Você está na página 1de 10

A - Formularium

Página 1 de 10

Formularium

A - Formularium Página 1 de 10 Formularium Pesquisar o site Página inicial   A A

Pesquisar o site

Página inicial

 

A

A

B

C

D

EM EDIÇÃO

E

F

 

G

H

Ácido Acetil-Salicílico

I

K

Coloque num Becker 1,5 gr de ácido salicílico, acidione 3 ml de

anidrido acético e junte 3 gotas de ácido sulfúrico

L

concentrado. Aqueça a mistura durante 5 minutos, agitando-a de

M

vez em quando. Adicione 20 ml de água destilada e deixe esfriar

N

em um recipiente com gelo, para acelerar a cristalização. Enquanto

O

isso, atrite as paredes internas do Becker com um bastão de vidro.

P

Filtre no funil com papel de filtro, se possível sob sucção. Lave as

Q

paredes do Becker duas vezes com 5 ml de água destilada,

R

juntando a água de lavagem ao funil. Desprezar o líquido que

S

passou pelo funil, guardando os cristais que ficaram no papel de

T

filtro. Retire o papel do funil e coloque em um vidro de relógio, para a aspirina secar ao ar.

V e W

X

 

Sitemap

Esta síntese possui artigo mais completo em Scientia Est Potentia

Plus

 

Ácido Glicólico e Hidroquinona

Obs.: A principal incompatibilidade do Ácido Glicólico num creme com Hidroquinona seria a presença de compostos contendo enxofre. O uso de metabissulfito de sódio, em cremes que contenham ácido glicólico, como antioxidante não é adequado, podendo levar à formação de compostos tio-glicólicos com odor desagradável. O antioxidante que pode ser utilizado é uma mistura de Vitamina C (0,5%) com Vitamina E (0,05%).

Quanto às Bases Utilizadas:

1.Creme Não Iônico

Creme Polawax (Croda): é incompatível com a associação Hidroquinona+Ácido Glicólico.

Creme Cosmowax J (Croda): tem uma boa incorporação para a mistura Hidroquinona+Ácido Glicólico. Seria a melhor opção para se trabalhar com cremes não iônicos.

2.Outras Opções:

Creme Lanette: é compatível com a associação.

Gel de Natrosol a 2%: é compatível com a associação.

Creme Associação de Cera Catiônica Auto-Emulsionante (Incroquat) + Cera Não Iônica.

A - Formularium

Página 2 de 10

Behenil TMS + Cosmowax J: melhor opção em termos de compatibilidade, não há desestabilização do creme e a oxidação da hidroquinona se dá mais lentamente.

Formulação Proposta

Incroquat Behenil TMS (Croda) Cosmowax

2%

J

10%

Propilenoglicol

5%

Phenonip

0,1%

Crodalan

LA

3%

Água Dest.

QSP

100 gr

Estas observações sobre formulações possuem versão mais completa em meu blog O Alquimista

Adoçante para Antisséptico Bucal

Ciclamato de

Cálcio

52 gr

Ciclamato de

Sódio

82 gr

Sacarina

Sódica

60 gr

Água

QSP

Conservantes

Metilparabeno

1 gr Ácido Benzóico

1 Lt

1 gr

Uso por Lt do antisséptico = 3 ml

Adubo Especial para Árvores Frutíferas

Nitrato de Potássio Cloreto de Potássio Fosfato de Potássio (Fosfato Tripotássico) Água

Nitrato de Potássio Cloreto de Potássio Fosfato de Potássio (Fosfato Tripotássico) Água
Nitrato de Potássio Cloreto de Potássio Fosfato de Potássio (Fosfato Tripotássico) Água
Nitrato de Potássio Cloreto de Potássio Fosfato de Potássio (Fosfato Tripotássico) Água

50 Kg

10 Kg

57 Kg

100 Lt

Feita a mistura dos elementos sólidos, junta-se a água. Quando tudo estiver bem dissolvido, emprega-se a solução em árvores frutíferas. A quantidade de adubo que cada árvore deve receber será de mais ou menos 1 Kg de adubo.

Adubo Especial para Roseiras

Gesso em Pó Superfosfato de Cálcio Nitrato de Sódio

5 Kg

1 Kg

750 gr

A - Formularium

Página 3 de 10

Cloreto de Potássio

750 gr

Junte tudo. Este adubo é empregado espalhando-se em porções de 200 gr ao pé de cadaroseirae regando-o durante dois dias seguidos paraque se assegure asuaimpregnação naterra.

Águade Barba

Álcool Comum

36 %

Álcool de Cereais

36 %

Mentol

0,1 %

Glicerina

2 %

Essência

0,5 %

Corante Azul ou outro (sol. aproxim. a2 %)

0,1 %

Águaqsp

100 %

Águade Barba(Águade Lavanda)

Álcool de Cereais

160 Lt

Mentol

150 gr

Glicerina

5 Lt

Essência

1250 ml

Corante Azul (Blue Ocean)

0,25 gr

Águaqsp

90 Lt

Águade Cloro (Bactericida)

Coloque bióxido de manganês num erlenmayer e feche-o com umarolha perfuradacom 2 furos com um funil de separação e umamangueirade PVC, aqueça-o enquanto gotejaácido clorídrico conc. Borbulhe o cloro que se desprende em águagelada. Use como águasanitária.

Águade Colôniade Álcool de Cereais

Álcool de Cereais Fixado

80 gr

Glicerina

10 gr

Essência

15 gr

Num erlenmayer coloque 80 gr de álcool de cereais. Acrescente 10 gr de ess~encia. Coloque a glicerina e agite com o bastão de vidro. Acondicione em recipiente, com o auxílio de um funil de vidro.

Águade ColôniaNatura

Álcool Neutro

500 gr

Essênciade Rosas

1 gr

Essênciade Cidra

2,5 gr

EssênciaMil Flores

7 gr

Tinturade Benjoim

2 gr

Essênciade Romero

1 gr

Essênciade Limão

2 gr

Essênciade Bergamota

5 gr

Macerar as essências no almofariz. Adicionar o álcool. Acondicionar num erlenmayer e tampar com rolha de borracha. Deixar umasemanaexposto ao sol. Filtrar com funil e papel de filtro. Enfrascar.

A - Formularium

Página 4 de 10

Água de Colônia Romero

Água de Milíssia

80 gr

Álcool Neutro

500 gr

Essência de Romero

1,5 gr

Essência de Cedro

1 gr

Essência de Limão

2 gr

Essência de Espiego

1 gr

Essência de Bergamota

2 gr

Essência Mil Flores

0,5 gr

Macerar as essências no almofariz. Adicionar o álcool. Acondicionar num erlenmayer e tampar com rolha de borracha. Deixar uma semana exposto ao sol. Filtrar com funil e papel de filtro. Enfrascar.

Água de Colônia de Rosas

Álcool Neutro

250 gr

Essência de Rosas

1 gr

Essência de Bergamota

1 gr

Essência de Laranja

1,5 gr

Essência Mil Flores

1 gr

Essência de Limão

2 gr

Macerar as essências no almofariz. Adicionar o álcool. Acondicionar num erlenmayer e tampar com rolha de borracha. Deixar uma semana exposto ao sol. Filtrar com funil e papel de filtro. Enfrascar.

Água Facial

Hexaclorofeno

10 gr

Mentol

10 gr

Glicerina

500 ml

Ácido Salicílico

10 gr

Água Destilada

5 Lt

Álcool

4,4 Lt

Essência

10 ml

Carbonato de Cálcio

5 gr

Corante

a gosto

Água Marinha para Aquários

Água Destilada

50 Lt

A - Formularium

Página 5 de 10

Cloreto de Sódio

1382,5 gr

Sulfato de Magnésio

346 gr

Cloreto de Magnésio

275,5 gr

Cloreto de Potássio

32,5 gr

Bicarbonato de Sódio

12,5 gr

Brometo de Sódio

5 gr

Fosfato de Sódio

2,5 gr

Cloreto de Estrôncio

0,75 gr

Iodeto de Potássio

0,25 gr

Misturar todos os componentes. Homogeneizar. Retirar um litro e dissolver neste 72,5 gr de cloreto de cálcio.

Água Tira Manchas

Saponina

1 parte

Água

65 partes

Álcool

35 partes

Gasolina Pura

1000 partes

Essência de Mirbana

2 partes

Dissolve-se a saponina na água. Juntam-se depois sucessivamente os demais produtos.

Água Velva

Álcool Mentol Água Alúmen de Potássio Ácido Salicílico Corante Glicerina Essência

100 ml 100 gr 150 ml 120 mg 50 mg 1 a 4 gotas 2,5 gr 5 gotas

Colocar água num Becker, adicionar o mentol, o alúmen e o ácido salicílico, agitando continuamente. Colocar o álcool e em seguida a glicerina e o corante, sempre sob agitação. Colocar a essência.

Álcool Etílico da Celulose

Obtenção do álcool através da fermentação da glicose extraída da celulose.

Materiais e Equipamentos

Ácido Clorídrico Concentrado Hidróxido de Sódio 10 % Destilador Levedo Bico de Bunsen Estufa Benzeno

Método

A - Formularium

Página 6 de 10

Coloque o papel velho dentro de uma solução de ácido clorídrico a 10 % em água. Deixe por um dia. A celulose do papel será convertida em glicose através da hidrólise. neutralise com Hidróxido de Sódio 10 %. Coloque a glicose obtida junto com o levedo dentro da estufa, na temperatura de 15 a 20° C. Após um dia destile. Redestile com benzeno.

Alimentos Congelados

Embalagens para Alimentos Congelados, Temperatura e "Tempo de Vida".

Produto

Material para

Temperatura de

 

Tempo de Vida do Alimento (meses)

Embalagem

Armazenamento

Carne Bovina

plástico ou

- 18 ° C

 

10 a 12

laminados

Carne Suína

plástico ou

- 18 ° C

 

3 a 6

laminados

Hamburguer

plástico ou cartões

- 18 ° C

 

3

Galinha

plástico ou

- 18 ° C

12

laminados

Carne Pré-Cozida

plástico

- 18 ° C

 

3 a 6

de peru

Pescados

plástico ou cartões

 

- 18 ° C

 

4 a 6

Bacalhau

plástico ou cartões

- 18 ° C

2 a 3

Lagosta Cozida

plástico ou cartões

- 18 ° C

2 a 3

Camarão

plástico ou cartões

- 18 ° C

2 a 3

Camarão Cozido

plástico ou cartões

- 18 ° C

8 a 10

Frutas

plástico

- 18 ° C

8

FDrutas

latas

- 18 ° C

12

Açucaradas

 

Suco de Frutas Concentrado

latas

- 18 ° C

 

24

Vegetais

plástico

- 18 ° C

8 a 15

Alimentos Enlatados

Condições de armazenamento para alimentos enlatados.

Produto

Temperatura de Armazenamento (°C)

Vida do Alimento (meses)

Tomate (Suco)

-

24

Tomate (Inteiros)

-

30

Tomate (Concentrado)

-

12

Tomate (Purê)

25

°C

12

Feijão

-

36

Palmito

-

12

Beterraba

25 °C

12

Aspargos

25

°C

12 a18

Sopas

25

°C

10

Frutas Cítricas e Abacaxi

-

13

Frutas em Geral

-

24

Salada de Frutas

-

36

Sucos Conc. e Congelados

25

°C

24

Pêssegos

-

36

A - Formularium

Página 7 de 10

Pêras

-

36

Suco deAbacaxi Conc.

-

12

Geléias

25

°C

24

Sucos deFrutas em Geral

25

°C

12

Alimento Refrigerados

 

Embalagens paa alimentos refrigerados.

 

Produto

Embalagem

 

Tempo de Vida do Alimento

LeitePasteurizado e

Plásticos, laminados,

5

a 8 dias

Homogenizado

vidros

 

LeiteEsterilizado

Laminados

5

dias

LeiteCondensado

Latas

12

meses

LeiteEvaporado

Latas

24

meses

Cremedeleite

Latas

6

a 9 meses

Queijo Parmesão

Plástico ou papel parafinado

6

meses

Camembert

Plásticos ou laminados com alumínio

2

a 3 semanas

Mozzarella

Plásticos

2

a 3 dias

Ricota

Plásticos ou laminados

2

a 3 meses

CarneFresca, Bovina

Plásticos

10

dias

CarneFresca, Suína

Plásticos

5

dias

CarneFresca, Carnes Fatiadas

sem embalagem

5

dias

CarneFresca, Galinha

Plásticos

4

a 5 dias

CarneProcessada, Bacon

Plásticos (a vácuo)

3

dias

CarneProcessada,

Plásticos (a vácuo)

3

a 4 semanas

Presunto

CarneProcessada,

Latas

2

anos

Presunto

CarneProcessada,

Plásticos (a vácuo)

3

a 4 semanas

Salsicha

Peixes Frescos, Bacalhau

14

dias

Peixes Frescos, Salmão

sem embalagem

 

12

dias

Peixes processados, Bacalhau Salg. eseco

sem embalagem

1 ano

Peixes processados

sem embalagem

1 ano

Arenque

Ovos frescos

sem embalagem

3 a 6 semanas

Ovos Congelados

sem embalagem

1

a 12 meses

Alúmen deCromo

Dicromato deamônio Álcool Etílico Ácido Sulfúrico 4 N (2 M)

24 gr

14 ml

200 ml

Água destilada

100 ml

Colocar 24 gr dedicromato deamônio em um erlkenmayer. Adicionar 100 ml deágua e14 ml deálcool etílico. Aquecer a solução agitando continuamenteaté a dissolução completa. Resfriar a solução em um banho deágua egelo. Adicionar lentamente200 ml deácido sulfúrico 4 N. Agitando sempreenão permitindo quea temperatura ultrapasse60 °C. Tapar com vidro derelógio, deixar em repouso total

A - Formularium

Página 8 de 10

por uma semana.

Anidrido Fosfórico

Fósforo Seco

20 gr

Iodo

10 gr

Colocar o fósforo em cuba, jogar o iodo sobre o fósforo com muito cuidado.

ATENÇÃO: REAÇÃO ENÉRGICA.

Anti-Ácido (Pó)

Bicarbonato de Sódio Carbonato de Sódio Ácido Tartárico Ácido Cítrico

Bicarbonato de Sódio Carbonato de Sódio Ácido Tartárico Ácido Cítrico
Bicarbonato de Sódio Carbonato de Sódio Ácido Tartárico Ácido Cítrico
Bicarbonato de Sódio Carbonato de Sódio Ácido Tartárico Ácido Cítrico

4,4 gr

10 gr

29 gr

18 gr

Misturar os pós demorada e intimamente.

Antioxidante para Géis e Cremes

Recomendado para o preparo de gel ou creme de Hidroquinona e Ácido Glicólico.

BHT

0,2 %

Para a neutralização do Ácido Glicólico deve ser usado hidróxido de sódio ou de amônio até um valor de pH=3.

Antitóxico Líquido

Acetil-Metionina Hidróxido de Sódio Inositol Bitartarato de Colina Extrato Fluido de Boldo Extrato Fluido de Alcachofra Extrato Fluido de Jurubeba Extrato Fluido de Ruibarbo Extrato Fluido de Cáscara Sagrada

Extrato Fluido de Casca de Laranjas Amargas 105 ml

5gr

6,9 gr

6 gr

450 ml

300 ml

450 ml

600 ml

450 ml

6 gr

Essência de Anis Essência de Hortelã Essência de Laranja Sorbitol Álcool Nipagin Glicerina Água Destilada

Essência de Anis Essência de Hortelã Essência de Laranja Sorbitol Álcool Nipagin Glicerina Água Destilada
Essência de Anis Essência de Hortelã Essência de Laranja Sorbitol Álcool Nipagin Glicerina Água Destilada
Essência de Anis Essência de Hortelã Essência de Laranja Sorbitol Álcool Nipagin Glicerina Água Destilada
Essência de Anis Essência de Hortelã Essência de Laranja Sorbitol Álcool Nipagin Glicerina Água Destilada
Essência de Anis Essência de Hortelã Essência de Laranja Sorbitol Álcool Nipagin Glicerina Água Destilada
Essência de Anis Essência de Hortelã Essência de Laranja Sorbitol Álcool Nipagin Glicerina Água Destilada
Essência de Anis Essência de Hortelã Essência de Laranja Sorbitol Álcool Nipagin Glicerina Água Destilada

3 ml

1,95 ml

1 ml

300 ml

300 ml

2,5 gr

600 ml

6000 ml

A - Formularium

Página 9 de 10

Açucar

Ajustar a pH 7.

2 Kg

Antisséptico Nasal (tipo Rinosoro)

Componente

Por ml desolução

Por Lt desolução

Cloreto deSódio

9 mg

9 g

Cloreto deBenzalcônio

0,1 mg

0,1 g

Água qsp

ml

Lt

Antisséptico para Picada deInsetos

Clorofórmio

15 gr

Essência deCravo

5 gr

Óleo deAmêndoas

80gr

Misturetodos os ingredientes na orgem da formulação e basta enfrascar.

Antisséptico para Picada deInsetos

Clorofórmio

15 gr

Essência deCravo

5 gr

Óleo deAmêndoas

80 gr

Misturetodos os ingredientes na orgem da formulação e basta enfrascar.

Antitussígenono Tratamento Sintomático da Tosse

Bromidrato dedextrometorfano Bromofórmio Água deAmêndoas Amargas Veículo Glicerinado eAromatizado

Bromidrato dedextrometorfano Bromofórmio Água deAmêndoas Amargas Veículo Glicerinado eAromatizado
Bromidrato dedextrometorfano Bromofórmio Água deAmêndoas Amargas Veículo Glicerinado eAromatizado
Bromidrato dedextrometorfano Bromofórmio Água deAmêndoas Amargas Veículo Glicerinado eAromatizado

15 mg

15 mg

0,05 ml

1 ml

Esterilizeum erlenmayer com água quente. Adicioneo bromidrato de dextrometorfano eem seguida adicioneo bromofórmio. Misturecom o agitador estes dois líquidos no erlenmayer esterilizado. Adicioneos outros dois componente evoltea agitar.

Azul deMetileno, Soluções de

Componentes

Loefler

Loefler

Gram

Gram

Ziehl-

(Form.

(Form.

(Form.

(Form.

Neelsen

 

I)

II)

I)

II)

Azul de

0,3 gr

2,3 gr

6,75

3,45

1 gr

metileno

gr

gr

Álcool Etílico

30 ml

230 ml

450 ml

230

ml

20

ml

96°GL

Hidróxido de

100 ml

770 ml

1500

770

ml

Potássio 0,01 % Aq. *

ml

Ácido Acético

50

ml

Glacial

Aquoso

Aquoso

Alcoólico

Tópico

2%

Saturado

1%

10 gr

20 gr

14 gr

1000 ml

A - Formularium

Página 10 de 10

Água qsp 1000 ml 1000 ml 1000 ml *Hidróxido de Potássio 0,01 % Aq. Hidróxido
Água qsp
1000 ml
1000 ml
1000 ml
*Hidróxido de Potássio 0,01 % Aq.
Hidróxido de Potássio
Águaqsp
0,1 gr.
1 Lt
Métodos
Loefler
Dissolver o azul de metileno no álcool.
Acrescentar asol. de hidróxido de potássio.
Filtrar.
Gram
Idem aLoefler.
Ziehl-Neelsen
Dissolver o axul de metileno no álcool, acrescentar o ácido e aágua.
Filtrar.
Comentários
Você não tem permissão paraadicionar comentários.

Fazer login | Denunciar abuso | Imprimir página | Remover acesso | Tecnologia Google Sites