Você está na página 1de 2

Os dogmas da Maonaria, podemos assim classificar, estariam estigmatizados nos Landmarks, que por definio so leis, obrigaes de tempo

o imemorial, que no se sabe onde e quando surgiram e, neste formato, imutveis, antigos, de uma prtica antes de qualquer instituio escrita ou compilada. . Os Landmarks, compilaes coletadas por vrios maons citam unanimemente em particular, a mais conhecida dos brasileiros, a de Galantin Mackey, que:
3 A lenda do terceiro grau um landmark importante , cuja integridade tem sido respeitada. Nenhum rito existe na Maonaria, em qualquer pas ou em qualquer idioma, em que no sejam expostos os elementos essenciais dessa lenda. As frmulas escritas podem variar e, na verdade, variam: a lenda, porm, de construtor do Templo constitui a essncia e a identidade da Maonaria. Qualquer rito que a exclusse ou a alterasse, materialmente cessaria, por isso, de ser um rito manico.1[1]

A Maonaria com suas lendas e smbolos, pode se apresentar para o maom incauto, como apenas traos e desenhos, decoraes e escritos fantasiosos etc. Alguns estudiosos acreditam que a Lenda de Hiram recente, sendo oficializada na Maonaria a partir da segunda edio da Constituio de Anderson (1738)2[2], estando, apenas, com 265 anos. Para outros, que realmente existiu desde os tempos imemoriais, no comeo do mundo, conforme a Bblia, como uma realidade histrica, embora apenas algumas das referncias da lenda possam ser encontradas na Bblia, como seus personagens e a prpria construo do Templo 3[3]. Outros citam que os fundamentos do relato alegricos de Tubal-Cam so a lenda que Grard de Nerval (1808-1855)4[4] colheu no bairro dos fundidores e ourives da velha Istambul da boca de um cantor profissional de estrias populares. O fato que a lenda lenda mesmo. A lenda relatada na maioria dos rituais manicos: Quando Salomo mandou construir o templo, confiou seus planos a um arquiteto chamado Hiram. Este arquiteto, para por ordem nos trabalhos, dividiu os trabalhadores segundo sua habilidade e como era grande o nmero deles, a fim de reconhec-los, quer para empreg-los segundo seu mrito, quer para remunera-los segundo seu trabalho, ele deu a cada categoria de aprendizes, A primeira edio da Constituio foi em 1723, sua impresso foi ordenada sob o ttulo: The Constitutions of the Free-Masons, Containing the History, Charges, Regulations, etc., of the Most Ancient and Right Worshipfl Fraternity. For the Use of the Lodge.
2[2]

Estas informaes so bblicas, podem ser encontradas, o resto pura lenda: I Reis, cap 6; II Crnicas, cap 2-3,4,5,6,7,8 e 9.
3[3]

A verso do escritor francs, em sua obra VOYAGE EN ORIENT (1851), segue de perto o ritual dramatizado que, a partir de 1723, acompanha a investidura no Grau de Mestre Maom.
4[4]

de companheiros e aos mestres palavras de passe e senhas particulares... Trs companheiros5[5] quiseram usurpar a posio de mestres, sem o devido merecimento; puseram-se de emboscada nas trs portas principais do templo, e quando Hiram se apresentou para sair, um dos companheiros pediu-lhe a

Vrios so os nomes dos CComp. - os mais conhecidos so: JUBELUS, JUBELA e JUBELUM.
5[5]

Você também pode gostar