Você está na página 1de 27

Medicina Preventiva

Um mal desnecessário
Medicina Preventiva

Causar prazer ou satisfação;


agradar, aprazer, com prazer

Sensação ou sentimento agradável,


harmonioso, que atende a uma
inclinação vital; alegria,
contentamento, satisfação, deleite:

Caminhar na praia é um prazer;


prazer ao ver o por do sol.

Disposição cortês, afável, agrado.

Distração, divertimento, diversão


Fonte dicionário Aurério 2001
Medicina Preventiva

Todas as relações humanas envolvem emoções e sentimentos.

Para entendermos bem essa questão do relacionamento


do ser humano, é necessário analisarmos a sua relação
com a realidade.

E por onde começa o contato da pessoa com a realidade?

Começa pela senso-percepção; nossos cinco sentidos e


termina, em sua última essência, nos sentimentos espirituais.
Medicina Preventiva

O QUE É A DEPENDÊNCIA QUÍMICA?

É o consumo de álcool (experimental, esporádico ou

episódico), abuso ou uso nocivo associado a algum prejuízo

(quer em termos biológicos, psicológicos ou sociais), sendo o

último estágio a falta de controle sobre este consumo.


SÍNDROME DE DEPENDÊNCIA Medicina Preventiva

Segundo a Classificação Internacional de Doenças, CID 10

(Classificação de Transtornos Mentais e de Comportamento),

trata-se de um conjunto de fenômenos fisiológicos,

comportamentais e cognitivos, no qual o uso de uma substância

alcança prioridades a um indivíduo maiores do ele próprio

supunha ter.
Medicina Preventiva

DIAGNÓSTICO
• FORTE DESEJO OU SENSO DE COMPULSÃO

• DIFICULDADES EM CONTROLAR O COMPORTAMENTO

• ESTADO DE ABSTINÊNCIA FISIOLÓGICO QUANDO O


USO DA SUBSTÂNCIA CESSOU OU FOI REDUZIDO

• EVIDÊNCIA DE TOLERÂNCIA, DOSES CRESCENTES


SÃO REQUERIDAS PARA ALCANCE DOS EFEITOS
ANTES PRODUZIDOS POR DOSES MENORES
Medicina Preventiva

DIAGNÓSTICO
• ABANDONO PROGRESSIVO DE PRAZERES OU
INTERESSES ALTERNATIVOS EM FAVOR DO USO DA
SUBSTÂNCIA PSICOATIVA

• AUMENTO DA QUANTIDADE DE TEMPO NECESSÁRIO


PARA OBTER OU TOMAR A SUBSTÂNCIA OU PARA SE
RECUPERAR DE SEUS EFEITOS

• PERSISTÊNCIA NO USO DA SUBSTÂNCIA


COMPROMETIMENTO DO FUNCIONAMENTO
COGNITIVO RELACIONADO À DROGA
Medicina Preventiva
O DEPENDENTE, PORTANTO, É ALGUÉM QUE

DESENVOLVE UM COMPORTAMENTO QUE EM

GRANDE PARTE NÃO CONSEGUE CONTROLAR.

MAS NÃO HÁ UMA FÓRMULA PARA SE SABER

QUEM, ENTRE OS USUÁRIOS DE DROGAS, VAI

SE TORNAR DEPENDENTE.

O TERRENO É DE POSSIBILIDADE, DE RISCOS,

DE SITUAÇÕES RELATIVAS.
Medicina Preventiva

“Eu para quando eu quiser....posso me livrar do


álcool a
qualquer momento....”
“Sou incompreendido, as pessoas têm inveja de
mim”
“Todos me perseguem”
“Só uma cervejinha, só uma caipirinha, só uma
pinguinha”.

(frases mais usadas, mas que são


simplesmente frases, a realidade é bem
diferente).
Medicina Preventiva

Quais seus efeitos?

Os primeiros efeitos ocorrem no cérebro, o qual vai se


deteriorando, comprometendo a percepção, coordenação
e função motora e a perda de memória.
Progressivamente destrói o coração, fígado e pâncreas.
Aumenta o risco de câncer e com o tempo o alcoólatra se
torna vulnerável às infecções.
SOFRIMENTO Medicina Preventiva

O abuso de bebidas alcoólicas causa


sofrimento não só para
a pessoa, mas principalmente para sua
família e seus amigos.
O dependente com o passar do tempo e
intensidade da doença, perde o emprego,
torna-se excluído da sociedade e entra por um
caminho sem volta, é nessa hora que ajudar é
preciso e
o indivíduo tem que estar disposto a receber
esta ajuda e principalmente à curar-se da
doença.
Medicina Preventiva

OUTRAS DROGAS
• Álcool + outras drogas:

1- Depressoras

2- Estimulantes

3- Perturbadoras

Aceleram a dependência
e seus malefícios.
Medicina Preventiva
Fatores que Favorecem a Dependência

O tipo de produto, a personalidade do usuário e o


momento sócio-cultural e econômico
Medicina Preventiva

CONSUMO

• Motivações pessoais:
Persistência de sentimento de vazio
Insatisfação
Desprazer
Mal estar
Medicina Preventiva
TRATAMENTO
• Reformulação
Pessoal
Familiar
Psico-social
• Internações
• Medicamentoso
• Grupos de auto-ajuda
Medicina Preventiva

Questionamentos
Como a comunidade vivencia o problema do
uso do álcool ?
Quais as alternativas de abordagem do
problema ?
Qual o papel do álcool e tabaco e da auto-
medicação ?
O IMPORTANTE É.... Medicina Preventiva

Valorizar qualidade de vida e descobrir meios de buscar a


auto-realização, satisfação e adequação à vida