TOPOGRAFIA DO CRÂNIO

MARCOS DE SUPERFÍCIE

MARCOS DE SUPERFÍCIE

MARCOS DA ÓRBITA

LINHAS DE POSICIONAMENTO
OBS.: A LOM TAMBÉM É DENOMINADA COMO LINHA HORIZONTAL AMERICANA. A LIOM TAMBÉM É DENOMINADA LINHA HORIZOTAL ALEMÃ, LINHA ANTROPOLÓGICA, LINHA DE FRANKFURT E LINHA DE REID. A LMM TAMBÉM É DENOMINADA COMO LINHA TRAGO-MENTONIANA

LINHA DE CHAMBERLAIN LINHA QUE VAI DO PALATO DURO À BORDA PÓSTEROSUPERIOR DO FORAME MAGNO .

ESFENÓIDE 1-ETMÓIDE PARTE DOS TEMPORAIS PARTE DO OCCIPITAL .FRONTAL 2 – PARETAL D 3 – PARIETAL E 4 – OCCIPITAL ASSOALHO (BASE DO CRÂNIO): 1 – TEMPORAL D 2 – TEMPORAL E 3 .ANATOMIA DO CRÂNIO OS OSSOS CANIANOS SÃO DIVIDIDOS EM CALVÁRIA (ABÓBADA.FRONTAL 2 – PARETAIS PARTE DOS TEMPORAIS PARTE DO OCCIPITAL ASSOALHO ( SOALHO OU BASE DO CRÂNIO): 1. SEGUNDO BONTRAGER CALVÁRIA (CALOTA CRANIANA): 1 .CALOTA OU CÚPULA CRANIANA) E O ASSOALHO (SOALHO OU BASE DO CRÂNIO).ESFENÓIDE 4 – ETMÓIDE SEGUNDO BOISSON E BIASSOLI CALVÁRIA (CALOTA CRANIANA): 1 .

ANATOMIA DO CRÂNIO .

Articulações Cada osso temporal articula-se com três ossos cranianos: um parietal.Articulações O osso frontal articula-se com quatro ossos cranianos: parietais direito e esquerdo. os dois temporais. o occipital. Articulações O etmóide articula-se com dois ossos cranianos: o frontal e o esfenóide. esfenóide e etmóide Articulações Cada osso parietal articula-se com cinco ossos cranianos: o frontal. o temporal. o esfenóide e o Atlas (primeira vértebra cervical). Articulações Devido à sua localização central. o occipital e o esfenóide. . o esfenóide e o parietal oposto Articulações O occipital se articula com seis ossos: os dois parietais.o esfenóide articula-se com todos os sete outros ossos cranianos.

ANATOMIA DO CRÂNIO .

ANATOMIA DO CRÂNIO .

PONTOS DE INTERSECÇÃO DE SUTURAS .

.

PA 0° DE CRÂNIO OU TRANSORBITÁRIA PÓSTEROANTERIOR .

LATERAL DE CRÂNIO RC 5CM SEPERIOR AO MAE .

DORSO DA SELA TURCA. ATMs.REVERCHON.A BASE DO CRÂNIO. MASTÓIDES E ARCOS ZIGOMÁTICOS. ALTSCHUL. FRONTO NUCAL OU SEMI-AXIAL AP ESTUDO RADIOLÓGICO: CRÂNIO.GRASHEY. BRETON. .FOSSAS TÊMPOROMANDIBULARES.MÉTODO DE TOWNE. CÔNDILOS MANDIBULARES.WORMS.EVIDENCIANDO O OCCIPITAL. RC 6 cm ACIMA DA GLABELA (ENTRANDO NO FRONTAL E PASSANDO NOS POROS ACÚSTICOS EXTERNOS).

OCCIPITO-FRONTAL ou PA VERDADEIRO DE CRÂNIO Bordas orbitárias inferiores .FRONTO-NASO. PA DE FACE.MÉTODO DE CALDWELL.

INCIDÊNCIA SUBMENTOVÉRTICE.HIRTZ OU AXIAL DE CRÂNIO RC 2 cm ANTERIOR AOS MAES .

MÉTODO DE HAAS RC 25º CEFÁLICO À LOM .

SELA TURCA .LATERAL RC 2CM ANTERIOR E SUPERIOR AO MAE .

MÉTODO DE TOWNE RC 4CM ACIMA DA GLABELA. . 30º (CLINÓIDES ANTERIORES) e 37º (CLINÓIDES POSTERIORES).

Ossos da Face 2 Maxilas 2 zigomáticos 2 Ossos lacrimais 2 Ossos nasais 2 Conchas nasais inferiores 2 Ossos palatinos 1-Vômer 1-Mandíbula 14-Total .

Articulacões Palatino Cada palatino se articula com dois ossos cranianos. e com quatro ossos faciais. o frontal e o etmóide. e com dois ossos faciais.Articulações Cada maxila se articula com dois ossos cranianos – o frontal e o etmóide e com sete ossos faciais . a maxila. uma maxila. o frontal e o etmóide. uma maxila e uma concha nasal inferior.e com um osso facial. e com dois ossos faciais. o esfenóide e o temporal . um nasal. uma maxila. uma concha nasal inferior. um palatino. um lacrimal.um zigomático. Articulações Cada osso zigomático se articula com três ossos cranianos o frontal. o esfenóide e o etmóide. Nasal Cada osso nasal também se articula com dois ossos cranianos. o vômer e o palatino oposto. uma concha nasal inferior. um lacrimal e um palatino. o etmóide. Articulações Conchas nasais inferiores Cada concha nasal inferior se articula com um osso craniano. e com três ossos faciais. Articulações lacrimal Cada osso lacrimal se articula com dois ossos cranianos. uma maxila e o osso nasal oposto. . o vômer e a maxila oposta.

Articulações O vômer articula-se com dois ossos cranianos. e com quatro ossos faciais.) . (O vômer também se articula com a cartilagem septal. o esfenóide e o etmóide. os palatinos direito e esquerdo e as maxilas direita e esquerda.

.

OSSOS DA FACE .

OSSOS DA FACE .

OSSOS DA FACE .

OSSOS DA FACE .

OSSOS DA FACE OSSOS DAS ÓRBITAS Cranianos Frontal Etmóide Esfenóide / Faciais Maxila Zigoma Lacrimal Palatino .

.MÉTODO DE CALDWELL. PA DE FACE. OCCIPITO-FRONTAL ou PA VERDADEIRO DE CRÂNIO PARA OSSOS e SEIOS DA FACE.FRONTO-NASO.

WALDRON.PARIETO-OCCIPITAL. MENTO-NASO. PARA OSSOS e SEIOS DA FACE. . BLONDEAU.INCIDÊNCIA DE WATERS.

MÉTODO DE WATERS – BOCA ABERTA .

LATERAL DA FACE OSSOS DA FACE .

WATERS MODIFICADO OSSOS DA FACE .

25 CM INFERIOR AO NÁSIO .PERFIL PARA OPN RC 1.

TANGENCIAL SÚPERO. .INFERIOR RC ANGULADO ATÉ QUE O NÁSIO FIQUE PARALELA A LGA.

SMV – ARCO ZIGOMÁTICO .

. BOCHEXA E NARIZ CONTRA A MESA. POSICIONE A LAM PERPENDICULAR AO FILME.MÉTODO DE RHESE QUEIXO. RC CENTRADO NA ÓRBITA VOLTADA PARA BAIXO.

PA OU PA AXIAL DE MANDÍBULA PA AXIAL .ATM. A CABEÇA DOS CÔNDILOS E OS PROCESSOS CONDILÓIDES .

AXIAL OBLÍQUA DE MANDÍBULA RC 25º CEFÁLICO EM RELAÇÃO A LIP. .

. Centre o filme para a ATM projetada. centrado para 1.3 cm anteriormente e 5 cm superiormente ao MAE superior.INCIDÊNCIA AXIOLATERAL: ATM Método de Schuller Raio Central Angule o RC 25 a 30° caudalmente.

* * * * PROTOCOLO : STENVERS SCHULLER MAYER .

centralizado para sair na ponta da mastóide inferior. entrando aproximadamente 4 cm superior e posterior ao MAE do lado superior.INCIDÊNCIA AXIAL LATERAL: MASTÓIDESMétodo de Schüller Raio Central Angular o RC 25° a 30° caudalmente. .

Raio Central RC 12° cranialmente.INCIDÊNCIA OBLÍQUA AXIOLATERAL . centralizado para sair pelo processo mastóide do lado de baixo.Método de Stenvers Rodar a cabeça 45° com o lado de interesse para baixo.PERFIL POSTERIOR: MASTÓIDES. .

* rodar a cabeça em 45º para o lado de interesse * RC: Angular em 45 º caudal centralizando para entrar aproximadamente 7. .5 cm acima do arco superciliar.