Você está na página 1de 4

ORAÇÃO DA MANHÃ DE SÁBADO

Cântico

Salmo 133: O Salmo da fraternidade

Oh! Quão bom e quão suave é que os irmãos vivam em união!

É como o óleo precioso sobre a cabeça, que desceu sobre a barba, a barba de Arão, que desceu
sobre a gola das suas vestes;

Como o orvalho de Hermom, que desce sobre os montes de Sião; porque ali o Senhor ordenou a
bênção, a vida para sempre.

Todos: Glória ao Pai……

Carta de São Paulo aos Efésios 2, 13-18

Agora, porém, graças a Jesus Cristo, vós que antes estáveis longe, vos tornastes presentes, pelo
sangue de Cristo.

Porque é ele a nossa paz, ele que de dois povos fez um só, destruindo o muro de inimizade que
os separava, abolindo na própria carne a lei, os preceitos e as prescrições. Desse modo, ele
queria fazer em si mesmo dos dois povos uma única humanidade nova pelo restabelecimento da
paz, e reconciliá-los ambos com Deus, reunidos num só corpo pela virtude da cruz, aniquilando
nela a inimizade.

Veio para anunciar a paz a vós que estáveis longe, e a paz também àqueles que estavam perto;

porquanto é por ele que ambos temos acesso junto ao Pai num mesmo espírito.

Qual é o “muro de inimizade” que Cristo quer destruir em mim neste encontro de FM?

Num momento de silêncio peço a força do Espírito Santo, o Espírito de amor, para começar a
demolir este muro. E, no seu lugar, construir uma ponte de amizade. Sim, porque “e muito mais
o que nos une do que aquilo que nos separa” (João XXIII).

Programa de Jesus para os construtores da paz

Bem-aventurados os misericordiosos

Bem-aventurados vós

que tendes um coração grande disposto a alcançar o mais longínquo dos irmãos
Bem-aventurados vós

que não amais só os que são lindos, simpáticos, inteligentes, mas também o último da classe
desprezado por todos.

Bem-aventurados vós

que nunca dizeis “basta” ao perdão e à amizade, mas procurais tornar-vos “o próximo” de quem
erra, do pobre, do antipático.

Bem-aventurados vós

que não dividis o mundo em bons e maus, espertos e burros, ricos e pobres, mas que considerais
a todos como irmãos, a compreender e a amar.

Bem-aventurados vós

que nunca dizeis “os amigos que tenho já me chegam!”, para não vos esquecerdes de todos
aqueles que no mundo estão sozinhos, tristes, à espera de amizade.

Bem-aventurados vós

que tendes um coração como o meu: grande como o mundo.

Bem-aventurados os obreiros da paz

Bem-aventurados vós

que não dizeis: ”Sempre foi assim... nada podemos fazer!” mas que lutais para construir a paz e
a justiça onde quer que vivais

Bem-aventurados vós

que não pensais que o poderoso sempre oprimirá o fraco; que o rico sempre explorará o pobre;
que o inteligente sempre zombará do ignorante...

mas que acreditais na vitória do amor e que, em cada dia, dais o vosso contributo para o
apressar.

Bem-aventurados vós

Que não dizeis: Não tenho a ver com isso; é assunto seu.

Que o resolva sozinho!”, mas assumis como vossas as dificuldades alheias.


Bem-aventurados vós

Que na criança menos dotada, obrigada a trabalhar, na criança ignorante e pouco educada, na
criança escarnecida e marginalizada, na criança tímida e doente

sabeisescutar o convite para construir um mundo melhor.

Bem-aventurado os que sofrem

Perseguição por causa da justiça

Bem-aventurado vós

Se não responderdes ao mal com o mal; se não vos vergardes diante das injustiças, da miséria e
da fome de tantos irmãos, diante da vulgaridade e da violência, mas prestais sempre o vosso
contributo

Bem-aventurados vós

que vos colocais do lado do mais pequeno, do mais pobre, do mais tímido

Bem-aventurados vós

quediante do mal não vos declarais neutrais; não vos refastelais na poltrona, mas estais
corajosamente na liça colocando-vos do lado do bem.

Bem-aventurados vós

que não esbanjais estupidamente a inteligência, os dotes, o vosso tempo furtando-vos à


construção de um mundo mais justo.

Bem-aventurados vós

que não vos contentais com o vosso bem-estar, com as vossas amizades, com a vossa
tranquilidade, mas trabalhais para que também os outros estejam como vós.

Bem-aventurados vós

se o vosso coração e as vossas mãos estiverem abertos a todos os filho de Deus espalhados pelo
mundo.
Cântico………………. (primeira parte)

Pai-Nosso

Ave-maria

Cântico…………………(segunda parte)