figura 2.2. Segmento de Reta e Poligonal Aberta
To point: ------<End of Line>:Enter Command: (a) (b) Figura 2.2. Segmento de Reta e Poligonal Aberta

(b)

Figura 2.2. Segmento de Reta e Poligonal Aberta - Polyline

Guia de Exercício de Desenho Técnico em Ferramenta CAD – DET/CT/UFC – Monitoria 2008

- 5 -

RECTANGLE

DESENHO DE RETÂNGULO COM O COMANDO RECTANGLE

Command: _revtang Command: ------<First Corner>: P 1 To point: ------<Other Corner>:P 2 Command:

POLYGON

point: ------<Other Corner>:P 2 Command: POLYGON Figura 2.3. Retângulo com o Comando Rectangle DESENHO DE

Figura 2.3. Retângulo com o Comando Rectangle

DESENHO DE POLÍGONO COM O COMANDO POLYGON

Polígono Inscrito

A

Figura 2.4 mostra um polígono inscrito, de 6 lados, desenhado com o comando

polygon.

Command: _Polygon number of sides <4>:6 Edge/<Center of Polygon>: P 1 (I/C)<I>:I

Radius of circle: P 2 Command:

Polígono circunscrito

Radius of circle: P 2 Command: Polígono circunscrito Figura 2.4. Polígono Inscrito A Figura 2.5 mostra

Figura 2.4. Polígono Inscrito

A

Figura 2.5 mostra um polígono circunscrito, de 6 lados, desenhado com o comando

polygon.

Command: _Polygon number of sides <4>:6 Edge/<Center of Polygon>: P 1 (I/C)<I>:C

Radius of circle: P 2 Command:

1 (I/C)<I>:C Radius of circle: P 2 Command: Figura 2.5. Polígono Circunscrito Guia de Exercício de

Figura 2.5. Polígono Circunscrito

Guia de Exercício de Desenho Técnico em Ferramenta CAD – DET/CT/UFC – Monitoria 2008

- 6 -

CIRCLE

DESENHO DE CÍRCULO COM O COMANDO CIRCLE

A Figura 2.6 mostra o desenho de um círculo, desenhado com o comando circle, com

o procedimento ao lado esquerdo, dados o centro e o raio.

Command:

circle

3P/2P/TTR/

<center

point>:Diameter/

<Radius>:<45>_d

Diameter<90>:P2

Command:

Diameter<90>:P2 Command: Figura 2.6. CírculoCentro Diâmetro DESENHO DE CÍRCULO

Figura 2.6. CírculoCentro Diâmetro

DESENHO DE CÍRCULO COM O COMANDO CIRCLE, OPÇÃO CENTRO/RAIO

A Figura 2.7 mostra o desenho de um círculo, desenhado com o comando circle,

dados o centro e o raio. O raio foi dado pela distância P1P2. Poderia ser dado também por um valor numérico, representando sua dimensão.

Command:

circle

3P/2P/TTR/

<center

point>:Diameter/

<Radius>:P1:Diameter<

Rafius<90>:P2

Command:

Rafius<90>:P2 Command: Figura 2.7. Círculo. Centro/Raio DESENHO DE CÍRCULO COM O

Figura 2.7. Círculo. Centro/Raio

DESENHO DE CÍRCULO COM O COMANDO CIRCLE, OPÇÃO 2P

A Figura 2.8 mostra o desenho de um círculo, desenhado com o comando circle,

dados os pontos P1 e P2, que são as extremidades de um diâmetro.

Command:

point on Diameter:P1<>Second point on Diameter:P2<> Command:

circle

3P/2P/TTR/ <center point>:_2P first

Figura 2.8. Círculo. _2P
Figura 2.8.
Círculo.
_2P

DESENHO DE CÍRCULO COM O COMANDO CIRCLE, OPÇÃO 3P

A Figura 2.9 mostra o desenho de um círculo, desenhado com o comando circle,

dados os 3 pontos P1, P2, e P3.

Command:

circle

3P/2P/TTR/ <center point>:_3P first

point:P1<>

Second point:P2<> Third point:P3<> Command:

Second point:P2<> Third point:P3<> Command: Figura 2.9. Círculo. _3P Guia de Exercício de Desenho
Figura 2.9. Círculo. _3P
Figura 2.9.
Círculo.
_3P

Guia de Exercício de Desenho Técnico em Ferramenta CAD – DET/CT/UFC – Monitoria 2008

- 7 -

DESENHO DE CÍRCULO COM O COMANDO CIRCLE, OPÇÃO TTR

A Figura 2.10 mostra o desenho de um círculo, desenhado com o comando circle,

dados o raio e as 2 tangentes r e r’. A circunferência é tangente às retas nos ponto P1 e P2 e tem raio igual a 50, dado.

Command:

tangent spec: (clica-se na reta r)<> Enter second tangent : (clica-se na reta r’)<>

Radius<30><>

Command:

circle

3P/2P/TTR/ <center point>:_TTR Enter

Command: circle 3P/2P/TTR/ <center point>:_TTR Enter Figura 2.10. Círculo. _3P DESENHO DE CÍRCU LO COM O
Figura 2.10. Círculo. _3P
Figura 2.10.
Círculo.
_3P

DESENHO DE CÍRCULO COM O COMANDO CIRCLE, OPÇÃO TTR

A Figura 2.11 mostra o desenho de um círculo, desenhado com o comando circle,

dados as 3 tangentes r e s e t. A circunferência é tangente às retas nos ponto P1, P2 e P3.

Command:

point:_tan to (clica-se na reta r)<> Second point:_tan to: (clica-se na reta s)<> Third point:_tan to: (clica-se na reta t)<> Command:

circle

3P/2P/TTR/ <center point>:_3P First

ARC

circle 3P/2P/TTR/ <center point>:_3P First ARC Figura 2.11. Círculo. TTT DESENHO DE ARCO COM A OPÇÃO

Figura 2.11. Círculo. TTT

DESENHO DE ARCO COM A OPÇÃO 3 PONTOS (3P) Em seguida, é apresentado o procedimento para desenhar arco com a opção 3P e a Figura 2.12 que o ilustra.

Draw>Arc<3Points<>

Command:_arc center <start point:P1<> Center/end/second point:P2<> End point:P3<> Command:

P3 P2 P1
P3
P2
P1

Figura 2.12. Desenho de Arco – 3 Pontos

DESENHO DE ARCO - OPÇÃO START,CENTER,END

Em

seguida,

apresenta-se

o

procedimento

para

desenhar

arco

com

a

opção

Start,Center,End. O arco é desenhado no sentido contrário ao giro dos ponteiros do relógio.

Guia de Exercício de Desenho Técnico em Ferramenta CAD – DET/CT/UFC – Monitoria 2008

- 8 -

Draw>Arc< Start,Center,End Command: _arc center <start point:P1<> Center/end/second point:_c Center:C<> Angle/Lenght of Chord/<End point>:P2<> Command:

P2

C P1
C
P1

Figura 2.13. Desenho de Arco – Start,Center,End

DESENHO DE ARCO - OPÇÃO START,CENTER,ANGLE Em seguida, é apresentado procedimento para desenhar arco com a opção Start,Center,Angle. O arco é desenhado no sentido contrário ao giro dos ponteiros do relógio.

Draw>Arc< Start,Center,End Command: _arc center <start point:P1<> Center/end/second point:_c Center:C<> Angle/Lenght of Chord/<End point>:_a included

angle:150<>

Command:

P1 C
P1
C

Figura 2.14. Desenho de Arco – Start,Center,Angle

DESENHO DE ARCO - OPÇÃO START, CENTER, LENGHT Em seguida, é apresentado procedimento para desenhar arco com a opção Start,Center,Lenght. O arco é desenhado no sentido contrário ao giro dos ponteiros do relógio.

Draw>Arc< Start,Center,Lenght Command: _arc center <start point:P1<> Center/end/second point:_c Center:C<> Angle/Lenght of Chord/<End point>:_l lenght of

chord:100<>

Command:

nd point>:_l lenght of chord:100<> Command: C P1 Figura 2.15. Desenho de Arco – Start,Center,Lenght
C P1 Figura 2.15. Desenho de Arco – Start,Center,Lenght
C
P1
Figura 2.15. Desenho de Arco –
Start,Center,Lenght

DESENHO DE ARCO - OPÇÃO START,END,ANGLE

Em

seguida,

é

apresentado

procedimento

para

desenhar

arco

com

a

opção

Start,End,Angle. O arco é desenhado no sentido contrário ao giro dos ponteiros do relógio.

Guia de Exercício de Desenho Técnico em Ferramenta CAD – DET/CT/UFC – Monitoria 2008

- 9 -

Draw>Arc< Start,End,Angle Command: _arc center <start point:P1<> Center/end/second point:_e <> End point:P2<> Angle/Direction/Radius/<Center point>:_ a included

angle:180<>

Command:

P2

P2 P1

P1

Figura 2.16. Desenho de Arco – Start,End,Angle

DESENHO DE ARCO - OPÇÃO START,END,DIRECTION

Em

seguida,

é

apresentado

procedimento

para

desenhar arco com a P2
desenhar
arco
com
a
P2

opção

Start,End,Angle.

Draw>Arc< Start,Center,End Command: _arc center <start point:P1<> Center/end/second point:_e <> End point:P2<> Angle/Direction/Radius/<Center point>:_ d direction from start

point:90<>

Command:

Direction = 90º

P1

Figura 2.17. Desenho de Arco – Start,End,Direction

DESENHO DE ARCO - OPÇÃO START,END,RADIUS

Em

seguida,

é

apresentado

procedimento

para

desenhar

arco

com

a

opção

Start,End,Radius. O arco é desenhado no sentido contrário ao giro dos ponteiros do relógio.

Draw>Arc< Start,End,Radius Command: _arc center <start point:P1<> Center/end/second point:_e <> End point:P2<> Angle/Direction/Radius/<Center point>:_r radius:80<> Command:

er point>:_r radius:80<> Command: P2 P1 Figura 2.18. Desenho de Arco – Start,End,Radius
P2 P1 Figura 2.18. Desenho de Arco – Start,End,Radius
P2
P1
Figura 2.18. Desenho de Arco –
Start,End,Radius

DESENHO DE ARCO – OPÇÃO CENTER,START,END Esta opção é similar à opção (b), Star,Center,End. Difere, apenas, na ordem do procedimento.

DESENHO DE ARCO – OPÇÃO CENTER,START,ANGLE Esta opção é similar à opção (c), Statr,Center,Angle. Difere, apenas, na ordem do procedimento.

Guia de Exercício de Desenho Técnico em Ferramenta CAD – DET/CT/UFC – Monitoria 2008

- 10 -

DESENHO DE ARCO – OPÇÃO CENTER,START,LENGHT Esta opção é similar à opção (c), Start,Center,Lenght. Difere, apenas, na ordem do procedimento.

DESENHO DE ARCO – OPÇÃO CONTINUE Com esta opção, pode ser desenhado um arco contínuo a um outro arco ou reta desenhada imediatamente antes. Em seguida, é apresentado procedimento para desenhar arco com a opção continue e a Figura 3.8 ilustrando um exemplo de um arco contínuo a um outro arco e a uma reta. Desenhada a reta AB e, em seguida, selecionando-se a opção continue, um arco é iniciado na extremidade B da reta. Marca-se P1 e o arco contínuo à reta é desenhado, como mostra a Figura 2.19(a). Desenhado o arco CD e, em seguida, selecionando-se a opção continue, um arco é iniciado na extremidade D do arco. Marca-se P1 e o arco contínuo à ao arco CD é desenhado, como mostra a Figura 2.19(b).

Draw>Arc< Continue Command: _arc center <start point:P1<> End point:P1<> Command:

B P1 P1 D A C (a) (b)
B
P1
P1
D
A
C
(a)
(b)

Figura 2.19. Desenho de Arco – Continue

POINT

DESENHO DO PONTO O ponto é marcado com o comando Point:

um

ponto e o comando é desativado. O procedimento está mostrado abaixo.

a)

SINGLE

POINT,

desenha

Draw>Point>Single point> _point Point:P1<> Command

P1
P1

desenha

vários pontos. O comando é desativado com Esc. O procedimento está mostrado abaixo com um exemplo ao lado.

b)

MULTIPLE

POINT,

Draw>Point>Multiple point> _point Point:P1<> _point Point:P2<> _point Point:P3<> Command

P1 P2 P3
P1
P2
P3

c) DIVIDE, divide uma reta em segmentos iguais. O procedimento está mostrado abaixo com um exemplo ao lado.

Draw>Point>Divide> Command:_divide<> Select object do divide

Command:_divide<> Select object do divide Guia de Exercício de Desenho Técnico em Fe rramenta CAD

Guia de Exercício de Desenho Técnico em Ferramenta CAD – DET/CT/UFC – Monitoria 2008

- 11 -

<Namber of segments>/Block:5<>

O modo e o tamanho do ponto podem ser mudados. Para isso, seleciona-se a opção Point Style do Menu Format. Surge a tela Point Style, onde podem ser mudados o modo e o tamanho do ponto.

ELLIPSE

DESENHO DA ELIPSE Há 2 opções para desenhar a elipse com o comando Ellipse. Com o mesmo comando, pode-se, também, desenhar arco de elipse.

a) DESENHO DA ELIPSE DADOS DO DOIS EIXOS

Abaixo, é apresentado procedimento para desenhar a elipse, dados 2 eixos. Esta opção se divide em 2. Também são mostrados os procedimento para as 2 opções e, ao lado de

cada um, as Figuras 2.20 e 2.21 correspondentes.

Draw>Ellipse>Axis,End Command:_ellipse<> Arc/Center/(Axis Endpoint 1>:P1<> Axis Endpoint 2:P2<> <Other axis distance>Rotation:P3<> Command:

Draw>Ellipse>Axis,End Command:_ellipse<> Arc/Center/(Axis Endpoint 1>:P1<> Axis Endpoint 2:P2<> <Other axis distance>Rotation:r<> Rotation around major axis:45<> Command:

P3 P1
P3
P1

P2

Figura 2.20. Elipse – Axis,End/Other Axis

P1

P1 P2

P2

Figura 2.21. Elipse – Axis,End/Rotation

b) DESENHO DA ELIPSE DADO O CENTRO Abaixo, é apresentado procedimento para desenhar a elipse, dado o centro. Esta opção se

divide em 2. Também são mostrados os procedimento para as 2 opções e, ao lado de cada um, as Figura 2.22 e 2.23 correspondentes.

Draw>Ellipse>Center Arc/Center/(Axis Endpoint 1>:_c<> Center of ellipse:C Axis Endpoint:P1<> <Other axis distance>Rotation:P2<> Command:

P2 C
P2
C

P1

Figura 2.22. Elipse – Center/Other Axis Distance

Guia de Exercício de Desenho Técnico em Ferramenta CAD – DET/CT/UFC – Monitoria 2008

- 12 -

Draw>Ellipse>Center Arc/Center/(Axis Endpoint 1>:_c<> Center of ellipse:C Axis Endpoint:P1<> <Other axis distance>Rotation:r<> Rotation around major axis:45<> Command:

Rotation around major axis:45<> Command: C P1 Figura 2.23. Elipse – Center/Rotation c) DESENHO
C P1 Figura 2.23. Elipse – Center/Rotation
C
P1
Figura 2.23. Elipse – Center/Rotation

c) DESENHO DE ARCO DE ELIPSE

Para se desenhar um arco de elipse, seguem-se os mesmos passos de qualquer das opções anteriores para desenhar a elipse e, em seguida, desenha-se o arco com as opções existentes.

No exemplo apresentado na Figura 2.24, o arco iniciou no ângulo 0 (zero) e terminou em 180.

Draw>Ellipse>Axis,End Command:_ellipse<> Arc/Center/(Axis Endpoint 1>:P1<> Axis Endpoint 2:P2<> <Other axis distance>Rotation:P3<> Parameter/<start angle>:0<> Parameter/Included/<end angle>180<> Command

PERPECTIVAS ISOMÉTRICAS

P3 P2 P1
P3
P2
P1

Figura 2.24. Desenho de Arco de Elipse

O AutoCAD tem uma ferramenta que nos permite construir perspectivas isométricas em 2D facilmente. Para ativá-la, clique, com o botão direito do mouse, na opção Snap e escolha a opção Settings; após abrir a janela de configurações do Snap and Grid, selecione a opção Isometric snap no campo Snap tipe & style e, em seguida, clique em OK. Ao fazer isso, você perceberá que o cursor ficará no sentido isométrico (figura 2.25), e, ao usar sucessivamente o botão F5, poderá girar o cursor nos três sentidos necessários para a construção da perspectiva (figura 2.26). Ligando o Ortho, na barra de status ou com a tecla F8, as linhas criadas serão sempre nos ângulos de 30 e 60 graus.

linhas criadas serão sempre nos ângulos de 30 e 60 graus. Figura 2.25 Guia de Exercício

Figura 2.25

Guia de Exercício de Desenho Técnico em Ferramenta CAD – DET/CT/UFC – Monitoria 2008

- 13 -

Figura 2.26 4. COMANDOS DE EDIÇÃO Neste item, serão estudados os seguintes de edição: Erase,
Figura 2.26 4. COMANDOS DE EDIÇÃO Neste item, serão estudados os seguintes de edição: Erase,
Figura 2.26 4. COMANDOS DE EDIÇÃO Neste item, serão estudados os seguintes de edição: Erase,

Figura 2.26

4. COMANDOS DE EDIÇÃO

Neste item, serão estudados os seguintes de edição: Erase, Offset, Move, Copy, Trim e Pedit. Ao executar qualquer comando de edição, é solicitado que seja selecionada a entidade que vai ser editada. Há várias maneiras de se fazer a seleção:

All. Seleciona tudo que está desenhado na tela;

Seleção por ponto. Clica-se sobre a entidade que se quer editar, e ela é selecionada;

Seleção com janela. Se o primeiro canto marcado da janela está à direita do segundo, são selecionadas todas as entidades que estão totalmente dentro da janela e as que são cruzadas por ele. Se o primeiro canto marcado da janela está à esquerda do segundo, são selecionadas apenas as entidades que estão totalmente dentro da janela. Por enquanto, usaremos apenas estas três formas de seleção.

ERASE

Este comando apaga entidades geométricas. Ele é acessado através do Menu Modify, da palheta flutuante, Menu de Tela, ou digitando-se seu nome na linha de comando. Sua interação é a seguinte:

Modify>Erase Select object: seleciona-se a entidade que se quer apagar por qualquer das opções acima, e, pressiona-se a tecla enter. A entidade selecionada é apagada.

OFFSET

Este comando faz cópia paralela de entidades geométricas. Ele é acessado através do Menu Modify, da palheta flutuante, Menu de Tela ou digitando-se seu nome na linha de comando. Sua interação está mostrada abaixo com um exemplo mostrado na Figura 3.1.

Guia de Exercício de Desenho Técnico em Ferramenta CAD – DET/CT/UFC – Monitoria 2008

- 14 -

Modify>Offset Command:_offset Offset distance or Through<10.000>:50<> Select object to offset:seleciona-se a entidade que se quer copiar por qualquer das opções acima e pressiona-se a tecla enter<> Side to offset: clica-se do lado do lado que se quer copiar a entidade<> Select object to offset o comando fica atuado para copiar outras entidades. Caso nãi se queira, pressiona-se a tecla enter.

COPY

r'

r
r

Figura 3.1. Uso do Comaando Offset

Este comando faz cópia simples ou múltipla de uma entidade geométrica. Ele é acessado através do Menu Modify, da palheta flutuante, Menu de Tela ou digitando-se seu nome na linha de comando. Sua interação está mostrada abaixo, com um exemplo na Figura 3.2, em que o círculo foi movido da posição P2 para a posição P2. Para fazer cópias múltiplas, quando for solicitado <Base point or displacement>/Multiple:, digita-se M e pressiona-se a tecla Enter e continua-se o procedimento normal como anteriormente.

Modify>Copy Command: copy Select objects: 1 found Select objects: 1 found, 2 total Select objects: 1 found, 3 total Select objects:

Specify base point or [Displacement] <Displacement>:

Specify second point or <use first point as displacement>:

Specify second point or [Exit/Undo] <Exit>:

Command:

MOVE

second point or [Exit/Undo] <Exit>: Command: MOVE Figura 3.2. Uso do Comaando Copy Este comando move

Figura 3.2. Uso do Comaando Copy

Este comando move uma entidade geométrica de uma posição para outra. Ele é acessado através do Menu Modify, da palheta flutuante, Menu de Tela ou digitando-se seu nome na linha de comando. Sua interação está mostrada abaixo com um exemplo na Figura 3.3, em que o círculo foi movido da posição P2 para a posição P2.

Modify>Move Command:_move<> Select object:P1<> Select object::<> Base point or displacement:PP2<> second point of displacement:P3<> Command:

P2 P1 P3 Figura 3.3. Uso do Comando Move
P2
P1
P3
Figura 3.3. Uso do Comando Move

Guia de Exercício de Desenho Técnico em Ferramenta CAD – DET/CT/UFC – Monitoria 2008

- 15 -

TRIM

Este comando elimina parte de uma entidade geométrica entre dois vértices selecionados. Ele é acessado através do Menu Modify, da palheta flutuante, Menu de Tela ou digitando-se seu nome na linha de comando. Sua interação está mostrada abaixo com um exemplo na Figura 3.4.

Modify>Trim Select object:All<> Select object::<> <Select Object to trim>/Project/Edge/Undo:

Command:

PEDIT

P1 P2 P4 P3 (a)
P1
P2
P4
P3
(a)
P1' P2' P4' P3'
P1'
P2'
P4'
P3'

(b)

Figura 3.4. Uso do Comando Trim

Este comando possibilita a edição de uma Polyline. Ele é acessado através do Menu Modify>object>Polyline, da palheta flutuante, Menu de Tela ou digitando-se seu nome na linha de comando. Há várias opções. Neste tópico, estudaremos as opções Join (juntar) e Width (largura). Suas interações estão mostradas abaixo: primeiramente par a opção Width e, em seguida, para a opção join. Esta opção junta segmentos de entidades que não são polylines, transformando-os em uma única polyline.

PEDIT – WIDTH

Modify>Object>Polyline Command:_pedit select polyline:(seleciona-se uma polyline e surge a seguinte interação) Close/Join/Width/Edit vertex/Fit/Spline/Decurve/Ltype gen/Undo/eXit<X>W Enter new width for all segments:1<> Close/Join/Width/Edit vertex/Fit/Spline/Decurve/Ltype gen/Undo/eXit<X><> Command:

PEDIT – JOIN

Modify>Object>Polyline Command:_pedit select polyline: (seleciona-se uma entidade que não é uma polyline e surge a seguinte interação) Object selected is not a polyline:

Do you want to turn it into one?<Y> (pressiona-se a tecla enter e surge a seguinte interação) Close/Join/Width/Edit vertex/Fit/Spline/Decurve/Ltype gen/Undo/eXit<X>J Select objects (seleciona-se os objetos que se quer unir e pressina-se a tecla enter. Surge a Seguinte interação:

Close/Join/Width/Edit vertex/Fit/Spline/Decurve/Ltype gen/Undo/eXit<X><> Command:

Guia de Exercício de Desenho Técnico em Ferramenta CAD – DET/CT/UFC – Monitoria 2008

- 16 -

MIRROR

Este comando cria uma imagem invertida de um desenho já existente, ou seja, uma imagem “espelhada”. Ele é acessado através do Menu Modify, da palheta flutuante, Menu de Tela ou digitando-se seu nome na linha de comando. Sua interação está mostrada abaixo com um exemplo na Figura 3.5.

Command: mirror Select objects: Specify opposite corner: 3 found Select objects:

Specify first point of mirror line: Specify second point of mirror line:

Erase source objects? [Yes/No] <N>:

Command:

MUDANDO O ESTILO DE LINHAS

[Yes/No] <N>: Command: MUDANDO O ESTILO DE LINHAS Figura 3.4. Uso do Comando Mirror Dá pra

Figura 3.4. Uso do Comando Mirror

Dá pra mudarmos os estilos das linhas, como, por exemplo, espessura, cor ou se ela será contínua, pontilhada ou tracejada por meio do comando Layer (LA) ou pelas próprias propriedades do objeto (MO).

5. DICAS DE DESENHO GEOMÉTRICO

Para saírem bons desenhos no CAD, é necessário não só um domínio do software, mas também conhecer as definições e métodos gráficos do desenho técnico. Seguem abaixo duas técnicas de desenho que são utilizadas nessa apostila.

DESENHO DE CIRCUNFERÊNCIAS E ARCOS EM PERSPECTIVA ISOMÉTRICA

A construção de uma circunferência em perspectiva inicia-se pelo traçado do quadrado envolvente da mesma que, em perspectiva, é um losango. Depois, marca-se as linhas de centro da circunferência. O passo seguinte consiste em marcar-se os centros dos 4 arcos que, juntos, formarão a falsa elipse. Os centros dos 2 arcos maiores são justamente os vértices opostos a eles. Os outros dois centros são determinados pela interseção de dois pares de linhas auxiliares, que partem dos vértices em direção ao ponto médio dos lados opostos. Traçam-se então os quatro arcos com centro nos pontos marcados e raio definido pela distância dos centros ao ponto médio dos lados do quadrado. As figuras a seguir mostram a construção da circunferência.

Guia de Exercício de Desenho Técnico em Ferramenta CAD – DET/CT/UFC – Monitoria 2008

- 17 -

Guia de Exercício de Desenho Técnico em Fe rramenta CAD – DET/CT/UFC – Monitoria 2008
Guia de Exercício de Desenho Técnico em Fe rramenta CAD – DET/CT/UFC – Monitoria 2008

Guia de Exercício de Desenho Técnico em Ferramenta CAD – DET/CT/UFC – Monitoria 2008

- 18 -

6. EXEMPLOS RESOLVIDOS PASSO A PASSO

6.1 Desenhar a Figura 1 no AutoCAD:

RESOLVIDOS PASSO A PASSO 6.1 Desenhar a Figura 1 no AutoCAD: Figura 1 RESOLUÇÂO Primeiramente, fazemos

Figura 1

RESOLUÇÂO Primeiramente, fazemos a circunferência de raio 10mm e, concêntrica a esta, outra de raio

25mm.

Do centro dessas duas circunferências orientando para a esquerda, criamos uma linha de 94mm de comprimento e, no final dessa linha, duas novas circunferências concêntricas, uma re raio de 20mm e outra de raio 45mm. Usando as técnicas de concordância de arcos, fazemos uma circunferência de raio 135mm (180 – 45) concêntrica à circunferência de raio 45mm e outra circunferência de raio 155mm (180 – 25) também no mesmo centro da de raio 25mm. Então, usamos a interseção das duas circunferências grandes como o centro de uma circunferência de raio 180mm, que deve tangenciar as duas circunferências do desenho. Utilizamos a ferramenta TRIM, e retiramos todas as “sobras” do nosso desenho. Para fazer o outro arco inferior, podemos utilizar a ferramenta MIRROR. Depois de ativar essa ferramenta, selecionamos o arco superior e confirmamos (ENTER), e criamos a linha imaginaria do “espelho” (para qualquer linha horizontal que passa exatamente no meio do desenho, por exemplo, podemos clicar do centro de uma circunferência até o centro da outra).

Guia de Exercício de Desenho Técnico em Ferramenta CAD – DET/CT/UFC – Monitoria 2008

- 19 -

6.2

Desenhar a Figura 2 no AutoCAD:

6.2 Desenhar a Figura 2 no AutoCAD: Figura 2 RESOLUÇÃO Primeiramente fazemos o círculo superior de

Figura 2

RESOLUÇÃO Primeiramente fazemos o círculo superior de raio 7mm e o outro círculo concêntrico de raio 15mm. (Para criar o círculo, usamos o atalho de teclado “C [ENTER]”. Criamos, então, uma reta vertical, a partir do centro das circunferências, orientada para baixo, com 60mm, e outra horizontal a partir do final da reta vertical orientada para a esquerda, com 35mm. (Podemos ativar a função ORTHO “F8 do teclado” para que as retas não fiquem “tortas”). No fim da linha horizontal, fazemos duas novas circunferências concêntricas, uma de diâmetro de 9mm e outra de raio de 12mm. Fazemos outra linha saindo das circunferências superiores horizontal de tamanho 50mm, orientada para direita, e consecutiva a ela, uma outra linha vertical orientada para baixo com tamanho 120mm. No final dessa última linha, fazemos uma circunferência de raio 17mm e outra concêntrica de raio 9. Do centro dessas duas últimas circunferências, fazemos uma linha horizontal orientada para a esquerda, com tamanho 26mm, e no final dessa linha, fazemos novamente duas circunferências concêntricas, uma de 17mm e outra de 9mm. Fazemos duas linhas horizontais unindo as duas circunferências de raio 17mm (uma no topo e outra na base) do topo da circunferência e da base e depois fazemos o mesmo com a circunferência de raio 9mm. Podemos usar a ferramenta “TRIM” selecionar todo o desenho, e depois clicar nas linhas que estão sobrando nas circunferências de baixo já deixando do jeito que é para estar no desenho. Já podem ser apagadas também todas as linhas (horizontais e verticais) feitas para encontrar os centros das circunferências. Do centro das circunferências superiores, fazemos uma linha horizontal orientada para a direita com 79mm, e sucessiva a ela uma outra linha vertical de 48mm orientada para baixo. Do final desta última linha, fazemos uma circunferência re raio 108mm. Ativamos o “TRIM”, selecionamos tudo e clicamos nas partes da

Guia de Exercício de Desenho Técnico em Ferramenta CAD – DET/CT/UFC – Monitoria 2008

- 20 -

circunferência que você não precisa (Veja Figura), restando assim da sua circunferência de raio 108mm, dois arcos. Ativamos a opção “FILLET”, escolhemos a opção “Radius” do Fillet (FILLET [ENTER] / R [ENTER]) e digitamos o raio de 10mm. Então, clicamos no arco de raio 108mm de cima e depois na circunferência de raio 12mm que intercepta esse arco. Façamos o mesmo com o arco de baixo, porém colocando o raio do Fillet para 16mm.

Novamente partindo do centro das duas circunferências concêntricas superiores, fazemos uma linha orientada para a direita com 80mm, e, consecutiva a ela, uma outra de 33mm orientada para baixo. No final desta última linha, fazemos uma circunferência de raio 75mm, e usamos novamente o “TRIM” para eliminarmos a parte da circunferência que não faz parte do desenho. Para unir este último arco feito com a circunferência Superior de raio 15mm, usamos novamente o FILLET, selecionamos a opção Raio (RADIUS [R]) e digitamos o raio de 24mm, e clicamos nesse arco de 75mm e na circunferência de raio 15mm. Finalmente, usamos novamente o TRIM, e eliminamos alguma linha ou arco que restou no desenho, e a qual não faz parte.

Guia de Exercício de Desenho Técnico em Ferramenta CAD – DET/CT/UFC – Monitoria 2008

- 21 -

6.3

Desenhar a Figura 3 no AutoCAD:

6.3 Desenhar a Figura 3 no AutoCAD: Figura 3 RESOLUÇÂO • Ative a configuração do AutoCAD

Figura 3

RESOLUÇÂO

Ative a configuração do AutoCAD para perspectivas isométricas;

Ative o Ortho (F8);

Desenhe inicialmente a caixa com as dimensões máximas das 3 dimensões (Largura, Altura e Profundidade): aperte F5 o necessário para o cursor ficar pronto para desenhar as faces horizontais; selecione o comando Line (L) e desenho as 4 linhas que formam o retângulo inferior (clique no ponto inicial, arraste o mouse para a diagonal direita/cima e digite 50 e aperte Enter para confirmar a primeira linha, arraste para outra diagonal esquerda/cima e digite 20 e confirme novamente, depois para a diagonal esquerda/baixo e digite 50, e depois, para finalizar, arraste para a diagonal direita/baixo, apertando Enter duas vezes para confirmar a última linha e finalizar o comando Line.

Aperte mais uma vez o botão F5, e selecione novamente o comando Line, clicando em um dos vértices do retângulo, arrastando o mouse para cima e digitando 30 e confirme a linha.

Para não precisar desenhar as outras linhas que formarão nossa “caixa”, selecione a linha vertical, aperte CO e Enter pra copiá-la, clique na base dela e depois clique nos outros 3 vértices do retângulo e confirme. Selecione as 4 linhas do retângulo (horizontal), ative novamente a ferramenta Copy e copie o retângulo da base até o topo das linhas verticais (clicando na base da linha e no fim dela, sucessivamente).

Agora que já temos nossa caixa pronta, basta “eliminar” os detalhes que existam. Comecemos com abertura na face superior: crie duas linhas de tamanho 20 e 10 sucessivamente por cima das duas arestas horizontais superiores (as linhas de 50mm de cima) a partir de um dos vértices para sabermos onde ficará centralizado a abertura; e depois ligue o final das duas linhas de 20 e o final das duas linhas de 10 (se sentir dificuldade de visualização na hora de desenhar, pode-se desligar o Ortho desde que depois liguemos de novo), obtendo assim a localização da abertura superior;

Guia de Exercício de Desenho Técnico em Ferramenta CAD – DET/CT/UFC – Monitoria 2008

- 22 -

Desenhe outra linha, agora, na vertical (lembre-se de girar o cursor quando necessário), começando no início da linha que representa abertura pelo lado esquerdo, direcionada para baixo e com o valor de 5mm; sucessivo a essa linha, arraste o cursor para a esquerda e digite o valor de 5 e confirme; crie a outra vertical arrastando a linha para baixo e digitando o valor de 10 seguido do Enter; agora, arraste para direta e digite 20; depois, arraste para cima e digite o valor 10, para a esquerda com valor 5 e, finalmente, para cima novamente com o valor 5 desta vez ,apertando o Enter duas vezes. Quando terminar esse passo, sua caixa deverá apresentar a forma do detalhe pronto na face da frente.

Para criar esse mesmo detalhe atrás, selecione todas as linhas que você construiu no passo anterior, ative a ferramenta Copy (CO) e clique no começo e no fim, sucessivamente, de qualquer linha horizontal de 20 que representa a profundidade da caixa.

Desative o Ortho, e ligue todos os 6 vértices desses dois últimos passos cada um com seu referente na face oposta (cuidado para não se confundir com as arestas já existentes, que coincidirão com algumas dessas);

Para finalizar, usa as ferramentas Trim e Erase, para apagar todas as linhas que estão “sobrando” na nossa perspectiva, incluindo as arestas invisíveis. Tenha cuidado para não apagar as linhas erradas!

Guia de Exercício de Desenho Técnico em Ferramenta CAD – DET/CT/UFC – Monitoria 2008

- 23 -

6.4

Desenhar as Vistas Principais da Figura 3

Enunciado: Desenhar as vistas frontal, lateral esquerda e superior da Figura 3 (pertencente ao terceiro diedro):

RESOLUÇÂO

Ative o Ortho (F8);

Desenhe primeiramente a face frontal da figura: crie uma linha horizontal de 50mm; a partir da extremidade direita dessa linha crie a seguinte seqüência de linhas: para cima com tamanho de 30; para a esquerda com tamanho de 20; para baixo com tamanho de 5; para a direita com tamanho 5; para baixo com tamanho 10; para a esquerdo com tamanho 20; para cima com tamanho 10;para a direita com tamanho 5; para cima com tamanho 5, para a esquerda com tamanho 20 e para baixo com tamanho de 30, com a qual seu desenho deve fechar.

Fixe um valor coerente de distância entre as vistas (por exemplo, 20mm), criando uma linha com esse valor da extremidade da vista frontal até o começo da próxima vista a ser desenhada. (Por exemplo, vamos construir agora a vista lateral esquerda, e, para isso, criaremos uma linha com tamanho de 20 que começa do vértice inferior esquerdo horizontalmente para a esquerda, para marcarmos o ponto de onde vamos começar a desenhar essa vista. Para desenhar a vista esquerda, primeiramente selecionamos a ferramenta retângulo, clicamos no final da última linha que criamos e digitamos as coordenadas -20,30 (É importante o sinal de menos no valor x para indicar que o retângulo vai ser projetado à esquerda do ponto onde clicamos). Use a vista frontal como base para desenhar as linhas invisíveis, bastando criar uma continuação da linha até a nova vista que criamos e depois apagar o pedaço de linha que ficar entre as duas vistas. Apague também a linha de 20 que criamos para posicionar a vista esquerda. Da mesma forma que criamos a vista anterior, vamos criar a superior. Primeiramente, crie uma linha de tamanho 20 no sentido vertical e orientada para cima começando do vértice superior direito da vista frontal. Criamos novamente um retângulo (REC), clicamos no final da linha vertical que criamos e digitamos as coordenadas -50,20. Novamente use a vista frontal como base para desenhar as linhas invisíveis da mesma forma que fez para a vista lateral esquerda. Apague todas as linhas auxiliares que ainda restam no desenho.

Se preferir, ative a caixa de propriedades (MO) e selecione as linhas invisíveis que foram criadas, e mude o estilo delas de contínuas para tracejadas. (Talvez seja preciso carregar o estilo que queremos, mas, para isso, basta escolher a opção load na aba de estilos, e adicionar a linhadesejada.

Guia de Exercício de Desenho Técnico em Ferramenta CAD – DET/CT/UFC – Monitoria 2008

- 24 -

7. EXERCÍCIOS

7.1 Desenho Geométrico

Reproduza os desenhos a seguir no AutoCAD:

FIGURA 1.1

Reproduza os desenhos a seguir no AutoCAD: FIGURA 1.1 FIGURA 2.1 Guia de Exercício de Desenho

FIGURA 2.1

os desenhos a seguir no AutoCAD: FIGURA 1.1 FIGURA 2.1 Guia de Exercício de Desenho Técnico

Guia de Exercício de Desenho Técnico em Ferramenta CAD – DET/CT/UFC – Monitoria 2008

- 25 -

FIGURA 3.1

FIGURA 3.1 FIGURA 4.1 Guia de Exercício de Desenho Técnico em Fe rramenta CAD – DET/CT/UFC

FIGURA 4.1

FIGURA 3.1 FIGURA 4.1 Guia de Exercício de Desenho Técnico em Fe rramenta CAD – DET/CT/UFC

Guia de Exercício de Desenho Técnico em Ferramenta CAD – DET/CT/UFC – Monitoria 2008

- 26 -

7.2

Perspectiva Isométrica e Vistas Ortográficas

Reproduza os desenhos a seguir no AutoCAD e desenhe também suas vistas ortográficas tomando por base o 3º diedro:

FIGURA 1.2

ortográficas tomando por base o 3º diedro: FIGURA 1.2 FIGURA 2.2 Guia de Exercício de Desenho

FIGURA 2.2

tomando por base o 3º diedro: FIGURA 1.2 FIGURA 2.2 Guia de Exercício de Desenho Técnico

Guia de Exercício de Desenho Técnico em Ferramenta CAD – DET/CT/UFC – Monitoria 2008

- 27 -

FIGURA 3.2

FIGURA 3.2 FIGURA 4.2 Guia de Exercício de Desenho Técnico em Fe rramenta CAD – DET/CT/UFC

FIGURA 4.2

FIGURA 3.2 FIGURA 4.2 Guia de Exercício de Desenho Técnico em Fe rramenta CAD – DET/CT/UFC

Guia de Exercício de Desenho Técnico em Ferramenta CAD – DET/CT/UFC – Monitoria 2008

- 28 -

FIGURA 5.2

FIGURA 5.2 FIGURA 6.2 Guia de Exercício de Desenho Técnico em Fe rramenta CAD – DET/CT/UFC

FIGURA 6.2

FIGURA 5.2 FIGURA 6.2 Guia de Exercício de Desenho Técnico em Fe rramenta CAD – DET/CT/UFC

Guia de Exercício de Desenho Técnico em Ferramenta CAD – DET/CT/UFC – Monitoria 2008

- 29 -

FIGURA 7.2

FIGURA 7.2 FIGURA 8.2 Guia de Exercício de Desenho Técnico em Fe rramenta CAD – DET/CT/UFC

FIGURA 8.2

FIGURA 7.2 FIGURA 8.2 Guia de Exercício de Desenho Técnico em Fe rramenta CAD – DET/CT/UFC

Guia de Exercício de Desenho Técnico em Ferramenta CAD – DET/CT/UFC – Monitoria 2008

- 30 -

FIGURA 9.2

FIGURA 9.2 FIGURA 10.2 Guia de Exercício de Desenho Técnico em Fe rramenta CAD – DET/CT/UFC

FIGURA 10.2

FIGURA 9.2 FIGURA 10.2 Guia de Exercício de Desenho Técnico em Fe rramenta CAD – DET/CT/UFC

Guia de Exercício de Desenho Técnico em Ferramenta CAD – DET/CT/UFC – Monitoria 2008

- 31 -

8.

CONSIDERAÇÕES FINAIS

O trabalho apresentado teve a finalidade de familiarizar e facilitar o aprendizado do aluno (sobretudo, da Engenharia) com os a ferramenta de desenho em computador. Os exemplos apresentados servirão de base para que o aprendizado no laboratório possa fluir em consonância com os exemplos e atividades vistos em sala de aula. Assim, ao final do ano letivo, o aluno terá condições de melhor se expressar tanto por meio do desenho no computador, como pelo manuseio de outros instrumentos (escalímetro, esquadros, transferidor etc.), importantes para o processo inicial de abstração do mundo real, portando tridimensional, no plano.

9. BIBLIOGRAFIA

ALENCAR, Mariano Franca (1999). Curso de AutoCAD (disponível em formato digital); BARROS, José Maurício de. AutoCAD 2002. 2ª Edição, Ouro Preto, 2002 (disponível em formato digital); GIESECKE, Frederick E. el al (2002), Comunicação Gráfica Moderna. ISBN: 8573078448, Bookman. Porto Alegre-RS. GIONGO, Affonso Rocha. Curso de Desenho Geométrico, Nobel - 3ª Edição; LACOURT, H. Noções e Fundamentos da Geometria Descritiva, Guanabara-Koogan, Rio de Janeiro, 1995; Poli-USP (2004). Desenho para Geologia (Vol 1 e 2). Universidade de São Paulo. Escola Politécnica. Depto. de Engenharia de Construção Civil (PCC) (disponível em formato digital); POSSAMAI, Landoaldo (2002). Informática Aplicada à Arquitetura - AutoCAD 2000 (disponível em formato digital); SILVA, Sílvio F (1984). A Linguagem do Desenho Técnico, Livros Técnicos e Científicos Editora, S.A., Rio de Janeiro; Telecurso 2000. Apostilas de Desenho. (disponível em formato digital e no site:

http://bibvirt.futuro.usp.br/textos/tem_outros/cursprofissionalizante/tc2000/des_tecnico/);

VENDITTI, Marcus Vinicius (2003). Desenho Técnico sem prancheta com AutoCAD 2002. Editora Visual Books, Florianópolis-SC. ZATTAR, Izabel Cristina. Manual de AutoCAD R14 (disponível em formato digital).

Guia de Exercício de Desenho Técnico em Ferramenta CAD – DET/CT/UFC – Monitoria 2008

- 32 -