CENTRO EDUCACIONAL LA SALLE Associação Brasileira de Educadores Lassalistas – ABEL SGAS Q. 906 Conj. E C.P.

320 – Fone: (061) 3443-7878 CEP: 70390-060 - BRASÍLIA - DISTRITO FEDERAL

Disciplina: Língua Portuguesa Professor(as): Eliane Fontenele Série: 8º Turmas: 81, 82, 83 e 84

Trimestre: 1º

Conteúdos

PLANEJAMENTO ANUAL / TRIMESTRAL – 2013 Habilidades
 Desenvolver estratégias de leitura: índices de previsibilidade, explicitação do conteúdo implícito, levantamento de hipóteses, relações de causa e conseqüência, de temporalidade e espacialidade, transferência, síntese e generalização, tradução de símbolos, relações entre forma e conteúdo, etc.  Comparar textos, buscando semelhanças e diferenças quanto às idéias e ao gênero.  Aprimorar a leitura oral, exercitando-a a partir de orientações sobre pontuação, entonação e ênfase.  Debater temas propostos pelos textos e desenvolver habilidades de expressão e argumentação orais.  Utilizar a noção de verossimilhança na narrativa.  Conhecer o texto teatral como gênero e produzir textos teatrais com a finalidade de representálos.  Observar como ocorre o discurso citado em textos narrativos e exercitar os discursos direto e indireto.  Reconhecer a intencionalidade subjacente em enunciados em que se faz o uso do sujeito indeterminado.  Conhecer e identificar os casos em que uma oração não apresenta sujeito.  Observar o emprego de orações sem sujeito no registro coloquial da língua.  Conhecer e identificar os tipos de vozes verbais.

Avaliação
 1ª avaliação (3,0 pontos):  Interpretação de texto.  Sujeito indeterminado.  Oração sem sujeito.  Sujeito simples, composto, desinencial, indeterminado, inexistente.  Produção de texto  2ª avaliação (3,0 pontos):  Interpretação de texto.  Vozes do verbo (ativa, passiva, reflexiva).  Agente da passiva.  Produção de texto  Avaliação ponto) formativa (1,0

1. Leitura e produção de textos:  O texto teatral escrito.  O texto teatral.  A crítica.  O discurso citado.  O discurso citado nos textos ficcionais.  O discurso direto e o discurso indireto. 2. Estruturas linguísticas:  Frase, oração e período.  Sujeito indeterminado.  Oração sem sujeito.  Vozes do verbo (ativa, passiva, reflexiva)  Agente da passiva. 3. Livro literário:
 REY, Marcos. Crônicas para Jovens. Global

 Avaliações livres (3,0 pontos):  Produções de texto (pasta).  Testes dos livros paradidáticos.  Apresentações de trabalhos. (pasta de produções de texto)

eleita a partir de certo ponto de vista. o sociologismo.  Verificar. . da oração sem sujeito e das vozes verbais na construção de textos. realizada com uma intenção pré-determinada.  Privilegiar a leitura. Observar o uso das vozes verbais na linguagem publicitária. a função semântico-estilística do sujeito indeterminado. o historicismo etc. por meio de questões propostas.  Compreender que a natureza do texto é aparecerlhe como uma produção humana. cuja interpretação orienta-se pela ciência hermenêutica. para despertar nos alunos a necessidade de se ler o texto (e o contexto) literário sem orientações préestabelecidas como o psicologismo.

Leitura e produção de textos:  Textos relacionados ao universo da adolescência.  Avaliação ponto) formativa (1. produzindo pequenos textos envolvendo conotação.0 2. NOVAES. 320 – Fone: (061) 3443-7878 CEP: 70390-060 . nominal e verbo-nominal). tradução de símbolos.0 pontos):  Interpretação de texto.  Debater temas propostos pelos textos e desenvolver habilidades de expressão e argumentação orais. Valcyr. . inexistente. de temporalidade e espacialidade. à psicologia.  Aprimorar a leitura oral.  Construir os conceitos de complemento nominal e aposto.  Os predicados (verbal.  Os predicados (verbal. entonação e ênfase. relações entre forma e conteúdo.  A crônica argumentativa. transferência. Livro literário:  CARRASCO.  Testes dos livros paradidáticos.  Sujeito simples.  Adjunto adnominal.  Comparar textos. nominal e verbonominal)  O modo imperativo.  Produção de texto.  Produção de texto.DISTRITO FEDERAL Disciplina: Língua Portuguesa Professor(a): Eliane Fontenele Série: 8º Turmas: 81. Estruturas linguísticas:  O predicativo do objeto e o predicado verbo-nominal.  Conhecer a crônica como gênero.  Sujeito indeterminado. etc.  Complemento nominal.  Textos relacionados ao consumo: A educação e o consumismo.  O texto narrativo.  A linguagem conotativa. Ática.0 pontos):  Interpretação de texto. Produzir esses gêneros. buscando semelhanças e diferenças quanto às idéias e ao gênero.  Conhecer e identificar categorias sintáticas como o predicativo do objeto e o predicado nominal.  A crônica. Carlos Eduardo e outros. composto.  2ª avaliação (3. (coleção Quero ler) . E C. PLANEJAMENTO ANUAL / TRIMESTRAL – 2013 Habilidades  Desenvolver estratégias de leitura: índices de previsibilidade. exercitando-a a partir de orientações sobre pontuação.  Conhecer o anúncio publicitário e a carta de leitor como gêneros.P.  Exercitar níveis de significação das palavras.  Sistematizar o emprego do verbo no modo imperativo. indeterminado.0 pontos):  Produções de texto (pasta). aos valores e à sensibilidade do adolescente.  A carta de leitor. desinencial. relações de causa e conseqüência. 3.  Figuras de linguagem.  Complemento nominal.  Oração sem sujeito. levantamento de hipóteses. 83 e 84 Trimestre: 2º Conteúdos 1.CENTRO EDUCACIONAL LA SALLE Associação Brasileira de Educadores Lassalistas – ABEL SGAS Q.  O predicativo do objeto e o predicado verbo-nominal.  Figuras de linguagem.  O anúncio publicitário. 82.BRASÍLIA . explicitação do conteúdo implícito. Acontece na cidade:crônicas.  O modo imperativo. síntese e generalização. Avaliação  1ª avaliação (3.  Avaliações livres (3.  Utilizar a noção de verossimilhança na narrativa.  Construir o conceito de denotação e conotação. 906 Conj.

para despertar nos alunos a necessidade de se ler o texto (e o contexto) literário sem orientações préestabelecidas como o psicologismo.  Privilegiar a leitura. Scipione.  Reconhecer o valor expressivo das figuras de linguagem em textos literários e não-literários. SHAKESPEARE. estilísticos e semânticos relacionados ao complemento nominal e ao aposto.  Compreender que a natureza do texto é aparecerlhe como uma produção humana. realizada com uma intenção pré-determinada. cuja interpretação orienta-se pela ciência hermenêutica. W. o predicado verbo-nominal. (pasta de produções de texto) .  Apresentações de trabalhos. o sociologismo. o historicismo etc.Otelo.  Observar o papel semântico-estilístico do complemento nominal e do aposto na construção de textos.  Observar e exercitar aspectos semânticos e estilísticos que envolvem o predicativo do objeto. o modo imperativo e as figuras de linguagem na construção de textos.  Observar e pôr em uso aspectos discursivos. o mouro de Veneza – (adaptação – Hildegard Feist). eleita a partir de certo ponto de vista.

(sic).P. sociais e comportamentais. transferência.  A carta-denúncia.  Período composto por coordenação e subordinação. Produzir esses gêneros. 320 – Fone: (061) 3443-7878 CEP: 70390-060 . itálico.  Aprimorar a leitura oral.  Reconhecer e identificar as conjunções e seus respectivos valores semânticos. tradução de símbolos. 906 Conj. exercitando-a a partir de orientações sobre pontuação.  Textos relacionados às diferenças humanas: raciais.  Conhecer e exercitar a conectividade como princípio de coerência e coesão textuais.  A conectividade. 2.  Tipos de conjunções.0 pontos):  Produções de texto (pasta).  O vocativo. estilísticos e semânticos relacionados ao vocativo.  Comparar textos.  Construir o conceito de vocativo. relações entre forma e conteúdo.  Avaliações livres (3.0 1. de temporalidade e espacialidade.  Construir o conceito de aposto. relações de causa e conseqüência. síntese e generalização.  Emprego da palavra porque.CENTRO EDUCACIONAL LA SALLE Associação Brasileira de Educadores Lassalistas – ABEL SGAS Q.  Utilizar a noção de verossimilhança na narrativa. buscando semelhanças e diferenças quanto às idéias e ao gênero.  Período simples e composto.  Apresentações de trabalhos.  Problemas e valores semânticos concernentes à relação entre a pontuação e o complemento nominal. E C.  Conhecer o anúncio publicitário e a carta de leitor como gêneros.DISTRITO FEDERAL Disciplina: Língua Portuguesa Professor(a): Eliane Fontenele Série: 8º Turmas: 81. negrito.  Período composto por coordenação e subordinação.  Testes dos livros paradidáticos.  Avaliação apreciativa e o uso de recursos gráficos: aspas.  O texto de divulgação científica. (pasta de produções de texto) . o aposto e o vocativo.  Observar o papel semântico-estilístico do vocativo na construção de textos.  O aposto.  A pontuação.  Produção de texto. a publicidade na TV.  Aposto  Vocativo  A pontuação e o seu sentido no texto. 82.  Debater temas propostos pelos textos e desenvolver habilidades de expressão e argumentação orais.  Período simples e composto. Estruturas linguísticas:  A conectividade. 83 e 84 Trimestre: 3º Conteúdos PLANEJAMENTO ANUAL / TRIMESTRAL – 2013 Habilidades  Desenvolver estratégias de leitura: índices de previsibilidade.  Avaliação ponto) formativa (1.  A conjunção. levantamento de hipóteses. explicitação do conteúdo implícito. Leitura e produção de textos:  Textos relacionados ao consumo: o consumismo e a dona de casa.  Produção de texto.  As conjunções coordenativas e subordinativas.  A conjunção. entonação e ênfase. etc.  2ª avaliação (3.0 pontos):  Interpretação de texto.0 pontos):  Interpretação de texto.  Observar e pôr em uso aspectos discursivos.  Compreender e distinguir o período composto Avaliação  1ª avaliação (3.BRASÍLIA .

Júlio Emílio. POE. Clássicos Juvenis: Três por três. 1ª ed. eleita a partir de certo ponto de vista. para despertar nos alunos a necessidade de se ler o texto (e o contexto) literário sem orientações préestabelecidas como o psicologismo.Júlio. Livro literário: ASSIS.  Verificar. SP.  Privilegiar a leitura. Machado de. Memórias póstumas de Brás Cubas. VERNE.  Compreender que a natureza do texto é aparecerlhe como uma produção humana. cuja interpretação orienta-se pela ciência hermenêutica. o historicismo etc. BRAZ. Atual por subordinação e coordenação.  Apropriar-se de estruturas sintáticas específicas que envolvam tanto o período simples quanto o período composto. (adaptação José Louzeiro) Scipione.3. Edgar Allan. o sociologismo. . realizada com uma intenção pré-determinada. a função semântico-estilística da conjunção e do período composto na construção de textos. por meio de questões propostas.

Sign up to vote on this title
UsefulNot useful