Você está na página 1de 10

UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO NORTE

CENTRO DE CIÊNCIAS DA SAÚDE


DEPARTAMENTO DE SAÚDE COLETIVA

ATIVIDADE INTEGRADA DE EDUCAÇÃO SAÚDE E CIDADANIA – SACI

PERÍODO: 2009.1
CARGA HORÁRIA: 60 HORAS
HORÁRIO: QUINTA-FEIRA – 7: 50 ÀS 11: 40
LOCAL: SEDE DAS UNIDADES BÁSICAS DE SAÚDE NOS DISTRITOS SANITÁRIOS OESTE E LESTE

Professores Orientadores / Tutores


Prof. Antonio Medeiros Júnior (Doutor)
Profa.Francisca Nazaré Liberalino (Mestre)
Profa. Ilka Soares Pereira Ferreira (Especialista)
Profa. Maria do Socorro Costa Feitosa Alves (Pós-Doutora)
Profa. Marina Clarissa B. Melo (Especialista)
Profa. Marise Barros (Mestre)
Profa. Marjorie Fonseca (Mestre)
Profa. Meine Ciomara (Mestre)
Profa. Nadja Maria da Rocha (Mestre)
Prof.Nelson Bezerra Barbosa (Doutor)
Profa. Neusa Sales Mendes (Especialista)
Profa. Nilma Dias Leão Costa (Mestre)
Profa. Rejane Millions (Doutora)
Profa. Telma Maria A. Melo Lemos (Doutora)
Prof. Túlio Souza (Doutor)
Profa. Vera Lúcia Xavier Pinto (Doutora)
Consultoras:
Profa. Maria Carmozi de Souza Gomes (Doutora – PROGRAD/PAP)
Profa. Rosalba Timóteo (Doutora - Aposentada)
Profa. Maria Dalva Araújo (Mestre - Aposentada)
ATIVIDADE INTEGRADA DE EDUCAÇÃO SAÚDE E CIDADANIA – SACI

Caracterizando a Saci
A Atividade Integrada de Educação Saúde e Cidadania - SACI faz parte de um PROGRAMA que
envolve, simultaneamente, ações de ensino, pesquisa e extensão e se coloca como iniciativa estruturante no
espaço da flexibilização dos Projetos Políticos Pedagógicos dos Cursos da Área da Saúde da UFRN.
Visa oferecer ao aluno iniciante dos cursos dessa área o ambiente propício à reflexão sobre os
problemas de saúde da população e as ações de atenção à saúde na comunidade. Pelo estabelecimento da
relação educação, saúde e cidadania, através do trabalho multiprofissional e interdisciplinar, a SACI busca
integração do ensino a partir da maior articulação entre básico/profissionalizante, teoria/prática, disciplinas e
cursos com os serviços de saúde e a comunidade.
A SACI é desenvolvida com um programa estruturante de educação, sendo formalizada e
integralizada nos currículos acadêmicos como uma disciplina optativa e complementar, ofertada
semestralmente, aos alunos matriculados no primeiro ou segundo período dos cursos de Medicina,
Enfermagem, Nutrição, Farmácia, Fisioterapia e Odontologia da UFRN.

Objetivos
A Atividade Integrada de Educação Saúde e Cidadania - SACI tem como objetivos:
 Mobilizar nos estudantes um conjunto de conhecimentos e habilidades no campo das relações
interpessoais que possibilitem trabalhar em equipe interdisciplinar e mulltiprofissional;
 Aprender a identificar e priorizar problemas de uma comunidade e a agir sobre eles;
 Refletir sobre os princípios e valores que orientam o aprimoramento ético e cidadão no relacionamento
com colegas da própria equipe e com as pessoas da comunidade.

Conteúdo
Durante o desenvolvimento das atividades do Programa SACI serão abordados os temas de estudos:
 Saúde, Educação e Cidadania;
 Trabalho em equipe interdisciplinar e intersetorialidade
 Organização dos serviços básicos de saúde; território, área e processos de trabalho;
 Processo Saúde-doença e problemas de saúde;
 Perfil epidemiológico; Seleção e estabelecimento de prioridades e atores sociais;
 Planejamento estratégico local e vigilância à saúde.
 Avaliação de resultados;
 Questões éticas em trabalho social;
 Participação e controle social; dentre outros.

2
Metodologia
A metodologia a ser utilizada, prioriza princípios pedagógicos da Escola crítica, com uma abordagem
problematizadora, a qual estabelece o papel do orientador como facilitador do processo ensino-
aprendizagem, e compreende o aluno como sujeito ativo do referido processo. Parte, portanto, da própria
percepção que o educando tem sobre a temática abordada, seguida de observação da realidade, reflexões e
teorização, para desenvolver uma ação transformadora sobre esta mesma realidade.
Durante o desenvolvimento das atividades do Programa SACI o aluno deverá exercitar habilidades e
desenvolver atitudes participando das ações programadas para aprender a trabalhar em e com grupos;
vivenciar a realidade; selecionar e trabalhar um problema identificado e discutido com a comunidade, numa
programação semanal que contemple atividades seqüenciadas que se realizarão ao longo do semestre.

Avaliação
O processo avaliativo do Programa SACI tem caráter processual, contínuo, reflexivo, dinâmico,
formativo e somativo. É parte do processo de ensino-aprendizagem e contempla duas dimensões: a auto-
avaliação do aluno e a avaliação dos tutores.
Para tanto são utilizados alguns instrumentos e metodologias de avaliação que vão possibilitar a
observação do processo de aprendizagem vivenciado por alunos e tutores, como também o produto concreto
dessa vivência. Para avaliação do processo temos os instrumentos de “Avaliação escrita, individual”
(Parágrafo único, Art. 85 da Resolução 103/2006 – CONSEPE), “Projetos de Trabalho”, “Portifólio” e “Ficha de
Avaliação de Desempenho”.
Como resultado da ação desenvolvida na comunidade, os estudantes deverão apresentar um
trabalho final destacando as atividades e conteúdos abordados e vivenciados em sua trajetória no Programa
SACI.
Serão observados aspectos de ordem atitudinais e cognitivos com vistas à identificação de
conhecimentos e habilidades que tenham sido alcançados pelos alunos, organizados conforme sua natureza,
quais sejam: técnica e comunicativa; técnica organizacional; sócio-políticas; ética e social.
Sendo a avaliação, no Programa SACI, parte do processo de aprendizagem os parâmetros e
indicadores da avaliação são previamente explicitados e acordados nos grupos/turmas (tutores e alunos),
logo nos primeiros encontros, gerando o que denominamos de “Contrato de Convivência”.
Os alunos serão ainda avaliados em função de sua assiduidade, pontualidade, desempenho das
atividades nos testes cognitivos. Seguindo os critérios previamente estabelecidos os tutores farão suas
avaliações e os alunos procederão a sua auto-avaliação, de forma processual.

3
CRONOGRAMA
INTRODUÇÃO À DISCIPLINA
Atividade do Aluno Atividade do Orientador Local ANOTAÇÕES
Data: 05/03/2009
1. Assistir à apresentação e levantar dúvidas para 1. Proferir aula sobre o tema “Saúde e Cidadania” – Auditório da
os devidos esclarecimentos. Palestrante: Profª. Dra. Raimunda Germano Reitoria da
2. Assistir à exposição e participar do debate. 2. Habilidades e competências gerais dos profissionais UFRN
OBS: Registrar no Portifólio da saúde: avanços e dificuldades da Atividade de
Educação Saúde e Cidadania.(SACI)
Palestrante: Profª Dra. Rosalba Pessoa
Timóteo

Atividade do Aluno Atividade do Orientador Local ANOTAÇÕES


Data: 12/03/2009
3. Assistir à apresentação e levantar dúvidas para 1. Proferir aula sobre avaliação na SACI, com ênfase
os devidos esclarecimentos. no. Portifólio de aprendizagem –
4. Assistir à exposição e participar do debate Palestrante: Profª. Ms. Francisca Nazaré
Liberalino.
OBS: Registrar no Portifólio
2. Apresentação sobre o Município de Natal destacando
as características gerais da Cidade e a inserção da SACI
no Distrito Sanitário Oeste e em Mãe Luíza. Auditório da
 perfil epidemiológico; Reitoria da
 organização de serviços; UFRN.
 equipamentos sociais;
 controle social.
Palestrante: Profª. Ms. Marjorie Fonseca
3. Divisão dos grupos interdisciplinares e
multiprofissionais de acordo com os locais de trabalho

1a. UNIDADE: APRENDENDO A TRABALHAR EM E COM O GRUPO


Atividade do Aluno Atividade do Orientador Local ANOTAÇÕES
Data 19/03/2009

4
5. Participar da aula a partir das orientações 1. Coordenar a dinâmica de apresentação dos membros Unidades
dadas; da turma e a Proposta do Programa Saci. Básicas de
6. Conhecer o Programa e compreender o seu 2. Problematizar e sistematizar a noção de “Trabalho em Saúde
papel como sujeito ativo do processo; grupo”.
7. Participar da elaboração coletiva de uma 3. Estabelecer um debate sobre as diferentes
concepção sobre “trabalho em grupo” a partir das concepções acerca do que seja trabalho em grupo.
seguintes questões:
4. Orientar (de acordo com o texto) e participar da
 O que é uma equipe? discussão, sistematizando pontos importantes,
 Quais as características de um trabalho em resgatando a discussão da atividade anterior buscando
equipe? também introduzir os conceitos de multiprofissionalidade
 Quais os objetivos de um trabalho em equipe? e interdisciplinaridade.
 Qual a importância do trabalho em equipe? 5. Orientar a próxima atividade – passeio exploratório:
8. Ler e discutir o texto “O trabalho em equipe” quanto à preparação material (água, roupa e calçado
Distritos
Oeste/Leste
9. Discutir a agenda de trabalho da próxima adequados p/ caminhada, protetor solar e boné), registro
atividade: Passeio exploratório, atentando para o e documentação (anotações, fotografias, filmagens)
processo de estrangeiramento e respeito à cultura alertando os alunos para o processo de
local. estrangeiramento e respeito à cultura local.
OBS: Registrar no Portifólio 6. Orientar como os alunos podem ter acesso aos textos
básicos e ao material bibliográfico, indicados pela
disciplina.

2a. UNIDADE: VIVENCIANDO A REALIDADE


Atividade do Aluno Atividade do Orientador Local ANOTAÇÕES
Data 26/03/2009
10. Participar da construção do “Contrato de 1. Recepcionar os alunos e conduzir a discussão e
Convivência” para a construção de uma “Ação sistematizar o “Contrato de Convivência”
Comum”. 2. Organizar a apresentação da USF com destaque para Unidades
11. Participar da apresentação dos objetivos da a missão, organização do trabalho, principais problemas Básicas de
SACI, conhecer a missão e organização do de saúde e formas de enfrentamento. Saúde (UBS)
trabalho na USF, principais problemas de saúde e 3. Lembrar aos alunos para não esquecerem de trazer
formas de enfrentamento . água, protetor solar, boné , roupas e calçados
BAIRRO
OBS: Registrar no Portifólio adequados para a caminhada que ocorrerá na aula
seguinte
Atividade do Aluno Atividade do Orientador Local ANOTAÇÕES
Data: 02/04/2009

5
12. Ler e discutir o texto “Porque usar técnicas 1. Orientar um “passeio exploratório” no bairro,
etnográficas no mapeamento” de Cynthia Sarti. estimulando a criatividade nos registros.
13. Participar da visita, registrando aspectos 2. Coordenar a leitura e discussão do texto “Porque usar
relevantes no diário de campo (equipamentos técnicas etnográficas no mapeamento” de Cynthia Sarti.
sociais). 3. Realizar o passeio exploratório juntamente com alunos
14. Anotar pontos de referência, relativos ao que e agentes comunitários de saúde
considerar como problemas, fazer fotografias, 4. Lembrar aos alunos para não se esquecer de trazer BAIRROS
conversar com as pessoas e observar os água, protetor solar, boné, roupas e calçados adequados
equipamentos sociais existentes. para a caminhada que ocorrerá na aula seguinte
OBS: Anotar os pontos de referência relativos ao 5. Orientação para visita domiciliar
que consideram Equipamentos Sociais, fazer
fotografias, conversar com as pessoas. (www.saude.gov.br ).
OBS: Registrar no Portifólio
Atividade do Aluno Atividade do Orientador Local ANOTAÇÕ ES
Data: 16/04/2009
15. Visitar equipamentos sociais, usuários e 1. Organizar visitas aos equipamentos sociais do bairro:
BAIRROS
participantes de grupos organizados da UBS UBS, Escolas, Creches, Conselhos Comunitários e
(hipertensos, diabéticos, gestantes, idosos, outros espaços.
jovens).
OBS: Registrar no Portifólio

3 a . UN ID A D E: S EL EC IO N AN DO E T RA B AL HA ND O O PR O BL EM A
Atividade do Aluno Atividade do Orientador Local ANOTAÇÕ ES
Data: 23/04/2009
16. Visitar equipamentos sociais, usuários e 1. Organizar visitas aos equipamentos sociais do bairro: BAIRRO
participantes de grupos organizados da UBS UBS, Escolas, Creches, Conselhos Comunitários e
(hipertensos, diabéticos, gestantes, idosos, outros espaços.
jovens).
OBS: Entrega das anotações do Portifólio, com
UBS
os registros efetuados até a data de 16/04/09.

OBS: Registrar no Portifólio


Atividade do Aluno Atividade do Orientador Local ANOTAÇÕ ES

6
Data: 30/04/2009
17. Apresentar e discutir os dados das visitas aos 1. Coordenar a análise e discussão dos dados das
usuários e participantes de Grupos organizados visitas domiciliares. UBS
das UBS. 2. Coordenar a leitura e discussão do texto: “Promoção
18. Ler e discutir o texto: “Promoção da saúde da saúde na atenção básica“.
na atenção básica“ 3. Coordenar a leitura e discussão do texto “O conceito
19. Proceder à leitura e discussão do texto “O de saúde e do processo saúde-doença”.
conceito de saúde e do processo saúde- 4. Orientar pesquisas no site (www.saude.gov.br ).
doença”
OBS: Registrar no Portifólio
Atividade do Aluno Atividade do Orientador Local ANOTAÇÕ ES
Data: 07/05/2009
20. Sistematizar as informações sobre o que foi 1. Coordenar a análise e discussão das informações; UBS
observado e percebido durante as atividades 11,
12, 13, 14 E 15.
2. Ajudar na elaboração do “Mapa social”, utilizando
21. Participar da discussão no grupo e fazer o mapas do bairro p/ trabalhar com os alunos a noção de
exercício de estabelecimento de prioridades para espacialidade, como também a relação saúde e meio
os referidos problemas. ambiente, além de organizar o espaço para a
22. Apresentar os resultados em forma de apresentação do trabalho dos alunos.
desenho criando um mapa social. Ao final, com 3. Coordenar a leitura e discussão do texto “O poder do
base nos dados apresentados, discutir o cidadão”.
diagnóstico de saúde da área, identificando os
principais problemas, juntamente com
profissionais de saúde e, se possível, com
representantes dos equipamentos sociais
visitados.
Proceder à leitura e discussão do texto “O poder
do cidadão”
OBS: Registrar no Portifólio
Atividade do Aluno Atividade do Orientador Local ANOTAÇÕ ES
Data : 14/05/2009

7
23. Ler, refletir e participar da UBS ou Sala
dinâmica 1. Coordenar a leitura das dinâmicas da pescaria e do
expressando opiniões acerca do tema. abrigo subterrâneo. do
24. Com base na discussão anterior selecionar um Departamento
problema, considerando sua prioridade e 2. Coordenar a plenária, ajudando o grupo na reflexão; de Saúde
viabilidade para ser trabalhado, justificando suas Coletiva,
escolhas, apoiadas nos seguintes pontos: 3. Após a seleção do problema, conduzir uma Enfermagem
>Razão da escolha; discussão sobre: ou
>Facilidade e dificuldades; >Razão da escolha; Odontologia .
>Recursos; >Facilidade e dificuldades;
>Ajuda possível, >Recursos;
>Resultados esperados >Ajuda possível,
25. Participar da discussão esclarecendo dúvidas >Resultados esperados
4. Orientar a teorização, durante a semana, sugerindo
OBS: Registrar no Portifólio bibliografias e locais de acesso
OBS: Entregar o portifólio individual impresso,
incluindo as sugestões realizadas pelos tutores
e os registros feitos desde a aula inaugural até
o dia 07/05/09.

Atividade do Aluno Atividade do Orientador Local ANOTAÇÕ ES


Data: 21/05/2009
26. Discutir as estratégias para a execução das 1. Assessorar o planejamento de acordo com o roteiro UBS ou Sala
estabelecido
atividades propostas, seguindo planilha. do
2. Acompanhar a preparação para a execução do Plano Departamento
27. Elaboração do Plano de Intervenção. de Intervenção. de Saúde
3. Coordenar a leitura e discussão do texto “Saúde e Coletiva,
28.. Ler e discutir o texto “Saúde e Cidadania”.
cidadania”. Enfermagem
4. Sugerir bibliografia, sites, vídeos para a elaboração do ou
OBS: Registrar no Portifólio Plano de Intervenção. Odontologia
Atividade do Aluno Atividade do Orientador Local ANOTAÇÕ ES
Data: 28/05/2009

8
29. Apresentação e entrega aos tutores do Plano 1 Discutir com os alunos, profissionais de saúde e EQUIPAMENTO Último dia para pedidos de
lideranças comunitárias a viabilidade do plano elaborado. trancamento de matrícula em
de intervenção escrito. SOCIAL disciplinas.
SELECIONADO
30. Discutir e acatar as sugestões feitas pelos 2. Propor modificações no sentido de aperfeiçoá-lo
tutores, profissionais de saúde, lideranças
comunitárias e trabalhadores do equipamento
social escolhido.

OBS: Registrar no Portifólio

Atividade do Aluno Atividade do Orientador Local


Data: 04/06/2009
31 Executar e avaliar o Plano 1. Acompanhar e avaliar a execução do plano,
articulando com os eixos temáticos da disciplina: Equipamento
Educação e Cidadania, Vigilância à Saúde, social ou local
escolhido pelo
Humanização e Ética, comunicação em Saúde e
grupo
OBS: Registrar no Portifólio
Trabalho em Equipe.

Atividade do Aluno Atividade do Orientador Local ANOTAÇÕ ES


Data: 18/06/2009
32. Realizar a avaliação final da disciplina. 1. Aplicar os instrumentos de auto-avaliação do aluno e
de avaliação da disciplina.
33. Entrega do portifólio final digital em
2. Receber os portifólios finais no formato digital (CD-
Local escolhido
arquivo único, incluindo os registros de todas pelo grupo
room).
as aulas, desde o início da disciplina até o dia
3. Coordenar a plenária e o processo de avaliação final.
04/06/09. (CD-room).

Atividade do Aluno Atividade do Orientador Local ANOTAÇÕ ES


Data: 25/06/2009
34. Apresentar de forma livre e criativa os 1. Coordenar a plenária e o processo de avaliação final;
Local escolhido
resultados do trabalho executado; 2. Encerramento da Disciplina. pelo grupo
35. Participar do encerramento da Disciplina

9
Bibliografia:
VITÓRIA, Solange. Pedagógico: Portfólio instrumento de avaliação. Disponível em <http: eaprender.ig.com.Br> acesso em: 20 jul. 2005
VILAR, Rosana Lúcia Alves de. Saúde e Cidadania . Natal, [1994] 3 f. apostilha
PINSKY, Jaime & PINSKY, C. Bassanezi (Orgs.) História da Cidadania . São Paulo: Contexto, 2003
SARTI, Cynthia A. Porque usar técnicas etnográficas no mapeamento. Disponível em : <www.projetoquixote.epm.br/livro.doc.
CARVALHO, Antonio Ivo; GOULART, Flávio A. de Andrade. Gestão de Saúde : curso de aperfeiçoamento para dirigentes municipais de saúde: programa e educação à
distância. Rio de Janeiro: Fiocruz; Brasília: UNB. 1998. v.1. 157 p. Módulo I, p.35-57
PIANCASTELLI, Carlos Haroldo; FARIA, Horacio Pereira de; SILVEIRA, Marília Resende da. O trabalho em equipe. P.45-50 (não foi possível recuperar o documento original
SALAZAR, Andréa; RODRIGUES, Karina Grou; SILVER, Lynn; SCHEFFER, Mário. (Orgs.) O SUS pode ser seu melhor plano . Disponível em : www.idec.org.br.

10