Você está na página 1de 16

BLOCO I- MATEMÁTICA-8º ano

01-(E. M. Ministro Marcos Freire-D8) Dado o polígono de 5 lados:

Quantas diagonais podem ser traçadas nesse polígono?

(A)

(B)

(C)

(D)

podem ser traçadas nesse polígono? (A) (B) (C) (D) 3 4 5 6 02- ( E.

3

4

5

6

02- ( E. M. Ministro Marcos Freire- D12) A região retangular da figura abaixo tem as medidas de seu comprimento e de sua largura representada por expressões algébricas. Qual a expressão melhor representa o perímetro dessa figura?

(A)

x 6

(B)

10x + 6

(C)

6x + 10

(D)

10x 6

(B) 10x + 6 (C) 6x + 10 (D) 10x – 6 03- ( E. M.
(B) 10x + 6 (C) 6x + 10 (D) 10x – 6 03- ( E. M.

03- ( E. M. Ministro Marcos Freire-D28, 36) O gráfico de setores abaixo mostra o resultado de uma eleição na qual concorreram os candidatos A, B, C. O número total de votos válidos foram 12 000. Qual foi o número de votos do candidato A.

foram 12 000. Qual foi o número de votos do candidato A. (A) 3200 (B) 4800

(A)

3200

(B)

4800

(C)

4200

(D)

3000

04- ( E. M. Ministro Marcos Freire- Modificada-D20) Num depósito há 12 caixas, cada caixa contém 12 estojos, cada estojo contém 12 lápis. Qual potência melhor representa o total de caixas?

cada estojo contém 12 lápis. Qual potência melhor representa o total de caixas? (A) 12² (B)12³

(A) 12²

(B)12³

(C)3.4³

(D)4.3³

05-(SEMEC-D2)

As figuras abaixo representam as planificações de alguns poliedros , qual alternativa está compatível com a nomenclatura, nessa respectiva ordem:

compatível com a nomenclatura, nessa respectiva ordem: (A) Tetraedro; Cubo; Octaedro e Dodecaedro. (B)

(A)

Tetraedro; Cubo; Octaedro e Dodecaedro.

(B)

Tetraedro; Cubo; Octaedro e Icosaedro.

(C)

Tetraedro; Cubo; Dodecaedro e Octaedro.

(D)

Dodecaedro, Cubo; Octaedro e Tetraedro.

06-(E. M. Ministro Marcos Freire-D13) Na figura ao lado:

-O lado do quadrado A é 0,8m; -O lado do quadrado B é a metade do lado do quadrado A; -O lado do quadrado C é a metade do quadrado B. Qual a área total da figura.

(A)

0,84 m 2

(B)

0,86 m 2

(C)

0,78 m 2

(D)

0,64 m 2

(B) 0,86 m 2 (C) 0,78 m 2 (D) 0,64 m 2 07- ( E. M.

07- ( E. M. Ministro Marcos Freire-D 34) O pai de Almir foi a loja de materiais de construção e comprou uma lata de tinta e três latas de massa corrida pesando no total 22 kg. A diferença entre a lata de tinta e a de massa corrida é 6 kg. Qual sistema melhor representa essa situação?

22 kg. A diferença entre a lata de tinta e a de massa corrida é 6

08- (E. M. Luis Cláudio Josué-D12) Qual o perímetro da figura ao lado:

(A) 20 cm (B) 9 cm (C) 16 cm (D) 10 cm

da figura ao lado: (A) 20 cm (B) 9 cm (C) 16 cm (D) 10 cm

09- (E. M. Luis Cláudio Josué-D20) Veja o extrato bancário de Bernadete, no mês de agosto.

BANCO B S/A EXTRATO DE CONTA CORRENTE

AGENCIA: 0001 CONTA: 0000001-6

08/09/2003

Bernadete

Histórico

Valor em R$

agosto 2003

Depósito

 

243,50

Cheque

 

-87,70

Saque

 

-425,00

Cheque

 

585,80

Qual é o saldo que Bernadete tem, no mês de agosto? (A) R$ 229,00 (B) R$- 305,60 (C) R$ 316,60 (D) R$- 316,60

10-( SEMEC- D4) Diga qual propriedade melhor define a figura abaixo:

D4) Diga qual propriedade melhor define a figura abaixo: (A) Quadrilátero que possui todos seus lados

(A)

Quadrilátero que possui todos seus lados paralelos.

(B)

Quadrilátero que possui pelo menos dois de seus lados paralelos.

(C)

Quadrilátero que possui todos seus lados diferentes.

(D)

Quadrilátero que possui todos de seus ângulos diferentes.

11-(E. M. Luis Cláudio Josué-D 37) Na biblioteca da escola de Thais existem 750 livros, distribuídos de acordo com o seguinte gráfico.

Distribuição dos livros

250

200

150

100

50

0

Matemática

Matemática Português Ciências     Geografia História  
Português Ciências     Geografia História  

Português

Português Ciências     Geografia História  

Ciências

 
 
 
 
Geografia História

Geografia

História

 
 
 

Das tabelas a seguir, a que corresponde a esse gráfico é:

Das tabelas a seguir, a que corresponde a esse gráfico é: 12- ( E. M.Profª Efantina

12- ( E. M.Profª Efantina de Quadros- D15)

Na construção de uma ponte, foram gastas 5 toneladas de cimento. Podemos dizer que foram gastos:

(A)

50 Kg.

(B)

500 Kg.

(C)

5 000 Kg.

(D)

50 000 Kg.

13- ANULADA

BLOCO II MATEMÁTICA

01-( E.M. Machado de Assis-Polo- D8) O trajeto da vovó pela casa tem a forma de triângulo, cujos valores dos ângulos internos

estão indicados na figura. Com estas informações, indique o valor do ângulo a:

(A) 42º

(B) 52º

(C) 48º

(D) 90º

o valor do ângulo a: (A) 42º (B) 52º (C) 48º (D) 90º 02-( E.M. Machado

02-( E.M. Machado de Assis-Polo- Modificada-D13) Sabendo que x + y = 5 e x y = 3, encontre a área da figura abaixo:

(A)

(B)

(C)

(D) 15

31

23

13

a área da figura abaixo: (A) (B) (C) (D) 15 31 23 13 03-( E. M.

03-( E. M. Prof.João de Lima Paes-D12)

Dadas as figuras faça as relações:

de Lima Paes-D12) Dadas as figuras faça as relações: O polígono foi composto com essas figuras,

O polígono foi composto com essas figuras, encontre a expressão que representa o perímetro da figura:

encontre a expressão que representa o perímetro da figura: (A) P=10x (B ) P=11x (C )

(A) P=10x

(B ) P=11x

(C ) P=9x

(D ) P=8x

04-( E. M. Prof.João de Lima Paes- D 26) Uma fábrica de chocolates em gramados, produziu 20 mil ovos de chocolates, dos quais 12 mil foram feitos de chocolate ao leite e o restante de chocolate branco. Pedro, é o melhor aluno da escola nesse município, e foi escolhido para ganhar um ovo de chocolate. Calcule a possibilidade de Pedro ganhar um ovo de chocolate branco.

(A

) 1,6

(B

) 0,6

(C

) 0,4

(D

) 3,0

05-(E. M. Prof.João de Lima Paes-D21) Analise as seguintes proposições:

de Lima Paes-D21) Analise as seguintes proposições: Das proposições acima descritos, a opção que melhor

Das proposições acima descritos, a opção que melhor engloba as ideias verdadeiras é:

(A)

As afirmações I e III;

(B)

As afirmações II e III;

(C)

As afirmações I, II e IV;

(D)

Somente a afirmação III está correta.

06-(E. M. Prof.João de Lima Paes-D27) Luis sabe que π 2 = 9,8596, arredondando o valor de π para 3,14. Então, ele pergunta para você: Qual a raiz quadrada de 9,8596?

(A) π 2

(B)

para você: Qual a raiz quadrada de 9,8596? (A) π 2 (B) (C) 2 π (D)

(C) 2 π

(D) 3,14

07- (E. M.Prof. João de Lima Paes-D33)

O triplo de bolas de basalto somado com o dobro de saquinhos de pedras, equilibram-se com

500 quilogramas de tijolos, como está ilustrado na figura abaixo.

500
500

Concluindo, qual seria a sentença algébrica que melhor interpreta a situação?

(A)

x 3 + x 2 = 500

(B)

3 + x +x +2 = 500

(C)

3x+ 2y = 500

(D)

3x = 2y + 500

08-(SEMEC- D28) Observe os avanços de venda de uma loja em 2010 representado na tabela abaixo:

Meses

Vendas

Janeiro

R$ 50 000,00

Fevereiro

R$ 54 000,00

Março

R$ 60 000,00

Abril

R$ 72 000,00

Maio

R$ 73 000,00

Junho

R$ 75 500,00

Julho

R$ 77 500,00

É visível o aumento ao decorrer dos meses. Entre os meses de janeiro a março houve um

aumento de aproximadamente

(A) 20%.

(B)30%.

(C)40%.

(D) 10%.

09-(E.M. Ministro Marcos Freire-D2) Vamos montar a figura que está planificada abaixo.

Qual deverá ser a figura resultante após a montagem?

(A)

Prisma Pentagonal.

(B)

Pirâmide Triangular.

(C)

Cone.

(D)

Pirâmide quadrangular.

(C) Cone. (D) Pirâmide quadrangular. 10-(SEMEC-D32) Essa é a maquina do -6. Para cada número

10-(SEMEC-D32)

Essa é a maquina do -6. Para cada número que entra a máquina subtrai 6 e devolve o resultado. Veja a tabela de entrada e saída:

6 e devolve o resultado. Veja a tabela de entrada e saída: Analisando a tabela, qual

Analisando a tabela, qual o número que a completará e como podemos representá-la simbolicamente:

(A) 6; y=x +6

(B) -6; y=x-6

(C) -6; y=6x

(D) 6; y=x-6

11-(SEMEC-D22)

A tabela abaixo representa a preferência dos alunos de uma escola pelos diferentes times de futebol. Diga qual fração melhor representa a quantidade de alunos que torcem pelo Corinthians.

diferentes times de futebol. Diga qual fração melhor representa a quantidade de alunos que torcem pelo
diferentes times de futebol. Diga qual fração melhor representa a quantidade de alunos que torcem pelo

12-(SEMEC- D29) O mapa abaixo foi construído na escala 1:50 000 000 ou seja 1 cm do desenho corresponde a 500Km da distância real. Dessa forma a maior distância entre as extremidades norte e sul do Brasil é de aproximadamente 4 300. Essa medida no desenho equivale a:

de aproximadamente 4 300. Essa medida no desenho equivale a: (A) 8,6cm. (B) 8cm. (C) 9cm

(A) 8,6cm.

(B) 8cm.

(C) 9cm

(D) 7,5cm

13-(SEMEC-D37)

Um ônibus faz uma viagem da cidade A para a cidade B. O gráfico abaixo representa a distância percorrida em função do tempo, desde a partida até a chegada.

em função do tempo, desde a partida até a chegada. De acordo com as informações transmitidas

De acordo com as informações transmitidas no gráfico é correto afirmar que:

(A)

o ônibus chegou em seu destino após 5 horas de viagem.

(B)

o ônibus após 3 horas de viagem fez um percurso de 300Km.

(C)

o ônibus após 5 horas de viagem fez um percurso de 300km.

(D)

a distância entre as cidades é de 500Km.

BLOCO III LÍNGUA PORTUGUESA

01- (E.M.Profª Efantina de Quadros- D-05) - Leia as tirinhas e assinale a alternativa correta:

D-05) - Leia as tirinhas e assinale a alternativa correta: Pela leitura dos quadrinhos ao lado,

Pela leitura dos quadrinhos ao lado, podemos afirmar que:

(A)

o personagem realizou seus sonhos.

(B)

o personagem correu atrás de seus sonhos.

(C)

o personagem deixava tudo para o próximo

ano.

(D) o personagem morreu depois de realizar

seus sonhos.

(E.M.Luis Claudio Josué D-10)

Leia com cuidado o conto transcrito a seguir e depois responda às questões:02,03, 04,05 e

06.

Plebiscito

A

cena passa-se em 1890.

A

família está toda reunida na sala de jantar.

O

Sr. Rodrigues palita os dentes, repimpado numa cadeira de balanço. (

)

D. Bernardina, sua esposa, está muito entretida a limpar a gaiola de um canário-belga. Os pequenos são dois, um menino e uma menina. Ela distrai-se a olhar o canário. Ele,

encostado à mesa, os pés cruzados, lê com muita atenção umas das nossas folhas diárias. Silêncio. De repente, o menino levanta a cabeça e pergunta:

Papai, que é plebiscito?

O

Sr. Rodrigues fecha os olhos imediatamente para fingir que dorme.

O

pequeno insiste:

Papai?

 

Pausa. (

)

Que é? Que desejam vocês?

Eu queria que papai me dissesse o que é plebiscito.

Ora essa rapaz! Então tu vais fazer doze anos e não sabes ainda o que é plebiscito?

Se soubesse não perguntava.

O

Sr. Rodrigues volta-se para D. Bernardina, que continua muito ocupada com a gaiola:

Ó senhora, o pequeno não sabe o que é plebiscito!

Não admira que ele não saiba, porque eu também não sei.

Que me diz?! Pois a senhora não sabe o que é plebiscito?

Nem eu, nem você; aqui em casa ninguém sabe o que é plebiscito.

Ninguém, alto lá! Creio que tenho dado provas de não ser nenhum ignorante!

A sua cara não me engana. Você é muito prosa. Vamos: se sabe, diga o que é

plebiscito! Então? A gente está esperando! Diga!

A senhora o que quer é enfezar-me!

Mas, homem de Deus, para que você não há de confessar que não sabe? Não é

nenhuma vergonha ignorar qualquer palavra. Já outro dia foi a mesma coisa quando Manduca lhe perguntou o que era proletário. Você falou, e o menino ficou sem saber!

Proletário acudiu o Sr. Rodrigues é o cidadão pobre que vive do trabalho mal remunerado.

Sim, agora sabe porque foi ao dicionário; mas dou-lhe um doce, se me disser o que é

plebiscito sem se arredar dessa cadeira! (

)

O Sr. Rodrigues ergue-se de um ímpeto e brada:

Mas se eu sei!

Pois, se sabe, diga!

Não digo para não me humilhar diante de meus filhos! Não dou o braço a torcer! Quero conservar a força moral que devo ter nesta casa! Vá para o diabo!

E o Sr. Rodrigues, exasperadíssimo, nervoso, deixa a sala de jantar e vai para o seu quarto, batendo violentamente a porta.

No quarto havia o que ele mais precisava naquela ocasião: algumas gotas de água de

flor de laranja e um dicionário

(

)

Seu Rodrigues, venha sentar-se; não vale a pena zangar-se por tão pouco.

O negociante esperava a deixa. A porta abre-se imediatamente. Ele entra, (

sentar-se na cadeira de balanço. (

)

)

e vai

Plebiscito

E

olha para todos os lados a ver se há por ali mais alguém que possa aproveitar a lição.

Plebiscito é uma lei decretada pelo povo romano, estabelecido em comícios.

Ah! suspiram todos, aliviados.

Uma lei romana, percebem? E querem introduzi-la no Brasil! É mais um

estrangeirismo! (Artur Azevedo. Antologia do conto brasileiro: do Romantismo ao Modernismo. Org. de Douglas Tufano. São Paulo, Moderna, 1994, p. 34-5)

02-A palavra ou expressão que desencadeia a trama, nesse conto, é

(A) “pergunta”.

(B) “Silêncio”.

(C) “folhas diárias”.

(D) “De repente”.

03- No quarto havia o que ele mais precisava naquela ocasião: algumas gotas de água de

O humor presente na frase acima advém principalmente do fato de nos mostrar que

(A) a entrada do Sr. Rodrigues no quarto coincide com a presença ali de um dicionário, muito

útil naquela ocasião.

(B) o Sr. Rodrigues, um pai de família, necessita tomar gotas de água de flor de laranja para

se acalmar.

(C) o Sr. Rodrigues provocou toda aquela cena apenas para poder consultar o dicionário no

quarto.

(D) o quarto do casal Rodrigues tinha de tudo, desde água de flor de laranja até mesmo um

dicionário.

flor de laranja e um dicionário

04- Plebiscito E olha para todos os lados a ver se há por ali mais alguém que possa aproveitar a

lição.

As reticências utilizadas depois da palavra plebiscito, no fragmento acima transcrito, indicam por parte do personagem,

(A) dúvida.

(B) suspense.

(C) interrupção.

(D) emoção.

05- ( acrescentada D-02) No trecho “Ele, enconstado à mesa, os pés cruzados termo destacado se refere:

(A) ao Sr. Rodrigues.

(B) ao plebiscito.

(C) ao menino.

(D) ao canário.

(linha 5) o

06-(acrescentada-D-06) O texto “plebiscito” trata principalmente:

(A)

do significado da palavra “proletário”.

(B) de uma reunião de família.

(C)

do uso do dicionário.

(D) da falta de conhecimento.

(E.M.Profª Efantina de Quadros- ) -Leia o texto abaixo e responda as questões : 07 e 08.

As Amazonas Esse tapete de florestas com rios azuis que os astronautas viram é a Amazônia. Ela cobre mais da metade do território brasileiro. Quem viaja pela região não cansa de admirar as belezas da maior floresta tropical do mundo. No início era assim: água e céu. É mata que não tem mais fim. Mata contínua, com árvores muito altas, cortada pelo Amazonas, o maior rio do planeta. São mais de mil rios desaguando no Amazonas. É água que não acaba mais. SALDANHA, P.

07-(D-06) O texto “As Amazonas” trata principalmente:

(A)

da importância econômica do rio Amazonas.

(B)

das características da região Amazônica.

(C)

de um roteiro turístico da região do Amazonas.

(D)

do levantamento da vegetação amazônica.

08-(D-14) A frase que contém uma opinião do autor é:

(A)

“cobre mais da metade do território brasileiro”.

(B)

“não cansa de admirar as belezas da maior floresta”.

(C)”

maior

floresta tropical do mundo”.

(D)

“Mata contínua

cortada

pelo Amazonas.

09- (E.M.Profª Efantina de Quadros -D-03) - Veja a tirinha:

(E.M.Profª Efantina de Quadros -D-03) - Veja a tirinha: Na tirinha, a palavra “dolmindo ” significa

Na tirinha, a palavra “dolmindosignifica que:

(A)

o pé de Cebolinha perdeu a sensibilidade.

(B) o pé de Cebolinha estava doendo.

(C)

o pé de Cebolinha estava com sono.

(D) o pé de Cebolinha estava machucado.

10- (E.M.Profª Efantina de Quadros- D-05) - Oberve a figura e depois responda a questão.

.
.

Na propaganda acima, há:

(A)

uma relação entre o personagem Cebolinha e o carro Celta.

(B)

uma relação entre o nome do carro e a forma como Cebolinha pronuncia determinadas

letras.

(C)

uma relação entre a juventude de Cebolinha e o carro, definido como “nova geração”.

(D)

uma relação entre características físicas de Cebolinha e o carro.

11- (E.M.Profª Efantina de Quadros- D-12) -Leia o texto e responda.

Há muitos séculos, o homem vem construindo aparelhos para medir o tempo e não lhe deixar perder a hora. Um dos mais antigos foi inventado pelos chineses e consistia em uma corda cheia de nós a intervalos regulares. Colocava-se fogo ao artefato e a duração de algum evento era medida pelo tempo que a corda levava para queimar entre um nó e outro. Não há registros, mas com certeza diziam-se coisas como: “Muito bonito, não? Você está atrasado há mais de três nós!”

A finalidade do texto é:

(A) argumentar.

(B) descrever.

(Jornal O Estado de S. Paulo/1992)

(C) informar.

(D) narrar.

12- (E.M.Profª Efantina de Quadros- D-01) - Texto.

Se a sua operadora não desbloquear seu aparelho, a Oi faz isso de graça pra você. Aparelho desbloqueado é um direito seu. A Oi sempre lutou pela liberdade e foi a primeira operadora a só vender aparelhos não bloqueados. Agora que a oi comprou a Brasil Telecom, essa liberdade vai chegar até você. A Oi já vem desbloqueando gratuitamente os aparelhos celulares da Brasil Telecom GSM e agora vai fazer o mesmo com os clientes das outras operadoras. Vá a uma loja ou quiosque da Brasil Telecom ou procure um ponto de desbloqueio Oi pra desbloquear de graça seu aparelho.

Sobre a propaganda da Oi, é correto afirmar que:

(A)

a Brasil Telecom já desbloqueava aparelhos antes da Oi.

(B)

depois que comprou a Brasil Telecom, a Oi passou a desbloquear aparelhos de outras

operadoras.

(C)

a Oi desbloqueia gratuitamente apenas aparelhos da Oi e da Brasil Telecom.

(D)

a Brasil Telecom tornou-se a primeira operadora a ser comprada por outra, a Oi.

13-

(E.M.Machado de Assis-Polo- D-19) - Texto

Se

Você disse que não sabe se não Mas também não tem certeza que sim Quer saber? Quando é assim Deixa vir do coração Você sabe que eu só penso em você Você diz só que vive pensando em mim Pode ser Se é assim Você tem que largar a mão do não Soltar essa louca, arder de paixão

Não há como doer pra decidir Só dizer sim ou não Mas você adora um se

Eu levo a sério mas você disfarça Você me diz à beça e eu nessa de horror E me remete ao frio que vem lá do sul Insiste em zero a zero e eu quero um a um Sei lá o que te dá, não quer meu calor São Jorge por favor me empresta o dragão Mais fácil aprender japonês em braile Do que você decidir se dá ou não.

Analisando o termo em destaque na oração “Se é assim você tem que largar a mão do não”, temos:

(A) causa.

(B) concessão.

(C) condição.

(D) tempo.

BLOCO IVLÍNGUA PORTUGUESA

01- (E.M.Profª Efantina de Quadros- D-04)

Observe a tirinha a seguir e responda com atenção .

D-04) Observe a tirinha a seguir e responda com atenção . A informação que está implícita

A informação que está implícita na historinha é:

(A)

o Cebolinha quer ganhar um bumbo de presente.

(B)

o pai de Cebolinha quer ganhar um protetor de ouvidos.

(C)

o pai de Cebolinha está satisfeito com o pedido do filho.

(D)

o pai de Cebolinha está preocupado com o barulho do bumbo que Cebolinha pediu.

E.M.Prof.João de L.Paes-modificada)- Leia o Texto I e II e responda as questões 02 e 03.

TEXTO I

Contra os estigmas da balança A obesidade, atualmente considerada epidemia e motivo de preocupação mundial, é uma doença grave, crônica, de elevada mortalidade e causas múltiplas. Sua incidência tem aumentado de maneira assustadora em países desenvolvidos e em desenvolvimento, enquanto países mais pobres enfrentam ainda os problemas relacionados à carência nutricional. Um dos aspectos mais alarmantes dessa situação é a evidência de que vários países apresentam crescentes índices de sobrepeso e obesidade infantil e na adolescência. ( ) Embora sem ter alcançado a assustadora taxa da população americana, de quase 40% (em que também há 1% de obesos mórbidos cerca de 5 milhões), a obesidade e o sobrepeso no Brasil vêm assumindo preocupante importância epidemiológica. Estima-se que entre 2000 e 2005, o contingente de brasileiros com sobrepeso passará de 45 milhões para 60 milhões enquanto a população obesa saltará de 12 milhões para 17 milhões de pessoas. (Revista Viver)

TEXTO II

Um país que come pior e está mais gordo

A obesidade, um problema de saúde pública, vem ganhando contornos

epidêmicos no Brasil. Pulou de menos de 5% na década de 70, para 11% da população,

Como resultado de

pesquisa constatou-se que, nos últimos trinta anos, a alimentação piorou em qualidade

reduziu-se o consumo de alimentos essenciais e aumentou em 81% o de comida pronta ou

industrializada. “Essa pesquisa é uma pancada na boca do estômago da cultura alimentar do país”, afirma Lilibeth Ferreira, do IBGE, uma das responsáveis pela pesquisa.

segundo os critérios da Organização Mundial de Saúde (OMS). (

) (

)

nem o feijão com arroz, ícone da culinária nacional,

escapou da mudança de hábitos à mesa. O consumo desses itens caiu, e só mesmo a

população de menor renda continua mantendo firme a tradição. (Revista Veja)

A pesquisa revela que (

)

Vocabulário: Epidemia: ocorrência súbita, e em número elevado de pessoas de doença

02-De acordo com o

assustadora devido:

texto II, a incidência da obesidade tem aumentado de maneira

(A)

ao grande aumento da população.

(B)

ser um problema de saúde pública.

(C) a redução de consumo de alimentos essenciais e aumento de comidas prontas e industrializadas.

(D) ao país estar mais gordo.

03- Após lido os dois textos é possível identificar a semelhança entre eles.Qual seria essa semelhança?

(A)

ambos tratam sobre a crise financeira entre os paises.

(B)

ambos tratam do índice populacional.

(C)

ambos tratam sobre a epidemiologia da obesidade.

(D)

ambos tratam sobre a preocupação com comidas prontas e industrializadas.

04- (E.M.Prof.João de L.Paes- D-13) - Texto

Mente quieta, corpo saudável! A meditação ajuda a controlar a ansiedade e a aliviar a dor? Ao que tudo indica, sim. Nessas duas áreas os cientistas encontraram as maiores evidências da ação terapêutica da meditação medida em dezenas de pesquisas. Nos últimos 24 anos, só a clínica de redução dos estresses da Universidade de Massachutts monitorou 14 mil portadores de câncer, AIDS, dor crônica e complicações gástricas. Os técnicos descobriram que, submetidos a sessões de meditação que alteraram o foco da sua atenção, os pacientes reduziram o nível de ansiedade e diminuíram ou abandonaram o uso de analgésicos

O texto tem por finalidade:

(A ) criticar.

(B ) conscientizar.

Revista Superinteressante outubro de 2003.

(C ) denunciar.

(D ) informar.

05- E.M.Ministro M.Freire-D-07) -Texto.

O leão e o ratinho Alguns ratinhos brincavam de esconder. O menor saiu correndo em busca de um esconderijo onde ninguém o encontrasse. Viu algumas rochas e ficou muito alegre por

encontrar também uma caverna. Só muito tarde percebeu que a rocha era um leão dormindo

e que a caverna era a boca aberta do leão.

O felino ficou muito bravo por ter sido acordado e disse que iria castigar tanto

atrevimento. O ratinho pediu desculpas.

Prometo

que isso não vai acontecer nunca mais.

O leão perdoou o ratinho. Alguns dias depois, acordou novamente com os guinchos e

as correrias. Pensou: “Vou dar uma lição nesses ratinhos e se os pais deles não gostarem, morrerão também.” Acontece que os caçadores esperavam por ele há vários dias. Quando ele passou debaixo de uma árvore, jogaram a rede e o prenderam. Ele fez de tudo para sair, mas foi impossível. Os caçadores deixaram o leão na rede e foram avisar seus companheiros. O leão lutou muito tempo e seus rugidos estremeceram a floresta. Depois, cansado, ficou triste. Sabia que os homens iriam matá-lo ou então o levariam para algum zoológico bem longe.

leão.

Passado algum tempo, o leão ouviu uma voz junto de seu ouvido. Era o ratinho. Leão, vim tirar você dessa armadilha. Não acreditou. Como um animal tão insignificante poderia ajudá-lo? Chame alguém maior e mais forte. Você nunca conseguirá me tirar daqui

Sou pequeno, mas tenho os dentes afiados

disse o ratinho.

rugiu o

O ratinho roeu então as malhas da rede, uma por uma. Algum tempo depois, o buraco

ficou grande e o leão pôde escapar. Quando os caçadores voltaram, a rede estava vazia.

Extraído do TP6 GESTARII Fábula de Esopo.

A tese, em forma de ensinamento, contido no texto está em:

(A)

que algumas vezes o fraco pode ajudar o mais forte.

(B)

que quem desdenha quer comprar.

(C)

mais vale um na mão que dois voando.

(D)

que de grão em grão a galinha enche o papo.

(E.M.Prof.João de L.Paes- D-18) - Leia o texto e responda as questões 06 e 07.

Adivinhe qual é o melhor e maior zoológico do mundo?

(a)

o de Brasília

(b)

a natureza

(c)

o dos Estados Unidos

Acertou quem respondeu a letra (b). A natureza é a casa e a rua dos bichos. Bicho feliz vive livre sem gaiola nem jaula, nasce, cresce e morre no meio do mato. Vale para bichinho e para bichão, para onça e formiga, jacaré e garça. Um dos lugares do mundo de maior alegria da bicharada fica no Brasil, num pedaço dos Estados de Mato Grosso e Mato Grosso do Sul. Chama-se Pantanal Matogrossense.

O nome vem de pântano, aquela terra que é quase água, vive alagada, nas

temporadas de chuva mais parece um imenso lago de mais de 150 mil quilômetros quadrados, três vezes todo o Estado do Rio de Janeiro.

É lugar de muita chuva, chove metade do ano, os rios enchem, derramam e

transformam o pantanal na maior planície alagada de todo o planeta. Planície é como os livros de geografia chamam os lugares sem montanha. As tempestades começam em outubro. Vão até abril. Os bichos somem, procuram lugar seguro para se abrigar. Na seca, eles voltam, reaparecem. É bicho que nem cabe no olho da gente, muito menos nos dedos para contar. Eu queria crescer pra passarinho escreveu Manoel de Barros, o poeta que transformou o pantanal em versos.

Correio Brasiliense, 31/ 05 / 2003

06- A primeira parte do texto – de “Adivinhe” cria no leitor uma expectativa de que:

(A)

trata-se de um texto expositivo.

(B) trata-se de um texto informativo.

(C)

trata-se de um texto instrucional.

(D) trata-se de um jogo, de um teste.

07- Há um exemplo de linguagem poética em:

(A)

é lugar de muita chuva

(B)

um dos lugares do mundo de maior alegria da bicharada fica no Brasil

(C)

é bicho que nem cabe no olho da gente

(D)

és bichos somem, procuram lugar seguro para se abrigar

08- (E.M.Machado de Assis-Polo- D-19) -Leia o texto e responda a questão.

Pressa

Só tenho tempo pras manchetes no metrô E o que acontece na novela Alguém me conta no corredor Escolho os filmes que eu não vejo no elevador Pelas estrelas que eu encontro na crítica do leitor Eu tenho pressa e tanta coisa me interessa Mas nada tanto assim

Identifica-se termo da linguagem informal em :

Eu me concentro em apostilas coisa tão normal Leio os roteiros de viagem enquanto rola o comercial Conheço que o mundo inteiro por cartão-postal Eu sei de quase tudo um pouco e quase tudo mal Eu tenho pressa e tanta coisa me interessa mas nada tanto assim

Bruno e Leoni Fortunato. Greatest Hits ’80. WEA.

(A)

Leio os roteiros de viagem, enquanto rola o comercial” (V. 14-15).

(B)

“Conheço quase o mundo inteiro por cartão postal” (V. 16-17).

(C)

“Eu sei de quase tudo um pouco e quase tudo mal.” (V. 18-19).

(D)

“eu tenho pressa e tanta coisa me interessa, mas nada tanto assim.” (V. 20-21).

09- E.M.Ministro M.Freire -D-08) Leia o Texto e responda a questão.

A velocidade do cérebro

Quando uma pessoa queima o dedo, a dor é um sinal que o tato envia ao cérebro. Este, por sua vez, transmite outro sinal aos músculos, que reagem afastando a mão do fogo. A velocidade de circulação dessas mensagens surpreende: elas viajam a 385 km/h, mais rápido que um carro de fórmula 1.

TP6 GESTARII. Unidade 21. P. 27.

Os argumentos utilizados para mostrar a validade da tese do texto são

(A)

a descrição de como o sinal é enviado e os dados da velocidade.

(B)

quando uma pessoa queima o dedo.

(C)

elas viajam a 385 km/h.

(D)

porque todos os leitores já passaram por uma queimadura.

10(E.M.Ministro Marcos Freire - D-04) - Leia a Tirinha e responda.

Marcos Freire - D-04) - Leia a Tirinha e responda. O tom da comicidade da tirinha

O tom da comicidade da tirinha está na

(A)

forma como Zé interpreta a intenção da personagem.

(B)

cor do vestido que era muito chamativo.

(C)

maneira de falar de Zé.

(D)

por ela ser mais alta que ele.

11- E.M.Ministro M.Freire-D-02) Texto.

Treinar pela manhã.

Treinar em regiões com níveis elevados de poluição atmosférica pode afetar o rendimento. Estudos científicos indicam que isso provoca uma diminuição importante do aproveitamento e da performance. Em geral, a queda na capacidade de sustentar o esforço mais prolongado ocorre acompanhada de problemas respiratórios como tosse, dor ao inspirar e decréscimo da capacidade pulmonar. Uma boa opção é treinar o mais cedo possível, pela manhã, quando a qualidade do ar nas cidades é melhor.

Leia o trecho abaixo:

“Estudos científicos indicam que isso provoca uma O trecho destacado acima remete a

ISTOÉ, 21/1/2004

(A)

estudos científicos.

(B) níveis elevados de poluição.

(C)

a queda na capacidade de sustentar.

(D) atividades físicas pela manhã.

12- E.M.Ministro M.Freire-modificada-D-20) Leia os textos I e II e responda a questão.

Texto I Sentaram-se à mesa, depois de trocarem os cumprimentos habituais, as brincadeiras de sempre, os elogios forçados:

Cada vez mais jovem, mãe! Pai, Cada vez mais forte, heim? Filha, você emagreceu! Você foi elogiado pelo patrão, filho!

Português Linguagens, Editora Ática.

Texto II

Ao sabor da comida misturava-se o ressaibo dos rancores secretos crescendo como ervas malignas cobrindo as almas. O pai me batia, minha mãe não me entendia, meu filho estava bêbado na sua formatura e eu me sacrifiquei tanto por ele, a mãe enxotou meu namorado por implicar demais com ele, nunca entendi o que minha filha afinal quer da vida, a mãe sempre preferiu a outra, o pai é um medíocre, a mãe uma atrasada

Comparando os dois textos, percebe-se que eles são

(A) idênticos.

(B) divergentes.

(C) contrários.

(Português Linguagens, Editora Ática.)

(D) complementares.

13-(E.M.Luis Claudio Josué- D-18) - Leia o poema de José Paulo Paes transcrito a seguir e depois responda a questão.

Atenção, detetive Se você for detetive, descubra por mim que ladrão roubou o cofre do banco do jardim e que padre disse amém para o amendoim.

Se você for detetive, faça um bom trabalho:

me encontre o dentista

que arrancou o dente do alho

e a vassoura sabida

que deixou a louca varrida.

Se você for detetive, um último lembrete:

onde foi que esconderam as mangas do colete

e quem matou os piolhos

da cabeça do alfinete?

(José Paulo Paes. Poemas para brincar. 13 a ed. São Paulo, Ática, 1998)

Quando o poeta diz para o leitor descobrir “que padre disse amém / para o amendoim”, ele está fazendo uma brincadeira com

(A)

o som das palavras, pois amém está contido em amendoim.

(B)

a origem das palavras, pois a palavra amendoim vem da palavra amém.

(C)

o significado das palavras, pois ambas têm significados parecidos.

(D)

a acentuação das palavras, pois uma tem acento e a outra, não.